Taxa de ocupação de leitos para Covid-19 em Natal está abaixo dos 80%, informa Prefeitura

Foto: Joana Lima

Sinais da diminuição no número de casos do novo coronavírus em Natal podem ser aferidos no balanço diário do município, informa a Prefeitura do Natal. De acordo com dados da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a taxa de ocupação de leitos para Covid-19 em Natal está abaixo dos 80%.

Dos 45 leitos de UTI disponibilizados para a enfermidade nos Hospitais Municipal e de Campanha, 71% estão ocupados. Isto significa que 13 leitos Covid estão desocupados. Nas mesmas unidades, os 150 leitos de enfermaria destinados a pacientes com coronavírus apresentam uma taxa de ocupação de 60%. E nas três Unidades de Pronto Atendimento a diminuição é ainda mais acentuada. Apenas 37% desses leitos estão ocupados. Das 35 vagas de enfermaria das UPAS, 22 estão livres.

Por sua vez, o percentual do isolamento social no município melhorou nas últimas 24 horas. Segundo dados do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (Lais/UFRN), o isolamento social em Natal nas últimas 24 horas é de 49,64% e nos últimos sete dias é de 44,26%. Percentual superior ao que era registrado antes dos decretos permitindo a abertura gradual de alguns setores da economia, mostrando que a flexibilização de atividades também não tem significado efeitos no isolamento social. Até ontem, Natal apresentava 15.150 casos confirmados da Covid-19 e 596 óbitos.

“Nós estamos virando o jogo contra o novo Coronavírus. Os dados estão caindo assustadoramente. A procura por leitos diminuiu bastante. Estamos no caminho certo e a adoção do protocolo foi fundamental para isso, como também a utilização da ivermectina e de corticoide no tratamento dos pacientes. A adoção dos medicamentos foi discutida e aprovada pela Secretaria Municipal de Saúde, Comitê Científico do Município e pelo Conselho Regional de Medicina”, frisou o prefeito Álvaro Dias.

Das ações implementadas pela Prefeitura para reduzir a lotação na rede municipal, horários estendidos em 10 Unidades Básicas de Saúde referenciadas pra Covid, testagens rápidas em massa drive-thru nas zonas Sul e Norte, testagem tipo SWAB/PCR e adoção do Protocolo de Manejo para Síndromes Gripais estão mostrando eficácia. Somente nas duas primeiras semanas de oferta de swab na rede de atenção básica, foram realizadas mais de 700 testagens. Em seis unidades, foram 394, e no Centro de Atendimento para Enfrentamento da Covid-19, no Ginásio Nélio Dias, foram 316, em uma semana. Os exames decorrem de parceria entre a Prefeitura e a UFRN, por meio do Instituto de Medicina Tropical (IMT).

Destaque para uma ação fundamental da Prefeitura no combate à propagação do novo Coronavírus foi a inauguração do Centro de Atendimento para Enfrentamento da Covid-19. Apenas na primeira semana, foram realizados 1.174 atendimentos. Desses, 316 pessoas tiveram indicação médica para realização de testagem de swab. Inicialmente, o Centro vai funcionar durante todo o mês de julho, de segunda a quinta-feira, de 8h às 16h, e nas sextas, de 8h às 12h, sempre de acordo com o acompanhamento do quadro epidemiológico de Natal.

Para Álvaro Dias, os dados mostram que a Prefeitura de Natal está no caminho certo. “O segredo para vencer o Coronavírus é a instituição do tratamento precoce, inclusive com adoção do protocolo do uso da ivermectina como tratamento precoce. Com o medicamento, vamos diminuir os casos de Coronavírus e desafogar ainda mais os nossos leitos, tanto nas enfermarias, como nas UTIs”, afirmou o gestor.