Saúde

Estudo indica 3ª dose para pessoas acima de 55 anos que tomaram Coronavac

A imunogenicidade, ou a capacidade do organismo gerar resposta imune, é menor em homens e em pessoas com mais de 55 anos que receberam as duas doses da vacina Coronavac em comparação com recuperados da Covid-19, revela uma pesquisa conjunta do InCor (Instituto do Coração) e da USP.

O estudo, que tem entre os autores o médico imunologista Jorge Kalil (do InCor), foi divulgado na forma de pré-print (sem avaliação de pares), indica ainda que 95% dos participantes vacinados com o imunizante produziram algum tipo de resposta imune contra o coronavírus Sars-CoV-2, frente a 99% dos chamados convalescentes (ou recuperados).

Uma resposta protetora completa, formada tanto por anticorpos como por células de defesa, esteve presente em 7 em cada 10 dos recuperados, mas em apenas 59% dos vacinados.

Participaram do estudo também pesquisadores da Faculdade de Medicina da USP, do Instituto de Ciências Biomédicas da USP, do Instituto Israelita Albert Einstein de Ensino e Pesquisa, da Plataforma Científica Pasteur-USP, da Universidade Federal de São Paulo e do Instituto de Investigação em Imunologia (iii/INCT).

Para avaliar os anticorpos específicos contra o Sars-CoV-2, os cientistas testaram a presença de anticorpos anti-Sars-CoV-2 no soro sanguíneo de vacinados (101 amostras), recuperados (72 amostras) e compararam a um grupo controle (não vacinados e nem infectados; 36 amostras).

A taxa de anticorpos anti-spike (proteína S ou espícula do vírus, usada para entrar nas células) no sangue dos convalescentes era de 1,5 a 2 vezes maior do que a encontrada nas amostras dos vacinados. Essa diferença aumentava em pessoas vacinadas com mais de 55 anos —nestes foi seis vezes menor que a observada após uma infecção natural para o mesmo grupo.

Já a taxa de anticorpos anti-RBD (região de domínio de ligação, também usada pelo vírus para invadir as células) era maior nos vacinados. Não houve diferença em relação aos anticorpos anti-NP (nucleocapsídeo, a proteína que envolve o material genético do vírus).

A quantidade de células de defesa do tipo linfócitos T, por outro lado, foi maior nos recuperados do que nos vacinados.

Comparando os dois grupos de idade, abaixo de 55 anos e com 55 anos ou mais, foram observadas diferenças também entre os gêneros. Enquanto as mulheres com mais de 55 anos apresentaram resposta humoral (de anticorpos) e celular em 60% das amostras analisadas, esse número caía para 28% no caso dos homens.

Os homens também foram os que apresentaram a menor resposta humoral sozinha, com apenas 31% das amostras com anticorpos anti-Sars-CoV-2. A resposta celular na ausência de anticorpos na mesma faixa etária foi maior para homens (17%), e observada em apenas 3% das mulheres.

É importante destacar, porém, que a amostra é pequena (101 vacinados, dos quais 42 têm mais de 55 anos) e que, mesmo com uma resposta imune comparativamente mais baixa nos indivíduos mais velhos do que a observada pós-infecção natural, a maioria dos participantes manifestou algum tipo de defesa pós-vacina (94% para as mulheres e 83% nos homens com 55 anos ou mais).

Para Kalil, é possível que as pessoas nesta faixa etária que já receberam as duas doses da Coronavac no início do ano estejam correndo hoje um risco maior de ter doença grave, especialmente frente a novas variantes, como a delta.

A Coronavac, desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac e produzida, no Brasil, pelo Instituto Butantan, é formulada a partir de vírus inativado. Ela foi a principal estratégia de imunização no país nos primeiros meses da campanha nacional de vacinação. Assim, a maioria dos profissionais da linha de frente e dos indivíduos com mais de 65 anos no país recebeu a Coronavac.

O imunologista destaca que as respostas imunológicas dos vacinados com Coronavac foram menores que as dos convalescentes, mas também menores que a dos indivíduos mais jovens que receberam o mesmo fármaco.

Procurado, o Instituto Butantan respondeu ao estudo afirmando que é sabido que “a resposta imune de defesa no organismo diminui com o avanço da idade, sendo observado que qualquer vacina gera uma resposta imune menor em pessoas mais idosas”.

Segundo a nota do instituto, “isso não quer dizer que os mais velhos não estejam protegidos contra a doença, mas sim, que o organismo responde menos a um antígeno novo, uma característica que não se relaciona à vacina em si, mas aos processos naturais do sistema imunológico”.

Outras vacinas contra a Covid-19 desenvolvidas até agora tiveram em geral uma resposta celular elevada, como ocorreu com as vacinas de mRNA (Pfizer/BioNTech e Moderna), e taxas de anticorpos neutralizantes semelhantes em pessoas abaixo e acima de 55 anos (AstraZeneca).

Os autores concluem que uma dose de reforço heteróloga, isto é, de outro fabricante, pode beneficiar aquelas pessoas com 55 anos ou mais que receberam as duas doses da Coronavac, aumentando a resposta imune.

O estudo é o primeiro a calcular a imunogenicidade conferida pela Coronavac em pessoas dessa faixa etária. Durante a pesquisa de fase 3 da vacina conduzida no Brasil, apenas 5% dos 12.396 volutários tinham 60 anos ou mais e metade deles recebeu placebo.

Quando concedeu autorização de uso emergencial ao imunizante, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) solicitou ao Butantan dados adicionais de imunogenicidade nesse grupo, fixando um prazo de 30 dias (até 28 de fevereiro).

O instituto, porém, solicitou extensão do prazo até 30 de abril, quando entregou os dados. A última reunião entre Butantan e Anvisa para discutir os dados de imunogenicidade foi em 27 de julho e não há data definida para a apresentação dos resultados.

Na última semana, a Sinovac divulgou dois estudos que mostram queda da taxa de anticorpos após seis meses tanto em pessoas abaixo de 60 anos como em indivíduos mais velhos. Os mesmos estudos avaliaram a segurança e imunogenicidade uma terceira dose da Coronavac, o que aumenta em até sete vezes a quantidade de anticorpos no sangue.

Folha de São Paulo

 

Opinião dos leitores

  1. Mais uma fake deste instituto político Butantan, dizendo que aumenta em até sete (conta de mentiroso) a quantidade de anticorpos, e ainda tem idiota que acredita neste placebo do calça cravada.

  2. Queria respostas para apenas 2 perguntas: pq mesmo vacinados com as 2 doses ainda são obrigados a usar máscaras? E pq na Turquia já se estuda a 4a dose da Coronavac? Sim, vc leu correto, 4a (quarta) dose. E para quem não sabe: estudos.publicados mostram que infectados tem 6,72x mais anticorpos que vacinados.

  3. Eita! Tem que ter cuidado com o excesso de açúcar no sangue, afinal garapa na veia faz mal e causa diabetes.

  4. Os bichos de chifres são incapazes de ligarem dois neurônios. Deveriam ir para o afeganistão, lá não tem vacina, não tem supremo, não tem voto eletrônico e ainda possui milicianos armados nas ruas.

  5. Vamos aos fatos, Manoel F:
    Qual a razão de haver necessidade da terceira dose? Surgiu do nada? O que houve?
    Você sabe quantas pessoas já morreram depois de ter tomado a segunda dose da coronavac, a conhecida coronaesquerda? Pode informar quantas?
    Se você sabe ler, veja que a ANVISA aprovou a coronavac por PRESSÃO DA ESQUERDA, liderada por Dória, já que foi a primeira a ser vendida, MESMO SEM A DEVIDA COMPROVAÇÃO CIENTÍFICA.
    A coronavac só apresentou 49% de eficácia e a ESQUERDA foi a mídia e jornais exigir a aprovação e a compra. Entendeu? Sua irresponsabilidade ideológica beira a insanidade.
    Depois vão continuar morrendo e virá a necessidade da quarta dose da coronadoria…

    1. Vc só esqueceu algumas coisas: o próprio governo federal por meio do ministério da saúde está esperando estudos da Oxford sobre a terceira dose. Em Israel já estão dando a terceira dose da Pfizer. Então se há vacinas “fracas”, certamente não seria somente um problema da coronavac … Sobre o teste de campo das vacinas, sugiro vc ler mais sobre como foi feita . Uma coisa que eu sei foi que a coronavac foi testada somente em profissionais de saúde da linha de frente enquanto que outras vacinas usaram critérios e público alvo diferentes, que muitas vezes variam de país pra país. Não estou aqui defendendo vacina a, b ou C, mas dizer que não tem efeito algum eh muita irresponsabilidade ainda mais sem levar em consideração tudo que citei acima…

    2. Entre todas as vacinas disponibilizadas no Brasil, a coronavac é a que tem o índice de proteção mais baixo, em média 15% menos que a segunda que oferece menos proteção. Isso é fato!
      O que tem de médico pegando covid e alguns chegando a óbito, depois das duas doses da coronavac não deveria ser ignorado pela mídia. Essa fumaça de falar que as demais vão ser necessária mais doses, é desvio de foco para encobrir a ineficácia da vacina chinesa, que até hoje não tem a devida comprovação científica.

  6. Vão acabar recomendando uma dose MENSAL. Esse placebo, que não é aceito nos EUA e na Europa, está se prestando ao enriquecimento de muitos, inclusive do governador de SP, que virou representante comercial da China. Prefiro tomar um chá de eucalipto com alho e limão ou uma dose de cana com limão e mel de abelha. Deixa essa prá esquerdalha.

    1. Começou cedo as postagens de mentiras e negacionismo irresponsável … A vacina foi aprovada pela Anvisa como todas as demais que estão sendo usadas no país . A covaxin que o governo do MINTOmaníaco das rachadinhas queria comprar a base de muita propina sequer foi aprovada pela Anvisa sabia? E o presidente inepto sabe tanto da merda que o governo dele fez que decretou sigilo de 100 anos no contrato…

    2. Como Cabul esse doidinho não sabe fazer outra coisa, o dia todo se completando no celular, não cogite nada impossível.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Sobe para 21 número de mortos em ação policial no Rio de Janeiro

Imagem: reprodução/UOL

Subiu para 21 o número de mortos em uma operação conjunta entre Bope (Batalhão de Operações Especiais) e PRF (Polícia Rodoviária Federal), na manhã de hoje, na Vila Cruzeiro, no Complexo da Penha (zona norte do Rio). Ao menos sete pessoas ficaram feridas, entre elas um policial civil, que foi baleado no rosto — ele participava da perícia em um dos locais.

A informação sobre o número de mortos e feridos está sendo passada pela assessoria de imprensa do Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha, para onde eles estão sendo levados. Segundo a unidade, 20 pessoas morreram. A 21º morte é uma moradora da região identificada como Gabriela atingida por uma bala perdida, segundo informou a PM. O corpo dela não foi levado ao hospital.

Após uma madrugada tensa, a Vila Cruzeiro registrou novamente tiroteio no final da manhã de hoje e na metade da tarde. Ao meio-dia, a reportagem esteve perto de uma das entradas da comunidade e constatou que o tiroteio havia recomeçado. Era possível ouvir rajadas de diferentes calibres. Reforços do Batalhão de Choque se deslocaram para a área. Por volta das 16h, houve novo tiroteio, que durou não mais de cinco minutos.

O policial civil baleado, identificado como Sérgio Silva do Rosário, deu entrada no Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha, e foi levado por uma viatura da PRF. Segundo a unidade de saúde, ele teria sido atingido no nariz, mas chegou lúcido ao chegar ao hospital. Ele passaria por cirurgia para retirar a bala, que ficou alojada.

O chefe da Delegacia de Homicídios, delegado Alexandre Herdy, afirmou que a equipe que fazia a perícia foi encurralada por traficantes. O UOL apurou que os policiais civis tiveram que abandonar uma viatura no local do confronto.

Foto: Marcos Porto/O Dia

“Ao chegar lá as equipes foram encurraladas e surpreendidas por disparos vindos da mata, do alto do morro. Não houve possibilidade de reação. Eles ficaram cercados durante um tempo, mas conseguiram aos poucos retrair e socorrer o colega”.

Por conta do tiroteio, a perícia de local foi suspensa. A DH pediu reforços para tentar completar o trabalho.

Moradora está entre mortas em operação
Inicialmente, a Polícia Militar e o Hospital Estadual Getúlio Vargas informaram que 11 pessoas morreram durante a ação policial. Porém, ao longo da tarde, o número foi atualizado para 21. O número de feridos também foi revisado para sete.

Pela manhã, quando o número de mortos era de 11 mortos, a PM disse que entre as vítimas mortas na operação estava uma moradora do Complexo da Penha e outras dez pessoas que seriam suspeitas de atividade criminosa, mas não tiveram a identidade revelada.

Houve apreensão de sete fuzis e quatro pistolas na operação. O Ministério Público disse que a ação policial foi autorizada após movimentação de criminosos do CV (Comando Vermelho) da Vila Cruzeiro para a Rocinha. Já a Defensoria Pública criticou a operação que “jamais seria tolerada em bairros nobres” do Rio. Já o MPF (Ministério Público Federal) anunciou a abertura de procedimento investigatório para condutas e possíveis violações cometidas por policiais de forma individual.

Segundo a PM, a moradora — no momento identificada apenas como Gabriela — foi atingida enquanto as equipes do Bope e da PRF estavam se preparando para iniciar a incursão. De acordo com a corporação, “criminosos começaram a fazer disparos de arma de fogo na parte alta da comunidade”.

A mulher morreu na região da Chatuba, uma comunidade fora da área de atuação das forças de segurança, afirmou a Polícia Militar. Os tiros na região da Penha começaram por volta de 4h20 — moradores relatam momentos de terror durante a ação policial.

UOL

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Com relatório de Zenaide, Comissão aprova taxação de refrigerantes e bebidas açucaradas

A Comissão de Assuntos Sociais aprovou o relatório da senadora Zenaide Maia (PROS – RN), favorável ao PL 2.183/2019, que cria a Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) sobre refrigerantes e bebidas açucaradas. O dinheiro arrecadado com a nova taxa será destinado ao Fundo Nacional de Saúde, para financiar ações e serviços do SUS. Em seu parecer, a relatora sublinha que a ingestão de bebidas e alimentos de alto teor calórico e baixo valor nutricional está relacionada a “índices praticamente epidêmicos de sobrepeso e de obesidade” no Brasil, inclusive entre crianças e adolescentes, o que obriga o poder público a adotar medidas para proteger a saúde da população.

Zenaide comemorou, em suas redes sociais, a aprovação do PL: “Vitória da saúde coletiva! Como médica, sinto o dever de estar na luta contra a obesidade infantil, diabetes, cardiopatias e outras doenças provocadas pela ingestão de alimentos hipercalóricos e de baixo valor nutritivo! Espero que o projeto seja aprovado também na Comissão de Assuntos Econômicos e na Câmara dos Deputados, fazendo história e dando um exemplo de que, para o parlamento, a saúde coletiva é prioridade!”

De acordo com o PL 2.183/19, de autoria do senador Rogério Carvalho (PT – SE), a Cide-Refrigerantes deverá ser paga por produtores e importadores desses produtos (exportadores, portanto, estariam livres da taxação). O PL segue para análise da Comissão de Assuntos Econômicos, que tem decisão terminativa sobre a proposta – ou seja, se aprovada naquele colegiado, ela poderá seguir direto para a Câmara dos Deputados, sem necessidade de votação no plenário do Senado.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Erro da justiça: Homem condenado a oito anos por estupro de vulnerável é inocentado no RN

Foto: Ilustrativa

A Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Norte (DPE/RN) conseguiu revisar a pena concedida a um indivíduo condenado erroneamente pela justiça a oito anos e seis meses de reclusão. O homem havia sido denunciado pelo crime de estupro de vulnerável e teve a condenação expedida sem a presença do laudo pericial. Exames laboratoriais comprovaram a inocência. A decisão determina indenização pelos danos causados pelo erro judiciário.

O cidadão foi acusado, no ano de 2014, de ter cometido o crime de estupro qualificado mediante grave ameaça contra uma menor de idade. Na época, o processo foi sentenciado antes que o laudo pericial de DNA fosse apresentado. Somente em 2021, quatro anos após o trânsito em julgado, o exame de análise de compatibilidade genética foi anexado ao processo e comprovou que o material genético encontrado na vítima não pertencia ao até então condenado.

O réu no processo chegou a cumprir quatro anos e seis meses da pena na Penitenciária Estadual Mario Negócio, em Mossoró. Diante da presença do laudo atestando a inocência do homem preso, a Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Norte, através do Núcleo de Mossoró, apresentou pedido de revisão criminal e conseguiu absolver o acusado por ausência de provas.

Diante do tempo de pena cumprido irregularmente, a DPE/RN pediu indenização pelos danos causados em decorrência da injusta condenação. O pedido foi atendido pelo juiz que determinou a Vara Cível o cálculo do valor devido pelo erro judiciário.

96 FM

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

PEC quer cobrar mensalidade em universidade pública; entenda o que mudaria com fim da gratuidade

Foto: Cícero Oliveira

A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 206/2019 propõe cobrar mensalidade em universidades públicas. A ideia é que as instituições usem os recursos captados para dívidas de custeio, como água e luz, e que a gratuidade seja mantida para alunos que não tenham condições socioeconômicas de arcar com os custos. O valor mensal seria definido pelo Ministério da Educação (MEC). A PEC está na pauta da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ), da Câmara dos Deputados, desta terça-feira, 24.

O CCJ precisa avaliar a admissibilidade da proposta. Ou seja, se a PEC não viola as cláusulas pétreas da Constituição. Caso seja admitida, tem mérito analisado por uma comissão especial, que pode alterar a proposta original – com prazo de 40 sessões para votação. Só então ela vai ao plenário da Casa Legislativa. Por ser uma PEC, a aprovação depende dos votos favoráveis de 3/5 dos deputados (308), em dois turnos.

Autor da proposta, o deputado federal General Peternelli (União Brasil -SP) justifica a mudança no artigo 206 da Constituição com base no relatório Um ajuste justo – propostas para aumentar eficiência e equidade do gasto público no Brasil, elaborado pelo Banco Mundial em 2017. O estudo da entidade diz que o gasto brasileiro com estudantes do ensino superior público é “muito superior” ao de países como a Espanha e a Itália, por exemplo.

Peternelli, que está entre os apoiadores do presidente Jair Bolsonaro, escreveu que a “maioria dos estudantes dessas universidades acaba sendo oriunda de escolas particulares e poderiam pagar a mensalidade”. “Não seria correto que toda a sociedade financie o estudo de jovens de classes mais altas.” A PEC é relatada pelo deputado Kim Kataguiri (União Brasil-SP).

“A gratuidade generalizada, que não considera a renda, gera distorções gravíssimas, fazendo com que os estudantes ricos – que obviamente tiveram uma formação mais sólida na educação básica – ocupem as vagas disponíveis no vestibular em detrimento da população mais carente, justamente a que mais precisa da formação superior, para mudar sua história de vida”, continua a justificativa.

Nesta segunda-feira, 23, o Estadão mostrou que os Institutos Villas Bôas, Sagres e Federalista apresentaram o seu Projeto de Nação, O Brasil em 2035. O odocumento, dentre outros pontos, prevê que a classe média deve pagar mensalidades nas universidades públicas

Na última década, a implementação das cotas socioeconômicas e raciais levou para as universidades alunos de perfil socioeconômico mais vulnerável. Pesquisa da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), de 2018, indica que 70,2% dos alunos estão na faixa de renda mensal familiar per capita de 1,5 salário mínimo. Alunos que cursaram ensino médio em escolas públicas foram maioria absoluta (64,7%) – os que cursaram em particulares representaram 35,3%.

Nas redes sociais, entidades como a União Nacional dos Estudantes (UNE) e Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG) criticaram a proposta. “Nós não vamos pagar nada! Uma educação pública, gratuita e de qualidade é direito assegurado pela nossa Constituição!”, escreveu a UNE nas redes sociais.

Tribuna do Norte

Opinião dos leitores

  1. Olhem aí o que os idiotas da direita defendem enquanto lula da gratuidade a educação superior a direita idiota tenta acaba com que foi conquistado eu faço um desafio o que esse governo genocida fez até Gora pela educação brasileira aliás pelo jovem brasileiro quero que o rebanho repense e coloqu a cabeça na consciência tá aí o aviso direita nunca mais viu falei!!!

  2. Tem que cobrar. Não é justo a sociedade financiar cursos universitários, alguns caríssimos, para filhos de pessoas abastadas. Aliás, as universidades têm que ser mais rígidas quanto a admissão de novos alunos, ou seja, a entrada deve ser por mérito intelectual, jamais por critério étnico.

  3. A boiada imunda não consegue entrar numa UF nem nos IFs, tudo tapado..
    A única fonte de informação da corja é o ZapPatriota.. tá ruim esse povo pra viver

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Governo do RN cancela pagamento de diária para Fátima ir a SP no dia do casamento de Lula

Foto: Ricardo Stuckert 

O governo do Rio Grande do Norte anunciou nesta terça-feira (24) que a governadora Fátima Bezerra (PT) não receberá pagamento pelas diárias solicitadas para ir a São Paulo entre os dias 17 e 19 de maio. A liberação do dinheiro foi brecada pelo secretário-chefe do Gabinete Civil, Raimundo Alves Júnior, que não autorizou o pagamento.

A governadora havia solicitado diárias para se deslocar a São Paulo neste período para participar de uma agenda oficial na capital paulista, mas também do casamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) com a socióloga Rosângela Silva, a Janja.

Saiba mais: Fátima também se encontrou com Lula em outras viagens oficiais pagas pelo Governo do RN

De acordo com o Portal da Transparência do governo do Estado, a petista solicitou R$ 1.643,61. Por regra, as diárias só podem ser pagas aos agentes públicos em caso de deslocamentos oficiais a serviço do governo do Estado. O pagamento não é permitido para lazer ou eventos sociais. Um decreto assinado pela própria governadora em janeiro de 2020 regulamentou essa regra.

O governo do Estado justificou que a governadora havia solicitado recursos públicos para a viagem porque teve um compromisso oficial em São Paulo que estava marcado há bastante tempo. Fátima teve uma reunião com o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Josué Gomes.

O governo decidiu cancelar o pagamento em função do desgaste provocado e para dirimir dúvidas sobre possível má utilização do dinheiro.

98 FM

Opinião dos leitores

  1. E os cinco milhões dos respiradores quando volta pros cofres públicos???
    Vergonha essa guvernadora.
    Corrupta e genocida.

  2. Sinceramente, não sei o que é pior, ter pedido ou cancelar o pagamento, os dois ficam feios, vai desgastar do mesmo jeito.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

FINAL FELIZ: Dono do papagaio desaparecido encontra o animal

Foto: Cedida

Esta foi uma semana difícil para Judson Costa, dono do papagaio-cinzento que havia desaparecido desde o último domingo. Ainda bem que a história teve um desfecho feliz: Chupeta, como o animal é chamado, voltou para o seu lar.

Judson ficou muito satisfeito e feliz por ter seu animal de volta. Ele havia oferecido R$ 5 mil de recompensa para quem o encontrasse.

A espécie, também conhecida como papagaio do Congo, possui uma exuberante plumagem cinza com a cauda avermelhada e é conhecido pela inteligência. Uma das principais características é a fala.

Entenda: Dono de papagaio na Grande Natal oferece R$ 5 mil de recompensa para quem encontrar animal

Opinião dos leitores

  1. Se fosse um direitopata eleitor do jumento bozoloide, teria feito uma canja e ainda vendia ao dono do bicho.
    Afinal, todo mundo vai morrer um dia né?

  2. Ainda bem que foi uma pessoa de direita que encontrou, se fosse um esquerdopata não entregava .

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Com tumulto e tiros, velório de suspeito de tráfico acaba em confusão e prisões; entenda

Foto: Reprodução

Um velório terminou em tiros e tumulto durante a tarde de domingo 22 em São Bento, cidade da Paraíba está localizada na divisa com o Rio Grande do Norte. A cerimônia foi realizada para sepultar Alberto de Oliveira Dantas, um homem foragido e suspeito de integrar uma organização envolvida com o tráfico de drogas.

Após ser encontrado e atirar contra a polícia, Alberto iniciou uma troca de tiros com a PM e foi atingido. Ele ainda foi socorrido, mas não resistiu e morreu no sábado 21.

No domingo 22, o cortejo e o velório recebeu a participação de dezenas de pessoas. Após a polícia receber a informação que havia pessoas armadas no local, as forças de segurança foram até o local e abordaram os homens armados, que atiraram.

A troca de tiros causou correria e um tumulto em massa das pessoas no local. No fim, o caixão, sozinho, estava na igreja. Após o confronto com a polícia, o pai e o irmão do suspeito morto foram presos.

Agora RN

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comportamento

Lula diz que Bolsonaro tem ‘rabo preso’ para mudar política de preços da Petrobras

Foto: Ricardo Stuckert

O ex-presidente Lula afirmou nesta terça-feira (24) que o presidente Jair Bolsonaro tem “rabo preso” e que precisa ter “coragem” para mudar a política de preços da Petrobras. Lula deu a declaração um dia depois de Bolsonaro fazer nova troca no comando da Petrobras.

Após 40 dias no cargo, José Mauro Ferreira Coelho foi demitido e, para o lugar dele, foi indicado Caio Mário Paes de Andrade, atual secretário de Desburocratização do Ministério da Economia.

“O Bolsonaro precisa parar de falar bobagem, precisa parar de ficar dizendo que tem vontade de dar murro na mesa. Não é trocando o presidente [da Petrobras], não. Se a Petrobras é tão importante, assuma ele a presidência da Petrobras. O que ele tem que ter é coragem. Porque, na verdade, o que ele tem é o rabo preso aos preços internacionais”, disse Lula em entrevista à Rádio Mais Brasil News.

“Ele [Bolsonaro] pode fazer uma reunião com o Conselho Nacional de Política Energética, trazer a Petrobras para a mesa. Traga o conselho da Petrobras e decida que o preço não será dolarizado, que nós não vamos pagar o preço internacional”, completou Lula.

G1

 

Opinião dos leitores

  1. KKKKKKKKKKKK
    KKKKKKKKK.
    PENSE NA PESSOA CERTA PRA FALAR DE PETROBRAS.
    ESSE AÍ ENTENDE!!!!
    DE PETROBRAS E DE PETROLÃO.
    KKKKKKKKKKKKKKKKKK
    KKKKKKKKKKKKKKK
    KKKKKKKKKKK
    KKKKKKKKK…
    RIDÍCULO!!!!
    CARA DE PAU ESSE SAFADO.
    PENSE NUMA ALMA SEBOSA DESSE CADÁVER AMBULANTE.
    VOLTA PEA CADEIA CONDENADO.
    VAGABUNDO!!!!!!!!
    KKKKKKK.

  2. Tem uns “companheiros da esquerda que iscrevinham aqui, que vão ficar mais doidos e moídos com a vitória do MITO, vai faltar buraco, o pilantra só da festa para os íntimos e a “casinha” de R$ 20.000,00 de aluguel, nem os amigos de cerveja vão penetrar.

    1. Fale da mansão que o 01 comprou em BSB por 6 R$ milhões e pare de falar 💩 gado magro

  3. “Pode cavucar que por trás de todo ESQUERDISTA há alguém sem valores éticos sólidos, que colocam a esperteza e a malandragem acima de princípios DIGNOSCE e CARÁTER”.
    VERDADE PURA

  4. Ome…. não tem mais o que se falar, esse calhorda se supera na safadeza a cada dia… isso é um fi de rapariga. E TENHO DITO!!!

    1. A princesa não tem argumentos pra defender o miliciano, tem que partir pra o xingamento.
      Fale do cartão corporativo
      Do tratoraço
      Do bolsolão do lixo
      Do MEC
      Se for macho (aposto que não é), fale

    2. Vai mamar num jegue, NostraDeu, tu és um vagabundo, desocupado, que passa os dias conversando merd@ aqui no blog, tu achas que tuas ofensas ensaiadas me atingem? Deverias arrumar um trabalho, ser produtivo, útil à sociedade e não um estorvo, um parasita encantado e defensor de ladrões… diferente do que pensas, eu não tenho adoração por político nenhum, mas fica a dica… procure se destacar por atitudes decentes, perante os cidadãos de bem e sua família (se é que tem uma). E TENHO DITO!!!

  5. O corno tem rabo preso com mais coisas
    Milicianos
    Vivendas da barra
    Marielle
    E o chifres dele e os da boiada imunda que segue e seita

  6. Falar de rabo preso é uma das especialidade desse ex presidente, ex preso, ex condenado, mas nunca inocente e que usou dos recursos públicos para comprar apoio a seu governo, instituindo a corrupção como forma de governar.
    Sem acusações, falando de fatos que são de conhecimento público
    as delações da turma da odebrecht e de Palocci revelaram o quê sobre esse senhor?
    Teve a capacidade de produzir mais de 100 escândalos em 12 anos no poder.
    Teve a competência de levar todas as estatais a balaço financeiro negativo. Levou os correios a porta da falência.
    è amigo e aliado de todos os ditadores pelo mundo e financiou as ditaduras de Cuba e Venezuela enquanto podia. Deu cobertura ao terrorista Césari Batisti, é favorável ao aborto, não vê na família o principal pilar da sociedade e despreza todos que tem fé e uma religião.

  7. Você deve ter o rabo e muita coisa preso com Marcelo Odebrecht e outros delatores, que você não os processa.

  8. A esquerda sempre teve esse modus operandi, acusar os outros daquilo que pratica.
    A Petrobrás foi usada e abusada pela esquerda, levada a beira da falência e olhe que é uma empresa petrolífera com reserva de mercado e mesmo assim, o PT quase levou a falência, só faltou um tempinho a mais no poder para conseguir.
    Agora eles se vendem como solução aquilo que provocaram e querem voltar, para terminar de destruir todas as estatais.
    Qual estatal não estava dando prejuízo em 2016?
    Qual estatal não teve seu fundo de pensão esvaziado, zerado até 2016?
    Qual estatal não foi aparelhada pela esquerda?
    O descondenado acusa sem fundamento, fala de forma irresponsável e continua mentindo descaradamente para se vender como tudo que não é. Pior que tem criaturas que acreditam e defendem ele, por mais incrível que possa parecer

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Para adiar chegada da varíola dos macacos no Brasil, Anvisa pede uso de máscara

Foto: Marcelo Camargo

Diante do aumento no número de casos da varíola de macaco, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) emitiu nota reforçando a necessidade de adoção de medidas “não farmacológicas”, como distanciamento físico, uso de máscaras de proteção e higienização frequente das mãos, em aeroportos e aeronaves, para retardar a entrada do vírus no Brasil.

A varíola de macaco é uma doença pouco conhecida porque a incidência é maior na África. Até o momento, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) há 131 casos confirmados de varíola dos macacos, registrados fora do continente africano e 106 outros casos suspeitos, desde que o primeiro foi relatado em 7 de maio.

“A Anvisa mantém-se alerta e vigilante quanto ao cenário epidemiológico nacional e internacional, acompanhando os dados disponíveis e a evolução da doença, a fim de que possa ajustar as medidas sanitárias oportunamente, caso seja necessário à proteção da saúde da população”, diz a nota divulgada ontem (23).

Ainda, de acordo com a agência, essas recomendações protegem não só contra a varíola e a covid-19, mas também contra muitas doenças infectocontagiosas.

“Tais medidas não farmacológicas, como o distanciamento físico sempre que possível, o uso de máscaras de proteção e a higienização frequente das mãos, têm o condão de proteger o indivíduo e a coletividade não apenas contra a covid-19, mas também contra outras doenças”, reitera a Anvisa.

Diante do quadro, o Ministério da Saúde criou uma sala de situação para monitorar o cenário da varíola dos macacos no Brasil. A medida, anunciada pela pasta na noite desta segunda-feira (23), tem como objetivo elaborar um plano de ação para o rastreamento de casos suspeitos e na definição do diagnóstico clínico e laboratorial para a doença.

“Até o momento, não há notificação de casos suspeitos da doença no país”, informou o Ministério da Saúde, em nota. A pasta afirma que encaminhou aos estados um comunicado de risco sobre a patologia, com orientações aos profissionais de saúde e informações disponíveis até o momento sobre a doença.

Agência Brasil

Opinião dos leitores

  1. se com Fátima a PM prendeu comerciante imagine com o PCdoB Fábio !! Vai mandar amarrar e jogar no rio

  2. Vai começar de novo essa sacanagem de máscaras.
    Eu tenho é medo do Lula ganhar e esculhambar esse país de uma vez, essa é a pior praga.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Secretário Adjunto de Guamaré sofre tiro de raspão na cabeça em tentativa de assalto

Foto: Reprodução

Por volta das 04h00 da madrugada de desta terça-feira (24) na Rodovia BR-406, no quebra-molas da entrada da cidade de Taipú, ocorreu uma tentativa de assalto ao secretário Adjunto da Secretaria de Articulação na prefeitura de Guamaré, Rosendo Ferreira.

Rosendo vinha de Natal para Guamaré no veiculo acompanhado da sua esposa Maria de Souza, ele trafegava na BR e quando freou para passar no quebra-molas, foi abordado por assaltantes que saíram de dentro do mato, mandando-o parar, e como não foram obedecidos pelo motorista, passaram a atirar, atingindo a vítima na cabeça de raspão.

Após o atentado os bandidos se evadiram sem ser identificados. Rosendofoi atendido no Hospital Municipal de Taipú, que fica a poucos metros do local do atentado, e segundo informações apesar dos disparos em ter atingido na região da cabeça, a vítima passa bem e não corre risco de morte.

Moradores da região vêm alertando há muito tempo os motoristas que trafegam na área para evitarem viajar no período noturno, pois têm sido constantes os assaltos e tentativas de assaltos, notadamente no trecho compreendido entre as cidades de Ceará Mirim e Taipú.

O caso foi registrado na policia civil que investigará o caso, e segundo informações, o patrulhamento será intensificado na área.

Guamaré Em Dia

Opinião dos leitores

  1. Segundo a Guvernadora e o Secretário de Segurança Pública, é apenas um dia atípico.
    Não era pra ele está as 04:00 hs da manhã numa rodovia.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *