Bolsonaro sugere fim dos cursos nas autoescolas: “eu acho que nem deveria ter exame de nada. Você faz uma parte escrita e vai para a prática”

FOTO: FÁTIMA MEIRA/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

O presidente da República, Jair Bolsonaro, defendeu nesta quinta-feira (25) o fim dos cursos de formação para novos motoristas. “Eu acho que nem deveria ter exame de nada. Você faz uma parte escrita e vai para a prática, nem precisa cursar em autoescola”, sugeriu em sua live semanal, transmitida pela internet.

Bolsonaro afirmou que aprendeu a guiar quando ainda era criança, sem curso algum. “Com 10 anos de idade eu estava dirigindo trator na fazenda em Eldorado Paulista (SP).” O presidente admitiu, no entanto, que essa é apenas uma ideia, que ficará para “um segundo momento” em sua intenção de reduzir o custo da carteira de motorista.

Na prática, ele já pediu, via projeto de lei que será analisado pela Câmara dos Deputados e pelo Senado Federal, o fim dos simuladores. Segundo o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, as máquinas de simulação das autoescolas, que passam a ser opcionais aos aspirantes a motoristas, elevam o preço do documento em 15% (cerca de R$ 300).

Também quer a ampliação da validade da CNH (carteira nacional de habilitação) de 5 para 10 anos para adultos, e de 2,5 anos para 5 anos para os idosos. Além do aumento do limite de pontos para cassação da carteira, que dobrará de 20 para 40 pontos.

Outro objetivo do governo é tirar a multa para pais que não utilizam a cadeirinha para crianças em seus carros. “Criaram uma polêmica com isso dizendo que eu tinha afrouxado a lei, mas na verdade eu inclui a punição de três pontos na carteira, que não existia”, afirmou durante a live.

Bolsonaro aproveitou o vídeo ao vivo para pedir uma ajuda do Congresso Nacional ao citar outra flexibilização, a de acabar com a obrigatoriedade de exames médicos em clínicas conveniadas com os Detrans. “No projeto nosso você pode ter esse atestado com teu irmão, com teu pai, com o vizinho, com qualquer médico”, explicou. “Espero que a Câmara não mexa nisso. Pelo contrário, aprove e até inclua mais coisas. Afinal 513 pessoas mais 81 no Senado têm cabeças para sugerir mais medidas para que fique mais barato isso aí”, declarou.

R7

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Beto Araújo disse:

    Bolssonaro, vc é uma comédia!

  2. Observador disse:

    Não pode ouvir falar em escola, já se revolta!

  3. Bruno de Paula disse:

    Nos estados unidos você baixa as apostilas para estudar, vai la e paga 80 a 100 dólares, faz a prova num computador, se passar vai pro exame prático. Auto escola para quem já sabe é pura burocracia, torna a conquista da cnh muito mais cara e convenhamos que isso é motivo para muita gente não tirar habilitação. Deixem se ser fechados na casca do ovo, auto escola só para quem não sabe, quem sabe que faça logo as provas e vá dirigir em paz.

  4. CABECINHA CARVALHO disse:

    Simplesmente irresponsável, inconsequente e desrespeitoso com o cargo que ocupa ….

  5. CABECINHA CARVALHO disse:

    Aprendi dirigir não tinha auto escola, fiz a prova escrita no Detran em Natal e o teste de volante para carteira "C" em 1982, a mais alta categoria na época, fiz o exame de volante em um camião Chevrolet antigo queixo duro do Detran, recebi no mesmo dia, e teve validade de 21 anos, na época tinha 18 anos, só venceu em em 2003.

  6. Antonio Turci disse:

    Facílimo entender a opinião do Presidente Bolsonaro. Entretanto, dentre outras "qualidades" menores, o "burrismo afeta muita gente que é sistematicamente contra o Mito.

  7. Lampejao disse:

    O povo distorce tudo,Parabéns Sergio pelo comentário!!!

  8. Bento disse:

    Auto Escola não acabará nunca.
    Cada um tem direito a sua opinião, até o Presidente, a gente só respeita, más não compra a ideia .
    Essa fala as vezes contra é muito bom para as auto escolas, agora vão estar em alta, bons para os negócios.

  9. Sérgio Nogueira disse:

    Impressiona a capacidade de interpretação desse povo.
    O Presidente não vai acabar com auto-escola. Quem não tiver carro e quiser aprender a dirigir em uma, vai lá, se matricula, faz as aulas e pronto.
    Quem não quiser, quem tiver carro na família, não vai. É difícil entender as coisas?
    As armas do mesmo jeito. Quem achar interessante ter uma, compra. Quem achar perigoso não compra.
    A cadeirinha idem. Quem prezar pela segurança do filho, mantém o hábito. Quem não prezar, não coloca.
    Os ruminantes estão tão acostumados a serem guiados pelo vaqueiro-Mor que não pensam, não conseguem entender as coisas.
    O que está claríssimo é que agora haverá liberdade para as coisas. Uns farão, outro não e pronto. Vida que segue.

  10. Rômulo© disse:

    Conheço dono de auto escola que fez campanha aberta para o Bozo! Acho que se esse presidente energúmeno fizer isso, vai quebrar o negócio de seu apoiador!

COMENTE AQUI