Diversos

Argentina, Chile, Peru entram na lista de países abertos para brasileiros

Foto: Diego Cupolo/Getty Images

Às vésperas do fim de ano, destinos queridinhos dos brasileiros, como Portugal e Estados Unidos, continuam fechados para o turismo. Contudo, as restrições vêm diminuindo aos poucos e há boas notícias, como a reabertura do Chile, Peru e Argentina.

A partir desta segunda-feira, 23, o Chile reabriu parcialmente suas fronteiras. Visitantes só podem entrar pelo Aeroporto Arturo Merino Benítez, em Pudahuel, perto de Santiago. Para embarcar em um avião com destino ao país, é preciso ter um teste PCR negativo feito 72 até horas antes, um seguro saúde que cubra condições relacionadas à Covid-19 e um documento chamado “Passaporte de Saúde”, disponível no site do governo.

Contudo, nas próximas próximas semanas – até o dia 7 de dezembro –, estrangeiros vindos de países de alto risco, segundo classificação da Organização Mundial da Saúde (OMS), devem fazer quarentena de 14 dias ao chegar ao país. O Brasil faz parte da lista.

A Argentina também concretizou um comunicado emitido no dia 30 de outubro, dizendo que suas portas seriam reabertas ao Brasil, Bolívia, Chile e Paraguai – mas apenas com destino à Grande Buenos Aires. Só é permitido circular pela Região Metropolitana da capital e, para garantir a entrada, é preciso apresentar exame PCR negativo, realizado até 72h antes do embarque.

Além disso, antes da crise política e do impeachment, o presidente peruano, Martín Vízcarra, havia prometido no início de setembro a reabertura das fronteiras a estrangeiros. O processo se concretizou em duas fases: no início de outubro, alguns países da América Latina, como Colômbia, Paraguai e Chile, receberam aval do Peru. Depois, a partir do dia 1º de novembro, México, Brasil, Argentina, Espanha e Estados Unidos ganharam a permissão.

Um dos protocolos de biossegurança é a obrigatoriedade do teste de PCR negativo, realizado no máximo 72 horas antes da chegada, para entrar no país. Na falta do comprovante, o turista deverá voltar ao país de origem fazer quarentena de 14 dias. Viajantes também estão sujeitos a triagem médica em aeroportos.

Segundo uma lista publicada na página da Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata), existem cerca de 70 países e territórios que não têm restrições expressas a entradas de viajantes brasileiros a lazer, em voos que partem do Brasil. A maioria deles exige, no entanto, algum tipo de testagem negativa para Covid-19 ou quarentena na chegada.

Como já estava determinado desde o início do segundo semestre, países como México, Turquia e as Bahamas, no Caribe, recebem turistas brasileiros sem muitas restrições.

O governo mexicano só exige o preenchimento de um formulário de “Fatores de Risco”, enquanto a Turquia continua a realizar triagem médica nos aeroportos – caso os viajantes apresentem sintomas, podem ser submetidos a testes e, depois, tratamento médico. As Bahamas, assim como a República Dominicana e a maioria das ilhas caribenhas, só exigem teste ao embarcar.

A Ucrânia, Bósnia e Herzegovina, Equador e Colômbia aceitam receber turistas brasileiros, desde que apresentem o teste negativo para Covid-19. O Egito também reabriu suas fronteiras, mas exige o teste PCR negativo – realizado com, no máximo, 72 horas de antecedência – e seguro saúde. Além disso, o turismo está limitado a resorts em três províncias litorâneas.

Já alguns países europeus, como Reino Unido e Irlanda, apesar de nunca terem barrado viajantes brasileiros, exigem o cumprimento de uma quarentena de 14 dias, com ou sem sintomas da Covid-19 (às próprias custas). Mesmo assim, voos das aéreas British Airways e Latam seguem com regularidade para o aeroporto britânico de Heathrow.

Na fechada União Europeia, apenas a Croácia aceita brasileiros, desde que comprovem reserva de hotel e apresentem teste PCR negativo realizado em até 48 horas antes do embarque. Só quem chegar sem o teste, ou com sintomas, precisa ficar em isolamento por 14 dias. Sérvia, Kosovo, Albânia e Macedônia do Norte também estão abertos aos brasileiros e sem exigências de quarentena.

Se o turista brasileiro cumprir quarentena em um país do bloco ou no Reino Unido, pode seguir viagem para outros destinos no continente. O mesmo ocorre nos Estados Unidos: embora os americanos só permitam a entrada de viajantes com cidadania ou visto de residência permanente, é possível fazer uma quarentena no México, por exemplo, e seguir para destinos como Miami ou São Francisco.

Mesmo tendo que adaptar os planos devido à pandemia, viajar torna-se cada vez mais possível à medida que as duras restrições são revisadas. Até na troca de Orlando por Istambul é possível encontrar consolo para este duríssimo 2020.

Veja

Opinião dos leitores

  1. Agora que eles tem mais mortes por milhão de habitantes que o Brasil abrem a fronteira?
    E fazer o que nestes países, ficar trancado dentro de casa.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Seleção enfrenta Peru na noite desta terça pela segunda rodada das Eliminatórias

Foto: © Fernando Frazão/Agência Brasil

A seleção entra em campo nesta terça-feira (13) para enfrentar a seleção peruana em Lima pela segunda rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022 (Catar). A partida, programada para iniciar às 21h (horário de Brasília) no estádio Nacional (Lima), terá um significado especial para o técnico Tite, que alcançará a marca de 50 jogos comandando o Brasil.

A relação entre o técnico e a equipe brasileira tem pouco mais de quatro anos (iniciada em 20 de junho de 2016), e ela tem um retrospecto de 49 jogos, com 35 vitórias, 10 empates e quatro derrotas. E um destes resultados negativos foi justamente contra o Peru, em amistoso realizado em 2019 em Los Angeles (EUA) no qual a equipe andina venceu por 1 a 0.

Porém, também foi diante da equipe peruana que Tite viveu o seu principal momento comandando a seleção brasileira, a conquista da última edição da Copa América em julho do ano passado no estádio do Maracanã.

Expectativa positiva

Para o jogo desta terça a expectativa é a melhor possível, em especial após uma estreia na qual, mesmo diante de um adversário frágil (Bolívia), o Brasil apresentou bom jogo coletivo, com muitos gols e liberdade para as individualidades aparecerem.

E uma das individualidades que brilharam foi o atacante Neymar. Na estreia nas Eliminatórias o camisa 10 não marcou, mas foi fundamental na armação de jogadas de ataque, inclusive com passes para dois gols. Essa nova função do jogador, como um antigo ponta de lança, foi destacada pelo técnico Tite em entrevista coletiva na última segunda (12): “Ele desenvolveu isso, como aconteceu no jogo [da Bolívia] de dar duas assistências, ter penúltima bola, romper marcação […]. Procuramos potencializar suas virtudes”.

Artilharia da seleção

A partida contra o Peru também pode assumir um caráter especial para o atacante Neymar, que pode empatar com Ronaldo na vice-artilharia da seleção. Atualmente, o jogador do PSG tem 61 gols, e marcando mais um empata com o Fenômeno. A primeira posição do hall de artilheiros da equipe nacional é de Pelé, que reina com 77 tentos em 92 partidas.

Provável escalação

Sem problemas físicos para escalar sua equipe, a tendência é que o treinador opte por iniciar o jogo contra o Peru com o mesmo time que goleou os bolivianos por 5 a 0: Weverton; Danilo, Thiago Silva, Marquinhos e Renan Lodi; Casemiro e Douglas Luiz; Everton, Philippe Coutinho e Neymar; Roberto Firmino.

Porém, na última coletiva antes do jogo o treinador não quis confirmar a equipe, e falou que pode realizar algumas mudanças parar este jogo: “Tenho uma equipe montada, mas não quero falar. Os atletas já sabem desde ontem. A base permanece, as ideias permanecem, mas não quero municiar o Gareca [técnico do Peru]”.

Agência Brasil

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Com três do Flamengo na lista, Tite anuncia convocados para os jogos contra Bolívia e Peru pelas Eliminatórias da Copa

Foto: Pedro Martins / MowaPress

O técnico Tite anunciou nesta sexta-feira a lista dos 24 convocados para os próximos jogos contra Bolívia e Peru, os primeiros da trajetória da seleção brasileira nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022. O treinador chamou o meia Everton Ribeiro e os atacantes Bruno Henrique e Gabigol, do Flamengo.

O atacante Neymar está de volta à lista, depois de ficar fora dos amistosos de novembro do ano passado, contra a Argentina e a Coreia do Sul. O último jogo dele pelo Brasil foi em 13 de outubro, contra a Nigéria (substituído no primeiro tempo, após lesão muscular).

O Brasil enfrentará a Bolívia no dia 27 de março, na Arena Pernambuco, e o Peru, fora de casa, em Lima, no dia 31. A apresentação dos convocados será entre os dias 22 e 23 de março, em Recife.

O goleiro Alisson se machucou durante o treino do Liverpool na manhã desta sexta-feira e ficou fora da convocação. Veja lista:

Goleiros: Ederson (Manchester City), Ivan (Ponte Preta) e Weverton (Palmeiras)

Zagueiros: Marquinhos (Paris Saint-Germain), Thiago Silva (Paris Saint-Germain), Éder Militão (Real Madrid) e Felipe (Atlético de Madrid)

Laterais: Daniel Alves (São Paulo), Danilo (Juventus), Renan Lodi (Atlético de Madrid) e Alex Sandro (Juventus)

Meio-campistas: Casemiro (Real Madrid), Arthur (Barcelona), Fabinho (Liverpool), Everton Ribeiro (Flamengo), Bruno Guimarães (Lyon) e Philippe Coutinho (Bayern de Munique)

Atacantes: Neymar (Paris Saint-Germain), Roberto Firmino (Liverpool), Richarlison (Everton), Gabriel Barbosa (Flamengo), Bruno Henrique (Flamengo), Gabriel Jesus (Manchester City) e Everton (Grêmio)

Desde os amistosos de novembro até esta sexta-feira, a comissão técnica da Seleção acompanhou 37 jogos, observando 42 possíveis convocados.

Ainda pela punição disciplinar da final da Copa América, Gabriel Jesus está suspenso da primeira partida das Eliminatórias. Só vai poder jogar contra o Peru, em Lima. Justamente o adversário da expulsão no fim da Copa América

Os outros compromissos em 2020 pelas Eliminatórias serão: contra o Uruguai, no dia 8 de setembro; a Colômbia no dia 8 de outubro; a Argentina no dia 13 do mesmo mês; o Equador, no dia 12 de novembro; e Paraguai em 17 de novembro. Confira a relação dos jogos em casa.

Além das Eliminatórias, a Seleção terá neste ano a defesa do título da Copa América. O primeiro jogo pela competição será no dia 14 de junho, contra a Venezuela, em Cali, na Colômbia. O segundo será contra o Peru, no dia 18, em Medellín. O terceiro e o quarto serão em Barranquilla, contra o Catar e a Colômbia, nos dias 23 e 27, respectivamente. O quinto será contra o Equador, no dia 1º de julho, em Bogotá. O Campeonato Brasileiro não vai parar durante a Copa América.

A última vez que o Brasil entrou em campo foi diante da Coréia do Sul, em 19 de novembro, quando venceu por 3 a 0. Desde a Copa do Mundo da Rússia, foram 22 jogos, com 14 vitórias, seis empates e duas derrotas – as duas contra rivais sul-americanos (Peru e Argentina, neste segundo semestre). Neste período, a Seleção conquistou a Copa América.

Globo Esporte

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Tribunal dá ao Peru parte do Pacífico que pertencia ao Chile

Em decisão histórica, o Tribunal Internacional de Justiça decidiu conceder parte do oceano Pacífico, que estava sob o domínio do Chile desde os anos 1950, ao Peru.

No entanto, os peruanos não conseguiram os 35 mil km² de território no oceano Pacífico pedidos na apresentação da ação em Haia, em 2008.

A fronteira entre os dois países foi fixada por dois tratados, de 1952 e 1954. Os documentos estabeleciam que a linha divisória começaria no paralelo 18º21’00” S. No entanto, Santiago entendia que a linha paralela à coordenada era de seu domínio, enquanto Lima defendia que fosse traçada uma linha equidistante ao sul.

Na decisão oficial, foi determinado que as primeiras 80 milhas seguirão a linha paralela determinada pelo paralelo, assim como na atual fronteira chilena. No trecho restante, até o limite de 200 milhas, foi acertada uma linha equidistante.

O documento, no entanto, não estabeleceu as coordenadas precisas, o que era pedido pelos dois países. A corte acredita que Lima e Santiago podem determinar os limites a partir de acordo. “A corte espera que as partes determinem estas coordenadas de acordo com a decisão e no espírito de boa vizinhança”.

A leitura da decisão pelo presidente do tribunal, Peter Tomka, durou duas horas. O documento analisou ponto a ponto as alegações apresentadas pelos dois países para sustentar suas causas. As autoridades de ambos os países reiteraram nos últimos dias que vão acatar a decisão da CIJ.

Como consequência dessa decisão, a atual fronteira foi rompida, mas não afetará os pescadores chilenos, principalmente os pequenos, cujo raio de atuação é de cerca de 40 milhas.

O representante do Chile na CIJ, Alberto Van Klaveren, lamentou a redução do paralelo a 80 milhas, mas assegurou que o país vai cumprir a decisão. “Lamentamos profundamente esta resolução que, em nossa opinião, carece de fundamento”, disse.

Já o representante do Peru, Allan Wagner, agradeceu a toda a equipe que participou do processo.

Folha

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Aventura no Peru: Surf de juiz do RN, em licença médica, pode ser investigada pelo TJRN

Ficou meio “embaraçoso” para o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte a divulgação da foto em que o juiz Guilherme Cortez, que tirou licença médica de 22 dias por “estresse”, aparece ao lado de primo em uma praia do Peru curtindo o Surf.

Segundo o secretário geral do TJRN, Wlademir Capistrano, não houve irregularidade na concessão da licença médica. O que resta agora é esperar pelo retorno do magistrado para que ele se justifique sobre o caso. A partir de então, será avaliada a possibilidade de abertura de sindicância.

Opinião dos leitores

  1. Não vejo problema, a licença medica eh psicológica… Acho um absurdo esse pre-julgamento, Se realmente o problema existir ele está em seu direito. Claro que é passível de investigação quanto a veracidade do atestado, mas por enquanto é ignorância acusarmos o indivíduo. Infelizmente assim a sociedade sempre o fez, ate o próprio cristo foi vitima de uma sociedade acusadora! Não conheço a pessoa, mas acho que não deveria falar o que não se sabe, so para denegrir a imagem do cidadão.

  2. Acho embaraçoso é pré-julgamento e ignorância . Acham mesmo que na ocorrência de stress , uma pessoa que passou por uma avaliação médica , sendo atestada a incapacidade para o trabalho temporária , deveria ficar reclusa em casa ?

  3. ISSO É UMA AFRONTA À SOCIEDADE. ENQUANTO ISSO, A POPULAÇÃO QUE INFELIZMENTE NECESSITA DE UMA DECISÃO DO JUDICIÁRIO FICA À MERCÊ DESSES DEUSES QUE ESTÃO "ESTRESSADOS" . ORA EXCELENCIA, QUEM NESSE MUNDO NÃO ESTÁ ESTRESSADO? E NÃO ADIANTA PROCURÁ-LOS PARA PEDIR CELERIDADE NOS PROCESSOS QUE ISSO É UM DESACATO. GENTE, O BRASIL NÃO É UM PAIS SÉRIO.

  4. A estória alterna entre o singelo despudor e a mais absoluta certeza de impunidade. Imaginando que o nível de estres desse senhor esteja elevado, e que numa técnica inovadora de combate a esse mal tenham lhe dito para praticar esportes aquáticos, alguém notou que moramos numa cidade litorânea e que surfar não é exatamente um esporte exótico por essas bandas?
    Esse tipo de fato mostra que a lentidão do Judiciária poderia ser reduzida se os processos fossem apresentados na praia e em cima de uma prancha. Deixar esse fato passar em brancas nuvens mostrará a índole daqueles a quem confiamos a solução de nossos problemas.

  5. Caro Bruno,

    Acredito que o nobre Juiz deverá prorrogar a sua licença ao chegar em Natal pois com certeza ele irá precisar descansar da longa viagem. Ai ele tira mais uns dias e tenta emendar com o recesso do judiciário ou seja mais ou menos dia 7 ou 8 de janeiro ele voltaria a trabalhar. Mas quem sabe ele não tenha umas férias acumuladas e resolve tirá-las ai emenda com o carnaval e a semana santa e volta mais ou menos no São João de 2014. Há lembrei que tem copa do mundo e ninguém é de ferro para não querer assistir. Doutor pensando bem é melhor não se estressar e só voltar a trabalhar em 2015 ou quem sabe cometer algum deslize maior e ser aposentado como punição com todas as vantagens.

    1. Caro Marcelo, parabéns, perfeita sua análise. kakakakakakakakakakakakak Alguém tem dúvida que termine em pizza??????????

    2. Ao povo , não Igor, os rigores da lei vai para os honestos e trabalhadores. Aos juízes, políticos, ricos e bandidos ….tudo…

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Navio de guerra peruano, em operação conjunta com a Marinha Brasileira, atraca pela 1ª vez no porto de Natal

A Fragata “Niterói”, o Navio-Tanque “Marajó” e o Navio Escola da Marinha Peruana “Villavisencio” atracaram no porto de Natal nesta quarta-feira (22). Os navios realizam, no período de 22 de maio a 3 de junho, a 2ª edição da operação naval binacional, denominada BRAPER e estarão abertos à visitação pública nos dias 25 e 26 de maio e 1º e 2 de junho, entre 13h e 16h, no porto de Natal. Estão envolvidos na Operação cerca de 600 militares, sendo 360 brasileiros e 240 peruanos. Essa é a primeira vez que um navio de guerra peruano atraca em Natal.

Entre os objetivos do exercício estão: adestrar os participantes no planejamento e execução de operações navais combinadas destinadas a conduzir e integrar operações de ataque, de esclarecimento, de apoio logístico móvel, além de ações de defesa aeroespacial dentro de um cenário de treinamento real; estabelecer meios de comunicações em proveito do apoio às operações; incrementar a interoperabilidade por meio de procedimentos táticos comuns; e implementar procedimentos de controle positivo dos exercícios, que facilitem o conhecimento da situação em tempo real, permitindo uma realimentação dinâmica dos aspectos positivos e a obtenção de lições aprendidas relevantes.

A Operação, que ocorre ao longo da costa nordestina brasileira, contará com a participação dos seguintes navios: Fragata “Niterói” (F40) e Navio-Tanque “Marajó” (G27), ambos da Marinha do Brasil e o B.A.P. “Villavisencio” (FM-52), da Marinha de Guerra do Peru. Haverá ainda a participação do Submarino “Tikuna” e de três aeronaves: um “Esquilo” (UH-12), helicóptero orgânico à Fragata “Niterói”, além de dois caças “Sky Hawk” da Marinha do Brasil, operando a partir de terra, baseados em Natal.

Entre os exercícios que serão realizados na Operação BRAPER 2013 destacam-se: operações aéreas, incluindo pouso a bordo de navio estrangeiro, manobras táticas, reabastecimento de óleo no mar, guerra antiaérea, guerra de superfície, exercícios de tiro diurno e noturno, entre outros.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Natal recebe navios da Marinha do Brasil e do Peru, que realizam operação conjunta

A Marinha do Brasil e a Marinha Peruana estão realizando, no período de 22 de maio a 3 de junho, a 2ª edição da operação naval binacional, denominada BRAPER. A Fragata “Niterói”, o Navio-Tanque “Marajó” e Navio Escola da Marinha Peruana “Villavisencio”, participantes da Operação,  atracam em Natal nesta quarta-feira (22), às 15 horas, e estarão abertos à visitação pública nos dias 25 e 26 de maio e 1º e 2 de junho, entre 13h e 16h, no porto de Natal. Estão envolvidos na Operação cerca de 600 militares, sendo 360 brasileiros e 240 peruanos.

Entre os objetivos do exercício estão: adestrar os participantes no planejamento e execução de operações navais combinadas destinadas a conduzir e integrar operações de ataque, de esclarecimento, de apoio logístico móvel, além de ações de defesa aeroespacial dentro de um cenário de treinamento real; estabelecer meios de comunicações em proveito do apoio às operações; incrementar a interoperabilidade por meio de procedimentos táticos comuns; e implementar procedimentos de controle positivo dos exercícios, que facilitem o conhecimento da situação em tempo real, permitindo uma realimentação dinâmica dos aspectos positivos e a obtenção de lições aprendidas relevantes.

A Operação, que ocorre ao longo da costa nordestina brasileira, contará com a participação dos seguintes navios: Fragata “Niterói” (F40) e Navio-Tanque “Marajó” (G27), ambos da Marinha do Brasil e o B.A.P. “Villavisencio” (FM-52), da Marinha de Guerra do Peru. Haverá ainda a participação do Submarino “Tikuna” e de três aeronaves: um “Esquilo” (UH-12), helicóptero orgânico à Fragata “Niterói”, além de dois caças “Sky Hawk” da Marinha do Brasil, operando a partir de terra, baseados em Natal.

Entre os exercícios que serão realizados na Operação BRAPER 2013 destacam-se: operações aéreas, incluindo pouso a bordo de navio estrangeiro, manobras táticas, reabastecimento de óleo no mar, guerra antiaérea, guerra de superfície, exercícios de tiro diurno e noturno, entre outros.

O Comandante do 1º Esquadrão de Escolta, Capitão-de-Mar-e-Guerra Marco Lucio Malschitzky, exercerá a função de Comandante da Força-Tarefa 51 (CFT), embarcado na Fragata “Niterói”, cujo Comandante é o Capitão-de-Fragata Daniel Américo Rosa Menezes. O Navio-Tanque “Marajó”, que proverá o apoio logístico móvel, o Submarino “Tikuna” e o B.A.P. “Villavisencio”, da MGP, são respectivamente comandados pelos Capitão-de-Fragata José Eduardo Vieira Carneiro, Capitão-de-Fragata Alexandre Madureira de Souza e Capitão-de-Mar-e-Guerra Juan Carlos Romaní Seminario, que também será o Comandante do Grupo-Tarefa Peruano.

A Fragata peruana “Villavisencio” zarpou de Callao, no Peru, em 22 de abril, realizando escalas em Guaiaquil no Equador, passando pelo Canal do Panamá, La Guaira na Venezuela e Fortaleza no Brasil, antes de chegar a Natal em 22 de maio. Em seu regresso, passará por Belém, Cartagena na Colômbia, regressando ao seu país em 28 de junho. Aquele navio, além de realizar a BRAPER 2013 estará realizando a Viagem de Instrução ao Estrangeiro (VIEX 2013), contando com cerca de 80 cadetes do 5º e último ano da “Escuela Naval del Perú”, sendo um panamenho, além de 2 cadetes do Exército e 3 da Força Aérea daquele país.

Ao término da Operação, a Fragata “Niterói” permanecerá na área de jurisdição do Comando do 3º Distrito Naval com a finalidade de apoiar, na área de Recife, durante a Copa das Confederações. O Navio-Tanque “Marajó” iniciará seu retorno ao Rio de Janeiro, perfazendo cerca de 1 mês de afastamento do porto sede localizado na cidade do Rio de Janeiro.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Turismo

Atrativos do RN são apresentados na 12ª Goal to Brasil

Com a presença do Embaixador do Brasil no Peru, Carlos Alfredo Lazary Teixeira, foi realizada a 12ª Edição do Goal To Brasil na cidade de Lima (Peru), nessa segunda-feira (29). “O evento é uma excelente oportunidade às cidades-sede da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 promoverem suas atrações turísticas em mercados prioritários pelo mundo”, destacou Alexandre Mulatinho, diretor vice-presidente da Empresa Potiguar de Promoção Turística (Emprotur), que participa do evento representando a cidade-sede Natal.

Nos expedientes da manhã e da tarde, perto de 250 jornalistas e operadores de turismo peruanos receberam diversos roteiros turísticos oferecidos ao público, que virá ao Brasil em virtude do Mundial e da Copa das Confederações. De acordo com os números levantados pela Embratur, e baseado nos dados do Ministério do Turismo, divulgados na última semana, 990 mil peruanos viajaram pela América Latina, em 2012. Do total, 10% desses turistas (92 mil), vieram ao Brasil.

“O Peru é, sem dúvida, um país que (mais…)

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Brasileiro é resgatado no Peru; outro continua desaparecido

Foi encontrado com vida, no último sábado, o brasileiro Claudinei Monteiro, 27, que estava desaparecido desde a quinta-feira (10).

Segundo informações da imprensa peruana, Claudinei foi encontrado em uma fenda de 300 metros de profundidade na montanha Churup, no parque nacional de Huascarán, na província peruana de Huaraz.

O brasileiro apresentava lesões pelo corpo e foi levado para um hospital de Huaraz.

O Itamaraty confirmou a informação sobre o resgate e afirmou que a família está sendo contatada.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Humor

Prefeito peruano diz que água contaminada provoca homossexualidade

Deu na Época

José Benitez Pantoja (foto), prefeito de Huarmey, cidade na costa do Peru, entrou no radar das entidades que lutam para que os homossexuais sejam respeitados. E não sem razão. Nesta semana, ao falar sobre a contaminação da água da cidade por estrôncio, ele proferiu a seguinte pérola: “O estrôncio lamentavelmente reduz os níveis de hormônios masculinos e de repente vamos ficar como Tabalosos ou outras cidades onde estão crescendo os níveis de homossexualidade”.

Em sua frase, Pantoja deu vazão a um boato bizarro que surgiu em 2000 graças a uma reportagem de TV, segundo a qual 14 mil homens em Tabalosos (fonte da água de Huarmey) se tornaram gays por conta da contaminação da água. Diante da polêmica, Pantoja tentou se defender. Em entrevista à TV América, do Peru, negou que seja homofóbico e quis explicar o que dizia:

Opinião dos leitores

  1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Se isso acontecesse aqui em Natal, não escapava um, pq a água daki é contaminada que é uma beleza por nitrato

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Descoberto plano para matar Justin Bieber em show

Está na capa do Jornal Meia Hora Online,

Justin Bieber que se cuide. Enquanto as fãs brasileiras acampam no Engenhão para ver o astro da garotada, os peruanos estão montando planos para matar o cantor canadense, que se apresenta hoje e amanhã no Rio. Na manhã da última segunda-feira, um grupo criou uma página no Facebook chamada “Matar Justin Bieber em 17 de outubro no Estádio Nacional”. Mais de 800 pessoas já curtiram a página na rede de relacionamentos.

Os criadores da página no Facebook ainda sugerem que alguém suba ao palco e dê um empurrão no cantor. Eles também dizem que contarão com espectadores nas primeiras fila da plateia portando garrafas de água e ovos. “Justin Bieber, não venha ao Peru. Você vai passar a maior vergonha da sua vida. É sério”, escreveram.

A atitude dos peruanos provocou uma reação dos fãs do cantor no mundo todo, que criaram no Twitter a hashtag #BiebsStayOutOfPeru (Bieb, fique longe do Peru), pedindo para que o cantor não se apresente no país.

Cantor já está no Rio

Justin Bieber chegou ao Rio na última segunda-feira. O cantor viajou em um avião fretado e se irritou por ter de passar pela imigração. Ele fez cara feia e cobriu o rosto depois que ultrapassou a cabine da Polícia Federal. A atitude do jovem fez com que ele chegasse a ser vaiado pelas pessoas que estavam no aeroporto.

Namorada do astro, Selena Gomez também está na cidade. A cantora e atriz chegou meia hora antes de Bieber e estava sem o visto para entrar no País. Ela, no entanto, conseguiu o que se chama de desembarque condicional, concedido pela Polícia Federal de Brasília, com prazo de até oito dias, tudo dentro da lei.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Macumbeiro só tinha mil crânios para fazer despacho

Estadão:

LIMA – A polícia peruana apreendeu na segunda-feira, 1, 180 crânios humanos que estavam em poder de um curandeiro que foi detido no centro de Lima.

A Polícia Nacional informou que as caveiras serviam para sessões de espiritismo e magia e eram comercializadas pelo curandeiro, Augusto Cisneros Quispecondori, de 31 anos de idade.

Quispecondori foi detido, e a polícia informou que investiga a procedência dos crânios e que confiscou produtos “sem licença sanitária” para sua venda, como pós supostamente mágicos que eram comercializados pelo curandeiro.

No local onde se encontraram os crânios havia um altar no qual eram realizados estranhos rituais.

Opinião dos leitores

  1. concordo diego matéria preconceituosa a sua, esses crânios não tem nada haver com a religião de matriz africana!!!
    VAMOS APRENDER A RESPEITAR AS RELIGIÕES!!

  2. Quanto preconceito em uma só matéria… Primeiro pelo título, "macumba" é um termo que se refere a religiões afros e afros-brasileiras, logo se o cara é um "curandeiro" peruano.

    Depois em "seções de espiritimos", espiritimo outra Doutrina que nada tem haver com cranios, despachos, trabalhos, magia ou coisa parecida…

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *