Após criticar “saidinha” dos presídios e ser atacado por internautas, padre Fábio de Melo anuncia saída da rede social: “Este lugar deixou de ser saudável”

Reprodução: Instagram

O Padre Fábio de Melo compartilhou em seu perfil no Twitter na manhã desta sexta-feira (9) que vai abandonar a rede social. Famoso na internet, com 7 milhões seguidores na plataforma e 15,5 milhões no Instagram, Fábio afirmou que ficará offline pelas acusações e julgamentos que recebeu recentemente.

“Meus queridos, vou ficando por aqui. Tenho uma saúde emocional a ser cuidada. Sei o quanto já provei a solidão provocada pela depressão, pelo pânico. Tomar remédios só faz sentido quando evitamos os gatilhos dos desconfortos. Este lugar deixou de ser saudável pra mim. Obrigado!”, anunciou o padre.

Tudo começou na quarta-feira (8), quando Fábio comentou sobre a “saidinha” dos presídios em datas comemorativas. “Não entendo de leis, mas a ‘saidinha’ deveria ser permitida somente no dia de finados. Para que visitassem os túmulos dos que eles mataram”, opinou o padre.

Fábio foi criticado por seu posicionamento e, por isso, decidiu abandonar a rede social e se justificou: “Nunca tive dificuldade com as diferenças. Aliás, o meu ministério sempre foi exercido entre elas. Mas a dialética, um dos movimentos que nos permitem o acesso à verdade, vem gradativamente sendo substituída por acusações e julgamentos”, disse.

“O Twitter sempre foi um lugar de encontro. A Àgora dos nossos tempos. O ponto de reunião improváveis. Falei e fiquei amigo de quem não passaria na porta da minha igreja. Foi bom. Desde ontem, quando expressei minha indignação sobre a “saidinha”, estou sendo acusado de justiceiro, desonesto, desinformado, canalha e outros nomes impublicáveis. Só reitero. Já atuei na pastoral carcerária. Sei sobre a necessidade da ressocialização dos presos. Eu apenas salientei sobre a justiça não ser capaz de preservar, para os que sofrem suas perdas, o simbolismo das datas, libertando os responsáveis pelas mortes de seus entes queridos. Só isso. Agradeço muito o carinho que sempre recebi aqui. Eu me divertia muito com vocês. Obrigado pelos amigos que fiz. Rezem por mim”, afirmou o padre.

Globo, via Marie Claire

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Arnaldo Franco disse:

    Concordo com o Padre.

  2. Manoel disse:

    Padre Fábio de Melo foi brilhante, falou uma verdade e incomodou muita gente hipócrita.

  3. Anti-Político de estimação disse:

    "…a dialética, um dos movimentos que nos permitem o acesso à verdade, vem gradativamente sendo substituída por acusações e julgamentos” . Sou obrigado a concordar com o Padre, não só as redes sociais mas até o próprio convívio social está contaminado por intolerância, desrespeito e agressividade ; tudo misturado com uma polarização política idiota, que só interessa aos que ganham algo diretamente com isso.

  4. Olimpio disse:

    Concordo com o padre.

  5. Cidadão Indignado disse:

    O padre Fábio está CERTÍSSIMO!
    "Não entendo de leis, mas a “saidinha” deveria ser permitida somente no dia de finados. Para que visitassem os túmulos dos que eles mataram. https://t.co/WnS4Swov6F"
    Essa saidinha é uma pouca vergonha; lugar de marginal é atrás das grades, e pronto.

COMENTE AQUI