Tropa lamenta morte em Natal do sargento Fernando

A classe de policiais no Rio Grande do Norte lamenta profundamente a morte do sargento da Polícia Militar, Fernando Garcia.

O policial passava por problemas de depressão e tirou a própria vida na capital potiguar, em local em que se encontrava sozinho.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. NADJA SUELY ANTERO disse:

    Só sabe o que é DEPRESSÃO quando temos alguém que amamos e está passando por essa moléstia maldita.

  2. Jacques disse:

    Muito triste isso. Desejo que ele descanse em paz e Deus conforte sua família. Deveria haver alguma forma de mais efetiva de poder detectar casos críticos assim, antes que essas tragédias se consumassem.

  3. Gabriel Pires disse:

    Maria, você não entende nada da pressão que é sofrida por um militar,

  4. François Cevert disse:

    Vai em paz amigo que Deus lhe receba de braços abertos e conforte o coração de sua família…

  5. Gabriel Pires disse:

    A depressão é o mal do século, porem, de maneira silenciosa e, sem estatísticas, e sem noticiada, acomete há muito tempo a população policial, principalmente os militares.

    • Maria disse:

      Vc está errado meu amor, militar recebe salário em dia, tem estabilidade e aposentadoria garantida, quem sofre muito mais de depressão são os guerreiros desempregados e os guerreiros da iniciativa privada com disse o Freitas.

  6. Silva disse:

    Meus sentimentos aos familiares e amigos !!!

  7. João Macena disse:

    Excelente, o seu comentário, caro Freitas. É a pura verdade, o que vc escreveu. João Macena

  8. Freitas disse:

    Todos lamentamos. A depressão já é um problema grave de saúde pública afetando bancários, servidores públicos civis e militares, porém afeta muito mais aqueles que estão desempregados e os que trabalham e que não tem estabilidade no emprego e a garantia do salário no fim do mês. Esses sim, são os verdadeiros guerreiros, , pois matam um leão por dia para sobreviver.

COMENTE AQUI