Greve dos rodoviários: Negociação continua sem acordo

Esta difícil um acordo entre motoristas de ônibus e os empresários. Uma audiência de conciliação está sendo realizada neste momento no Tribunal Regional do Trabalho, mas a informação é de que as propostas ainda estão longe de se aproximarem. Os motoristas esperam uma oferta de 10% de reajuste salarial e os empresários afirmam que não podem pagar essa quantia. Ofereceram 6%.

O movimento grevista deu uma trégua por hoje, colocando 30% da frota em circulação. Mas caso não se chegue a um resultado nesta queda de braço entre patrão e empregado, o natalense provavelmente voltará a sofrer sem tem como se locomover.