Dunga e Gilmar acionam Justiça e Conselho de Ética do Senado contra Romário

romario-no-poderO técnico Dunga e o coordenador da seleção brasileira Gilmar Rinaldi cumpriram a promessa e acionaram a Justiça contra o senador Romário (PSB-RJ). Também representaram contra o parlamentar no Conselho de Ética do Senado. Eles reclamam que tiveram a honra atacada em entrevista dada por Romário para o jornal italiano “Gazzetta dello Sport” em 22 de setembro de 2015. Na ocasião, o senador disse que há outros motivos além do bom futebol por trás das convocações de jogadores para a seleção.

Os advogados Ricardo Carvalho Braga dos Santos e Andréa Gonçalves Ferry apresentaram em 23 de março deste ano no Supremo Tribunal Federal (STF) duas petições, uma no nome de Dunga e outra no de Rinaldi. As duas representações no Conselho de Ética são mais recentes: foram feitas na última terça-feira. Os advogados pedem que Romário seja condenado pelos crimes de difamação e injúria, agravados pelo fato de terem sido feitos por meio de um veículo de comunicação, o que facilita a divulgação das ofensas. Nesse caso, a pena por difamação é de até um ano e quatro meses, além de multa. A de injúria alcança no máximo oito meses, mais multa.

A entrevista, que foi repercutida por vários outros meios de comunicação, inclusive do Brasil, é marcada por ataques de Romário a vários nomes do futebol, entre eles Rinaldi e Dunga. Por tabela, os advogados dizem que Romário compromete também a imagem da seleção.

“Os problemas extra-esportivos se refletem nas convocações. Dunga é meu amigo, mas não é mais o seu momento. Ele não convoca mais os melhores, há interesses por trás. O coordenador geral é Gilmar Rinaldi que, até um dia antes de ser nomeado, era agente dos jogadores. É brincadeira! Você viu os convocados? Todos pertencem a procuradores que se enriquecem com as convocações. Está na cara de todo mundo”, disse Romário em trecho da entrevista reproduzido nas petições.

Fonte: O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Nosdliw disse:

    Falar a verdade é perigoso no Brasil.

  2. Val Lima disse:

    Tudo farinha da mesma safra…..

  3. paulo disse:

    Força Romário para enfrentar esse espertalhões.

  4. Dj Manynho disse:

    Romário falou exatamente o que muitos Brasileiros acham, Jefferson do Botafogo é o melhor goleiro do Brasil, o tal Dunga ignorou e chamou um la do time de suas raízes, isso é o que? To com Romário!

‘Na seleção, ninguém é dono de nada’, diz Dunga em resposta a Thiago Silva

 B2qW-KrCEAA0R96Um dia depois do desabafo de Thiago Silva sobre a perda da braçadeira de capitão, o técnico Dunga deu uma resposta ao jogador durante a coletiva da seleção brasileira antes do amistoso desta terça-feira, contra a Áustria, em Viena. Segundo o treinador, a seleção vive uma democracia e o zagueiro tem direito a ter a sua opinião, mas Dunga avisou que ninguém é dono de nada na equipe.

– Na seleção brasileira, ninguém perde nada, ninguém é dono de nada. Aqui você tem que conquistar minuto a minuto, segundo a segundo – afirmou. – Estamos trabalhando para aflorar novos líderes, não tem um só líder. Quando cheguei, o presidente (José Maria Marín, presidente da CBF) e o Del Nero (Marco Polo Del Nero, futuro presidente da entidade) falaram que eu teria começar do zero, e não tinha o capitão, o camisa 9, o 5, o goleiro. E eu tive que colocar do zero – completou.

Dunga não escondeu que ficou contrariado com as declarações e lembrou que Thiago já trabalhou com ele nas Olimpíadas de 2008, em Pequim, e na Copa do Mundo de 2010, na África do Sul.

– Cada um tem direito de expressão, vivemos numa democracia. Trabalho com profissionais, homens, e respeito eles dessa forma. Cada um tem direito de colocar sua opinião e assumir aquilo que fala – disse.

Dunga disse que o ambiente na seleção está tranquilo e que não há perda quando se é convocado para a seleção. No domingo, o zagueiro disse que “parece que te tiraram uma coisa que te pertencia” ao comentar a perda da braçadeira de capitão. Mas avisou que, por enquanto, Neymar continuará sendo o capitão da equipe.

– A decisão é do treinador. Acreditamos em hierarquias e regras. E acreditamos em trabalho em equipe.

Sobre as críticas à forma de jogar da seleção feita por Thiago, Dunga voltou a falar que é importante respeitar a hierarquia. Thiago afirmou que o Brasil tem muitos jogadores novos e que precisa haver uma mescla com os mais experientes para que o time não fique numa “correria louca”.

– Gosto e respeito muito a hierarquia. A forma de jogar da equipe ou não é decidida pela comissão técnica. É bom você ter jogadores experientes, que dão equilíbrio, mas é bom ter jogadores novos, com adrenalina.

Na manhã desta segunda-feira, Thiago Silva teve uma conversa com Dunga para esclarecer a situação após a repercussão de suas declarações de domingo. O treinador não deu detalhes sobre o papo. Mais cedo, Thiago negou estar insatisfeito com Neymar por ele não ter conversado com o atacante sobre a perda da braçadeira de capitão, e negou ter criticado a postura do craque e da comissão técnica.

– O que nós conversamos são coisas internas. Ele já deve ter expressado para vocês o que ele nos procurou para dizer. Já passou, temos que pensar na seleção e fazer um bom jogo, dar continuidade ao nosso trabalho. Ele já tinha trabalhado comigo anteriormente na Olimpíada e na Copa do Mundo e sabe da forma e do posicionamento que eu tenho com todos.

TÉCNICO VAI REPETIR O TIME

Thiago estará mais uma vez no banco na partida desta terça-feira. Na coletiva, Dunga confirmou que o time que começou a partida contra a Turquia será o mesmo que iniciará o jogo diante da Áustria.

Assim, o time entrará em campo com: Diego Alves, Danilo, Miranda, David Luiz e Filipe Luís; Luiz Gustavo, Fernandinho, Willian, Oscar e Neymar; Luiz Adriano.

O Globo

Dunga renova a seleção e chama artilheiro do Brasileirão em primeira convocação; veja lista

O técnico Dunga divulgou nesta terça-feira (19) a sua primeira lista de convocados desde o seu retorno ao comando da seleção brasileira. As principais novidades ficaram pela convocação de Ricardo Goulart, que é artilheiro do Campeonato Brasileiro, e pelo meia Philippe Coutinho, destaque do Liverpool, da Inglaterra.

Os primeiros desafios da nova equipe de Dunga serão no dia 5 de setembro contra a Colômbia, em Miami, e no dia 9 contra o Equador, em Nova Jersey.

Neste mesmo período, a seleção sub-21, comandada por Alexandre Gallo, disputará amistosos no Qatar.

Veja a lista completa dos convocados por Dunga:

Untitled-6

Com acréscimo de informações do R7 e Lance.

Inter demite o técnico Dunga

dungademitido_292Dunga não resistiu ao quarto tropeço seguido no comando do Inter e foi demitido nesta sexta-feira, dia seguinte à derrota por 3 a 1 para o Vasco pelo Campeonato Brasileiro. Nas outras três rodadas, a equipe de Porto Alegre já havia derrapado diante de Cruzeiro, Portuguesa e Bahia. O treinador, que ficou bom tempo parado depois da Copa do Mundo da África do Sul, comandou o Inter em 53 partidas, conseguindo 26 vitórias, 18 empates e 9 derrotas.

No mesmo dia da demissão de Dunga, o nome de Abel Braga surge como forte candidato ao cargo. Abelão tem história no clube gaúcho e ele será procurado para assumir o time nessa fase final de temporada. Abel está desembregado desde sua saída do Fluminense. Outros nomes aparecem na lista: Mano Menezes e Celso Roth. Para a ESPN-BRASIL, o diretor executivo do Inter, Newton Drummont, preferiu não citar nomes para o cargo vago. “É preciso ter cautela antes de falar de nomes porque isso mexe com a vida das pessoas.” Sobre a demissão, Drummont também garantiu que a decisão da diretoria nada teve a ver com o jeito durão de Dunga no trato com as pessoas que participam da vida do clube. “Nós avaliamos o trabalho do Dunga, e respeitamos sua maneira e jeito de ser. Dele e do Paixão. De modo que isso não teve nada a ver com sua demissão. É claro que a pessoa mais fechada tem um desgaste maior porque estamos todos os dias na mídia.”

Dunga era defendido pelos jogadores. Depois da derrota para o Vasco, nessa quinta-feira, o craque do time, D’Alessandro, saiu em defesa do comandante. “A mudança tem de ser por parte dos jogadores, por nossa parte, não adianta mudar o treinador, ele não tem culpa de nada. Temos de ser consciente e ter humildade para tirar o Inter desta fase”, disse o argentino.

NOTA OFICIAL

O Internacional promoveu mudanças na comissão técnica da equipe profissional. O técnico Dunga, assim como o preparador físico Paulo Paixão, o auxiliar técnico Andrey Lopes, o preparador de goleiros Rogério Maia e o auxiliar da preparação física Mauro Cruz estão de saída. Dunga comandou o Internacional em 53 jogos, com 26 vitórias, 18 empates e nove derrotas. O Colorado agradece os serviços prestados e parabeniza o treinador pela conquista do Campeonato Gaúcho 2013.

Estadão