Polícia

HOMENS CASADOS GERALMENTE COMO ALVOS: Polícia Civil prende na Zona Sul dupla por extorsão em estabelecimento comercial em Natal

Foto: Cleto Filho/Polícia Civil

Policiais civis da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (Defur) prenderam em flagrante, nessa quinta-feira (28), Francisco Noberto da Silva, 27 anos, e Gabriel Oliveira Muniz, 23 anos, pelos crimes de tentativa de extorsão qualificada e associação criminosa armada. A prisão aconteceu em Capim Macio, na Zona de Sul de Natal.

Um terceiro suspeito, identificado como Gerson Alves Vieira, fugiu no momento da abordagem policial. Os suspeitos já estavam sendo investigados pelos policiais civis por extorsões a clientes que estariam acontecendo em um supermercado localizado no bairro Capim Macio, em Natal. Durante a apuração, foram identificadas cinco possíveis vítimas dos criminosos no Rio Grande do Norte. Gerson Alves já respondeu a um inquérito policial pelo mesmo crime e há informações de sua atuação também nos estados de Pernambuco e Alagoas.

O grupo criminoso procurava uma pessoa do sexo masculino, geralmente casada, flertava com ela e a levava para um hotel na Zona Sul de Natal, onde a vítima era ameaçada, coagida, fotografada e mantida sob violência física e psicológica, na intenção de obter vantagens financeiras. Enquanto isso, outros membros do grupo utilizavam de todos os possíveis dados bancários e de cartões de crédito para efetuar diversos tipos de transações financeiras em nome da vítima, tais como empréstimos, compras, transferências e saques.

Na tarde dessa quinta-feira (29), a equipe de segurança do estabelecimento informou ter visualizado Gabriel Oliveira nas dependências do estabelecimento. A suspeita era de que ele estaria à procura de novas vítimas. Após receber a informação, os policiais se dirigiram ao local e efetuaram a prisão de Gabriel Oliveira, que estava na companhia de uma possível nova vítima. Na continuidade das diligências, foi efetuada a prisão de Francisco Noberto.

Nas diligências, os policiais encontraram um canivete, usado na ameaça contra as vítimas. Gabriel Oliveira e Francisco Noberto foram conduzidos à DEFUR, onde foram autuados em flagrante pelos crimes de tentativa de extorsão qualificada e associação criminosa armada. A Polícia Civil pede que a população envie informações que ajudem na localização do terceiro suspeito, Gerson Alves Vieira, por meio do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

Opinião dos leitores

    1. Estatisticas confirmam! Os amigos do Zé Inácio gostam dessa arrumação!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

FOTOS: Incêndio em estabelecimento comercial no Alecrim tem ação do Corpo de Bombeiros

Fotos: enviadas ao Zap Meio-Dia RN

Um incêndio de origem desconhecida até a publicação deste post foi registrado no fim da manhã desta segunda-feira(25) em um estabelecimento comercial no bairro do Alecrim, nas imediações da Coronel Estevam, na Zona Leste de Natal.

Não se tem informação da sua gravidade e danos causado ao local. Corpo de Bombeiros esteve no local para o combate as chamas.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Criança de 10 anos é suspeita de furtar mais de R$ 20 mil de estabelecimento comercial na PB

112466,362,80,0,0,362,271,0,0,0,0Uma criança de 10 anos é suspeita de assaltar um estabelecimento comercial na cidade de Cachoeira dos Índios, no Sertão paraibano, a 493 quilômetros de João Pessoa. O crime aconteceu sexta-feira (7), mas o caso só foi divulgado pela polícia na noite desse sábado (8).

De acordo com Central de Operações Policiais Militares do 6º Batalhão da PM, R$ 23.600 foi furtado do local. A ocorrência foi registrada pelo dono do estabelecimento, que acusou a criança pelo assalto.

Segundo a polícia, o proprietário informou que “quando atendia um cliente, o menor adentrou o interior do estabelecimento e subtraiu” o dinheiro. Uma viatura da Polícia Militar, acompanhada da vítima, foi até a casa da criança que negou o fato.

Ainda segundo a polícia “as partes envolvidas” foram conduzidas até a delegacia da cidade de Cajazeiras, também no Sertão, para medidas cabíveis. O Portal Correio entrou em contato com o responsável de plantão, que afirmou que o caso não foi registrado na delegacia da cidade.

Portal Correio, UOL

http://portalcorreio.uol.com.br/noticias/policia/crime/2015/08/09/NWS,263935,8,153,NOTICIAS,2190-CRIANCA-ANOS-SUSPEITA-FURTAR-MIL-ESTABELECIMENTO-COMERCIAL.aspx

Opinião dos leitores

  1. bem pelas contas, ate completar 18 aninhos ele deve bater o recorde mundial, e ainda tem que defenda que estes anjinho fiquem impune até 18 anos

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *