PM frustra assalto no bairro Petrópolis; dois suspeitos baleados e dois presos

Um assalto no fim da manhã desta sexta-feira(15), na esquina da rua Trairi com a Avenida Campos Sales, no bairro de Petrópolis, na Zona Leste de Natal, resultou em confronto com a Polícia Militar. Na ocorrência, dois suspeitos baleados e mais dois presos.

Segundo a Polícia Militar, o alvo dos bandidos foi o Centro de Referência Especializado de Assistência Social(Creas). Após recolherem objetos do local, foram surpreendidos pelos policiais, no instante que embarcavam em um táxi para fuga. Na ocasião, houve troca de tiros e os marginais foram neutralizados.

Os detidos foram encaminhados a Central de Flagrantes.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Jacio Maranhão disse:

    Macaiba tem espamtalho

  2. Ems disse:

    Parabéns aos policiais envolvidos !!! O remédio para um bandido armado é um cidadão de bem armado.

  3. Junin disse:

    Petrópolis nao é Macaiba e nem ZN…!!!

FOTOS: Quadrilha explode caixas do Bradesco em usina em Baía Formosa-RN; seis são presos

10583819_284241448450074_7652451794457666147_n 10610844_284241378450081_2691858444875670734_n 10649741_284241398450079_1420810127743437296_n 10653715_284241518450067_7685642073423939231_nFotos: Facebook(Destacamento de Baía Formosa)

A Polícia Militar prendeu dois homens na madrugada desta segunda-feira (15) suspeitos de explodirem caixas eletrônicos do banco Bradesco que ficam dentro de usina de cana de açúcar no município de Baía Formosa, no litoral Sul do RN. Toda a mobilização policial na região ocorreu após a ação criminosa e conseqüente fuga. De acordo com a PM, os suspeitos estavam em uma van com mais oito homens, e foram detidos por equipe do GTO (Grupo Tático Operacional) de Canguaretama, que fez a abordagem ao veículo na BR-101. Enquanto os dois que não conseguiram sair da van foram rendidos, e com eles foi encontrada uma mala com o dinheiro levado dos terminais, os demais integrantes da quadrilha fugiram para o matagal e seus paradeiros são desconhecidos até o momento.

Segundo a PM, na van foram encontrados “chupacabras”, material usado para a clonagem de cartões de crédito, além de ferramentas usadas para explodir o terminal bancário. Já a maleta de posse da dupla estava cheia de dinheiro. Ainda segundo a PM, vários policiais foram designados a tarefa da contagem do dinheiro – cerca de R$ 143.000,00(Cento e quarenta e três mil reais).

Por fim, os presos foram encaminhados para a Delegacia de Canguaretama. Em o depoimento, os dois homens disseram que estavam levando um grupo para um comício em Natal, e não souberam explicar de onde era o dinheiro encontrado na maleta.

NOVAS PRISÕES

Segundo a PM, mais quatro suspeitos foram presos na manhã desta segunda-feira(15) nas proximidades do local em que em empreenderam fuga, na cidade de Canguaretama. Informações dão conta que eles tentavam pegar um táxi, quando foram surpreendidos pelos policiais. Com eles foram apreendidos duas pistola 380 e ainda duas armas roubados de um policial civil e outro militar, um revólver 38 e uma pistola ponto 40.

Atualizado às 09h45