Jornalismo

#AumentoNão e #RevoltadoBusão: Os transtornos valem a pena?

Nessa última semana, Natal vivenciou um dos maiores protestos organizados por jovens desde o #ForaMicarla. Centenas de jovens se reuniram nos movimentos #AumentoNão e #RevoltadoBusão em prol de uma causa coletiva: a revogação do aumento das passagens de ônibus de R$ 2,20 para R$ 2,40, ou seja, contra um aumento de quase 10% de reajuste na tarifa dos ônibus urbanos de Natal.

O primeiro dos encontros foi realizado no dia 29 de agosto, na marginal da BR-101. Os jovens interditaram a via e, após alguns minutos, seguiram uma caminhada pela BR-101. Um enorme trânsito foi formado. Pessoas que trabalham a noite levaram falta no expediente. Um verdadeiro caos foi instalado. Caos esse, que foi encerrado após um confronto com policiais militares do Batalhão de Policiamento de Choque (BPChoque).

O segundo protesto foi realizado em frente a Prefeitura do Natal, no dia 31. A equipe da Prefeitura ao saber do ato, suspendeu as atividades. Os jovens estudantes terminaram protestando para o vento, já que até a Assembleia Legislativa já se encontrava encerrando o expediente normal. Para não ficarem esquecidos, os jovens seguiram rumo a Ribeira, mais precisamente em frente ao prédio da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob), que foi utilizada como fachada para anunciar o aumento, evitando um desgaste ainda maior da prefeita Micarla de Sousa. Afinal, quando foi pra anunciar que não iria ter aumento, ela não usou porta-voz, ela colocou a cara e falou. Agora? Se escondeu. Mas, o expediente da Semob se encerra as 14h. Diante disso, os jovens decidiram inciar uma verdadeira peregrinação pelas ruas de Natal até o cruzamento das avenidas Bernardo Vieira com Salgado Filho. Conclusão? Trânsito, transtorno, estresse, caos, atrasos, só que dessa vez generalizado.

Existe o chamado direito constitucional de reunião, pelo qual todas as pessoas podem convocar reuniões em locais abertos ao público, desde que o encontro seja pacífico, lícito, sem armas e desde que não prejudique outras anteriormente convocadas para o mesmo lugar. O direito é exercido independentemente de autorização. Exige-se apenas um aviso prévio às autoridades. Só.

Deu pra entender que apesar de algumas  badernas, atos de vandalismos, dos confrontos com a Polícia, da tentativa de impedir o trabalho jornalístico dos veículos de comunicação, das hostilidades praticadas contra quem tentava furar o protesto, e de tudo o que houve de ilegal, o protesto pode ser considerado legal. Veja bem: pode. O Blog não afirma que é ou não, e nem quer entrar nesse mérito. O Blog não é contra qualquer tipo de protesto. Cada um deve protestar, sim, pelo que acha injusto ou errado. O Blog quer fazer apenas uma reflexão: Será que isso tudo vale a pena?

Vejam bem: as passagens de ônibus em Natal aumentaram R$ 0,20. Estudantes pagam meia, ou seja, o aumento real pra eles foi de R$ 0,10. Isso mesmo! Pode ler: dez centavos.  Considerando que um estudante gasta duas passagens por dia, uma para ir para casa e outra para voltar, lá se vão R$ 0,20 de aumento por dia. Considerando-se 30 dias do mês, temos um aumento de R$ 6 por mês. Por causa de R$ 6 por mês toda a sociedade tem que ser penalizada? Porque não protestar contra as pessoas certas? Contra os verdadeiros responsáveis pelo aumento? Será que um protesto que provoca prejuízos diretos e indiretos a toda uma sociedade vai fazer os verdadeiros responsáveis por esse aumento voltarem atrás? Esses R$ 6 por mês devem realmente fazer uma falta grande no bolso de alguns, mas com certeza não no de todos. Enquanto essa bagunça continua nas ruas, os verdadeiros responsáveis pelo aumento devem ficar rindo. Ainda mais quando parte dos jovens perdem o foco do protesto e se desvirtuam em atitudes ilícitas. Eles devem acompanhar em confortáveis poltronas, de camarote, tudo o que acontece. O único compromisso do jovem é com seu estudo, mas o donos e donas de casa, que tem famílias para sustentar, vai bem mais além disso.

O BG só espera que esses movimentos #AumentoNão e #RevoltadoBusão não tenha um viés político, porque está sendo utilizado, demasiadamente, em alguns programas políticos de candidatos desesperados na busca por votos. Inclusive temos noticias qu

Amanhã teremos uma nova rodada de transtornos para todos. Os jovens devem, novamente, fechar a BR-101. Então natalenses, vão se preparando. Amanhã, está marcada uma nova concentração do #AumentoNão e #RevoltadoBusão na parada do circular da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), às 16h. O novo protesto deve seguir os mesmos moldes do realizado no último dia 29. De antemão, repito: vale a pena prejudicar todo mundo por causa desse aumento?

Antes que algum atacadinho venha se precipitar, querendo falar algo, essa reflexão vale para todos.

Veja a programação completa prevista para esta semana:

Opinião dos leitores

  1. Este movimento tem dois lados:

    O primeiro é o de causar transtorno na vida de cidadãos que tem responsabilidades em casa e no trabalho, sejam eles pais de família, profissionais da noite, ou somente gente cansada que acabou de ter um dia chato, alugando e invadindo a vida de quem quer (ou precisa) pagar os R$ 2.40. Como o Bruno falou, pra muita gente reconheço que faz falta, mas pra outros não faz.

    O segundo lado é o de quebrar a omissão e devolver a autoridade ao povo, que normalmente é omisso e "medroso" diante dos atos cometidos por empresários e corporações, e semelhantes. Neste lado, este R$ 0,01 (1 centavo) retirado do bolso dela sem aviso prévio é falta de respeito, principalmente porque já sabemos que a maioria dos ônibus são velhos, eles param quando querem paras pessoas e não dá pra ir pra muitos cantos em Natal após as 22h.

    Eu só espero assim como o BG, que isto não esteja sendo motivado por políticos safados e que o protesto tenha mesmo autenticidade; que parece ter. Eu já ví o PSTU usar isso na televisão e isso só pode ser ou aproveitamento da situação ou manobra.

    O movimento de uma forma geral tem ações erradas no meio, pixar, engarrafar  o trânsito, fazer baderna, dar pancadas em ônibus, e reagir a polícia, demonstra que o usuário está com muita raiva, mas vai mudar o que de fato? o empresário é cara de pau mesmo, ele quer dinheiro, ele está dando risada com isto tudo. Nenhuma revolta intimida se perder a razão e o respeito.

  2. Muitos trabalhadores também pegam onibus. Mas engraçado que, quando o que subiu foi o preço da gasolina, nenhum dos motoristas se incomodou não é?! Cada um luta pelos seus direitos e os egoístas olham apenas para o seu próprio umbigo, ao inves de olharem para a bagunça que o país inteiro está se tornando. Mas a bagunça não é o protesto não, e sim, a quantidade de roubos muito maiores que acontecem diariamente nas nossas contas e que ninguem faz nada!

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil

Cantor Filipe Ret é investigado por tráfico de drogas após ‘open maconha’ em festa de aniversário

Foto: Reprodução/Redes Sociais

A Polícia Civil do Rio instaurou um inquérito para investigar o cantor e rapper, Filipe Cavaleiro de Macedo da Silva Faria, mais conhecido como Filipe Ret, pelo crime de tráfico de drogas, após ele oferecer um “open beck” ou “open maconha” em sua festa de aniversário, no último dia 23.

Em imagens postadas nas redes sociais pelo próprio artista, ele segura um balde azul com o que parece ser cigarros da droga dentro.

Convidados que estiveram no evento, como o surfista Pedro Scooby e o ex-jogador Ronaldo Fenômeno, devem ser intimados a depor na sede da especializada, na Cidade da Polícia, Zona Norte do Rio. A festa contou ainda com a presença de ex-BBBs Jade Picon, cantores, atores e atletas.

O Globo

SAIBA MAIS: Festa do rapper Filipe Ret tem “open maconha” e viraliza nas redes

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

VÍDEO: Policial freia camburão bruscamente, preso bate a cabeça e fica paraplégico

Um homem preso ficou paraplégico depois de bater com a cabeça logo após uma freada do camburão em que o transportava.

O policial que conduzia o veículo precisou frear bruscamente e o detento, que estava algemado e não usava cinto de segurança, foi arremessado. Câmeras de segurança de dentro do camburão flagraram o momento do acidente.

R7

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social

TikTok remove 20 milhões de contas no 1º trimestre por suspeita de serem de menores de 13 anos

Foto: REUTERS

O TikTok removeu 20,2 milhões de contas no 1º trimestre por suspeita de serem de menores de 13 anos, o que vai contra as regras da rede social. O número é o maior desde que o relatório de aplicação das diretrizes da comunidade passou a ser divulgado, em 2020.

A “segurança de menores” continua sendo a principal razão para a derrubada de vídeos, segundo a empresa. Fazem parte desta categoria, conteúdos que explorem nudez e atividade sexual envolvendo menores — que são o principal montante entre os vídeos deletados dentro dela —, “atividades prejudiciais”, danos físicos e psicológicos, exploração sexual e comportamento de aliciamento.

“A nossa subpolítica de ‘nudez e atividade sexual envolvendo menores’ proíbe uma ampla gama de conteúdos, inclusive ‘menores com roupas mínimas’ e ‘dança sexualmente explícita'”, diz o TikTok. “Estas duas categorias representam a maioria dos conteúdos removidos com base nessa subpolítica. Materiais de abuso sexual infantil (CSAM, na sigla em inglês) são contabilizados separadamente.

g1

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Bolsonaro critica governadores que acionaram o STF contra redução do ICMS da gasolina: “Acham que está barata?”

Foto: Reprodução

Na tradicional live de quinta, o presidente Jair Bolsonaro (PL) condenou a ação dos governadores que foram à Justiça para barrar a diminuição do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

Segundo o mandatário, muitos políticos estão ajudando, mas todos os nove chefes do Executivo estadual da região Nordeste – Pernambuco, Maranhão, Paraíba, Piauí, Bahia, Sergipe, Rio Grande do Norte, Alagoas e Ceará – se opuseram à medida e estão “unidos contra o trabalhador”.

“Esse pessoal [os governadores] que diz que está ajudando o pobre, é mentira. Ele quer mais é que o pobre se exploda”, declarou.

Bolsonaro também ressaltou que os partidos políticos que comandam os Estados da região são de esquerda, como o Partido dos Trabalhadores, Partido Comunista do Brasil e o Partido Socialista Brasileiro. “Estão achando que a gasolina está barata?”, questionou o comandante do Planalto.

Com a palavra, os governadores.

Jovem Pan

Opinião dos leitores

  1. Veio bom, justo e pelo povo é Bolsonaro. Esses governadores só querem saber de enricar os empresários e não estão nem aí para o povo.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Segurança

VÍDEO: Policial penal grava vídeo indignada com a morte de mais um policial civil no RN

Após o assassinato de um policial civil na noite desta quinta-feira (30), quando cinco indivíduos invadiram a casa de Cláudio Ferreira da Silva, amarraram sua família e lhe executaram aproximadamente 500 metros de sua residência, a policial penal Vilma Batista compartilhou um vídeo impactante.

No registro, ela solicita ao Governo do Estado e vários outros nomes competentes que reforcem todos os órgãos da polícia e reúnam, assim realizando uma varredura no Rio Grande do Norte contra esses criminosos.

“Se a gente não der a devida resposta, amanhã pode ser eu, você, qualquer um. Não podemos deixar que o crime tome conta do Estado e invada as nossas casas”, afirmou Vilma.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

MG: Zema baixa ICMS de gasolina, energia, telefonia e internet

Foto: Alex Silva/Estadão

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), anunciou nas redes sociais desta sexta-feira (1º) que assina o Decreto que reduz o ICMS da gasolina, energia elétrica, serviços de telefonia e internet no Estado.

“O imposto da gasolina era 31%, energia elétrica 30% e comunicação 27%. Todos passarão para 18% em nosso Estado a partir de hoje”, afirmou o governador.

Opinião dos leitores

  1. E aqui a jumentada segue de orelha murcha, com os coices que a lider da tropa contnua dando no povo.
    E dá-lhe coice !!!

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Terezinha destaca luta do prefeito Paulinho pela Estrada da Produção em São Gonçalo

Foto: Reprodução

“Assim que ele foi eleito, antes de tomar posse, contratou uma equipe para fazer o projeto. Ele acreditou. Ele sonhou junto com a população da zona rural”. A fala é da ex-primeira-dama de São Gonçalo do Amarante/RN, Terezinha Maia, ao destacar a luta e empenho do saudoso prefeito Paulinho Emídio para construir a Estrada da Produção que liga a comunidade Poço de Pedra, zona rural, ao Centro da cidade.

A obra, que já estava finalizada, foi inaugurada, oficialmente, nesta quarta-feira (29), pela governadora Fátima Bezerra e prefeito Eraldo Paiva em evento no IFRN campus São Gonçalo. “Infelizmente ele não está aqui hoje conosco. Mas ele foi feliz por ter visto a estrada concluída”, disse a viúva, concluindo: “Fica a marca de um grande guerreiro, que muito nos orgulhou como gestor, como pai de família e como companheiro”.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Clima

Marinha emite alerta de ventos de até 61 km/h no litoral do RN

Foto: Natinho Rodrigues/SVM

A Marinha do Brasil emitiu um alerta de ventos fortes no litoral do Rio Grande do Norte.

De acordo com o alerta, ventos de direção Sudeste a Leste, com intensidade de até 61km/h (33 nós), atingem a faixa litorânea entre os estados da Bahia e do Rio Grande do Norte, do sul de Salvador (BA) ao sul de Touros (RN). O alerta é válido entre a manhã do dia 01 e a noite do dia 03 de julho.

“Alerta-se aos navegantes que consultem essas informações antes de se fazerem ao mar e solicita-se ampla divulgação às comunidades de pesca e esporte e recreio”, diz o comunicado.

A Marinha do Brasil mantém todos os avisos de mau tempo em vigor no site.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

No RN, campanhas ao governo terão limite de R$ 7,1 milhões

Foto: Divulgação

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) fixou os limites de gastos de campanha por cargo eletivo em disputa nas Eleições 2022, os mesmos valores adotados nas as Eleições 2018, atualizados pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), aferido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) ou por índice que o substituir.

A atualização do IPCA terá como termo inicial o mês de outubro de 2018 e como termo final o mês de junho de 2022 e será calculada pela Secretaria de Modernização, Gestão Estratégica e Socioambiental (SMG) do TSE e, por esse critério, o limite de gastos previsto para candidatos a governador do Rio Grande do Norte deverá ser de R$ 7.119.183 no primeiro turno e acrescido de R$ 3.559.592 no segundo turno. Em 2018, o limite foi de R$ 5,6 milhões e R$ 2,8 milhões nos primeiro e segundo turnos.

Para os outros cargos em disputa no Rio Grande do Norte, a previsão é de que para senador da República, cada candidato ao cargo deverá gastar o limite de R$ 3,81 milhões, enquanto para deputado federal o gasto de campanha será de até R$ 3,175 milhões e para deputado estadual cerca de R$ 1,27 milhão. Há quatro anos, os limites de gastos eram de R$ 3 milhões (senador), R$ 2,5 milhões (deputado federal) e R$ 1,0 milhão (deputado estadual).

Tribuna do Norte

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

PT não vai chegar tão cedo ao poder, diz Bolsonaro

Foto: Sérgio Lima/Poder360

O presidente Jair Bolsonaro (PL) disse nesta quinta-feira (30.jun.2022) que o PT “não vai chegar tão cedo ao poder”. A declaração do presidente foi dada durante live semanal em seu canal no YouTube.

Na transmissão, Bolsonaro cita a reportagem do Poder360, “Donos de plano de saúde doam R$ 750 mil ao PT neste ano”, para criticar o partido.

Segundo o presidente, os integrantes da CPI da Covid não quiseram apurar assuntos relacionados a corrupção e que, por isso, “não foram para cima dos planos de saúde”.

Bolsonaro acusou os senadores Renan Calheiros (MDB-AL), Randolfe Rodrigues (Rede-AP) e Omar Aziz (PSD-AM) de terem poupado as empresas de plano de saúde durante a comissão.

“Como os planos de saúde não foram molestados na CPI, eles contribuíram com R$ 750 mil ao PT. O PT nem chegou ao poder e já está fazendo as suas maracutaias por aí. E não vai chegar tão cedo ao poder com toda a certeza”, declarou o chefe do Executivo.

Poder360

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *