Polícia Civil em greve a partir de hoje

Os policiais civis do Rio Grande do Norte iniciam greve hoje(17) por tempo indeterminado a partir das 8h. A assembleia da categoria deliberou na tarde desta segunda-feira (16) pela paralisação, depois de ouvirem do secretário de Defesa Social do estado, Aldair Rocha, que o Governo não iria atender às reivindicações dos profissionais.

Pouco antes da assembleia do Sindicato dos Policiais Civis do estado (Sinpol), a presidente Vilma Marinho teve reunião com o secretário Aldair da Rocha. Na conversa, a sindicalista ouviu a decisão do Governo de não atender às reivindicações da categoria quanto à implantação do enquadramento dos agentes e escrivães de Polícia Civil, que esperavam receber a remuneração com um reajuste de 50% sobre os vencimentos atuais já em maio. Mesmo percentual está previsto para outubro, conforme a lei 417/2010.

Vilma Marinho disse que o secretário falou como interlocutor do chefe do Gabinete Civil, Paulo de Tarso Fernandes, com quem o Sinpol esperava ter uma audiência desde o começo da manhã desta segunda-feira. Contudo, a reunião não atendeu às expectativas dos profissionais.

Ela disse que o governo, apesar da entrevista concedida na semana passada pelo secretário Aldair Rocha, de que algumas medidas estavam sendo tomadas como a implantação do vale-refeição e contratação de pessoal terceirizado para fazer a limpeza das delegacias, não acentou com providências imediata relacionadas aos sete itens administrativos constantes da pauta de negociação.

Na assembleia, que teve início logo depois da reunião com o secretário, a categoria deliberou pelo início da greve por tempo indeterminado.

Com informações da Tribuna do Norte