COVID: Saúde promete plano de vacinação em breve e anuncia rodada de reuniões com farmacêuticas

Foto: Biontech

O Ministério da Saúde anunciou que fará uma série de reuniões nesta semana com produtores de vacinas com resultados promissores. A primeira será nesta terça-feira, com executivos da farmacêutica Pfizer. A pasta afirmou que em breve apresentará o plano de imunização da população brasileira, com foco inicial nos grupos de riscos a serem definidos. Já havia uma previsão de divulgar as diretrizes até dezembro.

A agenda com as farmacêuticas não significa compromisso de compra dos imunizantes. A pasta mantém o discurso de que apenas monitora os resultados dos testes em andamento e as condições de compra, logística e armazenamento, para, se houver registro da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), efetivar uma possível aquisição.

Segundo interlocutores da cúpula da Saúde, uma das principais preocupações é saber se os produtores terão capacidade de fornecer nas quantidades necessárias para o Brasil, tendo em vista a corrida global por uma vacina; os preços estimados; além dos detalhes sobre armazenamento, como condições de temperatura.

A rede logística do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde, conhecida como cadeia de frio ou rede de frio, precisa se preparar para ter condições de transportar e armazenar as vacinas. Hoje, essa rede tem capacidade de manter os produtos a 20° C negativos. Alguns imunizantes em desenvolvimento podem precisar de temperaturas ainda mais baixas.

Ainda esta semana a pasta deve fazer reuniões com as farmacêuticas Janssen, braço da Johnson & Johnson; com o Instituto Gamaleya, para tratar da Sputinik V; e com Bharat Biotech, sobre a Covaxin. São produtores que estão com vacinas em estágios avançados de desenvolvimento.

A compra da vacina CoronaVac, desenvolvida pela empresa chinesa Sinovac, em parceria com o Instituto Butantan, foi objetivo de uma intenção de compra por parte do Ministério da Saúde recentemente, anunciada pelo ministro Eduardo Pazuello, da Saúde. No entanto, o presidente Jair Bolsonaro desautorizou publicamente Pazuello, afirmando que o governo não iria adquirir o produto.

O episódio faz parte de uma disputa política entre o governador de São Paulo, João Doria, e o presidente Bolsonaro. O Butantan é ligado ao governo de São Paulo. Doria e Bolsonaro são potenciais candidatos ao Planalto em 2022.

O Ministério da Saúde informou que apresentar “em breve” o plano de imunização da população brasileira contra a Covid-19. A previsão é que ter uma primeira remessa de vacinas disponível no primeiro semestre do ano que vem.

O governo investe na vacina de Oxford, mas promete que adquirirá a primeira vacina que se mostrar eficaz e segura passível de imunizar a população brasileira. O Brasil também faz parte da coalização internacional da Covax Facility, de esforço conjunto em busca de uma vacina.

No plano de imunização, segundo a pasta, devem ser contemplados inicialmente os grupo de risco da doença, que serão definidos pelos aspectos epidemiológicos, de eficácia e de segurança da vacina a ser utilizada.

O Globo

Unimed Natal é eleita a 26ª maior operadora de saúde do país

Foto: Divulgação

A Valor 1000 divulgou o ranking das maiores empresas de 2020. Na categoria operadoras da saúde, a Unimed Natal foi reconhecida como a 26ª maior do país, sendo a 2ª que mais cresceu em posições no ranking geral (que leva em contas as contraprestações efetivas), saindo da 33ª posição. Nas demais classificações, a cooperativa também alcançou destaques importantes como a 8ª operadora de saúde do país em índice de liquidez corrente; a 16ª em independência financeira; a 20ª maior em aplicações financeiras e também 20ª em melhor resultado financeiro.

Os índices conquistados ao longo dos anos só foram possíveis e se tornaram realidade pela união e trabalho incansável da diretoria executiva, conselhos, cooperados, colaboradores que tem o compromisso diário em fazer da Unimed Natal uma operadora de saúde sustentável, investindo em qualidade e estratégias inovadoras em prol do cuidado com nossos clientes, que refletem diretamente nos resultados alcançados até aqui.

Governo do RN convoca mais 160 profissionais de saúde para enfrentamento da pandemia do novo Coronavírus

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte publicou, por meio da edição de ontem (10) do Diário Oficial do Estado (DOE), a convocação de mais 160 profissionais de saúde compor o quadro de servidores da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) e atuar no enfrentamento pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). Com mais essa convocação, a Sesap pretende manter a estrutura e funcionamento dos leitos UTIs Covid abertos durante a pandemia e que estão sendo convertidos em leitos de UTIs geral, deixando um legado para a saúde pública do nosso estado.

Foram convocados os seguintes profissionais para atuar nas diversas regiões de saúde: técnico em enfermagem (50), farmacêutico bioquímico e/ou biomédico (16), enfermeiro (26), farmacêutico (12), fisioterapeuta (10), técnico em laboratório (5), técnico em radiologia (5), auxiliar de cozinha (18), copeiro (7), cozinheiro (5), higienista hospitalar (6).

“A pandemia não acabou. Por esse motivo, os profissionais convocados são extremamente importantes no enfrentamento da pandemia e para a manutenção e funcionamento dos leitos de UTIs Covid abertos que estão sendo gradativamente convertidos em leitos de UTIs geral. É um legado que ficará para o RN e para saúde pública pós-pandemia”, ressaltou Maura Sobreira, secretária-adjunta de saúde do estado.

Os profissionais convocados fazem parte dos Editais N° 001 e 002/2020 de Recrutamento para Contratação Temporária de Excepcional Interesse Público em atendimento ao Plano de Contingência Hospitalar para o enfrentamento à Covid-19 e deverão assinar o contrato em até cinco dias úteis contados da data da publicação.

Clique aqui e confira a lista dos profissionais convocados!

(http://diariooficial.rn.gov.br/dei/dorn3/docview.aspx?id_jor=00000001&data=20201111&id_doc=702607)

Convocação de mais 9 profissionais

No dia 06/11, a Sesap realizou a convocação de mais nove profissionais de saúde. Foram convocados enfermeiros (5), farmacêuticos (2), farmacêutico bioquímico e/ou biomédico (1) e higienista hospitalar (1).

Veja a lista dos convocados!

(http://diariooficial.rn.gov.br/dei/dorn3/docview.aspx?id_jor=00000001&data=20201106&id_doc=702129)

Orientações para os convocados

Os candidatos convocados serão atendidos exclusivamente por meio virtual, tendo de enviar a documentação entre a data de publicação do ato até às 15 horas do último dia previsto na publicação. Concluída a abertura do processo, os convocados serão comunicados por telefone ou mensagem eletrônica para assinar a documentação necessária para firmar o contrato. Após a assinatura do contrato, a Sesap entrará em contato para realizar a lotação. Depois de lotados, os profissionais têm até 24 horas para se apresentar à unidade e iniciar suas atividades e estão dispensados temporariamente da inspeção médica oficial.

O candidato precisa ainda entrar no link http://portalsei.rn.gov.br/ e, na aba de acesso ao SEI, criar seu USUÁRIO EXTERNO e SENHA, na opção ”CLIQUE AQUI SE VOCÊ AINDA NÃO ESTÁ CADASTRADO” ou usando o link direto de https://sei.rn.gov.br/sei/controlador_externo.php?acao=usuario_externo_enviar_cadastro&acao_origem=usuario_externo_avisar_cadastro&id_orgao_acesso_externo=0.

Após a criação do usuário externo, o candidato deve enviar e-mail para [email protected] informando nome e CPF com o título “LIBERAÇÃO CONCURSO SESAP”, para que seu usuário seja liberado.

Documentação exigida para a contratação temporária

O candidato precisa escanear os documentos abaixo e enviar o arquivo em PDF para o link: https://selecao.saude.rn.gov.br/selecao/, e informar o(s) telefone(s) atualizado(s) para, após o processo ser aberto, ser avisado quanto à assinatura de documentos e consecutiva lotação:

· RG, CPF;

· Título de eleitor

· Certidão de Quitação Eleitoral (site do seu respectivo Tribunal Regional Eleitoral);

· Comprovante de estado civil (certidão nascimento/casamento) e de nascimento dos filhos menores de 13 anos, se houver;

· Certificado militar (homem);

· Comprovante do nº da conta corrente no Banco do Brasil S.A. (não pode ser conta conjunta);

· Comprovante de residência;

· Documentos disponíveis no site da Sesap www.saude.rn.gov.br, na guia “Serviços”, opção “Concursos”:

· Declaração de autenticidade documental e veracidade das informações prestadas;

· De não estar cumprindo sanção por inidoneidade;

· Quanto ao pleno gozo de seus direitos políticos e civis; e

· Expressando não estar incompatibilizado para nova investidura em cargo público;

· Declaração de Acumulação de Cargos;

· Declaração de Bens;

· Ficha cadastral.

· Carteira de Trabalho e Previdência Social completa, caso tenha dúvida na especificação abaixo:

· Desde a página com foto até a primeira página designada “Contrato de Trabalho” em branco;

· Desde a página anterior às de “Anotações Gerais” até a primeira folha de anotações gerais em branco;

· Inscrição PIS/PASEP (se houver);

· Diplomas de formação:

o Cargo de nível fundamental e médio: certificado de escolaridade com inspeção escolar ou com registro no órgão competente;

o Cargo de nível médio com formação técnica: além de certificado como acima especificado, apresentar Diploma ou certificado de conclusão de curso técnico específico (devidamente registrado no órgão competente);

o Cargo de nível superior: Diploma de conclusão do curso superior na área para a qual foi aprovado no concurso, expedido por instituição de ensino superior devidamente reconhecida e autorizada pelo MEC;

o Cargo de nível superior com título de especialista: Diploma ou certificado de nível superior além do referente à especialidade na área para a qual foi aprovado no concurso, bem como Registro de Qualificação de Especialista-RQE;

· Carteira de identidade do conselho regional de classe ou categoria profissional emitida no Estado do Rio Grande do Norte e com validade atualizada (exceto para cargo administrativo de nível médio);

· Em caso de vínculo empregatício (público ou privado), trazer declaração especificando a carga horária semanal, bem como a distribuição de hora diária.

Exames necessários

O candidato deve realizar cadastramento no site http://www.centraldocidadao.rn.gov.br/ e agendar data de avaliação pela junta médica.

· Parasitológico de fezes – validade 90 dias;

· Hemograma com contagem de plaquetas – Validade 90 dias;

· Vacinas: Antitetânica/Rubéola/Hepatite B;

· Sumário de urina com sedimentoscopia – Validade 90 dias;

· Raios X do tórax em PA com laudo de radiologista – Validade 6 meses;

· Atestado de sanidade mental emitido por médico psiquiatra – Validade 30 dias;

· Glicemia de jejum- Validade 90 dias;

· Dosagem do PSA para candidatos do sexo masculino com idade igual ou superior a 45 (quarenta e cinco) anos – Validade 6 meses;

· Citologia oncótica (preventivo com validade de 12 meses);

· Mamografia para candidatas com idade igual ou superior a 45 (quarenta e cinco) anos (com validade de 12 meses);

· Atestado do ginecologista/obstetra assistente para gestantes, isentas de exames radiológicos, além de qualquer outro exame complementar solicitado por aquele colegiado;

· Anti-HCV e anti-HBS;

· Eletrocardiograma com parecer do médico cardiologista – Validade 6 meses;

· Cada exame possui uma validade específica;

· A Comissão Permanente no ato da avaliação poderá solicitar outros exames ou parecer, se julgar necessário.

Para mais informações, os convocados podem entrar em contato por meio do número (84) 98137-4229.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Nilton disse:

    No pico da pandemia o que fizestes Fátima???
    Cadê o ministério público???

  2. Tarcísio Eimar disse:

    Eleição é sempre assim. Os gestores querendo nos impressionar

  3. Marcos disse:

    Se fossem outros políticos talvez não quisessem investir na saúde, mas essa Governadora está compromissada com a saúde pública; esta me representa!!

  4. AZ disse:

    Se está diminuindo então pra que contratar mais, tá estranho isso.

  5. Calígula disse:

    O estado do RN não merecia essa incompetente chamada Fátima Bokus

  6. pereira disse:

    Tomara DEUS que NAO, mas isso parece muito mais uma preparação para o após eleições. pois diante do descaso da população e das autoridades no Isolamento e Distanciamento Social, bem como em uma Fiscalização Rigorosa para Cumprimento dos Protocolos para o enfrentamento do covid-19. Onde EXISTIU e EXISTE uma TOTAL falta de Interesse e Determinação para do governo para exigir há Não disseminação do virus por parte da população. QUE DEUS TENHA MISERICORDIA DE NÓS.

    • Gustavo disse:

      Pensei exatamente isso. Eles sabem o que está por vir. O SARS-cov2 foi votar nos EUA e já está retornando ao Brasil….

    • Tertu disse:

      Isso é mais uma finta objetivando dividendos políticos e aprovação. Infelizmente tá claro a falta de planejamento, quando morria pacientes em calçada não convocou, passou o pior, mas tá há uma semana das eleições, convoca pra tentar eleger algum petralha. verdadeiro tapa na cara.

    • Victorino disse:

      Ainda acho que a culpa é do Bolsonaro.

Prorrogadas as inscrições para bolsas de pesquisa e inovação na Saúde no RN; 45 vagas com valores de R$ 2,5 mil e R$ 5 mil mensais

As inscrições para o edital que selecionará pesquisadores-bolsistas no Projeto Institucional de Inovação e Modernização da Vigilância em Saúde do Estado do Rio Grande do Norte foram prorrogadas até 10 de novembro. As novas datas foram publicadas no Diário Oficial do Estado (DOE) desta sexta-feira (06).

Serão 40 bolsas na modalidade de Pesquisadores-Bolsistas (graduados) e 05 para a modalidade de Coordenadores-Bolsistas (doutores), com valores de bolsa de R$ 2,5 mil e R$ 5 mil mensais, respectivamente, com período de vigência de até 12 meses.

O candidato deverá preencher o formulário disponível em https://selecao.saude.rn.gov.br e anexar a documentação exigida no edital. A divulgação do resultado está prevista para 9 de dezembro e as convocações acontecem a partir de 10 de dezembro.

A seleção é uma parceria da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) e Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado do RN (Fapern), com o objetivo de potencializar o processo de modernização da gestão pública no âmbito da saúde.

Os quatro eixos de pesquisa são: Inovação Tecnológica para Modernização dos Sistemas de Informação; Inovação para Promoção da Saúde: Programa RN + Saudável; Modernização Administrativa para melhorar a eficácia da Vigilância em Saúde e Inovação na gestão da Vigilância em Saúde na Região.

A subcoordenadora de Capacitação da Sesap, Larissa Araújo, ressalta que o trabalho será de grande importância para o SUS do Rio Grande do Norte. “Acreditamos que esse projeto terá um impacto significativo nos nossos processos, tendo em vista que a vigilância é transversal a todas as políticas, e o fato das pesquisas serem desenvolvidas na modalidade pesquisa-ação torna o projeto ainda mais potente”.

“Todas as pesquisas, desde o pré-projeto apresentado no processo seletivo, devem seguir linhas de ação orientadas pela Sesap. Os bolsistas serão distribuídos no nível central e a maior parte ficará nas regionais de saúde”, explicou.

Serão duas categorias de bolsistas. Os intervencionistas, que devem ser graduados, e os coordenadores, que deverão ter titulação mínima de doutorado.

A carga horária presencial das atividades a serem desenvolvidas pelos pesquisadores é de 30 horas semanais. O acompanhamento da frequência e do desenvolvimento da atividade dos pesquisadores será realizado por servidor da Coordenadoria de Promoção da Saúde da Sesap.

A Comissão Organizadora do Processo Seletivo está disponível através do endereço de e-mail: [email protected]

RN tem 512.799 pessoas com planos de saúde em setembro de 2020

Dados sobre beneficiários foram atualizados na Sala de Situação nesta quinta-feira (05/11). Foto: Divulgação/ANS

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) atualizou os números de beneficiários de planos de saúde relativos ao mês de setembro. No período, o setor totalizou 47.118.643 usuários em planos de assistência médica e 26.030.342 em planos exclusivamente odontológicos em todo o Brasil.

A consulta destes dados está disponível por meio da Sala de Situação, ferramenta disponível no portal da ANS. Acesse aqui.

Em setembro, foi confirmada a tendência de crescimento que vinha sendo verificada nos meses anteriores: na segmentação de assistência médica, o setor registrou um aumento de 0,37% no comparativo com agosto e de 0,27% em relação a setembro de 2019. Na segmentação odontológica, foi constatado crescimento de 0,93% em relação a agosto e de 3,48% em relação a setembro do ano passado.

Entre os estados, no comparativo com setembro do ano anterior, o setor registrou aumento de beneficiários em planos de assistência médica em 17 unidades federativas, sendo Minas Gerais, Goiás e Distrito Federal os que tiveram o maior ganho de beneficiários em números absolutos. Já no segmento exclusivamente odontológico, 21 unidades federativas registraram aumento no comparativo anual, sendo São Paulo, Minas Gerais e Pernambuco os estados com maior crescimento em números absolutos. Confira os dados nas tabelas abaixo.

A ANS ressalta que os números podem sofrer modificações retroativas em função das revisões efetuadas mensalmente pelas operadoras.

Confira nas tabelas abaixo a evolução de beneficiários por tipo de contratação do plano e por UF(no início do post) em diferentes competências.

Fotos: Divulgação/ANS

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Pixuleco disse:

    O RN é um estado interessante . Observem que estamos na frente de estados com
    maior população é muito perto de estados com grande potencial econômico. Dado interessante pra se estudar .

Prefeitura de São Gonçalo passa a usar prontuário eletrônico em todas unidades de saúde do município

Fotos: Junior Santos

Buscando melhorar a qualidade do atendimento de saúde durante a pandemia de Covid-19, a Prefeitura de São Gonçalo do Amarante/RN antecipou a implementação do sistema de prontuário eletrônico em todas unidades de saúde e no Centro de Pediatria do município. Desde a última segunda-feria (19), os são-gonçalenses já estão utilizando o novo sistema que substitui o processo das fichas convencionais.

O e-SUS AB, Prontuário Eletrônico do Cidadão (PEC), possibilita o armazenamento de todas as informações clínicas e administrativas do usuário nas UBSs, o que otimiza o fluxo de atendimento e permite a integração das equipes de Atenção Básica. Além disso, os dados compilados servirão para executar um planejamento das ações de saúde, preventivas ou evolutivas, e acompanhar o alcance das metas pactuadas pelo Ministério da Saúde (MS).

“Todas as unidades passaram por readequação na estrutura e os profissionais por capacitação. Um grande avanço para o sistema de saúde público de São Gonçalo do Amarante. Hoje se o paciente do Centro da cidade estiver na zona rural e precisar de atendimento, ele será atendido e todo seu histórico de consultas, tratamentos e medicamentos estará disponível para o médico, gerando um atendimento mais detalhado e qualificado”, observa Jalmir Simões, secretário municipal de Saúde.

O sistema e-SUS também é integrado ao Cartão Nacional de Saúde, o que permite fazer manutenção desses cadastros, e o acompanhamento das atividades desenvolvidas pelo gestor municipal através de relatórios enviados à base nacional. O PEC é uma ferramenta disponibilizada pelo Ministério da Saúde, em parceria com a Universidade Federal de Santa Catarina, e adotada por diversos municípios em todo o país.

Chico Rodrigues atuava como ‘gestor paralelo’ da Secretaria de Saúde de Roraima, diz PF

Foto: Reprodução/TV Globo

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), levantou nesta quarta-feira (21) o sigilo do inquérito que investiga o senador e ex-vice-líder do governo Chico Rodrigues (DEM-RR), flagrado com dinheiro na cueca. A Polícia Federal analisou mensagens encontradas no celular do senador. Os investigadores afirmam que Chico Rodrigues liderava o esquema que desviava recursos da pandemia destinados ao estado de Roraima.

No relatório, a PF diz que o senador Chico Rodrigues atuava como se fosse um “gestor paralelo” da Secretaria de Saúde de Roraima, cobrando a liberação do dinheiro de emendas parlamentares para o pagamento a empresas investigadas no esquema.

A defesa do senador divulgou nota na qual afirmou que Chico Rodrigues jamais interferiu indevidamente em prol de interesses privados nos contratos do estado de Roraima.

Um dos contratos investigados era para o fornecimento de álcool em gel para esterilização contra o coronavírus. Segundo a PF, Chico Rodrigues questiona o funcionário responsável pela liberação do dinheiro. No dia 29 de fevereiro, Chico Rodrigues questiona Francisvaldo sobre o pagamento de “Gilce”: “Você adiantou o pgto da Gilce/18: serviços?”.

Segundo a PF, “tudo indica que o senador estaria cobrando o pagamento da empresa Haiplan Construções Comércio e Serviços Ltda tendo em vista que um dos sócios da empresa é Júlio Rodrigues Ferreira, marido de Gilce de Olliveira Pinto”.

A Polícia Federal conclui que: “A forma com que o senador cobrava o pagamento indica que o parlamentar estaria atendendo não apenas aos interesses do estado de Roraima, mas também aos seus próprios”.

A empresa, segundo as investigações, ainda entregou o produto errado: álcool 65%, indicado para limpar móveis, mas inadequado para esterilização.

A Polícia Federal também descobriu que Chico Rodrigues permitiu que assessoras dele trabalhassem na empresa privada do filho, Pedro Rodrigues, que é suplente do pai e vai assumir a vaga dele no Senado.

No documento, a PF escreveu que “a estrutura parlamentar do senador, o que inclui a atividade de suas assessoras Adriana e Cláudia, está sendo utilizada para a administração da empresa privada de seu filho Pedro, a San Sebastian, o que evidencia, no mínimo, o desvio de função de suas assessoras parlamentares”.

De acordo com as investigações, outro núcleo do esquema envolve o senador Chico Rodrigues, a empresa Quantum Empreendimentos em Saúde, também investigada, e seu sócio, Jean Frank Padilha Lobato, que é apontado como um operador do senador. Ele é casado com uma funcionária do gabinete de Chico Rodrigues.

A defesa do senador afirmou em nota que as funcionárias exercem regularmente suas funções públicas.

As demais pessoas citadas no relatório da PF não responderam.

G1

 

Maioria dos cursos de saúde da UERN mantém conceitos 3 e 4 no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade)

Foto: Divulgação

A maioria dos cursos da área de saúde da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), avaliados na prova do Enade 2019, manteve os conceitos regular (3) e bom (4), conforme resultado divulgado nessa terça-feira (20) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas (INEP/MEC). A prova foi aplicada em novembro do ano passado.

Na Uern, foram avaliadas turmas concluintes dos cursos de Medicina, Educação Física e Enfermagem (Campus Central), Odontologia e Enfermagem (Campus Caicó), e Enfermagem (Campus Pau dos Ferros). A nota divulgada ontem leva em consideração o desempenho dos alunos na prova teórica.

Os cursos de Odontologia e Enfermagem, dos campus Central e Pau dos Ferros mantiveram o conceito 4 (bom), também obtido na última avaliação dos cursos da área de saúde, em 2016. O curso de Enfermagem do Campus Caicó obteve nota 3 (regular), assim como o curso de Educação Física do Campus Central. O curso de Medicina, Campus Central, obteve nota 2.

A prova, de responsabilidade do Inep/MEC, avalia o rendimento dos concluintes dos cursos de graduação em relação aos conteúdos programáticos previstos nas diretrizes curriculares dos cursos, o desenvolvimento de competências e habilidades necessárias ao aprofundamento da formação geral e profissional, e o nível de atualização dos estudantes com relação à realidade brasileira e mundial. Das 8.368 instituições avaliadas apenas 511, o que corresponde a 6,1% do total, conseguiram a nota máxima: 5.

A assessora de avaliação institucional da Uern, Profa. Mayra Ribeiro, explica que o indicador é importante como referência para o trabalho de avaliação e melhoria das competências pedagógicas dos cursos. No próximo dia 28 a Assessoria de Avaliação Institucional (AAI/UERN) fará reunião com chefes de departamento e diretores de faculdades dos cursos avaliados para análise dos resultados e definição de estratégias para melhoria dos índices.

“No último resultado do Enade que obtivemos, em outubro do ano passado, referente aos cursos da área de Ciências Sociais Aplicadas, ampliamos a quantidade de cursos com nota máxima (5) e também com nota 4. Neste resultado agora conseguimos manter as notas 3 e 4 de alguns cursos, e vimos que em outros é preciso analisar e traçar estratégias conjuntas, com estudantes, departamentos e faculdades, para melhoria dos resultados. Isso é um processo contínuo que, somente com um trabalho de avaliação permanente, como temos feito na universidade, é possível ajustar e obter novos resultados”, explicou a professora.

Em outubro do ano passado, os cursos de Serviço Social (Campus Central), Direito (Campus Central e Campus Natal), e Publicidade e Propaganda (Campus Central) alcançaram o conceito 5 (muito bom) no Enade. Os cursos de Jornalismo (Campus Central) e Administração (Campus Pau dos Ferros) alcançaram a nota 4 (bom).

Este trabalho tem sido reconhecido pelo Conselho Estadual de Educação (CEE), órgão vinculado à Secretaria de Estado da Educação (SEEC), responsável pela avaliação e reconhecimento dos cursos de graduação da Uern. “Temos acompanhado o trabalho realizado pela universidade e visto que a avaliação institucional vem ocupando um espaço de protagonismo na instituição, e isso é responsável pelo reconhecimento, renovação de cursos, com cada vez mais resultados melhores para a instituição”, disse a presidente do Conselho, Profa. Leidiana Galvão Bacurau durante evento online realizado na noite desta terça-feira, pela AAI/Uern.

No total, a Uern conta com 4 cursos com conceito 5 (muito bom), 8 cursos com conceito 4 (bom) e 21 cursos com conceito 3 (regular).

A universidade tem apostado no fortalecimento da política de avaliação institucional para obter bons resultados nos indicadores avaliativos externos. Na avaliação do Índice Geral de Cursos (IGC), por exemplo, a universidade saiu de 2,54, em 2014, para 2,89, em 2018.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Fernando disse:

    Medicina 2? Tem que entender o que está havendo mesmo.

Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, está com Covid-19

Ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello Foto: SERGIO LIMA / AFP

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, está com Covid-19. Pazuello é o 12º ministro de Bolsonaro a ser infectado pelo novo coronavírus.

A informação do teste positivo foi confirmada pela assessoria do Ministério da Saúde. A pasta não deu mais detalhes sobre as condições de saúde do ministro, que até ontem passava bem.

Nesta segunda-feira, o presidente Jair Bolsonaro justificou a ausência do ministro em um evento sobre Covid-19 devido a um “mal-estar”, atribuindo o problema de saúde “talvez a sua silhueta”.

Na ocasião, a assessoria do ministério afirmou que o ministro havia sido atendido em um hospital devido a um mal-estar e já estava em casa.

Pazuello foi desautorizado hoje por Bolsonaro, que afirmou que o governo federal nao comprará a vacina chinesa, ao contrário do que anunciou o ministério. Ontem, Pazuello oficializou em reunião virtual com governadores a intenção de comprar 46 milhões de doses do imunizante, desenvolvido com a participação do Instituto Butantan, do governo de São Paulo.

Uma guerra política entre João Doria, governador de São Paulo, e Bolsonaro, está no contexto das disputas em torno da vacina chinesa, que foi a aposta do Executivo paulista. Já o governo federal vem investindo na vacina de Oxford, que também tem estudos clínicos no Brasil.

Pazuello é o 12º ministro de Bolsonaro a ser infectado. O titular das Comunicações, Fábio Faria, anunciou na semana passada que estava com o novo coronavírus, sendo o 11º ministro do governo a ter contraído a doença.

O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Luiz Antônio disse:

    Mais um general humilhado pelo tenente reformado capitão.

  2. Flávio Ferreira de Mendonça disse:

    Tipo desses idiotas, o caldo engrossou, pega logo Covid pra não dar satisfação.

  3. Pedro disse:

    Boi de chifre tungao, vc pode ter certeza, ele é mais inteligente do que aquele bêbado ladrão de nove dedos, que nao sabe assinar o nome, e a Anta que queria ser doutora.,e vivia dando vexames, diversas vezes pilhada com suas tiradas de jerico.

  4. BOI 🐂 TUNGÃO disse:

    Esse milico como ministro da saúde, é um ótimo pintor de meio fio.

  5. djailson disse:

    deve ter sido um esporro daqueles a la bolsonaro kkkkkk

PANDEMIA: Bolsonaro diz que, na saúde, país teve mais sucesso que exterior, e que economia está se recuperando melhor do que se deveria esperar

FOTO: REUTERS/Ueslei Marcelino

Nesta quarta-feira, 14, o presidente Jair Bolsonaro disse durante a posse virtual do quinto mandato do presidente da Federação do Rio de Janeiro (Firjan), Eduardo Eugênio Gouveia Vieira, que o Brasil se saiu melhor do que o exterior no combate à pandemia da covid-19, principalmente depois que “colocou um general lá”, se referindo ao Ministério da Saúde, comandado por Eduardo Pazuello.

Bolsonaro voltou a dizer que a pandemia, na sua avaliação, foi superdimensionada, e que desde o início alertou que havia dois problemas na pandemia: o vírus e o emprego. “Graças ao bom ministério que montamos implementamos medidas que mitigaram efeitos colaterais da pandemia”, afirmou por teleconferência com a diretoria empossada. “Se tivesse embarcado na onda do ‘fica em casa e a economia a gente vê depois’, teria afundado mais ainda”, avaliou.

Segundo Bolsonaro, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, “está fazendo um trabalho excepcional na Saúde”. Enfatizou ainda que a economia está se recuperando “de forma muito melhor do que poderíamos esperar”.

“A economia está se recuperando de forma muito melhor do que se deveria esperar. Conversei com Paulo Guedes e se o número de empregos este mês se aproximar do que aconteceu no mês passado é que a economia efetivamente pegou”, avaliou. “O Rio tem jeito e o Brasil tem jeito também”, concluiu seu discurso ao lado do presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, que também participou do evento.

Isto É, com Estadão

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Luiz Antônio disse:

    E os médicos querendo saber mais de combate à pandemia do que um militar. O capitão desmoralizou a classe médica.

  2. João Macena disse:

    Observador, vc pode e têm todo o direito de gostar e ser fã do Mandetta. Só gostaria de lhe dizer, quê o ex ministro, não organizou, nem desorganizou o SUS. Respeito, mais ninguém entendeu o seu comentário. João Macena.

  3. GCF disse:

    Vejo que as idéias contrárias e diversas em relação à pandemia tiveram e ainda tem um combate real, que expuseram ao povo as escolhas possíveis, com as prováveis consequências.
    Ninguém tinha a verdade absoluta de como proceder no início e no meio da pandemia. A "média" do somatório das idéias tem mostrado que é conversando que as pessoas se entendem e vencem a crise.

  4. Observador disse:

    Obrigado Mandetta por ter organizado o SUS.

  5. Santos disse:

    Amém, graças a Deus!
    Sobre a economia, está provado que os programas sociais de distribuição de renda, como bolsas e auxílios, num país como o Brasil, além de necessário são indispensáveis, claro que sem relaxar na fiscalização e observando sempre as regras.
    Então presidente, mais cautela ao abrir a boca para criticar os programas sociais, pq além de estar cumprindo o seu papel para com os mais humildes, de quebra está salvando o seu mandato.

    • Paulo disse:

      Ah, coitado.
      Programas sociais devem ser uma excepcionalidade.
      Dilma saiu dizendo que tinha acabado com a miséria, mas deixava 40 milhões de pessoas recebendo bolsa família (porque estavam na miséria).
      O auxílio emergencial consome 50 bilhões por mês, enquanto o bolsa família consome 25 bilhões por ano
      Auxílio emergencial é insustentável.
      Foi ótimo para a economia mas dispara a dívida pública.
      Dinheiro não nasce em árvore.

PF faz buscas contra Helder Barbalho e prende secretários do governador em operação contra supostos desvios de recursos da Saúde

Foto: Reprodução/TV Globo

O governador do Pará, Helder Barbalho (MDB), é alvo de buscas da Polícia Federal em uma operação que investiga supostos desvios em contratos para a gestão de hospitais do estado. Dois secretários e um assessor do governador foram presos:

Parsifal de Jesus Pontes – secretário de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia e ex-secretário da Casa Civil

Antonio de Padua – Secretário de Transportes

Leonardo Maia Nascimento – assessor de gabinete

Em nota, o governo do Pará disse que apoia qualquer investigação que busque proteger o dinheiro público.

Segundo a PF, a investigação, batizada de S.O.S., mira 12 contratos firmados entre o governo do Pará e organizações sociais para administração de hospitais públicos do estado, inclusive os hospitais de campanha criados por conta da pandemia do coronavírus.

A suspeita que os contratos, que somam R$ 1,2 bilhão, sejam irregulares, segundo o Ministério Público Federal. Os crimes investigados são fraude em licitações, falsidade ideológica, peculato, corrupção passiva, corrupção ativa, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

O MPF afirma que Helder possivelmente exercia “função de liderança na organização criminosa” no esquema, e “tratava previamente com empresários e com o então chefe da Casa Civil sobre assuntos relacionados aos procedimentos licitatórios que, supostamente, seriam loteados, direcionados, fraudados, superfaturados”.

Foram expedidos 74 mandados de prisão, 12 deles pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) e 62 pelas Varas de Birigui e Penápolis, cidades do interior de São Paulo, e 278 de buscas.

Os mandados do STJ foram pedidos pela subprocuradora-geral da República Lindôra Araújo e expedidos pelo ministro Francisco Falcão.

Além dos 3 detidos, são alvos de mandados de prisão:

Peter Cassol de Oliveira, ex-secretário-adjunto de gestão administrativa de Saúde,

Nicolas André Tsontakis Morais

Nicholas André Silva Freire

Cleudson Garcia Montali

Regis Soares Pauletti

Adriano Fraga Troian

Gilberto Torres Alves Junior

Raphael Valle Coca Moralis

Edson Araújo Rodrigues

Valdecir Lutz

Além de Pará e São Paulo, há mandados cumpridos em Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Paraná. A Controladoria-Geral da União e o Ministério Público e a Polícia Civil de São Paulo participam da operação.

Operação em junho

Em 10 de junho, a Polícia Federal havia deflagrado a Operação Bellum, que apurava supostas fraudes na compra de respiradores pulmonares pelo governo do Pará.

Na época, a operação foi determinada pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), com base em pedido da Procuradoria Geral da República (PGR), e teve como alvos das buscas o governador Helder Barbalho (MDB) e o presidente do Conselho Nacional dos Secretários de Saúde (Conass), Alberto Beltrame.

Por conta da operação, o governo exonerou, no mesmo dia, o secretário adjunto de gestão administrativa de Saúde, Peter Cassol.

Buscas em São Paulo

Em São Paulo, a operação foi batizada de Raio X. Há buscas na Câmara Municipal da capital, contra o funcionário do gabinete de um vereador, e na Secretaria Estadual de Saúde, contra uma médica e uma advogada, funcionárias da pasta.

Os policiais também fazem buscas no Hospital Geral de Carapicuíba e no Hospital Municipal Antônio Giglio, em Osasco – ambos na Grande São Paulo – e nas Santas Casas de Birigui e na de Penápolis, no interior do estado.

G1

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Pedro disse:

    Não desejo, mais cuidado Fatao e Cipriano Maia, o bicho pode pegar, notícias de absurdos nesse desgoverno não faltam, e vcs sabem.

  2. Verde e Amarelo. disse:

    Em quanto isso, o trabalho segue firme para as proximas visitas de manhã cedo.
    Ponta Negra é parada obrigatória.
    Vamos aguardar.
    O nó vai ser bem dado, por isso a demora.

  3. MIGUEL disse:

    Tal Pai, Tal filho….

  4. Flávio A disse:

    E a ladroagem dos RESPIRADORES com o famigerado Consórcio Nordeste? A PF não investiga? E não prende os culpados?

    • Neto disse:

      Verdade, Flávio! Mas operações como essas, ainda deixa uma esperança no povo potiguar de que a PF vai chegar por aqui. A população, de bem, aguarda ansiosamente.

Egresso de Medicina da Uern é um dos vencedores de prêmio nacional de inovação em saúde

Foto: Divulgação

O egresso do curso de Medicina da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) Diego Ariel foi um dos 11 vencedores do prêmio Euro Inovação na Saúde, promovido por uma empresa farmacêutica multinacional. O ortopedista desenvolveu um projeto de uma mesa de tração ortopédica, um dispositivo portátil e de baixo custo que auxilia em vários procedimentos ortopédicos e traumatológicos.

Foram mais de 1.600 projetos inscritos na fase inicial. O egresso da Uern ficou entre os 11 vencedores na final, cujo resultado foi divulgado no último dia 24.

O grande vencedor, o médico cearense Edmar Maciel, recebeu um prêmio de 500 mil euros pelo projeto “A pele de tilápia: um novo biomaterial para tratamento de queimaduras, feridas, cirurgias ginecológicas e medicina regenerativa”. Os outros 10 finalistas foram premiados com 50 mil euros cada.

“Como egresso da Uern, fico bastante feliz em saber que mesmo com poucos recursos, a Universidade consegue formar bons profissionais e que, mesmo sem os insumos de universidades maiores, ainda conseguimos nos destacarmos na ciência nacional”, reconheceu o ortopedista.

As mesas de tração ortopédicas são usadas em diversos procedimentos cirúrgicos. No projeto, Diego Ariel criou um modelo de baixo custo, de fácil de transporte e manipulação e que facilita o ensino de técnicas operatórias que necessitem de tal dispositivo.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Afonso disse:

    Universidades públicas são uma baderna. Tás vendo.

Autoridades de saúde do Equador estudam proibir jogo entre Barcelona e Flamengo; rubro-negro com vários infectados

Jogadores do Flamengo durante treino em Guayaquil — Foto: Divulgação Flamengo

Preocupadas com os casos de coronavírus na delegação do Flamengo, autoridades de saúde de Guayaquil estão no hotel do clube na cidade equatoriana. Para evitar danos à saúde pública do município, a prefeitura estuda interditar o estádio onde seria realizado o jogo entre Barcelona e Flamengo, nesta terça-feira, pela Copa Libertadores, o que forçaria o adiamento da partida.

A prefeita de Guayaquil, Cynthia Viteri, postou a seguinte mensagem às 13h13 em sua conta no Twitter:

– Ao ser de conhecimento público que um grupo de jogadores do Flamengo testou positivo para a Covid, mandei uma equipe do município, integrada pelos departamentos de Saúde, Riscos e Esportes, ao local onde estão hospedados, para executar um informe técnico e decidir as ações a seguir.

Procurada pelo ge, a Conmebol informou que o jogo está mantido. A entidade vai esperar o relatório das autoridades de saúde de Guayaquil.

Exames realizados nos últimos dias mostraram que sete jogadores rubro-negros estão contaminados com a Covid-19, além de dois integrantes do departamento de futebol: o médico Márcio Tannure e o ex-zagueiro Juan.

Os atletas do Flamengo infectados são Isla, Matheusinho, Filipe Luís, Diego, Michael, Vitinho e Bruno Henrique.

As autoridades equatorianas chegaram ao hotel em Guayaquil quase ao mesmo tempo em que o avião que leva quatro jogadores do Flamengo ao Equador saiu de Manaus. Após longo atraso, a aeronave com João Lucas, Natan, Guilherme Bala e Rodrigo Muniz deixou a capital amazonense às 13h20, com previsão de chegada a Guayaquil às 16h20. O jogo está marcado para as 19h15.

O protocolo da Conmebol não prevê adiamento de jogo sob nenhuma hipótese. No entanto, as autoridades equatorianas acreditam que a partida pode botar em risco a saúde dos envolvidos.

A Conmebol havia permitido a inscrição de até 50 jogadores por time na Libertadores para evitar os adiamentos, já que faltam datas no calendário sul-americano após a paralisação dos campeonatos. A entidade prevê que times devem entrar em campo mesmo se tiverem apenas sete jogadores à disposição. Quando o número for inferior a esse, a equipe perderia por WO.

O jogo entre Barcelona e Flamengo é válido pela quarta rodada do Grupo A da Libertadores. O time equatoriano ocupa a lanterna, com três derrotas em três jogos, enquanto o Rubro-Negro é vice-líder da chave, com 6 pontos.

Globo Esporte

 

DURÕES NA MIRA: Masculinidade tóxica afeta a saúde e o bem-estar dos homens, diz estudo

(Foto: Hunters Race / Unsplash)

As necessidades sociais dos homens são afetadas pela masculinidade tóxica – um conjunto de estereótipos nocivos em torno da masculinidade, como o de que homens devem ser fortes, independentes e durões. A conclusão é de um novo estudo divulgado na publicação científica Sex Roles.

De acordo com a pesquisa, homens que apoiam uma concepção negativa da masculinidade podem acabar se isolando conforme envelhecem, o que impacta na saúde, no bem-estar e na felicidade deles. Quando se deparam com problemas de saúde ou financeiros, por exemplo, eles podem sentir que não têm ninguém com quem se abrir.

“Ter pessoas com quem podemos falar sobre questões pessoais é uma forma de apoio social. Se as pessoas só têm um indivíduo com quem podem compartilhar informações – ou, às vezes, não têm ninguém –, elas não têm uma oportunidade de refletir e compartilhar”, explica em um comunicado stef shuster, que leciona na Universidade do Estado de Michigan, nos Estados Unidos, e conduziu o estudo.

A pesquisa envolveu a análise de dados de 5.487 homens e mulheres mais velhos nos Estados Unidos. Cientistas perceberam que, em comparação com mulheres, homens têm menor probabilidade de terem alguém como confidente e de terem esse tipo de relacionamento próximo tanto com familiares quanto com amigos. Além disso, quanto mais os homens apoiam a masculinidade hegemônica, menores eram as chances de eles terem confidentes.

Celeste Campos-Castillo, coautora do estudo e professora associada do Departamento de Sociologia da Universidade de Wisconsin-Milwaukee, nos Estados Unidos, observa: “Isolamento social é comum entre adultos que estão envelhecendo. Mudanças como aposentadoria, viuvez e mudança de casa podem atrapalhar as amizades existentes”.

De acordo com stef shuster, está na hora de estudar como a masculinidade tóxica é danosa para os próprios homens. “Frequentemente, masculinidade tóxica é um termo que usamos para descrever como a masculinidade afeta outras pessoas, especialmente as mulheres”, disse. “Mas nosso estudo mostra como a masculinidade tóxica também tem consequências prejudiciais para os homens que seguem esses ideais. A própria premissa da masculinidade hegemônica, de certa forma, é baseada na ideia de isolamento, porque se trata de ser autônomo e não demonstrar muita emoção. É difícil desenvolver amizades vivendo assim.”

A questão é que quanto mais um homem segue os ideais de masculinidade tóxica, menores são as chances dele mudar sua visão de mundo e procurar ajuda. “Você pode mudar os princípios ideológicos de alguém? Acho que isso é mais difícil de vender do que tentar fazer as pessoas acreditarem que o isolamento social é extremamente prejudicial à saúde”, considera shuster. “Trata-se de aprender a oferecer ferramentas para que as pessoas não fiquem socialmente isoladas e ajudá-las a desenvolver a capacidade de reconhecer que todas as formas do ser ‘homem de verdade’ que elas sustentam não vão funcionar para elas à medida que envelhecem”, aponta shuster.

O estudo é um dos primeiros a tratar a masculinidade como um espectro em vez de uma categoria binária. “Muitas pesquisas de gênero são baseadas em binários simplistas de mulheres ou homens, feminino ou masculino, seja você hegemonicamente masculino ou não. Por causa do conjunto de dados que estamos usando, nosso estudo realmente examina a masculinidade em um espectro”, explica shuster.

Galileu

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Romero Cezar da Câmara disse:

    Tá entoxicado Gustavo? Kkkkkkkkkkk, primeiros sintomas a vista.

  2. Gustavo disse:

    Tóxico é a feminização da sociedade.

  3. Neto disse:

    Tempos difíceis criam homens fortes, homens fortes criam tempos fáceis e tempos fáceis criam homens fracos… Para um bom entendedor…

UTILIDADE PÚBLICA: Cinco Unidades de Saúde como referência para covid continuam com horário estendido em Natal; veja quais

Desde março, a Secretaria de Saúde de Natal ampliou o horário de funcionamento de dez Unidades Básicas de Saúde, sendo duas por região, como estratégia para reforçar a rede de saúde no combate à pandemia do Coronavírus. Com a redução no número de atendimentos, cinco UBS funcionarão como Unidade de Saúde Referência para Covid-19 em horário estendido. São elas:

DISTRITO SUL: UBS Nova Descoberta (8h às 20h) – Av. Xavier da Silveira;

DISTRITO LESTE: UBS São João (8h às 20h) – Av. Romualdo Galvão, nº 891, Tirol;

DISTRITO OESTE: UBS Bom Pastor (8h às 20h) – R. Augusto Calheiros, nº 1 – Bom Pastor;

DISTRITO NORTE I: UBS Nova Natal (7h às 19h) – Rua do Pastoril, S/N, Conjunto Lagoa Azul;

DISTRITO NORTE II: UBS Vale Dourado (7h às 19h) – Rua irmã Vitória, 706, N. Srª. da Apresentação.

Segundo o sistema do Ministério da Saúde e-SUS, 61.301 atendimentos foram realizados nas 10 Unidades entre 1º de março e 14 de setembro deste ano. No mês de agosto, foi percebida uma queda na procura dos atendimentos, totalizando 857 consultas no período de 1º de agosto a 14 de setembro.

Megaoperação apura fraudes de R$ 123 milhões na saúde do DF em governo do PT

Foto: Reprodução

Nesta quinta-feira (10), uma megaoperação, coordenada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) com a Polícia Civil do DF (PCDF), desarticula fraudes na Secretaria de Saúde do DF. Batizada de Gotemburgo a ação investiga irregularidades na compra de equipamentos hospitalares feitas na gestão do médico Rafael Barbosa, que integrava a equipe do ex-governador petista Agnelo Queiroz. As fraudes chegam a R$ 123 milhões.

Ao todo 46 mandados de busca e apreensão – expedidas pela 1ª Vara Criminal de Brasília – estão sendo cumpridos no Distrito Federal, São Paulo, Rio de Janeiro e Goiás. Segundo as investigações, as supostas fraudes envolvem adesões a atas de registros de preços na gestão do ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, direcionadas para atender interesses particulares nos processos de contratação das empresas Maquet e Med Lopes Comércio de Material Médico Hospitalar Ltda, conduzidos pela Secretaria de Saúde do Distrito Federal.

O dinheiro desviado foi transferido para o exterior, via carta de crédito pela Secretaria de Saúde para contas bancárias – na Suécia, China, Estados Unidos, França e Polônia – com pagamentos em euro e dólar para empresas pertencentes ao Grupo Getinge (unidades da Maquet pelo mundo) ou para a Moses Trading , dos EUA.

O esquema criminoso se estendeu até o Distrito Federal, por meio da venda de atas de registro de preço cadastradas pelo INTO (Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia). O grupo, liderado pelos empresários Miguel Iskin, Gustavo Estellita e Claudio Haidamus, está entre os alvos da força-tarefa da Lava Jato no Rio de Janeiro. Além de fraude em licitação, eles são investigados pelos crimes de peculato, corrupção ativa e passiva, organização criminosa e lavagem de dinheiro.

O nome da operação faz alusão a cidade de mesmo nome, Gotemburgo,, segunda maior da Suécia, onde fica localizada a sede do Grupo Getinge, do qual faz parte a Maquet, a empresa responsável pela maioria dos contratos formalizados com a Saúde lidera a fabricação de camas cirúrgicas no mundo.

Diário do Poder, com Agência Brasil

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Petistamaravilhoso disse:

    Manoel? Entregador de pizza? Demais babões? Krii… Kriii…

  2. João Macena disse:

    O PT, não é um partido político corrupto. O PT, é sim, uma quadrilha. João Macena.

    • Marcos Benício disse:

      Em todo partido tem gente boa e gente ruim. Em todo partido tem ladrão. Angelo Queiroz caiu de paraquedas no PT para ser governador do DF. Eu nem me importo da sua raiva e dos outros pelo PT. O importante é que sempre estamos em segundo lugar ou em primeiro. E pelo que tudo indica em 2022 estaremos em primeiro, graças a pessoas como você. Duvida?

  3. Tarcísio Eimar disse:

    Como sempre, PT sendo PT

  4. Pedro disse:

    Entregador de PTralhas, o roedor de pizza e um tal de Mané, vivem escondidos com medo de ir para Curitiba, nessas revelações escabrosas, os coitados, ficam calados.

  5. Luciano disse:

    Onde tem PT tem roubo

  6. Xiola disse:

    A capacidade de roubar desse pessoal do PT não tem limites, quando se pensa que terminou ao aparece mais e ainda tem militonto que defende uma quadrilha desta

  7. Antônio Soares disse:

    Normal. PTralhas onde estiverem, vão roubar.

  8. Incubado porto mirim vilagge flat disse:

    Esse partido só fez roubar o nosso país.

  9. Pixuleco disse:

    PT sendo PT

  10. Entregador de PTralhas disse:

    Cadê o otario entregar de pizza defender esses vermes PTralhas

    • Entregador De Pizza disse:

      Gado imundo, eu não defendo bandido igual a você que defende esse miliciano!
      Se ligue! Se há desvios, tem que apurar, prender e fazer devolver o que foi desviado.

    • Ralf disse:

      Quem a gente vê defendendo bandido, fervorosamente, é o povo da direita.

      Diz logo que é fichinha e que o PT roubou mais.

      A máscara da negação e mentira já nem usa mais.