Saúde

Covid-19: Peru revisa número de mortes e situação do país passa para pior do mundo em relação ao tamanho de sua população

Foto: Reuters

O governo peruano quase triplicou seu número oficial de mortos pela covid-19 nessa segunda-feira (31), para 180.764, após fazer uma revisão, transformando a situação do país na pior do mundo em relação ao tamanho de sua população. Os dados são da Universidade Johns Hopkins.

O Peru está entre os países latino-americanos mais atingidos pela pandemia de covid-19, com hospitais superlotados e a demanda por oxigênio superando a disponibilidade. Há muito tempo, especialistas avisavam que o verdadeiro número de mortos estava sub-representado nas estatísticas oficiais do país.

O governo afirmou que agora vai atualizar o total de mortos, que estava em 69.342 no domingo (30), em parte por causa da falta de testes, que tornou difícil a confirmação da causa de óbito de muitos pacientes.

De acordo com dados da Johns Hopkins, a Hungria tinha o pior número per capita de mortos pela covid-19, que era de 300 para cada 100 mil habitantes. Com a atualização, o Peru agora tem mais de 500 mortes pela doença para cada 100 mil pessoas.

“Acreditamos que é nosso dever tornar pública essa informação atualizada”, disse a primeira-ministra do Peru, Violeta Bermúdez, em entrevista coletiva anunciando o resultado da revisão.

Na América Latina, o Brasil tem o maior número total de mortos, com mais de 460 mil vidas perdidas por causa da pandemia. Em relação à sua população, no entanto, o número de mortos no Peru é mais que o dobro do brasileiro, de acordo com os dados.

Agência Brasil, com Reuters

Opinião dos leitores

  1. Dr. Roberta disse na 96, que o Perú era exemplo de eficiência, por ter adotado a ivermectina. O quê mudou?

    1. Vão dizer que foi pq tomaram o placebo errado ora! Deixe de tumultuar e fazer pergunta difícil KKKK

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Criança de 6 anos morre após picada de escorpião em Natal; Família se revolta com atendimento médico e registra boletim de ocorrência

Uma criança de apenas 6 anos morreu em Natal após, supostamente, ser picada por um escorpião e não receber o atendimento médico necessário, segundo familiares. O caso teria acontecido na rua São Geraldo, em Lagoa Azul, no último dia 13, mas somente agora recebeu repercussão.

De acordo com a família, que procurou a Polícia Civil para denunciar o caso, a criança deu entrada na UPA de Pajuçara com relato de picada de escorpião. Ela estava brincando no quintal da casa, por volta das 10h30, quando foi pegar uma pá e, imediatamente, soltou um grito, se queixando de forte dor na mão. O escorpião não foi encontrado. Um boletim de ocorrência foi registrado.

Imagem: reprodução

Na UPA, no entanto, a criança foi medicada com dipirona, mesmo diante dos constantes pedidos da família para que ela fosse encaminhada para o Hospital Giselda Trigueiro, onde receberia tratamento com o soro adequado.

“A família está revoltada porque insistentemente pedia o encaminhamento dele para o Giselda Trigueiro ou para o Maria Alice, para ter acesso ao tratamento com soro recomendado, mas não foram atendidos e, até mesmo, distratados”, aponta parte do relato divulgado.

Ainda de acordo com a denúncia da família, só a noite, a criança foi encaminhada para outro Hospital, o Walfredo Gurgel, onde faleceu por volta das 22h30.

Com informações do Blog de Gustavo Negreiros

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

FOTOS: Adolescente de 15 anos é operado após enfiar cabo USB no pênis

Fotos: Calum Grant/Urology Case Report

Um adolescente de 15 anos precisou passar por uma cirurgia após enfiar um cabo USB no pênis. O caso ocorreu em Londres, no Reino Unido, e foi divulgado por um artigo científico publicado na revista “Urology Case Reports”.

O jovem, que não teve o nome revelado, relatou aos médicos que inseriu um cabo USB, utilizado para carregar aparelhos celulares, na uretra para medir o comprimento do pênis. Ao perceber que havia prendido o cabo no membro, ele tentou removê-lo manualmente, mas acabou piorando a situação e prendendo as duas pontas do objeto na uretra.

O adolescente foi com a família ao hospital mais próximo, mas tentativas manuais ou endoscópicas de remoção não foram eficientes porque havia um nó no cabo USB.

Ele foi então encaminhado ao University College Hospital London, onde há tratamento especializado e cirurgias urológicas. Os médicos precisaram realizar uma uretrostomia penoescrotal, onde é feito um corte entre a genitália e o ânus do paciente. O cabo foi cortado e retirado através de um meato uretral externo.

O adolescente recebeu alta no dia seguinte à cirurgia. Ele precisou usar cateteres suprapúbicos para drenar a urina por duas semanas. Segundo os médicos, o jovem não terá sequelas.

De acordo com o artigo científico publicado na Urology Case Reports, o jovem não apresentava problemas mentais, e casos assim são mais comuns do que se imagina. “A experimentação e a gratificação sexual são considerados as principais causas de corpos estranhos retidos na uretra e na bexiga de pacientes”, diz trecho do estudo.

Correio Braziliense

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mundo

46 mil brasileiros foram pegos tentando entrar ilegalmente nos EUA em 2021

Brasileiros foram flagrados e, em seguida, se entregaram a agentes da Patrulha de Fronteira do Setor Yuma | Foto: reprodução/Twitter

Desde o início deste ano, 46.563 brasileiros foram detidos por autoridades americanas após tentar entrar ilegalmente nos Estados Unidos. O número total deste ano já supera em mais de cinco vezes o total de 2020, quando 9.231 imigrantes brasileiros foram detidos.

Até então, o auge da migração ilegal de brasileiros havia ocorrido em 2019, quando cerca de 18 mil tentaram entrar nos EUA ilegalmente pela fronteira terrestre com o México.

Somente na manhã da última quinta-feira (16), um grupo de 140 brasileiros foi detido ao cruzar ilegalmente a fronteira do México com os Estados Unidos.

Ganhou destaque nesta semana o caso de uma brasileira foi encontrada morta, na última quarta-feira, no estado do Novo México, nos Estados Unidos. A técnica de enfermagem Lenilda dos Santos, 50 anos, tentava entrar ilegalmente no país, mas, durante a travessia, teria sido abandonada pelos companheiros de viagem e acabou sucumbindo à sede, à fome e ao calor da região desértica.

A localização de Lenilda foi difícil, pois ela estava numa região ampla de deserto, com a residência mais próxima a 400 km de distância. Além disso, vestia uma roupa camuflada, para dificultar ser observada. A escolha por visuais assim é comum entre os imigrantes ilegais, segundo a polícia local.

Segundo pessoas próximas, ela acabara de se separar do marido e resolveu tentar uma nova vida nos EUA. Lenilda tentava entrar no país com três amigos de infância e outra pessoa que os orientaria ao longo do caminho.

Com informações de Correio Braziliense e BBC

Opinião dos leitores

  1. É ôntico querendo fugir do caos produzido pelo mito. Desemprego monstro e inflação comendo o pouco recurso do povo.

  2. Mas segundo a esquerda imunda brasileira, disse que Binden ia ser a solução para os imigrantes. E que Trump era intransigente.

  3. As porteiras de Cuba, Venezuela e Bolívia estão abertas para a juramentada de duas pernas entrarem Kkkķ.

    1. Titia Cacá, aqui já está virando uma Venezuela, Cuba e Bolívia. Comida custando caro, mais pessoas pedindo ajuda nos cruzamentos, desemprego batendo recorde, inflação chegando na casa dos 2 dígitos, um presidente que quer destituir poderes e assim vai. Acorda mulher.

  4. Eu não entendo esse povo que sai daqui e arrisca a vida para ir sofrer em um país sem férias remuneradas, décimo terceiro, FGTS, Previdência Social, PIS, sindicatos (como os nossos, parasitários) e, principalmente, sem o SUS. kkkkkkk

    1. Né isso, e os esquerdopatas, são os primeiros a se aventurar no país capitalista.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

RN registra taxa de ocupação de leitos críticos para covid de 25,2%

A taxa de ocupação de leitos críticos das unidades públicas de saúde no RN é de 25,2%, registrada no início da tarde deste sábado (18). Pacientes internados em leitos clínicos e críticos somam 109.

Até o momento desta publicação são 160 leitos críticos (UTI) disponíveis e 54 ocupados, enquanto em relação aos leitos clínicos (enfermaria), são 172 disponíveis e 55 ocupados.

Segundo a Sesap, a Região metropolitana apresenta 30,1% dos leitos críticos ocupados, a região Oeste tem 14,8% e a Região Seridó tem 17,6%.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

COVID: RN possui 160 leitos críticos e 172 leitos clínicos disponíveis

O RN permanece com fila zerada de pacientes para UTI Covid conforme levantamento feito por volta das 12h10 deste sábado (18).

Neste período, havia 02 pacientes com perfil para leitos críticos na lista de regulação e 01 aguardava avaliação. Foram registrados disponíveis 160 leitos críticos e outros 172, sendo clínicos.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

RN registra 01 óbito por Covid nas últimas 24 horas; novos casos são 20

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus neste sábado (18). São 367.055 casos totalizados. Na sexta-feira (17) eram contabilizados 366.884, ou seja, 171 novos casos em comparação com o dia anterior, destes, 20 confirmados nas últimas 24h horas.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 7.320 no total, com 01 registro de óbito ocorrido nas últimas 24 horas (em Cruzeta). Na sexta-feira (17) eram 7.315 mortes. A Sesap registrou outras 4 (quatro) mortes após resultados de exames laboratoriais de dias ou semanas anteriores. Óbitos em investigação são 1.331.

Recuperados são 259.107. Casos suspeitos somam 174.647 e descartados são 727.353. Em acompanhamento, são 10.628.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Meio Ambiente

CTR Potiguar: Governadora visita primeiro aterro privado do RN e destaca geração de energia através do lixo

Pioneirismo, reconhecimento e visão de futuro. Estes foram os aspectos que deram o tom da visita da governadora Fátima Bezerra à CTR Potiguar, nesta sexta-feira (17). A comitiva do Governo do Estado também contou com a presença dos secretários de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, João Maria Cavalcanti; Desenvolvimento Econômico, Jaime Calado e do diretor do Idema, Leon Aguiar.

A chefe do Executivo estadual comentou o que o investimento representa para o Estado: “É a pauta do século XXI. O país está pagando o preço por causa da conduta equivocada sobre a agenda do meio ambiente. Já o Rio Grande do Norte continua liderando o ranking de produção de energia eólica e agora nós estamos nos posicionando para assumir uma nova posição de vanguarda. Quero parabenizar a CTR Potiguar por apresentar esse projeto com muita solidez e a importância de fazermos nosso papel. Trabalho feito com seriedade, transparência e segurança jurídica para que empreendimentos dessa natureza possam prosperar aqui no RN”, enfatizou Fátima Bezerra.

A sustentabilidade do empreendimento através da geração de energia limpa a partir da segunda fase da Central foi destacada pelo Diretor da CTR Potiguar, Dâmocles Trinta. A empresa é a única do Nordeste habilitada a participar no Leilão de Energia, com utilização de resíduos para produzir energia. “Quando nós tínhamos a intenção de construir o aterro, nós pensamos evidentemente no investimento, mas pensamos também na sustentabilidade. Hoje, nós pensamos em gás e também em energia. A CTR vai desenvolver um conglomerado de ações dentro dessa cadeia dos resíduos sólidos urbanos”, pontuou.

Antes da etapa de energia limpa, o aterro contribui com as funções social e ambiental igualmente relevantes, na medida em que impacta a coleta e destinação de resíduos, colaborando ainda, para o desenvolvimento sustentável e geração de emprego e renda na localidade. O prefeito de Vera Cruz, Marcos Cabral, destacou a solução encontrada para o cumprimento das metas das políticas de alojamento dos resíduos sólidos. “A prefeitura recebia solicitações do Ministério Público para adequar a nossa situação sobre alocar o lixo corretamente, agora conseguimos resolver isso, além da geração de renda e emprego em nossa cidade”.

A CTR Potiguar iniciou a operação com o recebimento dos resíduos dos municípios de Vera Cruz, Parnamirim, São José de Mipibu, Várzea e Bom Jesus. O aterro está pronto para receber resíduos dos municípios da Região Agreste e Litoral Sul, cidades em que o turismo faz com que a destinação adequada do lixo seja ainda mais necessária. O secretário do Desenvolvimento Econômico, Jaime Calado, destacou a importância da ampliação da cobertura do manejo e destinação correta do lixo no território potiguar: “Vamos transformar um problema, que é o lixo, em uma solução”.

Atualmente, o RN é o pior estado do Nordeste em destinação de resíduos. O lixo produzido em 155 cidades do Rio Grande do Norte tem destino inadequado. A Secretaria Estadual de Recursos Hídricos, João Maria Cavalcanti explicou que a pasta é responsável pela gestão do Plano Estadual de Resíduos Sólidos, cujas diretrizes são alinhadas ao plano nacional. “Diante da realidade atual do nosso estado, é inegável a importância de projetos como esse da CTR, que têm como objetivo o controle do lixo e a geração de energia”.

A participação do IDEMA para que o projeto se tornasse realidade foi destacada pelo diretor-geral do órgão, Leon Aguiar: “Esse empreendimento não é de hoje, todos os trâmites foram seguidos adequadamente pela CTR Potiguar desde 2018 com uma licença prévia, em 2019 com a licença de instalação, e agora com a conclusão em 2021 com a licença de operação. A empresa seguiu rigorosamente todas as normativas mais atuais e hoje temos um aterro dos mais modernos que poderíamos imaginar”, disse.

A solução é fazer com que o lixo não seja apenas aterrado, mas que no futuro ele se transforme em energia trazendo soluções para os municípios não só da região Metropolitana, mas ampliando para outras áreas do interior do Estado. “É uma transformação para o Rio Grande Norte. Transformar um problema que é o lixo em uma solução que é gerar energia e emprego”, confirmou o senador Jean Paul Prates.

Opinião dos leitores

  1. Aguentar e ficar perto de uma criatura dessa, deve ser a parte mas dolorosa de exercer um cargo comissionado. Oh criatura intragável é essa Governadora, todos devem tomar um banho de Arruda com sal grosso depous, pois a urucubaca é grande, Votz.

  2. O governo dela já é um lixo e gera energias negativas.
    Pense num governo reiêra é esse do RN.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Brasil volta a bater recorde de aplicação da 2ª dose de vacina contra a Covid

Foto: Susan Hortas

Nesta sexta-feira (17/9), o país bateu recorde diário em aplicação de segundas doses da vacina. Foram 1.520.435, a maior marca desde o início da vacinação. O recorde anterior havia sido computado em 9 de setembro, quando 1.476.458 pessoas receberam a segunda dose.

Com isso, dados sobre a Campanha Nacional de Imunização mostram que 43,3% da população com 12 anos ou mais no país está totalmente imunizada contra a Covid-19. Ou seja, já receberam duas doses ou a vacina de dose única. O número corresponde a 79.314.211 dos quase 182 milhões de brasileiros nesta faixa etária, com o ciclo vacinal completo.

No total, 141.085.194 pessoas receberam ao menos uma dose, o que corresponde a 77,1% da população com 12 anos ou mais. Já a dose de reforço foi aplicada em 267.428 pessoas.

Nas últimas 24 horas, foram aplicadas 2.269.586 vacinas. Somando a primeira, a segunda e a dose única, são 220.666.833 doses aplicadas no total.

Metrópoles

Opinião dos leitores

  1. Com o Presidente Bolsonaro e sua equipe Ministerial, o Brasil vem batendo Records e recordes, na produção, distribuição e aplicação de vacinas, abertura de leitos, facilidades do testamento, produção agrícola batendo todos os recordes, exportações crescendo em ritmos nunca visto, combate à seca e a pobreza a todo vapor, melhorias das Rodovias, Pontes e recuperação de Barragens , construção de novas hidroelétricas, instalações de Campos de produção de energias limpas e renováveis, produção em ritmos acelerado na extração e refino de petróleo, inflação caindo e o poder de compra do povo brasileiro aumentando. É isso que a esquerda imunda não aceita.
    Chupa que o Véio Bolsonaro é duro.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Vacinação dos adolescentes a partir de 16 anos sem comorbidades inicia em Natal nesta segunda-feira (20)

Foto: Charles Platiau/Reuters

Natal vai iniciar nesta segunda-feira (20) a vacinação para adolescentes com idade a partir de 16 anos de idade e sem comorbidades. A decisão do Município de começar a imunização desse público está respaldada em análises técnicas da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) e da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP).

Tanto a SBIm quanto a SBP respaldam a aplicação da vacina Pfizer em adolescentes entre 17 a 12 anos, assim como já está autorizado pela Anvisa. Com base nesse aval técnico-científico, a SMS decidiu iniciar a imunização dos adolescentes.

O novo público alcançado pela campanha vacinal contra a Covid-19 pode procurar a partir de segunda-feira um dos quatro drives (Palácio dos Esportes, Via Direta, Sesi ou Nélio Dias), das 8h às 16h, ou uma das 35 UBS, das 8h às 15h, levando comprovante de residência de Natal, documento com foto e cartão de vacina. Todos os endereços dos locais de vacinação estão disponíveis no site vacina.natal.rn.gov.br.

Para receber o imunizante, o adolescente terá que estar acompanhado de um responsável. Outro ponto importante é que os adolescentes façam o cadastro prévio no plataforma RN Mais Vacinas, sendo necessário entrar com o CPF do responsável e se cadastrar como dependente.

“Além dos adolescentes com 16 anos ou mais, estaremos vacinando todo o público anteriormente contemplado e aplicando ainda a segunda dose de acordo com o cronograma de datas divulgados”, reforça o secretário de Saúde de Natal, George Antunes.

*D3 para idosos de 95 anos e mais *

Outro público que pode ser vacinado é o de idosos com 95 anos e mais. Essa dose de reforço será aplicada nessa faixa etária independentemente do imunizante da D1, sendo necessário somente ter finalizado o esquema nós últimos seis meses. Para receber a D3, as pessoas devem levar o cartão de vacinação, documento com foto e comprovante de residência de Natal.

Também na segunda-feira, a SMS Natal começa a vacinar, com a dose de reforço, os idosos institucionalizados.

Segunda dose
A segunda dose dos imunizantes está disponível nos quatro drives ou nas 35 salas de vacinação.

CORONAVAC
As pessoas que completaram os 28 dias da primeira dose do imunizante Coronavac podem procurar as 35 UBS ou qualquer drive-thru.

OXFORD
Para quem se vacinou até o dia 15 de julho a vacina está disponível.
Grávidas que tomaram a D1 de Oxford
As gestantes que tomaram a primeira dose com o imunizante Oxford e que, por recomendação do Ministério da Saúde, não tomaram a segunda dose poderão completar seu esquema vacinal com o imunizante da Pfizer nas 35 UBS ou qualquer drive de vacinação.

PFIZER
A vacina está liberada para quem tomou a primeira dose até 29 de julho.

Opinião dos leitores

  1. Apesar da irresponsabilidade do governo federal, segue os estados e municípios firmes no combate ao coronavirus. Fosse deixar tudo nas mãos do cramunhão mentiroso, todos os Estados teriam virado uma Manaus, em termos de mortes por asfixia. Ainda bem que o supremo não permitiu.

    1. Raciocínio lógico, fazendo juz a alcunha, siga por aí, na frente tem tratamento.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Finanças

Devolução do auxílio emergencial pago indevidamente supera R$ 1 bilhão no IR 2021

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

A Receita Federal recebeu até agora 363.056 devoluções do auxílio emergencial, no valor total de R$ 1.085.009.884,87. Neste ano, foi obrigatória na declaração do Importo de Renda a devolução do benefício pago a contribuintes que tiveram rendimentos tributáveis acima de R$ 22.847,76.

O ressarcimento dos recursos foi feito por meio da emissão de DARF (Documento de Arrecadação de Receitas Federais), no caso de recebimento indevido do auxílio emergencial pelos dependentes ou pelo titular da declaração do IR 2021.

A expectativa era de que 3 milhões de pessoas que ganharam o auxílio no ano passado teriam que devolver o benefício através da declaração, cujo prazo de entrega venceu em 31 de maio. A Receita já informou os contribuintes sobre pendências, como o auxílio emergencial não declarado, para que seja feita a retificação.

Segundo o Ministério da Cidadania, retornaram aos cofres da União até agora um total de R$ 5,1 bilhões referentes ao auxílio pago indevidamente. O valor inclui devoluções voluntárias feitas em 2020 e 2021, por meio da emissão de GRU (Guia de Recolhimento da União) e restituição por DARF, além de recursos não movimentados dentro dos prazos legais.

Segundo relatório do TCU (Tribunal de Contas da União), R$ 54,7 bilhões foram pagos indevidamente no auxílio emergencial desde o ano passado. Beneficiários sacaram o auxílio, mas não estavam dentro dos critérios de elegibilidade. São, por exemplo, servidores públicos (civis e militares) ou beneficiários da Previdência Social.

O Ministério da Cidadania afirma que tem realizado uma série de ações voltadas para o ressarcimento dos benefícios pagos fora dos critérios de elegibilidade.

Entre as medidas adotadas estão o resgate dos valores não movimentados na Caixa Econômica Federal e a disponibilização do site devolucaoauxilioemergencial.cidadania.gov.br, desde o início dos pagamentos do benefício, que permite a devolução de recursos por meio da emissão de guia de recolhimento.

Além do pagamento DARF, para contribuintes da Receita Federal, a compensação financeira também é realizada pelo INSS, no caso de recebimento indevido e simultâneo do auxílio emergencial ao benefício previdenciário, e solicitação direcionada aos servidores públicos.

O governo federal também mantém ainda o canal para registro de denúncias de fraudes, que é o sistema Fala.Br, plataforma integrada de Ouvidoria e acesso à informação da CGU (Controladoria Geral da União). O site está disponível em falabr.cgu.gov.br.

R7

Opinião dos leitores

  1. Quer dizer que quase 50 bilhões de reais ainda não foram recuperados. Se “tivesse corrupção” no governo federal quanto seria o valor a ser devolvido? Como “não há corrupção”, 54 bilhões de reais estão dentro das estatísticas. Isso só no auxílio emergencial. Até uma calculadora científica terá dificuldades para realizar esse valor pago indevidamente com exatidão.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *