Contrato do governo do RN com Arena das Dunas: prejuízo de R$ 421 milhões, aponta auditoria

Foto: Reprodução/site/Arena das Dunas

A auditoria realizada pela Controladoria Geral (Control), divulgada nesta segunda-feira (11), alerta que o Rio Grande do Norte poderá ter um prejuízo de até R$ 421.121.838,69 no fim da concessão pública da Arena das Dunas, erguida para a Copa do Mundo de 2014. O valor total diz respeito a recursos que podem ser “recuperados” e outros que podem ser economizados até o final dos 20 anos de vigência do contrato. Os prejuízos atuais já estariam em cerca de R$ 110 milhões. A Controladoria recomendou que o governo suspenda os pagamentos fixos mensais – de cerca de R$ 8,5 milhões – até que a diferença seja equalizada e que, ao retomá-los, o Estado reduza os valores pagos mensalmente. A empresa responsável pela Arena ainda teria deixado de repassar R$ 16 milhões de lucros em eventos.

O valor do prejuízo estimado é quase o mesmo do valor que foi gasto na obra. Na entrega da obra, o governo anunciava que a Arena tinha sido construída ao custo de R$ 423 milhões. “Tudo isso pode ser recuperado. Como o contrato ainda tem mais de 10 anos pela frente, é possível fazer isso. Seria bem mais difícil se a empresa já tivesse recebido todo o valor”, considerou o controlador geral do estado, Pedro Lopes.

Com acréscimo de informações do G1-RN

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Rocha Neto disse:

    Na época da tomada da decisão para demolir o velho Machadao, o único político contra a sandice foi o deputado José Adecio, os demais foram solidários ao governo Wilma de Faria, que foi executora inicial do projeto que foi concluído pelo governo Rosalba, os acontecimentos de lá até aqui todos sabem do que tem vindo a tona.

  2. Flauberto Wagner disse:

    Está auditoria descobriu o óbvio, pois todos já sabiam só não tenha acesso aos documentos para comprovar.
    Desde da festinha de R$ 1.100.000,00, só para lançar e apresentar o projeto, o descalabro só aumentou!

  3. Luciana Morais Gama disse:

    O projeto MEGALOMANÍACO da época contemplava toda a demolição do CENTRO ADMINISTRATIVO DO ESTADO, inclusive demoliram a creche KATIA GARCIA e nunca mais fizeram outra para substituí-la… Os responsáveis continuam calados…

COMENTE AQUI