Polícia Rodoviária Estadual autua 13 condutores e apreende veículos na região Oeste do Estado

FOTO: PM/ASSECOM/REPÓRTER: CB GLAUCIA

Nessa terça-feira (30 de junho), o 2º Distrito de Polícia Rodoviária Estadual (2° DPRE) realizou mais uma operação de fiscalização de trânsito nos Postos Fiscais e nas RN’s da região Oeste do Estado.

Durante as ações, os militares fiscalizaram 65 veículos, com a confecção de 13 autos de infração por violação às normas de conduta de trânsito e oito testes de alcoolemia, além do recolhimento de dois veículos por irregularidades.

Ainda na fiscalização, foram realizadas as abordagens a doze pessoas que apresentaram atitude suspeita, com buscas pessoais, conforme permite a legislação penal e processual pátria.

Durante o serviço ordinário dessa terça, o 2º DPRE ainda registrou a ocorrência de um acidente de trânsito e uma vítima lesionadas.

O 2º DPRE vem realizando regularmente fiscalizações diárias em suas áreas de atuação, com o objetivo de inibir a ocorrência de crimes e de infrações de trânsito na região.

Veículos de comunicação, através da Folha, UOL, Estadão, Extra, O Globo e G1 formam parceria para dar transparência a dados de Covid-19

Em resposta à decisão do governo Jair Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia de Covid-19, os veículos O Estado de S. Paulo, Folha de S.Paulo, O Globo, G1 e UOL decidiram formar uma parceria e trabalhar de forma colaborativa para buscar as informações necessárias nos 26 estados e no Distrito Federal.

Em uma iniciativa inédita, equipes de todos os veículos vão dividir tarefas e compartilhar as informações obtidas para que os brasileiros possam saber como está a evolução e o total de óbitos provocados pela Covid-19, além dos números consolidados de casos testados e com resultado positivo para o novo coronavírus.

O governo federal, por meio do Ministério da Saúde, deveria ser a fonte natural desses números, mas atitudes recentes de autoridades e do próprio presidente colocam em dúvida a disponibilidade dos dados e sua precisão.

Mudanças feitas pelo Ministério da Saúde na publicação de seu balanço da pandemia reduziram a quantidade e a qualidade dos dados.

Primeiro, o horário de divulgação, que era às 17h na gestão do ministro Luiz Henrique Mandetta (até 17 de abril), passou para as 19h e depois para as 22h. Isso dificulta ou inviabiliza a publicação dos dados em telejornais e veículos impressos. “Acabou matéria no Jornal Nacional”, disse o presidente Jair Bolsonaro, em tom de deboche, ao comentar a mudança.

A segunda alteração foi de caráter qualitativo. O portal no qual o ministério divulga o número de mortos e contaminados foi retirado do ar na noite da última quinta-feira. Quando retornou, depois de mais de 19 horas, passou a apresentar apenas informações sobre os casos “novos”, ou seja, registrados no próprio dia. Desapareceram os números consolidados e o histórico da doença desde seu começo. Também foram eliminados do site os links para downloads de dados em formato de tabela, essenciais para análises de pesquisadores e jornalistas, e que alimentavam outras iniciativas de divulgação.

Entre os itens que deixaram de ser publicados estão: curva de casos novos por data de notificação e por semana epidemiológica; casos acumulados por data de notificação e por semana epidemiológica; mortes por data de notificação e por semana epidemiológica; e óbitos acumulados por data de notificação e por semana epidemiológica

Neste domingo (7), o governo anunciou que voltaria a informar seus balanços sobre a doença. Mas mostrou números conflitantes, divulgados no intervalo de poucas horas.

Em razão das omissões, a parceria entre os veículos de comunicação vai coletar os números diretamente nas secretarias estaduais de Saúde. Cada órgão de imprensa divulgará o resultado desse acompanhamento em seus respectivos canais. O grupo vai chamar a atenção do público se não houver transparência e regularidade na divulgação dos dados pelos estados.

“Numa sociedade organizada como a brasileira, é praticamente impossível omitir ou desfigurar dados tão fundamentais quanto o impacto de uma pandemia. Com essa iniciativa conjunta de levantamento de dados com os estados, deixamos claro que a imprensa não permitirá que nossos leitores fiquem sem saber a extensão da Covid-19 “, afirmou Sérgio Dávila, diretor de Redação da Folha.

“É nossa responsabilidade cotidiana transmitir informações confiáveis para a sociedade. E, agora, no momento mais agudo da pandemia, precisamos assegurar à população o acesso a dados corretos o mais rápido possível, custe o que custar”, disse Murilo Garavello, diretor de Conteúdo do UOL.

“É triste ter que produzir esse levantamento para substituir uma omissão das autoridades federais. Transparência e honestidade deveriam ser valores inabaláveis na gestão dessa pandemia. Vamos continuar cumprindo nossa missão, que é informar a sociedade”, afirmou João Caminoto, diretor de Jornalismo do Grupo Estado.

“O jornalismo tem a missão de levar à população os números mais precisos sobre a pandemia. É fundamental conhecer a real extensão dos fatos. Esses dados são decisivos para que as pessoas saibam como agir nesse momento tão difícil”, destacou Humberto Tziolas, diretor de redação do Extra.

“Neste momento crucial, deixamos nossa concorrência de lado por um bem comum: levar à sociedade o dado mais preciso possível sobre a pandemia. Essas informações orientam as pessoas e as políticas públicas. Sem elas, o país mergulha em um voo cego. O jornalismo cumprirá seu papel”, afirmou Alan Gripp, diretor de redação de O Globo.

“A missão do jornalismo é informar. Em que pese a disputa natural entre veículos, o momento de pandemia exige um esforço para que os brasileiros tenham o número mais correto de infectados e óbitos”, afirmou Ali Kamel, diretor-geral de Jornalismo da Globo (TV Globo, GloboNews e G1). “Face à postura do Ministério da Saúde, a união dos veículos de imprensa tem esse objetivo: dar aos brasileiros um número fiel.”

Folha de São Paulo

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Direita-honesta disse:

    A responsabilidade pelas mortes é dos governadores e prefeitos, conforme decidiu o STF. E muito a deles estão aproveitando a situação para fazer política contra o governo Bolsonaro e para roubar. De brinde, estão arruinando com a economia do país, tentando atingir o presidente. A propósito de transparência dos dados, os do RN são de péssima qualidade. Muitos dados não são informados no dia certo e são acumulados com outros, e faltam testes suficientes para acompanhar a evolução da epidemia. Para não falar da falta de ações concretas na área de saúde. Onde estão os novos leitos de UTI? E o hospital de campanha? E os novos respiradores? E os EPI's para os profissionais de saúde? É uma tristeza!

  2. Tarcísio Eimar disse:

    O poder é suco, mas. A política amais ainda. Pobre de nós sofredores dessa nação, temos q aturar esse rincha pro resto da vida

  3. Silva disse:

    Estamos perdidos! Olhem quem vai repassar os dados sobre Covid-19 do Brasil: Globo Lixo, Lulol, Foice de SP, Estadinho. E serão assessorados pelo Datafoice ?!?

  4. Véio de Rui disse:

    Não podemos esquecer que a responsabilidade do estrago do corona vírus no Brasil, estar sob a batuta dos governadores e prefeitos, com a aquiescência do STF. E morreu Maria preiá

    • Radi disse:

      E desses que agora vão contar os defuntos.
      A folha e os marinhos.
      Duas porcarias.

  5. José disse:

    Esconder a verdadeira face mortal é típico de um governo facista!

  6. Pedro disse:

    Que bom…por que os militares do MS só sabem esconder corpos…

  7. Paulo disse:

    E esconder os dados relevantes para a população tá correto? Quem é que está desinformado ?

  8. Carlos disse:

    Certíssimo o posicionamento, esse desgoverno do Bozominion está colocando o país em uma posição ridícula diante outras nações, o povo que é roubado em tudo vai ficar em uma pior com essas desinformações e despreparo desse governo ridículo. Já falei tantas vezes que esse país é uma zona e quando penso que já está no fim do poço sempre tem alguém pra afundar mais ainda. É o fim.

  9. Antenado disse:

    Sério…os que falam em honestidade na informação. Fala sério!!! Vindo logo de quem.

  10. Bawer disse:

    Já estão unidas faz tempo, mas para um único proposito:

    derrubar o governo e desinformar e amedrontar a sociedade.

Polícia Civil indicia suspeitos de furtar objetos do interior de veículos em Natal

Policiais civis da Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Natal (DEFUR) divulgaram, nessa quarta-feira (03), o resultado de uma investigação que conseguiu indiciar três suspeitos de terem furtado diversos objetos que estavam no interior de veículos. A equipe da DEFUR conseguiu recuperar dois notebooks e apreender dois veículos que foram utilizados nas ações criminosas.

Na quarta-feira (03), os policiais civis apreenderam um veículo Renault/Fluence que era utilizado pelos suspeitos. Na terça-feira (02), a equipe da DEFUR cumpriu um mandado de busca e apreensão na residência de um dos suspeitos e conseguiu apreender um veículo Fiat/Palio, dois dispositivos conhecidos como “chapolin” que são utilizados para interromper o sinal de alarmes e um equipamento conhecido como punção, que é utilizado para quebrar os vidros dos veículos.

Na terça-feira (02), os policiais realizaram diligências e conseguiram identificar outros dois suspeitos pelos crimes. Com um deles, os policiais apreenderam um notebook que havia sido subtraído no dia 26 de maio, no bairro Capim Macio, em Natal.

As investigações que resultaram no indiciamento dos três suspeitos começaram no dia 26 de maio, após a equipe da DEFUR ter conseguindo recuperar um notebook que havia sido furtado, no dia 25 do mesmo mês, do interior de um veículo que estava estacionado no bairro Lagoa Nova. A partir da recuperação desse aparelho, os policiais civis verificaram a ocorrência de outras ações criminosas semelhantes praticadas pelos mesmos suspeitos, naquela região. Os notebooks recuperados foram devolvidos às vítimas e os três suspeitos serão indiciados pela prática do crime de furto.

A Polícia Civil pede para que a população continue enviando informações de forma anônima, através do disque denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

 

Polícia Militar desarticula ponto de desmanche de veículos no bairro dos Guarapes, em Natal

Foto: PM/Assecom

Na noite dessa segunda-feira (27), a Polícia Militar, através do 9º BPM, desarticulou um ponto de desmanche de veículos roubados e recuperou um automóvel que lá estava. A casa fica no Bairro dos Guarapes, zona Oeste de Natal.

Por volta das 19h, os policiais realizavam patrulhamento ostensivo pelo bairro, quando recebeu informações que uma residência na região denominada Guarapes II estaria sendo usada como local de desmanche de veículos e, que nesse local, estariam elementos desmontando 04 motocicletas e 01 carro, todos com queixa de roubo.

Segundo a assessoria da PM, os militares foram até a residência, mas os elementos ao perceberem a presença da viatura nas redondezas, fugiram nas motos, deixando pra trás um veículo tipo Ônix, de cor vermelha, roubado no dia 09 no conjunto Pitimbu e ainda várias peças de motos, uma placa de moto com registro de roubo, ferramentas usadas para adulteração de veículos, como plaquetas de chassis, e documentos pessoais, possivelmente de vítimas dos roubos.

Todo o material, assim como o veículo roubado, foi entregue na Central de Flagrantes da Polícia Civil, os quais serão encaminhados a delegacia responsável para as devidas investigações.

http://www.pm.rn.gov.br/Conteudo.asp?TRAN=ITEM&TARG=230067&ACT=&PAGE=&PARM=&LBL=NOT%CDCIA

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. paulo disse:

    BG.
    Alguma informação sobre o helicoptero potiguar 1 que está fazendo muita falta na segurança pública, neste governo tudo indica que segurança para a população não vale precisa. Uma vergonha este desgoverno.

  2. Lucia Vasconcelos disse:

    Vc sabe o local onde esses documemtos ficarao à disposição da população?
    Gostaria de saber se os meus documentos estão entre eles!

FOTO E VÍDEO: Caminhão desgovernado atinge veículos no Alecrim

 

Ver essa foto no Instagram

 

#URGENTE Caminhão desgovernado atinge vários veículos na Leonel Leite no Alecrim. Bombeiros no local

Uma publicação compartilhada por Via Certa Natal (@viacertanatal) em

O Via Certa Natal destaca que um caminhão desgovernado atingiu veículos na Rua Leonel Leite, no bairro do Alecrim, na manhã desta sexta-feira(13). Não se tem informação da origem da ocorrência. No acidente, o Corpo de Bombeiros foi enviado ao local.

Guarda Municipal e Polícia Militar recuperam veículos e animais de estimação em incursão em Mãe Luíza

Foto: Divulgação

Uma incursão da Guarda Municipal do Natal (GMN) e Polícia Militar realizada no bairro de Mãe Luíza nessa quarta-feira (26), resultou na recuperação de três veículos com queixa de roubo, sendo um deles tomado de assalto da cerimonialista da Prefeitura do Natal, onde foram levados dois cães pertencentes a mesma.

A ação conjunta também conseguiu localizar os animais de estimação que estavam na comunidade de Mãe Luiza, sendo os animais logo entregues à cuidadora responsável em perfeito estado físico.

Na ocasião os guardas municipais e policiais militares ainda conseguiram identificar e apreender o veículo que dava apoio aos suspeitos do assalto. O carro modelo Prisma de cor prata foi utilizado no roubo a cerimonialista da Prefeitura do Natal e encontrado pelas guarnições durante a mobilização policial.

A incursão no bairro de Mãe Luíza iniciou por volta da 6h e seguiu durante todo o dia, onde guardas municipais e policiais militares adentraram em ruas e vielas da comunidade, e de posse de informações captadas pelos setores de inteligência das instituições chegaram até os veículos roubados.

Os veículos encontrados foram direcionados pelas guarnições à Delegacia de Plantão onde foi registrada a recuperação dos mesmos e localizados os proprietários para as providências legais. Durante a ação nenhum suspeito foi identificado.

Veículos de placas finais 1 e 2 devem quitar licenciamento nesta semana, alerta Detran

Foto: Detran-RN

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) lembra que o pagamento da taxa de licenciamento de veículos automotores tem os primeiros vencimentos planejados para esta semana. Os automóveis com placas de finais 1 e 2 estão com os vencimentos programados para acontecer nesta segunda-feira (17) e terça-feira (18), respectivamente. Nessas mesmas datas, esses veículos também têm programado o vencimento da Taxa de Proteção contra Incêndio, Salvamento e Resgate em via Pública, que é destinada ao Corpo de Bombeiros Militar do RN.

Nesse primeiro momento, a quitação deve ser realizada pelos proprietários de 267.522 veículos, o que corresponde a 19,83% da frota do Rio Grande do Norte. O valor da taxa do licenciamento de veículo do RN é uma das menores do Brasil, a taxa corresponde a um valor de R$ 90 independentemente do ano ou categoria do enquadramento do transporte automotor.

O Detran alerta que desde o ano de 2019 não está mais emitindo o carnê físico, que antes era enviado aos endereços dos proprietários de veículos cadastrados no sistema do Órgão. Agora o boleto de pagamento do licenciamento, como também do IPVA, seguro DPVAT e Taxa dos Bombeiros, é emitido digitalmente, podendo o cidadão ter acesso pelo site do Detran (www.detran.rn.gov.br), nas agências do PágFácil, e, para os clientes do Banco do Brasil, diretamente no caixa eletrônico ou aplicativo BB.

A taxa de licenciamento é o único tributo referente aos veículos cuja arrecadação é de responsabilidade do Detran, e os valores angariados são utilizados na manutenção física das instalações do Órgão e nas ações empreendidas pela Instituição no estado.

Segundo dados do setor de Estatística do Detran, há 1.349.000 veículos registrados no RN, sendo Natal (418.200), Mossoró (169.922) e Parnamirim (110.188) os três primeiros municípios no ranking de maior quantidade absoluta de automóveis.

Boleto Digital – Site

No site do Detran o processo de emissão dos boletos é simples, basta que o usuário vá até o endereço eletrônico da instituição digitando www.detran.rn.gov.br. Com a página aberta, o cidadão clica no ícone “Veículos – boletos, infrações, débitos””. Logo em seguida é mostrada uma página onde é possível digitar a numeração da placa e do Renavam do veículo a ser consultado.

Dessa forma é possível ter acesso ao ambiente online onde fica disponível os boletos referentes a taxa de licenciamento, IPVA, DPVAT, Taxa dos Bombeiros, além de possíveis débitos de infrações de trânsito relacionadas ao veículo consultado. Um outro ponto positivo é a possibilidade do proprietário pagar as taxas no banco de sua escolha. É só clicar no imposto que deseja efetuar o pagamento, e imediatamente é aberta uma nova tela com as opções de emissão de boleto direcionado ao Banco do Brasil ou as demais instituições bancárias.

Boleto Digital – PágFácil

Se preferir, o cidadão pode efetuar os pagamentos das taxas direto nas agências PágFácil, bastando informar a placa do veículo.O calendário de pagamento da taxa licenciamento tem seu término programado para o mês de junho, no caso dos carros com placas finais 9 e 0.

Detran abre visitação a veículos que vão a leilão na sexta-feira

Foto: Detran/RN

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) leiloa na próxima sexta-feira (14), 440 lotes de veículos que foram apreendidos nas ações de fiscalização do Órgão. Os lotes a serem leiloados estão retidos nos pátios do Detran, situados em Natal, Mossoró e Assú. Os interessados podem visitar os locais nesta quarta-feira (12) e quinta-feira (13), nos horários das 8h às 11h30 e das 13h às 16h, em Natal, e das 8h às 12h, em Mossoró e Assú. Os lotes compreendem veículos que vão continuar em circulação e outros destinados exclusivamente à sucata.

Em Natal os veículos estão expostos na Rua Bom Pastor, 1222, bairro das Quintas (antiga garagem da viação Guanabara). Já na cidade de Mossoró os lotes podem ser visitados nos pátios da 2º DPRE, situados na RN 117 (Caminho de Dix Sept Rosado) e na Avenida Lauro Monte, no bairro de Abolição I. Em Assú, os veículos estão no pátio do 10º BPM, na Rua João Celso Filho.

O leilão acontece na sexta-feira (14), a partir das 10h, no Rifóles Praia Hotel, localizado na Rua Cel. Inácio Vale, 8847, Praia de Ponta Negra, na Via Costeira. Os interessados em participar do leilão podem se cadastrar bastando comparecer ao local do evento levando a documentação exigida, sendo pessoal física, deve apresentar RG, CPF e comprovante de residência, e sendo pessoa jurídica, o contrato social e CNPJ da empresa.

A participação também pode ser feita de forma online, bastando que o interessado tenha seu cadastro validado antes de iniciar o leilão, devendo ainda obedecer às exigências cadastrais especificadas no endereço eletrônico: http://www.lancecertoleiloes.com.br/cadastro.

O candidato que for responsável pelo arremate de qualquer bem deve assinar um comprovante de arrematação contendo número, valor e descrição do lote, como também efetuar o pagamento de sinal correspondente a 20% do valor do lote adquirido e após a data do pregão, em até três dias úteis, concluir a compra quitando os 80% que restarão. O custo de cada lote arrematado deve ser acrescido de 5%, referente à comissão do leiloeiro, além de 0,9% de ICMS, se o veículo for de circulação, ou 18% se o lote for destinado à sucata.

Deverá o arrematante custear ainda licenciamento, IPVA, Seguro DPVAT, tudo que envolva a transferência de propriedade, mudança de município, referente ao exercício de 2020. Já a sucata, o arrematante tem somente a obrigação de pagar as baixas da sucata e de gravame (caso haja), não pagando nenhuma outra taxa ao Detran. Nesse último caso, a arrematação dos veículos classificados como “Sucata” fica restrita as empresas de desmontagem registradas perante o órgão executivo de trânsito do Estado ou do Distrito Federal em que atuar, conforme o Artigo 3º da Lei Nº 12.977, de 20 de maio de 2014.

Outro ponto importante é que os veículos tipo ciclomotores que porventura não estiverem devidamente emplacados somente serão liberados para retirada após o emplacamento, como determina a legislação vigente. Para isso o arrematante deve estar ciente de que todas as custas que envolvam esse processo correm por sua conta.

Os Editais e todas as informações do leilão, inclusive a relação completa dos carros e motocicletas com imagens e as especificações de marca, placa, ano de fabricação e valor inicial do bem podem ser conferidas clicando no link: AQUI e AQUI.

PRF realiza fiscalização a veículos de transporte escolar em Natal e 12 são removidos por irregularidades diversas

Foto: Divulgação/PRF

A Polícia Rodoviária Federal realizou na manhã desta terça-feira (11), no perímetro urbano da BR 101, no bairro de Neópolis, em Natal, uma grande fiscalização voltada para veículos de transporte de escolares.

A ação teve como objetivo principal, educar e chamar a atenção de todos para os cuidados com a segurança no trânsito, especialmente nesse tipo de transporte. Para garantir que crianças e adolescentes utilizem um transporte escolar de qualidade e que de fato proporcione segurança de acordo com a legislação, a Polícia Rodoviária Federal realiza em todo o Brasil, dentro do calendário da operação Rodovida, a “Operação Volta às Aulas”.

No decorrer da ação, foram fiscalizados 48 veículos de transporte escolar, entre ônibus e vans, de várias cidades da região metropolitana de Natal, além de veículos que prestam esse serviço na capital potiguar.

Ao final dos trabalhos, doze veículos foram removidos para o pátio da unidade operacional da BR 101, em São José de Mipibu, por irregularidades diversas. Os problemas mais comuns foram: falta de licenciamento, motoristas sem curso especializado para condução de escolares e falta de manutenção dos veículos.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Dr. Veneno disse:

    Ontem a tarde, 12.02, estavam com tudo parando todos os caminhões q passavam no posto da PRF de Macaíba

Prefeitura de Parnamirim divulga calendário de vistoria dos veículos da rede de transporte

FOTO: ASCOM

A Prefeitura de Parnamirim, através da Secretaria Municipal de Segurança, Defesa Social e Mobilidade Urbana (SESDEM), divulgou hoje no Diário Oficial o Calendário de Vistoria 2020 para veículos que compõem a rede municipal de transporte como escolares, mototáxis, táxis e interbairros.

O secretário Marcondes Pinheiro explica que é de extrema importância que os permissionários fiquem atentos às datas das vistorias. “É através dessa vistoria que podemos garantir a segurança da população durante a prestação do serviço de transporte público. Pedimos que os permissionários compareçam e nos ajudem a manter a qualidade dos serviços prestados”, explicou.

CALENDÁRIO DE VISTORIA 2020

ESCOLAR (1ª. Vistoria)

Número 1 a 107

11/02 a 13/03

MOTOTÁXI

001 a 080 (11/02 a 14/03)

81 a 160 (17/02 a 21/02)

161 a 240 (27/02 a 04/03)

241 a 320 (05/03 a 11/03)

321 a 497 (12/03 a 18/03)

TÁXI

001 a 080 (16/03 a 20/03)

081 a 160 (23/03 a 27/03)

161 a 240 (30/03 a 03/04)

241 a 318 (06/04 a 10/04)

INTERBAIRRO

LINHA 1 (13/04 a 17/04)

LINHA 2 (20/04 a 24/04)

LINHA 3 (27/04 a 04/05)

LINHA 4 (04/05 a 08/05)

LINHA 5 (11/05 a 15/05)

LINHA 6 (18/05 a 22/05)

ESCOLAR (2ª. Vistoria)

1 a 107 (06/07 a 07/08)

FRETAMENTO

(04/04 a 05/06)

MOTORISTA

(04/04 a 05/06)

COBRADOR

(04/04 A 05/06)

FOTOS: Detran instala placas de proibição ao tráfego de veículos em praias no RN

Fotos: Divulgação

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) instalou placas que chamam atenção para o tráfego ilegal de veículos na faixa de areia das praias do Estado. Nessa fase, foram sinalizadas a Via Costeira e mais dez praias do litoral Norte e Sul: Redinha, Santa Rita, Genipabu, Barra do Rio, Pitangui, Muriú, Jacumã, Barreta, Camurupim e Malembá.

O subcoordenador de Operações do Detran, Francisco Domingos, alerta que a circulação de veículos de passeio nas praias é proibida em todos os trechos. Apenas os credenciados podem circular em locais e dias estabelecidos pela legislação, seguindo a Portaria 711/2007 do Detran/RN. A fiscalização é feita numa parceria entre o Detran e o Comando de Policiamento Rodoviário Estadual (CPRE).

O motorista infrator que for pego será autuado no artigo 187 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), como uma infração de natureza média, com perda de quatro pontos na CNH e multa no valor de R$ 130,16. Podendo ainda o veículo ser apreendido, caso o condutor não respeite a determinação do agente de retirada do automóvel da área proibida de circulação.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Jb disse:

    É para fiscalizar em conjunto com a lei seca pq essa turma que vem para as dunas querem ser os donos da lei, dirigindo sobe o efeito de álcool, além de várias inresponsabilidades que comentem em via pública.

  2. Sincero disse:

    Na praia tudo bem que proíbam, agora nas dunas também?
    Infelizmente pagamos pelos irresponsáveis.

  3. Gabriel disse:

    Ok, Mas esse da duna de jacumã é foda proibir… Tem o espetinho la em cima que gera bastante emprego para os nativos e pra economia local. Permitindo só credenciados deve cair as vendas em 70% kkkk

    • CRISTIANE PALHARIM disse:

      Pelo que entendi, estão restringindo o tráfego nas praias, não nas dunas.

Polícia Civil realiza prisões após denúncia de desvio de combustíveis no posto de abastecimento de veículos do Estado

A Polícia Civil prendeu na manhã desta quarta-feira(15) pelo menos três funcionários de uma terceirizada do posto de abastecimento de veículos do Estado. De acordo com informações preliminares, após denúncia anônima, constatou-se desvio expressivo de combustíveis. O modus operandi dos participantes da ação criminosa ainda será detalhado.

Segundo a Polícia, durante as investigações, ainda foi possível flagrar combustível na casa de um dos funcionários. Outras informações dão conta, inclusive, de ameaças a pessoas que flagravam o desvio, pelo visto, descarado de gasolina.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. oilerua disse:

    Aff. Isso é velho de mais, sempre aconteceu de um jeito ou de outro, desvio de combustivel desse posto. entre 2006 a 2008, eu era fiscal do Procon Estadual, acho que no Governo Wilma, ai uma pessoa de Nova Natal, na Rua Boi Tatá denunciou que havia uma casa que na frente era uma oficina de vender peças de moto e lá tras tinha muitos tambores, e um homen vendia gasolina a R$ 2,00, ai mandaram uma investigação lá e haja viaturas da PM chegando e descarregando combustivel através de mangueiras e garrafões, foram tudo filmado discretamente e pego placas de viaturas e tudo aí quando chega dentro do procon, ai disseram que deixasse pra lá porque tinha gente grande do governo por tras disso.

Detran leiloa em Natal 500 lotes de veículos na próxima semana

Foto: Divulgação/Detran-RN

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) leiloa na próxima quarta (15) e quinta-feira (16), 500 lotes de veículos que foram apreendidos nas ações de fiscalização do Órgão. Os lotes a serem leiloados estão retidos no pátio do Detran, situado na Rua Bom Pastor, 1222, bairro das Quintas (antiga garagem da viação Guanabara), em Natal.

Os interessados podem visitar o local na próxima segunda (13) e terça-feira (14), no horário das 8h às 11h30 e das 13h às 16h. Os lotes compreendem veículos que vão continuar em circulação e outros destinados exclusivamente à sucata.

O leilão acontece em duas fases, sendo leiloados na quarta-feira (15) os veículos catalogados nos lotes 001 a 250, e na quinta-feira (16) os demais, compreendidos entre 251 e 500. Ambos serão realizados a partir das 10h, no Auditório do Governo do Estado, situado no Centro Administrativo, BR 101, no bairro de Lagoa Nova, em Natal.

Os interessados em participar do leilão podem se cadastrar bastando comparecer ao local do evento levando a documentação exigida. Sendo pessoal física, deve apresentar RG, CPF e comprovante de residência, e sendo pessoa jurídica, o contrato social e CNPJ da empresa.

A participação também pode ser feita de forma online, bastando que o interessado tenha seu cadastro validado antes de iniciar o leilão, devendo ainda obedecer às exigências cadastrais especificadas no endereço eletrônico:http://www.lancecertoleiloes.com.br/cadastro.

O candidato que for responsável pelo arremate de qualquer bem deve assinar um comprovante de arrematação contendo número, valor e descrição do lote, como também efetuar o pagamento de sinal correspondente a 20% do valor do lote adquirido e após a data do pregão, em até três dias úteis, concluir a compra quitando os 80% que restarão. O custo de cada lote arrematado deve ser acrescido de 5%, referente à comissão do leiloeiro, além de 0,9% de ICMS, se o veículo for de circulação, ou 18% se o lote for destinado à sucata.

Deverá o arrematante custear ainda licenciamento, IPVA, Seguro DPVAT, tudo que envolva a transferência de propriedade, mudança de município, referente ao exercício de 2020. Já a sucata, o arrematante tem somente a obrigação de pagar as baixas da sucata e de gravame (caso haja), não pagando nenhuma outra taxa ao Detran. Nesse último caso, a arrematação dos veículos classificados como “Sucata” fica restrita as empresas de desmontagem registradas perante o órgão executivo de trânsito do Estado ou do Distrito Federal em que atuar, conforme o Artigo 3º da Lei Nº 12.977, de 20 de maio de 2014.

Outro ponto importante é que os veículos tipo ciclomotores que porventura não estiverem devidamente emplacados somente serão liberados para retirada após o emplacamento, como determina a legislação vigente. Para isso o arrematante deve estar ciente de que todas as custas que envolvam esse processo correm por sua conta.

O Edital com todas as informações do leilão, inclusive com a relação completa dos carros e motocicletas com imagem e as especificações de marca, placa, ano de fabricação e valor inicial do bem podem ser conferidas clicando no link: AQUI.

Transferências de veículos de outros Estados serão feitas até sexta-feira, informa Detran

Foto: Divulgação

A Coordenadoria de Registro de veículos do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) comunica que os procedimentos de transferência de Veículos, de outras Unidades Federativas, serão realizados até sexta-feira (13). Após esse período, tais procedimentos só poderão ser efetuados em janeiro de 2020.

A medida é preventiva, já que outras unidades e instituições do país costumam entrar em recesso nessa época, impossibilitando o acesso a sua base de dados, o que interrompe a continuidade do processo de transferência, explicou Carlos Silvestre, coordenador de Registro de Veículos.

Vendas de veículos têm alta de 8,3% de janeiro a novembro

Foto: Agência Brasil/EBC

As vendas de veículos chegaram a 2,53 milhões de unidades de janeiro a novembro, o que representa uma alta de 8,3% na comparação com o mesmo período do ano passado. Em novembro, o número de licenciamentos chegou a 242,3 mil, correspondendo a uma queda de 4,4% ante outubro e elevação de 4,9% ante novembro do ano passado.

Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (5) pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea).

A produção aumentou 2,7% no acumulado do ano, com 2,77 milhões de unidades saindo das fábricas. Já na comparação de novembro com outubro houve queda de 21,2%, e em novembro foram fabricadas 227,5 mil unidades ante as 288,5 mil de outubro. Quando comparado com novembro do ano passado a queda foi de 7,1%.

As exportações registram queda de 33,2% no acumulado de janeiro a novembro, com a comercialização de 399,2 mil unidades no mercado externo. No mesmo período do ano passado, as vendas para o exterior totalizaram 597,5 mil veículos. Em novembro, a retração ficou em 7,9% em comparação com o mesmo mês do ano passado, com a exportação de 34,4 mil veículos.

De acordo com o presidente da Anfavea, Luiz Carlos Moraes, os números confirmam a tendência prevista para o ano de 2019. “Estamos com crescimento de quase 9% no acumulado do ano e a nossa expctativa é a de que essa tendência se confirme com o mês de dezembro indicando que o mercado interno de veículos pode atingir 2,8 milhões de veículos neste ano, com crescimento de 9,1%.”

Com relação a 2020 Moraes avalia que pode haver crescimento, considerando a expectativa do crescimento de Produto Interno Bruto (PIB) entre 2% a 2,5%, inflação sob controle e redução da taxa de juros, propenção dos bancos a financiar, indice de inadimplência sob controle.

“Para as exportações não vemos um grande crescimento em 2020. Argentina é o nosso maior mercado e ainda está em uma situação complexa com inflação alta, juros alto, um novo governo tomando posse. Vemos provavelmente uma establididade nas exportações para 2020.”

Emprego

O nível de emprego teve retração de 3,7% em novembro deste ano em relação ao mesmo mês do ano passado, com 131,3 mil pessoas trabalhando no setor. No acumulado do ano houve queda de 1% no número de postos de trabalho.

Agência Brasil

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. aof disse:

    Poucos comentários. Contra números não há argumentos. Mas noticia boa não dá Ibope.

  2. Boi disse:

    Chupa Lula
    Kkkķ

Produção de veículos cresce 16,6% em outubro, divulga Anfavea

Foto: Arquivo/Agência Brasil

A produção de veículos cresceu 16,6% em outubro, com a fabricação de 288,5 mil unidades. Segundo o balanço divulgado nesta quarta-feira (6) pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), o número representa uma elevação de 9,6% em comparação a outubro de 2018. Nos primeiros dez meses do ano, foram produzidos 2,55 milhões de veículos, um aumento de 3,6% em relação aos 2,46 milhões fabricados de janeiro a outubro do ano passado.

As vendas tiveram alta de 7,9 % em outubro na comparação com setembro deste ano, mas retração de 0,5% na comparação com o mesmo mês de 2018, quando foram comercializados 254,7 mil veículos. Em outubro deste ano, foram vendidos 253,4 mil carros. No acumulado dos dez meses do ano, os emplacamentos de novas unidades totalizaram 2,28 milhões, uma alta de 8,7% em relação ao mesmo período do ano passado.

As exportações registram queda de 34,7% no acumulado de janeiro a outubro, com a comercialização de 367,5 mil unidades no mercado externo. No mesmo período do ano passado, as vendas para o exterior totalizaram 563 mil veículos. Em outubro a retração ficou em 22,6% em comparação com o mesmo mês do ano passado, com a exportação de 30 mil veículos.

O nível de emprego teve retração de 2,8% em outubro deste ano com relação ao mesmo período do ano passado, com 127,724 mil pessoas trabalhando no setor.

Agência Brasil