Educação

Alunos do Neves soltam carta aberta pedindo retorno das aulas presenciais

CARTA ABERTA AO GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE

A pior cegueira é a mental, que faz com que não reconheçamos o que temos a frente. Desde o começo da pandemia em nosso Estado, em março de 2020, a educação vem passando por mudanças em sua estrutura. Mudanças essas que fortaleceram o negacionismo estatal, e que deixaram milhares de crianças, adolescentes e adultos com sua saúde mental extremamente abalada.

Um breve resumo do cenário atual, caso ainda não tenha ficado claro o suficiente em suas mentes: estudantes da rede pública sem aulas há mais de um ano. Sua situação, que já era difícil, teve uma piora. Profissionais se desdobrando para tentar ajudar esse público, e o Estado dificultando cada vez mais. Recursos que deveriam ser destinados a manutenção das escolas, mais uma vez sendo desviados para outros setores por desorganização e falta de comprometimento do Estado.

Alunos da rede privada, ainda com o privilégio de aulas remotas, estão esgotados mentalmente. Profissionais com o dobro de carga, trabalhando a todo o momento para garantir o funcionamento da educação. E quanto aos alunos com necessidades especiais? Estes, mais do que ninguém, necessitavam de aulas presenciais, mas o Estado, mais uma vez, finge não ver este público, e chega a irracional decisão de que o ensino remoto também supre suas necessidades cognitivas.

Desmotivação. Essa é a palavra que cerca diversos estudantes e profissionais atualmente. Tentamos, e tentamos todos os dias, mas já se tornou algo extremamente exaustivo. Pedimos para que parem de disputas ideológicas, e trabalhem em conjunto para o bem comum. Afirmar que o ensino remoto supre as necessidades é mais uma prova do negacionismo público.

Caso não haja capacidade racional o suficiente por parte de seu governo para trabalhar com soluções, aqui vão algumas: vacinação prioritária dos profissionais de educação, investimento em protocolos sanitários para rede pública, e fiscalização sanitária para as instituições privadas. O que não pode continuar é uma disputa de poder, em um cenário extremamente delicado como este que estamos vivenciando.

Apelamos para o retorno das aulas presenciais, pois a educação é sim essencial. Como diria Paulo Freire: “Se a educação sozinha não transforma a sociedade, sem ela tampouco a sociedade muda.”

Em nome dos estudantes do Colégio Nossa Senhora das Neves.

(Abaixo-assinado AQUI).

Opinião dos leitores

  1. O que mais me incomoda em praticamente todos os comentários é a completa ignorância sobre a situação dos professores. E antes que alguém venha vociferar que estão recebendo sem dar aula, prestem atenção que estamos falando de uma escola privada e que estes profissionais da educação em nenhum momento pararam de dar aula, muito pelo contrário, estão usando toda sua estrutura pessoal de computadores e internet para que possam continuar com suas atividades. Mas vejo, em cada comentário aqui, que os professores realmente são relegados a último plano, infelizmente.

  2. Infelizmente tenho que concordar com o trecho inicial desta infame e descompassada opinião de cunho político, que (assim como as opiniões e “notícias” oriundas desse meio tebroso de manipulação midiática), envenena nossa sociedade com discursos de ódio e envoltos em mentiras discaradas. Está estampado para qualquer cego ver que o negacionismo no contexto em que vivemos, está entranhado no governo federal (cujo proprietário deste meio de “comunicação” defende a todo custo). Vale salientar que tal carta, não representa a opinião da minha família (alunos e alunas sempre neves), nem dos nossos conhecidos que também amam e fazem parte do corpo de alunos da escola. Foi e é no Neves que aprendemos que o verdadeiro conhecimento liberta, por isso não aceitamos ser utilizados como gado de manobra. Que as aulas retornem com as medidas necessárias e efetivas de segurança da população, dos nossos colegas de sala, dos nossos professores e profissionais da educação e, principalmente, das nossas famílias. Não queremos mentiras, não queremos manobras políticas, queremos vacina em massa!

    1. Se for verdade o que vc diz (permita-me duvidar), é muito fácil resolver, basta não levar seus filhos à escola. O problema é quando vc tenta impor seu pensamento aos demais, na tentativa de impedir os filhos alheios de frequentar aulas. Essa sua obsessão finda em trair suas verdadeiras intenções, já que não vislumbro qualquer relação direta entre a saúde da sua família e o desejo dos demais alunos pelo retorno das aulas presenciais. Fique em casa, meu caro, mas deixe os outros viverem em paz.

  3. CONCORDO com aulas presenciais, com os devidos protocolos de segurança como a carta sugere.

  4. Como aluna desejo ter pelo menos a escolha de ensino híbrido, mesmo estando em um momento conturbado, precisamos ter o direito de expor nossas opiniões sobre o sistema de educação . Sou #aulaspresenciaisjá e como direito de estudante o certo é ter uma escolha!!

  5. Esses doidinhos vermelhos, estiveram uma chance de governar o país, fizeram um bando de montinhos pelos cantos, muitos passaram pela porta da Universidade, por isso não sabem somar dois + dois como a Anta e o molusco, e ainda se acham de chamar os outros de alienados, kkkkkkkkk, seu égua, vc sabe o que é ser alienado? Vá no espelho e depois corra para o Aurélio.

  6. ASSUSTADOR É EXISTIR PESSOAS USANDO ARGUMENTOS QUE SERIAM VÁLIDOS SE NÃO EXISTISSE UMA PANDEMIA. O NEGACIONISMO DA GRAVIDADE DA PANDEMIA DEVE SER ATRIBUÍDO AOS IGNORANTES E NÃO A UM GOVERNO QUE PRIORIZA A VIDA ACIMA DE TUDO. COM VIDA PODEMOS TER ESTUDO E TRABALHO, SEM ELA NÃO.

  7. Solicito a retirada imediata ou correção da Carta aberta em questão, por não representar a opinião unânime de todos os alunos do NEVES. Tendo em vista que minhas filhas são alunas da escola e a referida não representa a opinião delas e nem a opinião da nossa família. A liberdade de expressão está aí para todos se posicionarem, desde que não generalizem suas opiniões como sendo a de todo um grupo.

    1. Errata*
      Em nome de uma parcela significativa dos alunos do Colégio das Neves.
      Um número expressivo de alunos segue assinando a petição, demonstrando um enorme interesse pela causa.

    2. Queremos voltar as salas de aula sim!!! #aulaspresenciaisjá queremos ter pelo menos o direito de escolher voltar, ninguém é obrigado a ir não!!

    3. Tem o meu apoio! E sem dúvidas da maior parte dos alunos da escola.

    4. Angélica, acredito que esse comentário está totalmente enganado, em nenhum momento a autora generaliza como sendo uma opinião de todos os alunos, em alguns momentos ela utiliza até palavras como: diversos estudantes ou diversos profissionais, mas ela não generaliza

    5. A carta fala sobre os alunos que estão a favor das aulas presenciais, agora se as SUAS filhas querem optar pelo ensino remoto escolha delas, porém existem pais e alunos querendo a volta das aulas presenciais. Na carta não fala que essa é a decisão da maioria, mas sim da decisão das pessoas que preferem as aulas presenciais, a aluna usa termos como: diversos alunos ou diversos profissionais, no entanto a palavra diversos não abranje uma quantidade extada de pessoas que preferem o ensino presencial, entretanto sabemos que várias pessoas optam por esse modelo de ensino, se não a escola não mandaria uma enquete referente a escolha do modelo de ensino que os alunos fazem quando é liberado a volta do presencial.

    6. A autora assinou: “Em nome dos estudantes do Colégio Nossa Senhora das Neves”. Em vez de “Uma aluna do colégio das NEVES. Para a assinatura seria suficiente, tendo em vista que uma pessoa apesar de ter adesão de uma maioria, não pode falar pela totalidade. Em relação a Pandemia não queria me posicionar pois já são mais de um ano nessa situação de saúde publica, com mais de 400,000,00 mortos, informações científicas suficientes e eu não vou perder meu tempo debatendo com negação de um fato. Os princípios Cristãos são para serem praticados e não só verbalizado. Já se foi provado que só sairemos dessa situação com atitudes coletivas. Abrir mão de uma normalidade por amor ao próximo e para salvar vidas, nessa situação que vivemos não é uma decisão individual. Precisamos lutar pela Vacinação em massa. Esses mesmos alunos muitas vezes não cumprem o protocolo, se aglomeram nós pátios da escola e usam a máscara no queijo, principalmente os adolescentes. Como pais devemos ensinar aos nossos filhos passarem por situações difíceis da melhor forma possível e sempre com decisões que favoreçam toda a sociedade, pois vivemos em uma.

    7. Me perdoe, mas a aluna que fala sobre o assunto, está falando em nome de todos, não em nome dela, principalmente porque provavelmente ela deva ser ou do CCE-MANA ou do Colegiado, que eles sim, tem uma autoridade maior entre os demais, o CCE tem essa obrigação de levar a opinião dos alunos, se a senhora quiser que suas filhas fale sobre ESSE assunto que é voltado ao retorno presencial, é só entrar em contato com o insta deles ou com a própria escola, se não, é só deixar suas filhas em casa, simples.

    8. Angélica, não, os alunos seguem os protocolos muito bem. Tem vários funcionários de olho sempre no que os alunos estão fazendo. Nosso país está sim, numa situação extremamente crítica, porém não podem punir uma escola por um ato do governo! A gente está assim porque não compram vacinas, abrem bares, restaurantes e shopping, que é local onde mais tem aglomerações! Criança tem que tá na escola, É UM DIREITO! A governadora é professora e deveria se colocar no nosso lugar, a aprendizagem está difícil, nossa saúde mental também está péssima, e precisamos do convívio com as pessoas! Se a senhora quiser deixar suas filhas em casa, direito seu, mas nós alunos que não aguentamos mais ficar em casa, vamos lutar pelo nosso direito!

    9. Angélica, não culpe as escolas por um ato do governo! Nosso país está assim pelo governo. Se ele tivesse comprado vacinas, nada estaria assim. Punir as escolas porque alegam que fazem aglomerações? Me poupe. Escola é um meio essencial, lugar de criança é na ESCOLA, é um DIREITO! Fechar escolas e deixar abertos bares, restaurantes e shopping, qual o sentido? Escolas tem funcionários que ficam direto de olhos em nós alunos, e nada passa despercebido. A senhora já foi no Neves ver como está a situação? Acho que não, e por isso falou isso. A governadora como professora deveria se colocar no nosso lugar. Educação remota não funciona para todos, temos alunos que não aprendem, ficamos em casa direto, e nosso saúde mental, como fica? Precisamos de convívio com as pessoas. Se a senhora não quer suas filhas na escola, tudo bem, é um direito seu, mas nós, alunos, vamos lutar pelos nossos direitos!!

    10. Angélica, não culpe as escolas por um ato do governo! Nosso país está assim pelo governo. Se ele tivesse comprado vacinas, nada estaria assim. Punir as escolas porque alegam que fazem aglomerações? Me poupe. Escola é um meio essencial, lugar de criança é na ESCOLA, é um DIREITO! Fechar escolas e deixar abertos bares, restaurantes e shopping, qual o sentido? Escolas tem funcionários que ficam direto de olhos em nós alunos, e nada passa despercebido. A senhora já foi no Neves ver como está a situação? Acho que não, e por isso falou isso. A governadora como professora deveria se colocar no nosso lugar. Educação remota não funciona para todos, temos alunos que não aprendem, ficamos em casa direto, e nosso saúde mental, como fica? Precisamos de convívio com as pessoas. Se a senhora não quer suas filhas na escola, tudo bem, é um direito seu, mas nós, alunos, vamos lutar pelos nossos direitos!!

    11. boa noite Angélica, então, a carta aberta tem como um objetivo argumentar sobre determinado assunto e foi isso que clara quis falar na carta aberta que fez, você tem a sua opinião como os outros alunos, pais e profissionais, mas não é porque SUAS filhas não querem voltar que você pode tirar o direito das outras crianças, adolescentes e profissionais de irem para a escola. A carta foi assinada em nome de todos os alunos, até porque a MAIORIA tem a consciência que o ensino online não é o suficiente, até porque as crianças e adolescentes se distraem muito nas aulas, fazendo com que não aprendam tão bem o conteúdo. Não sei se suas filhas voltaram para o presencial, mas pode ter certeza que o neves esta seguindo sim os protocolos, não é atoa que tem o selo da verificação lá na lanchonete de que foi aprovado o funcionamento. Da mesma forma que você sugeriu a modificação da carta, sugiro que visite ao neves quando possível, e veja como está acontecendo as coisas.

  8. VERGONHA é o que estão fazendo com a educação, total descaso.
    É um absurdo, mais de um ano sem aula e nada de se estabelecer o retorno. Já passou da hora da Secretaria de Educação do Estado resolver o problema.
    Estão usando a vacina como desculpa, o que ocorre é falta de vontade de resolver o problema. Não é possível que nada possa ser feito.
    Muitos outros profissionais seguiram trabalhando na pandemia: saúde, segurança pública, comércio essencial, etc., mas na educação a vontade de NÃO trabalhar parece que supera tudo.

  9. E os alunos foram tão “bonzinhos” que até fizeram um agrado a boa parte dos “educadores”, citando Paulo Freire, um dos grandes responsáveis pela péssima qualidade da educação brasileira. Vamos ver, governadora, a senhora que se diz professora tem que abrir as escolas. Os alunos querem estudar.

    1. O mundo todo admira Paulo Freire, mas vc deve ser um expert em educação ainda não descoberto…

    2. Sérgio, ele é sustentado pelos pais, nunca estudou, muito menos trabalha.
      É um alienado. Não perca seu tempo.

    3. O “seu” mundo, “cumpanhero”. Isso só comprova sua visão míope e deturpada do mundo. Os resultados do ENEM e de testes internacionais de aferição exibem a péssima qualidade da educação brasileira, dominada pela teoria desse “revolucionário de araque”. Nem vou citar a falta de visão crítica e de poder de análise. Já seria demais.

    4. Impressiona ver a riqueza de argumentos desse sujeito “esclerosado” nos seus comentários. É o tipo resultado da “geração Paulo Freire”. Prova instantânea do que digo. Captou?

    5. Não Amigo! Paulo freire é o terceiro mais citado no Mundo atrás apenas do filosófo thomas kuhn e do sociológo Everest Roger.mas isso deve ser coisa de site Comunista, os vário prêmios e.catedrás que ele Recebeu de várias universidades do Mundo são nada diante de um Digitador de blog expert em facebbok e Graduado em Grupo de Whatzap. Vc tem toda Razão..

    6. Colégio de rico, e cômodo pedir volta às aulas.

    7. Caro “governador”, não confunda quantidade com qualidade. Número de citações nunca será critério de avaliação de qualidade. O ENEM e o Pisa comprovam a péssima qualidade do ensino brasileiro. Muitos comentários por aqui também.

    8. Ô “governo do ovo”, eu não ia citar mas, dá uma corrigida no seu comentário, talkey? Muitos erros que não foram devidos ao corretor. Se vc quer elogiar a educação da “geração Paulo Freire”, deixa a arrogância de lado e começa melhorando a qualidade da sua escrita.

    9. *Sérgio, quem se identifica como Direita Honesta, é o pai da autora da carta. Que na verdade foi quem ajudou a escrever a mesma.

  10. Parabéns pelo texto e no próximo ano tem eleições e precisamos escolher melhor nossos governantes

  11. Infelizmente está muito cômodo para os governos manterem as escolas fechadas recebendo grandes verbas e até o ano passado com o apoio de boa parte dos pais e alunos, hoje a maioria viu que foram usados por esses governos como também ficou claro o grande prejuízo em vários aspectos para os estudantes e suas famílias; já passou da hora de todos cobrarem mais efetivamente pela solução desse grave problema social que se tornou o fechamento das escolas.

  12. OS GADOS CATÓLICOS ESQUECERAM DE ENDEREÇAR A CARTA À PESSOA CERTA: AO PRESIDENTE DESSE DESGOVERNO…. QUEM COORDENA O PLANO NACIONAL DE IMUNIZAÇÃO E PODE MANDAR VACINAR PROFESSOR. ELES SABEM AO MENOS O NOME DO MINISTRO DA EDUCAÇÃO? KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    1. Para o bem dos alunos, tomara que vc não seja professora. É sua governadora, segundo decidiu o STF, que detem o poder de manda abrir ou fechar as escolas. E ela quer fechar TUDO, como já demonstrou. Recorre até ao STF para não deixar os alunos estudar. É uma vergonha, para quem se gaba de ser professora.

    2. Provavelmente vc não é católica e não tem amor ao próximo…os professores precisam de imunização para voltarem as salas de aula e os alunos precisam estudar, seja de escola pública ou particular o direito de estudar é de todos perante a CONSTITUIÇÃO. Vamos aprender a fazer o certo e ter um aprendizado descente .

    3. Graçita louisinha, se vc for professora é uma piada de péssimo gosto, como comentarista outro desastre, no comentário e no português, tenha vergonha e vá estudar, ensinar está proibida.

  13. Sinceramente, chegue a ser assustadora a maldade que a Governadora Fátima Bezerra vem fazendo contra as escolas particulares, bares, restaurantes e o turismo como um todo. Parece ser algo direcionado para prejudicar esses segmentos e a economia do estado. Não sei o que se passa na cabeça dela e de quem a orienta. Governadora no próximo ano a senhora vai pagar muito caro pelo que está fazendo e o que é pior, ficará sozinha e abandonada pelos que hoje só sabe, balançar a cabeça e puxar o seu saco concordando com os seus erros.

    1. É isso mesmo. Pena que ainda não surgiu uma “concorrência” para o governo do estado capaz de assustar. É preciso desalojar do poder essa governadora incompetente e sem atitude, junto com sua cambada de preguiçosos. O RN já vem sofrendo há algum tempo e não suportará mais 4 anos de desgoverno, como esse que aí está. Já passamos da metade do seu mandato e essa senhora NADA fez pelo RN até o momento. Recebeu MUITO dinheiro e ajuda do governo Bolsonaro, que ela odeia, e não se sabe onde aplicou. Até mesmo os salários atrasados dos servidores, ela pagou apenas uma ninharia. É o governo da mentira e do blá-blá-blá.

  14. Parabéns aos alunos Neves, retratou a íntegra a situação atual da Educação no nosso Estado.

  15. Parabéns a essa pessoa que escreveu, resumiu todo o cenário Pandêmico e político que estamos vivendo.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

STF rebate Bolsonaro sobre combate da pandemia e diz que ‘uma mentira contada mil vezes não vira verdade’

Em mensagem postada em uma rede social nesta quarta-feira (28), o STF (Supremo Tribunal Federal) reafirmou que a corte não impediu o governo federal de agir no enfrentamento da Covid-19.

“O STF não proibiu o governo federal de agir na pandemia! Uma mentira contada mil vezes não vira verdade!”, afirmou no Twitter.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse reiteradas vezes que foi impedido de agir contra a Covid-19 em razão de uma decisão do Supremo.

Folhapress

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

No recriado Ministério do Trabalho, Onyx quer acelerar mudanças em legislação trabalhista para economia digital

A decisão do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de recriar o Ministério do Trabalho e Previdência deve, na avaliação de técnicos da pasta, dar mais celeridade a projetos da área. Entre os principais temas está a economia digital.

Antes, assuntos trabalhistas e previdenciários eram tratados por uma secretaria que estava dentro da estrutura do Ministério da Economia, comandado por Paulo Guedes.

À frente da nova pasta estará Onyx Lorenzoni, que deixou o cargo de ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República. O time do novo ministro deverá focar, por exemplo, nos prestadores de serviço por aplicativos de celular.

Folhapress

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

VOCÊ SABIA? Buquê para medalhistas nos Jogos Olímpicos celebra passado e futuro do Japão; confira história

Cada medalhista olímpico recebe um buquê de flores, com a mascote Miraitowa. São três flores que simbolizam o renascimento japonês depois do terremoto e tsunami que o devastaram em 2011 e nos quais morreram cerca de 20 mil pessoas.

O girassol dos buquês vem de Miyagi, cidade mais conhecida pelo cultivo de rosas, e representa a memória de quem foi afetado pela tragédia. Em Iwate, no litoral que enfrentou ondas gigantes, nascem as gentians, uma pequena flor azul brilhante. A terceira flor do buquê é a Eustonas, verde, colhida em Fukushima, cujos habitantes a desertaram por causa do acidente nuclear, provocado pelo tsunami.

Com informações do Diário do Poder.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Brasil acelera e se aproxima dos EUA na vacinação; confira infográfico interativo

O esporte preferido do brasileiro, há muito tempo, é reclamar do Brasil e não poderia ser diferente na vacinação. Assim, mais de 102 milhões de pessoas vacinadas viram motivo de desdém, apesar de equivalerem a 48,7% da população, mais que os EUA quando flexibilizaram medidas de isolamento e tornaram facultativo o uso de máscara. Em aceleração, o Brasil deve ultrapassar em duas semanas os EUA que vacinaram 56,5%. A diferença de desempenho dos dois países é de 8 pontos percentuais. As informações são do jornalista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Enquanto os EUA vacinaram apenas 2,3% da população em julho (de 54,2% a 56,5%), Brasil deu um salto de 13,1% (de 35,6% a 48,7%). Segundo o Our World in Data, os EUA aplicaram cerca de 580 mil doses por dia na última semana, enquanto a média no Brasil é de 1,45 milhão. Apesar dos negacionistas da vacinação, o Brasil fez despencar a média de mortes para 1.070, a menor desde fevereiro. Ministério da Saúde já disponibilizou 171,3 milhões de vacinas, suficiente para aplicar ao menos uma dose em toda a população adulta do país.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Bolsonaro sanciona programa de combate à violência contra a mulher

O presidente Jair Bolsonaro sancionou hoje (28) o projeto de lei que cria o programa de cooperação Sinal Vermelho para combater a violência doméstica contra as mulheres. Com a medida, o governo, o Ministério Púbico e a Defensoria Pública poderão firmar parcerias com estabelecimentos privados para ajudar a encaminhar denúncias contra os agressores. As informações são do Diário do Poder.

A sanção, realizada durante cerimônia no Palácio do Planalto, oficializa para todo o país a medida, que foi implantada inicialmente pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) para incentivar as vítimas de violência doméstica a denunciarem agressões nas farmácias.

Nesses casos, os estabelecimentos são treinados para ajudar vítimas de violência. Basta mostrar um X vermelho na palma da mão, pintado com batom ou tinta de caneta, para que o atendente, ou o farmacêutico, entenda tratar-se de uma denúncia e em seguida acionar a polícia.
Durante o evento, a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, afirmou que o presidente Bolsonaro tem compromisso com o combate à violência contra a mulher.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Para melhorar popularidade, governo deve criar auxílio para compra de gás

Na tentativa de melhorar a sua popularidade, o governo do presidente Jair Bolsonaro pretende lançar um auxílio para a compra de gás de cozinha. A informação foi publicada nesta 5ª feira (29) pela Folha de S. Paulo.

Com os reajustes recentes promovidos pela Petrobras em suas refinarias, o preço do gás está pesando no bolso do brasileiro. Na região Norte do país, que opera com alíquotas de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) mais elevadas e tem maior custo com o transporte, o botijão de 13 kg está na faixa de R$ 100. Porém, o valor extra não é exclusividade dos nortistas. Os preços aumentaram em todo o país.

O “vale-gás” é uma alternativa encontrada pelo governo diante da resistência da equipe econômica de intervir no preço do item. De acordo com o jornal, a medida tem ganhado força entre os aliados do presidente, incluindo o ministro da Economia, Paulo Guedes.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Brasil recebe mais 1,9 milhão de doses de vacinas via Covax Facility

Foto: RAMZI BOUDINA/REUTERS

O Brasil vai receber dois novos lotes de vacinas contra a covid-19 via consórcio global Covax Facility nesta quinta (29) e sexta-feira (30), num total de mais de 1,9 milhão de doses. Os imunizantes são da Astrazeneca/Oxford: serão 1,5 milhão de doses na quinta-feira (29) e 441,6 mil na sexta-feira (30).

A aliança internacional de vacinas para enfrentamento à pandemia já entregou à pasta cerca de 8 milhões de doses de imunizantes. Com as duas novas remessas, serão 9,9 milhões de unidades entregues, sendo 9,1 milhões da AstraZeneca/Oxford e 842,4 mil da Pfizer/BioNTech.

O contrato do Brasil com o Covax prevê a entrega de 42,5 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 de diferentes laboratórios até o fim de 2021. A aliança é liderada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e outros parceiros.

R7

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Nova York dará 100 dólares para pessoas que se vacinarem contra a covid-19

Foto: TPopova/Getty Images

A partir desta sexta-feira, a cidade de Nova York, nos Estados Unidos, oferecerá US$ 100 (R$ 515,21) para quem se vacinar contra a covid-19, segundo afirmou hoje o prefeito, Bill de Blasio.

A medida busca dar um novo impulso à campanha de imunização na Big Apple, que já conta com 10 milhões de doses aplicadas, apesar de, nas últimas semanas, ter sido registrada uma queda no ritmo do processo.

De acordo com os dados mais recentes divulgados pelas autoridades, 54,4% da população (8,3 milhões de pessoas), estão totalmente imunizadas contra a covid-19 a partir da vacinação, índice que sobe para 65,5% quando só adultos são levados em conta.

Em entrevista coletiva, De Blasio destacou que o uso de agentes imunizantes é o único meio de garantir a recuperação da cidade e defendeu a importância dos incentivos financeiros para a população de Nova York.

“Nos centros de vacinação administrados pela cidade, quando você toma a primeira dose, receberá US$ 100”, garantiu o prefeito.

Anteriormente, a prefeitura de Nova York já havia dado diversos estímulos à população, incluindo lanches grátis e até sorteio de prêmios que poderiam chegar a US$ 5 milhões (R$ 25,7 milhões).

UOL

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

VÍDEO: Brasil vai investir R$ 3,4 bilhões para quintuplicar produção de vacinas, diz Queiroga em pronunciamento à Nação

Foto: reprodução/YouTube

Em pronunciamento de rádio e TV nesta quarta-feira (28) o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, ressaltou as parcerias para transferência de tecnologia e produção nacional de imunizantes contra a covid-19. O novo Complexo Econômico-Industrial da Saúde, responsável pela produção da vacina brasileira, vai receber investimentos de R$ 3,4 bilhões e “quintuplicar nossa capacidade de produção de vacinas e imunobiológicos”.

Para evitar possíveis mutações do novo coronavírus, o ministro disse que foi estruturada uma “sólida rede nacional de vigilância genômica, com base na Fiocruz [Fundação Oswaldo Cruz], e intercâmbio com outras redes internacionais”.

“Destaco, em especial, a celebração do contrato de transferência de tecnologia entre a Fiocruz e a AstraZeneca, que permitirá a produção completamente nacional das vacinas. Trata-se de um resultado tangível da aposta exitosa do presidente Jair Bolsonaro na promoção do acesso de todos os brasileiros à vacina”, disse.

Imunização

Queiroga afirmou que toda a população adulta no Brasil estará vacinada com a primeira dose de vacina contra a covid-19 até setembro, e com a imunização completa, até dezembro. O país tem encomendadas mais de 600 milhões de doses de imunizantes.

O ministro voltou a falar da importância da imunização completa. “Dirijo-me, em especial, aos brasileiros que estão com a segunda dose em atraso: peço que busquem os postos de vacinação para tomar a segunda dose, pois sua imunização só estará completa após a conclusão do esquema vacinal.”

De acordo com dados do Ministério da Saúde, mais de 100 milhões de brasileiros tomaram ao menos a primeira dose da vacina, o que equivale a 63% do público-alvo. Esse índice coloca o país na quarta posição no ranking mundial de pessoas que tomaram a primeira dose e na quinta em relação a pessoas totalmente imunizadas.

O ministro afirmou que mais de 175 milhões de doses foram entregues a todos os estados e o Distrito Federal, sendo 40 milhões em julho. A previsão é que sejam entregues mais de 60 milhões em agosto.

Repasses

Queiroga disse ainda que o Ministério da Saúde repassou aos estados e municípios R$ 5,7 bilhões em recursos extras para o enfrentamento da pandemia. Para o custeio de 25 mil leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) foram disponibilizados mais R$ 4,7 bilhões apenas em 2021.

Foram enviados ainda mais de 35 milhões de testes para detecção da covid-19, 21 milhões de medicamentos do chamado “Kit Intubação” e mais de 17 mil ventiladores pulmonares.

Veja o pronunciamento completo:

Agência Brasil

Opinião dos leitores

  1. ENQUANTO A ESQUERDA FAZ PLANOS PARA QUEBRAR E DESTRUIR O PAÍS.
    JMB SEMPRE PENSANDO E FAZENDO O MELHOR PELO POVO BRASILEIRO

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Bolsonaro sanciona programa de combate à violência contra a mulher

Foto: Paulo H. Carvalho/Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro sancionou hoje (28) o projeto de lei que cria o programa de cooperação Sinal Vermelho para combater a violência doméstica contra as mulheres. Com a medida, o governo, o Ministério Púbico e a Defensoria Pública poderão firmar parcerias com estabelecimentos privados para ajudar a encaminhar denúncias contra os agressores.

A sanção, realizada durante cerimônia no Palácio do Planalto, oficializa para todo o país a medida, que foi implantada inicialmente pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) para incentivar as vítimas de violência doméstica a denunciarem agressões nas farmácias.

Nesses casos, os estabelecimentos são treinados para ajudar vítimas de violência. Basta mostrar um X vermelho na palma da mão, pintado com batom ou tinta de caneta, para que o atendente, ou o farmacêutico, entenda tratar-se de uma denúncia e em seguida acionar a polícia.

Durante o evento, a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, afirmou que o presidente Bolsonaro tem compromisso com o combate à violência contra a mulher.

“É uma lei que já pegou. O Brasil inteiro está fazendo um X na mão. É uma lei que está sendo sancionada, mas que já pegou no Brasil. Eu tenho recebido embaixadores, eu tenho recebido contatos de outros países para entender o que é o X na mão. A gente está fazendo história”, afirmou.

Para a ministra-chefe da Secretaria de Governo, Flávia Arruda, a sanção do projeto mostra que a sociedade não tolera a violência contra a mulher e que esforços não serão poupados para ampliar a rede de conscientização.

“A violência contra a mulher é um problema de toda a sociedade, e é com coragem e seriedade que a gente tem que tratar a importância dessa pauta”, disse Flávia.

O projeto também altera a Lei Maria da Penha para criar a pena contra a violência psicológica, caracterizada por ameaças, constrangimento, humilhação, ridicularização, chantagem e limitação do direito de ir e vir da mulher. A pena vai variar entre seis meses e dois anos de prisão.

A partir de agora, juízes poderão afastar imediatamente o agressor da convivência com a vítima diante de risco à integridade psicológica da mulher. Atualmente, a restrição ocorre somente diante de risco à integridade física da vítima e dos dependentes.

Agência Brasil

Opinião dos leitores

  1. JMB O ÚNICO PRESIDENTE QUE REALMENTE FAZ ALGUMA COISA EM DEFESA DAS MULHERES.
    O QUE O ENCANTADOR DE JUMENTOS JÁ FEZ ME DIGAM…

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *