FOTO: Hospital dos Pescadores passa por obras de manutenção

20652Instalado em prédio que ao longo dos anos sofreu a ausência de manutenção em sua estrutura física, o Hospital dos Pescadores vem desde setembro do ano de 2014 passando por pequenas e pontuais obras de manutenção. O Hospital integra a rede de unidades da Secretaria Municipal de Saúde, cobrindo a zona leste da cidade como porta de atendimento de urgências e emergências.

“O Hospital precisaria passar por uma grande obra de reforma e ampliação para atender melhor a população, mas falta recurso”, considera a diretora da unidade, Emília Magna Braga. Ela adianta que a estimativa é que seriam necessários recursos da ordem de R$ 800 mil, dinheiro que a SMS tenta viabilizar, em grande parte, celebrando um convênio com o Ministério da Saúde.

Enquanto os grandes recursos não vêm, o Hospital dos Pescadores vai ganhando pequenas obras de manutenção para não interromper a oferta dos serviços à população. Emília Magna diz que as obras de manutenção estão sendo executadas desde setembro passado, como a troca de portas e fechaduras e a reforma das salas de repouso dos guardas, de eletrocardiograma, do serviço social e da classificação de risco.

Os seis banheiros da unidade também passaram por manutenção e, brevemente, será a vez do laboratório receber reparos na rede hidráulica e elétrica. Os problemas estruturais do Hospital dos Pescadores levaram a Covisa a interditar a sala de repouso dos guardas, que deverá ser liberada ainda esta semana sem infiltração e sem mofo.

No ano passado, o Hospital dos Pescadores realizou 49.850 atendimentos no seu Posto de Serviço, que geraram 585 internamentos. A unidade realizou 1.521 exames de Raios-X e 16.240 exames laboratoriais. Funciona 24h, com equipes de três médicos e três enfermeiros por plantão.

Sesap pede à SMS de Natal que defina prazo de reestruturação do Hospital dos Pescadores

O Secretário de Estado da Saúde Pública, Luiz Roberto Fonseca, encaminhou ofício, nesta quarta-feira (23), ao Secretário Municipal de Saúde de Natal, Cipriano Maia de Vasconcelos, solicitando que a Secretaria Municipal de Saúde de Natal indique um prazo para uma efetiva reestruturação do Hospital Municipal dos Pescadores, possibilitando assim uma maior resolutividade àquela unidade de saúde. A intenção da Sesap é de que, nesse prazo, a SMS possa trabalhar para que a unidade dê respostas aos pacientes que necessitam dos serviços, atendendo de forma eficaz as demandas de sua competência.

O motivo da preocupação do secretário Luiz Roberto é que, há um longo período, o Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, pertencente à rede estadual, vem dando suporte às demandas de urgência clínica e outra infinidade de procedimentos e atendimentos que seriam de competência do Hospital Municipal dos Pescadores.

O problema, segundo esclarece o secretário, é que nos últimos meses esta situação está se tornando insustentável, chegando a comprometer a capacidade de atendimento/assistência aos pacientes que fazem parte do verdadeiro perfil dessa unidade estadual, ou seja, de hospital terciário para o atendimento de alta complexidade em traumato-ortopedia, cardiologia e neurologia.

A responsabilização efetiva, por parte de todos os entes (município, estado e federação), de modo que cada um cumpra com aquilo que é o seu papel, ou seja, ao município o atendimento à baixa e média complexidade, ao Estado a alta complexidade e o Ministério da Saúde o financiamento junto aos dois entes, permitirá o alcance de um patamar de dignidade à assistência à nossa população.

Hospital dos Pescadores recebe novos equipamentos

O Hospital dos Pescadores (Hospec) está recebendo vários serviços e equipamentos da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). O gerador comprado em 2010 foi instalado e está em funcionamento e uma revisão da rede elétrica e a substituição de equipamentos esta em andamento.

“Hoje no Hospesc estamos fazendo a climatização dos ambientes, inclusive da recepção, a substituição de aparelhos e a revisão elétrica. Com o conserto do equipamento de esterilização de material médico, que estava parado há mais de um ano, o material que era esterilizado fora do Hospital dos Pescadores, passa a ser esterilizado na própria unidade. Além disso, estamos adequando o serviço de nutrição e de acessibilidade, com a remoção da porta de vidro da entrada principal, para facilitar o acesso de cadeirantes e macas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU)”, informou o diretor do Departamento de Infraestrutura Física e Tecnológica (DIFT), Leonardo Rodrigues.

A Secretaria Municipal de Saúde, pretende regularizar a energia auxiliar de todas as Unidades de Pronto Atendimento até o fim do ano. O Departamento de Infra Estrutura Física e Tecnológica está recuperando os geradores de energia do Hospital Municipal da Mulher e Maternidade Dr. Leide Morais e já adquiriu o gerador da Unidade de Pronto Atendimento de Pajuçara e da Maternidade de Felipe Camarão, que devem ser instalados em breve, concluiu Leonardo Rodrigues .