Juiz federal do RN nega liminar do MP para intervir em política de saúde e alerta: “Judiciário não pode se arvorar em gestor administrativo”

Foto: Reprodução

O juiz federal Magnus Delgado, da 1ª Vara da Justiça Federal negou o pedido de liminar impetrado pelo Ministério Público do RN e MPF-RN para que fossem abertos 16 leitos de UTI e 20 leitos clínicos nas cidades de São Paulo do Potengi e Santa Cruz para que atendessem 24 municípios da região no combate a Covid-19.

O pedido alegava que o custeio de 30% deveria ser feito pelas prefeituras com recursos federais recebidos para a saúde. O magistrado federal apontou na decisão os motivos de negar a liminar de forma incisiva.

Matéria completa aqui no Justiça Potiguar.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ricardo disse:

    Parabéns dr Magno Delgado o que se ver é o devendo ao lá municípios farmácia básica
    As UTIs sao de alta complexidade responsabilidade total do estado

  2. SHUBUGO disse:

    Dr.magno sempre muito correto em suas decisões, esse sim merece nosso respeito …

  3. Maria do Socorro Costa disse:

    Grande JUIZ. Respeita a TOGA.
    DR. MAGNO, esse sim!
    Que DEUS o abençõe!

  4. Ruy disse:

    Deveríamos ter mais Magnos,parabéns !!!!!!

  5. Antenado disse:

    Parabéns ao Juiz. Os juízes de primeiro grau têm muito mais respeito à Constituição Federal que o próprio STF.

ABSURDO: Unidade básica de saúde de Mossoró é fechada por falta de pagamento de aluguéis, destaca reportagem

Foto: Sara Cardoso/Inter TV Costa Branca

O portal G1-RN destaca nesta quinta-feira(09) que uma Unidade Básica de Saúde de Mossoró, no Oeste potiguar, amanheceu fechada. O portão do imóvel do prédio foi trancado com um cadeado pelo dono do imóvel, na noite desta quarta (8), por causa de uma dívida acumulada de 18 meses de aluguel. A unidade é a UBS Dr. Antônio Soares Júnior, que fica no bairro Bom Jesus. No início de junho, a família do proprietário do imóvel já tinha deixado um aviso no local informando que havia solicitado a devolução do prédio, por falta de pagamento.

 

Em nota, a Prefeitura de Mossoró afirmou que está concluindo o trâmite burocrático para finalizar o pagamento e negociar com o proprietário a reabertura da unidade.  Veja mais detalhes aqui em reportagem na íntegra.

VÍDEO – BG comenta: “Álvaro Dias se destaca no combate ao covid. Fátima assiste e fica sem protagonismo”

No Meio Dia RN, Bruno Giovanni comenta atuação do prefeito de Natal em comparação com as medidas adiadas ou deixadas de lado pela governadora do RN. Assista abaixo:

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. J.Dantas disse:

    *A Prefeitura de Natal dando um show e ensinando como se faz a luta contra a covid. As UPAS funcionando 24h atendendo todos, inclusive os de outras cidades; Criou o protocolo de kit medicamentoso para tratamento inicial do paciente com covid; Fazendo teste rápido dos grupos de riscos; Estendeu o atendimento das UBS para fazer testes de covid para pacientes dos primeiros sintomas( PCR); Desde de maio está distribuindo kits de medicamentos ( cloroquina, zinco, ivermectina, corticóides, dipirona, azitromicina, etc.) Para os pacientes em tratamento residencial;Criou o centro de profilaxia na zona norte para atender e medicar preventivamente os acompanhantes e grupos de riscos; Fazendo a profilaxia e dando a medicação para os seus profissionais de saúde; Criou o hospital de campanha, mesmo não sendo responsabilidade do município, atendendo a população do RN… inclusive a semana passada foi comemorado a alta do paciente de número 200 curado… Antes tarde do que nunca.Por que o Estado não faz uso desses protocolos, assim como vários municípios?o Estado está fazendo muitos decretos, dando muitas entrevistas, sem planejamento, compras pelo consórcio NE atrapalhadas e sem rumo. … Teve que amargar a semana passada o número de 250 pessoas que morreram esperando uma UTI. A Covid tem que ser tratada igual a todas as doenças: no início… E não quando o paciente está com falta de ar e morrendo… Agora Estado e Municípios vão abrir tudo, a economia não suporta mais…seja o que Deus quiser…

  2. Marcos disse:

    Sinceramente não concordo, só em liberar os comércios mostra o quanto ele está preocupado com as vidas, uma vez que o índice de leitos provam que não estamos aptos a abertura. Mas, o Senhor prefeito pensando somente na arrecadação, libera tudo. Se der merda depois, ele diz que a culpa não foi dele.

  3. Santos disse:

    O protagosnista dessa história só saberemos daqui a 10, 15 dias, qdo os impactos das medidas tomadas nessa semana poderão ser medidas.
    Daí a importância da decisão do STF que reconhece a responsabilidade concorrente da União, Estados e Municípios, em relação a saúde que garantem posicionamentos, nesse caso divergentes. Sendo possível avaliar brevemente se é seguro abrir, ou se por enquanto o isolamento é o melhor remédio.
    O resto é especulação e sencionalismo.

  4. JVCosta disse:

    KG, discordo em de você em dois aspectos: primeiro que, o combate a uma pandemia não deve ser objeto de disputa política. Pelo contrário, deve ser objeto de união política. Segundo que, por mais incompetente que seja o governo estadual em suas ações de combate, esse pelo menos está embasado em recomendações científicas. Por fim, observo que o prefeito trata de forma desigual a população em suas ações.

  5. Raphael disse:

    o prefeito fez muita politicagem, no RN não teve protagonismo em nenhum poder publico, mas a governadora ainda esta melhor pois abriu muitos leitos.

  6. Teles disse:

    Álvaro Dias merece ser reeleito no primeiro turno, competente numa hora nunca vista no mundo, isso com a ajuda do grande Secretário de saúde George Antunes. Aqui em casa votaremos nele com certeza. Já Fátima, se escondeu até quando pode, mais fraca que caldo de bIloca.

  7. Naldin disse:

    Plausivo, o seu comentário BG, é Álvaro 2020 e 2022.

  8. Azevedo disse:

    A governadora Fátima Bezerra está mais perdida do que cego em tiroteio, mal acessorada em todos os aspectos, principalmente no enfrentamento dessa pandemia, onde os seus secretários de saúde são inoperantes perante a crise, essa inoperância pode até refletir e dificultar a sua reeleição.

  9. JR & JR disse:

    Vamos aguardar uma semaninha com tudo aberto na capital dos Reis Magos e ai saberemos quem tá no caminho certo, não estou aqui defendendo governo de ninguém, nem dele e nem dela, mas dizer que tá tudo bem, isso não procede.

  10. Natalense sincero disse:

    Alguém já observou que o nome da empresa que o consórcio nordeste contratou (Hempcare Pharm), significa, na tradução popular, Cuidado da Maconha? Alguém também já teve a curiosidade de acessar o site dessa empresa? Tem coisas que são tão óbvias que não dá pra não desconfiar, não do contratado, mas sim do contratante.

  11. VDelgado disse:

    BG, com todo respeito, a letalidade por milhão em Natal está maior do que nos países com maiores letalidades, tipo Espanha, Itália e França. Essa matéria não procede, caso sejam comparados os óbitos. Detesto a condução da crise por Fátima, mas os resultados de Álvaro são quase 3 vezes piores em termos de letalidade.

Aplicativo de transporte doa vouchers para profissionais de saúde no RN

O Governo do RN recebeu a doação de 3 mil corridas no aplicativo de transporte “99” para serem utilizadas pelos profissionais de saúde no combate ao Covid-19.

A empresa já doou R$ 4 milhões em corridas para todo o Brasil e no Rio Grande do Norte serão beneficiados os profissionais que trabalham nos hospitais da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), servidores do nível central e também os profissionais que estão hospedados no Hotel Barreira Roxa, por meio do projeto Acolhe Saúde.

Para dúvidas de como utilizar o app, basta acessar o endereço eletrônico: https://99app.com/coronavirus/governos/rn/ Para receber o código promocional os servidores devem procurar o setor de Recursos Humanos de cada unidade.

Antes de solicitar a corrida a pessoa beneficiada deverá inserir o código promocional na aba “Cupom de Desconto” no 99app. Cada voucher terá o valor de 25 reais e será válido para 1 deslocamento realizado na categoria 99POP. A parceria tem validade até o dia 31 de julho.

Secretária de Saúde do Amazonas é presa em operação da PF

Coronavírus: o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), inaugura o hospital de campanha Nilton Lins, em Manaus. Foto: Divulgação/Secom-AM

A secretaria de Saúde do Amazonas, Simone Papaiz, foi presa na operação da Polícia Federal desta terça-feira (30) que investiga desvios na compra de respiradores no estado.

De acordo com fontes da Polícia Federal, trata-se de um dos 8 mandados de prisão que estão sendo cumpridos. A prisão é temporária, ou seja, em um primeiro momento deve durar 5 dias.

O governo de Wilson Lima (PSC) vem se defendendo das acusações. No início do mês, a secretária defendeu a regularidade da compra dos respiradores e rechaçou chances de prisão.

“Não há possibilidade de ninguém ser processado. O administrativo de aquisição aconteceu como é previsto em lei. A secretaria do estado abriu o processo de aquisição dos equipamentos baseados em questões técnicas e o quantitativo não foi absurdo. Então não temos nenhuma possibilidade de prisão, de forma alguma”, afirmou Simone Papaiz na ocasião.

Outros funcionários e ex-funcionários de governo também foram alvos, além de empresários.

A suspeita de desvio é investigada em uma CPI na Assembleia Legislativa do Amazonas. No início da pandemia, o governador do estado chegou a responder a um pedido de impeachment por suposto mau uso de recursos públicos e gestão. Esse caso foi arquivado. Há um segundo pedido em curso, diante das investigações envolvendo a compra de respiradores.

“Não tenho dúvida que dá gás ao processo de impeachment. A cúpula de saúde era da confiança do vice governador (Carlos Almeida). Era impossível o governo não saber. Havia uma quadrilha montada na secretaria de saúde para lesar o contribuinte em plena calamidade pública”, afirmou o líder da oposição no Amazonas, Wilker Barreto (Podemos), à CNN.

Wilson Lima não estava no Amazonas no momento da operação. Ele está em Brasília.

CNN Brasil

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. MAURICIO disse:

    A PF VAI CHEGAR AO RIO GRANDE DO NORTE, NÃO TENHAM DUVIDAS

  2. Bolsomito disse:

    Tomara que essa operação da PF chegue ao RN. Tem muita gente com aquilo na mão.

FOTO: Duas novas unidades de saúde foram inauguradas em São Gonçalo do Amarante

Foto: Divulgação

Duas novas unidades de saúde começam atender a população de São Gonçalo do Amarante/RN nesta terça-feira (30). As obras foram inauguradas pelo prefeito Paulo Emídio, Paulinho, na última sexta-feira (26), e vão melhorar o acesso à saúde básica no município, que também ganhou um Centro Municipal de Pediatria para direcionar o atendimento às crianças.

As unidades são nas comunidades de Olho D’Água do Carrilho e Novo Amarante. Os equipamentos contam com sala de vacina, consultórios médico, odontólogo e de enfermagem; sala de curativo e inalação; farmácia; setor de observação médica e de esterilização; gerência, copa, expurgo, almoxarifado, depósitos de resíduos e banheiros com acessibilidade. Todos ambientes são climatizados.

“A comunidade está feliz com a nova unidade e toda essa estrutura. Um paciente chega aqui doente e entra nesse ambiente novo, aconchegante, já se sente um pouco melhor. Isso é uma conquista de todos”, disse Josué da Silva, comerciante e morador de Olho D’Água do Carrilho.

Foram investidos R$ 1,4 milhão de emendas parlamentares nas duas unidades. Nos últimos três anos, na área da saúde, foram entregues à população cinco UBSs, dois Centro de Especialidades Médicas e o centro de pediatria.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Emerson disse:

    Parabéns ao povo São Gonçalense por esses equipentos e ao prefeito por trazer esse grande beneficio

Queiroz entra com pedido de Habeas Corpus por fazer parte do grupo de risco do Covid-19 e ser réu primário

Foto: Reprodução

A defesa de Fabrício Queiroz, preso no último dia 18 acusado de fazer parte do esquema conhecido como “rachadinha”, entrou, sábado, com um pedido de habeas corpus no TJ do Rio. No pedido, com caráter liminar, a defesa afirma, entre outras coisas, que Queiroz faz parte do grupo de risco do Covid-19 e que possui residência fixa, é réu primário e possui bons antecedentes. Também foi mencionado no pedido a decisão da 3ª Câmara Criminal, que considerou o juízo da 27ª Vara Criminal, que expediu o mandado de prisão, incompetente para julgar o processo.

Blog Alcemo Góis – O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cigano Lulu disse:

    E Queiroz foi preso num sítio em Atibaia? Pois eu jurava que ele estivesse em Jucurutu.

  2. Pedro disse:

    Pensei que fosse o único a achar esse RL, com conversas sem começo e fim, discurso de quem anda no mundo da lua, pedante, meio esquizo, com história de votei, me arrependo, pinico, caneco ou será falta do que fazer? Se o seu objetivo é se mostrar inteligente, adulto, entendido, arrependido ou sério, está errando feio.

  3. Zanoni disse:

    É o PC Farias?

  4. Fica quieto que é melhor disse:

    Tem que mandar ele para mortadelacity( a cidade que lula criou , onde todos eram ricos )

    • Vergonha disse:

      Parabéns ….o homi mais onesto do mundi ( errado igual aos analfabetos PTralhas)

  5. Ricardo lúcido disse:

    E agora ? Merece ou não merece ? Qual será s opinião dos bozolandios ? Do ponto de vista legal ele merece sair ? Questão difícil de explicar , mesmo sabendo do seu estado de saúde é muito complicado . Ele é um arquivo vivo e corre risco de vida . Por outro lado o envolvimento com milícias pode strapslhsr as investigações . O povo está nervoso , o careca é o PC FARIAS do BOZO . Ele sabe muito da cozinha a sala principal , e suas declarações serão de extrema importância . O gado 🐄 ouriçado fala : “ não fala Queiroz “ , o BOZO grita , “ CARECA ME AJUDE “ . O limite da fidelidade de um ser humano a um amigo vai ser testado , acho que não deve sair no momento . A esposa está foragida e negocia delação . Que tal um “ COMBO “, de RACHADINHA NA VEIA ? . TITICO TRÁS O PINICO ! MSNECO LAVE O CANECO ! .

    • Vergonha disse:

      Aí você conhece bem ?? São especialistas em idolatrar BANDIDO , o país está na merda por pessoas iguais a você ☝️☝️☝️☝️Que tem ladrao preferido,9 Dedos seu ladrao preferido conseguiu dividir o país …..em qualquer parte do mundo à população briga por uma pais melhor , mas aqui só presta se voltar os PTralhas, aqueles que roubaram a Petrobras, aquele presidente que o filho virou de limpador de bosta no zoo há bilionário
      EU NÃO TENHO LADRAO PREFERIDO…Queiroz,Lula etc … todos LIXO DA SOCIEDADE

    • RICARDO LÚCIDO disse:

      Vergonha com um nome tão característico desse ê difícil debater . Vossa excrescência não entendeu nada . Vejamos : eu votei no BOZO me arrependi mas acho que não fui o único . Votei para varrer 🧹 a corrupção do PETÊ . Fui para rua , vesti verde amarelo , batizei minha cadelinha de MITOCA , briguei com minha sogra , fiquei de mal do meu cunhado da Petrobrás , comprei um berrante verde amarelo e fui para rua sem vergonha nenhuma . Hoje sem vergonha digo que me arrependi . Agora tenho consciência que não preciso me escorar governo com rachadinha . Simples assim , VERGONHA . Precisa NÃO SER SEM VERGONHA PARA ADMITIR O ERRO , PRECISA NÃO SER SEM VERGONHA PARA NÃO DEFENDER RACHADINHA . A estimação pelo pelo RACHID E PELA MILÍCIA É DO VERGONHA . A propósito TITICO TRAGA O PINICO , MANECO LAVE O CANECO .

    • Junco disse:

      Lúcido o que Bolsonaro tem haver com rachadinhas??
      Escreva aqui nessa linha.
      ——————————–
      Prove tá???
      Vai dormir e cagar no seu pinico.
      Kkkkkkk
      Tchau petralhas.
      Vc não engana a ninguém, só a vc mesmo.
      E ainda chama esse linguajar chulo de debate.
      Kkkkkkkk

    • Braulio Pinto disse:

      Essa campanha política esquerdista de Ricardo, o coitadinho arrependido, a quem falta lucidez com seus pinicos e canecos é de dar nojo. Poderia ao menos uma vez dizer algo que se aproveite.

  6. Observando disse:

    justo. E digo mais. Tem endereço fixo. Na casa dos advogados da FAMILIA?

RN registra 2.207 profissionais de Saúde confirmados com covid-19; na Segurança Pública, 453 testaram positivo

O Centro de Referência Estadual em Saúde do Trabalhador (CEREST) das Sesap acompanha a ocorrência de Covid 19 junto às categorias de trabalhadores da Saúde e da Segurança Pública. Os dados apurados, segundo a coordenadora do CEREST, Kelly Lima, atestam que hoje 10% das pessoas infectadas pelo novo coronavírus são profissionais da Saúde das redes pública estadual e municipal e privada.

Os profissionais de Saúde são a categoria mais testada no RN. No início da pandemia, 25% dos casos atingiam estes profissionais. “Hoje temos menos de 10% casos. A redução se deu devido ao intenso trabalho que realizamos nas unidades de saúde com orientações sobre bio segurança e uso adequado de EPIs”, afirmou Kelly Lima.

O RN tem 2.207 profissionais de Saúde confirmados com covid. Na categoria foram contabilizados 18 óbitos, dos quais 3 foram de aposentados que contraíram o vírus fora do ambiente de trabalho. Oito óbitos aconteceram em Mossoró e outros dez se somam na região metropolitana de Natal.

Entre os profissionais da Segurança Pública, 453 contraíram a covid e há 578 casos suspeitos. A maioria são homens com idade entre 30 e 49 anos. Foram registrados dois óbitos, um em Mossoró e um na região metropolitana de Natal.

Os dados mostram que 48% casos confirmados para covid no RN são de pessoas com idade entre 30 e 49. “Entendemos que são pessoas que estão em idade ativa e trabalhando. O local de trabalho pode, sim, ser local de transmissão. Daí a importância do distanciamento e das barreiras para o exercício do trabalho de forma segura”, registrou Kelly Lima. Ela ainda destacou a importância da adesão das pessoas, das empresas e instituições ao Pacto pela Saúde que também visa fomentar junto aos municípios estratégias para a segurança no trabalho.

Prefeitura de São Gonçalo do Amarante autoriza pagamento de adicional de insalubridade a servidores de saúde durante pandemia

O prefeito de São Gonçalo do Amarante/RN, Paulo Emídio, autorizou o pagamento de adicional de insalubridade, no percentual de 40%, para os profissionais de saúde que estão atuando diretamente na linha de frente no combate à Covid-19. O decreto foi publicado nesta terça-feira (23) no Jornal Oficial do Município (JOM).

O texto ainda dispõe sobre o pagamento de 20% do adicional de insalubridade para todos os servidores que trabalham na área administrativa das unidades de saúde do município. O decreto tem validade de 90 dias, podendo ser estendido por mais 90.

Prejuízo na Saúde do RJ com irregularidades pode chegar a R$ 1 bilhão

CGE detectou redução dos serviços oferecidos para a população após unidades de saúde começarem a ser geridas por OSs. — Foto: Reprodução

O Relatório de Auditoria 51/2019 da Controladoria Geral do Estado do Rio de Janeiro apontou 45 irregularidades encontradas na Secretaria de Estado de Saúde (SES). O prejuízo aos cofres públicos, segundo o documento, pode chegar a R$ 1,016 bilhão. Veja a lista no fim do texto.

O documento, elaborado entre 17 de fevereiro e 7 de agosto do ano passado, foi feito a pedido do então secretário de Saúde na época – Edmar Santos – e tinha como principal alvo de investigação a gestão das chamadas Organizações Sociais (OSs).

No levantamento, os auditores constataram que, entre 2012 e 2019, a passagem da gestão de unidades de saúde para as OSSs resultou na diminuição dos serviços prestados à população.

Nas palavras dos próprios auditores: “A extensão dos exames se enquadrou desde o início da publicização do serviço público de saúde até os dias atuais (2012 a 2019) e observou-se que a transferência da gestão das unidades de saúde resultou na redução do volume assistencial do serviço público de saúde ofertado, quando comparado ao anteriormente praticado pela SES, juntamente com o aumento dos valores envolvidos na operacionalização das unidades”.

Além disso, o estudo encontrou fragilidades e inconsistências no que se refere aos trabalhos de fiscalização do repasse de verbas públicas e efetivo trabalho feito por essas organizações.

De acordo com o texto do relatório, o setor de fiscalização também funciona de forma precária.

Segundo o relatório, apesar da relevância dos valores empregados com a contratação das OSSs representar 56% do orçamento da SES apenas entre janeiro e julho, os técnicos constataram graves problemas no que se refere à fiscalização e inexistência de sistemas informatizados que prestem auxílio no âmbito da prestação de contas e do controle dos gastos, além de falta de critérios de fiscalização.

Entre os pontos ressaltados pelo relatório, os auditores também apontam irregularidades como:

Falta de acompanhamento para o cumprimento da proposta econômica contratada;

Servidores com carga horária inferior a 40 horas semanais;

Inércia quanto à imputação de glosas (notas explicativas), descontos de produtividade e eventuais infrações pelo descumprimento de cláusulas contratuais ou legais;

Registro de dívidas em desconformidade aos mandamentos legais e contratuais;

Canal de Transparência deficiente;

Ouvidorias que não concluem as demandas nos prazos legais.

A avaliação feita pelos auditores da CGE detectou a presença de servidores que não cumprem a carga horária semanal de 40 horas:

Na Secretaria de Saúde há funcionários que não cumprem as 40 horas de trabalho semanal. — Foto: Reprodução

Outro problema é, nos termos do relatório da CGE, a inércia da Secretaria de Saúde no que se refere às infrações cometidas pelo descumprimento de cláusulas contratuais ou legais:

O estudo aponta que a secretaria se mostra inerte quanto ao descumprimento de cláusulas contratuais. — Foto: Reprodução

Os auditores concluem o relatório fazendo recomendações e mencionando o prejuízo que as irregularidades encontradas na SES podem causar ao Estado do Rio:

“Por todo exposto, são necessárias ações propositivas da Administração, em observância às Recomendações emitidas, no sentido de estruturar formalmente os fluxos e as rotinas a serem adotadas, que possibilitem a produção de informações tempestivas a serem utilizadas pela gestão oportunamente, evitando o acúmulo de irregularidades e o recorrente dano ao erário, que no âmbito do presente trabalho pode alcançar a marca de R$ 1,016 bilhões”.

Em nota, a Secretaria de Estado de Saúde (SES) afirmou que tem tomado diversas medidas com o objetivo de adequar procedimentos administrativos e financeiros, conforme orientações de órgãos de controle.

As 45 irregularidades encontradas no relatório da CGE:

(mais…)

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. José Macedo disse:

    o impeachment do witzel , já está batendo na porta.
    Graças a Deus.

Médico pró-vida é nomeado Secretário de Atenção Primária do Ministério da Saúde

Foto: Jane de Araújo | Agência Senado

O governo federal nomeou o médico Raphael Câmara Medeiros Parente para o cargo de secretário de Atenção Primária à Saúde do Ministério da Saúde. A nomeação foi assinada pelo ministro-chefe da Casa Civil, Walter Braga Netto.

O nome dele foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) nesta terça-feira (23) depois de a secretaria ficar quase dois meses sem titular – Erno Harzheim foi exonerado do cargo em 30 de abril, ainda na gestão de Nelson Teich à frente do ministério.

Raphael Parente é doutor em Ciências, mestre em Epidemiologia e médico do departamento de Ginecologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), além de integrante do Conselho Federal de Medicina.

O nome dele aparece em vários artigos publicados em jornais e na internet relacionados à questão do aborto. Em alguns, ele é apresentado como um “defensor do direito à vida”.

A Secretário de Atenção Primária à Saúde é responsável, entre outras coisas, pela gestão de postos de saúde, ambulatórios e atendimentos de “saúde da família”. A Secretaria também tem entre as atribuições desenvolver estratégias para o acesso de primeiro contato ao sistema de saúde, fortalecer a Estratégia Saúde da Família e implementar políticas para a equidade em saúde.

É considerada, portanto, uma das áreas estratégicas dentro do Ministério da Saúde.

A Atenção Primária à Saúde ganhou status de Secretaria a partir de um decreto assinado, em maio de 2019, pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

CNN Brasil

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Lair solano vale / médico disse:

    ótima notícia. Acabei de ouvir e ver na TV senado ,
    o Senador do Pt de Sérgipe agradecer e elogiar o Ministro da Saúde, isso sim é postura de democrata e político sério.

Testagem rápida para profissionais de saúde de Natal segue nesta segunda-feira

Foto: Divulgação

A Secretaria Municipal de Saúde de Natal (SMS/Natal), dando continuidade a testagem de Covid-19 voltada aos profissionais da saúde, é reiniciada nesta segunda-feira (22), a realização do exame será feito nos Distritos Sanitários de Natal. A estratégia do teste, com objetivo de identificar e tratar possíveis servidores contaminados pelo coronavírus, já aconteceu na Rede de Urgência e Emergência da capital, no início de junho, e agora chega às Unidades Básicas de Saúde (UBS) e Policlínicas.

O Distrito Sanitário Norte I e Norte II, que compreende a Zona Norte, serão o primeiro a receber a ação, a SMS Natal reservou três dias de testagem para cada Distrito. A testagem será iniciada no Norte I a partir das 13h, desta segunda-feira (22) e segue até quarta-feira (24). Na quinta-feira (25) é a vez do Norte II, uma equipe laboratorial fará o teste rápido nos servidores da sede do Distrito.

Os indivíduos que apresentarem IGM positivo no resultado serão orientados pela equipe médica para definir estratégia adequada no tratamento da doença. Essa medida reforça a diminuição do contágio e também condiz com o cuidado do Prefeito Álvaro Dias com quem está na linha de frente da saúde.

“Esse teste rápido é uma preocupação a mais que temos com a saúde dos nossos servidores nesse período da pandemia. Ele é simples e o resultado está disponível no mesmo dia. Através de uma gota de sangue a gente consegue ver quem está com a doença ativa e também quem já teve contato com o vírus para que a gente possa tomar as medidas necessárias”, informa Rayanne Araújo, Secretária Adjunta da SMS/Natal.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Servidor disse:

    Enquanto isso, nós da semsur que fazemos diariamente a fiscalização das feiras livres da cidade, não temos esse direito.

Saúde em Natal identifica mais 208 casos de Covid-19 durante 3º dia de ‘drive-thru’ de testagem

Foto: Pedro Vitorino/Cedida

1.550 pessoas compareceram ao terceiro dia do drive de testagem rápida de Covid-19 no Arena das Dunas, promovido pela Prefeitura do Natal através Secretaria Municipal de Saúde (SMS-Natal). O número é expressivo, já que esta quinta-feira (18) registrou média de 2,34 testes realizados por minuto. A estrutura teve sete postos operando desde às 8h, e seguiu até às 19h, horário que o último veículo deixou o local. O exame vem sendo realizado com livre demanda a idosos a partir de 60 anos e pessoas com comorbidade comprovada que residem na capital, exclusivamente em veículos. Os pedestres virão a ser atendidos na terceira fase que será divulgada em breve pela pasta.

Entre os 1.550 resultados, 208 apresentaram algum indicativo positivo e 1.342 negativos. Até o terceiro dia da ação a SMS Natal contabilizou a passagem de 3.945 pacientes. O teste rápido tem função de indicar se o indivíduo já teve contato com o vírus ou se ainda está na fase de transmissão da doença, com infecção ativa. A população ainda recebe orientação no atendimento para verificar o laudo da testagem em casa, através de senha para retirar via internet, e buscar uma unidade de saúde da cidade em casos positivados.

“A gente orienta que a melhor forma para acessar o resultado é aguardar em casa, com segurança, e verificar a plataforma online no fim do dia. Nossa equipe também explica o que deve ser feito quando o resultado é positivo, onde não há motivo para pânico e deve-se buscar a unidade básica de saúde mais perto de casa. Na terça-feira, 23 de junho, iniciamos no Nélio Dias e ficamos até sexta-feira, 26, atendendo a Zona Norte”, informa Rayanne Araújo, Secretária Adjunta de Atenção à Saúde de Natal.

Nesta sexta-feira (19) acontece o último dia de drive no Arena das Dunas e Secretaria de Saúde de Natal (SMS Natal) divulga o balanço geral da primeira semana no sábado (20). Uma equipe da pasta também realiza hoje visita técnica ao Ginásio Nélio Dias, para finalização do projeto que recebe próxima semana o drive do local. Essa medida é a segunda fase e visa atender toda a população da Zona Norte com eficiência e rapidez na oferta do serviço para a região.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Servidor disse:

    Trabalho na fiscalização da semsur, estamos diariamente realizando nossos trabalhos nas feiras livres de Natal, onde vários casos de feirantes já foram registrados com covid 19, inclusive com 1 óbito. Sem falar que vários servidores entre efetivos, terceirizados e comissionados estão afastados da semsur por contamunação, já solicitamos que fosse feito exames em todos nós e até agora não fomos atendidos.

Superintendente da Saúde do RJ é preso em nova fase de operação contra irregularidades na compra de respiradores pelo estado

Carlos Frederico Verçosa Duboc (E), superintendente de Orçamento e Finanças da Secretaria Estadual de Saúde, foi preso em casa, em Niterói — Foto: Reprodução/TV Globo

A Polícia Civil e Ministério Público (MP) do RJ prenderam, na manhã desta quarta-feira (17), Carlos Frederico Verçosa Duboc, superintendente de Orçamento e Finanças da Secretaria Estadual de Saúde.

Também foi preso o empresário Anderson Bezerra.

É mais uma fase da Operação Mercadores do Caos, que investiga suposta fraude na compra de mil respiradores pelo estado para o combate à Covid-19.

Os equipamentos foram comprados emergencialmente e, segundo o MP, jamais foram entregues.

Duboc foi preso em casa, em Pendotiba, Niterói. Servidor do Município do Rio cedido ao estado desde janeiro de 2019, ele respondia a Edmar Santos — secretário de Saúde exonerado pelo governador Wilson Witzel, diante das irregularidades — e foi mantido na função por Fernando Ferry.

Cabia a Duboc autorizar despesas — incluindo as de dispensas de licitação, como foi o caso dos respiradores.

A TV Globo apurou que ele foi acordado pelos policiais.

Bezerra foi preso no Andaraí, na Zona Norte do Rio.

Agentes saíram para cumprir ainda quatro mandados de busca e apreensão no Rio e outros cinco em Brasília — todos expedidos pela 1ª Vara Criminal Especializada do Rio de Janeiro.

O G1 ainda não conseguiu contato com a defesa de Duboc e de Bezerra.

Sete presos

Além de Duboc, seis pessoas haviam sido presas em etapas anteriores da Mercadores do Caos:

Gabriell Neves, subsecretário de Saúde do estado, exonerado antes da prisão;

Gustavo Borges, que sucedeu Gabriell na pasta, exonerado depois da operação;

Aurino Filho, dono da A2A, uma empresa de informática que ganhou contrato para fornecer respiradores ao estado;

Cinthya Silva Neumann, sócia da Arc Fontoura, outra firma contratada;

Maurício Fontoura, controlador da Arc Fontoura e marido de Cinthya;

Glauco Guerra, representante da MHS, a terceira empresa contratada.

O MP afirma que o esquema fraudulento “desviou mais de R$ 18 milhões do Erário do Rio de Janeiro”.

“Passados mais de dois meses da data de entrega dos respiradores comprados emergencialmente, sem licitação, nenhum equipamento foi entregue pelas empresas, nem o dinheiro devolvido aos cofres públicos”, afirmou.

Equipamentos inservíveis

Os contratos, sem licitação, somaram R$ 183,5 milhões. O G1 mostrou que o governo pagou R$ 33 milhões adiantados às três empresas. Parte do pagamento adiantado ocorreu em uma hora.

G1

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cigano Lulu disse:

    Esse rouba e faz ioga, tudo a um só tempo?
    Realmente, o Brasil não é para amadores.

  2. Getro disse:

    Essa turma era acostumado com o pêtê….tudo passava….mas agora a conversa é outra.
    O STF é capa vermelha…..mas vai mudar.

    • CADÊ QUEIROZ??? disse:

      O STF autorizava até grampo no telefone da presidente Dilma. Mas agora vai mudar. como falou o nosso presidente "ACABOU PORRA…TAOQUEI???

  3. CADÊ QUEIROZ??? disse:

    Essa turma dos eleitos na onda Naro, parece que pegaram a onda errada. A fila está andando…chega já no Queiroz.

Secretário de Saúde de Natal, George Antunes, testa positivo para Covid-19

O prefeito de Natal, Álvaro Dias, em coletiva de imprensa na tarde desta segunda (15), informou que o secretário de Saúde de Natal, George Antunes, testou positivo para coronavírus.

Segundo o chefe do executivo, George Antunes está bem, em casa, em isolamento. O secretário tem 62 anos.

Com informações do G1

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Pedro disse:

    Que a sua saúde e da sua esposa sejam rapidamente restabelecidas, vcs merecem isso é muito mais.

  2. William lima disse:

    Exelente amigo e grande proficional
    Deus estar no comando.

‘Covidão’ já atinge governos de sete Estados e valor investigado chega a R$ 1,07 bilhão

Foto: BBC NEWS BRASIL

Conforme a epidemia do coronavírus avança no Brasil, o país assiste também a uma outra escalada: a de operações contra a corrupção envolvendo dinheiro público para a resposta à doença.

Desde o fim de abril, são pelo menos 18 operações — uma a cada 3 dias, em média. Só na semana passada, foram deflagradas cinco operações em todo o país.

As ações já atingem governos de sete unidades da federação: Amapá, Distrito Federal, Pará, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia e Santa Catarina. Nos casos do Rio e do Pará, as apurações atingem os governadores locais — que negam irregularidades —, e foram autorizadas pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Policiais também foram às ruas para apurar irregularidades em várias prefeituras, incluindo as capitais Fortaleza (CE), Recife (PE), Rio Branco (AC) e São Luís (MA).

Ao todo, essas operações já cumpriram 230 mandados de busca e apreensão, e ao menos 32 pessoas suspeitas de envolvimento foram detidas.

Os contratos e compras investigadas somam cerca de R$ 1,07 bilhão — o montante que foi efetivamente desviado ou superfaturado, no entanto, ainda está sendo investigado pelas autoridades.

As informações foram levantadas pela reportagem da BBC News Brasil com base em informações da Controladoria-Geral da União (CGU) e do Ministério Público Federal (MPF).

Só a CGU participou de 12 operações do tipo — a maioria em parceria com o MPF e a Polícia Federal.

As irregularidades encontradas também variam muito.

Há casos de sobrepreço em itens simples, como máscaras descartáveis — caso das operações Assepsia, em Rio Branco; e Cobiça Fatal, em São Luís (MA). Mas também há investigações sobre contratos milionários de compra de respiradores e montagem de hospitais de campanha, como nas apurações deflagradas no Rio de Janeiro e no Distrito Federal.

A primeira apuração de irregularidades envolvendo a resposta ao novo coronavírus aconteceu no município de Aroeiras (PB), parte da região metropolitana de Campina Grande, em 23 de abril.

Batizada de Alquimia, a operação cumpriu três mandados de busca e apreensão em Aroeiras e em Patos (PB), e apurou um prejuízo de R$ 48,3 mil na impressão de cartilhas com orientações de saúde à população.

Além disso, a CGU também participou de quatro operações que tiveram como alvo pessoas que tentaram receber de forma indevida o Auxílio Emergencial de R$ 600, criado para combater os efeitos econômicos da pandemia.

Segundo os próprios dirigentes da CGU, a avalanche de investigações era “previsível” e repete o padrão de outros momentos nos quais grande quantidade de dinheiro federal foi enviada a Estados e municípios. Foi o caso das enchentes na região serrana do Rio em 2011, e do rompimento de barragens de rejeitos nas cidades mineiras de Mariana (2015) e Brumadinho (2019).

Para o advogado e ex-ministro da CGU Jorge Hage, o volume de investigações mostra que o governo “perdeu a mão” na hora de flexibilizar os controles financeiros durante a pandemia — por mais que a situação exija agilidade nas compras públicas, controles importantes acabaram suprimidos por medidas provisórias editadas pelo governo federal, avalia ele.

 

Número de investigações ‘é expressivo’

Atual secretário adjunto de combate à corrupção da CGU, Roberto César de Oliveira Viégas diz que há um aumento expressivo no número de investigações de corrupção em Estados e municípios. E que esse aumento era previsível.

“A gente já sabia que isso poderia acontecer, e começamos a monitorar a essas descentralizações (repasses de recursos). Qual o foco? Verificar se essas empresas que estão sendo contratadas (…) se elas de fato têm capacidade técnica e operacional; se elas de fato existem; se estão constituídas em nomes de laranjas; se já foram envolvidas em outras operações; se foram recém-criadas. Tem um catatau de informações (a serem checadas)”, explica ele.

Viégas diz que muitos dos alarmes de irregularidades chegam por meio da plataforma Fala.br, uma ferramenta do governo.

“Quando você tem uma quantidade grande de recursos sendo descentralizados, num momento em que há fragilidades (nos controles), com contratações diretas, em ambiente de calamidades públicas… Nós já tivemos experiências desse tipo, como quando tivemos aquelas enchentes na região serrana do Estado do Rio (em 2011), e também em Minas”, diz ele.

“Quando os recursos vão em grande monta (…), o que a gente percebe é que não necessariamente eles vão ser usados corretamente”, diz. “Podemos afirmar que há um maior risco de não aplicação correta dos recursos”, diz ele.

O que dizem os governadores investigados

Os dois governadores que foram alvo das investigações negam qualquer envolvimento com irregularidades.

Na manhã do dia 26 de maio, a Polícia Federal cumpriu mandato de busca e apreensão no Palácio das Laranjeiras, residência oficial do governador do Rio.

“Não há absolutamente nenhuma participação ou autoria minha em nenhum tipo de irregularidade nas questões que envolvem as denúncias apresentadas pelo Ministério Público Federal. Estranha-me e indigna-me sobremaneira o fato absolutamente claro de que deputados bolsonaristas tenham anunciado em redes sociais nos últimos dias uma operação da Polícia Federal direcionada a mim, o que demonstra limpidamente que houve vazamento, com a construção de uma narrativa que jamais se confirmará”, disse Witzel em nota.

“A interferência anunciada pelo presidente da República está devidamente oficializada. Estou à disposição da Justiça, meus sigilos abertos e estou tranquilo sobre o desdobramento dos fatos. Sigo em alinhamento com a Justiça para que se apure rapidamente os fatos. Não abandonarei meus princípios e muito menos o Estado do Rio de Janeiro”, continua ele.

Na quarta-feira (10/6), a Polícia Federal realizou buscas, entre outros endereços em Belém (PA), na casa de Helder Barbalho, como parte de apuração sobre suposta fraude na compra de respiradores pelo governo estadual.

Barbalho, disse que atuou desde o começo da pandemia para proteger a população do seu Estado.

“No dia 16 de março iniciamos o processo de isolamento social, seguindo orientação da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde para buscar proteger a nossa população. Em paralelo a isso, o Governo do Estado não mediu esforços para estruturar a rede de saúde pública do Pará, no sentido de atender a nossa população”, disse ele, numa entrevista na quarta-feira (10), quando a operação foi deflagrada.

“Quero demonstrar minha absoluta indignação com o que ocorreu, fazendo no Estado do Pará vítimas e lesados por aqueles que pensaram em aproveitar uma pandemia, o sofrimento de pessoas, acreditando que seria possível oferecer um produto e entregar outro, e ficar ilesos; que a sociedade paraense e o Governo do Pará aceitariam e não reagiriam”, disse ele, referindo-se ao fato de que 152 respiradores comprados pelo governo apresentaram falhas e não puderam ser usados no atendimento aos pacientes.

Com BBC Brasil

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Rogério Felinto disse:

    BG qual sua opinião será que ainda vai haver prorrogação de isolamento no decreto do governo Fátima?

  2. Irany Gomes disse:

    A quadrilha de sempre, o secretário executivo do consórcio Nordeste, é o mesmo que comandou o rombo nos fundos de pensões!

  3. Ivan disse:

    O Japonês da federal tá chegando…faz carreira petisa!!!!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  4. Antenado disse:

    Onde estão as hienas? Sumiram?

  5. mauricio disse:

    BG, AINDA ESTOU ESPERANDO LER O SEU EDITORIAL FALANDO SOBRE O DESPREPARO DO GOVERNO FATIMA NO COMBATE AO COVID 19

  6. Fabio disse:

    Agora é que deu vontade de votar no mito de novo , num vejo a hora de chegar 2022

  7. LulaLá disse:

    O rebanho aqui tá mugindo alto…. muuuuuuu

  8. Flávio A disse:

    E o RN não está sendo investigado? Vixe tá bom demais para a tropa do PT do RN.

  9. Mário disse:

    O STF só tem olhos pra o presidente.

  10. Gustavo disse:

    Crápulas! Quando nós vamos nos livrar desses corruptos? Quando teremos instituições e aparato legal com força e eficiência suficientes para inibir a ação desses vermes?
    Aproveitar-se da situação em que estamos é o cúmulo da maldade.

    • Patriotafiel disse:

      Exato, precisamos acabar com esse sistema no Brasil onde prefeitos, governadores, o Maia, o Alcolumbre e o STF só pensam em roubar. Se a gente tivesse so os brasileiros patriotas e o nosso presidente eleito nos estaríamos muito melhor.