Policiais Civis aguardam avanço em negociação e aprovam paralisação para o dia 21

Fotos: Divulgação- SINPOL-RN

Os Agentes e Escrivães da Polícia Civil se reuniram em Assembleia Geral, na manhã desta segunda-feira, 7, e decidiram realizar uma paralisação no próximo dia 21 de outubro. A categoria reclama que não houve avanços nas negociações com o Governo do Estado e espera que até lá as pautas sejam atendidas.

O SINPOL-RN lembra que existe um termo de compromisso assinado desde julho, no qual o Governo do Estado havia acordado implantar promoções atrasadas, bem como discutir e finalizar o projeto de reestruturação da carreira.

“Porém, iniciamos o mês de outubro e nada disso foi feito. Temos processos de promoções que estão prontos para implantação e não foram efetivados pelo Estado. Além disso, até esta data, não temos uma contraproposta do projeto de reestruturação que apresentamos ao Governo”, explica Nilton Arruda.

De acordo com o presidente do Sindicato, diante desse cenário, os Policiais Civis decidiram por aprovar uma paralisação. “A categoria está insatisfeita com o tratamento recebido até agora, e por isso deliberou por paralisar as atividades no dia 21. No entanto, caso tenhamos avanços até lá, iremos apresentar os resultados das reuniões em nova Assembleia e decidiremos sobre a continuidade ou suspensão imediata do movimento”, completa.

Na quarta-feira da semana passada, 2, o SINPOL-RN teve reunião com o chefe do Gabinete Civil, Raimundo Alves. Ele informou que, a partir de agora, toda a negociação referente aos policiais civis sairá da Secretaria de Administração e ficará direto no Gabinete Civil. Também ficou estabelecido um cronograma de trabalho para os próximos dias.

“A gente espera que desta vez os prazos sejam realmente cumpridos e possamos finalizar os trâmites até o final de outubro, conforme consta no termo de acordo assinado em julho”, finaliza o presidente do SINPOL-RN.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Pedro disse:

    Pior do que isso Sr. Paulo e cambada, é o vergonhoso salário dos profissionais de nível superior da saúde, exceto médicos, que não passa de R$ 3.200,00 em fim de carreira, ou seja, nível 16. Trabalhei 35 anos no Walfra e hoje ganho uma miséria, que pior, não recebo. Essa governadora e os anteriores são uns desconsolados, deixa acabar o SUS para verem quem vai conseguir pagar plano de saúde. Ruim com ele, pior sem ele.

  2. Gil disse:

    Essas forças de segurança, através do achaque, vão destruir as finanças do RN. A PM alega que ganha menos e consegue uma equiparação com a PC. Revoltados os PCs agora querem aumento de novo, se conseguirem, o resultado é que a PM quer aumento novamente para se equiparar… e a coisa não tem fim. Ainda bem que existe a Lei Responsabilidade Fiscal para impor alguma ordem nessa bagunça. Atenção pessoal da Civil!! Se estão insatisfeitos com salário de 10 mil, vão para a iniciativa privada. E o pior é que a violência só faz aumentar. Sejam competentes ao menos para evitar a onda de assaltos no caminho para aquele lixo de aeroporto.

Professores da UFRN aprovam paralisação para o dia 22

A Associação dos Docentes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (ADURN) aprovou nessa segunda-feira (19) paralisação das atividades para o dia 22. A votação marcou a adesão dos docentes da UFRN ao Dia Nacional de Paralisações, marcado para 22 de setembro. A 14° Assembleia Geral Extraordinária aconteceu no auditório da Escola de Música da UFRN.

Na pauta da Adurn também estava em debate a PEC241, #LeidaMordaça,#PLP257 #reformadaprevidência, cobrança de mensalidades nas Universidades Públicas e defesa do pré-sal.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. João disse:

    Privatize ja.. ta cheio de marajas la. Sobra assim recursos para transferir para o ensino publico fundamental e basico.

    • É gópi! disse:

      Concordo. Quem tem dinheiro deveria contribuir.
      Não adianta "democratizar" o ensino superior dessa maneira, sem o alunado ter uma base boa.
      Democratização verdadeira do ensino é no 1. e 2. graus. "Democratização" na UFRN é só pra fazer lavagem cerebral comunista.

  2. Val Lima disse:

    Veja quanta coincidência, o dia da paralisação (22) é justamente a data escolhida pela campanha de Mineiro para trazer a Natal, O "Big capo" Luiz Inácio…..
    Aí ficam com raiva, qdo o povo se revolta e reclama q os "bolivarianos" não são tão chegados ao trabalho….Tenha santa paciência !!!

  3. Andreia disse:

    Só uma desculpa para irem todos lamber o saco de LULADRÃO que vem apoiar a campanha derrotada do PT em Natal.

    Vão trabalhar e fazer jus aos salários que recebem, PTralhas iludidos!!!!!!!!!!!!!!!

  4. Ricardo Jose Gomes disse:

    PARASITAS E VAGABUNDOS VERMELHOS!!! O NÍVEL DOS ALUNOS DAS UNIVERSIDADES FEDERAIS NOS ÚLTIMOS 14 ANOS É DE DAR DÓ E PIEDADE. O PT LADRÃO DAS VERGONHOSAS QUOTAS, DA CORRUPÇÃO, DO ROUBO AINDA QUER ESPERNIAR,. VÃO TRABALHAR VAGABUNDOS PETISTAS (PROFESSORES UFRN, IFRN) BANCÁRIOS(CAIXA E BB) E, PASMEM, OS ANALFABETOS PETROLEIROS.

    • Antônio disse:

      Quais os dados que o senhor tem Ricardo?
      a Universidade Federal, UFRN, que eu estudo vem aumentando seus índices vertiginosamente nos últimos 10 anos. Tem profissionais atuando no exterior através do "ciência sem fronteira", vem ajudando o seridó do nosso estado com a questão da falta d'água, fomentando a produção agrícola e a pecuária através da Escola de Jundiaí. Você sabia que as melhores startups de tecnologia estão aqui em Natal? superando até mesmo as de São Paulo, sabe onde essas startups são encubadas? no Instituto Metrópole Digital – UFRN.

    • É gópi! disse:

      Concordo!!!
      É mesmo.
      Os professores ficam loucos com os alunos quase semi-analfabetos. Uma tristeza!

    • Ana Adelina disse:

      Antônio, investir no Ciências sem Fronteiras para os alunos irem atuar no mercado de trabalho do exterior?
      E o Brasil? Como fica?
      Governo tem a obrigação de investir na Educação Nacional e para os Brasileiros darem um retorno ao seu país.

  5. Antônio disse:

    A cegueira da população chega a ser dantesca, ou as pessoas que aqui comentam fazem parte da classe social "UNP". Após anos de investimento pesado por parte do governo federal a UFRN está prestes a perder todas as conquistas. A UFRN hoje está pronta para fornecer não só mão-de-obra qualificada mas também tecnologia para desenvolver a indústria e o comércio nacional, a entrega desta instituição para iniciativa privada, mesmo que em parte, provocará além do impacto social (seu filho não poderá mais ter educação de qualidade acessível) um impacto para o futuro do Brasil, a comercialização da educação do Brasil será um espelho das "faculdades" da nossas cidade, formando profissionais fúteis, com índices deploráveis e nenhuma visão além.

    • Valter Magalhães disse:

      O mote, pano de fundo para tentar justificar a paralisação é esse. Qual o real? Fora Temer?
      Vão fazer uma paralisação por uma "perspectiva" de privatização de alguns serviços?
      Esquecem propositalmente que o corte no orçamento é geral, com reflexo direto do desmonte, sendo fruto da desastrosa política do PT que afundou o Brasil em uma recessão tenebrosa.
      Só se faz investimentos com recursos e o PT ESVAZIOU OS COFRES PÚBLICOS.
      Hora de cada um assumir seus erros, pois a HERANÇA MALDITA DEIXADA PELO PT ainda vai dar muita dor de cabeça.
      Professor universitário tem que ter o compromisso MORAL de falar de FATOS e não especulações e arranjos tenebrosos.

    • Antônio disse:

      A partir do momento que as pessoas ou o próprio governo acha o investimento em educação um gasto é necessário se preocupar, o nosso país sempre teve essa tendencia, isso reflete nosso empresariado e indústria míopes com perspectivas mesquinhas e lutando contra as "injustiças" governo, quando na verdade tem jazidas de ouro do seu lado como a universidade e quando faz uso desta instituição na forma de contratar profissionais lá formados o sufocam com as práticas "clássicas e conservadoras". Medidas a qualquer custo colocando a conta na chamada "herança maldita do PT" devem ser vistas com cuidado, é necessário ser criterioso com essa tendencia minimalista, é óbvio que nem tudo que o governo petista tocou é mal.

  6. Luiz disse:

    Dia Nacional de Paralisações. Todos juntos e unidos!
    Nenhum direito a menos!

    #ForaTemer #Golpista

    PS* O IFRN também irá ter paralisação.

    • Valter Magalhães disse:

      Agora um que falou a verdade. PARALISAÇÃO POLITIQUEIRA E IRRESPONSÁVEL
      Vá cobrar a manutenção, impossível, dos investimentos a quem faliu o serviço público. Vá cobrar ao PT

  7. Helio Motta disse:

    São apenas as viúvas do PT com mais uma capítulo de seu choro interminável. Não fazem greve, se dão umas férias porque não basta ganhar bem, trabalhar pouco e fazer menos ainda. É preciso dar uma parada para ir a casa da praia, ir mais os escritório/empresa particular, etc.
    Bando de parasita vermelho. Tá achando ruim? Tenta uma universidade privada. DUVIDO!
    Querem apenas boa vida.

  8. Fora PT Cramunhão disse:

    Isso é uma turma de Comunistas e esquerdistas. Os ladrões estão agindo como NUNCA ANTES NA HISTÓTIA DESSE PAÍS. Sinal dos tempos depois de 13 anos de destruição do Brasil pelo PT.

  9. Paulo disse:

    Os caricimos professores universitários brasileiros, que ganham ( pasmem) mais de 50% a maus do que professores de países de primeiro mundo, esses mesmos que defendem a ideologia das esquerdas. Vem agora fazer greve, ora bando de parasitas vão trabalhar que vcs ganham muito bem e obrigado.

    • Júlio César Andrade disse:

      Exato Paulo, GREVE POLÍTICA, NADA MAIS!
      MAIS UMA VERGONHOSA atitude dos esquerdopatas.
      Inicialmente tem que CORTAR O PONTO desde o primeiro dia. Em seguida as demais medidas cabíveis contra esses professores politiqueiros oportunistas.

  10. Hudson Fernandes Júnior disse:

    Estarei lá !