FOTOS: Polícia reforça SEEC-RN durante protesto de educadores e Sinte-RN

BiXm_vWIgAE6njrBiXpU_CIMAAKTHFFotos: @ggelima1

foto.PNGFoto: Barrosandre

Policiamento reforçado na Secretaria de Estado da Educação e da Cultura do Rio Grande do Norte (SEEC – RN). Na manhã desta segunda-feira(10), vem sendo realizado um Protesto do Sinte-RN em solidariedade aos grevistas da Educação no Estado que tiveram o ponto cortado.

Os educadores e sindicalistas saíram em frente ao IFRN Campus Central, na Avenida Salgado Filho, em caminhada até a governadoria. Supostas ameaças de invasão ao prédio da SEEC foram suficientes para o reforço do policiamento.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. FRASQUEIRINO disse:

    Me vem a lembrança do Governo Geraldo Melo que usou da mesma estratégia e até com cães para intimidar os professores. O resultado político ele colhe até hoje…..não se elege nem a síndico!

  2. Marcos Aurélio disse:

    UMA VERGONHA!
    BOTAR A POLÍCIA PARA INTIMIDAR OS PROFESSORES É O MELHOR QUE ESSE GOVERNO SABE FAZER?
    Já fez isso antes com os Profissionais da Saúde, com o pessoal da Policia Civil, com os servidores da Emater, da Fundação José Augusto, ITEP e até a Própria Policia Militar QUE GRITA SILENCIOSAMENTE PELO DESCASO COMO TEM SIDO TRATADA.
    ATÉ QUANDO A SOCIEDADE NORTERIOGRANDENSE AINDA VAI TOLERAR ESSE DESGOVERNO, HEIN?

CORTE NO PONTO: SEEC descontou até de quem não aderiu à greve

Professores do Estado ainda não se conformaram com o corte de ponto em pleno feriado de carnaval. Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do RN(Sinte), nem todos os grevistas foram atingidos e o Sindicato recebeu informações de que profissionais que não aderiram à paralisação também tiveram descontos em seus salários. Muitos diretores de escolas também não entregaram a lista dos grevistas. “O SINTE/RN parabeniza esses gestores pela consciência de classe e resistência”.

Ainda segundo direção do SINTE/RN, a medida adotada pelo Governo não vai “passar em branco”. A assessoria jurídica entrou com um mandato de segurança ainda na sexta-feira (28 de fevereiro) para a normalização da situação.

O coordenador geral Rômulo Arnaud declarou que espera que justiça seja feita. “Confiamos na celeridade e na firmeza do judiciário na correção de mais uma maldade do desgoverno Rosalba”, ressaltou.

Do Sinte-RN

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Elves Alves disse:

    Faz tempo que o "sindicalismo de palanque" do Sinte-RN vandaliza impunemente a cena educacional deste pobre elefante. Propostas para pelo menos aplacar a crise estrutural do setor, que deveria ser um compromisso inarredável de qualquer entidade de classe que se preze, não existem. Fingem-se de mortos quando convocados ao debate sério e esclarecedor. A propósito, foi ridícula a participação (?) da sindicalista profissional Fátima Cardoso, coordenadora do Sinte, em programa recente da TV-U que se propunha debater os meandros da Educação pública no RN. A "brava" ativista de passeatas só balançava a cabeça, quando não dava de ombros para a câmera, pois não tinha absolutamente o que dizer. Estava mais por fora que o dedo mínimo da mão esquerda de Lula. Ai, que vergonha! Quem sobressaiu com argumentatividade foi a educadora Cláudia Santarrosa, dirigente do propositivo Instituto Ide. O Sinte não passa de uma "fábrica de greves" que só serve para, como num círculo vicioso, alimentar o caos da Educação pública para dele tirar o seu sustento.

  2. Lucas disse:

    Hemetrio, está querendo o cargo de direção. Deve ser da oposição! Kkkkkkkkkkk

  3. Hemeterio disse:

    O Governo agiu dentro da Lei:Trabalhou recebe . Não trabalhou não recebe.Isto é uma LIÇÃO para essa minoria radial -8% só quem aderiu à esta infame GREVE-LEMBREM-SE agora: vai haver eleições para o SINDICATO.É a hora de botar está CAMBADA pra fora . Estão acostumados a viver de férias .Pois sendo Diretor ou seja qual for o apelido,fica isento de salas de aulas. Vejam que vergonha só teve a adesão de 8% em todo o RN.Mas não se mandam pois vivem viajando para congressos.FORA FORA para não prejudicar uma classe tão NOBRE.