Polícia

Padre investigado por furto de objetos litúrgicos no interior do RN guardava fósseis de 112 milhões de anos

Foto: Reprodução

O Saiba Mais – Agência de Reportagem, destaca nesta sexta-feira(20) que sessenta e oito fósseis que pertencem a um museu do Ceará foram encontrados com o padre Márcio de Lima Pacheco, investigado por roubo de artigos religiosos da Capela Santa Tereza D’Ávila, que fica na Mina Brejuí, em Currais Novos, Rio Grande do Norte.

O material foi encontrado pela Polícia Civil do RN durante o cumprimento de mandados de busca e apreensão, na quinta-feira (12), nas residências do suspeito, em Currais Novos e Natal, onde estava exercendo suas atividades. Os fósseis serão encaminhadas à Polícia Federal nesta sexta-feira (20) e os itens religiosos foram reconhecidos pelos funcionários da capela.

O furto incluiu um crucifixo de duas faces, seis castiçais, dois jarros de prata, um missal em latim, um véu de ombro e quatro toalhas de altar. Além da subtração dos objetos, outros foram substituídos por um de qualidade inferior, como três batinas e um Ostensório.

De acordo com o paleontólogo doutor em Oceanografia Álamo Saraiva, os fósseis são de peixes e plantas da Formação Romualdo, Bacia do Araripe, e têm idade aproximada de 112 milhões de anos – da fase marinha da bacia.

Confira matéria completa AQUI.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

(VÍDEO): Padre no interior diz que é “inadmissível que façam aglomerações”, fala em “pecado grave” e pede a fiéis que não participem da visita de Bolsonaro ao RN

Foto: Reprodução/YouTube

Afinal, até onde vai o limite da igreja? Episódio em destaque se trata de politização ou conscientização? Pois bem. O padre potiguar Antoniel Alves, da Paróquia de Doutor Severiano, pediu aos fiéis que não participem da visita desta quinta-feira (24) do presidente da República, Jair Bolsonaro (Sem partido), ao município de Pau dos Ferros, na região Oeste do estado. O clérigo disse, durante sermão no último sábado (19), que era “pecado grave” comparecer ao evento. O sermão foi feito em uma celebração ocorrida na Igreja Matriz de São Sebastião, no município de Encanto, no Alto Oeste.

“Nada contra a visita do presidente. Ele é chefe de Estado. (…)É dever dele visitar? É. Vai trazer melhoria? Seja bem-vindo. Agora, é inadmissível que façam aglomerações. É inadmissível que um cristão que se diz cristão tenha coragem de fazer contrário ao que Jesus fez com o mal: silencia e cala-te”, disse o padre.

O clérigo pede aos fiéis para que fiquem isolados nas próprias residências.

“Evitem essa aglomeração. E peço: quem for promover o caos nas ruas não entre na fila da comunhão, pois está cometendo pecado grave, pois está pisando nos cadáveres daqueles que morreram inocentemente; estarão sendo negligentes. Entrar na fila da comunhão para receber aquele que é o autor da vida? É impossível”.

O padre ainda lamentou o registro de 500 mil mortes pela doença no país, e recriminou as atitudes do presidente de contrariar regras sanitárias de controle da pandemia — uso de máscaras e combate às aglomerações.

“Isso é revoltante. É um deboche para com aqueles familiares. 500 mil mortos no Brasil. Minha gente, vocês tem noção do tanto de gente do que é 500 mil pessoas? Do tanto de famílias que ainda choram a perda de seus entes queridos? Ou perdemos alguém ou vemos alguém partir pela Covid”, disse o padre.

Veja vídeo abaixo:

Opinião dos leitores

  1. Padre a sua igreja deveria se preocupar mais com os casos de homosexualismo entre Vocês, pedofilismo, abusos e outras coisitas mais.

  2. Onde o padre errou? Ele justificou o direito da presença do energúmeno, apenas orientou para que não fossem na defesa da não aglomeração. Corretíssimo, parabéns.

  3. É por causa de padres assim que a Igreja Católica está em franca decadência. As igrejas evangélicas agradecem.

    1. Sou evangélico, gracas a Deus. E o padre tá coberto de razão…

  4. Esse papangu católico deve ser daqueles comunistas ferrenhos, pois dentro da igreja pode aglomerar, fora da igreja não pode, é brincadeira.

  5. O Padre está totalmente coberto de razão. E digo mais: o cristão realmente cristão JAMAIS apoiaria Bolsonaro. Nunca em hipótese alguma. Esse discurso de que ele é a favor da vida, família e religião é p catar besta que acredita em conversinha mole. Ele é o total avesso do que prega!

  6. Vou sair de sao paulo do potengi para pau dos ferros para parabenizar o melhor presidente de todos os tempos. E nem passar perto da igreja desse padre sebos.

  7. Esse é um comunista. Cabo eleitoral do bandido de 9 dedos. O pedido dele não vai servir de nada. O povo gosta do Véio Bolsonaro.

  8. Por opiniões contrárias ao status quo Jesus foi crucificado. O povo, que nem gado, poupou Barrabás em detrimento ao verdadeiro Messias, que se voltasse seria crucificado novamente.

  9. Senhor Padre, porque o senhor não solicita sua transferência para a Venezuela? É comum os padres se transferirem para outros países.

    Senhor Padre, por que o senhor não pede transferência para a Venezuela? É comum os sacerdotes se transferirem para outros países. Lá o país é “democrático” e “cristão”.

    elá é um pais MUY democrático e cristão.

  10. O padre está certo👍
    Quem não gostou que vá seguir o Malafaia ou Waldomiro dos feijões mágicos.

  11. Os CANALHAS estão em todo lugar. Cuidado padre pq a turma da esquerda não gosta de igreja, se a direita sair da sua paróquia vossa excelência está desempregado!!!!

    1. Boa resposta!! 😂😂👏🏻👏🏻👏🏻 Esse padre tá doido que a esquerda vá bagunçar dentro da igreja dele. Kkkk

  12. RAPAZ, EU ESTAVA INDECISO, MAS AGORA VOU, SÓ POR CAUSA DESSE PADRE!! VÁ PROCURAR O QUE FAZER HOMEM, DEFENDA OS POBRES QUE ESTÃO MORRENDO NAS FILAS DOS HOSPITAIS POR FALTA DE LEITOS, FRUTOS DA CORRUPÇÃO QUE GOVERNOU ESSA NAÇÃO !!

  13. Padre o politiqueiro, pregador de ingratidão. O Presidente da República vai à Região Oeste levar o que provavelmente será o maior benefício de toda a história desta região – a transposição das águas do Rio São Francisco, e o padre vem com esse papo de PeTralha. Ainda por cima falando em pecado, tentando amedrontar os fiéis. Vade retro, Satanás de batina.

    1. O Padre tem que agradecer o que a esse genocida? Gado imundo!
      Nem todo mundo usa argola de ferro na venta como vocês não.

  14. PADRE ISSO É MUITO FEIO , FAZENDO POLITICA DENTRO DA IGREJA , VAR REZAR E PEDIR A DEUS PERDÃO PELOS OS SEUS PECADOS . QUE DEUS TODO PODEROSO TENHA MISSERICORDIA, SABADO TEVE PROTESTO DO PARTIDO DO INCARDIDO MAS NO ENTANTO O PADRE NÃO FALOU DESSA MANIFESTAÇÃO QUE HOUVE SABADO. ISSO É POLITICA SIM DENTRO DA IGREJA.

    1. Quem tá certo é o Malafaia, né!? Enfim, a hipocrisia 😒

  15. Quem comanda a campanha contra à COVID são os governadores, o governo federal mandou dinheiro e muito

  16. Sábias palavras, sermão muito bem explicado. Agradece as melhorias, mas não deixa de recriminar as atitudes horrendas, do chefe maior do Estado brasileiro. É um escárnio total ir contra as regras de distanciamento social, ir contra o uso de máscara, provocar aglomerações e causar atritos dentro da sociedade brasileira. Um presidente agressivo, abusivo e que promoveu o famigerado “imunidade de rebanho”. Devemos nos proteger, façamos a nossa parte, cuidemos das nossas famílias e dos nossos empregos, com responsabilidade os males vão passar, tanto o coronavirus como o bolsonarismo!!!

  17. BG! TÁ errado o padre é para se preocupar com a sua paroquia e com a sua igreja e não fazer politica e nem muito menos fazer terrorismo dentro da igreja, é por isso a igreja católica tá do jeito que tá, politica e religião não se junta. Mas isso é o que ser ver dentro das igrejas, reliosos que não defende a fé Cristã defende suas opiniões politicas .

    1. Mas as aglomerações “do bem” feita no sábado contra o governo federal pode?
      O padre não reclamou delas? Vai tirar o direito do povo de decidir padre?
      Se bem que em cada cidade não tinha 50 pessoas protestando, foi um fiasco geral, mas é aglomeração ou seria apenas manifestação por se tratar dos esquerdopatas?
      Padre entenda uma coisa, quem vai recepcionar Bolsonaro, vai de livre e espontânea vontade, não é obrigada, não é chamada, não é convocada, não é paga, nem vem dos assentamentos do MST. O povo que está apoiando o Presidente cansou de ouvir mentiras, promessas repetidas, perdão de bandidos e ter a corrupção como forma de governo. Entendeu padre? O senhor pode até ser ideologicamente da esquerda, mas não faça como alguns meios de comunicação, que demoniza os apoios ao presidente e faz campanha para o povo ir votar em 2020 como se isso não colocasse em contato com o vírus. Hipocrisia não!

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Religião

VÍDEO: Padre xinga repórter da Globo de “viadinho” e “idiota” durante missa

Foto: Reprodução/Internet

Um padre da Paróquia de Tapurah, no Mato Grosso, disparou ofensas e críticas ao repórter Pedro Figueiredo, que virou notícia da semana ao desejar feliz Dia dos Namorados ao marido, no último dia 12 de junho, enquanto encerrava a edição do RJTV, jornal fluminense da TV Globo.

Durante a Pastoral da Família, realizada no último domingo (13/6), o padre Paulo Antônio Müller chamou o profissional de “viadinho”, além de criticar a união homoafetiva, que estaria em desacordo com os dogmas religiosos. O caso ganhou repercussão após o ativista Antonio Isuperio, conhecido defensor de direitos humanos, publicar o trecho da missa em sua conta do Instagram (veja abaixo).

“Pega a Bíblia e olha o Livro Gênesis: Deus criou o homem e a mulher. Isso que é casamento. Que chame a união de dois viados e de duas lésbicas de qualquer coisa, mas não de casamento, por favor. Isso é falta de respeito para com Deus (sic). Isso é sacrilégio, é blasfêmia. Casamento é coisa bonita e digna. O sentimento do amor é entre homem e mulher, marido e mulher”, disparou o pároco.

Ainda no mesmo discurso com xingamentos sobre o afeto do casal de “ridículo”, o padre disse aos fiéis: “Por favor, que esta não seja a sua cabecinha também, tá? Nem do seu filho, nem da sua filha”.

Veja vídeo:

Rede de proteção

Segundo Antônio Isuperio, os voluntários da rede virtual de proteção aos direitos humanos tentaram alertar os perfis da paróquia pelas plataformas virtuais sobre a homofobia praticada pelo religioso, mas não obtiveram resposta, o que motivou a denúncia sobre o vídeo no perfil do ativista.

“Aconteceu no domingo [13/2], como eu te falei, por volta do meio-dia. A gente até tentou mandar umas mensagens para ver se o pessoal se retrataria ou tiraria o vídeo do ar, pelo Facebook da paróquia, e eles não tiveram uma manifestação, não responderam, não fizeram nada. A gente está cobrando a prefeitura da cidade para ver se eles atuam de alguma forma”, disse.

Internautas passaram a registrar a indignação na página oficial da Paróquia NSA de Tapurah no Facebook. “Homofobia é crime. Não são mais os anos 90. Não é mais tolerado o preconceito”, escreveu uma usuária.

A coluna Janela Indiscreta tentou contato por todos os canais divulgados pela unidade religiosa, mas sem sucesso. O espaço será atualizado se houver manifestação da paróquia ou do padre Paulo Antônio Müller.

Metrópoles

 

Opinião dos leitores

  1. Corretíssimo esse Padre!!!! Que desgraça é essa que se abateu sobte o país?!!! Será que temos de ENGOLIR putaria e viadagem na TV pq é homofobia??!! NÃO!! Como aceitar isso sem nos revoltar?!! Apoio Total ao Padre e a TODOS QUE TEM REPULSA a esse novo ANORMAL!!!

  2. O povo parece que vive na idade média, agora temos a “Santa Inquisição” moderna, via internet. Usam a Bíblia (Livro sagrado dos CRISTÃOS) para obrigar a TODOS a obedecerem seus preceitos morais. Leia de novo, LIVRO DOS CRISTÃOS, não queiram IMPOR seus pensamentos sobre as pessoas que NÃO SEGUEM a SUA Bíblia e o seu deus. Falam que a minoria está impondo novas regras. NÃO!!! As minorias só querem ter OS MESMOS DIREITOS que a maioria, pq os mesmos DEVERES as minorias já tem.

  3. Preconceito? Homofobia? O normal, o natural está sendo acusado. A inversão de valores esta se tornando natural os certos tornando-se criminosos. Isto é uma vergonha! A sociedade esta doente. Concordamos que a falta de respeito é o ponto chave. Temos tudo imposto por uma minoria, que aos poucos toma espaço por grande parte da midia para distruir a familia. O que serão dos nossos das proximas gerações vitimas de teorias filosoficas contra o que há de mais sagrado.

  4. Esse Padre tá mais que certo, PADRE ARROCHADO , agora as gazelas do PT vai dar piti com essa verdade dita pelo PADRE , PARABÉNS PADRE.

  5. Pense num padre arrochado, falou a pura verdade, pois casamento se dá entre sexos opostos, ou seja, homem e mulher.

  6. O Padre está certo diante de Jesus e seus mandamentos, está errado na cartilha do antipapa e herege Bergólio que diz que ninguem pode julgar os gays, o problema é que a maioria do clero da igreja católica são DIFERENTES, poucos são héteros e fiéis a Sagrada Escritura, é por isto que quem prega a verdade é um escândalo para o mundo, não foi a toa que expulsaram o legítimo Papa Bento 16, odiado pelo pedófilos e DIFERENTES que existem no clero.

  7. Se esquerda voltar para a presidencia da república no próximo quadriênio,não vai sobrar mais nenhuma mulher heterosexual para contar a historia,hoje,boa parte delLas são barras pesadas,elas estão muitas rancorosas falando mal e com aversão,trauma e medo dos homens e principalmente ficam aterrorizadas com as nossas sagradas varas.

    1. Vá se tratar doente!!!! As mulheres estão é traumatizadas por causa de homens com pensamento como o seu!

    2. Ricardo,sendo implícito,o P(I) foi feito para B(0)vice-versa,isso é algo natural,se não você teria nascido,porque você está irritado colega?ou você é um filho de chocadeira?

  8. Só ouvi verdades. Lembre da frase que vi outro dia: “em tempos de mentiras universais, falar a verdade é um ato de coragem”.

  9. Resposta prática para todos os comentaristas: parem de postar asneira e vão dá um pimbada bando de gente infeliz.

  10. NÃO IMPORTA AS OPINIÕES INDIVIDUAIS DE CADA PESSOA. CADA UM QUE FIQUE COM SUA OPINIÃO INDIVIDUAL. AGORA, O QUE TÁ NA ESCRITURA SAGRADA É ABSOLUTO E INFLEXÍVEL. VOCÊ PODE ATÉ NÃO CONCORDAR, MAS JAMAIS PODERÁ MODIFICAR ISSO.

    1. Perfeito. E os realmente cristãos deveriam saber disso. Cada um é livre para escolher seu caminho, sem incomodar os demais, e TAMBÉM para suportar suas consequências.

  11. Deixem Carluxo morar com o priminho dele gente… Eles tem até um cãozinho , formaram família e tudo…

  12. “Amai o teu próximo como a si mesmo” é bíblico, então me leva crer que uma criatura dessas, que se diz padre, não consegue se quer entender o por que está ali pregando imagine ai a qualidade das ovelhas do seu rebanho…

    1. O que é que tem a ver uma coisa com a outra? Quer dizer que quem ama não pode apontar o pecado e o erro? Interessante sua visão. “O amor não folga com a injustiça” 1Co. 13.6

    2. Lá também fala que criou o homem e a mulher para procriar, então???

    3. Francisco Neto então vamos QUEIMAR NA FOGUEIRA todos os casais heteros que NÃO TEM filhos. Pois, como vc disse está escrito “crescei e multiplicai”, onde mesmo que está escrito isso? ah, na Bíblia (Livro sagrado dos CRISTÃOS). Leia de novo, DOS CRISTÃOS, não queira IMPOR seu pensamento sobre as pessoas que NÃO SEGUEM a SUA Bíblia e o seu deus.

  13. Certíssimo o padre o casamento é homem e mulher.
    Qual a opinião do padre sobre a vadiagem na igreja católica?

  14. Afinal, o padre falou conforme apregoa a Bíblia, ou não? Os estudiosos que esclareçam. Agora, xingar os outro, não é por ai….

  15. Infelizmente ainda dirigentes religiosos/espirituais munidos de preconceitos e julgamentos – não merece exercer o sacerdócio

    1. Lindinha vc pode aprovar, provar, defender, conviver, respeitar, tudo isso eu concordo, cada um faz da sua vida o que bem entende, porém, sermos todos nós obrigados a dizer que é normal, tem uma distância muito grande, essas relações fogem a normalidade, somos fisicamente diferentes exatamente por isso. Vivemos tempos de excesso de libertinagem, quer ser diferente, vá viver sua vida a seu gosto, ninguém tem a obrigação de concordar.

    2. Preconceito? A libertinagem que estão implantando no mundo precisa e deve ser repensada. Destruir a família, refazer os conceitos morais, redigir novas regras sociais só para impor uma apologia a tudo que leva a uma vida sexual sem regras, está longe de ser preconceito.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Religião

Padre anuncia estar apaixonado durante missa e deixa o posto

Foto: Reprodução/Instagram

Um padre de 41 anos anunciou estar apaixonado no meio de uma missa e foi suspenso do posto na Itália . O padre Riccardo Ceccobelli, sacerdote da diocese de Todi disse que o coração dele “se apaixonou” e já iniciou os trâmites para voltar ao estado laico, informou um bispo. As informações são da agência de notícias AFP .

O comunicado da diocese diz que o padre Riccardo fez o anúncio ao seu superior, o bispo Gualtiero Sigismondi. “Meu coração se apaixonou. Nunca tive a possibilidade de trair as promessas que fiz, mas quero tentar viver esse amor”.

“Agradeço a dom Riccardo por todo serviço prestado até agora. E, em primeiro lugar, envio-lhe meus mais sinceros votos para que esta decisão, tomada em plena liberdade como ele mesmo me disse, garanta-lhe paz e serenidade”, afirmou o bispo Sigismondi.

De acordo com o padre, a decisão foi difícil de ser tomada, porque ele ama e respeita a Igreja. “Não consigo ser coerente, transparente e correto com (a Igreja) como tenho sido até agora”, declarou em comunicado.

Apesar de ter avisado seu superior com antecedência, o anúncio público foi diante de seu rebanho e de seu bispo, durante a missa dominical. Segundo as informações do jornal Il Corriere della Sera, “todo mundo sabia” na cidade perto de Perugia que Riccardo estava ingressando em um relacionamento com uma mulher. Sua identidade não foi revelada.

Último Segundo – IG

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Religião

VÍDEO: Padre que se define como “cristão radical” critica o “mundo pagão” e a ideologia de gênero

Um vídeo de um padre que se classifica como “cristão radical” tem viralizado nas redes sociais nas últimas horas, com repercussão de frases como “Ou você é de Deus ou do diabo. Não tem como está do lado ou do outro”;  e “Ou você está do lado da igreja, ou do lado do inferno”.

No vídeo, o padre Antônio Furtado, da comunidade Shalom em Fortaleza, critica o “cristianismo fraco, do evangelho de açúcar, de pessoas que não querem compromisso com Deus”. Entre temas, condenou a ideologia de gênero e cita o “mundo maligno” e o “mundo pagão”.

Até a publicação deste post, o Blog não tem a informação de onde foi gravado o vídeo.

Opinião dos leitores

  1. Tenho um colega de trabalho chamado Francisco que é filho de um pastor de uma igreja protestante, e que vive fora de casa e em outra cidade porque o pai não aceita ele por ser homossexual. A mãe, por sua vez, vem de quinze em quinze dias visitar o filho. Francisco por sua vez, sofre com isso e deixa claro isso no seu dia de trabalho que “não tem uma família, mas alguém que o gerou, e que não percebe como filho e, portanto, chegou a expulsá-lo de casa”. Isso causa tristeza profunda na sua relação com o pai. Mas é feliz, livre no seu relacionamento com seu companheiro. Dissera ainda que “é nessa relação com seu companheiro que encontra motivo para lutar pela vida e enfrentar o preconceito existente em sua família e na sociedade”.

  2. Negar a existência dos homossexuais ou lésbicas enquanto seres humanos não é ser radical, mas é ser um exterminador do princípio da vida, é ser um genocida, é negar a presença de Deus na vida desses seres humanos. Afinal, essa negação em discurso como formador de opinião e de sociedade pode incitar aos que estão em discussão um pensamento de ser um ser inaceitável, um rejeito, um espinho, uma ferida incurável, um câncer, uma desgraça, um inútil, uma praga, um tropeço, um determinado a morrer e, assim sendo , levar essas pessoas ao suicídio.

    Destarte, Eu, Laudecy Ferreira deixo aqui minha opinião sobre a realidade de vida com as situações de vidas em questão: Na condição de mãe de três filhos, professora de milhares de alunos(as) durante minha trajetória docente em escolas, universidades por esse Brasil a fora, ter trabalhado em centros de formações social a exemplo de Centro de Referência da Assistência Social (CRAS), Centro de Referência Especializado para a População em Situação de Rua (Centro POP), cidadã e cristã expresso o meu pensamento prático de que ninguém deve ter o direito de matar seus filhos(as), afinal , a vida é concedida por Deus e por isso devemos preservá-la e amá-la. Quando nasce um filho ou uma filha pelo amor, não está determinado que ele terá atração por homens ou mulheres na sua vida adulta. Isso acontece com o tempo e, assim como os heterossexuais escolhem pessoas de sexo oposto para viver e se sentirem bem, os homossexuais e/ou lésbicas devem ter suas orientações sexuais. Afinal, a vida a dois é algo muito pessoal, íntimo e ninguém deve fazer escolhas por ninguém, essa orientação sexual é de cada um, é pessoal, é única. Afinal, este amor expressa o que diz o pensamento: “O amor não age pela razão, não age pelo coração. O amor age por uma força superior, que o homem não sabe explicar. E que não é capaz de entender, por que escolheu alguém para amar. Assim é o verdadeiro amor” (CARVALHO, 2014).
    Enquanto ser humano é natural que necessitamos de amor, atenção, diálogo, cuidado e compreensão para nos sentirmos gente, seres capazes de viver bem. Por isso devemos refletir como anda nossa prática no que diz respeito a aceitar o outro, a tolerar o outro, a perceber o outro como ser humano ou criatura que nasceu de Deus por meio do plano da criação. Assim sendo, cabe fazer essa reflexão: “Se elogiar, educa a emoção e autoestima e ainda encoraja e ensina a lutar pela vida, então, que tipo de educação emocional, autoestima, encorajamento e ensinamento para a vida estão tendo os que são homossexuais e lésbicas no enfrentamento da discriminação, preconceito e desamor?” (Profª. Laudecy Ferreira)
    Portanto, não é a orientação sexual que dirá o tipo de personalidade e /ou caráter do ser humano, nem tão pouco se é esta orientação sexual que o fará apto ou não a viver em sociedade. Mas, suas ações. É por nossas ações que sabemos se estamos sendo seres aptos à vida social. Pense nisso sempre. Se sou feliz, se amo a vida, preciso também proporcionar a vida e a felicidade para os outros independentemente de suas orientações sexuais. Que tipo de ações eu estou praticando por um mundo mais humano, fraterno, sustentável e justo?

    Um grande abraço fraterno!
    Por Profa. Laudecy Ferreira

  3. No discurso de Padre Antônio Furtado, esse tipo de relacionamento de Francisco é inaceitável. Jesus Cristo por sua vez não faz esse tipo de discriminação, mas acolhe o pecador. Assim sendo, diante do que diz o referido padre, é vergonhoso, imoral, desaprovado, inaceitável ser lésbica, ser homossexual. O desafio do discurso do padre está aí quando pode ser perguntado: Os homossexuais, lésbicas são seres humanos? Têm o direito de viver? Seus pais devem acolhe-los ou mata-los, ou ignorá-los, ou expulsar de casa/ do convívio pelo fato de serem homossexuais ou lésbicas? Por que não aceitar um filho homossexual ou lésbica? Com que justificativa os pais de filhos (as) homossexuais e lésbicas devem ignorá-los como filhos(as)? É justo ou exemplável os pais de homossexuais e lésbicas desprezá-los, expulsar de casa, deixar faltar o amor familiar, o acompanhamento de suas vidas? Se você que é pai/mãe ignora, despreza, rejeita seu filho que é homossexual ou lésbica, quanto mais a sociedade que ainda não compreendeu o sentido da vida, o que dirá/ fará? Padre Antônio Furtado, o senhor tem algum familiar que é homossexual ou lésbica, se sim, como trata-os?
    Ninguém tem o direito de negar a vida do ser humano pelo fato de ser homossexual ou lésbica, assim como, não deve ser o ser humano vindo do diabo e não de Deus. Esse discurso é falível, é insubstancial, é inseguro, porque prega o discurso de ódio, de desamor, de injustiça, de discriminação, de preconceito, de negação da existência humana. E, isso não nos cabe excitar, fazer, realizar. Não foi esse o amor ensinado por Jesus Cristo e nem tão pouco pelo seu Pai, Deus. Qual é o pai que por ter um filho(a) homossexual ou lésbica pega um microfone e diz diante do público que seu/ seu filho(a) nasceu por autorização do diabo? Se ele fizer isto estará incitando o ódio, a discórdia, o desamor, a violência, a injustiça, o preconceito, a discriminação, a construção do inferno e a destruição em sua própria família. E essa não é a prática de vida que Deus nos ensinou e ensina. Ou você teria essa mesma postura com seu /sua filho(a) homossexual ou lésbica?

  4. Se gostarem, aproveite a vida na terra amados irmãos, porque morreu acabou. Se vcs estão pensando que vão encontrar pai, mãe, irmãos, primos, amigos no além, podem tirar o cavalo da chuva, pois morreu acabou, game over. Procura viver uma vida decente e ética no decorrer da vida e se tornar uma pessoa melhor, não p ganhar o reino do céus, pois isso é uma fantasia criada pela cabeça do homem, mas para criar um mundo melhor para as gerações que virão.

  5. A sociedade brasileira precisa de mais padres tradicionais como esse, fui educado em um colégio em que o padre que também era o diretor andava com uma palmatória no bolso da batina e era uma das ou a pessoa mais respeitada no município, bons tempos…

  6. Ser de Deus realmente é uma loucura para o mundo, estamos no mundo mas não somos do mundo, Quando um Padre ou um leigo prega a verdade na palavra de Deus, ou seja baseado na Sagrada Escritura a maioria fica escandalizada, tá todo mundo acostumado com os Padres que são na maioria progressistas, esquerdista e da teologia satãnica da libertação, fazem e dizem heresias para os fiéis seguindo o modelo do anti papa Bergolio, é muita hipocrisia.

  7. Parabéns a este padre! Ele está certíssimo. Não se pode servir a DEUS e ao DIABO ao mesmo tempo. Quanto à ideologia de gênero, trata-se de uma das maiores fraudes do século XX. Não existe nada de "científico" na ideologia de gênero, só fraude, ideologia, um conceito fabricado por degenerados e amplamente refutado pela ciência. O ser humano não nasce com "gênero", nasce com sexo biológico masculino ou feminino. Essa ideologia maldita tem trazido uma enorme confusão na cabeça de crianças e adolescentes, e as pessoas submetidas a tratamento hormonal para fazer a transição para o sexo inverso ao biológico apresentam taxa de suicídio 20% maior do que as que não se submetem a essa violência.

  8. Não há salvação sem Cruz, sem sacrifício.

    “Jesus disse a todos: ‘Se alguém Me quer seguir, renuncie a si mesmo, tome sua cruz cada dia, e siga-Me’” (Lucas 9,23).

  9. O cristão radical tem a Bíblia como guia. Se se guia por tradições, é hipocrisia.
    Se está com Deus ou o diabo logo Purgatório é conto da carochinha…

  10. O que essa ideologia bosta acrescenta à sociedade, salvo mais mazelas? Quer ingressar na sacanagem, que faça só.

  11. Uma pena que esse "cristianismo fraco" tenha apoio do papa, ai a turma da bagunça vai pra galera. Agora, Tudo que as" minorias" desejam e tenham vontade de fazer, encontram apoio nas esquerdas prostituída e no papa, que já passou algumas dezenas de kilometros do 'pop.

  12. Se a esquerda tivesse ganhado, teríamos disciplina dessa ideologia da degeneração humana nas escolas.

  13. Não tenho total arrependimento de ter votado no Bozo, por ele ter cumprido a promessa de que não teríamos uma disciplina obrigatória de ideologia de gênero nas escolas.

  14. A ideologia de gênero é mais uma tentativa de impor à maior parte da sociedade uma obrigatória aceitação dos desregramentos de alguns indivíduos.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Religião

Padre relata assaltos e arrastões em cidade no interior e faz apelo ao Governo do RN por “um olhar de misericórdia”

Foto: Reprodução/Facebook

A Congregação dos Sacerdotes do Sagrado Coração de Jesus em Almino Afonso, no interior potiguar, reproduz uma nota de apelo de um padre da cidade de Rafael Godeiro, na região Oeste potiguar, ao Governo do Estado, em que relata que famílias estão amedrontadas por assaltos e arrastões nos últimos três meses. “A cidade conta com 1 só policial para ‘cuidar e “proteger’ todo um território muito vasto”, desabafa.

O padre Deivid Franklin, que pede compartilhamento do apelo, nutre esperança que a mensagem chegue a governadora Fátima Bezerra. “Talvez a senhora nem leia essa nota, mas, de forma audaciosa estou usando, quem sabe, não chega a seu conhecimento, pois a palavra de Deus nos diz em Lucas 19, 40 “Se calarem a voz dos profetas, as pedras falarão”, diz.

“Solicito e suplico um olhar de misericórdia pelo povo desta pacata e acolhedora cidade”, apela o padre.

 

Opinião dos leitores

  1. Pode rezar padre, mas rezar muito, porque esse governo não faz nem o dever de casa, imagina um milagre

  2. Os briosos guerreiros da PM cherarão aí para salvar o município. Tenham calma, é que neste momento os guerreiros da PM estão em São Gonçalo do Amarante, travando uma verdadeira guerra para prender os bandidos daquela região..

  3. Coitado do vigário.
    Fátima do PT, é uma versão piorada de Robinson Faria.
    Tem dinheiro, e a segurança no RN continua do mesmo jeito ou pior.

  4. Esse desgoverno de fatao GD é puta irresponsabilidade. O colégio Nestor Lima em uma semana já foi roubado duas vezes, estamos literalmente entregue as baratas.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polêmica

VÍDEO: Padre cita IFRN em Currais Novos ou Parelhas, e diz que “só tem abortistas, feministas e gente do contra”

Foto: Reprodução

Viralizou no início desta semana um trecho do padre Stanley Lopes, pároco da Matriz de Jardim do Seridó, em que desafia fiéis a demonstrarem sua fé também fora dos limites da igreja, ao citar os campi do IFRN dos municípios de Parelhas e Currais Novos, em que diz que “só tinham feministas e abortistas”. Em nota, que foi destaque na Tribuna do Norte nesta terça-feira(05), o instituto reafirmou a liberdade religiosa dentro da instituição. Vídeo pode ser visto AQUI.

Veja a nota do Campus Avançado de Parelhas: 

“A Constituição de 1988, atual constituição vigente no Brasil, no seu Art. 5°, estabelece que “Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País, a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade”.

O mesmo artigo fundamenta o princípio de que o Estado é laico e de que deve proteger e assegurar que o individuo possa ter liberdade de expressão e religiosa.

Além disso, a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB, de 1961) no Art. 3, inciso II, estabelece como princípio para educação a “liberdade de aprender, ensinar, pesquisar e divulgar a cultura, o pensamento, a arte e o saber”.

Esta mesma lei também dispõe no Art. 35, inciso III, sobre “o aprimoramento do educando como pessoa humana, incluindo a formação ética e o desenvolvimento da autonomia intelectual e do pensamento crítico”.

Diante deste contexto legal, os Institutos Federais fazem parte da rede de educação pública e são instituições laicas. Desta forma, os mesmos não são encarregados de promover educação religiosa de nenhum tipo. O que cabe à nossa escola, enquanto promotora de educação, é mostrar, através das disciplinas de História, Geografia, Literatura, Filosofia e Sociologia, o tema religioso, sem fazer referência para sustentação de valores, visões de mundo comportamentos ou atitudes. Mas garantindo a diversidade de pensamento e a discussão crítica dos temas.

Ademais, dentro do Instituto Federal, alunos e funcionários são livres para se expressar, podendo sim carregar cruzes no peito e outros símbolos da sua religião, porque é direito constitucional. Mas nossa instituição jamais poderá ensinar a respeito de religião e de crenças espirituais porque essa não é a função da escola.

O ensino desses conhecimentos religiosos é função da Igreja Católica e das demais religiões, para cativar os jovens e ensiná-los sobre as doutrinas religiosas que eles “devem” seguir.

Para ilustrar o nosso papel, tomo como exemplo eu, Ramon Viana, professor e Diretor Geral do IFRN Campus Avançado Parelhas.

Sou católico, praticante de ir à missa todos os domingos e ser Ministro da Eucaristia. Sustento meus valores e visões de mundo segundo a minha religião. No entanto, não me cabe ensinar e nem promover dentro do Instituto, que é instituição pública e laica (nunca é demais reforçar!), minha religião e o que eu acredito. Isso porque, antes de qualquer coisa, eu tenho que ter respeito às demais pessoas que não seguem a mesma religião que eu sigo. E do mesmo jeito que eu tenho direito de acreditar no que eu quiser, as outras pessoas também possuem esse direito. Então sejam católicos, evangélicos, umbandistas, judeus, ateus, agnósticos e demais crenças religiosas, as pessoas sempre serão respeitadas e terão sua liberdade de expressão e de religião dentro do Campus Avançado Parelhas. E não é o Diretor Geral que está estabelecendo isso, é a Constituição de 1988 que rege nosso país.

A respeito do Campus Avançado Parelhas ter “feministas, esquerdistas, abortistas, gente do contra e da ideologia de gênero”, voltamos ao Art. 5° da Constituição Brasileira e aos Art. 3 e Art. 35 da LDB.

Cada pessoa é livre para ter um ponto de vista e ter as suas defesas a respeito dos temas polêmicos que surgem na sociedade, e isso é um direito que jamais, dentro do nosso Campus, será negado ou violado. O papel da nossa instituição é não conceder valores obrigatórios aos respectivos temas. Entretanto, a nossa escola tem a função, muito significativa dentro da sociedade, que é o de formar cidadãos críticos e com pensamento autônomo.

Sendo assim, temas como “a luta das mulheres por direitos”, “a política brasileira e internacional, atual e ao longo da história”, “ a diversidade de gêneros”, entre outros assuntos polêmicos, serão discutidos sim, como garante a lei. Mas, repito, isso ocorrerá sempre sem fazer referência para sustentação de valores, visões de mundo, comportamentos ou atitudes de forma absoluta e obrigatória.

Tomo, ainda como exemplo, a educação sexual. Não cabe à escola dizer se o adolescente deve ou não ter relações sexuais. Mas, cabe à escola ensinar as formas de prevenir gravidez, o que são as DSTs e as formas de prevenção, o que é violência sexual, como detectá-la e como denunciá-la. O ensinamento escolar visa a formação para cidadania.

Por fim, destaco novamente que nossa escola é laica e que vai assegurar os diretos de todos, segundo a Constituição de 1988 e a LDB. Aproveito o espaço para convidar toda a comunidade a conhecer o que o IFRN Campus Avançado Parelhas vem fazendo na vida de milhares de jovens e adolescentes ao longo dos anos. Promovemos educação de qualidade, e, acima de tudo, formamos cidadãos para melhorar o mundo em que vivemos.

Damos perspectivas de vida a esses jovens e a essas famílias, que muitas vezes não tiveram oportunidades. E essa sempre vai ser a maior missão da nossa escola, não julgar o que nossos alunos e funcionários acreditam e defendem, mas fazer com que nossos alunos possam acreditar em um futuro muito melhor e com oportunidades de crescimento intelectual, profissional e material, amparados em uma formação cidadã.

Ramon Viana de Sousa

Diretor Geral do Campus Avançado Parelhas”

Opinião dos leitores

  1. C0mo ex-aluno da Escola Técnica Federal do Rio Grande do Norte -ETFRN, hoje Instituto Federal do RN – IFRN, venho expressar meu orgulho de ter tido o privilégio e o prazer de ter estudado nessa escola e ter conquistado a minha cidadania. Orgulho também por ter filhas como ex-alunas e meu neto como ex-aluno. A nota do professor Ramon Viana só veio aumenta esse meu orgulho, Parabéns, professor Ramon. Parabéns a toda comunidade do IFRN, Campus de Parelhas, estendendo a todas as comunidades dos IFs de todo Brasil.

  2. O padre tem total e absoluta razão. ????????????
    Triste de quem não tem condições de pagar a educação de seus filhos.

  3. Parabéns, Gustavo e Antônio Turci, pelos comentários de vcs. Ao Padre Stanley Lopes, o nosso apoio e, às nossas orações. João Macena.

  4. Isso é liberdade de expressão. O padre tem todo direito de ser machista, facista, sexista, em suma, ridículo…

  5. Mas onde foi que ele mentiu ?
    Já merece ser canonizado um padre desse , parabéns ao padre do serido.

  6. O IFRN é uma das mais respeitadas instituições de ensino do país. O padre e os bolsominions ruminantes deveriam se informar melhor antes de despejarem a sua verborragia nos comentários!

  7. Para saber o que acontece dentro das universidades e similares não necessariamente o indivíduo tem que está cursando para o restante da sua respectiva vida. Todos nós também sabemos o que acontece nos intramuros da politica brasileira, em todas as esferas. Para ter cconhecimento disso não é prpreciso se candidatar a nenhum mandato publico, nem tão pouco trabalhar para políticos, basta ter raciocínio e colocar o bem estar da sua familia em primeiro lugar

  8. Agora vem os petralhas querer inibir o padre. Liberdade de expressão. O Padre tem direito ou não tem? Ou só sem direito se for petralha e comunista?

  9. Mas os críticos são muito patetas, mesmo. O Padre está certíssimo, e o pior é ter de explicar. A sua crítica não foi à "laicidade" do IFRN, foi aos CATÓLICOS que vão à missa usando camiseta com imagens, crucifixos, terços, etc, mas quando vão a certos locais (como o IFRN, que é sabidamente dominado pelos grupos que ele identifica), ficam com vergonha da própria fé. Não é coragem usar crucifixo e camiseta de santo na missa, é coragem usá-los em ambientes hostis. Que pena que muitos não entenderam e partiram para o insulto contra um ÓTIMO PADRE.

  10. Parabéns Ramon, diretor geral do Campus.
    Respondeu e contra-argumentou as imbecilidades ditas pelo padre que ainda vive na idade média.

  11. Liberdade de expresão, sem extremismo. Cada um tem o seu ponto de vista. Uns concordam, outros discordam. Isso é democracia! O que não pode, é xingamento, mal trato, falta de respeito, ignorância e por ai vai.

  12. Sou amante da democracia e da liberdade de expressão.
    Sou contra ao que o Padre falou, porém ele tem a liberdade para se expressar.
    Não vou ofender o Padre, como a boiada ofende o Papa, cada vez o Pontífice se manifesta sobre qualquer assunto.

  13. Com todo o respeito, ouso comentar resumidamente. De antemão reconheço, embora "na marra", a Constituição (demagógica) Cidadã. Em nossas escolas para jovens não tem lugar para Deus, mas estão presentes os ensinamentos marxistas, leninista, gramscistas e outros ateísmo mais. Quanto a liberdade de expressão de alunos e funcionários esra é garantida, desde que seja seja a favor do "princípios" do petisco e outras vertentes de esquerda. Em razão da laicidade não se pode falar em Deus, mas se fala direto na podridão que é a ideologia de gênero. Ao Padre de Jardim do Seridó, meus parabéns.

    1. Você estuda em qual faculdade para saber o que se passa lá dentro? Ou é só mais um que fugiu da escola e agora como tem o poder de opinar na palma da mão expõe seu ódio contra as academias de formação?

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

‘Que Deus todo poderoso faça que esse candidato não ganhe’, desabafa padre, em missa atrapalhada por manifestação política no Seridó

Foto: Reprodução

“Que Deus todo poderoso faça com que esse candidato não ganhe”. Frase do padre Márcio Pacheco, em tom de desabafo, foi destaque no G1-RN nesta segunda-feira(26).

A reportagem destaca um evento político que aconteceu no último sábado (24) em Currais Novos, no Seridó potiguar, que acabou atrapalhando a missa que acontecia na paróquia de Sant´Ana.

A movimentação começou durante o sermão do padre Márcio Pacheco, que parou a celebração. A missa era transmitida pela internet e o vídeo ficou salvo nas redes sociais da paróquia.

“Eu quero escutar qual é o candidato, porque eu quero ver se ele vai pedir desculpas por ter atrapalhado a missa. Isso é muito sério, meus irmãos. Uma pessoa que não consegue, com a sua carreata, respeitar o momento da missa, não é merecedor do nosso voto”, disse o padre.

Mais detalhes aqui.

Opinião dos leitores

  1. Comentário infeliz desse padre, afinal não caberia ao padre jogar praga num candidato mesmo que ele esteja errado. Errado está o candidato com certeza por atrapalhar a missa e não cumprir as leis e o padre pelas palavras, afinal como homem de Deus deveria pregar o perdão.

    1. Se foi para o canditado do PT, está correto.
      PT 40 anos mentindo, hoje ñ tem autoridade moral e política de se dirigir pedi VOTO ao POVO.

  2. O Luladrão disse que não existe uma viva alma mas honesta que ele, então seu padre fique quieto kkkkk

  3. O Padre está coberto de razão. Falta de respeito com o próximo.
    Esses imbecís não respeitam igrejas, templos religiosos, hospitais, clínicas, nada!
    Eu conheço o candidato, FRACO. Vai ter o voto dele e 1/2 dúzia de babão.

    1. Você não reconhece nem um ladrão condenado, e com uma listas de outros processos por corrupção a serem sentenciado, imagina qualquer outra pessoa. Vai catar cocô pra ficar milionário feito o lulinha, idiota

  4. O que Deus tem haver com essa zorra. Deixem Deus em paz, o homem é o tempo todo pedindo, porém em geral não faz a parte dele. Faço tudo para não perturbar ele.

    1. A esquerda é contra o cristianismo.
      No Chile queimaram igrejas e o papa ficou calado.
      Esquerda é bagunça.

  5. Esse comentario desse padre nao foi certo.se atrapalhou a missa,poderia dizer boa sote,deus os aconpahe e te abencoe. Más ele como padre desejou o pior

  6. Embora eu seja evangélica, mas defendo o padre, uma vez que faltou respeito do candidato ao passar pelo templo ou um hospital.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polêmica

Padre Zezinho repreende padre que ofendeu Bolsonaro e seus apoiadores: “Não use o púlpito para dividir o povo católico!”

Foto: Divulgação

Um padre da cidade de Artur Nogueira, no interior de São Paulo, usou o momento do sermão da missa para chamar Jair Bolsonaro de “bandido” e dizer que quem votou nele deveria se confessar.

O vídeo da missa, celebrada na última quinta-feira (2) pelo padre Edson Adélio Tagliaferro, viralizou nesse domingo (5).

As declarações do padre provocaram polêmica entre o clero católico.

O conhecido Padre Zezinho, de 79 anos, considerado precursor do fenômeno dos padres comunicadores no Brasil, escreveu um texto no qual, sem citar nomes, repreende a atitude do colega sacerdote.

“Padre deve trabalhar para a unidade, mesmo que seu coração seja de direita ou de esquerda ou de centro. A prudência no altar e no púlpito exige dele que anuncie ou denuncie, sem causar rupturas e ódio entre fiéis”, escreveu Zezinho.

Os documentos da Igreja Católica são claros a respeito dos limites do engajamento de padres na política, mas essas normas são historicamente desrespeitadas, a começar por bispos que ajudaram na fundação do PT.

“O púlpito é da Igreja, não do padre. Se tem pretensões políticas, peça licença e siga seu coração direitista ou esquerdista ou centrista. Mas não use o púlpito para dividir o povo católico”, acrescentou Zezinho.

Com O Antagonista

Opinião dos leitores

  1. Sou Evangélico Gosto das Canções de Padre desde minha juventude que ouço As Sabedorias deste Padre. Parabéns um Exemplo de Um Líder Religioso sempre para o lado do Bem das Famílias e da Igreja e da Paz

  2. Quando o presidente faz gesto de arminha não é violência, né?? Padre Zezinho, o senhor perdeu o respeito de muitos católicos. Eu penso que a tua idade tenha contribuido para o teu appio a este presidente louco.

    1. Cara, vc tem problema mental? Não existe mais anti-bolsonaro que Padre Zézinho. O que ele está dizendo é que não é para usar o púlpito para isso. Quanto a Bolsonaro usar arminha, ele não é padre é um político e pode fazer isso sim porque nós o elegemos pra isso. E engole o choro porque ele vai ficar até 2026 e depois vem Eduardo, depois ele volta e depois só quem ele indicar. Chega de pessoas desonestas como você.

  3. A questão não é ser direitista ou esquerdista, maís sim servir a jesus Cristo pelo o povo, jesus Cristo não foi omisso quando expulsou os cambistas do i tempo do senhor.

  4. Sou fã do Pe. Zezinho desde de criança e suas musicas afagaram minha infância, mas em suas próprias canções ele enaltece o respeito principalmente a família, torna-se uma dualidade ou mesmo hipocrisia nos tempos de Bolsonaro ficarmos em cima do muro só fazendo canções de lamento sem refletirmos e agirmos. Precisamos nos reavaliar enquanto cristãos , e reviver os tempos de Jesus, que lutou com Fé contra todo império através de suas palavras, admiro todos os Pe. que se posicionam a favor do seu povo sofrido.

  5. O Padre Zezinho quer continuar omisso assistindo ao desastre político e homicida no desgoverno que acabou com todos os direitos trabalhistas e entrega às nossas riquezas aos "amigos estrangeiros". Se o outro Padre ou Pastor enxerga que a falta de política é genocida, que se pronuncie, seja no culto, seja na missa. Não temos mais tempo de esconder as verdades ao povo. Faz o seguinte Padre Zezinho, quer ser omisso, não emite opinião.

  6. As palavras do Pe. Zezinho são belas, pena que não vi suas manifestações diante de várias homilias, até mais ofensivas que esta, onde padres citaram a esquerda de forma a causar ruptura e ódio entre os fiéis.
    Quem não viu, procure no Youtube, em especial, algumas homilias na Canção Nova.
    De tempos passados, já sabemos que o coração do Pe. Zezinho é de direita e sua manifestação neste momento nos revela um coração rancoroso com as verdades ditas por aquele padre.

  7. Parabéns Padre Zezinho. Sempre coerente em suas palavras. Infelizmente como católica percebo Bispos e Padres que não se pronunciaram quando os PTralhas, com seu chefe-mor, Lula que é o maior ladrão do Brasil e suas gangues roubaram o Brasil. Mas continuo católica pois sigo Cristo e não estes comunistas travestidos de Padre ou Bispo infiltrados na Igreja Católica!

  8. Parabéns padre Zezinho, padre de verdade das antigas sempre tive e tenho admiração pelo seu trabalho??canto desde novinha suas musicas. Mas o que de fato importa é a coerência e respeito que o Sr tem pelos seus fiéis. Obrigado pelas sábias palavaras

  9. Meus parabéns ao Pe. Edson! Que Deus o proteja, e ilumine todos os padres mornos e omissos, que alimentam a alienação e a hipocrisia de quem se diz católico mas assiste calado à total destruição do Brasil.

    1. Você é um ignorante… vá buscar o conhecimento e a verdade te libertará.

  10. Parabéns Pe. Zezinho por "ensinar a este Padre Treslocado", que o espaço da Igreja é pra falar de JESUS, nosso único SENHOR e REI, e não pra fazer política seja pra quem for… Se o Padre quer fazer "Política", que ele faça na RUA como "CIdadão" e nunca dentro do "Espaço Sagrado da Igreja fundada por JESUS CRISTO. Sou sua admiradora Pe. Zezinho por sua "Sabedoria" de Evangelizar nas suas lindas Canções, Palestras Homilias e pelo seu Testemunho de vida como Padre. DEUS continue lhe abençoando. Mais uma vez PARABÉNS por defender NOSSA IGREJA.

  11. Entendo que a homilia, por estar inserida na Sagrada Eucaristia, deveria ser SEMPRE e exclusivamente baseada nas leituras e explanadas dentro do contexto e do bom entendimento, sem JAMAIS relacioná-la diretamente a política partidária, como o Padre Edson teve a infelicidade de abordar, com destempero, frise-se! Outro desastre é o Padre Carlos Alberto da Rocha, da Basílica Nossa Senhora do Patrocínio, de Araras (SP), sempre cutucando… Lembro, por exemplo, das lúcidas homilias dos saudosos Padre Vladimir Barbosa Hergert e Padre João Modesti – impecáveis e diplomáticas! Portanto, é preciso ter cuidado com o que se fala na homilia, sim! Se não bastasse a polarização de ódio que vivemos, de todas os lados, vem esse padre inflamar ainda mais os ânimos?! Isso não é uma posição Cristã, durante uma Santa Missa! Em qualquer situação, a Igreja tem que ser apaziguadora e NUNCA violenta!

  12. Sou Católico e já tive a oportunidade de estar diante de toda a Igreja para me manifestar. Como Cristão já apelei ou fiz campanha para um ou outro candidato, contrário senso vali-me daquela oportunidade ímpar para alertar e sensibilizar o "povo" acerca da busca de candidatos sérios, honestos e que tem como plataforma o bem da sociedade de forma ética e legal. Mas, neste espaço, pergunto: quais os manifestos do padre Edson Adélio Tagliaferro sobre os crimes praticados por Lula e sua gangue? Que ações ele tomou para minimizar o sofrimento impostos por governadores e prefeitos frente à pandemia? Padre Edson vá pregar um Cuba e salve aquele povo, pois o seu já está perdido. Parabéns padre Zezinho!

    1. Era só você ter ido na missa, aí certamente você saberia.

      Não dá pra se calar neste momento crítico do país. O padre alertou ou fiéis.

  13. A igreja católica continua a mesma que concebeu e pariu Lula e o PT. Aliás, ela chegou em Pindorama a bordo das caravelas portuguesas. Mas ainda assim há quem acredite que o Estado é laico… Dói quando rio.

  14. É complicado. Cada um diz o que quer. Cada um tem a sua opinião. Mas usar o púlpito pra falar de política eu não concordo. Pq a Igreja deve ser imparcial nesse caso.

  15. Parabéns Padre Zezinho, somos cristãos católicos e devemos buscar e manter sempre a unidade, porque é na unidade que Deus se faz presente. DEUS O ABENÇOE!

  16. Parabéns Pdre Zezinho, somos católicos, cristãos devemos defender a unidade. A sua bênção ! Deus o ilumine sempre.

  17. Parabéns Padre Zezinho! Muito oportuno e bem colocado seu posicionamento. Sou católica de coração, mais me decepciono qdo vejo padres e bispos ao invés de unir, estão dividindo e até afastando fiéis por usar a igreja para suas posições políticas. Não entendo como na igreja católica por ser cristã, a maioria do clero é comunista…muito contraditório com o que pregam! Fico triste com isso!!

  18. Parabéns padre Zezinho pelo seu posicionamento, chega de divisão. Precisamos de união .
    Esse maluco não tem postura de padre, um irresponsável espalhando discórdia.

    1. Pois é… Esse ódio que você exala precisa acabar. Respeito é a palavra que você precisa aprender.

  19. Padre Zezinho, há muito tempo que o Sr virou um radical disfarçado. O Sr. Também é culpado pela VERGONHA que governa esse pais.

  20. O padre Zezinho canta maravilhosamente canções maravilhosas. E só!
    E aí, nelore?? Já foi confessar seu pecado mortal? Ou o padre teria que gritar "Po**a!"no final da omilia pra você entender?

  21. Lindo posicionamento do Padre Zezinho. Como católico raiz, respeito todos.

    Esse padre precisa aprender respeitar a opinião contrária. Vivemos em uma democracia.

  22. Bolsonaro ganhou com mais de 70% dos votos na cidade do padre petista.
    Desde do resultado das eleições que ele não aceita a vitória do Presidente.
    É um louco travestido de padre

  23. Padre Zezinho foi um dos padres mais ferrenhos a atacar a esquerda. No dos outros é refresco.

  24. Parabéns Pe. Zezinho, como sempre sereno e conciliador, virtudes dos iluminados por Deus

  25. Bem colocado Padre Zezinho, o púlpito é da igreja, nele não deve haver espaço para política partidária, homilias raivosas, incentivo ao ódio e avaliações pessoais. O seu colega errou feio.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Religião

Após criticar “saidinha” dos presídios e ser atacado por internautas, padre Fábio de Melo anuncia saída da rede social: “Este lugar deixou de ser saudável”

Reprodução: Instagram

O Padre Fábio de Melo compartilhou em seu perfil no Twitter na manhã desta sexta-feira (9) que vai abandonar a rede social. Famoso na internet, com 7 milhões seguidores na plataforma e 15,5 milhões no Instagram, Fábio afirmou que ficará offline pelas acusações e julgamentos que recebeu recentemente.

“Meus queridos, vou ficando por aqui. Tenho uma saúde emocional a ser cuidada. Sei o quanto já provei a solidão provocada pela depressão, pelo pânico. Tomar remédios só faz sentido quando evitamos os gatilhos dos desconfortos. Este lugar deixou de ser saudável pra mim. Obrigado!”, anunciou o padre.

Tudo começou na quarta-feira (8), quando Fábio comentou sobre a “saidinha” dos presídios em datas comemorativas. “Não entendo de leis, mas a ‘saidinha’ deveria ser permitida somente no dia de finados. Para que visitassem os túmulos dos que eles mataram”, opinou o padre.

Fábio foi criticado por seu posicionamento e, por isso, decidiu abandonar a rede social e se justificou: “Nunca tive dificuldade com as diferenças. Aliás, o meu ministério sempre foi exercido entre elas. Mas a dialética, um dos movimentos que nos permitem o acesso à verdade, vem gradativamente sendo substituída por acusações e julgamentos”, disse.

“O Twitter sempre foi um lugar de encontro. A Àgora dos nossos tempos. O ponto de reunião improváveis. Falei e fiquei amigo de quem não passaria na porta da minha igreja. Foi bom. Desde ontem, quando expressei minha indignação sobre a “saidinha”, estou sendo acusado de justiceiro, desonesto, desinformado, canalha e outros nomes impublicáveis. Só reitero. Já atuei na pastoral carcerária. Sei sobre a necessidade da ressocialização dos presos. Eu apenas salientei sobre a justiça não ser capaz de preservar, para os que sofrem suas perdas, o simbolismo das datas, libertando os responsáveis pelas mortes de seus entes queridos. Só isso. Agradeço muito o carinho que sempre recebi aqui. Eu me divertia muito com vocês. Obrigado pelos amigos que fiz. Rezem por mim”, afirmou o padre.

Globo, via Marie Claire

 

Opinião dos leitores

  1. "…a dialética, um dos movimentos que nos permitem o acesso à verdade, vem gradativamente sendo substituída por acusações e julgamentos” . Sou obrigado a concordar com o Padre, não só as redes sociais mas até o próprio convívio social está contaminado por intolerância, desrespeito e agressividade ; tudo misturado com uma polarização política idiota, que só interessa aos que ganham algo diretamente com isso.

  2. O padre Fábio está CERTÍSSIMO!
    "Não entendo de leis, mas a “saidinha” deveria ser permitida somente no dia de finados. Para que visitassem os túmulos dos que eles mataram. https://t.co/WnS4Swov6F"
    Essa saidinha é uma pouca vergonha; lugar de marginal é atrás das grades, e pronto.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polêmica

VÍDEO: Padre na Grande Natal causa polêmica após abrir champanhe durante missa e derramar em imagem de santa

Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

O G1-RN destaca em seu portal  que um padre causou polêmica nas redes sociais depois de ser filmado abrindo uma garrafa de champanhe durante a missa e jogando a bebida em uma imagem de uma santa. A situação aconteceu no início da semana no município de Parnamirim, na Grande Natal, no momento em que era comemorado o aniversário da paróquia.

A imagem era de Nossa Senhora de Fátima, que dá nome à igreja da cidade. Na filmagem, o padre Murilo de Paiva aparece estourando a garrafa de champanhe e derramando a bebida na direção da estátua da santa.

Segundo o padre Murilo, a intenção não era jogar a bebida na direção da santa, nem tampouco desrespeitar a imagem. “Na verdade, a gente não aspergiu a imagem. Na hora que a champanhe explodiu, claro, bateu na santa. O objetivo era brindar com os fiéis a alegria da festa.  Veja mais detalhes e reportagem com vídeo aqui

Opinião dos leitores

  1. Quando tomo uma 'lapada' para espalhar este meu festivo sangue flamengo, evito passar até na calçada duma igreja. Não que eu tenha reverência por nenhum "santo" (pouco me importa se de pau oco ou recheado de tutano), mas por respeito à profissão de fé dos meus semelhantes.

  2. Infelizmente temos párocos que agem desta forma, a mudança se faz necessário. Pois a acomodação nos traz algumas certezas que podemos fazer tudo.

  3. Fato: explodiu jorrando espumante para cima da "imagem", depois o padre jogou claramente duas vezes diretamente no corpo da imagem e fez as bênçãos… Negar o óbvio pra que, se não foi o padre que transformou água em vinho….

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

‘Ninguém pôde fazer nada’, disse padre que celebrava missa na Catedral de Campinas antes de tiroteio

Foto: Redes Sociais

O padre Amauri Ribeiro Thomazzi foi o celebrante da missa que terminou com ao menos quatro mortos na Catedral Metropolitana de Campinas , no interior de São Paulo, nesta terça-feira. Um homem ainda não identificado atirou contra os fiéis no fim da celebração, e se suicidou depois. Em seu perfil numa rede social, Thomazzi, muito assutado, gravou um vídeo relatando o que aconteceu.

“Eu rezei a missa de 12h15 e no final uma pessoa entrou atirando e fez algumas vítimas. Ninguém pôde fazer nada, ajudar de forma nenhuma. Mas eu peço apenas que rezem pela pessoa. Ele se matou após essa situação. Rezemos também por aqueles que foram feridos, temos aqui vítimas fatais”.

O padre diz ainda no vídeo que ouviu pelo menos 20 disparos na catedral e que ainda não poderia informar como ficaria a programação da Catedral nos próximos dias. As imagens foram gravadas logo após o atentado, ainda dentro da igreja.

Segundo o Corpo de Bombeiros de Campinas, depois de atirar, o atirador se matou em frente ao altar da igreja. Antes disso, ele, que ainda não teve a identidade revelada, chegou a ser atingido pela polícia. Ainda conforme informações da corporação, o homem, estava com um pistola e um revólver calibre 38, não portava documentos.

A catedral fica localizada em uma área de grande circulação em Campinas, na região central da cidade. O tiroteio causou correria nas ruas . Quem passava pela região se abrigou em lojas próximas, ainda sem saber o que estava acontecendo.

O Globo

Opinião dos leitores

  1. Claro que não pôde, temos uma sociedade desarmada e refem da criminalidade e desse tipo de louco. Dois atiradores de bem ali na quela igreja teriam evitado morte de inocentes. #B17

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Padre fazia orgia com menores em casa paroquial, regada à bebida alcoólica na PB, diz promotor

O Ministério Público da Paraíba (MPPB), através da Promotoria de Jacaraú, vai interrogar nesta quarta-feira (26), adolescentes que tiveram relações sexuais com o padre Adriano José, pároco de Jacaraú, no Litoral Norte do Estado. De acordo com o promotor Marinho Mendes, as orgias sexuais, que ocorriam dentro da casa paroquial e motéis, eram regadas à bebidas alcoólicas. A Arquidiocese da Paraíba confirmou que ele está suspenso de ordem, ou seja, impedido de realizar missas. O padre Jaildo Souto também teve às ordens suspensas suspeito de abuso sexual.

O promotor revelou que as investigações contra o padre Adriano José iniciaram em novembro de 2013, quando furtos foram registrados na casa do sacerdote. “Os menores suspeitos pelos crimes foram interrogados e daí eles revelaram que não roubaram, mas que receberam do padre após relações sexuais com ele”, disse Marinho Mendes.

Após depoimentos, o Ministério Público da Paraíba e a Polícia Civil abriram investigações e já confirmaram o envolvimento do padre Adriano José com 10 adolescentes. “Os rapazes entre 12 e 17 anos, disseram que recebiam entre R$ 50 e R$ 200 para se relacionar com o padre. Eles ainda disseram como ocorriam os encontros sexuais e as farras tanto na casa paroquial como em motéis da região. Os menores confirmaram que recebiam também presentes e sempre viajavam com o sacerdote”, comentou o promotor de Justiça.

O MP ainda disse que um material publicitário começou a circular na cidade denunciando o envolvimento do padre com rapazes menores de idade. O escândalo tomou proporção e o padre foi afastado das funções de sacerdote.

A Arquidiocese da Paraíba confirmou que o padre Jaildo Souto também foi afastado das funções eclesiástica suspeito de manter relações com um menor. Antes a entidade religiosa afirmada que o desligado do sacerdote era por motivo de saúde. Ele está suspenso de realizar missas e fazer batismo.

Padre Jaildo é investigado por abuso sexual na cidade de Pitimbú, Litoral Sul do estado. A Polícia Civil investiga o envolvimento dele com um rapaz, que hoje tem 21 anos, mas na época dos encontros sexuais o jovem tinha 15 anos.

Portal Correio UOL

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polêmica

Padre pede desculpas após cantar e dançar "Show das Poderosas", de Anitta

o-autor-da-performance-padre-hewerton-de-castro-alves-pediu-desculpas-pela-escolha-do-repertorio-1390568410056_615x300O vídeo de um padre cantando e dançando uma versão de “Show das Poderosas”, hit de Anitta, virou sucesso nas redes sociais e gerou controvérsia na paróquia Santa Luzia, no bairro de Areias, no Recife.

O autor da performance, padre Hewerton de Castro Alves, pediu desculpas pela escolha do repertório durante uma cerimônia de formatura do curso de direito na Universidade Católica de Pernambuco, no dia 13 de janeiro.

Durante sua participação no evento, Padre Hewerton gesticula, canta a letra com referência a Jesus e faz sinal de chifrinho após o verso “quando começo a louvar, eu te enlouqueço, eu sei”. No final, após imitar Anitta com a palma da mão aberta em “pre-pa-ra”, ele manda beijo “para as minhas fãs que estão aqui”.

Com mais 50 mil visualizações, a performance do padre não teria agradado a Arquidiocese de Olinda e Recife, principalmente por se tratar de uma música considerada sensual na versão original.

Tão logo o vídeo começou a ser compartilhado, o padre foi chamado para uma conversa com o arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido. Logo em seguida, Hewerton divulgou uma nota afirmando que a música é uma versão já conhecida e apresentada durante a Jornada Mundial da Juventude, durante a visita do Papa Francisco, em julho do ano passado.

Em comunicado, o padre se desculpou pelo ocorrido. “Creio que, de fato, não fui feliz em cantá-la em um culto de formatura, mas a intenção sempre, de minha parte, foi de trazer os jovens para mais perto da igreja. A intenção não foi jamais de afrontar ou escandalizar pessoa alguma”, escreveu.

Em contato com o UOL, a Arquidiocese afirmou que o padre não foi afastado de sua função.

UOL

Opinião dos leitores

  1. Mas não tem que pedir desculpas não, ele é jovem, a igreja é composta por jovens, que ouvem e dançam as músicas de Annita, cantar e dançar não diminui em nada a profissão de padre ou qualquer que seja… A igreja tem que se preocupar é com o bem estar dos seus padres, pois, são estas e outras coisas que tem levado muitos padres a depressão e renúncia.

    1. Na evangelização a modernização e adaptação da linguagem é importante porém nem tudo é conveniente. O joio e o trigo deveram crescer junto na esperança de uma colheita feliz mas o trigo não pode se tornar joio. A linguagem deve ser correta para uma evangelização que indica caminhos não apenas suor e sorrisos.Parabéns aos jovens Padres que buscam estar perto dos jovens ensinando o caminho feliz da Cruz de Cristo. Caminho feliz pois é o caminho que leva a salvação mensagem mais importante da Igreja. BEM ESTAR É ESTAR NO VERDADEIRO BEM É ESTAR NA VONTADE DE DEUS.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

FOTOS: Padre Reginaldo Manzotti na Festa dos Mártires de Cunhaú e Uruaçu

1235256_10151701802662057_1208160453_n

Opinião dos leitores

  1. Gosteimuito e agradeso a Deus por ter estes servos para nos trazer a paz e alegria.
    Nos nossos corcaoes mito obrigado gui Deus lienlumini sepre

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Relatório da PF aponta patrimônio de padre acusado de desvio de verbas do Ministério do Trabalho

O crescimento patrimonial de um sacerdote impressiona veteranos agentes da Operação Pronto Emprego – missão da Polícia Federal deflagrada no dia 3 de setembro para investigar desvio de R$ 18 milhões de convênios firmados pelo Ministério do Trabalho com a ONG Centro de Atendimento ao Trabalhador (CEAT).

Padre Lício de Araújo Vale, diretor de Relações Institucionais da ONG, ficou 5 dias preso no início de setembro, por ordem judicial. Seu papel, diz a PF, era convencer autoridades de alto escalão da Pasta do Trabalho a assinar aditamentos aos convênios com o CEAT. Fez gestões até junto ao ministro Gilberto Carvalho, secretário-geral da Presidência da República.

Agora ele está em liberdade, mas a PF o enquadrou nos autos do inquérito 01/2013-11 por lavagem de dinheiro, formação de quadrilha e peculato. A PF dedicou longo trecho do relatório da Pronto Emprego ao estudo da ascensão de bens do religioso, que integra os quadros da Diocese de São Miguel Paulista.

“Lício de Araújo Vale também apresenta movimentação financeira sem lastro”, destaca o documento. A partir de 2009, padre Lício adquiriu apartamento, veículo esportivo e clube de investimento. A PF descobriu que ele recebe “uma mesada” de R$ 11 mil do Instituto Brasileiro de Trabalho, Educação e Capacitação (Ibratec).

Segundo a PF, o Ibratec é uma entidade de fachada contratada pela ONG para “prestação de serviços de apoio administrativo, técnico e operacional”. O contrato foi fechado por R$ 4,47 milhões.

O criminalista Pedro Biokoi, que defende Jorgette Oliveira, presidente da ONG Centro de Atendimento ao Trabalhador (CEAT), rechaça com veemência a suspeita lançada pela PF. Biokoi afirma que a ONG não é uma entidade de fachada e presta relevantes serviços sociais.

O criminalista preparou amplo levantamento sobre as atividades da ONG, inclusive com dados sobre o número de trabalhadores atendidos, que conseguiram colocação no mercado a partir do trabalho da ONG.

Amigos do padre Lício de Araújo Vale, ouvidos pela reportagem, repudiam a informação de que o religioso enriqueceu. O advogado José Carlos Abissamra Filho, que defende o padre, preferiu não se manifestar porque está analisando os autos do inquérito da PF.

Estadão

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *