Governo do RN gasta em maio mais de R$ 1 Milhão só em diárias

Tribuna do Norte:

Nos últimos quatro meses, o Governo do Estado aumentou em 15 vezes o valor gasto com diárias de pessoal. Em fevereiro o Executivo destinou R$ 84.585,38. No mês de março o gasto subiu para R$ 554.046,34 e abril alcançou o valor de R$ 978.352,08. Em maio, foi pago R$ 1.293.661,60 em diárias.

Na folha do mês de maio foi da Secretaria Estadual de Saúde os maiores gastos, chegando a R$ 200.560. A Polícia Civil recebeu R$ 190.590 para diárias e a Secretaria de Educação foram destinados R$ 162.910.

A Secretaria de Interior Justiça e Cidadania gastou R$ 117.930. O Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema) destinou no mês de maio R$ 50.480,00 com diárias. A Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos empregou R$ 37.865,00 em diárias.

Os gastos do Executivo com diárias surpreendem porque há 15 dias a governadora Rosalba Ciarlini reuniu todos os secretários e pediu redução nos gastos. Ela chegou a afirmar aos auxiliares que eles deveriam definir as prioridades porque o orçamento não teria como ser todo cumprido. O secretário chefe do Gabinete Civil, Paulo de Tarso Fernandes, disse em entrevista disse que o Governo havia identificado um déficit de R$ 180 milhões apenas na folha de pessoal.

“O Estado não tem condições financeiras para cumprir o orçamento. Estamos com um orçamento irreal. Se projeta um déficit milionário”, disse, logo após a reunião, Paulo de Tarso Fernandes. Ele afirmou que a governadora Rosalba Ciarlini pediu unidade dos auxiliares e uma “reescrita do orçamento”.

A contenção de gastos também é usada o principal argumento da governadora Rosalba Ciarlini para não conceder reajuste aos servidores públicos estaduais, onde seis categorias estão em greve (Polícia Civil, Detran, Fundação José Augusto, Emater, Jucern e Educação).

Secretário explica aumento da despesa

O secretário estadual chefe do Gabinete Civil Paulo de Tarso Fernandes creditou o aumento do gasto de diárias, que cresceu 15 vezes em quatro meses, ao ritmo de trabalho do Governo. “Isso reflete o andamento do Governo, novas demandas, novas tarefas, grande parte das diárias é para ações do Governo desenvolvidas no interior”, disse o auxiliar da governadora Rosalba Ciarlini, citando o trabalho de fiscalização realizado pelo DER, Idiarn e Idema.

“Há um reflexo e isso (os valores) não pode ser comparado com o início do Governo. Está havendo uma visível ascensão (das diárias)”, destacou Paulo de Tarso. Ele também lembrou que é muito frequente contatos de representantes das Secretarias de Educação e Saúde com o Governo Federal, em Brasília.

“A coisa tende a se estabilizar”, destacou Paulo de Tarso. Ele adiantou que deverá ser feita uma regulamentação das diárias, a ser definida na reunião do secretariado.

No próximo sábado, a partir das 9h30, a governadora Rosalba Ciarlini e os auxiliares de primeiro escalão estarão reunidos no Centro de Treinamento da Emater, em São José do Mipibu. O encontro, no tipo de imersão, durará todo o dia de sábado. “Embora as diárias sejam caras, certamente terá regras diante da dificuldade financeira, elas terão normas mais restritas”, completou Paulo de Tarso.