Protesto: População fecha Bernardo Vieira com fogo

Moradores das proximidades e familiares das três pessoas atropeladas e mortas por um ônibus, na noite de sábado, fecharam ontem a Bernardo Vieira. Por volta das 17h, eles atearam fogo a pneus como forma de protesto pelo grande problema de trânsito que se tornaram as vias exclusivas para ônibus implantadas na gestão de Carlos Eduardo. O Corpo de bombeiros e policiais militares acompanharam a manifestação o tempo todo. Ao tentarem apagar o fogo nos pneus, os bombeiros foram alvo de pedras atiradas pela população, o que impediu o trabalho dos militares. O fogo só foi apagado depois das 19 horas.

Fotos Canindé Soares