Polícia

Operação da PF na Saúde do governo Fátima ganha repercussão nacional

Foto: Reprodução/Twitter

A Veja estampa em suas manchetes noticiário policial na saúde no Rio Grande do Norte, que mira a Sesap:

“A Polícia Federal deflagrou nesta quarta uma operação para desmontar um esquema de corrupção em contratos para ampliação de leitos de UTI de Covid-19 no Hospital Coronel Pedro Germano, em Natal, no Rio Grande do Norte.

Há indícios de fraudes em dispensas de licitações, peculato, corrupção passiva e ativa e lavagem de dinheiro. A empresa que fechou o negócio é investigada por ausência de capacidade técnica e operacional para o serviço e indícios de desvios.

Cerca de 50 policiais federais, além de auditores da Controladoria Geral da União estão cumprindo 10 mandados de busca e apreensão em Natal (RN), Mossoró (RN), João Pessoa (PB) e Bayeux (PB), além de duas medidas cautelares de afastamento do cargo público, ordens expedidas pela Justiça Federal no Rio Grande do Norte.

“Com a investigação policial, que também contou com a participação da Receita Federal, restou demonstrada a existência de uma associação criminosa que direcionou duas contratações de leitos de UTI, no Hospital Cel. Pedro Germano e no Hospital João Machado, tendo por objetivo o desvio de recursos públicos federais destinados ao tratamento da Covid-19 que foram repassados ao estado do Rio Grande do Norte”, diz a PF.

Ainda segundo a PF, o esquema estaria infiltrado “na própria Secretaria de Saúde do Estado do Rio Grande do Norte, razão pela qual a Justiça Federal determinou o afastamento de duas pessoas de seus cargos no órgão”.

Os investigados poderão responder, na medida de suas responsabilidades, por fraudes nas duas dispensas de licitação, peculato, corrupção ativa e passiva, além de lavagem de dinheiro e, se condenados, poderão cumprir penas superiores a 10 anos de reclusão”.

Radar – Veja

Opinião dos leitores

  1. Os pessoal desvia o dinheiro que foi enviado p/salvar vidas na pandemia, porém, o genocida é o cara que enviou o recurso…Çey…

  2. Esse governo do RN c/Fátima Bezerra já pagou os respiradores que nunca chegaram e agora essa corrupção n/SESAP e uma vergonha meu DEUS e muita gente passando fome e essa turma do PT do Lulaladrao não tem jeito e só roubo e esse bandido ainda tem a cara de pau de vir ao RGNORTE fazer o que vagabundo tem e que está preso

  3. Essa governadora, além de incompetente e sem atitude, é uma vergonha para o RN. Só aparece na mídia em situações vexatórias e associada ao que não presta. Já é motivo de chacota nacional, agora vai associar o nome do estado à corrupção? O povo potiguar precisa aprender a votar.

  4. Parafraseando Bolsovirus…
    “Veja a diferença na postura entre um governo e outro. Se fosse o do cagão já teria xingado a mãe de policial, o avô da CGU, ameaçado o supremo, demitido delegado, tentado interferir nas investigações, inventado que tem certeza que a covid vem de calangos criados pela esquerda, lá em Cuba, comparticipação da China . Mas a postura é diferente, acompanha e espera a conclusão das investigações.

    1. A maior diferença entre o governo Bolsonaro e o dessa Fátima Grelo Duro é justamente quanto à HONESTIDADE. O presidente mandou bilhões para o RN e precisamos saber o que essa senhora fez com esse dinheiro. Mas a gente até já pode imaginar.

  5. Infelizmente não dá em nada, que foi desviado muito dinheiro isso é sabido, difícil é provar, pois o roubo é muito bem feito e provar não dá em nada olha o Lula aí livre quer até voltar a ser presidente para completar o trabalho. Esse país não tem jeito mesmo.

  6. existe nos mandamento de deus uma palavra náo roube(quem defende corruptos estáo táo errado quanto o corrupto
    outra é a náo mate quem defende assasino e táo assasino quanto quem matou-outra náo dé falsos testemunho(mudar as leis para absorver um grupo é uma mudanças de comportamento para defender interesse da sua patota.é tipico de um ditador,se o brasileiro está como medo de uma ditadura “A DITADURA CHEGOU”na época da ditadura tinha dois partidos da ditadura no rn-arena vermelha e a verde,a verde desapareçeu depois que o regime casou os principais lideres da verde.neste estado náo existe ideologia-aqui no rn se acende uma vela a deus e outra ao diabo-e ao povo?ao povo páo e circo,carnaval.arenas das dunas e t c-tudo em nome da democrácia.

  7. Que ato falho da veja noticiando algo supostamente errado com político da esquerda.
    Acho que o responsável pela notícia deverá receber a demissão em breve, isso parece inadmissível dentro do grupo globo. Só quem erra são políticos da direita, mesmo sem provas, isso vem sendo posto desde início de 2019. O motivo todos conhecem, é público, dizem, a falta de entendimento entre os poderes e a mídia. Embora, nesse caso, o que faz o direcionamento das críticas, a valorização das narrativas, a omissão com a verdade, o desrespeito aos fatos, o descrédito midiático, se resume a falta de distribuição de verba pública para harmoniza tudo.
    Já pode culpar Bolsonaro?

  8. Começando a aparecer as merdas do governo Fátima, tudo isso pra malversar o dinheiro público, mas o objetivo principal, é a não realização dos procedimentos para culpar, nem que seja as custas de vidas, o presidente Bolsonaro. Agora todos começam a ver o quanto o governo PT faz mal a população, fico imaginando se Haddad ganha a última eleição como estaria o estado no meio de uma crise sanitária mundial? Graças a Deus Bolsonaro ganhou.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Bolsonaro sanciona lei que prevê redução da conta de luz com créditos tributários

Foto: Shutterstock

O presidente Jair Bolsonaro sancionou nesta segunda-feira, 27, em cerimônia reservada no Palácio do Planalto e fora da agenda oficial, um projeto de lei que prevê redução na conta de luz com a devolução de créditos tributários de PIS/Cofins cobrados dos consumidores de forma indevida. Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), essa compensação pode deixar a conta de luz até 5,2% mais barata.

“Além de fazer justiça a todos os brasileiros, nós trabalhamos para que a energia no Brasil possa ser mais barata para cada cidadão”, disse o autor da proposta, senador Fábio Garcia (União Brasil-MT), durante a solenidade. O projeto foi aprovado no Congresso em 7 de junho.

Essa medida de compensação já vem sendo adotada desde 2020 pela Aneel nos processos de reajustes tarifários, mas a avaliação é de que a aprovação de um projeto de lei dá mais segurança jurídica para a utilização dos recursos.

Os valores são referentes à cobrança de ICMS na base de cálculo de PIS/Cofins pagos a mais pelos brasileiros nas contas de luz nos últimos anos, reconhecida como indevida pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Dos R$ 60 bilhões de créditos gerados com a decisão – referentes às ações judiciais movidas por distribuidoras – R$ 48,3 bilhões já estão habilitados pela Receita Federal, sendo que R$ 12,7 bilhões já foram revertidos.

Estadão Conteúdo

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mundo

Revoltado por excesso de maionese em sanduíche, homem mata funcionária do Subway nos EUA

Imagem: Reprodução/FOX5

Uma funcionária de 26 anos de uma lanchonete da Subway morreu e outra, de 24, ficou ferida após um homem de 36 anos atirar contra elas porque o sanduíche que ele havia pedido chegou com “muita maionese”, segundo informou o site norte-americano NBC News. O caso ocorreu ontem, por volta das 18h, na cidade de Atlanta, nos Estados Unidos.

De acordo com o vice-chefe da polícia de Atlanta, Charles Hampton, o homem entrou no restaurante, pediu um sanduíche e, não contente com o resultado, resolveu atirar contra as duas trabalhadoras.

Um dos proprietários da lanchonete, Willie Glenn afirmou ao canal de notícias FOX5 que o suspeito estava com raiva porque havia “muita maionese em um sanduíche”. Ele ainda disse que as duas vítimas eram funcionárias de referência e que estavam no trabalho há menos de um mês.

“Todo mundo quer carregar uma arma. Todo mundo quer assustar alguém com uma arma. É assustador”, disse ele à TV.

As duas funcionárias foram levadas para um hospital local. A mulher de 26 anos não resistiu aos ferimentos. Já a de 24 está em estado grave e, segundo a polícia, o filho dela, de apenas cinco anos, estava no estabelecimento na hora do crime.

O suspeito foi preso ainda na noite de ontem. A polícia informou que não está dando mais informações sobre o caso porque as investigações estão em andamento. As identidades dos envolvidos não foram divulgadas.

UOL

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

Inscrições para o Sisu começam nesta terça-feira (28)

Foto: UEM

Começam nesta terça-feira (28) as inscrições para o segundo processo seletivo de 2022 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Os candidatos às vagas que serão oferecidas pelas instituições públicas de ensino superior deverão ficar atentos porque o prazo é curto, e terminará no dia 1º de julho.

A consulta para as vagas neste segundo processo seletivo teve início no dia 15, por meio do Portal Único de Acesso ao Ensino Superior.

Para acessá-lo, clique aqui.

Por meio da consulta, é possível visualizar as vagas ofertadas por modalidade de concorrência, cursos e turnos, instituições e localização dos cursos. Também é possível acessar a íntegra do documento de adesão de cada uma das instituições que aderiram ao Sisu.

O Sisu é o sistema informatizado do Ministério da Educação (MEC) no qual as instituições públicas de educação superior, sejam elas federais, estaduais ou municipais, oferecem vagas a serem disputadas por candidatos inscritos em cada edição da seleção.

Exigência

Para participar do Sisu será exigido do candidato que tenha realizado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), edição de 2021, obtido nota superior a zero na prova de redação e não tenha participado do Enem na condição de treineiro.

O resultado do processo seletivo será divulgado no dia 6 de julho. A matrícula ou registro acadêmico devem ser feitos de 13 a 18 de julho. Já o prazo para os interessados manifestarem interesse em participar da lista de espera será de 6 a 18 de julho.

Os candidatos são selecionados para as opções de cursos indicados no ato de inscrição, de acordo com a melhor classificação de nota obtida na edição mais recente do Enem, que, nesta edição, será a de 2021.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

ANS suspende comercialização de 70 planos de saúde

Foto: Agência Brasil

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) divulgou nesta segunda-feira uma lista de 70 planos de saúde que foram suspensos por conta de reclamações contra a cobertura assistencial efetuadas no 1º trimestre de 2022.

Ao todo, oito operadoras foram afetadas, entre elas Unimed, Amil, Esmale, entre outros. A proibição de venda começa a valer no dia 30 de junho.

Foram contabilizadas mais de 37,5 mil reclamações entre janeiro e março deste ano, realizadas por meio do Monitoramento da Garantia de Atendimento, um dispositivo da ANS que acompanha o desempenho do setor e atua na proteção dos consumidores.

Segundo a ANS, os planos só podem voltar a ser comercializados para novos clientes se as operadoras apresentarem melhora no resultado no monitoramento.

“As reclamações recebidas pela ANS consideradas no Monitoramento se referem ao descumprimento dos prazos máximos para realização de consultas, exames e cirurgias ou negativa de cobertura assistencial”, explica a agência.

“A partir dessas informações, as operadoras são classificadas em faixas, possibilitando uma análise comparativa entre elas e acarretando a suspensão da comercialização dos planos mais reclamados das operadoras identificadas em risco”, diz o comunicado divulgado nesta segunda.

A lista completa dos planos suspensos e dos que tiveram a comercialização liberada está na nota da ANS.

g1

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Pior da inflação passou e ciclo de alta de juros está perto do fim, afirma presidente do Banco Central

Foto: Raphael Ribeiro/BCB

O pior momento da inflação no Brasil já passou, disse nesta segunda-feira (27) o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, destacando que o Brasil está muito perto de finalizar todo o trabalho de elevação de juros para domar a alta de preços.

No Fórum Jurídico de Lisboa, Campos Neto disse que as ferramentas do Banco Central vão frear o processo inflacionário, repetindo que grande parte do trabalho do BC já foi feito.

“O Brasil tem uma memória de inflação muito maior e mecanismos de indexação muito mais vivos, isso denota uma preocupação maior para o Brasil. A gente vê que todos os países estão caminhando, subindo juros, o Brasil já está muito perto de ter feito o trabalho todo, alguns países estão no meio do caminho”, disse.

Há duas semanas, o Banco Central subiu a taxa Selic em 0,5 ponto percentual, a 13,25% ao ano, e disse que antevê um novo ajuste, de igual ou menor magnitude, na reunião de agosto.

A autoridade monetária não especificou na ocasião se esse seria o último ajuste do agressivo ciclo de aperto monetário iniciado em 2021.

Ao longo dos últimos meses, Campos Neto chegou a fazer algumas previsões de quando seria o pico da inflação no país, mas surpresas nos indicadores fizeram com que as estimativas não se confirmassem.

Nesta segunda, ele indicou que esse momento passou, ponderando que é preciso avaliar medidas em discussão no Congresso para segurar os preços de combustíveis.

“Os últimos dois números [de inflação] acho que foram pela primeira vez dentro da expectativa. A gente acha que o pior momento da inflação no Brasil já passou, temos algumas medidas desenhadas pelo governo que precisamos entender qual será o efeito no processo inflacionário e ainda não está claro”, afirmou.

Em maio, o IPCA desacelerou e veio abaixo do esperado pelo mercado ao registrar uma alta de 0,47%. O IPCA-15, no entanto, voltou a acelerar em junho e ficou em 0,69%, acima do esperado sob o peso do reajuste dos planos de saúde, com a taxa acumulada em 12 meses permanecendo acima de 12%.

No evento, o presidente do BC citou desafios do cenário global para a inflação, ressaltando que um número crescente de países está adotando medidas protecionistas como forma de lidar com a alta de preços de alimentos.

Segundo ele, há uma desconexão nas áreas de alimentos e energia porque os investimentos nesses setores não estão subindo na mesma proporção das altas de preços dos produtos.

Sem mencionar diretamente críticas feitas por políticos à política de preços da Petrobras, Campos Neto disse que o governo tem que lidar com o problema das classes sociais mais baixas “mas a gente não pode desviar das práticas de mercado” porque, segundo ele, é o mercado que produz energia e alimentos.

Campos Neto afirmou que componentes como energia e alimentos contaminam a inflação como um todo. Citando que está havendo uma disseminação da alta desses preços para os componentes menos voláteis da economia no mundo, ele disse que o BC atua “de outra forma” quando a inflação está mais espalhada.

Em relação à atividade, ele afirmou que o Brasil é um dos poucos países que está passando por revisões de crescimento para cima. Para ele, o país provavelmente terá um resultado forte do Produto Interno Bruto (PIB) no segundo trimestre, ponderando que a atuação do BC vai gerar uma desaceleração no segundo semestre.

CNN Brasil

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Emprego

Poder público é o maior empregador do Rio Grande do Norte e acumula 105 mil trabalhadores

Foto: divulgação

Embora caindo 1,7% quando comparadas com 2019, as atividades relacionadas à administração pública, defesa e seguridade social ainda registraram a maior ocupação do pessoal assalariado das unidades locais no Rio Grande do Norte, com 178.065 pessoas, o que representa 30,7% do pessoal assalariado total nas unidades locais do estado.

Na segunda colocação, representando 18,2% (105.245 pessoas) do pessoal assalariado ocupado do RN em 2020, estão as atividades relacionadas ao comércio, à reparação de veículos automotores e motocicletas. Nesta área, a queda foi de 3,2% em relação ao ano anterior.

Na terceira posição, as atividades administrativas e serviços complementares representam 11,5% do pessoal ocupado assalariado nas unidades locais do Rio Grande do Norte, com um efetivo de 66.474 pessoas. Nesta seção, o aumento foi de 2,2% entre 2019 e 2020.

Salários

Com 579.297 pessoas assalariadas em 2020 nas unidades locais, o Rio Grande do Norte teve uma queda de 2,9% no número de pessoas ocupadas que recebiam salários no período de um ano. Esse foi o pior número desde de 2016, quando o estado tinha registrado 574.670 pessoas. Na pesquisa passada, esse número era de 596.480 pessoas.

A pesquisa também mostra que o salário médio mensal do potiguar é o quarto maior do Nordeste e o sexto menor do Brasil.

Em 2019, o trabalhador assalariado do Rio Grande do Norte ganhava um salário médio mensal de R$ 2.577,63; em 2020, esse valor caiu para R$ 2.511,50, o que representa uma queda de 2,6%. No Nordeste, o estado potiguar fica atrás de Sergipe (2.615), Maranhão (2.553) e Bahia (2.525). Ademais, situa-se também abaixo da média nacional de salários (3.043).

96 FM Natal

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Bolsonaro diz que, com Paes de Andrade, Petrobras terá “nova dinâmica” para combustíveis

Foto: Isac Nóbrega/PR

O presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou que a Petrobras terá “uma nova dinâmica” sob o comando de Caio Paes de Andrade, que nesta segunda-feira (27/6) teve a indicação aprovada para presidir a petroleira.

Durante discurso no Palácio do Planalto, o chefe do Executivo federal disse que tudo será analisado em conformidade com a lei e sem interferências.

“Pode ter certeza, hoje o Caio está tomando posse lá na Petrobras, teremos uma nova dinâmica também na Petrobras na questão dos combustíveis no Brasil”, declarou Bolsonaro. Segundo o presidente, “tudo vai ser analisado na conformidade, na base da lei, sem querer mexer no canetaço na Lei das Estatais, sem querer interferir em nada, mas com muito respeito”.

O nome de Andrade foi aprovado pelo Conselho de Administração da Petrobras. Caio Paes de Andrade foi indicado para comandar a petroleira em maio deste ano. Ele é o quarto nome indicado por Bolsonaro para comandar a empresa.

Metrópoles

Opinião dos leitores

    1. Se o povo brasileiro, estivesse consciência ou olhasse mais pouco do nariz jamais BOLSONARO E LULA seria Presidente do Brasil. GB, seu blog é de maior circulação aqui no ESTADO, mas nenhum CANDIDATO A PRESIDENTE DA REPÚBLICA, repudiou ataque no Shopping na UCRÂNIA, isto quer fazer todos são pró-russo. Até na presente data o pronunciamento do BOZO E LULA, confirmam pró-russo. Esta na hora Brasil de se reverter o quadro político

  1. Ele vai aumentar como agora? Pra o lado?
    Tem que trouxa com argola na venta pra acreditar num facínora como esse.

    1. O que você diz de acreditar num condenado em três instâncias? O resto nem é preciso comentar kkk
      Retardado!!!

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Rafael Motta acredita em reviravolta na chapa de Fátima e ainda espera apoio do PT para senador: “Muita coisa ainda pode acontecer”

Foto: reprodução

O deputado federal Rafael Motta, pré-candidato do PSB ao Senado, ainda espera receber o apoio do PT na disputa eleitoral. Em entrevista ao Jornal de Fato publicada neste fim de semana, o deputado disse que a decisão do PT de apoiar Carlos Eduardo Alves (PDT) para senador ocorreu de maneira “atabalhoada” e que ainda pode sofrer mudanças.

A posição aprovada no encontro tático do PT foi antes da decisão do TSE, baseada no entendimento anterior que era a possibilidade de alianças no campo majoritário. Agora, temos um fato novo. Eu imagino que vai haver uma apreciação, o próprio PT falou que vai se debruçar sobre a decisão do TSE para se pronunciar sobre o assunto. Então, muita coisa ainda pode acontecer”, afirmou o deputado.

Na semana passada, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu que partidos não podem ter coligações diferentes para Governo do Estado e Senado. Com isso, o PT terá de decidir se terá PDT ou PSB no palanque da governadora Fátima Bezerra (PT), já que os dois partidos têm pré-candidaturas diferentes ao Senado. Rafael diz que a pré-candidatura segue mantida mesmo após a decisão do TSE.

“Eu acho que a aliança com Carlos Eduardo foi feita de uma forma atabalhoada, com certa pressa, com certa urgência, que não era necessária, inclusive, tenho certeza que não é uma vontade majoritária do PT. A militância do PT não se sente confortável com o que foi feito. A gente respeita, obviamente, mas acreditamos que ainda é possível mudar o que foi encaminhado no encontro do PT, principalmente agora com o fato novo que é a decisão do TSE. E, mais uma vez, volto a dizer que acredito ser possível replicar no Estado a aliança nacional do PT com PSB”, enfatizou Rafael.

Rafael Motta acrescenta que o PSB pode ter um peso significativo para a chapa da governadora Fátima Bezerra. “O PSB tem uma aliança nacional com o PT, com a indicação de Geraldo Alckmin para vice de Lula. Essa aliança pode ser replicada no Rio Grande do Norte. É importante que a gente abranja realmente o arco de aliança, fortalece o projeto de mudar o Brasil. O PSB tem um papel muito importante, o nosso partido, inclusive, soma com questão como o tempo de propaganda no rádio e na televisão, e tudo isso deve ser levado em consideração. O nosso apoio à reeleição da governadora Fátima é incondicional, estamos inseridos nesse projeto, então, a nossa pré-candidatura a senador faz parte desse contexto, dentro da aliança nacional do PT e PSB”, destaca.

Ao Jornal de Fato, o deputado comparou Carlos Eduardo a Rogério Marinho (PL) e disse que os dois têm como característica serem adversários do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no plano nacional.

As duas candidaturas tradicionais têm características bem clara. Um representa o bolsonarismo. Quando ele (Rogério Marinho) foi nomeado ministro, já pisou como pré-candidato a senador. Ele trabalhou essa candidatura desde o primeiro momento. É claro que é importante trazer recursos para o nosso estado, mas o ideal é que não seja feito de um tom eleitoreiro como ele fez. Já o outro (Carlos Eduardo) muda de lado conforme a conveniência. Ele estava em Fortaleza (CE) com Ciro Gomes (presidenciável do PDT), onde disse que o palanque de Ciro está garantido no RN através da sua de sua pré-candidatura ao Senado. Eu acho que só quem vence o bolsonarismo é quem nunca foi bolsonarista e quem nunca se rendeu a ele. Desde 2018, quem vem fazendo o enfrentamento ao bolsonarismo em Brasília somos nós como deputado federal. Portanto, do meu ponto de vista, a nossa pré-candidatura não ajuda ao candidato de Bolsonaro no RN; a nossa candidatura atrapalha, realmente, àqueles que prejudicam o trabalhador brasileiro. Acredito que a população quer uma representação coerente, uma representação em defesa dos trabalhadores, e isso o eleitor não encontra em Carlos Eduardo, que é do PDT adversário de Lula, nem em Rogério Marinho, que é o representante do bolsonarismo no estado”, afirma Rafael.

98 FM Natal com informações do Jornal De Fato

Opinião dos leitores

  1. Depois das Convenções Fátima deixa Carlos se virar sozinho. Vai ser menos um na política do RN. Se ela abandonar agora ou não demonstrar empenho junto com Natália e todos do PT, Carlos sai pra governo com qualquer um de senador.

  2. Eita meu povo, o cabaré político do RN está pegando fogo. Tá todo mundo com o c…. na mão, não passa nada.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

PSC no RN entra com ação contra comício de Lula e Fátima Bezerra em Natal por propaganda antecipada, propaganda negativa contra Bolsonaro e abuso de poder econômico

Foto: reprodução/YouTube – PT

O Partido Social Cristão (PSC), por meio do seu presidente, o jornalista e advogado Junior Melo, entrou com uma ação contra o ex-presidente, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), e a governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), por propaganda eleitoral antecipada, propaganda negativa contra o presidente Jair Bolsonaro (PL) e abuso de poder econômico.

Na representação, a sigla menciona um vídeo em que diversos elementos apontam as irregularidades, como, por exemplo, a estrela vermelha do PT no nome de Lula, o que direciona a ligação do pré-candidato ao Partido dos Trabalhadores.

Além de elementos implícitos, a ação também cita o discurso “fervoroso” da executiva estadual petista que atacou e pediu a retirada de Bolsonaro, durante seu discurso.

Fátima Bezerra ainda chamou o presidente de “fascista” e pediu votos para Lula.

“A gente precisa pra ele ganhar a eleição, pra a gente tirar o Brasil ‘das garra’ do fascismo, do autoritarismo que ele vive hoje sob a liderança do desastre que é o governo Bolsonaro, nós precisamos eleger Luiz Inácio Lula da Silva presidente desse país. Por isso, presidente, que com muita tranquilidade, meu partido, nosso partido dos trabalhadores, com maturidade aprovou no seu encontro de tática essa aliança”, afirmou Fátima.

A declaração foi dada durante visita de Lula a Natal, no último dia 16 de junho. Na ocasião, houve um comício na parte externa da Arena das Dunas.

O evento foi transmitido pela internet e o vídeo encontra-se à disposição dos usuários da rede mundial de computadores, alcançando um incontável numero de pessoas que o acessam ou recebem via aplicativo de mensagens.

Segundo a ação, a presença de Fátima Bezerra e de demais políticos caracterizam a situação como uma “nítida pretensão de transferência de capital político”.

Na ocasião, governadores do Nordeste “coincidiram” uma agenda no RN para fazer uma reunião “secreta” e de portas fechadas com Lula.

As falas e os elementos visuais são vistos como antecipação de propagandas eleitorais, que só são permitidas após o dia 15 de agosto.

Um pedido de “tutela inibitória” para a retirada do vídeo citado na ação também foi solicitado para que seja removido do YouTube, Facebook, Instagram e Telegram.

A ação tem como advogados o ex-conselheiro federal da OAB, Dr. Fernando Pinto e a Dra. Dina Perez, segundo os causídicos, não há duvidas que houveram crimes eleitorais e que acreditam que a justiça eleitoral deverá repreender com veemência tais atos em período extemporâneo a campanha eleitoral, segundo Dr. Fernando, a pré-campanha tem uma série de proibições, entre elas está o pedido de voto, ainda que de forma velada ou a propaganda negativa de seu pretenso adversário político.

Opinião dos leitores

  1. O 171FOI LIBERADO DAS SUA SETENÇA, TUDO BEM, PORÉM DIZER QUE ELE NÃO FEZ ATOS PREJUDICIAIS A NAÇÃO BRASILEIRA, AI JÁ OUTRO PADRÃO. TEVE DEZESSEIS ANOS NO PODER E O QUE FOI QUE O CARA FEZ?????????? EU SOU BRASILEIRO E DEFENDO MEU PAÍS SE NECESSARIO COM A PROPRIA VIDA. NÃO DEFENDO NOMES MAIS DEFENDO DIGNIDADE, RESPEITO HONRA E PROGRESSO.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

COVID: Brasil registra 127 óbitos e 51 mil casos nas últimas 24h

Foram divulgados os dados mais recentes sobre o coronavírus no Brasil nesta segunda-feira (27), de acordo com o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass):

– O país registrou 127* óbitos nas últimas 24h, totalizando 670.532 mortes;

– Foram 51.678* novos casos de coronavírus registrados, no total 32.130.316;

*Sem dados: CE e ES

A média móvel de óbitos nos últimos sete dias é de 196. A a média móvel de novos casos é de 53.693.

O ministério da Saúde calcula que mais de 30,5 milhões de pessoas já se recuperaram da Covid.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *