Política

Mourão critica inquérito de Moraes e diz que não há clima para impeachment de Bolsonaro

Foto: Ueslei Marcelino/Reuters

O vice-presidente Hamilton Mourão minimizou na manhã desta quarta-feira a possibilidade de um impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro. Um dia após os discursos de Bolsonaro durante manifestações do 7 de Setembro, Mourão evitou comentar sobre as ameaças feitas pelo mandatário e indicou que acredita ser possível existir uma conciliação entre os Poderes para colocar fim à crise.

Apesar de não falar sobre as falas do presidente, Mourão disse que concorda que o Supremo Tribunal Federal cometeu excessos ao instaurar um inquérito conduzido diretamente pelo ministro Alexandre de Moraes.

— Juiz não pode conduzir inquérito. Eu acho que tudo se resolveria se o inquérito passasse para a mão da Procuradoria-Geral da República. E acabou. Isso aí distensionaria todos os problemas — afirmou o presidente.

Mourão disse que, por razões éticas preferiria não falar sobre as falas do presidente. Apesar do distanciamento já conhecido entre os dois, Mourão participou do ato em Brasília ao lado de Bolsonaro.

— Deixo de comentar discursos feitos porque é uma questão ética minha. Não é o caso de eu comentar — disse.

Após os discursos de terça-feira, quando Bolsonaro ameaçou não cumprir decisões de Moraes, partidos de centro se movimentaram para discutir a possibilidade de abertura de um processo de impeachment. Entretanto, segundo Mourão, as chances de sucesso de tal medida é baixa.

O vice-presidente citou que Bolsonaro possui uma maioria confortável na Câmara para barrar um processo de destituição, mesmo que a base aliada não tenha números o suficiente para a aprovação de grandes projetos.

Para a aprovação de um impeachment, a maioria simples da Câmara não é o suficiente: é necessário que 3/5 da Casa votem a favor do processo.

— Não vejo que haja clima para o impeachment do presidente, tanto na população como um todo, como dentro do próprio Congresso. Acho que o nosso governo tem uma maioria confortável de mais de 200 deputados lá dentro. Não é a maioria para aprovar grandes projetos, mas capaz de impedir que algum processo prospere contra a pessoa do presidente da República — afirmou Mourão.

Mourão defendeu que a melhor saída seria um distensionamento da relação entre os Poderes, esgarçada nos últimos meses pelos ataques constantes do Presidente em direção ao Supremo Tribunal Federal, particularmente contra os ministros Luis Roberto Barroso e Alexandre de Moraes.

Em seu discurso, o presidente chegou a dizer que convocaria o Conselho da República para esta quarta-feira. A convocação, entretanto, não seguiu em frente. Para Mourão, entretanto, existem integrantes na Praça dos Três Poderes que acreditam que a crise se estendeu de forma exagerada.

— A gente precisa distensionar, existem cabeças ali dentro que entendem que isso foi além do que era necessário e conversando a gente se entende — afirmou.

O Globo

 

Opinião dos leitores

  1. Maciço apoio popular? Faz-me rir cara palida. Indiscutível a quantidade de gente nas ruas ontem mas daí dizer que é a imensa maioria do povo brasileiro é consolo di tipo quem acredita em Papai Noel. Essa tal massa não representa mais do que 25% do eleitorado. E para dizer aos adoradores de mitos, a eleição tá ganha depois de apurado os resultados. E com certeza, o que a maioria dos brasileiros não quer é um presidente que está maisnoreocupafk em se proteger e aos seis dos descalabros cometidos do que governar o país para o seu povo. E viva Bolsonaro. Viva a gasolina a 7 reais, gás a .aos de 100,00 15 milhões de desempregados e tanta coisa ruim que o País tem vivido nos últimos 2 anos e meio. Há a culpa é se todo mundo, menos do minto.

    1. A oposição ao presidente não consegue reunir meia dúzia de gatos pingados nas “minifestações” que realiza. E o líder nas pesquisas, o bandido de 9 dedos, não consegue ir a um bar tomar uma pinga sem ser molestado por alguém do povo. Só se for fraudando essas urnas fajutas, “cumpanhero”. O PT já era e vc teima em não enxergar.

  2. Muito mais sério, responsável, equilibrado e preparado que Bolsonaro. E parece que gosta de TRABALHAR, ao contrário do Presidente.

    1. Certeza que Mourão eh capaz , equilibrado e honesto ! Aliás , quem eh que poderia ser pior e mais inepto que o MINTOmaníaco das rachadinhas ? Só consigo enxergar , por enquanto, o Lulaladrao… Mas nessa toada golpista do presidente, talvez a população prefira eleger um ladrao a um golpista das rachadinhas…

  3. Coitados dos que não querem enxergar o que está ocorrendo. Como os idiotas “vermelhos” acham que conseguiriam derrubar um presidente que conta com maciço apoio popular, além do evidente suporte das FFAA e de maioria na Câmara dos Deputados? A cegueira dessa gente só dificulta a solução do problema, que virá de qualquer maneira.

  4. Vou dizer algo e gravem, até domingo, o Minto vai amarelar, dizer que não queria dizer o q disse com o Alexandre de Morais, foi num momento de euforia (quado viu tanta gente paga pelos milionários). Aguardem os próximos capítulos

    1. Isso MARIA! Tirem logo Bolsonaro que quero voltar a saquear a nação por mais 30 anos e distribuir cartilhas de sexo para crianças de 5 anos

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nacional

Brasil tem cinco casos confirmados da variante ômicron e investiga outros oito

Foto: Reprodução

O Ministério da Saúde anunciou nesta quinta-feira que o Brasil tem cinco casos confirmados da variante ômicron no país e oito ocorrências em investigação. De acordo com a pasta, entre os cinco confirmados há quatro homens e uma mulher, e todos estão vacinados.

Dois casos foram confirmados nesta tarde no Distrito Federal (DF). Segundo informações da secretaria de saúde local, um dos infectados está assintomático e o outro apresenta sintomas leves. Os outros três casos do país foram notificados em São Paulo. As ocorrências em investigação estão no Rio de Janeiro, em Minas Gerais e no DF.

A pasta criou um plano de ação para monitorar a disseminação da variante pelo país. A sala de situação da secretaria de Vigilância em Saúde começou a funcionar na última segunda-feira e ficará ativa, a priori, por 15 dias. A estrutura pode ser desmobilizada caso haja transmissão comunitária da variante no país, ou de acordo com melhora do cenário epidemiológico.

O Ministério da Saúde convidou para participar do grupo a Fiocruz, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems).

O Globo

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

BOATE KISS: Em júri, engenheiro diz que ‘só leigo ou ignorante’ usaria espuma

Foto: Reprodução / YouTube

O engenheiro civil Miguel Ângelo Teixeira Pedroso, 72 anos, afirmou em depoimento nesta quinta-feira (2), no segundo dia do julgamento dos quatro réus acusados de serem os responsáveis pela morte de 242 pessoas no incêndio na boate Kiss, que desaconselhou o proprietário Elissandro Spohr fazer a reforma do estabelecimento com espuma.

“Só um leigo ou ignorante na área poderia achar que espuma seja conveniente dentro de uma boate”, disse ele ao juiz Orlando Faccini Neto.

O material era usado no teto da boate e pegou fogo na noite da tragédia, em janeiro de 2013, dando início a um grande incêndio no interior do estabelecimento, em Santa Maria (RS). Alem das mortes, outras 636 ficaram feridas.

“Num estúdio, num local de treinamento de orquestra, o som a ser medido tem que ser exatamente o som que sai do instrumento e não o som que está reverberando no ambiente. Disse para ele ‘até faço, mas vou ter que cobrar de 4 a 5 vezes mais.’ Para fazer isso tem que medir todas as coisas que fazem absorção. Mas as pessoas que vão numa boate não querem conforto acústico, querem agitação acústica.”

R7

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

“Conversa de maluco”, diz Guedes sobre previsões de queda do PIB

Foto: Mateus Bonomi / Estadão Conteúdo

Apesar da queda do PIB no 3º trimestre de 2021, o ministro da Economia, Paulo Guedes, classificou como “uma conversa de maluco” e “um equívoco” as projeções que apontam para uma queda da economia brasileira em 2022. Ele disse que o Brasil está condenado a crescer, só deve crescer um pouco menos por causa da alta dos juros.

“O crescimento está contratado. A conversa de que o Brasil não vai crescer é uma conversa de maluco”, disse o ministro da Economia, ao palestrar no Aiport Nacional Meeting, nesta 5ª feira (2.dez.2021).

Mais cedo, o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) informou que o PIB (Produto Interno Bruto) do Brasil caiu 0,1% no 3º trimestre. O IBGE também revisou de -0,1% para -0,4% o PIB do 2º trimestre. Com os 2 trimestres consecutivos de queda, o Brasil entrou em recessão técnica.

Guedes minimizou os dados do IBGE: “O PIB caiu 0,1% e a Bolsa cresceu 3%. Se alguém estivesse levando a sério que o PIB ia cair, a Bolsa não estava subindo”.

O ministro diz que o país vai crescer porque tem mais de R$ 700 bilhões de investimentos privados contratados para os próximos anos, em setores como gás natural, petróleo, saneamento, cabotagem, ferrovias e aeroportos.

Poder360

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

COVID-19: Brasil atinge a marca de 90% dos adultos vacinados com a 1ª dose

Foto: Tomaz Silva / Agência Brasil 

O Ministério da Saúde informou nesta quinta-feira (2) que o número de pessoas aptas a receberem o imunizante corresponde a 177 milhões de brasileiros. Ao todo, 159,3 milhões tomaram a primeira dose da vacina. Até o momento, mais de 372,5 milhões de doses foram distribuídas aos 26 estados e Distrito Federal.

O Brasil atingiu nesta quinta-feira a marca de 90% do público-alvo, ou seja, adultos com mais de 18 anos vacinados com a primeira dose de algum dos imunizantes contra a covid-19. Ao todo, 159,3 milhões de brasileiros iniciaram o ciclo vacinal contra a doença e 79,03% completaram o esquema com as duas doses ou dose única, de acordo com dados divulgados pelo ministério.

O país também registrou queda de 92,57% na média de óbitos desde o pico da pandemia, registrado em 19 de abril deste ano.

Em novembro, o governo federal comprou mais de 550 milhões de doses de imunizantes. A expectativa do Ministério da Saúde é que mais de 354 milhões de doses sejam utilizadas como reforço em 2022.

Até o momento, 14,1 milhões de pessoas estão com a imunização reforçada com a dose adicional ou de reforço. Cerca de 13,7 milhões de brasileiros entre 12 e 17 anos já tomaram a primeira dose da vacina e 3,4 milhões estão completamente vacinados com as duas doses da Pfizer.

Agência Brasil

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Mendonça toma posse como ministro do STF no dia 16

Foto: Reprodução / STF

O ex-advogado-geral da União e ex-ministro da Justiça e Segurança Pública André Mendonça toma posse como ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) no próximo dia 16, um dia antes do encerramento do ano judiciário. A data foi confirmada em reunião entre Mendonça e o presidente do Supremo, Luiz Fux, no início da tarde desta quinta-feira (2).

Mais cedo, Mendonça esteve no Palácio do Planalto para se encontrar com o presidente da República, Jair Bolsonaro (PL). No entanto, foi informado a ele que o chefe do Executivo não estava em Brasília. Bolsonaro viajou às 11h para o Rio de Janeiro (RJ), onde participa da solenidade de formatura do curso de de graduação de militares da Escola de Sargentos de Logística.

Aos jornalistas que estavam no Planalto, Mendonça disse que ficou satisfeito com o resultado da sabatina e que recebeu a ligação do presidente da República ainda na noite de ontem. “Fiquei muito feliz, sabia que ia ser difícil, mas que íamos vencer”, comentou.

R7

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Senado aprova PEC dos Precatórios em dois turnos; texto volta para a Câmara

Foto: Reprodução / CNN Brasil

O Senado Federal aprovou nesta quinta-feira (2) em segundo turno o texto da PEC dos Precatórios, por 61 votos a 10. A pauta precisava de, no mínimo 49 votos. A votação em primeiro turno foi um pouco antes, e teve 64 votos favoráveis e 13 contrários, além de 2 abstenções.

Agora, a matéria precisa voltar para a Câmara — onde precisa de 308 votos –, já que teve seu texto alterado pelos senadores.

O projeto, que abre espaço no Orçamento de 2022 para o Auxílio Brasil, foi aprovado na terça-feira (30) na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), por 16 votos a 10. Nessa fase, eram necessários 14 votos favoráveis.

O texto da PEC dos Precatórios tem como espinha dorsal quitar metade do valor de dívidas judiciais da União no ano que vem, e mudar o cálculo do teto de gastos, o que abriria R$ 106 bilhões.

CNN Brasil

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Prefeitura de São Gonçalo investe em equipamento que libera quase mil exames por hora

Foto: Reprodução / Prefeitura de São Gonçalo do Amarante

A Prefeitura Municipal de São Gonçalo do Amarante/RN realizou mais um investimento na modernização da saúde do município. O diagnóstico laboratorial avançou a partir da implantação da plataforma integrada de química seca e quimioluminescência amplificada. Trata-se de um único equipamento, de grande porte, que substituiu outras máquinas, permitindo ao técnico-operador a liberação de até 945 resultados de exames por hora.

Essa moderna tecnologia favorece a realização dos mais completos recursos de dosagens bioquímicas em metodologia de reflectometria por química seca, em que não se usa água ou qualquer derivado líquido em suas reações. Além de impactar na qualidade do exame, não sofre interferência na análise e não produz resíduo líquido, que posteriormente seria despejado no meio ambiente. É economia de água e preservação ambiental em uma única plataforma, tornando São Gonçalo do Amarante o único município do estado do Rio Grande do Norte a oferecer, na estrutura pública, esse serviço de diagnóstico. O equipamento ainda possibilita a obtenção da mais segura análise em quimioluminescência amplificada, em que podem ser realizadas as mais diversas dosagens hormonais e imunológicas.

Em tempos de pandemia, o investimento faz toda diferença, já que o equipamento permite o melhor exame para o diagnóstico de anticorpos para o Anti-SARS-COV-2 (Covid 19), em que se promove a investigação da imunidade da população.

“Esse é mais um investimento importante na qualidade da saúde oferecida à população de São Gonçalo. Esse equipamento, que só os laboratórios privados dispõem, gera modernidade nos diagnósticos e oferece ao nosso Laboratório Municipal de Análises Clínicas a capacidade de realizar mais exames, com mais precisão, sem utilização de água, sem gerar resíduos líquidos ao meio ambiente, e ainda com a economia de cerca de R$ 20 mil por mês. É a busca incansável da melhoria dos serviços, com racionalidade dos recursos públicos”, enfatizou o secretário municipal de Saúde, Jalmir Simões.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Meio Dia RN

VÍDEO MEIO-DIA RN: Confira o programa desta quinta-feira

Confira programa desta quinta-feira (02). O Meio-Dia RN, com este blogueiro, debateu os principais assuntos no Estado, pelo país e no mundo. Nesta edição, também houve entrevista com Samuel Gondim – CEO do Carpediem Homes (administradora de imóveis de temporada). Clique abaixo e assista via YouTube.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Policial stalker é presa pela 4ª vez por perseguir ex-namorados, no DF

Foto: Reprodução

A policial civil do Distrito Federal Rafaela Luciene Motta Ferreira, de 40 anos, foi presa novamente, nesta quinta-feira (2), por descumprimento de medida restritiva, que proibia a agente de se aproximar de um ex-namorado. O pedido foi feito pela corregedoria da corporação e acatado pela Justiça, após a agente furar os pneus e esfaquear a vítima, no domingo (28).

Essa é, pelo menos, a quarta vez que Rafaela é presa por crimes cometidos contra pessoas com quem ela se relacionava. A policial foi detida na noite desta quarta-feira (1°), na casa de familiares, na Asa Norte.

Inicialmente, Rafaela recusou se entregar aos investigadores. A policial solicitou a presença de um advogado antes de concordar ir para cadeia.

O corregedor da Polícia Civil, Adval Cardoso, informou que o episódio é “constrangedor e lamentável”. De acordo com ele, a policial “está desequilibrada” e o pedido de prisão foi necessário. “Infelizmente, ela em liberdade seria um risco para o ex, para outras pessoas e para si própria”, afirmou.

Rafaela, segundo o corregedor, está na carceragem da Polícia Civil. A audiência de custódia, nesta quinta-feira (2), determinou a prisão preventiva – por tempo indeterminado. A agente será encaminhada à Penitenciária Feminina do DF, conhecida como Colmeia.

G1

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trânsito

Gratuidade do circular da UFRN deve voltar em 2022, diz secretária da STTU

Foto: Reprodução

Durante o protesto realizado por estudantes e políticos na manhã desta quinta-feira (02) na porta da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU), contra a cobrança na linha que atende a Universidade Federal do Rio Grande do Norte UFRN), a responsável pela pasta, Daliana Bandeira, disse que a cobrança da tarifa é “emergencial” e que a gratuidade deve retornar no próximo ano.

A secretária explicou que a linha circular foi devolvida para a Prefeitura do Natal e que não há equilíbrio para manter a gratuidade. “A linha (588), que operava de forma gratuita antes da pandemia, foi devolvida à STTU pelas empresas. A pasta, ao longo de 4 meses, ficou nas tratativas para conseguir um retorno do circular nos moldes que operava antes. Com a pandemia, houve uma redução de números de passageiros e ficou inviável a operação dessa linha de forma gratuita. A solução que se encontrou, emergencialmente para esse período onde as atividades da universidade não estão 100%, foi a operação Alimentadora UFRN”, disse.

“Para se ter um transporte gratuito, alguém tem que pagar a conta. O município não tem condições no momento de custear essa linha. Os alunos que na rede integrada já pagam uma passagem, não pagam passagem a mais. O que se deve estudar agora é uma forma de integrar alunos que vêm da Região Metropolitana, do transporte intermunicipal, para que esses municípios façam o custeio desse transporte. Na época, conversamos com a universidade, questionamos se não teria condições de custear esse transporte, como acontece em algumas cidades do Brasil. A resposta da universidade sempre foi de que não tinha como”, concluiu Daliana.

Questionada se a gratuidade será retomada com a volta de 100% dos estudantes às atividades presenciais, em fevereiro de 2022, a secretária da STTU garantiu que sim. “A intenção é que, o sistema voltando ao seu equilíbrio, retomando o número de passageiros, o circular volte a rodar de forma gratuita”, afirmou.

Novo Notícias

Opinião dos leitores

  1. Antes muitas linhas de ônibus entravam no campus, então tiraram as linhas de dentro do campus e as empresas colocaram o circular como alternativa para retirarem as linhas. Agora já querem cobrar por esse serviço?

  2. Almoço grátis não existe.
    Se esses espertos andam de graça, alguém tá pagando por eles.

    1. E os vereadores, promotores, juizes, deputados, senadores, que andam de graça para suas bases eleitorais para distribuir dinheiro público, milhões, para se perpetuar no poder fomentando assim a corrupção, a imoralidade. O BOZO POR EXEMPLO PASSOU A PANDEMIA TODINHA ANDANDO DE MOTO A CUSTAS DE QUEM? DO PAPAI NOEL? me ajude! os estudantes tem que ter o mínimo de condições para que possam estudar e melhorar esse Pais.

    2. Não é bem assim não. Antes havia linhas que passavam pelo campus, ou seja, você podia ir da Zona Norte p a UFRN pagando uma passagem. Tiraram as linhas e colocaram o circular gratuito e agora querem cobrar, fazendo com que a pessoa que pagava uma passagem passe a pagar duas.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *