RN contabiliza 40.606 casos de coronavírus e 1.473 mortes; 13 óbitos confirmados nas últimas 24 horas, e ainda 221 em investigação

Foto: Reprodução/Youtube

A Secretaria de Estado e Saúde Pública-Sesap atualizou os números do coronavírus no Rio Grande do Norte nesta quarta-feira(15). Os casos confirmados chegam a 40.606. No boletim dessa terça-feira eram (40.341 ).

O total de vítimas da covid-19 no RN chega a 1.473, sendo 13 nas últimas 24 horas. Óbitos em investigação são 221.

Os casos suspeitos somam 54.421, descartados(63.158) e pacientes recuperados são 3.258(sem atualização desde sexta(10).

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Jp disse:

    Engraçado que esses obitos em investigações nunca zeram que porra é essa ?

Taxa de ocupação de leitos para Covid-19 em Natal está abaixo dos 80%, informa Prefeitura

Foto: Joana Lima

Sinais da diminuição no número de casos do novo coronavírus em Natal podem ser aferidos no balanço diário do município, informa a Prefeitura do Natal. De acordo com dados da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a taxa de ocupação de leitos para Covid-19 em Natal está abaixo dos 80%.

Dos 45 leitos de UTI disponibilizados para a enfermidade nos Hospitais Municipal e de Campanha, 71% estão ocupados. Isto significa que 13 leitos Covid estão desocupados. Nas mesmas unidades, os 150 leitos de enfermaria destinados a pacientes com coronavírus apresentam uma taxa de ocupação de 60%. E nas três Unidades de Pronto Atendimento a diminuição é ainda mais acentuada. Apenas 37% desses leitos estão ocupados. Das 35 vagas de enfermaria das UPAS, 22 estão livres.

Por sua vez, o percentual do isolamento social no município melhorou nas últimas 24 horas. Segundo dados do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (Lais/UFRN), o isolamento social em Natal nas últimas 24 horas é de 49,64% e nos últimos sete dias é de 44,26%. Percentual superior ao que era registrado antes dos decretos permitindo a abertura gradual de alguns setores da economia, mostrando que a flexibilização de atividades também não tem significado efeitos no isolamento social. Até ontem, Natal apresentava 15.150 casos confirmados da Covid-19 e 596 óbitos.

“Nós estamos virando o jogo contra o novo Coronavírus. Os dados estão caindo assustadoramente. A procura por leitos diminuiu bastante. Estamos no caminho certo e a adoção do protocolo foi fundamental para isso, como também a utilização da ivermectina e de corticoide no tratamento dos pacientes. A adoção dos medicamentos foi discutida e aprovada pela Secretaria Municipal de Saúde, Comitê Científico do Município e pelo Conselho Regional de Medicina”, frisou o prefeito Álvaro Dias.

Das ações implementadas pela Prefeitura para reduzir a lotação na rede municipal, horários estendidos em 10 Unidades Básicas de Saúde referenciadas pra Covid, testagens rápidas em massa drive-thru nas zonas Sul e Norte, testagem tipo SWAB/PCR e adoção do Protocolo de Manejo para Síndromes Gripais estão mostrando eficácia. Somente nas duas primeiras semanas de oferta de swab na rede de atenção básica, foram realizadas mais de 700 testagens. Em seis unidades, foram 394, e no Centro de Atendimento para Enfrentamento da Covid-19, no Ginásio Nélio Dias, foram 316, em uma semana. Os exames decorrem de parceria entre a Prefeitura e a UFRN, por meio do Instituto de Medicina Tropical (IMT).

Destaque para uma ação fundamental da Prefeitura no combate à propagação do novo Coronavírus foi a inauguração do Centro de Atendimento para Enfrentamento da Covid-19. Apenas na primeira semana, foram realizados 1.174 atendimentos. Desses, 316 pessoas tiveram indicação médica para realização de testagem de swab. Inicialmente, o Centro vai funcionar durante todo o mês de julho, de segunda a quinta-feira, de 8h às 16h, e nas sextas, de 8h às 12h, sempre de acordo com o acompanhamento do quadro epidemiológico de Natal.

Para Álvaro Dias, os dados mostram que a Prefeitura de Natal está no caminho certo. “O segredo para vencer o Coronavírus é a instituição do tratamento precoce, inclusive com adoção do protocolo do uso da ivermectina como tratamento precoce. Com o medicamento, vamos diminuir os casos de Coronavírus e desafogar ainda mais os nossos leitos, tanto nas enfermarias, como nas UTIs”, afirmou o gestor.

Classe média volta ao epicentro de casos de coronavírus em Natal, com Tirol e Lagoa Nova; veja ranking com outros bairros

Foto: Reprodução/LAIS/UFRN

O epicentro do coronavírus da capital voltou a área de classe média, de acordo com as informações do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS), do Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL). Conforme cenário nesta terça-feira(14), os bairros do Tirol(14,33%) e Lagoa Nova(10,01%) lideram número de casos.

Logo depois dos dois bairros, ox-líder do ranking, o Potengi, na Zona Norte de Natal, aparece em 3º lugar, com 9,61%, seguido de  Lagoa(7,64%), também na ZN, além do Alecrim(5,76%), na Zona Leste, e Ponta Negra (5,45%) e Capim Macio (5,17%), na Zona Sul.

Segundo o LAIS, vinte e quatro bairros em Natal registram casos do novo coronavírus.

Natal registra 14.800 casos confirmados e 589 óbitos. Suspeitos são até a publicação deste post 26680 e descartados 22.902.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Pedro disse:

    Gildo???????? Kkkkkkkk, não sou o que vc pensa e muito menos ladrão, quanto a Freud deixa que serve.

  2. Pedro disse:

    Vai estudar petista sem futuro, vcs são todos obtusos e idiotas, melhor vc procurar o leitinho da anta para mamar, seu tempo acabou.

    • Gildo disse:

      ?????
      O bovino endoidou de vez. Tanto ódio assim configura paixão enrustida. Freud explica.

    • Pedro disse:

      Daqui a dois anos, quando esse governo acabar, os milhares de jovens militares aposentados com 50 anos e que estão nos Mais 12000 cabides de emprego no governo vão voltar a conversar merda nas esquinas. Será que vão se acostumar.

  3. Manoel disse:

    Parece q o placebo ivermectina nao está dando certo, óbvio.
    Em nenhum lugar do mundo se usou isso.
    https://www.uol.com.br/vivabem/noticias/redacao/2020/07/14/pesquisa-reprova-vermifugos-e-revela-novos-candidatos-contra-covid-19.htm

RN ultrapassa 40 mil casos confirmados de coronavírus e registra 1.432 mortes; 03 óbitos nas últimas 24 horas

A Secretaria de Estado e Saúde Pública-Sesap atualizou os números do coronavírus no Rio Grande do Norte nesta terça-feira(14). Os casos confirmados chegam a 40.324. No boletim dessa segunda-feira eram (39.800 ).

O total de vítimas da covid-19 no RN chega a 1.432, sendo 03 nas últimas 24 horas, e vinte em ao decorrer de confirmações de exames laboratoriais.

Óbitos em investigação são 186.

Os casos suspeitos somam 54.131, descartados(63 mil) e pacientes recuperados são 3.258(sem atualização desde sexta(10).]

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Waldemir disse:

    Estamos longe dos 11.000 mortos
    Secretário

  2. Cesa disse:

    Como o RN tem 3.258 recuperados se natal segundo a secretaria municipal são mais de 11 mil curados?
    Natal não faz parte do rn?

RN contabiliza 39.598 casos de coronavírus, com 52.274 suspeitos e 62 mil descartados; 05 óbitos em comparação com o último boletim

A Secretaria de Estado e Saúde Pública-Sesap atualizou os números do coronavírus no Rio Grande do Norte nesta segunda-feira(13). Os casos confirmados chegam a 39.598. No boletim desse domingo eram (39.421 ).

O total de vítimas da covid-19 no RN chega a 1.399, sendo 05 cinco a mais em comparação com o boletim desse domingo(12).

Os casos suspeitos somam 52.274, descartados(62 mil) e pacientes recuperados são 3.258(sem atualização desde sexta(10).

Ventiladores não são mais a primeira opção no tratamento de casos graves de coronavírus, diz pesquisa

Foto: Edilson Dantas

Para reduzir a mortalidade pela Covid-19, uma estratégia tem feito a diferença em UTIs. A velha e boa prática médica de qualidade, com recursos conhecidos, tem feito a diferença, afirmou ontem o pneumologista Carlos Alberto Barros Franco, um dos primeiros médicos do país a tratar a Covid-19.

— Dos primeiros casos no Brasil para cá, as coisas mudaram no que diz respeito ao procedimento com os pacientes graves. O tratamento mudou radicalmente e a sobrevivência aumentou. Ventiladores não são mais a primeira opção — disse Barros Franco, um dos pneumologistas mais respeitados do país, durante o simpósio “Covid-19 — Que doença é essa?”, organizado pela Academia Nacional de Medicina (ANM).

O evento, transmitido por plataformas digitais, reuniu alguns dos maiores especialistas do Brasil para avaliar o que se aprendeu e os desafios no combate à pandemia de coronavírus no país. O coordenador do simpósio, o hematologista e oncologista Daniel Tabak, destacou que a queda da mortalidade nas UTIs está relacionada ao melhor cuidado. Antes, os respiradores eram necessários, hoje pacientes recebem pronação (uma manobra para estimular a respiração) e fisioterapia e se recuperam melhor.

— O melhor tratamento não é um remédio. É a boa prática médica. Ventilação em prona, autoprona, oxigênio a baixo fluxo, fisioterapia, tudo isso tem sido usado. Hoje, a ventilação mecânica invasiva é o último recurso para tratar um paciente de Covid-19. Isso é uma mudança radical — observou Barros Franco.

Os respiradores, vistos como essenciais no início da pandemia, perderam o protagonismo à medida que os médicos aprendem mais sobre a doença. Ventilação precoce não é mais uma indicação médica na maioria dos casos, de acordo com o pneumologista, que destaca que ainda há muito o que descobrir para melhorar o tratamento.

Mais de 29 mil estudos foram publicados, mas o coronavírus e a doença que ele causa continuam um desafio e um mistério. Um desses mistérios é a possibilidade da existência da chamada persistência. Isto é, se o coronavírus consegue permanecer no organismo de uma pessoa mesmo após o desaparecimento dos sintomas da Covid-19.

Também discutida no evento da ANM, a persistência lança dúvidas desconcertantes. Ela gera incerteza sobre se uma pessoa recuperada, sem sintomas, mas ainda positiva, poderia continuar a transmitir o vírus ou corre o risco de adoecer de novo.

O professor titular de virologia da USP de Ribeirão Preto Eurico Arruda, considerado um dos maiores especialistas do país em vírus respiratórios e um dos poucos que já estudava os coronavírus antes da pandemia, está convencido de que a persistência existe. Mas sua dimensão precisa ser conhecida.

— Acho que existem pessoas com persistência viral. Pessoas que estão PCR positivas há um mês, 40 dias. E não têm mais doença. Vimos isso num estudo pequeno. Precisamos aprender mais — disse Arruda.

Para ele, o critério de alta de pacientes que tiveram um quadro grave de Covid-19 e já se recuperaram da doença deveria ser ter dois resultados negativos consecutivos de exames de PCR.

O professor titular de virologia da UFRJ Amílcar Tanuri, cujo grupo fez um dos maiores estudos de sorologia de Sars-CoV-2 do país, tem opinião semelhante.

— Nosso grupo investiga a possibilidade de uma “cronicidade” do vírus. É raro, mas acontece. É impressionante. Mas é esse o dado — frisou Tanuri, que observou que essas pesquisas estão no início.

O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. José Macedo disse:

    — O melhor tratamento não é um remédio. É a boa prática médica. Ventilação em prona, autoprona, oxigênio a baixo fluxo, fisioterapia, tudo isso tem sido usado. Hoje.
    Esse texto acima foi o que o médico relatou. Ele diz que o remédio não é o melhor tratamento, esse cidadão nunca teve covid se pegar eu dúvido que não tome nenhum medicamento e que fique somente na ventilação em prona.
    Não precisa nem ser médico para dizer que irá morrer se seguir este tratamento.

  2. Gibira disse:

    Rapaz e os milhões gastos com respiradores? E os 5 milhões que o Desgoverno do Estado enviou para o consórcio Nordeste comprar os ventiladores, vai ficar por isso mesmo?

  3. Lvt disse:

    Ele tem razão jr pq sempre falou em prevenção!

  4. Teodósio disse:

    SE tivessem adotado o uso da hidroxicloroquina e os demais remédios do kit, logo nos primeiros sintomas dos pacientes, não seria necessário despesas com hospitais de campanha, roubalheira na compra de respiradores a preços superfaturados, pois mais de 90% das pessoas que se trataram logo no início se curaram em casa, sem a necessidade de se internar em hospitais. Mas claro que os governadores e prefeitos não queriam isso, pois como eles iriam receber os bilhões do governo federal?

  5. Francisco Lima disse:

    O Bolsonaro tem razão.

RN contabiliza 38.261 casos de coronavírus e 1356 mortes; cinco óbitos nas últimas 24 horas

A Secretaria de Estado e Saúde Pública-Sesap atualizou os números do coronavírus no Rio Grande do Norte nesta sexta-feira(10). Os casos confirmados chegam a 38.261. No boletim dessa quinta eram (37.060).

O total de vítimas da covid-19 no RN chega a 1.356, sendo 11 confirmados de acordo com resultados de exames laboratoriais ao decorrer dos últimos dias, sendo cinco desse total nas últimas 24 horas. Óbitos em investigação são 180.

Os casos suspeitos, descartados e pacientes recuperados serão divulgados em boletim oficial ao longo do dia.

Casos da Covid desabam nas UPAs de Natal

Foto: Reprodução

A continuar a marcha de recuo que se manifesta atualmente, Natal está se aproximando de superar a pandemia. “Visitando hoje, 09 de Julho, a UPA Potengi, tivemos a possibilidade de ver que dos quinze leitos, seis estavam ocupados, mas dois pacientes apenas aguardavam a ambulância para deixarem a unidade. Ou seja do total de 15 leitos, que chegaram a lotar e ficarem mais 5 pacientes em outros espaços, hoje havia quatro leitos ocupados e onze disponíveis. O Pronto-socorro também estava relativamente vazio. A Direção já planeja dividir e separar setores para os leitos Covid e Não Covid, para voltar a receber pacientes graves de outras doenças. “Deve esperar essa semana e se os números da queda de casos Covid permanecerem, próxima semana a UPA deverá voltar a atender mais fortemente as outras doenças que eram atendidas na Unidade.”. As palavras são de Geraldo Ferreira Presidente do Sinmed/RN.

A boa notícia, ainda tem o seguinte complemento:

” Além disso, nos foi informado que a partir de amanhã, dia 10, os pacientes que chegarem à Unidade e forem testados positivo no tedte rápido para Covid, serão tratados precocemente e receberão os medicamentos, sem precisarem voltar à Unidade básica para os receber, podendo de acordo com o caso se tratarem em casa. A imagem dos leitos vazios parece assinalar que a infecção que inicialmente perdeu sua força na transmissibilidade, agora já apresenta menos complicações e necessidade de leitos”, finalizou.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Gaius Baltar disse:

    Nas unidades de saúde o fluxo só aumenta. São mais pacientes, porém menos graves.

  2. Junior disse:

    Parabéns ao prefeito que está vencendo o vírus chinês com Ivermectina

  3. Junior disse:

    Parabéns prefeito vencemos a epidemia. Com Ivermectina

  4. Joaquim disse:

    Parabéns prefeito

  5. Fabio Lima disse:

    Esse rapaz e candidato os dois casos são vergonhoso prefeitura e goveno do estado tem números vergonhosos .

  6. Chicó disse:

    O Dr. Albert Dickson tem sido fundamental nesse enfrentamento ao Covid-19 !!!

  7. Alexandre Moura disse:

    Parabéns ÁLVARO DIAS isso sim é gestão! ÁLVARO DIA PARA GOVERNADOR DO RN 2021!!!!!

  8. Pepe disse:

    Imunização de rebanho,medo de ser contaminado e não ter atendimento em UTI,uso de máscaras menos aglomeraçoes.Quanto a revectina,é bom para verme,tomei,se preciar de corticoide ,evito infestação parasutaria.a

  9. Justiça seja feita disse:

    Tratamento precoce conforme o protocolo do município. Parabéns ao prefeito Alvaro Dias.

  10. EDUARDO BARBOSA disse:

    Visite o Nélio dias, doutor sindicato.

RN contabiliza 37.046 casos de coronavírus e 1.344 mortes; seis óbitos nas últimas 24 horas

FOTO: Reprodução/Youtube

A Secretaria de Estado e Saúde Pública-Sesap atualizou os números do coronavírus no Rio Grande do Norte nesta quinta-feira(09). Os casos confirmados chegam a 37.046. Em comparação ao boletim dessa quarta (36.511), 535 registros a mais.

O total de vítimas da covid-19 no RN chega a 1.344, sendo 18 confirmados de acordo com resultados de exames laboratoriais ao decorrer dos últimos dias, sendo seis desse total nas últimas 24 horas. Óbitos em investigação são 188.

Os casos suspeitos são 51.252. Descartados somam 58.331. O número de recuperados, até então computado em 2.904 desde os últimos dias, não teve atualização.

Senado aprova substitutivo de Zenaide a projeto que determina que condôminos denunciem casos de violência doméstica

Foto: Divulgação

O Senado Federal aprovou, nesta quarta-feira (08), o substitutivo apresentado pela senadora Zenaide Maia (Pros-RN) ao PL 2510, que determina que vizinhos e síndicos informem às autoridades competentes os casos de violência doméstica que tenham conhecimento no âmbito do condomínio. “A gente não pode delegar somente ao Poder Judiciário e à segurança pública a proteção das mulheres brasileiras, a sociedade tem que quebrar o silêncio sobre as agressões”, argumentou Zenaide que, como relatora do projeto, aperfeiçoou o texto original, de autoria do senador Luiz do Carmo (MDB – GO), acrescentando emendas propostas pelos senadores, como, por exemplo, a que inclui, no texto, a proteção aos idosos, às crianças, aos adolescentes e às pessoas com deficiência. O projeto segue para análise na Câmara dos Deputados.

Zenaide lembrou que a violência doméstica e familiar aumentou durante a pandemia, quando as vítimas passaram a conviver mais horas isoladas em casa com os seus agressores. No Rio Grande do Norte, por exemplo, somente no mês de março, primeiro mês de isolamento, houve um aumento de 34,1% nos registros de agressões físicas contra mulheres em ambiente doméstico.

Zenaide Maia é presidente da Comissão Mista de Combate à Violência Contra a Mulher e vem defendendo, no Senado, a votação de projetos que aumentam a proteção à mulher, durante e após a pandemia. A senadora apresentou, recentemente, o PL 3244, que deixa clara a opção que a mulher tem de optar por um só juiz para cuidar tanto da ação sobre a agressão quanto do pedido de divórcio ou outras ações de família. Zenaide também é autora do PDL 314, que suspende a Portaria nº 340, do Ministério da Justiça e Segurança Pública, que reduz a transparência nas investigações sobre feminicídios.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Sérgio Nogueira disse:

    E se não denunciar, como vão saber que tinham conhecimento?
    Mais um projeto entre o nada e o nulo.
    Serve apenas para fingir que tem utilidade e que tem gente trabalhando.

RN contabiliza 36.493 casos de coronavírus e 1.322 mortes; 05 óbitos nas últimas 24 horas, e outros 26 após confirmações de exames de dias anteriores

FOTO: Reprodução/Youtube

A Secretaria de Estado e Saúde Pública-Sesap atualizou os números do coronavírus no Rio Grande do Norte nesta quarta-feira(08). Os casos confirmados chegam a 36.493. Em comparação ao boletim dessa terça (35.820), 673 registros a mais.

O total de vítimas da covid-19 no RN chega a 1.322, sendo 31 confirmados de acordo com resultados de exames laboratoriais ao decorrer dos últimos dias, sendo cinco desse total nas últimas 24 horas. Óbitos em investigação são 191.

Os casos suspeitos são 50.065. Descartados somam 57.707. O número de recuperados, até então computado em 2.904 desde os últimos dias, não teve atualização.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Flávio disse:

    Vejo que a notícia esta sendo melhor detalhada, o bom jornalismo não pode esconder os fatos.
    Vejo em outros meios de comunicação o empenho de disseminar o pânico.
    Deveriam ser punidos por não passar a informação correta.

  2. Tom França disse:

    A gente lamenta e lamenta muito, pelas vidas ceifadas por essa doença terrível! Eu perdi um irmão e um médico pra essa praga! Mas temos que lamentar também, ter sido entregues a um governo que está sendo responsável direto por essas perdas! Não tenho a menor sombra de dúvidas, que o total despreparo pra lidar com essa situação, tanto tá gestão, como da equipe da Sesap que praticamente pediu, pra que dois dos seus melhores profissionais se demitissem, pra essa inoperância administrativa. É uma irresponsabilidade total, com o pessoal de Macaíba, de onde foram retirados o material das UTIs e transferidos pra Mossoró! Esse número de mais óbitos confirmados, de mais óbitos suspeitos que só faz crescer e do negacionismo dos recuperados, que no mínimo servem pra dar um alento pra população, só prova o quanto esse povo tá completamente perdido! É bastante irritante e cansativo, esse povo vir todos os dias com esse boletim fajuto e desqualificado, tentar enganar a população. Já chega! Cansei de ler tanta incompetência junta!

  3. Júnior Milton disse:

    É o governo da morte do PT.
    A mulher nada faz, tudo que entregue é com dinheiro do Governo Federal, os leitos que estão sendo entregues, todos foi dinheiro que o Bolso enviou.

    O Bolso tá salvando vidas no RN, encaminhou quase 900 Milhões, 170 Respiradores e mais de 600 leitos gerados.

    Vamos trabalhar Fatinha, ela vive escondida nas praias, e não é só ela, os servidores públicos com altos salários estão todos rindo da nossa cara. Dinheiro na conta, sol, cerveja e praia

RN contabiliza 35.809 casos de coronavírus e 1.289 mortes; 41 óbitos confirmados em comparação ao boletim anterior

FOTO: Reprodução/Youtube

A Secretaria de Estado e Saúde Pública-Sesap atualizou os números do coronavírus no Rio Grande do Norte nesta terça-feira(07). Os casos confirmados chegam a 35.809. Em comparação ao boletim dessa segunda (34.984), 825 registros a mais.

O total de vítimas da covid-19 no RN chega a 1.289,  sendo 41 confirmados de acordo com resultados de exames laboratoriais ao decorrer dos últimos dias. Óbitos em investigação são 171.

Os casos suspeitos são 48.921. Descartados somam 56.301. O número de recuperados, até então computado em 2.904 desde os últimos dias, não teve atualização.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ferreira disse:

    Mais uma vez a soma está errada. Sempre somam a mais o número de mortes. Agora o de recuperados deixaram de informar. Certamente não há interesse de boa notícia.

  2. Tom França disse:

    Por ser o único Estado do País que não contabiliza corretamente o número de pessoas curadas da covid, o restante dos números não passa pra população, nenhuma credibilidade. A prova é que o povo já estava nas ruas, mesmo antes da "flexibilização de rebanho"!

    • Nildo disse:

      Vc deveria ser preocupa com os que estão morrendo e não sabe os números dos curados. que mundo nos estamos.

RN contabiliza 34.983 casos confirmados de coronavírus, e 1.246 mortes; 07 óbitos nas últimas 24 horas

A Secretaria de Estado e Saúde Pública-Sesap atualizou os números do coronavírus no Rio Grande do Norte nesta segunda-feira(06). Os casos confirmados chegam a 34.983.

O total de vítimas da covid-19 no RN chega a 1.246,  sendo sete confirmadas nas últimas 24 horas. Óbitos em investigação são 173.

Os casos suspeitos são 47.654. Descartados somam 54.914. O número de recuperados, até então computado em 2.904 desde os últimos dias, não teve atualização.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Pedro disse:

    Antonio, melhor mugir do que roubar. Teu ídolo foi condenado duas vezes, responde a vários processos e vcs cordeirinhos imbecis continuam acreditando naquela figura entupida de cachaça.

  2. Tom França disse:

    BG, procure aí matéria na tribunaonline, que dois funcionários deixaram a Sesap, pra incompatibilidade de idéias. A ditadura petista chega forte, naqueles que não aceitam "comer na mão" da desgovernadora!

  3. Tarcísio Eimar disse:

    Impressão minha ou os números estão diminuindo no momento em que o governo desejar afrouxar no isolamento. Parece q tudo combina, será q foi orquestrado?

  4. Antônio disse:

    Bom mesmo é o ministro da saúde, gado muuuuuuuuiiuuuu

  5. Gonoud disse:

    7 óbitos…. pessoas que não tomaram a Ivermectina

  6. Pedro disse:

    O LAIS, sempre ladeado pelo teórico Cipriano Maia, para nossa sorte, erraram feio em suas previsões estatísticas, que continuem nessa pisada de erros. Uma pena que tenhamos de conviver com tanta mediocridade, a frente de uma secretaria tão importante.

RN contabiliza 33.291 casos de coronavírus e 1143 mortes; 48 óbitos confirmados em comparação com o dia anterior, sendo 07 nas últimas 24 horas

Foto: Reprodução/Youtube

A Secretaria de Estado e Saúde Pública-Sesap atualizou os números do coronavírus no Rio Grande do Norte nesta sexta-feira(03). Os casos confirmados chegam a 33.291. No boletim dessa quinta(02) eram 32.578. (713 casos a mais).

O total de vítimas da covid-19 no RN chega a 1143. Em comparação com o último boletim, 48 novos óbitos confirmados, após exames laboratoriais dos últimos dias, sendo sete nas últimas 24 horas.

Em investigação são 171 mortes.

Os casos suspeitos são 44.959. Descartados somam 52.866. Recuperados são 2.904.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Observador disse:

    Resposta para O Potiguar: amigo(a), se você acredita em Saci Pererê, Caipora… essas coisas, é problema seu! Comentei sobre um número estático, que vem sendo apresentando desde sempre. Não que isso vá de encontro a pesquisas ou outra coisa qualquer. O que eu quis dizer é que se temos mais de 30.000 casos confirmados, mais de 1.000 mortes e apenas 2.904 recuperados, fica uma lacuna grande na informação. Melhor não divulgar! Para finalizar, informo que não me convenço com muitos dados que os Doutores (muitos com tese defendida com base em revisão de literatura) divulgam ou comentam. No Brasil, o grande problema é que tem gente que sabe tudo e ao mesmo não sabe é de nada ! Inocente!

  2. Ferreira disse:

    O único número que não muda é o de recuperados. Por quê? Qual a razão?
    No RN ninguém se recupera mais? Todos morrem?

    • Cabo Silva disse:

      Para que serve número de recuperados? me diga.

    • Coroné disse:

      E só serve o número de mortos é cabo??
      O número de recuperados serve de Vitória, o sujeito diz, venci o covid 19, é milhões de vezes mais importante do que o de mortos.
      Na minha opinião, é o sucesso do tratamento, é o orgasmo da vida, de ter nascido de novo.
      Acha pouco??

    • O Potiguar disse:

      Por que o número de curados na pandemia não importa?

      Porque, desde março, já se sabe qual é a margem de curados, a taxa de letalidade, das pessoas que ficarão assintomáticas, com sintomas leves e precisarão de hospitalização. Há estudos sobre a força do coronavírus e eles estão na imprensa.

      Conforme estudo feito na Coreia do Sul, que testou amplamente sua população e se tornou modelo para o mundo:

      80% dos que pegam o coronavírus não precisam de tratamento. Ou ficarão assintomáticos (40%) ou terão sintomas semelhantes aos de uma gripe (40%);Cerca de 15% dos acometidos precisarão de algum tipo de cuidado clínico;5% chegarão até uma Unidade de Terapia Intensiva e, entre estes, 1% falecerá.

      Ter muitos curados, portanto, significa que a incidência aqui no Brasil é grande e não que estamos bem no combate ao coronavírus.

      Caso não confie na pesquisa, procure sobre o que diz levantamento feito entre Ibope, Universidade Federal de Pelotes e Ministério da Saúde. Conforme sondagem feita em São Paulo, após mapeamento dos assintomáticos ou daqueles que tiveram os sintomas e são portadores do vírus, mas não chegaram a fazer o teste em hospital, a taxa de letalidade no referido estado é de 0,7%.

      Se não fosse assim, poderíamos afirmar que os EUA seriam exemplo para o mundo, pois têm o maior número de curados do mundo. E a Nova Zelândia, que teve apenas um punhado de infectados, seria a expressão do desastre. Ou o Vietnã, que fechou suas fronteiras com a China, testou, mapeou e isolou os doentes, tendo apenas 300 infectados e nenhum óbito, representaria modelo a ser condenado.

      Como o Brasil ignorou diversas ações e, entre as muitas, o ato de testar e isolar os doentes, além da sua rede de contato passível de infecção, o único dado mais ou menos seguro que temos é o de mortos. Daí o foco no número.

      Se as pessoas que se preocupam com o número de curados fossem atrás de saber e informar a respeito da evolução da pandemia, poderiam inclusive demonstrar que a porcentagem de 95% de curados no Brasil, além de irreal, é mais alta do que a de fato ocorre. Isto porque, como só testamos os casos graves, a taxa de letalidade registrada tende a ser maior.

    • Sonia disse:

      Exatamente, desde segunda dia 29.06, que venho acompanhado e o número de recuperados é 2904, quer dizer que ninguém se recuperou?! Misericórdia!. Como pode dá credibilidade a uma informação dessa? E, hoje sexta então, aí é que não atualizam mesmo.

  3. Observador disse:

    *recuperados

  4. Observador disse:

    Seria possível alguém informar qual o método utilizado para se chegar ao número estático de 2.904 curados?

    Porque surgem novos casos a cada dia, durante esse período compreendido entre 17 de março e 03 de julho.

    Número de novos casos, número de mortes, número de pacientes internados.

    Mas recusareis, somente 2.904.

    Pelo amor de Deus, essa SESAP brinca com o povo cada vez mais !

Epicentro de casos de coronavírus em Natal: Lagoa Nova, Tirol, Pajuçara, Alecrim, Lagoa Azul, Candelária, Neópolis e Capim Macio lideram; veja ranking

Foto: Reprodução/LAIS/UFRN

O epicentro do coronavírus da capital é registrado neste momento no bairro Potengi, na Zona Norte, de acordo com as informações do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS), do Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL). Segundo o LAIS, trinta e dois bairros em Natal registram casos do novo coronavírus.

Logo depois vem Lagoa Nova, na Zona Sul, Tirol, na Zona Leste, Pajuçara, na Zona Norte, Alecrim, na Zona Leste, Lagoa Azul, na Norte, e na Zona Sul mais três bairros: Candelária, Neópolis e Capim Macio.

Natal registra 11.603 casos confirmados e 442 óbitos.

Veja abaixo lista:

Foto: Reprodução/LAIS/UFRN

RN contabiliza 1095 mortes por coronavírus, sendo 28 confirmadas nas últimas 24 horas; óbitos em investigação somam 173

Foto: Reprodução/Youtube

A Secretaria de Estado e Saúde Pública-Sesap atualizou os números do coronavírus no Rio Grande do Norte nesta quinta-feira(02). Os casos confirmados chegam a 32.578.

O total de vítimas da covid-19 no RN chega a 1095. Em comparação com o último boletim, 28 novos óbitos confirmados, após exames laboratoriais dos últimos dias, sendo nove nas últimas 24 horas.

Em investigação são 173 mortes.

Os casos suspeitos são 44.157. Descartados somam 51.041. Recuperados são 2.904.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ferreira disse:

    Infelizmente esse é o Estado onde o número de curados não são divulgados. Dá a impressão de que divulgar o número de mortos é mais importante. Certamente dá mais Ibope.

  2. Santos disse:

    Acredito que o RN não está com números mais baixos, por causa dessa politicagem. No Espírito Santo foram 1043 mortes por covid apenas no mês de junho.
    É incrível como vemos diariamente,amigos e parentes sendo infectados e alguns lamentavelmente morrendo, porém a população insiste em desrespeitar o isolamento.
    Por um engajamento politico em defesa de um projeto de poder pessoal, colocam as vidas em risco. Que Deus tenha piedade de cada um de nós.

  3. Tom França disse:

    Ao ver ontem o boletim da SMS, com 5,5 mil curados da covid19, matei a charada! A Sesap não tá divulgando o número de recuperados em Natal. É simples! Basta você somar os 5,5 mil da capital, com os 2.900 que eles divulgam, da quase que exatamente, os cerca de 8 mil e 400 curados em todo o RN, divulgados essa semana pela âncora Lídia Pace, no RN2. Agora, porque eles escondem esses números, só a Sesap poderá responder, se tiver competência e lisura pra isso.