Trânsito

Nova portaria publicada: Detran-RN realiza vistorias de veículos diretamente nas concessionárias e lojas

Foto: Divulgação/Detran-RN

A Direção do Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) publicou no Diário Oficial do Estado (DOE) uma nova portaria, que ajusta a realização dos serviços de transferência de propriedade de veículo e o primeiro emplacamento. A efetivação de vistoria veicular está acontecendo diretamente nas concessionárias e nas lojas que comercializam automóveis zero-quilômetro e seminovos.

As vistorias estão ocorrendo nas cidades de Natal, Mossoró, Parnamirim, Caicó, Ceará Mirim, Currais Novos e Pau dos Ferros. A portaria estabelece critérios técnicos de segurança que devem ser empregados antes, no ato e após a realização das vistorias, no sentido de não expor os vistoriadores do órgão, lojistas ou qualquer outro cidadão à contaminação pelo novo coronavírus. As regras determinadas pelo Detran vão de acordo com as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e das autoridades sanitárias.

O serviço acontece exclusivamente pelo sistema de agendamento desenvolvido pelo Detran, sendo o requerimento do lojista ou da concessionária encaminhado à Coordenadoria de Registro de Veículos do órgão, que vai gerir a demanda e organizar a agenda de atendimento. Nessa situação, os requerentes devem disponibilizar os equipamentos de segurança, que devem ser obrigatoriamente utilizados pelos vistoriadores a exemplo de luvas, máscara de proteção facial e álcool gel a 70%.

As concessionárias e lojas requerentes devem disponibilizar um local isolado para que seja realizada a vistoria, devendo ainda fazer a higienização do veículo com álcool gel antes da chegada do vistoriador do Detran, como também proibir a presença e a circulação de pessoas na área isolada destinada ao serviço de vistoria.

Após a conclusão da vistoria, as empresas devem acionar os seus despachantes para fazer a abertura dos processos de transferência de propriedade de veículo ou primeiro emplacamento, sendo o Conselho dos Despachantes responsável por efetivar os processos e enviar ao Detran para que sejam auditados e emitida a documentação dos veículos.

O coordenador de Registro de Veículos do Detran, Carlos Silvestre, alertou que não haverá nenhum tipo de atendimento ao público na sede do Órgão, todo o serviço vai ocorrer nas lojas dos requerentes, no Conselho dos Despachantes e no serviço interno do Detran.

Opinião dos leitores

  1. Botar na mão de despachante a transferência é uma regressão do serviço público e incentivo propina.
    E todos sabem que hoje começa com 100 amanhã estará em 500 depois passa para 1.000.
    Tem para dar faz não tem , guarda o carro na garagem até regularizar.
    Este é o Brasil!!!

  2. O DETRAN FUGINDO DA SUA RESPONSABILIDADE QUE É O DE PRESTAR O SERVICO AO PUBLICO!
    FIQUEM ATENTOS: DESPACHANTE NAO TRABALHA DE GRACA. O CONTRIBUINTE VAI TER MAIS ESSA CONTA PARA PAGAR. ONDE ESTÁ O MINISTERIO PUBLICO?

  3. Calma , não se iludam , serão os próximos a entrarem em GREVE, deixa só o FATAO obrigá-los a trabalharem , que entraram em GREVE …só no detran e escolas públicas o vírus ataca , supermercado, padarias, postos de gasolina, ônibus etc o vírus não existe 🤮🤮🤮🤮

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *