Geral

PIX poderá ter restrição de horário por segurança, diz presidente do Banco Central

Foto: Infoglobo

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, afirmou nesta sexta-feira que o órgão vai anunciar uma série de medidas para coibir práticas criminosas realizadas por meio do PIX. Uma das novidades seria a possibilidade de bloquear transferências em horários específicos, como a madrugada. O GLOBO apurou que as medidas serão apresentadas na próxima semana.

Campos Neto diz que a tecnologia do PIX é segura e rebateu críticas de que a instantaneidade do sistema de transferências bancárias incentive práticas criminosas. Segundo ele, a nova modalidade de pagamentos é mais segura e tem maior rastreabilidade que meios tradicionais de pagamento.

— O PIX foi um grande ganho para as pessoas de maneira geral, a gente vê novos modelos de negócio (que se viabilizaram com a ferramenta). Ele substitui outras formas de pagamento. A gente vê mais recentemente na mísia uma associação dele com formas de criminalidade, me alguém sofrer sequestro relâmpago, pode (haver pedido de resgate) por DOC, por TED — disse.

O QUE É PIX E COMO VAI FUNCIONAR O NOVO SISTEMA DE PAGAMENTO EM 15 PONTOS

O que é o Pix?

É um meio de pagamentos criado pelo Banco Central que permite fazer transferências e pagamentos instantâneos 24 horas por dia e sete dias por semana. A promessa é que o novo seviço seja mais simples que os atuais TED e DOC. O Pix começou a funcionar no dia 16 de novembro.

Como acesso o Pix?

O Pix estará disponível em qualquer plataforma que a instituição financeira escolher. No entanto, o BC espera que o celular seja o canal mais usado. Em um primeiro momento, será necessário ter acesso à internet, mas o BC prevê que um serviço off-line esteja disponível em 2021.

Quem poderá utilizar o Pix?

Qualquer pessoa ou empresa que tenha uma conta corrente, conta de depósito ou conta de pagamento pré-paga. Para transferências entre pessoas físicas e pagamento de pessoas físicas para empresas, o Pix será gratuito. Para MEIs, venda com finalidade comercial poderá ser tarifada.

O que é uma chave Pix?

A chave é um meio de identificar a conta do usuário. Há quatro tipos: CPF ou CNPJ, e-mail, número de celular e uma chave de segurança aleatória de números e letras. Na hora de fazer transferência, em vez de o usuário ter que informar nome, CPF, número da conta e da agência, como é feito atualmente, basta colocar a chave Pix.

Como cadastrar as chaves?

O registro será feito pelo site ou app da instituição onde o cliente tem conta. É preciso confirmar a posse da chave e vinculá-la à conta do Pix. Por exemplo, no caso do uso do e-mail ou do celular como chave, o usuário receberá um código por SMS ou por e-mail que deverá ser inserido no app para confirmar a identificação.

Quantas chaves Pix posso cadastrar?

Pessoas físicas podem ter cinco chaves para cada conta da qual sejam titulares. Para empresas, o limite é de 20 chaves por conta. O cadastramento de chave promete facilidade e rapidez no uso diário do Pix, mas não é obrigatório.

Como fazer uma transferência?

O Pix vai aparecer no aplicativo do banco ou da fintech, ao lado do TED e do DOC. Ao selecionar a opção, quem estiver usando o serviço poderá digitar uma identificação de quem vai receber o dinheiro, a chave Pix (CPF, e-mail ou telefone celular). Quem for enviar recursos, coloca o montante a ser transferido e aprova a transação. Quem recebe pode gerar um QR code e enviá-lo ao pagador.

Qual a diferença entre Pix, DOC e TED?

Nas transferências TED/DOC, o pagador precisa digitar os dados do recebedor, como seu banco, CPF/CNPJ, número da agência e tipo de conta. O serviço só está disponível em dias úteis e em determinados horários. Além disso, no caso do DOC, o valor só fica disponível horas depois ou no dia útil seguinte. No Pix, o pagador inclui a chave Pix no celular ou lê o QR Code do recebedor e ambos recebem uma notificação de operação concluída. O Pix é aceito em qualquer dia e horário.

Haverá limite de transação no Pix?

O BC não estabeleceu um limite para o Pix, mas as instituições financeiras poderão impor valores máximos para cada transação. Estes, porém, não poderão ser inferiores aos limites estabelecidos para outras opções de pagamento.

Quanto o Pix vai custar?

Não haverá cobrança para pessoas físicas no caso do recebimento e envio de recursos. Mas, caso recebam dinheiro ao fazer uma compra ou se usarem os canais de atendimento do banco, quando houver meios eletrônicos disponíveis, a instituição financeira poderá cobrar tarifa. MEIs e autônomos seguem as mesma regras. Se a conta Pix for usada apenas para fins comerciais, pode ser cobrada tarifa a partir da 31ª transação de recebimento. No caso de pessoas jurídicas, podem ser tarifados tanto o pagador como o recebedor.

Como fazer um pagamento via Pix?

Para fazer compras, o Pix também poderá ser usado via QR Code. O consumidor abre o aplicativo do banco ou da fintech, seleciona a opção Pix e direciona a câmera do celular para o QR Code disponibilizado pelo estabelecimento comercial, que também pode, assim como em transferências, informar sua chave Pix

O que é possível pagar com Pix?

É possível fazer compras e pagamento de prestadores de serviço que também tenham Pix. Pode-se usar o Pix para pagar contas de luz, taxas e multas a órgãos federais. O Tesouro Nacional ainda está desenhando o calendário para o pagamento de taxas como inscrições de vestibular e emissões de passaporte. Também está sendo desenvolvida uma ferramenta para facilitar a compra de imóveis e carros.

O Pix é seguro?

As informações pessoais são protegidas pelo sigilo bancário e as medidas de segurança já adotadas pelas instituições financeiras em TEDs e DOCs serão utilizadas no Pix. Em caso de erro em uma transação, valem as regras atuais. Se ocorrer o envio de um valor errado, será necessário negociar com o recebedor para que o montante seja devolvido.

Como é o Pix no mundo?

Tecnologias similares ao Pix estão disponíveis em 56 países. No México, por exemplo, ele também foi implementado por órgãos federais. Já nos EUA e na China, foram empresas privadas. A Austrália tem um modelo híbrido, público e privado. Reino Unido e Chile foram os primeiros a adotar a tecnologia. Em algumas metrópoles globais, a principal mudança causada pela expansão desse tipo de meio de pagamento foi a drástica redução na circulação de papel-moeda.

Qual o papel do Banco Central?

O Banco Central provê a infraestrutura do Pix, uma base de dados centralizada com os dados das contas dos recebedores. Dessa maneira, os participantes do sistema de pagamento podem aproveitar a infraestrutura única para acelerar o processo de transferência e pagamento

O presidente do BC afirmou que o aumento da mobilidade em meio às medidas de relaxamento e fim de quarentena nos estados explica parte do aumento de golpes feitos por meio do PIX, especialmente devido ao aumento de movimento em bares e restaurantes à noite.

Qual a melhor chave do Pix? Especialistas recomendam celular ou CPF

— A gente deve anunciar um conjunto de medidas para fazer com que o PIX seja mais seguro, para que as pessoas possam decidir melhor como usar o PIX, bloquear em horários específicos (…) — afirmou, sem dar detalhes sobre quando as medidas serão implementadas.

— Quando alguém faz o PIX a uma outra pessoa, para obter o recurso ela precisa de uma conta . Pode ser para uma conta laranja, e temos feito medidas para fazer com que as contas laranjas não aconteçam, ou da própria pessoa. Se for da pessoa, a gente tem os dados de quem fez o crime — explicou Campos Neto.

O presidente da autoridade monetária afirmou que é mais rápido rastrear destinatários de recursos com o PIX do que o de DOCs ou TEDs, por exemplo.

As declarações foram feitas em evento realizado pela Federação Brasileira de Bancos e pela Esfera BR em São Paulo.

O Globo

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Maior shopping atacadista do RN amplia horário da Central do Cidadão para atendimento do público

Fotos: Divulgação

O Natal Moda Shopping Atacadista oferece um diverso leque de atrativos para os consumidores e população da Zona Norte de Natal e Região Metropolitana. O Polo da Moda no RN abriga um dos principais centros de serviços para a localidade, a Central do Cidadão de São Gonçalo do Amarante, que agora tem horário ampliado. Desde o início do mês (2), o equipamento está funcionando das 8h às 16h.

A ampliação acompanha a dinâmica de crescimento do Natal Moda, que já atraiu para suas instalações delegacia de polícia, parte do centro administrativo de São Gonçalo do Amarante, além de correspondente bancário com facilidades no parcelamento para pagamento de contas e comércios diferenciados voltados para empresas de vestuário, calçados, bolsas e acessórios.

Além dos 101 mil habitantes de São Gonçalo do Amarante, os serviços do empreendimento beneficiam diretamente os moradores de Extremoz. A rapidez com que os usuários do Natal Moda conseguem resolver as pendências junto à Central do Cidadão é outro diferencial. O equipamento público instalado no maior shopping atacadista do RN oferece serviços para ITEP, emissão de CPF, Justiça Eleitoral, emissão da Carteira de Trabalho e Detran.

“Aqui é bem localizado e com todos os serviços da Central do Cidadão funcionando, incluindo banco”, registrou Henrique Silva após utilizar os serviços do Natal Moda.

Para manter a celeridade da prestação de serviço, é importante o usuário atentar para o agendamento de algumas demandas. Para o Detran, basta acessar o www.detran.rn.gov.br e clicar no ícone de “Agendamentos”. Com relação aos atendimentos do ITEP, o link para efetuar o agendamento é o www.centraldocidadao.rn.gov.br. Neste, as vagas são abertas sempre às 12h para atendimento no dia subsequente. Para ambos os casos, o agendamento deve ser realizado, obrigatoriamente, no nome do usuário que será atendido.

Sobre o Natal Moda

Situado em São Gonçalo do Amarante, o Natal Moda Shopping Atacadista é voltado para empresas de vestuário, calçados, bolsas e acessórios. O empreendimento possui espaço para eventos, praça de alimentação e serviços através da Central do Cidadão e delegacia.

O Natal Moda tem ainda estacionamento para 500 veículos e terminal rodoviário com segurança e conforto. A primeira etapa está pronta para entrar em funcionamento.

O local conta com segurança 24h e diferenciais para quem investir no primeiro e único do modelo em território potiguar: o custo é até 70% menor que lojas de shoppings tradicionais, com número limitado por segmentos e condições especiais para os lojistas que investirem nesta fase inicial.

 

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

São Gonçalo do Amarante altera horário de funcionamento do Centro de Coleta Covid-19 e amplia faixa etária dos atendimentos no Centro de Pediatria

Fotos: Divulgação

Desde segunda-feira (1), o Centro Municipal de Coleta Covid-19, em Regomoleiro, está funcionando em novo horário. Os atendimentos para realização dos exames de diagnóstico da doença estão acontecendo das 7h30 às 15h, sem intervalo para almoço. Os dias de atendimento seguem de segunda a sexta-feira.

Mudança também nos atendimentos do Centro de Pediatria, localizado no Santa Terezinha. A unidade passou a atender adolescentes até os 15 anos de idade. O funcionamento continua de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h, inclusive nos feriados.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Mossoró restringe horário de funcionamento de bares e restaurantes

A Prefeitura de Mossoró publicou nessa quarta (24) um novo decreto, seguindo recomendações do Governo do Estado, com medidas para tentar conter o avanço da pandemia da Covid-19. Dentre outras coisas, o documento determina que restaurantes, pizzarias, lanchonetes, bares, food parks e similares deverão encerrar o atendimento ao público às 22h e proíbe a venda de bebidas alcoólicas das 22h às 6h.

O  novo decreto proíbe ainda a realização de shows no município, mas permite o funcionamento de buffets com, no máximo, 50% de sua capacidade, limitada a um público de até cem pessoas.

O documento prevê multas de até R$ 3 mil para o caso de descumprimento. O decreto tem validade de 14 dias.

Opinião dos leitores

  1. Não sei o que os prefeitos têm na cabeça. Medidas que restringem a atividade econômica sempre resultam em danos incalculáveis à economia. O certo, penso, é investir fundo na divulgação dos protocolos e no isolamento vertical. Nunca vi tantos gestores pleiteando a quebra da economia de seus municípios.

    1. É porquê eles querem o governo federal pra sustentar..que na realidade somos nós, trabalhadores da iniciativa privada e pagadores de impostos, e que por sinal, se continuar com esse fecha tudo ñ vai sobrar um emprego pra ninguém..

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Parque da Cidade estende horário de visitação

Foto: Divulgação/Prefeitura do Natal

O Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte terá alterações no seu horário de visitação ao público, a partir da próxima segunda (15). A abertura da Unidade de Conservação, será das 5h30 às 9h e das 13h às 16h30,de segunda a sexta-feira, permanecendo fechado nos fins de semana e feriados. Excepcionalmente nos dias de Carnaval, de 15 a a 17 de fevereiro, somente as trilhas pavimentadas vão funcionar, não havendo expediente na administração. O Memorial Natal, que fica na torre, continuará fechado para visitações.

De acordo com a gestora do Parque da Cidade, Kalina Masset, a entrada no estabelecimento permanecerá sendo controlada e seguindo rigorosamente as medidas de prevenção contra o Coronavírus, como o uso obrigatório de máscara por todos os frequentadores em qualquer espaço do parque, inclusive nas trilhas pavimentadas. Não será permitido o acesso de grupos sem máscara e o descarte de máscaras em nenhum local dentro do Parque.

A partir do dia 22 de fevereiro, além das trilhas pavimentadas, a sala dos animais e a exposição de mamulengos “Trilhando o saber” da educação ambiental voltarão a receber visitantes em horários especiais, assim como serão retomados os agendamentos da biblioteca e as expedições nas trilhas naturais. “Os usuários devem estar atentos ao distanciamento social de pelo menos 1,5m nas trilhas. Essa regra vale também no caso da formação de filas”, acrescenta a gestora.

Para agendamentos e mais informações basta ligar para o telefone 3232-3207, das 8h às 14h, de segunda a sexta.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Centrais do Cidadão de Natal terão horário de funcionamento ampliado

As Centrais do Cidadão de Natal terão seus atendimentos ampliados na segunda quinzena de fevereiro. As unidades do shopping Via Direta e da Zona Norte passarão a abrir suas portas mais cedo, a partir das 9h, como forma de atender mais pessoas. O horário de encerramento permanece sendo às 17h.

A expansão do horário foi decidida em reunião nesta quarta-feira (3), entre representantes da Secretaria de Estado da Administração (Sead) – que conduz o Programa das Centrais do Cidadão do Rio Grande do Norte, por meio da Coordenadoria de Atendimento ao Servidor e ao Cidadão (Codaci) – e o Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep). O objetivo é atender a demanda intensa, bem como minimizar as possibilidades de aglomeração dos cidadãos à procura dos serviços, em virtude da pandemia da Covid-19.

De acordo com o coordenador da Codaci, Luis Renato Nogueira, também foi assegurada uma otimização no sistema de agendamentos para apoio aos serviços do Itep. Até então, os agendamentos poderiam ser feitos no site www.centraldocidadao.rn.gov.br a partir do meio-dia, com marcação para atendimento no dia seguinte. Assim que o horário de funcionamento das Centrais do Cidadão da capital for ampliado, os usuários terão duas oportunidades para agendar os serviços do Itep, uma a partir das 8 horas e a outra igualmente às 12 horas.

“São muitas pessoas precisando dos serviços, razão pela qual os agendamentos costumam acabar rapidamente depois que são abertos no sistema. Com a liberação desses dois horários, esperamos que os cidadãos tenham mais oportunidades para conseguir agendar seus atendimentos”, afirmou o coordenador.

A ampliação do horário de atendimento em outras Centrais do Cidadão da Região Metropolitana do estado também foi discutida na reunião, que contou com a participação, além de Nogueira, da diretora do Instituto de Identificação do Itep, Marcela Ferreira; da subcoordenadora do Instituto de Identificação, Márcia Marinho; e da servidora da Codaci, Miranilma Santos. “Estamos buscando ampliar não só os horários de funcionamento, como também a oferta de mais serviços nas unidades, a fim de oportunizar aos cidadãos mais comodidade e segurança”, reforçou Nogueira.

Ceará-Mirim

A reabertura da Central do Cidadão de Ceará-Mirim foi outra pauta debatida na reunião. A unidade estava interrompida há cerca de um ano, por causa da pandemia, mas que nas próximas semanas deve voltar ao seu funcionamento. No local, vão ser ofertados serviços do Detran/RN e Tribunal Regional Eleitoral, emissão da Identidade (RG), CPF e Carteira de Trabalho.

Segundo dados da Codaci, uma média mensal de cinco mil atendimentos eram realizados na Central de Ceará-Mirim. A reabertura vai beneficiar a população da região e também ajudar a desafogar os atendimentos em outras unidades como São Gonçalo do Amarante e João Câmara, que absorveram os usuários de Ceará-Mirim durante o tempo em que a Central do município permaneceu fechada.

Assim como todas as unidades do Programa, vale salientar que as medidas de biossegurança para evitar riscos de contaminação do coronavírus deverão ser mantidas. Ou seja, os cidadãos que adentrarem na Centrais do Cidadão precisam respeitar às normas de segurança interna, realizar a devida higienização das mãos, evitar contato próximo, cumprindo o distanciamento social, e utilizar máscaras de proteção durante toda a estadia na unidade.

Opinião dos leitores

  1. Acreditem, a GOVERNADORA é de sindicato , não gosta de trabalhar , amam direitos , mas não querem DEVERES , vou dar um exemplo ,cachorro anda com cachorro, gato com gato , passarinho com passarinho , preguiçoso com ….

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Parque da Cidade altera horário de visitação a partir desta segunda

Foto: Alex Régis

O Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte terá alterações no seu horário de visitação ao público a partir da próxima segunda-feira (21). A unidade de conservação vai funcionar das 14h às 16h30, de segunda a sexta-feira, permanecendo fechada aos sábados, domingos e feriados.

De acordo com a gestora do Parque da Cidade, Kalina Masset, a entrada no equipamento permanecerá sendo controlada e seguindo rigorosamente as medidas de prevenção contra o Coronavírus, como o uso obrigatório de máscara por todos os freqüentadores e outros protocolos sanitários.

As vagas do estacionamento ainda limitadas em 50% da capacidade e o Memorial Natal, que fica na torre, continuará fechado para visitações.

“Os protocolos sanitários adotados ainda continuam valendo. Os usuários devem lavar as mãos nos lavatórios instalados nas entradas do parque, o uso dos bebedouros permanece de maneira individual e exclusivamente para encher copos ou garrafas de água, ficando proibido tomar água diretamente no equipamento e os pontos de descanso espalhados pelo parque irão funcionar normalmente, porém não podendo haver aglomerações”, explica Kalina.

Não será permitido o acesso de grupos e o descarte de máscaras em nenhum local dentro do Parque.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

UTILIDADE PÚBLICA: Itep amplia horário de atendimento para atender demanda às vésperas das eleições

Foto: Divulgação

O Instituto Técnico-Científico de Perícia do Rio Grande do Norte (ITEP/RN) está com o horário de atendimento estendido nesta quarta (11), quinta (12) e sexta-feira (13) para atender ao grande fluxo de pessoas que procuram o órgão para solicitar a emissão de carteiras de identidade, principalmente em razão das eleições municipais que acontecem no domingo (15).

Excepcionalmente para estes dias que antecedem à eleição, foram ampliados de 8h às 18h os atendimentos presenciais na sede do Itep, em Natal, que funciona no bairro da Ribeira, e nas Centrais do Cidadão das cidades de Mossoró e Pau dos Ferros, além da Regional do Itep, em Caicó. Somente para estes locais, e em razão do mutirão que está sendo realizado, não é necessário fazer agendamento prévio.

Em dias normais e em outros locais que não os citados acima, o atendimento funciona de 8h às 13h, com a necessidade de agendamento no site do órgão.

Para se ter ideia de como a procura pelo serviço aumentou nestes últimos dias, foram emitidos entre o período de 1º a 10 deste mês, mais de 9 mil Registros Gerais (RGs), como são chamadas as carteiras de identidade. Ou seja, em 10 dias, foram feitas mais de 60% da quantidade de RGs emitidos ao longo de todo o mês de outubro, que totalizou cerca de 15 mil identidades.

A direção do Instituto de Identificação do Itep orienta às pessoas que, ao se dirigirem a um posto de atendimento do órgão, prestem a atenção se estão levando toda da documentação exigida para a emissão de uma carteira de identidade, que é a seguinte: Certidão de Nascimento ou Casamento (original); Duas fotos 3×4 e CPF.

O que fazer e onde ir para emitir uma carteira de identidade

Qualquer cidadão brasileiro, nato, pode solicitar uma carteira de identidade (1ª, 2ª ou 3ª via). Basta agendar o atendimento, que é feito pela internet diariamente a partir das 12h (central.rn.gov.br).

Após o agendamento, o sistema irá direcionar o solicitante a um dos postos de atendimento do Itep, que funcionam nas Centrais do Cidadão. São 20 em todo o Rio Grande do Norte. As Câmaras Municipais de Vereadores também oferecem o serviço.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Conmebol confirma data, horário e local de início das Eliminatórias; confira a tabela atualizada

 Foto: Reprodução

A Conmebol confirmou nesta segunda-feira data, horários e locais das primeiras duas rodadas das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022. A seleção brasileira joga em São Paulo, contra a Bolívia, e em Lima, diante do Peru, em outubro.

A apresentação do time de Tite está prevista para o dia 5 de outubro. Os jogadores estão liberados depois da segunda partida, dia 13, no Peru. No informe da Conmebol, a confederação sul-americana comunica que ainda aguarda a versão final do protocolo de partidas internacionais da Fifa.

Os jogos da Seleção

Brasil x Bolívia – 21h30 – Arena Neo Química Corinthians, em São Paulo

Peru x Brasil – 21h15 – Estádio Nacional de Lima, em Lima

Globo Esporte

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Semsur em Natal amplia horário dos Mercados Públicos

A Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur) publicou Portaria alterando o horário dos mercados públicos, Centros Comerciais e Shoppings Populares no período de pandemia da capital. Os mercados já estão funcionando das 07 às 17h, exceto domingos e feriados, quando o horário segue até meio-dia. O Mercado de Petrópolis terá horário diferenciado, das 08h às 17h e nos domingos e feriados, das 08h às 13h.

A ampliação do horário ocorre levando em consideração os dados mais recentes sobre a incidência da Covid-19 na cidade do Natal, bem como as ações de retomada das atividades comerciais. Anteriormente, os equipamentos estavam funcionando das 07h às 14h. A portaria também determina que a comercialização e o consumo de bebidas alcoólicas no recinto dos mercados públicos deverá ser iniciada a partir das 09 horas até uma hora antes do encerramento das atividades comerciais, independentemente do dia da semana.

Apesar do aumento do horário de atendimento nos mercados públicos, a Semsur destaca que os estabelecimentos deverão seguir com todos protocolos de segurança e orienta a população para a continuidade do uso de máscaras, higienização das mão e manutenção do distanciamento social.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Parque das Dunas amplia horário na segunda fase da reabertura; confira

 Foto: Anna Alyne Cunha/Inter TV Cabugi

O Parque Estadual Dunas do Natal “Jornalista Luiz Maria Alves” iniciará a segunda fase da reabertura gradual nesta quinta-feira (17). O Parque passará a abrir mais cedo, às 6h, com maior público e retomada da utilização de espaços. A reabertura das atividades da Unidade de Conservação tem acontecido de maneira gradual, por meio de três fases, de acordo com o planejamento da administração do Parque junto à diretoria do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente – Idema. A Portaria Conjunta N° 020/2020, regulamentando a reabertura foi publicada dia 25 de agosto no Diário Oficial do Estado (DOE).

A segunda etapa da reabertura conta com o retorno dos visitantes não cadastrados. Além dos 225 coopistas diários autorizados na primeira fase, o Parque passa a autorizar a entrada de 300 visitantes durante dias úteis e 500 aos fins de semana. Serão liberados espaços de convivência, brinquedos, quadra e trilhas interpretativas, além da pista de cooper, setor administrativo e auditório, abertos anteriormente.

O visitante do Parque das Dunas poderá também retomar a participação nas trilhas interpretativas. Serão duas por dia, com no máximo 10 pessoas por trilha. O número de trilhas e participantes foi reduzido para atender as demandas de distanciamento social. O agendamento segue sento feito pelo e-mail: [email protected]

Segundo a gestora do Parque das Dunas, Mary Sorage, o planejamento elaborado tem seguido dentro da normalidade. “Depois dos primeiros 15 dias de reabertura e após análise dos índices de transmissibilidade e da taxa de contágio da Covid-19, entendemos que é possível seguir avançando com o protocolo de reabertura da Unidade de Conservação. A população tem contribuído para a boa organização e uso do Parque”, afirma.

Embora os espaços de convivência façam parte da segunda fase da reabertura, não são permitidos aniversários, piqueniques, comemorações e confraternizações. O distanciamento também deve ser respeitado, mantendo-se uma distância de 4 metros na pista de cooper e 1,5 metro+ nos demais espaços.

Fase 2

Dias da semana: segunda (exclusivo coopista/manutenção). Terça a domingo

Horário: 6h às 17h

Espaços liberados: Pista de cooper, setor administrativo, Área de piquenique, Brinquedos, quadra, Trilhas interpretativas

Quantidade de pessoas: segunda-feira: 225 coopistas por vez; Terça a sexta: 225 coopistas por vez + 300 visitantes/dia. Sábado e domingo: 225 coopistas + 500 visitantes/dia (50% do percentual normal)

Regras de Uso:

– Uso obrigatório de máscara.

– Higienizar as mãos ao entrar no Parque.

– Verificar a temperatura corporal na entrada (igual/abaixo de 37.8° C).

– Distanciamento mínimo: 4 m (pista de cooper) e 1,5m nas demais áreas.

– Controle de entrada: Fichas Numeradas.

– Bebedouros interditados.

– Portar a sua garrafinha individual com água.

– Proibida a entrada com alimentos.

– Proibido aglomerações.

– Estacionamento interditado (exclusivo para funcionários).

– Proibido aniversários/confraternizações/comemorações.

– Doações de mudas suspensas.

– Trilhas Interpretativas: 2 trilhas/dia (50% do percentual normal). Máximo: 10 pessoas por trilha (40% do percentual normal) + orientador turístico + policial (agendamento através do e-mail: [email protected])

– Proibido usar os seguintes espaços: Oficina de Educação Ambiental e Artes, Folha das Artes e Anfiteatro.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Decreto em Natal estende horário de funcionamento de lojas de rua e restaurantes durante pandemia

Foto: Pedro Vitorino/Cedida

O comércio “de porta para a rua”, as galerias comerciais e os centros comerciais estão liberados para funcionar das 8h às 17h, de segunda-feira a sábado. Já os serviços de alimentação, como restaurantes, podem abrir das 11h às 23h, de domingo a quinta-feira, e das 11h à meia-noite, nas sextas-feiras e sábados. Os novos horários foram determinados por Decreto da Prefeitura de Natal, publicado nesta quarta-feira (9), no Diário Oficial do Município.

O Decreto N.º 12.051 promove a reabertura da economia em Natal, fazendo parte da fase 3 do processo gradual. Segundo o Município, a liberação só é possível tendo em vista que não houve diminuição da disponibilidade de leitos de estado crítico e de UTI na rede Municipal de Saúde. Além disso, foi registrada a diminuição do número de atendimentos de casos com Covid-19 nas unidades de saúde natalenses.

As medidas sanitárias anteriores, como distanciamento social, higienização dos ambientes, entre outras exigências são mantidas. A fiscalização caberá à Semdes, Procon, Semurb, Semsur e SMS, que poderão, inclusive, interditar o estabelecimento que descumprir as regras estabelecidas pela Administração Pública Municipal.

Em caso de descumprimento das medidas previstas no Decreto, as autoridades competentes devem apurar as eventuais práticas de infrações administrativas previstas no artigo 10 da Lei Federal nº 6.437, de 20 de agosto de 1977, e de crime contra a saúde pública, nos termos do artigo 268 do Código Penal. Poderá ser imposta a penalidade de advertência por escrito, não sendo reincidente o infrator na mesma infração, quando a autoridade, considerando o histórico do infrator, entender esta providência como mais educativa.

Opinião dos leitores

  1. Legal liberar os horários dos restaurante e similares. mas transporte a partir das21:00 que bom nada, é o famoso se-virar

    1. Tá desinformado demais, escolas públicas em 2021 mas as particulares nessa sexta reabrem, só não entendi qual é a diferença que permite privadas abrir e mantém as públicas fechadas.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Aplicativo de fila digital permite que usuário saia de casa apenas no horário de atendimento

 Foto: Reprodução

Um grupo composto por alunos e ex-alunos do curso de ciência da computação, da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), desenvolveu um aplicativo para diminuir a aglomeração de pessoas que aguardam atendimento em estabelecimentos.

Por meio da plataforma, o cliente poderá entrar em uma fila virtual, que mostra o tempo de espera, e não precisará ficar fora de casa por grandes períodos.

Sem aglomerações

O protótipo da equipe de São Carlos (SP) foi elaborado em 48 horas durante uma competição online que tinha como objetivo usar a tecnologia para solucionar os desafios impostos pelo coronavírus na área de negócios.

O projeto foi selecionado como uma das melhores soluções para reduzir em curto prazo os impactos da pandemia na sociedade.

Foi o estudante Alcides Mignoso e Silva, de 21 anos, quem sugeriu a criação da fila digital após observar que a população continuava se aglomerando em bancos sem seguir as orientações do Ministério da Saúde para evitar a disseminação da Covid-19.

“A ideia surgiu porque um dia eu estava passando em frente ao banco com o meu pai e vi que tinha uma fila gigante com um monte de gente fazendo nada, então, cheguei em casa e pensei na possibilidade de fazer isso de forma virtual”, explica o estudante.

Como funciona?

As filas digitais já eram usadas de outras formas por algumas organizações, mas, mesmo assim, muitas pessoas ainda não entendiam como funcionava na prática.

Para atender toda a população, os desenvolvedores buscaram criar uma plataforma de fácil acesso, na qual os usuários se organizam por ordem de chegada, mesmo sem estarem fisicamente no local.

O aplicativo vai disponibilizar aos clientes a quantidade de pessoas que serão atendidas antes deles, além do tempo de espera aproximado.

Segundo a universitária Renata Sarmet Smiderle Mendes, de 22 anos, o projeto também foi pensando para quem não pode instalar o software.

“A primeira solução para quem não tem o celular, é que o próprio estabelecimento mantenha a pessoa responsável pela organização das filas físicas na organização das filas virtuais. Assim, esse profissional teria a visão total do local e conseguiria adicionar pessoas na fila”, disse Renata.

Apesar de não serem beneficiadas com a possibilidade de saírem de casa apenas no horário de atendimento, a medida evita prejuízos para quem não tem o aplicativo, já que a organização será a mesma de uma fila física.

Dificuldades

O grupo realizou uma pesquisa de mercado para conseguir mais informações sobre o perfil dos usuários. O estudo contou com a participação de 500 pessoas e apenas 4% delas disseram que não usariam um aplicativo de fila digital.

Para Renata, os números são positivos e demonstram que a pandemia de coronavírus fez com que as pessoas repensassem certos hábitos para evitar a transmissão da Covid-19.

“A gente sabe que a fila digital é uma mudança de conceito e que vai ser difícil para as pessoas assimilarem no começo, mas, nessa quarentena, a gente conseguiu evoluir muito. Antes, ninguém mexia em videochamada e agora todo mundo está fazendo live, então, não era comum e agora todo mundo está fazendo. Pensar numa fila virtual não é uma coisa comum, mas é uma coisa que o momento pede bastante”, explica a desenvolvedora.

Lançamento

Além de Alcides e Renata, os universitários Lorhan Sohaky de Oliveira Duda Kondo, de 22 anos, e Mariana Cavichioli Silva, de 23 anos, também participaram do desenvolvimento do projeto. O ex-aluno Leonardo Penna de Lima, de 21 anos, fez parte da equipe, mas precisou ser substituído ao final do hackathon pela recém-formada Bianca Garcia Martins, de 24 anos.

Os desenvolvedores deram prioridade para a parte visual e funcional do desenvolvimento do protótipo durante o fim de semana em que participaram do HackaTrouble. Agora, eles trabalham em melhorias para lançar o aplicativo até o fim de maio.

A funcionalidade principal do aplicativo será gratuita e todos vão poder usar as filas digitais. A plataforma também terá funções extras para os estabelecimentos que optarem pela versão premium. Os clientes ou estabelecimentos interessados em estrear o software podem entrar em contato pelo e-mail [email protected]

G1 São Carlos e Araraquara

 

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Por prevenção ao coronavírus, shopping centers em Natal reduzem horário de funcionamento

Foto: Reprodução

Comunicado do grupo Ancar Ivanhoe Shopping Centers, administrador do Natal Shopping, informa nesta terça-feira(17) a redução do horário de funcionamento do estabelecimento em decorrência da pandemia de coronavírus.

O informe destaca, entretanto, que “a decisão de abertura dos locatários do empreendimento será flexibilizada e a definição de cada uma das marcas assim respeitada”.

Os demais shopping centers da capital potiguar adotaram horário de funcionamento semelhante.

Opinião dos leitores

    1. Tá louca? Fechar os shoppings porque? Para deixar desempregadas milhares de pessoas? Se fechar, tem que ser apenas temporariamente, mas TODOS os comércios do Estado. Seria o caos. Isso, no momento, não é necessário. Porque shoppings são "porcarias"? São lugares com segurança privada, com lojas, restaurantes, caixas eletrônicos, farmácias, clínicas… Vc deve ser uma pessoa muito recalcada.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Mercado das Quintas tem horário de funcionamento ampliado aos domingos

Foto: Divulgação

O Mercado Público das Quintas terá novo horário de fechamento aos domingos. A partir do próximo dia 19, o equipamento passará a funcionar das 6h até às 14h. A alteração foi definida pela Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur) após o setor de Mercados constatar a alta procura pelos serviços do equipamento após o horário de fechamento.

A ampliação do horário atende também uma antiga solicitação dos permissionários do Mercado das Quintas e se intensificou após a reinauguração do equipamento em outubro do ano passado.

Além do aumento de clientes devido à reforma do Mercado, observou-se também que o fluxo de pessoas continuava intenso devido à presença da Feira das Quintas, localizada na mesma rua, aos domingos.

Opinião dos leitores

  1. O que esses técnico da semsur tem na cabeça? Após o meio dia e com o final da feira, só ficam os papudinhos no mercado. Só funcionam os bares, moro vizinho ao mercado e vejo isso todos os domingos. Deus nos livre, prefeito.

    1. Concordo com vc. Já não bastasse os transtornos da feira, agora o horário esticado do mercado.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Por causa do Carnatal, Centro Administrativo tem horário reduzido nesta quinta e sexta

Nesta quinta e sexta-feira, dias 12 e 13, o expediente dos órgãos e entidades do Governo do RN que funcionam no Centro Administrativo será das 8h às 14h, devido à realização do Carnatal.

A resolução, que será publicada nesta quinta-feira (12) no Diário Oficial, considera a dificuldade de acesso a determinadas áreas da cidade, sobretudo no entorno do Centro Administrativo, tendo em vista a interdição do trânsito em importantes vias públicas.

Os órgãos e Entidades que desempenham atividades consideradas essenciais estão excluídos da resolução.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *