Diversos

Centrais do Cidadão de Natal terão horário de funcionamento ampliado

As Centrais do Cidadão de Natal terão seus atendimentos ampliados na segunda quinzena de fevereiro. As unidades do shopping Via Direta e da Zona Norte passarão a abrir suas portas mais cedo, a partir das 9h, como forma de atender mais pessoas. O horário de encerramento permanece sendo às 17h.

A expansão do horário foi decidida em reunião nesta quarta-feira (3), entre representantes da Secretaria de Estado da Administração (Sead) – que conduz o Programa das Centrais do Cidadão do Rio Grande do Norte, por meio da Coordenadoria de Atendimento ao Servidor e ao Cidadão (Codaci) – e o Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep). O objetivo é atender a demanda intensa, bem como minimizar as possibilidades de aglomeração dos cidadãos à procura dos serviços, em virtude da pandemia da Covid-19.

De acordo com o coordenador da Codaci, Luis Renato Nogueira, também foi assegurada uma otimização no sistema de agendamentos para apoio aos serviços do Itep. Até então, os agendamentos poderiam ser feitos no site www.centraldocidadao.rn.gov.br a partir do meio-dia, com marcação para atendimento no dia seguinte. Assim que o horário de funcionamento das Centrais do Cidadão da capital for ampliado, os usuários terão duas oportunidades para agendar os serviços do Itep, uma a partir das 8 horas e a outra igualmente às 12 horas.

“São muitas pessoas precisando dos serviços, razão pela qual os agendamentos costumam acabar rapidamente depois que são abertos no sistema. Com a liberação desses dois horários, esperamos que os cidadãos tenham mais oportunidades para conseguir agendar seus atendimentos”, afirmou o coordenador.

A ampliação do horário de atendimento em outras Centrais do Cidadão da Região Metropolitana do estado também foi discutida na reunião, que contou com a participação, além de Nogueira, da diretora do Instituto de Identificação do Itep, Marcela Ferreira; da subcoordenadora do Instituto de Identificação, Márcia Marinho; e da servidora da Codaci, Miranilma Santos. “Estamos buscando ampliar não só os horários de funcionamento, como também a oferta de mais serviços nas unidades, a fim de oportunizar aos cidadãos mais comodidade e segurança”, reforçou Nogueira.

Ceará-Mirim

A reabertura da Central do Cidadão de Ceará-Mirim foi outra pauta debatida na reunião. A unidade estava interrompida há cerca de um ano, por causa da pandemia, mas que nas próximas semanas deve voltar ao seu funcionamento. No local, vão ser ofertados serviços do Detran/RN e Tribunal Regional Eleitoral, emissão da Identidade (RG), CPF e Carteira de Trabalho.

Segundo dados da Codaci, uma média mensal de cinco mil atendimentos eram realizados na Central de Ceará-Mirim. A reabertura vai beneficiar a população da região e também ajudar a desafogar os atendimentos em outras unidades como São Gonçalo do Amarante e João Câmara, que absorveram os usuários de Ceará-Mirim durante o tempo em que a Central do município permaneceu fechada.

Assim como todas as unidades do Programa, vale salientar que as medidas de biossegurança para evitar riscos de contaminação do coronavírus deverão ser mantidas. Ou seja, os cidadãos que adentrarem na Centrais do Cidadão precisam respeitar às normas de segurança interna, realizar a devida higienização das mãos, evitar contato próximo, cumprindo o distanciamento social, e utilizar máscaras de proteção durante toda a estadia na unidade.

Opinião dos leitores

  1. Acreditem, a GOVERNADORA é de sindicato , não gosta de trabalhar , amam direitos , mas não querem DEVERES , vou dar um exemplo ,cachorro anda com cachorro, gato com gato , passarinho com passarinho , preguiçoso com ….

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Centrais do Cidadão: Centrais do Caos

“Queremos oferecer à população um serviço de excelência nas Centrais do Cidadão”. A frase foi dita pelo atual titular da secretaria de Estado da Justiça e Cidadania (Sejuc), Fábio Hollanda, durante a cerimônia de posse no cargo no dia 12 do mês passado. O desejo do secretário ainda não virou realidade. Pelo contrário. O atendimento nas unidades da capital do Estado está precário e alguns serviços estão suspensos. Funcionários estão sem receber gratificações e uma das unidades, a do Praia Shopping, está fechada há nove meses. A Sejuc promete a reinauguração em abril e anunciou que irá reformar as demais unidades.

Frankie MarconeVia Direta: Quantidade de funcionários: 80. Média de atendimentos por dia: 4 mil.

O cenário é parecido nas quatro Centrais em funcionamento na capital. Salas superlotadas, poucos funcionários atrás dos balcões e pessoas esperando atendimento em pé. O desconforto é nítido na expressão facial tanto de funcionários como dos cidadãos. A espera para resolver algum problema pode demorar o dia todo. Ontem de manhã, na Central do Cidadão localizada no Via Direta, a mais antiga, centenas de pessoas aguardavam sua vez. A maioria buscava atendimento no guichê do Departamento Estadual de Trânsito (Detran/RN).

Segundo o gerente do local, Auricélio Marques, o problema acontece por causa do fechamento da unidade do Praia Shopping. “Antes, recebíamos no máximo duas mil pessoas por dia. Depois que a unidade do Praia Shopping fechou, esse número dobrou e a quantidade de funcionários e nosso espaço continuou o mesmo”, relatou. Auricélio informou ainda que a demora maior é para a realização de psicotestes. Ontem, só havia vaga para o dia 23 de março. A situação irrita quem necessita do serviço. É o caso da farmacêutica Kátia Cabral. Ela tentava renovar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) mas, devido à falta de vaga para realizar de exames, terá que voltar outro dia. “Essa é a segunda vez que venho aqui. Pelo jeito, terei que voltar mais umas duas vezes. A gente perde muito tempo com essa situação”, disse.

De acordo com Auricélio, apenas dois médicos realizam 150 exames oculares por dia. Além da falta de profissionais e a alta demanda, o sistema de dados do Detran/RN é instável e as “quedas do sistema” são frequentes. “É bem inconstante esse sistema. Não temos culpa, mas é normal que o sistema caia”, disse Auricélio. A reportagem procurou representantes do Detran/RN para comentarem o assunto, mas ninguém atendeu as ligações.

Na Central do Cidadão do Alecrim, mais problemas. Estes são visíveis antes mesmo do natalense entrar no prédio localizado na avenida Coronel Estevam. Do lado de fora, paredes mofadas e sujeira. Um aviso está fixado na porta: “Está suspensa a marcação de novos psicotestes nesta Central”. Dentro do prédio, paredes com infiltração, móveis velhos e poucos funcionários. Assim como a unidade do Via Direta, no Alecrim o cidadão precisa de paciência para aguardar o atendimento. O guichê do Sistema Nacional de Emprego (Sine) é um dos mais procurados. Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep) e Detran/RN também têm demanda alta. O gerente da unidade, Alcides Gurgel, também culpa o fechamento da Central do Cidadão do Praia Shopping pelo atendimento deficitário. “Como fechou lá, acabou aumentado a demanda daqui. A demora maior é no guichê do Itep e Sine”, disse.

Por volta de meio dia de ontem, o desempregado Luciano Lira aguardava atendimento no Sine. Ele contou que chegou ao local por volta das 8h30 e não fazia ideia de quando seria atendido. “Somos muito mal atendidos aqui. O problema começa na recepção. Os banheiros estão interditados e não tem nem água para beber. É um absurdo”, disse.

Perto dali, na Central do Cidadão do Centro, mais exemplos de falta de estrutura. A unidade localizada na avenida Rio Branco é uma das mais problemáticas. O elevador do local não funciona e a Consultoria Técnica de Vigilância Sanitária (Covisa) já interditou a unidade uma vez. Depois de uma pequena melhora, o local foi reaberto. Os banheiros estão interditados e os servidores se revezam na tarefa de limpar o espaço. “Se a gente não vestisse a camisa, estaria bem pior”, disse a servidora Marzira da Cunha.

Na zona Norte, a realidade é um pouco diferente das demais Centrais do Cidadão das zonas Sul e Leste. Com um amplo espaço disponível para atendimento e com uma demanda relativamente menor, o tempo dispensado em cada processo é mais curto. Mesmo assim, há reclamações e, assim como nas demais unidades, há agendamento para serviços do Detran/RN. “Os psicotestes estão sendo marcados para abril”, disse a gerente Marleide dos Santos.

Fonte: Tribuna do Norte

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *