Fé e muita animação com queima de fogos da Ponta de Todos

Crédito: Aléx Régis / Tribuna do Norte

 

A chegada de 2012 foi celebrada com muita festa pelos natalenses e turistas que foram assistir aos shows das bandas de axé nas praias do Forte e do Meio, além da queima de fogos na Ponte Newton Navarro. O ponto alto da festa foi o espetáculo de luzes e cores proporcionado pelos fogos de artifício que iluminaram o céu natalense por quase 14 minutos. Uma cascata dourada que caiu de uma das margens da ponte sobre o rio, empolgou o público pela beleza. Pareciam estrelas indo ao encontro do velho Potengi.

Momentos antes, porém, o som dos atabaques, triângulos, chocalhos e pandeiros, embalou cânticos e reverências à rainha do mar, Iemanjá. Quase uma dezena de grupos do candomblé e umbanda, fizeram oferendas e cantaram músicas em homenagem aos orixás e, principalmente, à Iemanjá. Somente da cidade de Arês, vieram três grupos para os festejos à beira do mar. “A mudança de ano representa uma passagem positiva para os umbandistas e candomblezeiros”, afirmou o babalorixá William Abdon, do Terreiro Espírita de Umbanda Saudações Mamãe Iemanjá.

Na estátua da orixá, que na umbanda é considerada a divindade do mar, além de ser a deusa padroeira dos náufragos, mãe de todas as cabeças humanas., foram depositados espelhos, flores, champanhes e perfumes. Aos 11 anos, Marília Cassandra, participava pela primeira vez das festividades na praia. “Estou muito feliz. Vou pedir paz e alegria para Iemanjá. Vou ofertar rosas e perfumes”, disse a menina adepta da religião afro-brasileira há cinco anos.

Apesar da festa dos candomblezeiros e umbandistas, a infraestrutura disponibilizada para  a realização do evento não foi aprovada em sua totalidade. “Eu considero que a estrutura de som e luz está regular. Tem pouca iluminação e menos gente do nos anos anteriores”, disse o pai de santo José Soares, do Terreiro Ogum Reina de Ceará-Mirim. Além deles, os comerciantes também reclamavam da movimentação relativamente pequena de pessoas.

“No ano passado, por volta dessa mesma hora (22h45min), eu já tinha vendido quase 500 espigas de milho. Esse ano, não vendi nem 50 ainda”, reclamou o ambulante Bruno Ferreira. O que também deixou a desejar na festa de comemoração ao ano novo nas praias centrais de Natal, foi o número de policiais militares para realizar a segurança dos cidadãos. Inúmeros postes de iluminação pública estavam apagados e poucos refletores extras foram colocados ao longo da orla pela Prefeitura de Natal.

Ao término da queima de fogos oficial, a grande maioria das pessoas que estavam na praia deixou o local. O trânsito ficou lento na Ponte Newton Navarro no sentido centro-zona Norte. Nenhum ponto de engarrafamento durante o evento foi detectado pela Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana. Um princípio de incêndio, porém, deu um pequeno trabalho a uma equipe do Corpo de Bombeiros. Uma pessoa não-identificada ateou fogo a um lixão nas proximidades da Avenida Café Filho e foram precisos quase mil litros d’água para controlar as chamas. Ninguém ficou ferido.

O primeiro bebê de 2012

É um menino. Alisson Messias nasceu às 1h05min deste 1º de janeiro de 2012 na Maternidade do Hospital Santa Catarina, na zona Norte. Alisson é o sexto filho da dona de casa Terezinha Berto Santana. Ela tem 41 anos e teve o menino de parto normal. “É uma emoção muito boa ouvir este chorinho treze anos depois. É como se fosse a primeira vez”, relatou Terezinha lembrando-se que seu filho mais novo até o nascimento de Alisson tinha 13 anos de idade.

A médica obstetra Rosana Navarro, que realizou o parto de Terezinha, disse que brincou quando olhou para o relógio após o nascimento do menino e imaginou que ele sairia no jornal. “Eu imaginei e aconteceu. Foi o primeiro do ano novo. É uma emoção igual a dos demais partos, que são sempre cheios de alegria e esperança”, comentou.

De acordo com Terezinha Berto Santana, o recém-nascido Alisson Messias será o último filho dela. “Meus planos para 2012 são os melhores. Que tudo corra bem comigo e com meu mais novo filhinho e que não vem mais nenhum. Já está bom”, relatou sorrindo enquanto contemplava o pequeno Alisson.

Violência

Uma suposta tentativa de assassinato resultou em um homem baleado. O caso aconteceu no distrito de Massaranduba, região de Ceará-Mirim. De acordo com os inspetores de plantão da Polícia Rodoviária Federal, um homem que se identificou como Iranilson da Silva, disse que iria matar seu próprio irmão durante uma confraternização na qual estavam durante a madrugada deste domingo (1).

A polícia foi acionada e como os policiais rodoviários eram os que estavam mais próximos do ponto relatado pelas testemunhas, saíram em diligência. Num matagal, estava Iranilson e outro homem não identificado. Ao perceberem que estavam sendo seguidos pela polícia abriram fogo. Eles portavam um revólver calibre 38 e uma espingarda modelo 12.

Iranilson foi atingido na barriga e na perna direita e o seu comparsa fugiu. Nenhum dos policiais foi alvejado. Ferido, Iranilson foi socorrido por uma viatura do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado ao Hospital Santa Catarina. De acordo com relatos de moradores da região de Massaranduba, Iranilson é fugitivo da Polícia.

Fonte: Tribuna do Norte