Morre ambulante Barruada, famoso por pedir fim de doações após ganhar ‘o suficiente’

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Morreu na madrugada desta terça-feira no Recife, Pernambuco, o vendedor ambulante João Antônio, de 73 anos, conhecido como Barruada. No ano passado, ele chamou atenção por pedir o fim de uma campanha de doações organizada para ajudá-lo em meio à crise causada pela pandemia de Covid-19. Na época, em vídeo, ele disse que o valor arrecadado já era suficiente “para vencer a batalha” e pediu que a “parassem um pouco” com as doações.

Barruada trabalhou durante mais de 20 anos vendendo cachorro-quente na porta do colégio Salesiano, no Centro da capital pernambucana. Segundo a “Rádio Jornal”, ele sofreu uma parada respiratória. O sepultamento será realizado nesta manhã no cemitério Santo Amaro. Ele deixa três filhos e cinco netos.

“Meu pai era um exemplo de honestidade. Sempre foi muito sincero e guerreiro”, disse Camila Maria da Silva, de 26 anos, uma das filhas do vendedor.

Extra – O Globo

MUDANÇAS NOS POSTS: Parceiros costumam dar “pistas” nas redes de que querem terminar a relação, de acordo com pesquisa

Francesco Carta/Getty Images

Lá naquela outra era, antes da internet, os relacionamentos amorosos inegavelmente duravam mais. Seja por preconceitos enraizados na sociedade, seja por puro comodismo, os casais passavam anos juntos, mesmo se isso representasse uma tormenta. Houve, obviamente, quem conhecesse a felicidade por longos períodos, mas também não foram poucos os que sofreram em silêncio, suportando o desgaste de cada dia, e no fim se arre­pen­de­ram por uma vida que, afinal, não foi desfrutada como deveria. Poucas vezes relações doentias foram tão bem retratadas quanto no filme Cenas de um Casamento, de 1973, do diretor sueco Ingmar Bergman, que expôs, com a crueza dos grandes artistas, o sofrimento por trás de um convívio infeliz. Agora, os tempos são outros, e irresistivelmente diferentes. O sociólogo polonês Zygmunt Bauman até criou uma expressão, “amor líquido” (nome de um livro seu que se tornou sucesso de público e crítica), para definir a cada vez mais comum instabilidade das uniões afetivas. Nesta nova modernidade, tudo muda rapidamente, e o impulso de substituir o parceiro por outro, e depois outro, e mais um — e assim por diante —, é o que parece mover boa parte da sociedade. Com as redes sociais, a tal característica “líquida” foi exacerbada. As mídias digitais servem para encontrar o futuro amor, mas também para desfazer laços, refazê-los, e desatá-los de novo, num processo sufocante que parece não ter fim.

Foto: Arte/Veja

Se as redes sociais são os motores dos relacionamentos da nova era, elas também podem oferecer, mesmo que involuntariamente, as pistas que indicam se uma relação será duradora ou, quem sabe, apenas nuvem passageira. Uma saborosa e inédita pesquisa realizada pela Universidade do Texas, em Austin, nos EUA, mostrou que os seres humanos são muito mais previsíveis do que podem imaginar, até quando o que está em jogo são os desígnios do coração. Ao lado da lista dos algoritmos que preveem o que as pessoas gostariam de comprar e das inteligências artificiais que antecipam as jogadas do oponente no xadrez, surge agora uma tecnologia capaz de profetizar o fim de um relacionamento meses antes de o desenlace ocorrer — e tudo isso a partir da análise de posts nas redes sociais.

O estudo foi publicado no dia 1º de fevereiro no renomado periódico científico Proceedings of the National Academy of Sciences. Os pesquisadores coletaram 1 milhão de posts realizados por 6 800 usuários que publicaram sobre o fim de seus relacionamentos na rede social Reddit e os colocaram em um software capaz de analisar os padrões de linguagem usados até dois anos antes da separação definitiva. Para satisfação dos cientistas, que já suspeitavam que as pessoas dão pistas de seus desencontros, elas começaram a mudar o teor das postagens, em média, até três meses antes de terminar o namoro. A palavra “eu” passou a ser mais usada, o que indica uma maior preocupação com assuntos particulares do que com aqueles que diziam respeito à vida do casal. Ou seja: quem deseja terminar uma relação inevitavelmente passa a pensar mais em si em detrimento do outro — e essa regra é válida quase sempre para cada ex-apaixonado, seja ele usuário do Reddit, Instagram ou Facebook. Cresceu também a quantidade de posts com termos como “acho” e “deveria”. De acordo com os pesquisadores, eles costumam ser usados quando alguém está tentando superar um problema.

A escritora mineira enfrentou três fins de relacionamento pelas redes sociais. O que poderia ser uma experiência traumática — por um período, de fato, foi — tornou-se o combustível para que escrevesse um livro sobre o assunto. “As mídias digitais oferecem muitas possibilidades para quem deseja encontrar um novo amor”, afirma

É curioso perceber que, quando a ideia de pôr um ponto-final em um namoro começa a ser gestada, a maioria das pessoas atua da mesma maneira. A pesquisa detectou uma queda abrupta do número de posts com teor analítico, ou daqueles com linguagem formal e complexa. Por outro lado, cresceu a frequência das publicações despojadas e recheadas de narrativas pessoais. A justificativa, segundo os pesquisadores, é simples: quando a pessoa passa por um momento delicado, ela costuma dar preferência a relatos íntimos, que refletem sua introspecção.

A psicóloga Sarah Seraj, pesquisadora da Universidade do Texas e principal autora do estudo, explica os mecanismos por trás do comportamento humano. “A linguagem de uma pessoa apresenta mudanças sutis de acordo com o seu estado psicológico”, disse a VEJA. “Embora não notemos essas alterações em conversas cotidianas, o que apenas um computador é capaz de fazer, elas estão presentes e podem refletir o fato de que o indivíduo está passando por momentos conturbados.” Seraj ressalta que o estudo também reafirmou o poder das redes sociais em influir nos relacionamentos interpessoais. Nesses sites, as pessoas escrevem sobre sua vida cotidiana e não apenas deixam rastros de seu estado emocional como são igualmente influenciadas por posts de outras pessoas.

De fato, a popularização das redes sociais, no começo da década passada, levou a uma superexposição inédita na história da humanidade. Levantamentos recentes mostram que 4 bilhões de pessoas usam regularmente Facebook, Twitter, TikTok, Instagram e afins — é mais da metade de todos os habitantes do planeta. Nada mais natural, portanto, que as plataformas tenham papel ativo na vida amorosa. Um estudo realizado recentemente pelo Pew Research Center investigou a influência das redes sociais em relacionamentos românticos. Os cientistas notaram que, entre os jovens que participaram da pesquisa, 60% disseram acreditar que as redes sociais os ajudam a permanecer mais conectados à vida do parceiro. Em outras palavras: eles precisam das mídias digitais para, de alguma maneira, provar seu amor.

Ao mesmo tempo que pode ser considerada o caminho mais curto para novos enlaces — basta dar uma espiada no sucesso do Tinder para comprovar isso —, a internet traz aspectos bastante negativos. Espionar as publicações e curtidas da namorada ou namorado não é apenas condenável como pode resultar em fixação perigosa. O stalking, termo em inglês para designar perseguição nas redes sociais, é relativamente comum entre casais recém-separados. Outro bom exemplo de novos desafios trazido pela era digital é o oversharing, ou “excesso de compartilhamento”, que consiste na postagem em demasia de palavras ou fotos que deveriam ser íntimas ou menos frequentemente publicadas. Dele resulta a superexposição, que pode ser danosa não só para uma pessoa mas para o próprio casal.

O casal paulista é a prova de que a internet pode também ser um instrumento positivo, afeita a desabrochar relacionamentos duradouros. Eles se conheceram no Tinder há cinco anos e estão juntos até hoje. “Somos um ponto fora da curva entre as pessoas que marcaram encontros pelo aplicativo”, diz Ornella

As redes sociais são mesmo usadas para tudo. Até para terminar uma relação sem confrontar o outro diretamente, o que pode ser considerado um tremendo desrespeito. Laura Conrado, escritora mineira de 36 anos, passou por três términos on-line. “Depois do primeiro, comecei a ver as redes sociais como fonte absoluta de frieza nos relacionamentos”, diz. “Com o tempo, isso passou, e percebi que elas também podem oferecer oportunidades para muita coisa boa nos namoros.” Segundo Laura, o acesso às redes sociais oferece apoio que pode ser crucial para um casal que passa por fases difíceis. Além disso, diz ela, as mídias proporcionam um meio de contato contínuo utilíssimo em romances a distância. O psicólogo Fred Mattos, autor do livro Relacionamentos para Leigos, amplia o raciocínio. “Para casais que têm uma relação feliz, as redes sociais potencializam o namoro como um estimulante”, afirma Mattos. “Para os inseguros e controladores, as mídias tornam-se uma bomba conspiratória recheada de tensão, fantasias de rejeição e abandono.”

Seja como for, a realidade é que as mídias sociais são ao mesmo tempo combustível para romances mas também inspiração para desfazê-los. Há muita gente disponível na rede, como existem também pessoas prontas para trocar o parceiro de hoje por uma experiência diferente amanhã. Nesses casos, é bom prestar atenção. Na próxima vez que o amor de sua vida falar em excesso de si próprio numa postagem, talvez seja o sinal de que ele não está mais tão a fim de você.

Veja

Crise chega a Portugal que prevê o fim de oxigênio e leitos para Covid

(Foto: Getty Images)

Depois que o Brasil se tornou notícia no mundo inteiro por conta da crise da falta de oxigênio no Amazonas, agora Portugal já começou a emitir sinais de alerta que o gás também está perto do fim por lá. O Sindicato dos Médicos da Zona Sul (SMZS) denunciou nesta terça-feira (19) que existem vários hospitais da região de Lisboa e Vale do Tejo que estão atualmente em situação crítica, sendo incapazes de assegurar a qualidade do atendimento dos doentes de Covid.

“A falta de meios humanos, de camas e até de oxigênio tem levado ao acúmulo dos doentes em macas, deixas na porta dos hospitais e nas ambulâncias. Temos conhecimento de que vários hospitais não conseguem fornecer oxigênio com a adequada pressão aos doentes, problema que tende a agravar-se nos próximos dias. Devido à falta de meios, em várias unidades, os critérios para atendimento e internamento tornaram-se mais restritivos, deixando de fora muitos doentes com dificuldade respiratória e com estados clínicos potencialmente em agravamento”, afirmou a nota oficial enviada à imprensa.

O país europeu tem vivido seu pior momento desde o início da pandemia, em fevereiro do ano passado, e os casos de infecção têm sido cada vez maiores a cada dia. De acordo com o site TVi24, há faltam de insumos e profissionais da saúde em alguns hospitais do país e os que já estão na linha de frente estão sobrecarregados de trabalho.

“A falta de camas para suprir ao grande número de urgências tem tido como resultado o acúmulo de doentes em macas, e até em cadeirões, em condições pouco dignas e que dificultam o trabalho dos profissionais de saúde, e que não garantem o distanciamento necessário para evitar mais contágios”, explicou o sindicato.

No dia 13 de janeiro, o governo de Portugal decretou o segundo lockdown para conter o aumento do número de casos do coronavírus no país. O comércio e os serviços não essenciais estão fechados e devem continuar assim até o fim de janeiro, quando a norma deve passar por uma reavaliação. A ordem é que todos voltem a trabalhar em sistema home office, tal como aconteceu em março e abril do ano passado.

O país lusitano tem batido recordes do número de casos diariamente e, ao todo, o país já registrou mais de 556 mil casos desde o início da pandemia e 9.028 mortos.

Marie Claire – Globo

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Georgino Queiroz disse:

    STF deu 48 horas para Bolsonaro explicar essa situação.

  2. ZéGado disse:

    A boiada anda tão sem argumentos, que já estão misturando o Min. Lewandowski com a falta de oxigênio em Portugal.

  3. Lourenço disse:

    Lewandowski resolve com certeza, basta um dos puxadinhos do PT entrar com uma ação no STF, que o glorioso ministro trapalhão recorre a corte internacional, ele é poliglota.

  4. Brasil disse:

    Os RATOS PTRALHAS irão dizer que a culpa é de Bolsonaro

  5. Tico de Adauto disse:

    Maduro resolve.

PGR inicia transição para fim das forças-tarefas da Lava Jato sob argumento de precariedade do modelo

Foto: Reprodução

Sete anos após o início da Lava Jato, o modelo de forças-tarefas deve deixar de ser utilizado nas investigações da operação ainda em 2021, sob entendimento da PGR (Procuradoria-Geral da República) de que ele é instável, frágil institucionalmente e pode produz suspeitas sobre os investigadores.

A ideia é que a partir deste ano as decisões sobre as equipes que tocarão as investigações oriundas da operação fiquem mais descentralizadas, geridas nos próprios estados, e menos dependentes da chefia do Ministério Público Federal em Brasília.

Na prática, a extinção dessas forças-tarefas também pode diminuir a eficiência das apurações ligadas à Lava Jato e a abertura de novos flancos nas investigações, cujo ritmo já vem reduzindo no último ano.

Procuradores que integram os grupos têm dito que o modelo das forças-tarefas e a dedicação exclusiva foram essenciais para desvendar esquemas complexos de crimes de colarinho branco e para a recuperação em escala inédita de dinheiro desviado dos cofres públicos.

No entanto, a PGR tem avaliado que a manutenção dessas equipes de procuradores por um longo tempo pode ser institucionalmente prejudicial ao Ministério Público Federal e tenta restabelecer uma organização similar ao período pré-2014.

Primeiro, porque considera que o formato tem precariedades. A forças-tarefas têm tempo e estruturas pré-determinadas e acabam dependendo do procurador-geral para serem adiadas ou expandidas.

Por isso, há a avaliação de que elas poderiam atuar de maneira artificial, incorporando investigações diversas, para estender o seu período de atuação. A intenção é evitar que conjuntos de procuradores com o objetivo de atuar em apurações específicas acabem quase virando setores próprios dentro do MPF.

Além disso, parte dos integrantes que compõem as forças-tarefas são procuradores lotados originalmente em municípios de pequeno ou médio porte, que se voluntariam e podem acabar desfalcando seus locais de trabalho. Os sucessivos adiamentos de investigações pode atrasar o retorno desses procuradores.

Outro argumento é que procuradores insatisfeitos podem renunciar às suas funções nas forças-tarefas sem ter concluído seus trabalhos, o que criaria mais instabilidade ao modelo.

A PGR tem avaliado ainda que os constantes esforços para manter as forças-tarefas atuando pode implicar em desconfiança dos acusados sobre o trabalho do Ministério Público Federal —por exemplo, se estão sendo acionados porque os procuradores têm convicção das acusações ou só querem justificar a manutenção das forças-tarefas.

Essas insatisfações têm aparecido tanto em despachos como em declarações públicas do procurador-geral da República, Augusto Aras, como do vice-procurador-geral, Humberto Jacques de Medeiros.

Paulatinamente, as investigações sobre crimes de colarinho branco que estão sob a responsabilidade das forças-tarefas serão absorvidas por Gaecos (grupos de atuação de combate ao crime organizado), estruturas de investigação permanentes.

Normalmente, os procuradores que atuam nesses Gaecos não têm exclusividade nas investigações, embora isso possa acontecer em casos excepcionais. A decisão para isso, porém, fica mais ligada ao comando do MPF nos estados do que à PGR.

As forças-tarefas, por outro lado, têm afirmado repetidamente que conseguiram produzir resultados inéditos no Ministério Público Federal e que suas investigações podem acabar nas mãos de procuradores que só querem “sanear o estoque” —ou seja, se livrar das investigações mais complexas sem fazer análise profunda delas.

O modelo atual começou a ser esvaziado após Aras se tornar procurador-geral da República, em 2019, indicado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Bolsonaro rompeu uma tradição que vem desde 2003, de escolha de um PGR que conste na lista tríplice votada pela ANPR (Associação Nacional dos Procuradores da República), da qual Aras não fazia parte.

Em 2020, as forças-tarefas da Lava Jato e também da Greenfield, que atua em Brasília e investiga desvios bilionários em fundos de pensão, começaram a serem esvaziadas.

Em São Paulo, uma mudança interna levou à implosão da Lava Jato no estado, que investigava principalmente suspeitas de irregularidades em governos do PSDB no estado.

A saída do grupo aconteceu por insatisfações com uma colega, a procuradora Viviane Martinez. Apesar de ser oficialmente a titular do setor que cuida dos casos da Lava Jato (chamado de 5º Ofício), ela não fazia parte da força-tarefa e não trabalhava nas investigações relacionadas à operação.

No entanto, os procuradores disseram que ela vinha interferindo nos trabalhos.

Os procuradores esperavam apoio da PGR para que pudesse haver a troca de Viviane por outro procurador, mais alinhado às investigações, o que não ocorreu. Eles pediram desligamento da força-tarefa e não foi formado um novo grupo para analisar os casos que ficaram pendentes.

Em Curitiba, a força-tarefa original da Lava Jato teve os seus trabalhos estendidos até outubro de 2021, mas foi retirada a exclusividade da maioria dos procuradores que atuam no caso.

Apenas 3 dos 13 continuam se dedicando integralmente à operação e os demais acumularão funções. Na avaliação de procuradores, isso é prejudicial às apurações em curso. A Lava Jato do Paraná investiga casos relacionados à Petrobras e foi responsável pelas acusações que levaram o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à prisão.

No Rio, principal desdobramento da Lava Jato, que entre outras investigações desmontou uma rede de doleiros que atuava no país, a força-tarefa foi prorrogada até 31 de janeiro.

Já em relação à Greenfield, a coordenação da força-tarefa passou a ser do procurador Celso Três, após Anselmo Lopes se afastar do cargo, justificando que havia falta de apoio de Aras.

Ao assumir, Três enviou uma proposta à PGR que na prática encerraria as investigações em andamento e concentraria os casos na Polícia Federal, segundo o jornal O Globo. Na proposta, ele disse que não estava lá “para trabalhar muito” —depois justificou que era uma ironia.

Folha de São Paulo

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Marcus disse:

    Uma pena acabar com A lava jato , pois foi muito importante para nosso país. Dia triste.

  2. Maria Bernardes disse:

    Hummm!
    CHEIRO DE PIZZA NO ARRRR…..

  3. Fthiago disse:

    Quem foi que disse que vai acabar??
    Leiam direito a matéria.
    Oxa lá se Lula não voltar pra cadeia com esse novo modelo.
    Esperem!
    Vcs vão vê.

  4. Tonho da Lua disse:

    Não precisa de Lava Jato mais não. Acabou a corrupção no Brasil. Com o Centrão no comando a vida vai melhorar. Só tem homem honesto no centrão.

  5. Oswaldo disse:

    Viva ao mito! Agora só falta Lula sair nos braços da galera como o homem mais injustiçado da nossa história!
    Eita país escroto!

    • OBAMA!! LULA É LADRÃO disse:

      Homi já foi recuperado milhões de dólares pela lava jato, e tu ainda tá com essa conversinha de injustiçado.
      Escutar!!!!
      Lula roubou e deixou roubar o país.
      Ponto final.
      Até OBAMA deixou escrito tá?

  6. Mgil disse:

    Finalmente estamos vendo a esquerda falar sobre corrupção. Que coisa boa. Quero ver todos dizendo #corruptos na cadeia ou então #lugar de corrupto é na cadeia. Vamos lá pessoal.

    • Flávio Costa disse:

      E a prisão em segunda instância? Quem de direita ou esquerda ou centro, é a favor?

  7. Lourenço disse:

    Tamanho disparate é um tiro certeiro na sociedade brasileira, os corruptos vão ficar euforicos, voltamos a estaca zero contra a corrupção que nos sufoca e mata, as tungadas e desvios constantes, propiciam mais desigualdade e miséria. O Brasil foi e é o paraíso dos ladrões.

  8. Anti-Politico de Estimação disse:

    Tá tudo dominado…..

  9. Bolsonaro genocida disse:

    Kkkkkkkkk
    Nao me digam que o Aras, aquele colocado pelo genocida que nao listava nem na lista tríplice, está acabando com a Lava Jato?
    Booooorrraaaaa mmmmuuuggggirrr gado: mmmmuuuuuuuuuuuummmm!!!!

  10. Antenado disse:

    Quero lembrar aos idiotas úteis que somente tem direito de fazer qualquer reclamação contra o Mito são os eleitores dele. Além disso, a decisão é da instituição MPF não cabendo ao Presidente interferir. Por fim, parem de chorar que ninguém aguenta mais esse chororô.

  11. João Soares disse:

    Os bandidos não se cansam, a corrupção não para, bem diferente da justiça , do MP e da PGR que entregaram os pontos. Era só o que a bandidagem queria, agora é festa que não acaba mais, todos os bandidos vão voltar ao seu serviço, o seu tipo claro, roubar. E nós mais uma vez, sociedade, vamos pagar a conta. A PTralhada hoje comemoram até cair.

    • Anti-Politico de Estimação disse:

      Oxi, e o petê ainda está no poder ????????????

    • João Soares disse:

      Ante político tu é burro é? Poder é ter o STF nao mãos, metade dos senadores e deputados e alem de vários governadores com toda sua s estruturas, tu acha pouco é? Se liga, os corruptos estão em toda parte e não é facil acabar com eles não, e era só o wue eles queriam, acabar lava jato, diminuir poder do MP, PGR, PF….

  12. Bruno disse:

    Lógico só serviu pra tirar o PT do poder e deixar as coisas como sempre foram, cadê os palhaços 🤡 que era contra corrupção….

  13. gusthenrique disse:

    Parabéns, |Bolsonaro. Nem o PT conseguiu ser tão bom para os corruptos!

    • Manoel disse:

      Perfeito! Bolsonaro é bom mesmo (pros corruptos)! O cabra é bom em acabar com forças tarefas e enfraquecer as instituições! Pense !!! Se ele foi reeleito então, vai acabar com mais o que?

    • Kleber Eustáquio de Oliveira disse:

      Graças ao estelionatário que chegou à presidência prometendo combater a corrupção e depois desmontou a estrutura existente para salvar o filho se juntando aos maiores corruptos da república, antes cúmplices do PT e agora seus principais aliados. #Fora Bozo

Ford anuncia fim da produção no Brasil e fechamento de três fábricas

Foto: (Amanda Perobelli/Reuters)

A montadora Ford anunciou nesta segunda-feira (11) que vai encerrar a produção de carros no Brasil neste ano, fechando as fábricas em Taubaté (SP), Camaçari (BA) e em Horizonte (CE), segundo comunicado aos investidores publicado em seu site internacional. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da empresa no Brasil.

Cerca de 5.000 funcionários devem ser afetados na América do Sul, estima a companhia. De acordo com o comunicado, “a pandemia de Covid-19 amplificou a persistente capacidade industrial ociosa e a queda nas vendas, que resultaram em anos de perdas significativas”.

A empresa norte-americana já havia anunciado, em 2019, o fim da produção na fábrica de São Bernardo do Campo (SP).

Segundo a companhia, os consumidores da América do Sul serão atendidos pela produção vinda da Argentina, Uruguai e outros mercados. A empresa informou que irá manter seu centro de desenvolvimento na Bahia, a prova de testes em Tatuí (SP) e a sede em São Paulo.

“Com mais de um século na América do Sul e no Brasil, sabemos que essas são ações difíceis, mas necessárias para criar um negócio saudável e sustentável”, disse Jim Farley, CEO e presidente da Ford.

CNN Brasil

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Frank disse:

    Os jagunços do PT desesperados tentam colocar a culpa no PR.
    Não vi aqui ninguém comentar que o mercado automobilístico está bombando mesmo com a pandemia.
    Isso a globo não mostra.
    Em quanto a ford sai, entra as outras.
    Mercado é mercado.
    A GM está trazendo de volta a SILVERADO de volta ao mercado brasileiro.
    Preocupação pra Toyota, a Hilux que se cuide.
    A Toro da Fiat, vai ganhar uma concorrente, está chegando a Torok da VW.
    O Jeep compass também vai ganhar concorrentes.
    Chupa petralhas distorcedor dos fatos.
    Quando eu era menino, isso lá atrás, meus pais me encinaram, que esse tipo de atitude, pessoas desse tipo tem nome.
    Se chama Mau Caráter.
    Chupa!!!!
    Mito 2022.

  2. Tico de Adauto disse:

    Resultado de um desgoverno.

  3. Papa Jerry Moon disse:

    Com Bozo o povo só se Ford.

  4. Estra Gado disse:

    A boiada vibra com tanta evolução. O véio é duro.

  5. Luciano disse:

    Fique em casa! A econimia a gente vê depois! O depois chegou antes do que pensavam…

  6. Luciana Morais Gama disse:

    A FORD tá deixando o Brasil por conta das LEIS TRABALHISTAS. A fábrica brasileira tem mais ações trabalhistas do que todas as outras 150 fábricas que a FORD tem pelo mundo a fora. Esse anúncio de saída da fábrica foi feito em fevereiro de 2019. De lá pra cá nada mudou.

    • Beto disse:

      Exatamente. E será a 1a de muitas. E pode colocar qualquer governo, seja de esquerda ou direita…

    • Manoel disse:

      Ué? Nao acabaram com quase todas as leis trabalhistas?
      Ela foi embora pois nao vende mais nada. O poder de compra do Brasileiro se acabou depois do golpe.

  7. Biró disse:

    A Ford vai parar em todo mundo. Só vai produzir caminhonetes.

  8. Pepe disse:

    Chama a Kia.Tem carros melhores.
    A Ford parou no tempo.

  9. Naldinho disse:

    É só fazer arminha que a Ford volta.

  10. George disse:

    É isso aê, a economia a gente vê depois

  11. Tonho da Lua disse:

    Esse Henry Ford é comunista

    • Neco disse:

      Comunistas são os manipulados por ele. Monopolista, ou aspirantes a, adoram um Estado regulando a vida das pessoas, para manter esse monopólio. Pesquisem sobre as pautas bancadas pela Fundação Ford.

  12. Greg disse:

    Comemora GADOOO seu presidente ta enterrando o Brasil…estamos perdendo pra fraca Argentina,

  13. Paulo disse:

    Quem compra carro d ford mesmo???

    • Aécio Carvalho disse:

      Comprei um Ford Fiesta 0 km (meu primeiro carro novo) e gostei muito. Depois de voltar para a VW, voltei a comprar um outro Fiesta em 2016 e percebi o quanto o carro não evoluiu nada e, menos de 2 anos depois, o vendi para comprar um modelo da Jeep. A sensação que tive é que nunca mais voltaria a ter um modelo da Ford, pois o único modelo que me interessava era o Focus, que também estava saindo de linha. Enfim, concordo com você: quem você conhece que estivesse interessado em comprar um modelo da Ford?

    • Piadista Engraçadinho😀 disse:

      Bom mesmo é Gurgel

    • Um brasileiro disse:

      Acredito que o que deve ser levado em conta não é quem compra um carro Ford ou se decepcionou com um Ford e sim as famílias que perderão os empregos. Vocês não gostarem de Ford não é justificativa para querer que famílias fiquem desempregadas.

    • Insti Gado disse:

      A Ford é comunista. Está conspirando contra nosso magnífico líder. Os carros da Ford são péssimos. Eu não compro. E os empregos, quem está preocupado com isso? Vamos fazer arminha e instalar mais umas fábricas de armas. Isso é que é o verdadeiro progresso.

  14. Neto disse:

    #Fica em casa. A economia a gente vê depois.

  15. Antonio Turci disse:

    Há "algo de podre no reino da Dinamarca"

  16. Manoel disse:

    Grittttaa mmmummmmm boiada.
    Tá dando tudo certo!!!

    • Brasil disse:

      Homi …se mude para o paraíso Venezuela ou Cuba, chora , PTralha vá aprender a trabalhar e pare de encher o saco VAGABUNDO

  17. Eduardo disse:

    Ué?! Mas a Argentina n era um desastre (nova Venezuela) e o Brasil estava bombando com o Mito?!

    • Chicó disse:

      É não !!! A Argentina está melhor que aqui.

    • Bozolóide disse:

      Ouvi até dizer por ai que a vacinação já começou por lá—
      Mas a gente faz arminha com a mão, lacra, e tamos reados….
      Mas tá bom.
      Ouvi dizer por ai que a merda aqui não vai dar pra todo mundo…
      Mas tá bom.

Às vésperas do Natal, ao menos 23 mil pacientes estão internados na rede pública em decorrência da Covid-19

Foto: SILVIO AVILA / AFP

Pelo menos 23 mil pessoas estão internadas em decorrência da Covid-19 no Brasil em leitos UTI ou enfermaria da rede pública, de acordo com levantamento do GLOBO feito em 25 estados e o Distrito Federal realizado entre segunda (14) e quarta-feira (16). E, às vésperas das festas de fim de ano, pelo menos sete unidades da federação — inclusive o Rio de Janeiro — apresentam taxa de ocupação acima de 80% de leitos de UTI da rede pública destinados à doença.

Do total de internados na rede pública por Covid-19, cerca de 11 mil pacientes estão em leitos de UTI. Márcio Bittencourt, especialista do Centro de Pesquisa Clínica e Epidemiológica do Hospital Universitário da USP, destaca que esse é um número impressionante.

— São muitas pessoas. E, se observarmos a quantidade total de leitos de UTI que o Brasil tem (22.541 na rede pública, segundo dados de outubro do Ministério da Saúde), mesmo se considerarmos os leitos extras que foram abertos no país, temos uma indicação de que estamos deixando de atender os cidadãos por outros motivos. As UTIs públicas, normalmente, costumam ter grande ocupação, com ou sem pandemia — afirma.

Bittencourt também ressalta que ter quase metade dos casos de Covid-19 em UTIs pode indicar outro problema: nem todas as pessoas que deveriam estão sendo internadas nas enfermarias.

— Em média, a quantidade de casos de Covid-19 que precisam ir para a UTI em relação aos que vão para a enfermaria é próxima de 25-30%. Se a proporção for muito diferente, ou as pessoas estão sendo mandadas de volta para casa quando não deveriam ou chegando em estado muito grave e sendo mandadas direto pra UTI — diz.

Com O Globo

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Manoel disse:

    Peçam a justiça eleitoral pra abrir leitos para os eleitores nos foruns de todo o Brasil.

Pazuello prevê vacina de Oxford registrada no fim de fevereiro

Foto: Jorge William / Agência O Globo

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, previu nesta terça-feira (8), em reunião com governadores, que a vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela Universidade de Oxford e pela farmacêutica AstraZeneca tenha o registro aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no fim de fevereiro.

O governo destinou R$ 1,99 bilhão para o Ministério da Saúde viabilizar a produção e/ou a aquisição de 100 milhões de doses da chamada vacina de Oxford.

Em reunião com governadores no Palácio do Planalto — parte deles participou por videoconferência e parte presencialmente —, Pazuello foi questionado sobre a etapa de desenvolvimento do imunizante. O Ministério da Saúde anunciou em junho a parceria para a pesquisa e produção nacional da vacina, em parceria com a universidade e a farmacêutica.

“Isso é AstraZeneca, em que fase está? Previsão de submeter à Anvisa (em dezembro). Previsão de registro? Previsão de início no final de fevereiro. Então, se Deus quiser, com tudo pronto, nós iniciaremos a vacinação da AstraZeneca”, disse.

De acordo com Pazuello, a vacina de Oxford está na etapa de conclusão da fase 3 dos testes. Em seguida, o processo deve ser submetido à Anvisa, que avaliará se pode conceder o registro. Segundo o ministro, esses documentos devem ser enviados à agência até o fim deste mês.

“Se isso acontecer, nós só vamos ter registro efetivo da AstraZeneca no final de fevereiro, mesmo que tenham chegado as 15 milhões de doses em janeiro. A Anvisa seguirá dentro dos seus critérios técnicos. Com certeza, ela vai fazer o mais rápido possível”, explicou Pazuello.

Segundo o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), que participou por videoconferência, a informação do Ministério da Saúde é de distribuição de 100 milhões de doses da AstraZeneca até junho; início da vacinação em 3 de março; e mais 160 milhões de doses no segundo semestre. De acordo com o governador, o ministério informou que também serão negociadas mais 112 milhões de doses de outros laboratórios.

Estiveram no Palácio do Planalto os governadores Wellington Dias (PT), do Piauí; Fátima Bezerra (PT), do Rio Grande do Norte; Paulo Câmara (PSB), de Pernambuco; Gladson Cameli (PP), do Acre; Helder Barbalho (MDB), do Pará; e Ronaldo Caiado (DEM), de Goiás. Outros governadores participaram por videoconferência.

Em entrevista antes do encontro, os governadores destacaram a necessidade de definir, junto com o governo federal, um cronograma para vacinação contra a Covid-19.

Pfizer

A reunião do ministro da Saúde ocorreu no mesmo dia em que o Reino Unido começou a imunizar a população contra a Covid-19 com a vacina produzida pela farmacêutica norte-americana Pfizer e pela empresa alemã de biotecnologia BioNTec (veja no vídeo abaixo).

O país foi o primeiro a começar a vacinação contra o novo coronavírus. Aos governadores, Pazuello afirmou que o governo federal negocia a compra de 70 milhões de doses dessa vacina. O anúncio foi feito nesta segunda-feira (7).

O ministro citou a dificuldade em relação à vacina da Pfizer, que precisa ser mantida em temperaturas abaixo de -70º. Segundo ele, a previsão é o Ministério da Saúde receber 8,5 milhões de doses no primeiro semestre de 2021 e o restante a partir de junho.

CoronaVac

Na reunião, Pazuello também foi questionado sobre as tratativas do governo federal para a aquisição da vacina desenvolvida no estado de São Paulo em parceria do Instituto Butantan com a farmacêutica chinesa Coronavac.

O ministro disse que o imunizante também está no fim da fase três dos testes e, na sequência, deve ser submetido à Anvisa. De acordo com ele, a análise pela agência deve levar cerca de 60 dias.

“O presidente falou claramente isso aí: todas as vacinas que tiverem seu êxito, sua eficácia com seus registros da Anvisa da maneira correta e, se houver necessidade, por que não adquirir? O presidente colocou de forma clara, o resto faz parte do dia a dia das discussões do país”, disse.

G1

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Nunes disse:

    Os responsáveis são as pessoas que não se cuidam,será que ninguém sabe o que é necessário fazer pra evitar o contágio?se eu me contagiar,o culpado sou eu e não outros.

  2. Pixuleco disse:

    Taí o especialista em logística que deixou os testes vencerem . Subserviente e fraco . Leva carão de Tonho é fica todo MUFINDO ( será que existe esse termo ? ) . O gado 🐄 está acostumado . Atenção ! Sentido ! Direita volver ! MUMMMMMMMMM

  3. Cris disse:

    Será que é tão difícil entender ao fazer a leitura do texto e de outros veículos de imprensa para saber que a terceira dose da vacina do Butantã está em andamento para "a posteriori " ser submetida a aprovação pela Anvisa?

  4. Ricardo disse:

    Hipocrisia e seletividade são umas m… Antes era todo o mundo 'cientificista'. Agora pra aprovar vacina tem que sair atropelando tudo nas carreiras. Fanatismo político é outra m…

  5. M.D.R. disse:

    GOVERNO DO BOZO, está misturando SAÚDE com política, enquanto os PAÍSES estão se ajustando para VACINAÇÃO o BRASIL ficando por último. E os índices mortalidade cada vez aumentando e quem é o responsável????

  6. EDUARDO disse:

    A Anvisa vai ser a arma utilizada pelo governo pra justificar sua demora.
    Vão empurrar a aprovação das vacinas com a barriga, dando tempo para montagem de algum plano de distribuição.
    Lamentável. Ainda há quem defenda.

Colégio da Sagrada Família em Recife anuncia fim das atividades

Foto: Reprodução/ Facebook

O Colégio da Sagrada Família de Casa Forte, Zona Norte do Recife, anunciou nesta segunda-feira (26) o fim das atividades. Segundo um comunicado emitido pela instituição – e assinado pela diretora do colégio, Irmã Maria Lúcia da Silva – a instituição vai manter as atividades educativas até o dia 31 de dezembro deste ano.

No texto, a instituição enumera os possíveis motivos para o fechamento, entre eles o coronavírus. “A pandemia afetou a situação financeira do país e sucessivamente das famílias, e isso nos coloca numa situação extremamente delicada. A redução do quadro de alunos, os descontos de 20% nas mensalidades, a inadimplência que já vinha nos acompanhando nestes últimos anos, as exigências de leis e normas a serem cumpridas e a incerteza quanto ao futuro, obrigam-nos a uma tomada de decisão mais radical”, diz a nota.

Ainda no comunicado, a instituição alega que “por ter uma estrutura antiga, realizou várias reformas para responder as exigências das leis de mobilidade e para melhorar o acesso” dos alunos e que, apesar disso, conseguiu honrar com os compromissos, mas que isso mudou nos últimos meses. Ao final do comunicado, a direção agradece a “famílias, professores, funcionários e colaboradores pela confiança e parceria durante todos esses anos”. O Colégio da Sagrada Famílai de Casa Forte esteve em funcionamento por 115 anos.

Diário de Pernambuco

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Pedro Boca de Sofá disse:

    Olá, não tenho argumentos, só falo de outros países, para mim o muro de Berlim nunca caiu. Sou formado em repetição por Ovalo de Varcalho.

  2. Pedro disse:

    Outra Manoel Mané, quem adora presidente é vc, defendendo aquele ladrão de nove dedos, que ia levando, junto com a Anta, o país a falência. , Com a maior transferência de recursos públicos para o seu benefício e de terceiros do mundo, caso o atual presidente seja acusado e condenado vai para o pau também, boquinha para ladrão está difícil.

  3. Pedro disse:

    Esse Manoel Mané vive abanando o rabo do rato. Cumpanhero vai fazer algo na Venezuela, Cuba ou Coreia, ou aprenda a ler, vcs petistas idiotas não ficaram contentes com a quebradeira do país? Pega tua bola de cristal, para ver e escutar o julgamento de hoje. de quem era o triplex, vc provavelmente baba e espuma quando escreve, isso merece tratamento, quem sabe eletroconvulso terapia, nesses casos graves é indicado.

  4. Tom França disse:

    Algumas escolas fecharam, sobretudo, as pequenas. Outras se reinventaram e se mantiveram. O isolamento vertical, que na teoria seria o ideal, não daria certo porque no ir e vir das crianças, aqueles que estariam isolados nesse tipo de isolamento, entre eles os idosos e com comorbidades, fatalmente seriam infectados e o resultado seria fatalmente um maior número de óbitos. A prova disso, é que nos países europeus já se notícia uma possível segunda onda. Uma prova disso a nível de Brasil é a cidade de Manaus, que vinha só caindo o número de casos e óbitos, mas depois que liberou o retorno às aulas, voltou a ter mais casos e óbitos e UTIs lotadas!

  5. JBBatista. disse:

    Olhem bem a noticia, já vinha tendo problemas de inadimplência já alguns anos, portanto os riquinhos que estudavam lá não gostavam muito de pagar as mensalidades.

  6. Antonio Turci disse:

    Se dependesse do Presidente da República isto jamais teria acontecido. Os governadores junto com o STF são os maiores responsáveis pela falência de empresas dos mais diversos ramos. E não adianta culpar Corona A, Corona B, seja o que for. O país ficou semiparalizado sem a menor necessidade. Seria suficiente seguir o isolamento vertical atendendo os protocolos indicados. Elementar.

    • Cunhaú disse:

      Disse tudo!

    • Manoel disse:

      Mas os adoradores do presidente continua com essa ladainha de isolamento vertical ?
      Foi provado por A+B que se nao tivéssemos feito o isolamento quase total o número de mortos seria muito maior.
      O mundo evoluído seguiu esses padrões….
      O prejuízo econômico foi inevitável, mas é muito, muito, menor que o "prejuízo " da perda da vida. Seria um caos total.
      Seria tão complicado aceitar isso?

    • Marcos disse:

      Falou, falou e completou com muita besteira.

    • Marcos disse:

      …o mundo evoluído , no caso a SUÉCIA , não fez isolamento horizontal . Fez o vertical , cuidando dos mais vulneráveis . Mais o "case" da Suécia é totalmente ignorada pela "canhota"

    • O Carro do Chocolate disse:

      A economia ainda pode-se da um jeito, agora para morte…….

Empresários e rodoviários entram em acordo e greve dos ônibus em Natal é encerrada

Sindicatos chegam a um acordo em audiência no TRT-RN e findam greve dos motoristas de ônibus de Natal

Uma audiência intermediada pela desembargadora Maria do Perpetuo Socorro Wanderley de Castro, vice-presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN), na manhã desta terça-feira (27), pôs fim à greve dos motoristas de ônibus de Natal.

Na audiência, o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários (Sintro-RN) e o Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Natal (Seturn) chegaram a um acordo sobre o pagamento integral do plano de saúde, com reajuste, e de 50% do auxílio alimentação, findando a paralisação de imediato.

As negociações quanto às demais cláusulas da convenção seguem, mas sem o comprometimento da oferta do serviço de transporte público a população de Natal.

A greve da categoria começou na última sexta-feira (23). As tratativas aconteceram em audiências virtuais de conciliação do dissídio coletivo da categoria no TRT-RN.

O processo é o 0000233-89.2020.5.21.0000.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Assis Dantas disse:

    O objetivo principal dessas greves em véspera de eleição sempre foi apresentar os candidatos apoiados pelos sindicatos.

PGR pede ao STF fim de salários vitalícios para ex-governadores em todos os estados

Foto: José Cruz/Agência Brasil

A Procuradoria-Geral da República (PGR) entrará nesta sexta-feira com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para que todos os estados deixem de pagar salários vitalícios a ex-governadores. O objetivo é que, de uma só vez, o STF declare irregular o pagamento dessas pensões a quem ocupou o cargo eletivo.

Apesar do aperto nos orçamentos públicos, alguns estados ainda pagam salários a ex-governadores e seus dependentes sem que eles atualmente prestem serviços à administração pública.

Contrária a esses benefícios, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) entrou com uma série de processos no Supremo para derrubar as pensões vitalícias. Mas há uma contestação para cada estado que mantém a benesse.

Agora, a PGR quer que o STF, de uma só vez, impeça que ex-governadores de todo o país recebam salários para o resto da vida ou até mesmo por um período determinado após o fim do mandato.

“É inegável que a reiterada prática de atos inconstitucionais que resultam no pagamento de pensões a ex-governadores e a seus dependentes, como decorrência do mero exercício de cargo eletivo e/ou distintos dos previstos no Regime Geral de Previdência Social [sistema de aposentadoria dos trabalhadores privados], causa vultosos prejuízos aos cofres estaduais, a exigir a imposição de decisão de caráter amplo, geral e da forma mais abrangente possível”, argumenta o procurador-geral da República, Augusto Aras, na ação.

O tipo de ação é uma ADPF (arguição de descumprimento de preceito fundamental), que contesta atos dos poderes públicos.

Apesar de o STF já ter julgado alguns dos processos movidos pela OAB, ainda há pendências.

É o caso do Rio Grande do Sul, que cedeu à pressão e mudou suas regras: o salário do governador fica estendido por quatro anos após o fim do mandato.

No entanto, a alteração aprovada pela Assembleia Legislativa do estado não atingiu quem já tinha o direito à pensão vitalícia.

A PGR também listou na ADPF outros exemplos de estados que mantiveram os benefícios a quem já os estava recebendo, como Minas Gerais, que passa por uma grave crise financeira, e Amazonas.

Ex-presidentes da República não têm mais direito a essas benesses. O salário vitalício caiu ainda na Constituição de 1988.

No caso dos estados, porém, as brechas foram incluídas em leis ou constituições locais.

No início de setembro, o Ministério da Economia enviou ao Congresso uma proposta de reforma do funcionalismo público, que atinge futuros servidores da União, estados e municípios. A ideia é reduzir as despesas com pessoal.

O projeto de reforma administrativa, porém, não prevê mudanças de regras para cargos eletivos, como parlamentares e governadores.

Valor

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Luciano disse:

    Deveria entrar tbm para os desembargadores e juizes que são condenados e são aposentados.

  2. Júlio disse:

    E ainda existe essa sacanagem. Pqp pensava que isso havia sido extinto por completo no Brasil. Quer ganhar aposentadoria de governador, seja um durante 35 anos e preencha os requisitos da idade.

  3. Antônio Soares disse:

    Essa reforma sim tinha que ocorrer. E se fizer com deputados e senadores si sim, ia ter economia de dinheiro pra aplicar na previdência.

  4. Papo_Reto disse:

    Certissimo

  5. Lula na cadeia já disse:

    Vixe!!!
    Aqui no RGN tem alguns que ainda recebe.

  6. Pixuleco disse:

    Certíssimo

Bolsonaro acertou com Guedes PEC da desoneração e fim do Renda Brasil

Foto: Reprodução

Jair Bolsonaro convocou Paulo Guedes para uma reunião logo cedo para tratar do fim do Renda Brasil, a fim de evitar o constante cabo de guerra por medidas compensatórias impopulares, como o congelamento das aposentadorias.

O presidente cobrou do ministro também a edição de uma PEC para a desoneração ampla da folha de pagamento, como item a ser votado separadamente, evitando a longa discussão em torno da reforma tributária – que não avança no Congresso.

Bolsonaro disse a Guedes que quer medidas imediatas para geração de emprego.

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Pedro disse:

    O Entregador De Pizza estragada está ficando doido, não sabe mais ler, interpretar….amigo, assim fica difícil vc ir para curitiba, nas cuecas do homem não dá, ambiente insalubre e perigoso, pendurado no pescoço pior, ele vai levar um abacaxi e um cantil de cachaça, eita situação difícil essa a sua. Convoque Manoel para discutir como fazer. No PT é assim, reunião para tudo, e não se resolve anda, só quem sabia resolver era o analfa de nove dedos, apresentava logo a conta para depositar, sem combinar com a defunta e babau.

  2. Silva disse:

    Está difícil p o mito. Criar emprego no Brasil de hoje com essa carga tributária monstra sobre a mão de obra e com o tamanho dos gastos do governo, nem mesmo um mago das finanças consegue.

  3. Entregador De Pizza disse:

    Paulo, o feno que você está comendo, está vencido. O BTG é do Presidente Lula??? Essa foi boa.
    O BTG é do Paulo Jegues, ministro da boiada.

  4. LUCIO disse:

    Essa Canalhada Petista faz de tudo para esconder Falcatruas,Trambiques,e Roubos do Luladrão,Cachaceiro Canalha !!!!!!

  5. Direita Honesta disse:

    A propósito, o RN apresenta um déficit previdenciário mensal em torno de 130 milhões e a governadora mandou um projeto de reforma para a Assembléia. Mesmo assim, ainda tem gente que nega o fato desse modelo previdenciário ser inviável? Cegueira ideológica ou oportunismo inconsequente?

  6. Observando disse:

    Primeiro vc faz a reforma da previdencia, dizendo que ela esta quebrada. Depois voce desonera a folha, e o que é desonerar a folha? Retirar a contribuicao do patrao sobre o inss, por exemplo. Aí quebra de vez a previdencia. O sonho de Guedes, e privatizar a previdencia publica. Vender ao BTG Pactual.

    • Paulo disse:

      BTG Pactual que pertence a André Esteves, ligado a Lula, e que também é dono da revista veja, que vive falando mal do governo.
      A esquerda não cansa de passar vergonha…
      Mentem tanto que acreditam na própria mentira.

    • Tiago disse:

      Governo de m….

      .

    • Jonas Melo disse:

      Mentira. fake news como sempre. O BTG pactual pertence a Paulo Guedes. Simples peswuisa no google confirma isso.

    • JOSÉ CLAUDIO PEREIRA disse:

      Esse Paulo Guedes é mercenario, vendeu uma carteira de ativos do BB o valor dos ativos R$ 3 Bilões o BTG PACTUAL QUE PAULO GUEDES É UM DOS FUDADORES comprou por R$ 370 MILHÕES, e aí ?

Natal e região reservam chuvas entre esta sexta e domingo, com indicação de sensação térmica mais fria; veja previsão no RN

Foto: Reprodução

A Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte(Emparn) aponta a ocorrência de chuvas, a qualquer hora do dia, no litoral e agreste do RN entre esta sexta-feira(31, em decorrência da atuação do sistema de brisa nessas regiões.

A análise meteorológica indica ainda que os potiguares terão a sensação térmica mais fria devido às temperaturas mais amenas, tanto no litoral quanto no interior, causada pelos dias nublados que diminuem a incidência solar associado ao aumento do sistema de brisa.

A temperatura mínima deve oscilar entre 20ºC e 22ºC e a máxima será de 28ºC na capital. No interior do estado, especialmente nas áreas serranas, as temperaturas devem variar entre 18ºC a 28ºC. E nas demais áreas as temperaturas máximas não deverão ultrapassar os 34ºC, como em Pau dos Ferros, Mossoró e Seridó.

Veja previsão:

31/07/20 – sexta-feira – Pancadas de chuvas com céu parcialmente nublado a claro no Litoral Leste. No interior haverá predominância de céu parcialmente nublado a claro.

01/08/20 – sábado – Pancadas de chuvas fracas no Litoral Leste durante a madrugada e início da manhã. No interior haverá predominância de céu parcialmente nublado a claro.

02/08/20 – domingo – Pancadas de chuvas fracas no Litoral Leste durante a madrugada e início da manhã. No interior haverá predominância de céu parcialmente nublado a claro.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. J.dimas disse:

    Precisa lipar a r.sen.Georgino Avelino, com r.Montenegro. um terreno na esquina só para as pessoas jogarem lixos.

Marinha alerta para ventos fortes e ressaca no litoral do RN com ondas de até 3,5 metros até a manhã desta quarta

Foto: Ilustrativa/Joel Braga

A Marinha do Brasil, por meio do Centro de Hidrografia da Marinha (CHM), comunica que a intensificação dos ventos alísios poderá provocar ventos, em alto-mar, de direção Sudeste a Leste, com intensidade de até 60 km/h (33 nós), entre os estados da Bahia, ao norte de Salvador, e do Rio Grande do Norte, ao sul de Natal, até a manhã desta terça-feira(28).

De acordo com a Marinha, os ventos associados a esse sistema meteorológico poderão ocasionar agitação marítima com ondas, em alto-mar, de direção Sudeste a Leste, com até 3,5 metros de altura, entre os estados da Bahia, ao norte de Salvador, e do Rio Grande do Norte, ao sul de Natal, até a tarde desta terça-feira.

O Centro de Hidrografia da Marinha ainda destaca que há condições favoráveis à ocorrência de ressaca com ondas de direção Sudeste a Leste, com até 2,5 metros de altura, na faixa litorânea entre os estados da Bahia, ao norte de Salvador, de Sergipe, de Alagoas, de Pernambuco, da Paraíba e do Rio Grande do Norte, ao sul de Touros, até a manhã desta quarta-feira(29).

“Alerta-se aos navegantes que consultem essas informações antes de se fazerem ao mar e solicita- se ampla divulgação às comunidades de pesca e esporte e recreio”, encerra o comunicado.

Leste e agreste do RN concentraram maior volume de chuvas no fim de semana; veja boletim pluviométrico

(Foto: Reprodução/Emparn)

A Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte(Emparn) registrou chuvas em todas as regiões entre sexta-feira(17) e o início da manhã desta segunda-feira(20). Conforme destaque, o agreste e o leste potiguar concentraram maior volume, com destaques para os municípios de Extremoz, Montanhas, Espírito Santo, Monte Alegre e Monte das Gameleiras.

OESTE POTIGUAR

Serra Do Mel(Prefeitura) 14,0
São Rafael(Particular Ii) 2,3
São Rafael(Emater) 2,0

CENTRAL POTIGUAR

Carnaúba Dos Dantas(Emater) 7,0
Pedro Avelino(Particular) 1,0
Pedro Avelino(Base Fisica Da Emparn) 0,9
Santana Do Matos(Emater) 0,5
Cruzeta(Base Fisica Da Emparn) 0,4

AGRESTE POTIGUAR

Monte Alegre(Emater) 37,0
Monte Das Gameleiras(Emater) 35,5
São Bento Do Trairi(Prefeitura) 29,2
Serrinha(Emater) 24,5
Vera Cruz(Emater) 24,0
Boa Saúde(Emater) 21,1
São Pedro(Emater) 21,0
Bom Jesus(Particular) 19,6
Tangará(Emater) 19,3
Santa Cruz(Emater) 18,0
Lagoa De Pedras(Prefeitura) 15,7
Jaçanã(Emater) 15,0
Bento Fernandes(Sec Agricultura) 12,4
Rui Barbosa(Emater) 11,2
São Paulo Do Potengi(Emater) 7,0
João Câmara(Centro Saude) 4,2
Sítio Novo(Prefeitura) 3,5

LESTE POTIGUAR

Extremoz(Emater) 48,9
Montanhas(Prefeitura) 43,6
Espirito Santo(Prefeitura) 43,2
São Gonçalo Do Amarante(Base Fisica Da Emparn) 28,8
Ceará-Mirim(Agroindustria-fz Limoeiro) 8,0

Previsão de mais chuvas em Natal e região neste fim de semana; veja outros municípios no RN

Foto: Reprodução/Emparn

A Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte(Emparn) destaca neste fim de junho, referente ao período que compreende esta sexta-feira(26) a domingo(28), a previsão de chuvas no Leste e Agreste potiguar.

Conforme destaca a Emparn, a capital potiguar tem previsão de temperatura máxima em 29,2º e mínima de 22º.

2012 REVIVE: “Erro” em leitura do calendário Maia sugere teoria do fim do mundo neste domingo, dia 21 de junho

Foto: Reprodução

2020 é o novo 2012. Pelo menos para aqueles que acreditam em uma teoria da conspiração que circula no Twitter. Segundo ela, há um erro de leitura no calendário Maia, e o fim do mundo, antes previsto para 21 de dezembro de 2012, ocorrerá na verdade em 21 de junho deste ano (ou seja, no próximo domingo).

A teoria foi difundida pela versão norte-americana do tabloide britânico The Sun. De acordo com a publicação, um suposto cientista chamado Paolo Tagaloguin publicou no Twitter que “seguindo o calendário Juliano, nós, tecnicamente, estamos em 2012”.

“O número de dias perdidos por ano por causa da mudança para o calendário Gregoriano (o que usamos hoje) é de 11 dias. Usando o calendário Gregoriano por 268 anos (1752-2020) vezes 11 dias = 2.948 dias; 2948 dias/365 dias (por ano) = 8 anos”, dizia a publicação atribuída a Tagaloguin.

A publicação e a própria conta atribuída ao suposto cientistas foram apagadas. Também não há embasamento algum para a afirmação. A mudança para o calendário Gregoriano resultou, sim, na perda de 11 dias. Mas isso aconteceu apenas uma vez, e não todos os anos.

Além disso, o novo calendário foi instituído em 1582, e não em 1752, como sugere a publicação. Em 2016, o Google inclusive prestou uma homenagem ao 434º aniversário da nova contagem. Ou seja, caso houvesse mesmo a perda de 11 dias por ano, estaríamos 13 anos “atrasados”, e não 8.

Cabe lembrar ainda que, segundo historiadores, a data de 21 de dezembro de 2012 — aquela mesmo em que o mundo não acabou — representava uma mudança de ciclo no calendário Maia, e não necessariamente o apocalipse.

Correio Braziliense

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Isabel disse:

    O mundo acaba todo dia para quem morre.

  2. Anderson disse:

    Povo sem assunto… O mundo já "acabou" umas 1000 vezes. Se nem Jesus sabe o dia e a hora (somente Deus) quem se acha no direito de saber mais?

  3. Anderson disse:

    Agora tudo faz sentido: pandemia, Trump, bolsonaro…