Segunda vítima de acidente de buggy na praia de Santa Rita, na Grande Natal, tem morte confirmada

 Foto: Redes sociais

O portal G1-RN destaca nesta terça-feira(11) que morreu mais uma mulher que estava no buggy que bateu em um pacote sem identificação na praia de Santa Rita, em Extremoz, na Grande Natal.  A vítima, Janaína Fonseca, de 42 anos, estava internada desde o sábado (8) e teve a morte confirmada.

No acidente, o motorista do veículo teve ferimentos leves e um outro passageiro permanece internado na UTI. Núbia Almeida, de 40 anos, morreu no local do acidente, na praia. Veja mais aqui

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Emmanoel do Nascimento Costa disse:

    Transporte de passageiros sem a minima seguranca a verdade .

  2. Nelson Araújo disse:

    Nunca se revela o que tem nesses pacotes ?
    são vários que surgiram nas nossas praias e ninguém revela nada ?
    Que mistério é esse ???

    • Malíria disse:

      Devem estar relacionados com o envio de cocaína nos pacotes de frutas dentro dos navios. Trocam talvez em alto mar

    • Rômulo disse:

      São cubos de borracha prensada. Não tem nada dentro. E se tiver curiosidade, vá a praia e tente abrir um. São muito fáceis de achar!

Acidente provoca a morte de 28 turistas alemães em Portugal

Vinte e oito pessoas morreram nessa quarta-feira (17) em um acidente com um ônibus turístico em Santa Cruz, na Ilha da Madeira, em Portugal. O veículo saiu da estrada e tombou sobre uma casa.

De acordo com o prefeito de Santa Cruz, Filipe Souza, 11 homens e 17 mulheres morreram no acidente. Todas os 28 mortos são turistas de nacionalidade alemã que estavam no ônibus. O Ministério das Relações Exteriores da Alemanha já confirmou que há cidadãos do país entre os mortos. Mais 27 pessoas ficaram feridas.

De acordo com o Jornal de Notícias, o acidente ocorreu por volta das 18h30 (horário local, 14h30 em Brasília). O veículo, que transportava 56 pessoas, havia deixado um hotel na cidade de Caniço, no leste da Ilha da Madeira, com destino a Funchal, a capital da região autônoma portuguesa, quando se acidentou.

Ainda de acordo com o jornal, o motorista e o guia turístico, ambos de nacionalidade portuguesa, sobreviveram ao acidente. Os feridos foram levados para um hospital em Funchal.

O presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, chegou a pensar em viajar até a ilha para acompanhar o resgate, mas mudou de ideia. Segundo ele, com o adiamento da viagem, a aeronave da Força Aérea que seria usada em seu deslocamento será disponibilizada para o transporte de feridos.

“Irei, mas não irei imediatamente, porque há essa prioridade”, disse o presidente.

O primeiro-ministro de Portugal, o socialista António Costa, falou com a chanceler alemã, Angela Merkel, para expressar seus pêsames pela morte dos compatriotas.

“Já tive oportunidade de transmitir meus pêsames à chanceler Angela Merkel nesta hora difícil”, escreveu Costa em sua conta do Twitter, onde também enviou apoio aos madeirenses por um dos piores acidentes da história do arquipélago.

Agência Brasil, com informações da Deutsche Welle (agência pública da Alemanha)

 

VÍDEO: Piloto de motocross morre em acidente durante competição no interior do RN

Imagem: Reprodução

Um piloto de motocross morreu nesse domingo (7) após sofrer um acidente durante uma competição realizada na cidade de São Pedro, distante cerca de 63 quilômetros de Natal. Edjarde Hipólito, de 26 anos, levou uma queda durante um salto, mas não resistiu e morreu na ambulância, a caminho do hospital. Veja registro do portal G1-RN clicando aqui

FOTO E VÍDEO: Acidente na Av. Prudente de Morais tem a presença do Corpo de Bombeiros e SAMU

Acidente sem detalhes envolvendo pelo menos dois veículos registrado na manhã desta terça-feira(03), na Avenida Prudente de Morais, em Natal, em frente ao Potengi Flat. Corpo de Bombeiros e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência(SAMU) no local. Foto e vídeo cedidos.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Reginaldo Menezes disse:

    esses caras "Bombeiros", são heróis, independente da cor, hora, local.

    vamos respeitar a instituição.

    que está cada vez mais denegrida, devidos esses infeliz chamados POLÍTICOS.

  2. Sérgio Nogueira disse:

    Como os Bombeiros estão no local, posso acreditar que essa pessoa pagou e estava com o comprovante da "taxinha" que eles querem embolsar para fazer o que recebem o salário para fazer.

FOTOS: Acidente entre VLT e caminhão é registrado em Natal na tarde desta terça

  Fotos: Chico Potengy

Um acidente entre um VLT e um caminhão que realizava serviço de podas de árvores para a Prefeitura foi registrado na tarde desta terça-feira(26), na rua Cônego Monte, em frente ao Hospital Giselda Trigueiro, no bairro das Quintas, na capital potiguar.

Informações dão conta que o trem, vindo de Parnamirim, atingiu em cheio a lateral do veículo. Felizmente, não há feridos.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Marcelo disse:

    O VLT não tem como mudar de rota pois o mesmo anda sobre trilhos que são fixos, já o caminhão de podas estava no lugar errado, e o motorista foi avisado que estava em lugar inadequado.

Acidente na Avenida Engenheiro Roberto Freire envolvendo motocicleta e carros e uma pessoa ferida é registrado na manhã desta sexta

Um acidente envolvendo dois carros e uma motocicleta foi registrado na manhã desta sexta-feira(01), na Avenida Engenheiro Roberto Freire, em frente ao Banco do Brasil, na Zona Sul da capital.

Segundo o Via Certa Natal, uma motociclista colidiu em um carro e, logo após, um carro bateu em outro veículo.

Vítima em motocicleta foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência(SAMU). Sem detalhes do estado de saúde da vítima.

Foto: Via Certa Natal

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Antonio Barbosa Santos disse:

    Quando se compra uma moto, tenho como certo, apresenta-se uma certidão de irresponsabilidade, uma declaração de mau comportamento no trânsito e recebe-se um atestado de vida eterna. Só pode.
    Quem anda de moto acha que pode tudo, sempre.

    • LUTEMBERG DE SOUZA PESSOA disse:

      Infelizmente sua observação foi perfeita. O nível de irresponsabilidade da imensa maioria dos motoqueiros (não motociclistas), beira o absurdo. Dificilmente você vê um acidente onde não haja um deles envolvido. O resultado disso é visto diariamente no Walfredo Gurgel, e custa muitíssimo caro ao SUS.

Acidente envolvendo dois veículos deixa duas pessoas gravemente feridas na Via Costeira

Duas pessoas ficaram gravemente feridas na Via Costeira, durante um acidente envolvendo dois veículos na manhã desta segunda-feira(14) na Via Costeira, na Zona Sul de Natal. A notícia foi destaque no portal G1-RN. Na ocasião, os carros envolvidos na ocorrência foram um Clio e um Renault Fluence, deix.

Segundo o portal, os veículos atingiram um poste, que ficou parcialmente destruído. O Clio ainda chegou a pegar fogo, mas as chamas foram logo contidas. Ainda segundo a notícia, a colisão aconteceu próximo ao Swish Natal Resort, no sentido Mãe Luíza-Ponta Negra.

O estado das vítimas e suas identificações são desconhecidas até a publicação deste post.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Augusto disse:

    Importante registrar que os postes de iluminação do canteiro central da Via Costeira estão bastante enferrujados, na sua maioria.

  2. Marcel disse:

    Basta chover pra que alguns motoristas começlcem a derrapar nas curvas acentuadas da via costeira.

  3. Luis disse:

    Se tivesse a estatística do número de acidente nesse local da via costeira, com certeza, daria em torno de 200 acidentes por ano. Em dia de chuvas já presenciei 3 acidente num dia. Um absurdo, verdadeiro descaso. A curva da pista tem um desnível baixo saindo da pista, e isso é a causa de todos os acidente, entra governo e sai governo, entra diretor de Detran e sai, no entanto, ninguém corrige isso, nem sinaliza sobre o perigo, parece até que o prejuízo do contribuinte é um lucro pra esses gestores. Uma vergonha!

    • Lutemberg disse:

      Vale lembrar que o limite de velocidade naquela via é de 70km/h, mas é comum ver motoristas desrespeitando isso.

    • Luis disse:

      Nesse local, se passar com mais de 40 km e com a pista molhada, o carro sofre aquaplanagem. Tem que sinalizar ou corrigir essa depressão. Perdas humanas e materiais são uma constante nessa curva.

    • paulo martins disse:

      Poxa, mas o prefeito Álvaro Dias não foi à Holanda (ah, a penosa travessia do Atlântico…) recentemente com a missão de convencer os turistas de lá que Natal está em forma para recebê-los com segurança, conforto e infraestrutura de primeiro mundo?

FOTOS: Acidente na RN 120 deixa um morto e dois feridos

Fotos: Chiquinho Cândido

Acidente grave registrado no fim da manhã desta sexta-feira(07) na RN 120, em trecho que liga Santo Antônio a Serrinha, envolveu um Fiat Uno e uma motocicleta. A origem de como ocorreu ainda será esclarecida pela Polícia Rodoviária Estadual.

Motociclista, de 38 anos, morrendo ainda no loca, enquanto motorista de veículo e segundo ocupante de motocicleta foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência(SAMU).

 

 

FOTO: Acidente na Régulo Tinoco com a Juvenal Lamartine termina com veículo tombado

Foto: cedida

Acidente no fim da manhã desta segunda-feira(06) em trecho entre as ruas Régulo Tinoco e Juvenal Lamartine, na Zona Leste de Natal, envolvendo um veículo Uno e um Jimmy deixou um dos veículos tombado. Sem informações da gravidade. Trânsito no local se encontra lento.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Juvenal disse:

    Esse cruzamento é um ponto constante de acidentes. Há uma lombada para quem segue do viaduto do baldo sentido Prudente de Morais (preferencial), mas para quem está na Régulo Tinoco sentido centro não há qualquer redutor de velocidade (e nesse caso é que deveria haver, já que a preferência é de que está vindo do viaduto). Até quando a Prefeitura vai fingir que não tem responsabilidade pela ineficiência em buscar solução para esse problema. Será que estão esperando alguém morrer? Quanto será que custa a instalação de alguns tachões no local, será que mais que uma vida?

FOTOS: Bebê nasce e sai ileso em acidente que matou gestante em SP

Um bebê do sexo feminino nasceu em meio a um acidente automobilístico em que a barriga de sua mãe gestante foi atingida pela carga de um caminhão, na tarde desta quinta-feira, 26, na Rodovia Régis Bittencourt (BR-116), em Cajati, interior de São Paulo. A criança foi resgatada em meio às vísceras da mãe, atingida pela carga de pranchas de madeira processada do caminhão.

O médico que atendeu o bebê na rodovia e os profissionais de saúde que receberam a criança no hospital falam sobre a baixa possibilidade de a criança ter escapado de também ser uma vítima do acidente. Na tarde desta sexta-feira, 27, a bebê permanecia internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal do Hospital Regional de Pariquera-Açu, mas em bom estado de saúde. Sua mãe ainda não tinha sido identificada.

A mulher, em gestação adiantada, viajava de carona com o motorista do caminhão, no sentido Curitiba-São Paulo, quando o veículo capotou. A gestante foi projetada para fora da cabine e acabou esmagada pela carga. O médico que atende a concessionária da rodovia, Elton Fernando Barbosa, ainda se emociona quando conta o que viu quando chegou ao local. “Era um acidente grave e havia relato de uma pessoa morta. Ao chegar, vi que o motorista estava ferido, mas era atendido pela equipe básica. Segui em busca da vítima fatal que estava sob a madeira, quando ouvi um choro de bebê. Foi uma apreensão total, pois não havia relato de outra vítima.”

Ele conta que, ao remover parte da madeira, encontrou o corpo da mulher bastante ferido, mas o bebê chorava em meio ao sangue. Rapidamente, ele liberou o corpo, cortou o cordão umbilical e providenciou a condução da criança, de ambulância, ao hospital. “Ela estava perfeita, saudável, sem um arranhão. Podemos classificar que, naquelas circunstâncias, foi realmente um milagre ela ter sobrevivido.”

O motorista Jonathan Ferreira também foi levado ao hospital de Pariquera-Açu. Ele disse aos socorristas que não conhece a mulher e apenas havia dado carona a ela. Nesta sexta, o corpo da mãe do bebê permanecia no Instituto Médico Legal (IML) de Registro à espera de identificação e de que algum familiar fosse localizado. Se nenhum parente se apresentar, o Conselho Tutelar de Pariquera-Açu vai encaminhar o caso à Justiça, que decidirá o destino da criança.

Desabamento de palco em festa rave causa morte e deixa feridos no RS

Desabamento de palco em festa rave em Esteio deixou uma vítima (Foto: Cristine Gallisa/RBS TV)

Uma pessoa morreu devido ao desabamento do palco da festa rave Atmosphere, provocado pelo forte vento, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio, Região Metropolitana de Porto Alegre, na tarde deste domingo (17), segundo a Polícia Civil. Conforme o Corpo de Bombeiros, a vítima foi identificada como Kaleb Freitas.

O fato aconteceu por volta das 14h. Kaleb era DJ, e se apresentava durante a festa no momento em que a estrutura caiu. Outras três ficaram feridas e foram levadas para o Hospital São Camilo, em Esteio. Segundo a Defesa Civil, havia entre 4 mil e 5 mil pessoas no evento.

A área foi isolada para o trabalho da perícia. Os bombeiros afirmam que o evento possuía todos os laudos necessários, mas, como o local é uma área aberta, o vento superou a capacidade de sustentação e entrou em colapso.

Antes do evento, Kaleb havia postado uma mensagem no Facebook dizendo estar ansioso pelo evento. “Que venha a última festa do ano”, escreveu. Em sua página, conhecidos prestaram homenagens e lamentaram o fato.

Ainda de acordo com os bombeiros, uma pessoa morreu de overdose, ainda antes do desabamento. A identidade não foi divulgada.

 

 

G1

Vice-prefeito do município de Grossos morre em acidente de carro

O vice-prefeito do município de Grossos, Martins Carlos Gomes, de 53 anos, morreu em um acidente de carro na noite deste domingo (20). O acidente aconteceu na RN-012, na saída da cidade. Grossos fica na região Oeste potiguar.

Martins dirigia uma picape Hilux de cor branca. Ao sair da cidade, perdeu o controle e acabou capotando o carro. O corpo foi arremessado para fora do veículo.

Acidente, processos e assédio: o inferno astral do Uber piora

Acidente com carro do Uber no Arizona: a sucessão de problemas da companhia cresce a cada dia (Mark Beach/Reuters)

O inferno astral da empresa de transportes Uber foi parar no banco dos réus. Na segunda-feira 27, o Uber apresentou sua resposta a um processo aberto na Califórnia pela Wayo, a empresa de carros autônomos da Alphabet, dona também do Google. Nesta terça 28, o Uber entrou com um recurso para tentar forçar uma arbitragem o mais rápido possível. Mas a questão continua em aberto. A Waymo alega que um grupo de ex-executivos roubou propriedade intelectual relacionada a seus projetos e depois abriu uma startup, a Otto, comprada pelo Uber no ano passado por 680 milhões de dólares. A companhia pede até que o Uber não tenha acesso à tecnologia enquanto o processo está em andamento.

A questão foi aberta há um mês. A Waymo afirma que um ex-funcionário do Google, Anthony Levandowski, baixou 14.000 arquivos técnicos de seus servidores (cerca de 9,7 gigabytes) antes de se mandar para abrir a Otto, vendida seis meses depois. Hoje, Levandowski lidera a área de robótica do Uber.

Criar sua própria tecnologia para ensinar os carros a se guiar pelos ambientes urbanos de fato exige um investimento pesado. São milhares de sensores a laser sendo disparados a cada segundo para criar um mapa 3D da área, calcular o trajeto e detectar ciclistas, pedestres e qualquer obstáculo que pintar pelo caminho. Com a contratação de Levandowski, alega a Waymo, o Uber “evitou risco e cortou tempo e dinheiro no desenvolvimento de sua tecnologia”. O Uber diz que as acusações não têm sentido e tentam “reduzir a velocidade de um concorrente”. A decisão deve sair no dia 27 de abril.

Uma derrota será avassaladora para o Uber. De qualquer forma, até lá, o caso será mais uma nuvem negra no caminho da empresa que até muito pouco tempo era a mais incensada do Vale do Silício. Travis Kalanick, fundador do Uber, já afirmou reiteradas vezes que veículos autônomos são essenciais para o futuro da companhia. Substituir motoristas por softwares poderia permitir ao Uber cortar custos, oferecer viagens mais seguras e também driblar processos e problemas legais que vêm se avolumando mundo afora.

No Brasil, a empresa sofreu seu primeiro revés na Justiça em fevereiro deste ano, quando um juiz da 33ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte reconheceu vínculo empregatício entre a Uber no Brasil e um motorista, condenando a empresa a pagar cerca de 30.000 reais em horas extras, adicional noturno, restituição dos valores gastos com combustíveis e verbas rescisórias. A empresa vai recorrer da decisão, argumentando que a 37ª Vara da mesma cidade deu uma sentença exatamente oposta, negando vínculo empregatício solicitado por outro motorista.

O Uber sempre alegou que não emprega seus motoristas e que atua apenas como uma empresa de tecnologia que faz a intermediação e a conexão com os passageiros. A atuação da empresa sempre foi motivo de intensos debates no Brasil, e a pauta deve esquentar com a nova lei de terceirização aprovada na semana passada na Câmara e agora à espera do aval presidencial.

A insegurança jurídica vem trazendo problemas em outros países. Em outubro do ano passado, a empresa perdeu um processo em um tribunal de Londres, que determinou que dois motoristas da empresa tinham direito a um salário mínimo e férias.

A maré ruim começou logo no início do ano, quando o Uber conseguiu perder 500.000 usuários em apenas um fim de semana. O boicote que tomou as redes sociais com a hashtag “deleteuber” nasceu de uma reação ao veto do presidente americano Donald Trump contra imigrantes de países de maioria muçulmana. Na ocasião, os taxistas de Nova York organizaram um protesto em solidariedade aos imigrantes e suspenderam seus serviços no aeroporto JFK. Isso provocou um aumento no preço do serviço do Uber, que calcula a tarifa das corridas com base na demanda. A impressão geral foi que a empresa estava se aproveitando da situação.

Foi só o começo de uma série de problemas que prejudicaram a imagem da companhia. Em fevereiro, uma ex-engenheira do Uber, Susan Fowler, afirmou ter sofrido assédio sexual e sexismo durante seu tempo na empresa. Segundo Fowler, o RH ignorou suas denúncias contra o agressor, por ele ser um funcionário de “alto desempenho”.

Em resposta, Kalanick contratou um antigo procurador-geral dos EUA para liderar a investigação urgente. Dias depois, o jornal americano New York Times publicou uma reportagem que sugere que o caso de Fowler não foi isolado, e sim que faz parte da cultura da empresa. Sob a condição de anonimato, funcionários disseram ter presenciado um diretor gritar insultos homofóbicos a um subordinado, outro ameaçar bater na cabeça de um funcionário com um taco de beisebol e cenas de assédio sexual em retiro da empresa em Las Vegas.

Como se não bastasse, no final de fevereiro, o Uber perdeu mais um executivo. Amit Singhal, vice-presidente sênior de engenharia, deixou a empresa depois de ter sido revelado que ele havia saído de seu trabalho anterior no Google por acusações de assédio sexual.

Ainda em fevereiro, um vídeo publicado pela Bloomberg mostrou Kalanick dentro de um carro do Uber tendo uma discussão acalorada com o motorista sobre as tarifas do aplicativo. Em um e-mail para os funcionários, Kalanick pediu “profundas desculpas” e admitiu precisar “mudar como um líder e crescer”.

Os próprios carros autônomos também viraram fonte de problemas, e não só no processo aberto pelo Google. Na sexta-feira um carro autônomo do Uber se envolveu num acidente com outro veículo em Tempe, no Arizona. Ninguém ficou ferido, mas a companhia tirou seus carros autônomos das ruas do Arizona, e de outros dois estados onde estava fazendo testes.

Antes disso, a imagem da companhia ficou ainda pior, quando o New York Times revelou que o Uber não havia sido honesto sobre um incidente com um de seus carros autônomos que furou um farol vermelho quando um pedestre entrava na faixa para cruzar a rua, em dezembro do ano passado, em San Francisco. Na ocasião, a empresa afirmou ter se tratado de um “erro humano”, mas, segundo o jornal americano, a causa real foi uma falha no sistema responsável pela navegação autônoma do carro. O único “erro humano” teria sido do funcionário que falhou em reconhecer o erro do veículo e corrigi-lo a tempo.

São tantos reveses juntos que executivos do Vale do Silício têm dito que nunca viram uma maré ruim como esta. Em oito anos, Kalanick conseguiu captar 12,5 bilhões de dólares e transformar o Uber na maior empresa privada de tecnologia do planeta, com 70 bilhões de dólares de valor de mercado. O faturamento chegou a 5,5 bilhões de dólares, mas o lucro ainda não veio. Agora, Kalanich terá que mostrar que sua empresa pode dar a volta por cima – e finalmente chegar ao azul. Nem que, para isso, ele tenha que sair do caminho.

Exame

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cleziano disse:

    Eu só queria que o Uber fosse regulamento no Brasil pra ver até qdo esses motoristas vão aguentar , eles não pagam nenhum imposto , assim fica fácil e quem determina essa bandeirada é a prefeitura , concordo qdo os taxistas precisam melhorar na aparência, educação, e nos veículos , mas eu já vi várias pessoas formadas serem mal educadas , iguinorante , em fim , temos em todas as profissões, infelizmente.

  2. Wendell disse:

    Falando de Brasil o UBER não é problema de jeito nenhum, pra muita gente tá virando desesperada forma de sobrevivência e pro usuário em geral, cidadão comum, foi, como disse no comentário anterior, uma das melhores coisas que já inventaram, andar por um preço de ônibus muitas vezes, num carro com ar condicionado e com alguém extremamente cuidadoso dirigindo… No mais esse assunto vai sempre ser como guerra de facções nas redes sociais… Táxi x UBER embora os dois lados nada mais sejam do que vítimas de um sistema errado num país atolado na lama… Falando novamente de Brasil, pois pra nós só interessa mesmo falar de nosso país nessa polêmica toda que a empresa UBER trás…

  3. Renato disse:

    Os motoristas Uber estão tão bem das pernas que precisam rodar pelo menos 10hrs/dia para compensar. Infelizmente é a realidade de hoje em dia, já não tem poucos carros como antes. Sem contar que os 25% em cima de cada viagem é absurda.

  4. Vilanir Gurgel disse:

    É cada figura que vejo dizendo que está no Uber.
    Pra mim, quem ta sem rumo na vida quer ser uber.
    Só pode dar errado.

  5. Jose carlos souto de Freitas disse:

    A uber é uma piada, com tempo perde a graça. Só que vai deixar um prejuízo monstruoso para todos os taxistas do Brasil.

  6. Curioso disse:

    Eu já penso totalmente contrário. A UBER veio para modernizar o atendimento ao cliente e cobrando um preço justo.

    • Ze disse:

      Motorista de uber geralmente é atencioso e não reclama quando a corrida é curta, ao contrário dos taxistas que só faltavam matar o cliente quando a corrida não compensava para eles. Viva a livre concorrência.

  7. TX de verdade disse:

    Interessante se a uber não dá lucro pra empresa imagine pra esses motoriscravo que anda de graça pra essa sociedade hipócrita . Eles tem que voltar pra escola aprender matemática fazer as contas aí depois vão se escraviza . Felizes com pão que diabo amassou.

    • João Amâncio disse:

      Ou o senhor é Taxista, ou tem um familiar ou próximo taxista, pq na normalidade só esse tipo que é contra Uber.

      Taxistas, passaram toda a vida no mesmo modelo de negocio, tratando pessimamente o cliente (salve algumas exceções) se confiando no monopólio do serviço, ai agora pq tem um concorrente de peso, com modelo de negocio moderno e muito bom atendimento a preço justo, ficam revoltados, achando bom pagar uma nota todo mês ao dono da frota e ainda chama os Ubers de escravos… BRASILLLL

[FOTO] Colisão frontal entre ônibus e carro deixa um morto na Reta Tabajara

WhatsApp Image 2016-08-02 at 08.41.32 (1)

WhatsApp Image 2016-08-02 at 08.41.32

Fotos: Grupo Imprensa 24 horas

Um grave acidente foi registrado por volta das 7h30 desta terça-feira (02), na BR-304, no trecho da Reta Tabajara, em Macaíba, que passa por obras de duplicação.

Um ônibus da empresa Jardinense bateu de frente com um veículo modelo Gol, de placas PVH-074, de cor verde e que que ficou parcialmente destruído e com uma vítima fatal.

A identidade da vítima ainda não foi confirmada e a PRF está no local.