Polícia

Polícia Civil prende dois suspeitos de assaltos a bancos no interior do RN; arsenal com fuzis e mais de 20 kg de explosivos é apreendido

Policias civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR ), com apoio da Delegacia Municipal de Alexandria e da Delegacia de Furtos e Roubo de Campina Grande (DEFUR), prenderam, no sábado (17), Camilo Cassimiro Nunes, conhecido como “Camilo Bombado”, 31 anos, e Allan Pereira Paes Maciel, conhecido como “Allan Capacete”, 25 anos. Ambos são suspeitos de integrar uma facção criminosa e investigados por assaltos a agências bancárias, ocorridos em São Paulo do Potengi, em outubro de 2020.

Em desfavor de Camilo Nunes, existiam quatro mandados de prisão em aberto e ele responde a nove processos judiciais. O suspeito estava escondido na Zona Rural de Alexandria, onde foi preso com duas pistolas calibre 9mm, sendo uma com seletor de rajada e numeração suprimida, além de dezenas de munições do mesmo calibre. No momento da abordagem, Camilo Nunes apresentou um documento falso, mas foi reconhecido pelos policiais.

Após a sua prisão, Camilo Nunes colaborou com os policiais, indicando uma granja onde estavam enterrados os seguintes materiais: três fuzis de calibres 5,56 e 7,62; aproximadamente mil munições calibre 5,56; 90 munições de calibre 7,62; 13 munições de calibre 12; 142 munições de calibre 9mm; mais de 20kg de explosivos, seis coletes balísticos (sendo um da Polícia Civil e outro da Polícia Militar do RN), balaclava e roupas utilizadas nas ações criminosas. Camilo Nunes confirmou que esse vasto material seria utilizado no resgate de presos de alta periculosidade, em um presídio daqui do Rio Grande do Norte.

Durante a operação, Allan Maciel, também foragido da Justiça, foi preso em João pessoa, por policiais da DEFUR de Campina Grande. Com ele, foram apreendidos um documento de identidade falso e munições calibre .50. Camilo Nunes e Allan Maciel foram encaminhados ao sistema prisional, onde ficarão à disposição da Justiça.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181, ou do número da DEICOR: (84) 3232-2862 e (84) 98135-6796 (Whatsapp).´

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOM

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Polícia Civil prende suspeito por exploração sexual contra adolescente de 12 anos no interior do RN; segundo investigações, homem convivia com menor há dois anos

Policiais civis da 1ª Delegacia Regional de Polícia (1ª DRP) e da Delegacia Municipal de Santa Maria prenderam, nesta quinta-feira (15), um homem de 28 anos. Ele foi detido no distrito de Bancos, Zona Rural de Santa Maria.

As diligências foram iniciadas após o recebimento de denúncias anônimas informando que o suspeito estava convivendo com uma adolescente de 12 anos e que o relacionamento já acontecia há dois anos. No local, foi constatada a veracidade da denúncia.

No decorrer das investigações, foi verificado que o suspeito explorava sexualmente a adolescente. Em decorrência disso, foi pedida sua prisão preventiva. Após ser detido, ele foi conduzido à delegacia e, em seguida, encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

PM prende em Natal casal suspeito de tráfico de drogas

FOTO: PM/ASSECOM

Na manhã desta terça-feira (13), a Polícia Militar, através da Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicleta – ROCAM, prendeu um casal, suspeito de tráfico de drogas, no bairro de Nossa Senhora da Apresentação, zona Norte de Natal.

Por volta das 11h30, os policiais militares, durante patrulhamento na rua Antônio de Moraes, efetuaram a prisão do casal tendo o homem 30 anos e a mulher 36. Os infratores estavam de posse de 02 tabletes grandes, 02 médios, 03 pequenos e 07 porções menores de maconha, R$ 544,20 em espécie, 02 aparelhos celulares, 01 balança de precisão, uma arma de fogo, tipo Revólver, calibre 38, com 12 munições de mesmo calibre, 01 coldre, além de uma motocicleta, tipo Honda/CG, 150cc, de cor branca.

Diante dos fatos, a equipe fez a condução dos infratores e de todo material apreendido à Central de Flagrantes da Polícia Civil, para adoção das medidas cabíveis.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Segurança

Guarda Municipal troca tiros, evita tentativa de roubo de veículo e prende suspeito em Natal

Foto: Divulgação/SEMDES

Agentes da Ronda Saúde da Guarda Municipal do Natal (RondaS/GMN) abortaram na manhã desta segunda-feira (12), uma tentativa de assalto a um veículo nas proximidades do Centro de Educação Infantil Mailde Ferreira, no bairro Potengi, zona Norte da capital. Os guardas chegaram a trocar tiros com os suspeitos e um dos envolvidos, de 27 anos de idade, foi preso pela guarnição do RondaS, que contou com o apoio da Ronda de Proteção Escolar (Rope) e Patrulha Maria da Penha.

Os guardas municipais perseguiram o suspeito e conseguiram deter o mesmo logo após a tentativa de roubo. Após a revista pessoal, foi possível identificar e apreender na posse do suspeito uma réplica de pistola semiautomática que foi uma das armas utilizadas para ameaçar a vítima no momento da tentativa de assalto.

As guarnições informaram que quatro homens participaram da ação delituosa, sendo um preso e três conseguiram se evadir do local após a troca de tiros. Foram feita diligências na área com apoio de outras viaturas da GMN para tentar prender os suspeitos que fugiram, porém não obtiveram êxito. “Os meliantes tentaram tomar um carro de assalto e quando agimos para abortar a ação eles atiraram na guarnição que revidou a injusta agressão. Ninguém ficou ferido”, contou um dos guardas.

O suspeito detido foi conduzido pelos guardas municipais à Delegacia de Plantão Zona Norte onde foi registrada a prisão em flagrante delito. Os agentes da Civil devem conduzir a investigação para identificar os outros homens que participaram do crime e conseguiram fugir da abordagem dos guardas.

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Polícia Civil prende suspeitos de latrocínio contra comerciante em Natal

Policiais civis da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) deflagraram, na manhã desta quarta-feira (31), a Operação Sinal Fechado, com o objetivo de cumprir cinco mandados de busca e apreensão, além de dois mandados de prisão temporária, em decorrência da suspeita do crime de latrocínio.

Durante a ação, foram detidos João Victor Bento da Silva e Wiramar Barbosa dos Santos, conhecido como “Juninho Santos” e “Júnior Bolinha”, os quais confessaram a prática do latrocínio ocorrido no dia 11 de janeiro, contra o comerciante Ricardo Marques de Araújo. Segundo as investigações, João Victor é apontado do como o autor dos disparos de arma de fogo e Wiramar Barbosa seria o motorista do veículo usado na ocorrência.

O crime aconteceu no cruzamento das avenidas Jaguarari e Nascimento de Castro, quando o comerciante, que retornava da CEASA, parou no sinal e foi abordado pelos suspeitos, que tinham o objetivo de roubar o dinheiro que a vítima transportava.

A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações de forma anônima, por meio do disque denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

Opinião dos leitores

  1. Foi preso, daqui a pouco a justiça solta, vai matar e roubar novamente e enquanto isso uma família está sem o Pai, morreu trabalhando.

  2. Se parar de perseguir trabalhadores e empresários, a segurança melhora.
    Não fizeram mais que a obrigação.

  3. Até que enfim, uma notícia que revele o trabalho das forças de segurança. A polícia militar e civil realmente merecem ter o trabalho divulgado e valorizado. A sociedade e principalmente os meios de comunicação criaram uma aversão a polícia. Aí nossas crianças e adolescentes se espelham nos bandidos.

    1. Criancas e adolescentes so se espelham nos bandidos a partir do momento em que seus pais transferem a rrsponsabilidade de educa-los para os outros por exemplo "escola", quando seus pais deixam de ser exemplo para eles e por ai vai. Não a polícia nao tem culpa se certos pais não educam seus filhos para terem caráter.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Polícia Federal prende em ação conjunta no aeroporto internacional Governador Aluízio Alves suspeito de integrar facção criminosa no RN

Foto: Divulgação/PF

A Força-Tarefa SUSP (FT-SUSP) de combate ao crime organizado integrada pela Polícia Federal (PF), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Departamento Penitenciário Nacional (DEPEN), Polícia Civil, Polícia Militar e Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (SEAP), em ação conjunta com o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO/MPRN), sob a chancela da Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública (SEOPI/MJSP), prendeu na manhã do último domingo, 21/3, no aeroporto internacional Governador Aluízio Alves em São Gonçalo do Amarante/RN, Região Metropolitana de Natal, momentos antes de embarcar em voo com destino à Florianópolis/SC, um homem de 27 anos, suspeito da prática de homicídios e de pertencer à organização criminosa com atuação no interior do Rio Grande do Norte. Contra o acusado havia um mandado de prisão em aberto expedido pela Juíza de Direito da comarca de Canguaretama/RN.

O preso encontra-se custodiado na Superintendência da PF em Natal, à disposição da Justiça.

O Plano de Forças-Tarefas SUSP de Combate ao Crime Organizado foi lançado em janeiro deste ano pelo MJSP e conta com a atuação conjunta, integrada e coordenada entre as polícias da União e dos estados. As ações terão como foco prevenção, repressão, monitoramento e investigação de grandes organizações criminosas a partir da atuação conjunta. Além disso, as forças-tarefas pretendem isolar lideranças do crime organizado no sistema prisional, bem como descapitalizar facções por meio de bloqueio e venda antecipada de bens.

Os quatro eixos de atuação do Plano são: Inteligência de todos os órgãos de segurança pública envolvidos, análise criminal estratégica, policiamento ostensivo de forma especializada e adoção de procedimentos investigativos capazes de dar respostas efetivas e oportunas para a redução e repressão à criminalidade.

Opinião dos leitores

    1. Pra onde esse eleitor de fatão ia? seus comparsas estavam tentando fazer o que? Zé gado

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

MEGAVAZAMENTO: Polícia Federal prende hacker suspeito de comercializar dados pessoais de brasileiros

Foto: Divulgação/Polícia Federal

A Polícia Federal prendeu preventivamente nesta sexta-feira (19) um hacker em Uberlândia, Minas Gerais, além de cumprir cinco mandados de busca e apreensão na mesma cidade e em Petrolina (Pernambuco) durante a operação “Deepwater”, que investiga a obtenção, divulgação e comercialização de dados pessoais de brasileiros e de várias autoridades.

Segundo as investigações que iniciaram em 2021, através da internet, dados sigilosos de pessoas físicas e jurídicas, como CPF e CNPJ, nomes completos e endereços foram disponibilizados ilegalmente na internet através de um fórum especializado em trocas de informações sobre atividades cibernéticas.

Parte desses dados sigilosos foram divulgados gratuitamente por um integrante do grupo, e o restante comercializado. Os pagamentos eram feitos por meio de criptomoedas.

A Polícia Federal identificou e prendeu o suspeito que obteve, divulgou e comercializou os dados. As investigações que levaram a prisão do hacker foram da Divisão de Inteligência da PF de Brasília. Um segundo hacker que estaria vendendo os dados por meio de suas redes sociais foi identificado.

As ordens judiciais foram expedidas pelo ministro Alexandre de Moraes do Supremo Tribunal Federal, após representação feita à Polícia Federal solicitando as medidas.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Polícia Civil prende em Ponta Negra foragido da justiça do Acre suspeito de tráfico internacional de drogas

Foto: Ilustrativa

Policiais Civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR) prenderam, na noite desta terça-feira (16), Adílio Menezes Costa, conhecido como “Negão”, 39 anos. O suspeito é foragido da justiça do estado do Acre.

Em desfavor de Adílio Menezes, existia um mandado de prisão preventiva expedido pela justiça do Acre, após investigação realizada pela Polícia Federal, em decorrência da suspeita da prática dos crimes de organização criminosa e tráfico internacional de drogas.

O suspeito, que é apontado como integrante de uma facção criminosa atuante em todo país, estava residindo em Natal há cerca de quatro meses, no bairro de Ponta Negra. Após uma denúncia anônima informando que o suspeito traficaria drogas no local, foram iniciadas as investigações.

Adílio Menezes foi abordado quando estava chegando a um residencial, na Vila de Ponta Negra. Na ocasião, ele apresentou documentos falsos em nome de Francisco Cassiano de Oliveira, natural de Assú.

Durante as diligências em seu endereço, foram encontradas anotações referentes ao tráfico de drogas. O suspeito foi conduzido à delegacia, para autuação em flagrante e, em seguida, encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

A Polícia Civil pede para que a população continue enviando informações de forma anônima, por meio do disque denúncia 181, dos números da DEICOR (84) 3232-2862 ou (84) 98135-6796 (Whatsapp).

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

Opinião dos leitores

  1. Se algum ministro do STF souber disso manda soltar na hora. Eles não gostam que traficantes internacionais fiquem presos. Mas se xingar algum ministro é prisão instantânea, com flagrante perpetuo.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comportamento

VÍDEO: Polícia Civil prende 60 que faziam sexo em festa clandestina de swing no DF

Foto: Material cedido ao Metrópoles

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) encerrou uma festa clandestina de swing, na tarde de domingo (14/3), em Samambaia. Aproximadamente 60 pessoas, algumas fazendo sexo, foram alvo da Operação Afrodite.

Em função dos decretos estabelecidos pelo Governo do Distrito Federal (GDF) para frear a pandemia do novo coronavírus, não são permitidas festas com aglomeração, uma vez que há lockdown parcial e toque de recolher em vigor.

O Metrópoles revelou a onda de encontros de swing, marcados em grupos fechados de WhatsApp, para driblar o lockdown, inclusive em áreas públicas.

A Operação Afrodite foi conduzida pela 26ª Delegacia de Polícia, de Samambaia Norte. Durante a ação policial, alguns casais se enervaram contra os agentes. Houve discussão e registro de desacato.

“É preciso que as pessoas tenham consciência que festas clandestinas serão combatidas com rigor. Todos os convidados foram levados para delegacia e responderão criminalmente”, disse o delegado-chefe da 26ª DP, Rodrigo Larizzatti.

Segundo o delegado adjunto Rodrigo Carbone, cada casal ou pessoa responderá um procedimento criminal, além de estarem sujeitos a multa administrativa de R$ 1 mil por aglomeração.

Afrodite

Na mitologia grega, Afrodite é deusa da sexualidade, do amor e da beleza.

Metrópoles

Opinião dos leitores

  1. O cara brocha na hora com um.negócio desse pode estar com a gata.mais gostosa do DF

  2. Não vejo a matéria criticando a operação, já imaginou se fosse no RN, a culpa seria de qualquer pessoas menos de quem estava aglomerando…

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

PM prende motorista de aplicativo suspeito de “arrastão” na zona Oeste de Natal

FOTO: PM/ASSECOM

Na madrugada desta segunda-feira (15), policiais militares do 9º Batalhão realizavam patrulhamento ostensivo e preventivo no bairro Planalto, zona Oeste de Natal, quando visualizaram o veículo GM/Agile, de cor prata, o qual havia sido usado em um “arrastão” a residência no bairro Dix-Sept Rosado.

Após abordagem e averiguações ficou constatado que o condutor, um homem, de 33 anos, motorista de aplicativo, participou do crime. O acusado confessou o roubo e disse dever a uma facção criminosa. Ele também assumiu várias práticas delituosas em companhia de mais quatro indivíduos durante a semana.

O condutor do Agile foi conduzido à Central de Flagrantes para os devidos procedimentos.

Um veículo Fiat/Uno Vivace, de cor branca, que havia sido subtraído durante o referido arrastão, foi localizado abandonado no bairro de Mãe Luíza, na zona Leste da cidade. Tal automóvel será devolvido ao seu proprietário.

http://www.pm.rn.gov.br/Conteudo.asp?TRAN=ITEM&TARG=253102&ACT=&PAGE=&PARM=&LBL=NOT%CDCIA

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Megaoperação de combate à violência contra mulheres prende 764 suspeitos em todo o país

Munição e revólver apreendidos durante operação Resguardo, em Goiás — Foto: PCGO/Divulgação

Polícias civis estaduais prenderam 764 suspeitos de praticar crimes de violência contra mulheres nesta segunda-feira (8) – Dia Internacional da Mulher –, na Operação Resguardo, segundo o Ministério da Justiça. “A maioria dos mandados cumpridos durante a operação são de presos que estavam foragidos, ou de pessoas que estavam em liberdade”, disse a pasta.

Ao todo, 16,2 mil policiais estão nas ruas. O ministério não informou os estados onde os suspeitos foram detidos, mas disse que “há participação das 27 unidades da federação” na operação. As prisões ocorreram no cumprimento de mandados e em flagrante.

Balanço do Ministério da Justiça, divulgado às 12h, mostra que a operação resultou no atendimento de 6.396 vítimas, na confecção de 4.115 medidas protetivas e na apuração de 1,4 mil denúncias. Além disso, 4.698 inquéritos foram instaurados e 53 armas apreendidas.

Segundo o ministério, a Operação Resguardo ocorre desde 1º de janeiro e, neste período, levou à prisão de quase 9,1 mil pessoas, além da investigação de 46,7 mil denúncias (veja números abaixo).

Denúncias apuradas: 45.722

Presos (flagrantes e mandados): 9.181

Medidas protetivas: 56.414

Vítimas atendidas: 168.866

Armas apreendidas: 1.226

Visitas e diligências: 70.090

De acordo com Rodrigo Hauer, chefe de gabinete do Ministério da Justiça, essa foi a maior ação já realizada com foco no combate à violência contra a mulher. “Operação contou com policiais civis de todos os estados, mais de 45 mil denúncias apuradas”, disse.

Jeferson Lisbôa, secretário de operações integradas do Ministério da Justiça, afirmou que mais investigações desse tipo serão feitas. “Isso vai se tornar uma operação de rotina. Hoje é uma data comemorativa, mas vamos transformar ações de defesa à mulher em rotina”, comentou.

Mandados

A operação ocorre de forma integrada entre as forças de segurança do país. Em Roraima, por exemplo, os investigadores prenderam sete pessoas nesta segunda. Mandados de prisão também são cumpridos em pelo menos outros cinco estados: Rio de Janeiro, Paraná, Rio Grande do Sul, Sergipe e Bahia.

No Rio Grande do Sul, são 39 ordens de busca e apreensão, 14 de prisão preventiva e 10 de verificação de medida protetiva de urgência. Até às 7h, no Rio de Janeiro, 25 homens haviam sido presos. Os crimes cometidos por ele são estupros, agressões e não pagamento de fiança.

G1

Opinião dos leitores

  1. Cadeia nesses vagabundos! Homem que bate em mulher não vale NADA! São verdadeiros vermes nessa sociedade.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Polícia Civil prende em Nova Parnamirim suspeito por tráfico de drogas

Policiais civis do 2º Distrito Policial (2ºDP) prenderam, nesta terça-feira (02), Cícero Teixeira da Silva, 29 anos. Ele foi detido em Nova Parnamirim. As diligências foram iniciadas após o recebimento de denúncias que o suspeito, que estava foragido há 5 anos, estava trabalhando em um comércio em Nova Parnamirim.

Em desfavor de Cícero Teixeira, existia um mandado de prisão definitiva expedido pela 17ª Vara Criminal da Comarca de Natal, em decorrência da prática do crime de tráfico de drogas. Ele foi conduzido a delegacia e em seguida encaminhado ao sistema prisional onde ficará à disposição da Justiça.

A Polícia Civil solicita que a população envie informações, de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181, e do número da 2a DP: (84) 98135-6724.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Polícia Civil do RN prende quatro suspeitos por roubos em propriedades rurais

Policiais civis da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (DEFUR), com apoio da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR), Delegacia Especializada de Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas (DEPROV), Delegacia Especializada de Assistência ao Turista (DEATUR) e do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar (BOPE), deflagraram, nesta sexta-feira (26), a Operação Herdade II.

A Operação teve como objetivo cumprir mandados de busca e apreensão e de prisão preventiva, em decorrência de roubos em propriedades rurais, cujo objetivo principal é a subtração de animais. Durante a ação, quatro pessoas foram detidas, sendo elas: Célio Batista de Medeiros, 42 anos, Diego da Silva Borges, 27 anos, Aliffyr da Silva Xavier, conhecido como “Pompeu”, e Gustavo Cunha Dantas, 38 anos.

Ainda durante as diligências, foram apreendidos: uma arma de fogo, dinheiro, além de diversos objetos oriundos das propriedades rurais que foram alvos da ação dos suspeitos. As investigações continuam no intuito de localizar e prender os demais integrantes do grupo criminoso. A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações de forma anônima por meio do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Polícia Civil prende no interior do RN suspeito de tráfico de drogas no Rio de Janeiro

Foto: Ilustrativa

Policiais civis da Delegacia Especializada em Capturas e Polinter (DECAP) prenderam, na manhã desta quarta-feira (24), Fábio da Silva Oliveira, conhecido como “Biscoitão da favela de Jacarezinho”, 27 anos. Ele foi detido na cidade de Várzea, na região do Agreste potiguar.

De acordo com investigações, Fábio da Silva estava escondido no município onde aconteceu a prisão. Em desfavor dele, existiam dois mandados de prisão expedidos pelo Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, um deles em decorrência de condenação pelo crime de associação para o tráfico de drogas.

Fábio da Silva foi conduzido à delegacia e, em seguida, encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça. A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações, de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181 ou dos telefones da DECAP: (84) 98135-6174 (WhatsApp) ou 3232-7867.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

VÍDEO: Com ajuda de videomonitoramento, PM prende criminosos, recupera veículos roubados e salva vidas na Grande Natal

Em menos de dois meses, câmeras auxiliaram agentes de segurança pública em mais de 30 ocorrências envolvendo prisões e salvamentos. Foto: Divulgação

O sistema de videomonitoramento do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (CIOSP) – órgão de controle de emergências da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (SESED) – tem proporcionado resultados cada vez mais satisfatórios no combate à criminalidade. O salvamento de vidas tem sido outro destaque.

Em menos de dois meses, por exemplo, as 117 câmeras monitoradas pelo CIOSP na Grande Natal já foram responsáveis por 34 ocorrências geradas a partir de alertas do sistema de videomonitoramento. Destas, 18 terminaram com pessoas levadas a delegacias, sendo oito conduzidas para esclarecimentos por estarem em atitude suspeita, uma detida por lesão corporal, três presas em flagrante por tráfico de drogas, duas por roubo, uma por furto, uma por ato obsceno e duas por descumprimento de lei de combate a doenças contagiosas.

No último final de semana, dois homens foram presos em flagrante e uma motocicleta roubada foi recuperada com a ajuda do videomonitoramento, que acionou e orientou os policiais a chegarem aos criminosos. A ação aconteceu na Praia do Meio, em Natal. O veículo havia sido roubado na Avenida João Medeiros Filho, na Zona Norte da cidade. Toda a ação da prisão foi filmada pelas câmeras.

Salvamentos

Com relação a outros tipos de acionamento, sete vidas foram salvas graças ao sistema de câmeras, sendo cinco pessoas resgatadas durante tentativas de suicídio e duas em situação de afogamento em praias da capital.

O videomonitoramento ainda ajudou o policiamento a recuperar três veículos roubados. As demais ocorrências foram referentes a colisões de trânsito e atropelamentos.

“Uma vida não tem preço. Imagina então sabermos que conseguimos salvar várias vidas graças ao investimento feito em nosso sistema de monitoramento? Inegavelmente, o resultado deste trabalho paga cada centavo”, destacou o coronel Kleber Macedo, coordenador do CIOSP.

Câmeras que revelam multas e veículos com queixas de roubo serão usadas em blitzem de trânsito

O Governo do Rio Grande do Norte continua investindo em segurança pública. O Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (CIOSP) está prestes a receber a implantação de câmeras e escâneres capazes de interagir com o sistema do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-RN). A tecnologia vai possibilitar a identificação, em tempo real, de veículos circulando de forma irregular.

“Em uma blitz de trânsito, por exemplo, os policiais que estão na fiscalização terão a confirmação imediata, antes mesmo de o veículo ser abordado, de que ele tem problemas de documentação ou se possui queixas de furto ou roubo. Isso vai tornar a fiscalização mais segura e mais efetiva”, destacou o coronel Macedo.

Ainda segundo o oficial, o CIOSP deverá contar com 40 câmeras fixas para uso de fiscalização no trânsito. Os novos equipamentos devem ser instalados no próximo mês.

Opinião dos leitores

  1. Esses heróis da vida real deveriam ganhar melhor do que os heróis de faz de conta da TV e do cinema.

  2. Bom dia
    Este videomonitoramento deveria existir em todos os bairros e as motos e os capacetes dos motociclistas deveriam ser numeradas,com checagem rapidas.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

VÍDEO: Polícia Civil prende suspeito por latrocínio contra verdureiro em Cidade Verde

Policiais civis da Força Tarefa de Homicídios de Parnamirim (DHPP) prenderam, na manhã desta segunda-feira (22), Leandro Richard Santana, 18 anos. Ele foi detido em cumprimento a um mandado de prisão temporária pela suspeita da prática de crime de latrocínio.

De acordo com investigações, ele é apontado como autor do disparo que vitimou o idoso Raimundo Rodrigues de Oliveira, 69 anos, em seu estabelecimento comercial. O crime aconteceu no dia 17 de janeiro, no bairro de Cidade Verde, quando Leandro Richard e outro homem anunciaram um assalto.

Na ocasião, a vítima teria tentado reagir à ação dos criminosos, mas foi atingida. De acordo com imagens de câmeras de segurança, os autores do latrocínio deixaram o local em um veículo modelo Saveiro, cor vermelha, placa MYE 1629, dirigido por um terceiro envolvido ainda não identificado.

Outras diligências continuarão sendo realizadas, a fim de identificar os demais envolvidos no latrocínio. A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações de forma anônima, por meio do disque denúncia 181, para auxiliar na identificação dos autores do crime e na localização do veículo usado por eles na ação.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *