Em um ano, aumenta em R$ 4,7 bilhões a soma de todos os salários do país

Foto: Ilustrativa

A massa de salários em circulação na economia cresceu em R$ 4,764 bilhões no período de um ano, para R$ 217,399 bilhões, uma alta de 2,2% no trimestre encerrado em janeiro de 2020 em relação ao mesmo período de 2019. Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Na comparação com o trimestre terminado em outubro de 2019, a massa de renda real subiu 0,7%, com R$ 1,549 bilhões a mais.

O rendimento médio dos trabalhadores ocupados teve alta de 0,5% na comparação com o trimestre até outubro, R$ 11 a mais.

Em relação ao trimestre encerrado em janeiro do ano passado, a renda média ficou estável (0,0%) em R$ 2.361.

Estadão

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Emmanoel do Nascimento Costa disse:

    Se nós tivesse acesso ao voto desses críticos seria hilariante. FALAM mas votam em cada um.

  2. Ceará-Mundão disse:

    Dá-lhe, Bolsonaro! Kkkkkkkkkk

  3. Djalma disse:

    Diziam que a reforma trabalhista ia destruir os empregos e salários, esta turma da esquerda não dá uma dentro…. sim…maduro o ditador maluquinho tá dizendo que o corona vírus é uma criação imperialista para destruir a china… interessante raciocínio… digno das esquerdas brasileira.

  4. Jailson disse:

    Isso é só o reajuste astronômico dos milicos e o aumento de seus regalias em detrimento da população civil

    • Ceará-Mundão disse:

      Rapaz, esse esquerdopata aqui superou seus "cumpanhero" no quesito asneira. Em homenagem ao recém terminado carnaval, NOTA 10! KKKKKKKKK

    • Petra disse:

      Kkkk…falou tudo… só os milicos ganharam aumento…

COMENTE AQUI