Detran-RN amplia vistoria veicular eletrônica em todo o estado

Fotos: Divulgação

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) inicia a ampliação da Vistoria Veicular Eletrônica em Natal e Ciretrans. O lançamento do serviço aconteceu nesta segunda-feira (01), com a entrega dos equipamentos para todas as unidades do estado.

O serviço será conduzido unicamente de forma eletrônica, permitindo maior agilidade na execução. De acordo com o diretor-geral do Detran, Jonielson Oliveira, o novo formato de Vistoria também permitirá a descentralização da emissão de documentos nas unidades do interior do estado.

A direção do Detran destaca que o sistema a ser utilizado na Vistoria Eletrônica foi totalmente desenvolvido e implementado pela equipe de informática de servidores do próprio Detran/RN. Com os novos equipamentos de captura de imagens e leitura de placa, a identificação dos veículos será mais fácil e rápida, sendo possível o rastreamento pelo sistema do Detran.

O processo de Vistoria agora será registrado e enviado para o banco de dados do Detran de forma automática. “Os dados serão armazenados no sistema do órgão, guardando os registro das imagens em foto e vídeo, evitando tentativas de fraudes. É a modernização possibilitando mais segurança para os usuários e para o Departamento de Trânsito”, enfatizou o diretor geral.

A Vistoria Veicular Eletrônica é mais um serviço do Detran que somente será feito com agendamento prévio no site www.detran.rn.gov.br. Na página principal, no ícone “Agendamento”, o usuário escolhe a opção “Veículos”, depois seleciona “Vistoria”. O serviço agendado oferece a comodidade de marcar dia e horário, reduzindo as filas e o tempo de espera do usuário nas unidades do Detran.

UTILIDADE PÚBLICA: Itep amplia horário de atendimento para atender demanda às vésperas das eleições

Foto: Divulgação

O Instituto Técnico-Científico de Perícia do Rio Grande do Norte (ITEP/RN) está com o horário de atendimento estendido nesta quarta (11), quinta (12) e sexta-feira (13) para atender ao grande fluxo de pessoas que procuram o órgão para solicitar a emissão de carteiras de identidade, principalmente em razão das eleições municipais que acontecem no domingo (15).

Excepcionalmente para estes dias que antecedem à eleição, foram ampliados de 8h às 18h os atendimentos presenciais na sede do Itep, em Natal, que funciona no bairro da Ribeira, e nas Centrais do Cidadão das cidades de Mossoró e Pau dos Ferros, além da Regional do Itep, em Caicó. Somente para estes locais, e em razão do mutirão que está sendo realizado, não é necessário fazer agendamento prévio.

Em dias normais e em outros locais que não os citados acima, o atendimento funciona de 8h às 13h, com a necessidade de agendamento no site do órgão.

Para se ter ideia de como a procura pelo serviço aumentou nestes últimos dias, foram emitidos entre o período de 1º a 10 deste mês, mais de 9 mil Registros Gerais (RGs), como são chamadas as carteiras de identidade. Ou seja, em 10 dias, foram feitas mais de 60% da quantidade de RGs emitidos ao longo de todo o mês de outubro, que totalizou cerca de 15 mil identidades.

A direção do Instituto de Identificação do Itep orienta às pessoas que, ao se dirigirem a um posto de atendimento do órgão, prestem a atenção se estão levando toda da documentação exigida para a emissão de uma carteira de identidade, que é a seguinte: Certidão de Nascimento ou Casamento (original); Duas fotos 3×4 e CPF.

O que fazer e onde ir para emitir uma carteira de identidade

Qualquer cidadão brasileiro, nato, pode solicitar uma carteira de identidade (1ª, 2ª ou 3ª via). Basta agendar o atendimento, que é feito pela internet diariamente a partir das 12h (central.rn.gov.br).

Após o agendamento, o sistema irá direcionar o solicitante a um dos postos de atendimento do Itep, que funcionam nas Centrais do Cidadão. São 20 em todo o Rio Grande do Norte. As Câmaras Municipais de Vereadores também oferecem o serviço.

Flagrado com dinheiro na cueca, senador Chico Rodrigues amplia licença de 90 para 121 dias

Foto: © Jefferson Rudy/Agência Senado

Horas após ter pedido licença do mandato parlamentar por 90 dias, o senador Chico Rodrigues (DEM-RR) protocolou nesta terça-feira (20) uma retificação, alterando o período para 121 dias (veja o pedido).

O pedido foi aceito pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP). Quem deve assumir o mandato é o primeiro suplente, Pedro Arthur Ferreira Rodrigues, filho do parlamentar. O pedido inicial de licença de Chico Rodrigues, de 90 dias, não levaria à convocação do suplente. Agora, com a licença superior a 120 dias, Pedro Arthur Rodrigues será convocado.

Chico Rodrigues foi flagrado com R$ 33 mil na cueca na semana passada. O dinheiro foi encontrado durante uma operação que cumpriu mandados de busca e apreensão na casa do parlamentar. O DEM, partido ao qual Chico Rodrigues é filiado, pediu ao STF para acessar as investigações.

A operação apura suposto esquema de desvio de recursos públicos em Roraima. Rodrigues nega as acusações e afirma que o dinheiro serviria para pagar funcionários.

Após a operação da semana passada, partidos políticos protocolaram uma representação no Conselho de Ética no Senado com o objetivo de cassar o mandato de Chico Rodrigues.

Aliados do senador, contudo, passaram esta segunda-feira (19) costurando um acordo para que Chico Rodrigues se licenciasse. O próprio presidente do Conselho de Ética, Jayme Campos (DEM-MT), sugeriu que o senador se licenciasse por 121 dias.

O caso de Rodrigues também está em análise no Supremo Tribunal Federal. Isso porque o ministro Luís Roberto Barroso determinou o afastamento do senador, mas submeteu a decisão ao plenário do tribunal. O presidente do STF, Luiz Fux, marcou para esta quarta-feira (21) o julgamento do caso.

A defesa de Chico Rodrigues comunicou nesta terça ao STF o afastamento do parlamentar. “Entende esta defesa, com as mais respeitosas vênias, que o julgamento previsto para a sessão plenária de 21/10/2020 encontra-se prejudicado”, acrescentaram os advogados.

O dinheiro na cueca

Ao decidir pelo afastamento de Rodrigues, o ministro Luís Roberto Barroso transcreveu parte do relatório da Polícia Federal sobre a operação da semana passada. O texto descreve a apreensão de dinheiro na casa do senador, em Boa Vista (RR), e a tentativa de esconder dinheiro nas roupas íntimas.

“Efetuamos a busca no cofre situado no quarto do Sr. Pedro Rodrigues, filho do Senador, no qual não foram encontrados valores ou documentos relacionados aos fatos sob investigação. Contudo, nesse momento, o Senador Chico Rodrigues indagou ao Delegado Wedson se poderia ir ao banheiro. O Delegado Wedson respondeu que sim, mas informou que o acompanharia”, diz o relatório da PF.

“Nesta hora, o Delegado Wedson percebeu que havia um grande volume, em formato retangular, na parte traseira das vestes do Senador Chico Rodrigues, que utilizava um short azul (tipo pijama) e uma camisa amarela. Considerando o volume e seu formato, o Delegado Wedson suspeitou estar o Senador escondendo valores ou mesmo algum aparelho celular”, prossegue o documento.

O relatório diz ainda que, ao ser perguntado sobre o “volume”, Chico Rodrigues negou irregularidade. O delegado que comandava a busca e apreensão decidiu, então, fazer uma busca pessoal no senador. A ação foi filmada, mas o vídeo foi mantido em sigilo.

“Ao fazer a busca pessoal no senador Chico Rodrigues, num primeiro momento, foi encontrado no interior de sua cueca, próximo às suas nádegas, maços de dinheiro que totalizaram a quantia de R$ 15.000,00”, diz o relatório da PF.

A investigação

A investigação da Polícia Federal e da Controladoria Geral da União (CGU) apura desvios de cerca de R$ 20 milhões em emendas parlamentares destinadas para o combate à pandemia do novo coronavírus em Roraima.

Segundo a PF, um grupo criminoso formado por políticos, servidores e empresários fraudou licitações para contratar determinadas empresas pela Secretaria Estadual Saúde (Sesau) de Roraima.

A CGU identificou indícios de sobrepreço e superfaturamento nas contratações feitas pela pasta na compra de itens como Equipamentos de Proteção Individual (EPI) e testes rápidos de detecção da Covid-19.

De acordo com a investigação, há indícios de que o senador utilizou sua influência política para favorecer empresas privadas ligadas a ele durante os processos licitatórios feitos na pandemia. O esquema, segundo a PF, contou com a participação de políticos, empresários e servidores.

O que diz Chico Rodrigues

O senador tem negado todas as acusações e afirma não ter relação com nenhum ato ilícito. Em nota, o parlamentar afirmou:

“Volto a dizer, ao longo dos meus 30 anos de vida pública, tenho dedicado minha vida ao povo de Roraima e do Brasil, e seguirei firme rumo ao desenvolvimento da minha nação.”

“Acreditando na verdade, estou confiante na justiça, e digo que, logo tudo será esclarecido e provarei que nada tenho haver (sic) com qualquer ato ilícito de qualquer natureza. Acredito nas diretrizes que o grande líder e Presidente do Brasil, Jair Messias Bolsonaro, usa para gerir a nossa nação”, disse.

G1

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Devolva o Brasil para os Índios disse:

    Daqui a 121 dias já pode até ser relocado ao cargo de Vice líder, brasileiro de um modo geral sofre de amnésia coletiva

  2. olimpio disse:

    Eita país bom pra se viver, quando se é corrupto, ladrão do erário púlblico, que o diga Lula da Silva, taí soltinho zombando dos brasileiros.

  3. Mauritânea disse:

    Em respeito ao trabalhador brasileiro, suspende os salários dele tb… o povo agradece…

UTILIDADE PÚBLICA: Governo do RN amplia testagem sorológica da Covid-19 para a população em geral

Foto: Divulgação

Nesta quinta-feira (15), a Secretaria de Estado da Saúde Pública divulgou nota técnica em que amplia a testagem sorológica da Covid-19 para toda a população do Rio Grande do Norte. A partir de agora, as pessoas sintomáticas (após 14 dias do início dos sintomas) e também as que não apresentaram sintomas, podem procurar as unidades municipais de saúde para realizar a coleta.

É importante lembrar que os testes deverão ser realizados apenas em pacientes que não possuam previamente resultado positivo para detecção do vírus SARS-CoV-2 através da técnica RT-PCR.

Os kits para diagnóstico já foram distribuídos aos Laboratórios do estado: Laboratório Central de Saúde Pública (LACEN), localizado no município de Natal – atenderá aos municípios da região Metropolitana, 1ª e 3ª região de saúde; Laboratório Regional de Caicó (LAREC) – atenderá aos municípios da 4ª e 5ª região de saúde; Laboratório Regional de Mossoró (LAREM) – atenderá aos municípios da 2ª e 8ª região de saúde; e o Laboratório Regional de Pau dos Ferros (LAREPF) – atenderá aos municípios da 6ª região de saúde.

A metodologia utilizada para a detecção de anticorpos é o imunoensaio por quimioluminescência in vitro para a determinação qualitativa de anticorpos de IgM e IgG para o novo Coronavírus, sendo a Imunoglobulina M mais associada a uma exposição recente ao vírus e a Imunoglobulina G a uma exposição mais tardia.

A Sesap lembra que para a testagem de pacientes com sintomas agudos, deve ser priorizada a realização dos testes de RT-PCR, considerado padrão-ouro para diagnóstico, destinado a toda a população sintomática, indicado para ser realizado até o 7º dia de início de sintomas.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Marcelo Freitas disse:

    Isso é só conversar. Qd vc chegar lá ele não faz nada de exame do covid. Já foi uma fez e eles não fizeram nada.

  2. Jackes disse:

    O bicho tá no calcanhar, não adianta correr ele pega. Só uma dica.

  3. Gibira disse:

    E os 5 milhões?

    • Pixuleco disse:

      Apareceu GIBIRA ! Como foi a cirurgia de hemorroida . Fez a meia sola no corrugado ? Ozônio de novo !

  4. ELEITOR disse:

    Milagre eleitoral !!!

Caixa amplia até o fim do ano margem do empréstimo consignado para 35%

Foto: © Arquivo/Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Caixa Econômica Federal ampliou de 30% para até 35% a margem consignável dos empréstimos que podem ser obtidos por aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). O novo limite vale até o fim do ano, quando se encerra o período de calamidade pública em decorrência da pandemia de covid-10, tanto para novos contratos como para renovações.

De acordo com o banco, as taxas cobradas variam entre 1,34% e 1,50% por um prazo de até 84 parcelas. “Além de ampliar o percentual de comprometimento de renda destinado a empréstimos, a medida destina um percentual de até 5% do total do valor do benefício para saques ou pagamento da fatura do cartão de crédito, totalizando 40%”, informou a Caixa, em nota.

No caso de novos contratos, renovações ou portabilidade de outros bancos, é possível usar prazo de carência de até 90 dias para começar a pagar as prestações.

“O prazo do contrato original também pode ser aumentado na renovação, seja para diminuir o valor das parcelas mensais ou para aumentar o valor do crédito a receber”, acrescenta o banco, ao lembrar que aposentados e pensionistas que têm o empréstimo consignado contratado em outro banco podem solicitar a portabilidade da operação de crédito.

Com a nova margem, um beneficiado que recebe R$ 2 mil mensais pelo INSS e podia obter empréstimo de até R$ 29,6 mil, com a margem margem consignável em 30%, passa a poder contratar empréstimos de até R$ 34,5 mil, com a nova margem (35%). Para os que recebem benefício de R$ 5 mil, o valor do empréstimo passa de R$ 68,5 mil para R$ 79,9 mil.

A contratação ou renovação de empréstimo consignado pode ser feita por meio de algumas plataformas disponibilizadas pela Caixa, entre as quais a Plataforma Agora SIM; o Internet Banking; e o correspondente Caixa Aqui Negocial. A operação ´pode ser feita também dns agências da Caixa e de seus canais de autoatendimento.

Agência Brasil

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Jailson disse:

    Coitados dos aposentados.
    As aposentadorias sendo corroídas pela inflação e pelos bancos! Fumo!

  2. Antônio Soares disse:

    Distribuição de Corda pra se enforcar.
    Aumente a aposentadoria e diminua a margem do consignado.

  3. Neto disse:

    Ôôô governo bom!!

Semsur em Natal amplia horário dos Mercados Públicos

A Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur) publicou Portaria alterando o horário dos mercados públicos, Centros Comerciais e Shoppings Populares no período de pandemia da capital. Os mercados já estão funcionando das 07 às 17h, exceto domingos e feriados, quando o horário segue até meio-dia. O Mercado de Petrópolis terá horário diferenciado, das 08h às 17h e nos domingos e feriados, das 08h às 13h.

A ampliação do horário ocorre levando em consideração os dados mais recentes sobre a incidência da Covid-19 na cidade do Natal, bem como as ações de retomada das atividades comerciais. Anteriormente, os equipamentos estavam funcionando das 07h às 14h. A portaria também determina que a comercialização e o consumo de bebidas alcoólicas no recinto dos mercados públicos deverá ser iniciada a partir das 09 horas até uma hora antes do encerramento das atividades comerciais, independentemente do dia da semana.

Apesar do aumento do horário de atendimento nos mercados públicos, a Semsur destaca que os estabelecimentos deverão seguir com todos protocolos de segurança e orienta a população para a continuidade do uso de máscaras, higienização das mão e manutenção do distanciamento social.

Parque das Dunas amplia horário na segunda fase da reabertura; confira

 Foto: Anna Alyne Cunha/Inter TV Cabugi

O Parque Estadual Dunas do Natal “Jornalista Luiz Maria Alves” iniciará a segunda fase da reabertura gradual nesta quinta-feira (17). O Parque passará a abrir mais cedo, às 6h, com maior público e retomada da utilização de espaços. A reabertura das atividades da Unidade de Conservação tem acontecido de maneira gradual, por meio de três fases, de acordo com o planejamento da administração do Parque junto à diretoria do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente – Idema. A Portaria Conjunta N° 020/2020, regulamentando a reabertura foi publicada dia 25 de agosto no Diário Oficial do Estado (DOE).

A segunda etapa da reabertura conta com o retorno dos visitantes não cadastrados. Além dos 225 coopistas diários autorizados na primeira fase, o Parque passa a autorizar a entrada de 300 visitantes durante dias úteis e 500 aos fins de semana. Serão liberados espaços de convivência, brinquedos, quadra e trilhas interpretativas, além da pista de cooper, setor administrativo e auditório, abertos anteriormente.

O visitante do Parque das Dunas poderá também retomar a participação nas trilhas interpretativas. Serão duas por dia, com no máximo 10 pessoas por trilha. O número de trilhas e participantes foi reduzido para atender as demandas de distanciamento social. O agendamento segue sento feito pelo e-mail: parqueestadualdasdunasrn@gmail.com.

Segundo a gestora do Parque das Dunas, Mary Sorage, o planejamento elaborado tem seguido dentro da normalidade. “Depois dos primeiros 15 dias de reabertura e após análise dos índices de transmissibilidade e da taxa de contágio da Covid-19, entendemos que é possível seguir avançando com o protocolo de reabertura da Unidade de Conservação. A população tem contribuído para a boa organização e uso do Parque”, afirma.

Embora os espaços de convivência façam parte da segunda fase da reabertura, não são permitidos aniversários, piqueniques, comemorações e confraternizações. O distanciamento também deve ser respeitado, mantendo-se uma distância de 4 metros na pista de cooper e 1,5 metro+ nos demais espaços.

Fase 2

Dias da semana: segunda (exclusivo coopista/manutenção). Terça a domingo

Horário: 6h às 17h

Espaços liberados: Pista de cooper, setor administrativo, Área de piquenique, Brinquedos, quadra, Trilhas interpretativas

Quantidade de pessoas: segunda-feira: 225 coopistas por vez; Terça a sexta: 225 coopistas por vez + 300 visitantes/dia. Sábado e domingo: 225 coopistas + 500 visitantes/dia (50% do percentual normal)

Regras de Uso:

– Uso obrigatório de máscara.

– Higienizar as mãos ao entrar no Parque.

– Verificar a temperatura corporal na entrada (igual/abaixo de 37.8° C).

– Distanciamento mínimo: 4 m (pista de cooper) e 1,5m nas demais áreas.

– Controle de entrada: Fichas Numeradas.

– Bebedouros interditados.

– Portar a sua garrafinha individual com água.

– Proibida a entrada com alimentos.

– Proibido aglomerações.

– Estacionamento interditado (exclusivo para funcionários).

– Proibido aniversários/confraternizações/comemorações.

– Doações de mudas suspensas.

– Trilhas Interpretativas: 2 trilhas/dia (50% do percentual normal). Máximo: 10 pessoas por trilha (40% do percentual normal) + orientador turístico + policial (agendamento através do e-mail: parqueestadualdasdunasrn@gmail.com)

– Proibido usar os seguintes espaços: Oficina de Educação Ambiental e Artes, Folha das Artes e Anfiteatro.

UFRN amplia número de bolsas concedidas pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)

Foto: Divulgação

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) registrou um aumento no número de bolsas de Iniciação Científica concedidas pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) em 2020. Em comparação ao ano de 2019, a Instituição teve uma ampliação em 6% no número de bolsas de Iniciação Científica (IC) ofertadas em 2020. O destaque ficou para os campi do interior e da área de Humanas.

A pró-reitora adjunta de Pesquisa, Elaine Gavioli, destacou que no último processo seletivo foi visto um aumento de bolsas para docentes da área de Humanas e dos Campi do interior. O Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA) aumentou em 16% o número de cotas de bolsas IC, passando de 158 em 2019 para 183 em 2020. Já o Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA), incrementou em 12% o número de cotas em 2020, subindo de 67 para 75.

A Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi (Facisa) em 2019 contou com 45 cotas de bolsas IC, enquanto que em 2020 esse número subiu para 56, o que configura uma elevação de 25%. No entanto, a unidade acadêmica que mais se destacou foi o Centro de Ensino Superior do Seridó (Ceres), com incremento de 34% no número de cotas IC, passando de 33 em 2019 para 44 cotas em 2020.

“O crescimento no número de bolsas de iniciação científica para os campi do interior e humanidades revela a qualidade da pesquisa realizada pelos docentes dessas unidades, que se traduz em produção científica de relevância, credenciamento de docentes na pós-graduação e aumento no número de bolsistas produtividade em pesquisa nessas unidades”, coloca Elaine Gavioli.

Vale destacar ainda que o CCHLA, CCSA, Ceres e Facisa tiveram excelente desempenho no Edital de Produtividade do CNPq em 2019. Pela primeira vez, docentes do Ceres e Facisa foram contemplados no edital produtividade em pesquisa do CNPq. Observou-se, ainda, um incremento no número de bolsistas produtividade no CCHLA em 38%, passando de 13 para 18 docentes, enquanto que o CCSA aumentou em 150%, ou seja, subiu de 2 para 5 bolsistas CNPq em 2020. As bolsas Produtividade são concedidas pelo CNPq para pesquisadores considerados de excelência pelos seus pares.

Na semana passada, o CNPq divulgou o resultado do pedido de reconsideração do Edital N° 14/2020-PIBIC ações afirmativas (PIBIC-Af), cujo edital é voltado para a inclusão de grupos historicamente excluídos da pesquisa. A UFRN era inicialmente contemplada com seis cotas, após deferimento da solicitação de reconsideração, teve esse número aumentado para 10 cotas. Visando estimular o programa institucional de ações afirmativas, a UFRN ofertou como contrapartida mais 10 cotas.

Recentemente, a Instituição havia sido contemplada 450 cotas de bolsas PIBIC/CNPq e 20 PIBITI/CNPq, totalizando 57 cotas a mais do que no último pleito efetuado junto ao CNPq. As cotas adicionais de bolsas PIBIC/CNPq foram distribuídas de acordo com as regras do Edital N° 05/2020 – Propesq e incrementaram em 6% o número de bolsas de Iniciação Científica (IC) ofertadas em 2020 em comparação com 2019.

O edital N° 05/2020-PROPESQ levou em consideração a avaliação do Curriculum vitae do docente, a partir do Índice de Produtividade Individual (IPI). Foram também considerados critérios de prioridade para a concessão das cotas: ser docente produtividade do CNPq, e ser orientador credenciado em programa de pós-graduação com elevado conceito pela CAPES. Em 2019, foram empregados como critérios de avaliação o IPI do docente (peso 6,0) e o mérito científico do projeto (peso 4,0).

UFRN

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. João Macena disse:

    Perfeito o seu comentário, caro Deco. João Macena.

  2. Deco disse:

    Cadê aquela choradeira??? "Wentraube cortou verbas da educação.: buá, buá, ..piriri, pororó, valha- me Deus ….etc etc…
    Agora fala aí dep. Tábata, Natália Bonavides, Rafael Mota e todos aqueles professores, estudante, Une, UBes hipócritas?

Natal amplia rede de leitos no Hospital dos Pescadores para internação de pacientes clínicos não Covid-19

Foto: Joana Lima

Até o final desta semana, o Hospital dos Pescadores (Hospec) passa a ser referência em Natal para internação de pacientes clínicos não Covid-19. A Secretaria Municipal de Saúde de Natal (SMS-Natal) reforça, contudo, que seu pronto socorro continua funcionando 24 horas com demanda aberta para a população.

Na tarde desta segunda-feira (13), o prefeito de Natal, Álvaro Dias, participou do acolhimento aos profissionais de saúde que irão trabalhar no hospital. “A prioridade da Prefeitura continuará sendo a saúde. Temos dois hospitais para receber pacientes com Covid-19: o Hospital Municipal e o Hospital de Campanha, na Via Costeira. Agora, vamos contar também com um hospital para casos não Covid-19”, disse Álvaro Dias.

O Município estruturou, reformou e ampliou o Hospec, que passa a contar com 31 leitos clínicos. “As UPAs não foram concebidas para internar pacientes. Os pacientes que procuram as UPAs necessitando de internação, mesmo com quadro estabilizado, são regulados para um hospital. Hoje, percebemos que está havendo falta de leitos não Covid-19 nos hospitais públicos de Natal. Então, nos preparamos e estruturamos o Hospital dos Pescadores para essas internações”, explica George Antunes, secretário de Saúde de Natal.

O médico Giordano Bruno, diretor do Hospec, agradeceu o apoio e a confiança da SMS Natal e do prefeito de Natal. “Vamos tratar os pacientes como se fossem nossas famílias. Aqui, será prestado um serviço de excelência”, assegurou.

Videomonitoramento da Sesed amplia cobertura da orla de Natal

Foto: Divulgação

A Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) está ampliando o sistema de videomonitoramento ao longo de toda orla de Natal. O percurso contará com câmeras integradas, 24 horas por dia, ao Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp). A melhoria no monitoramento faz parte do projeto Governo Cidadão (uma parceria entre o Governo do Estado e o Banco Mundial) e foi realizada por meio de um investimento de R$ 6,9 milhões.

A ação do Governo do Estado aprimora e moderniza o sistema de segurança como enfatiza o secretário de Segurança, Coronel Francisco Araújo. “O videomonitoramento é uma ferramenta de fundamental importância ao sistema de segurança pública porque traz mais agilidade no tempo de respostas das ocorrências policiais. Pelas câmeras do Ciosp conseguimos chegar ao local da ocorrência com mais precisão, de uma maneira mais rápida”, apontou.

De acordo com o diretor do Ciosp, Tenente-Coronel Kleber Macedo, a implementação do sistema de videomonitoramento, no atual momento de pandemia do coronavírus, será fundamental para a manutenção dos decretos publicados pelo Governo do Estado. “As câmeras irão auxiliar no cumprimento ao decreto estadual, seja para evitar aglomerações, monitorar e fiscalizar o funcionamento do comércio, além da atuação direta nas ações de segurança pública”, disse.

O Secretário de Gestão de Projetos e Metas e coordenador do Projeto Governo Cidadão, Fernando Mineiro, ressalta que o investimento por meio do Banco Mundial aprimora as ações do Governo na área de segurança pública. “O foco central é potencializar e integrar as ações na área através da modernização das ferramentas de ação”.

Ao todo, o projeto prevê a instalação de 140 câmeras do tipo PTZ que realizam movimentação em 360 graus. Os equipamentos estão sendo colocados nas praias urbanas de Natal, em um percurso que tem início na praia de Ponta Negra, passando pela Via Costeira, Ponte Newton Navarro, até a praia da Redinha. Além dessas câmeras, o sistema contará com 44 câmeras em 22 portais para detecção e fiscalização de placas de veículos, totalizando 184 câmeras no trajeto. Atualmente, o percurso já conta com 64 câmeras em completo funcionamento, 30 pontos já instalados que aguardam ligação de energia, e o restante das câmeras em fase de instalação.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Morais disse:

    Quantas em funcionamento na ZN?

Decreto Municipal amplia atividades permitidas em Natal; veja o que abre

Fotos: Alex Régis

A Prefeitura do Natal editou nesta quarta-feira (8) um novo decreto sobre o processo de retomada das atividades na capital potiguar. O Município levou em consideração a baixa taxa de transmissibilidade do coronavírus, a tendência de queda na solicitação de leitos críticos para Covid e o parecer do Comitê Científico de Natal que orienta o enfrentamento da pandemia. As medidas foram publicadas no Diário Oficial do Município (DOM).

Nesta nova fase, estão liberadas as atividades religiosas. Igrejas e templos, por exemplo, podem abrir suas portas, desde que regulem a presença simultânea de até 20 pessoas no local, com distanciamento de 1,5 metro entre os fiéis e atendimentos individualizados marcados previamente. Além disso, caberá à administração da igreja ou templo religioso a higienização do local e o controle de acesso de pessoas, sendo proibido o acesso ou permanência de pessoas no local sem a utilização de máscara de proteção e prévia higienização das mãos com álcool 70º INPM – que deverá ser disponibilizado na porta de acesso e em locais de circulação de pessoas, entre outros.

Também estão liberados serviços de alimentação de até 300m² (restaurantes, lanchonetes e food parks), bem como estabelecimentos com até 600 m² e com “porta para a rua” de ramos como: comércio de móveis, eletrodomésticos e colchões; lojas de departamento e magazines não localizados dentro de shopping centers ou centros comerciais; agências de turismo; comércio de calçados; comércio de brinquedos, artigos esportivos e de caça e pesca; comércio de instrumentos musicais e acessórios; de equipamentos de áudio e vídeo; de eletrônicos/informática; de equipamentos de telefonia e comunicação; joalherias, relojoarias, bijuterias e artesanatos, além de comércio de cosméticos e perfumaria.

No entanto, além do protocolo geral, os estabelecimentos e serviços autorizados a funcionar deverão cumprir protocolos específicos, sob pena de interdição. Dentre as exigências publicadas no DOM destaca-se que a área da loja de até 600 m² deve ter porta para rua e lotação máxima de uma pessoa por 5 m² como padrão mínimo (supermercados obedecem ao protocolo da Abras, em qualquer das fases ou frações). A entrada de clientes só deve ser liberada se estiverem usando máscaras e as medidas de higiene devem ser observadas. A Guarda Municipal e a Semurb farão a fiscalização e observarão inconformidades.

Os serviços de alimentação precisam ficar atentos às normas do Decreto. No caso de food parks, os estabelecimentos não podem ultrapassar 300 m² e precisam funcionar em ambientes abertos, com no máximo de quatro pessoas por mesa, distância mínima de 2 metros, entre as mesas e de 1 metro entre pessoas. Está proibida a venda e consumo de bebida alcoólica e todos devem ter temperatura aferida e usar máscaras. O cliente só pode retirar a máscara para as refeições. Está liberada música ao vivo que envolva no máximo um(a) cantor(a) e um músico, este último com o uso de máscara, vedada a interação do público.

Para os serviços de alimentação em sistema de self-service, o restaurante deve delimitar a área de fila, impedindo que o cliente possa se aproximar do buffet sem antes ter passado pelo processo de higienização das mãos. Além das medidas protocolares de higienização, os alimentos no buffet devem ser cobertos com protetores salivares com fechamento traseiro e lateral.

Shoppings

O Decreto autoriza o funcionamento dos shopping centers no âmbito do Município do Natal, mas unicamente para vendas por meio eletrônico ou telefone, com entrega do produto e pagamento em guichê localizado na área de estacionamento. O acesso dos clientes deverá ser permitido unicamente em veículos automotores com todos os ocupantes utilizando máscara de proteção, sendo proibido o desembarque do condutor ou dos demais ocupantes do veículo, bem como o ingresso a pé no estabelecimento.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Nordestino disse:

    Faz tempo que as lojas do Shoping vendem por delivery e entrega no estacionamento, acho que só o PREFEITO não sabia ainda …

Espanha amplia relaxamento e quer volta de turistas em julho

Foto: © Reuters/Juan Medina/Direitos Reservados

A Espanha dá novos passos para sair de um dos confinamentos mais rigorosos da Europa nesta segunda-feira (25), com mais trânsito na ruas de suas duas principais cidades, a volta às aulas em algumas comunidades e o apelo do governo pelo retorno dos turistas estrangeiros, uma das principais fontes de renda do país.

O segundo país mais visitado do mundo fechou as portas e as praias em meados de março para enfrentar a pandemia de covid-19, mas o pior já passou, e prevê revogar em questão de semanas o isolamento de 14 dias que impõe aos recém-chegado do exterior, o que coincidirá com a livre circulação dos espanhóis por todo o território assim que o estado de alarme for suspenso.

“É coerente ir planejando as férias para vir à Espanha em julho”, disse a ministra do Turismo, Reyes Maroto, em entrevista à Rádio Onda Cero, repetindo a mensagem divulgada no fim de semana pelo primeiro-ministro, Pedro Sánchez, com o objetivo de salvar a temporada de verão de um setor que normalmente atrai 80 milhões de visitantes por ano.

A vida regressa às ruas da capital Madri, muito afetada pela crise sanitária, e é possível entrar no Parque del Retiro pela primeira vez em mais de dois meses, enquanto alguns terraços de bares e restaurantes voltam a subir a persiana.

“É ótimo, já estava com vontade. E meu cachorro também”, disse Anna Pardo enquanto caminhava sob o sol com seu animal de estimação pelo Retiro.

Passeando, fazendo exercícios e conversando, os madrilenhos cruzam as avenidas sombreadas do parque ou param para contemplar seu pequeno lago, no qual faltam os botes de remo de passeio habituais.

Nas ruas se vê um tráfego maior nesta segunda-feira. Embora agora os bares e restaurantes possam abrir seus espaços exteriores com metade da capacidade, poucos terraços voltaram a abrir de manhã em Madri – seus donos mediam a rentabilidade do negócio, atendendo somente alguns poucos clientes.

Embora a maioria dos alunos continue em casa estudando pela internet, alguns colégios do País Basco reabriram.

A Espanha registrou 235.772 casos e 28.752 mortes por covid-19 até agora. A taxa de contágio parece sob controle, e o número diário de mortes estava abaixo de 100 na última semana.

Os convites de Sánchez e Maroto aos turistas nacionais e estrangeiros deram um impulso forte de 14% às ações de grupos como a Meliá, rede hoteleira, uma das ações mais afetadas pela pandemia.

A metade do país, incluindo os arquipélagos turísticos das Canárias e Baleares, já se encontra na chamada fase 2, em que as restrições de movimento e comércio são ainda mais flexibilizadas.

Agência Brasil

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Soraya disse:

    Eles têm um Presidente de verdade, aqui estamos ferrados .

    • Minion de Peixeira disse:

      A Espanha é uma monarquia. Huehuehue!

    • Netto disse:

      Aqui temos os nossos governadores, juízes e prefeitos. O STF disse que o Planalto não manda em nada.

    • Cesar Bomone disse:

      COMO É ???.
      A Espanha com uma população que é apenas um quinto da população brasileira tiveram em torno de 30.000 mortes.
      É cada besteira que se diz, essa turma da ESQUERDA consegue distocer a realidade de um jeito que beira a ignorância.

Bolsonaro amplia lista de atividades consideradas essenciais na pandemia do coronavírus

O presidente da República, Jair Bolsonaro, decretou a ampliação da lista de serviços e atividades considerados essenciais em meio à pandemia do coronavírus. A mudança foi publicada no “Diário Oficial da União” (DOU) desta quarta-feira (29) e já está em vigor.

Ao serem classificados como essenciais, as atividades e serviços podem continuar em operação mesmo durante restrição ou quarentena em razão do vírus.

Passam a ser considerados essenciais, segundo o decreto:

serviços de comercialização, reparo e manutenção de partes e peças novas e usadas e de pneumáticos novos e remoldados;

serviços de radiodifusão de sons e imagens;

atividades de desenvolvimento de produtos e serviços, incluídas aquelas realizadas por meio de start-ups;

atividades de comércio de bens e serviços, incluídas aquelas de alimentação, repouso, limpeza, higiene, comercialização, manutenção e assistência técnica automotivas, de conveniência e congêneres, destinadas a assegurar o transporte e as atividades logísticas de todos os tipos de carga e de pessoas em rodovias e estradas;

atividades de processamento do benefício do seguro-desemprego e de outros benefícios relacionados, por meio de atendimento presencial ou eletrônico, obedecidas as determinações do Ministério da Saúde e dos órgãos responsáveis pela segurança e pela saúde do trabalho;

atividade de locação de veículos;

atividades de produção, distribuição, comercialização, manutenção, reposição, assistência técnica, monitoramento e inspeção de equipamentos de infraestrutura, instalações, máquinas e equipamentos em geral, incluídos elevadores, escadas rolantes e equipamentos de refrigeração e climatização;

atividades de produção, exportação, importação e transporte de insumos e produtos químicos, petroquímicos e plásticos em geral;

atividades cujo processo produtivo não possa ser interrompido sob pena de dano irreparável das instalações e dos equipamentos, tais como o processo siderúrgico e as cadeias de produção do alumínio, da cerâmica e do vidro;

atividades de lavra, beneficiamento, produção, comercialização, escoamento e suprimento de bens minerais;

atividades de atendimento ao público em agências bancárias, cooperativas de crédito ou estabelecimentos congêneres, referentes aos programas governamentais ou privados destinados a mitigar as consequências econômicas da emergência de saúde pública;

produção, transporte e distribuição de gás natural;

indústrias químicas e petroquímicas de matérias-primas ou produtos de saúde, higiene, alimentos e bebidas.

Segundo o decreto, o rol de atividades essenciais acrescido pelo texto “foi objeto de discussão e avaliação multidisciplinar por colegiado composto por representantes das áreas da vigilância sanitária, da saúde, do abastecimento de produtos alimentícios e de logística”.

Estados e municípios

No decreto, Bolsonaro fixa que o texto “não afasta a competência ou a tomada de providências normativas e administrativas pelos Estados, pelo Distrito Federal ou pelos Municípios, no âmbito de suas competências e de seus respectivos territórios”.

O decreto já leva em consideração decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), do dia 15 de abril, segundo a qual estados e municípios têm o poder de estabelecer políticas de saúde, inclusive questões de quarentena e a classificação dos serviços essenciais.

O texto publicado nesta quarta-feira altera o decreto editado por Bolsonaro em 20 de março e que trouxe a primeira definição dos serviços e atividades considerados essenciais. Desde então, essa lista vem aumentando e, pela norma em vigor, já conta com mais de 50 itens.

G1

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Eduardo disse:

    Se tu pode ficar em casa fica.
    Mais se não pode meu amigo, vamos trabalhar, afinal quem fica em casa é doente, rico ou precioso.
    Porque quem precisa pagar as contas e tem seu emprego ainda quer mais é voltar a trabalhar mesmo bando de hipócritas, Maria vai com as outras.

  2. Cidadão Indignado disse:

    Esse cara sofre, com força, das faculdades mentais! O Brasil está perdido! De um lado um bando de ladrões, do outro um bando de loucos!

  3. Arthur Fonseca disse:

    Ora, se o doido disse que não ta nem ai pra quem ta morrendo, apenas lamenta, ele vai ligar para abrir o comércio, diz ainda, que é MESSIAS, mas, não faz milagre, realmente não faz, pois já tentou de todas as formas fazer para salvar os filhos e não conseguiu. #FIQUEEMCASA

    • Cidadão Indignado disse:

      Esse cara é um desequilibrado total! Sem a menor condição de administrar nada! De um lado um bando de ladrões, do outro, um bando de loucos! Estamos perdidos!

Brasil amplia por 30 dias proibição de entrada de estrangeiros

FOTO: MISTER SHADOW/ASI/ESTADÃO CONTEÚDO

O governo federal editou nova portaria com restrições para entrada de estrangeiros no Brasil provenientes de alguns países. A Portaria nº 203, publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (28), proíbe por 30 dias a entrada, por via aérea, de estrangeiros provenientes da China, União Europeia, Islândia, Noruega, Suíça, Grã-Bretanha, Irlanda do Norte, Austrália, Irã, Japão, Malásia e Coreia.

A restrição leva em conta recomendação da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) por motivos sanitários relacionados aos riscos de contaminação e disseminação do novo coronavírus.

A restrição não se aplica a:

– brasileiro, nato ou naturalizado;

– imigrante com residência de caráter definitivo, por prazo determinado ou indeterminado, no território brasileiro;

– profissional estrangeiro em missão a serviço de organismo internacional, desde que devidamente identificado;

– funcionário estrangeiro acreditado junto ao Governo brasileiro;

– estrangeiro: cônjuge, companheiro, filho, pai ou curador de brasileiro; cujo ingresso seja autorizado especificamente pelo Governo brasileiro em vista do interesse público; e portador de Registro Nacional Migratório;

– transporte de cargas;

– passageiro em trânsito internacional, procedente ou não dos países a que se refere o artigo 2º, desde que não saia da área internacional do aeroporto;

– pouso técnico para reabastecer, quando não houver necessidade de desembarque de passageiros das nacionalidades com restrição; e

– passageiro com destino à República Federativa do Brasil que tenha realizado conexão nos países a que se refere o art. 2º da Portaria

A proibição não impede o ingresso e a permanência da tripulação e dos funcionários das empresas aéreas no país para fins operacionais, ainda que estrangeira. Além disso, excepcionalmente, o estrangeiro que estiver em um dos países de fronteira terrestre e precisar atravessá-la para embarcar em voo de retorno a seu país de residência poderá ingressar no Brasil com autorização da Polícia Federal, desde que se dirija diretamente ao aeroporto, haja demanda oficial da embaixada ou do consulado desses países e sejam apresentados os bilhetes aéreos correspondentes.

R7

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Jorge disse:

    Não entendo o porquê dos EUA não figurar na lista com tantos infectados.
    Isso chega a ser burrice

    • De olho👀 disse:

      Enquanto o Bozo abre as pernas Trump vai suspender os voos entre USA e Brasil. Mas com a crise da covid acho que ninguém de lá quer vir por aqui.

AGN amplia crédito e carência para profissionais da cadeia turística no RN

Novos limites para o setor estão disponíveis a partir desta segunda (27) e têm validade para financiamentos contratados na Agência de Fomento do RN até 30 de junho de 2020. Foto: Divulgação.

Em menos de um mês de decretada pandemia global em razão do novo coronavírus (COVID-19), a indústria do turismo no Brasil perdeu cerca de R$ 14 bilhões e tem afetado hotéis, pousadas, restaurantes e, claro, profissionais autônomos formais e informais que atuam no setor, como guias turísticos, bugueiros, balseiros, dentre outros. Diante deste cenário preocupante, a Agência de Fomento do RN (AGN-RN) criou condições especiais de crédito para profissionais do setor.

Os profissionais formalizados, ou seja, que possuem registro como Microempreendedor Individual e estiverem inseridos no Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos do Mtur (Cadastur) terão acesso ao programa Microcrédito do Empreendedor Potiguar com direito a crédito de até R$ 12 mil e uma carência de até seis meses para realizar o pagamento. O cadastro é gratuito e pode ser realizado no endereço eletrônico www.cadastur.turismo.gov.br. A homologação do registro é feita em até cinco dias úteis.

Já os profissionais que atuam no setor de maneira informal, passarão a ser beneficiados com um novo limite de crédito e uma carência ampliada dentro do programa. Antes com valores de financiamento de até R$ 3 mil e carência de três meses, o limite passou até R$ 6 mil e a carência ampliada para seis meses. Esses profissionais precisarão comprovar a atuação no segmento.

Para a diretora-presidente da AGN-RN, Márcia Maia, a decisão por ampliar a carência, além dos valores do financiamento, se deve ao ritmo mais lento que a atividade turística deverá ter no processo de retomada em relação a outros setores da economia e a necessidade de capital de giro para manutenção dos profissionais e do próprio negócio.

“O setor do turismo envolve dezenas de atividades diferentes numa cadeia dinâmica, responsável por distribuir renda, gerar empregos e que, sem dúvida, é uma das mais impactadas pela pandemia global em função do novo coronavírus. Por isso, temos buscado alternativas diversas através de medidas que minimizem esse impacto sobre os empreendedores e possam auxiliar na preservação dos empregos no setor”, afirmou a diretora-presidente.

As condições exclusivas para profissionais com atividades ligadas diretamente à cadeia da atividade turística estão disponíveis a partir desta segunda-feira e são válidas para contratos de financiamento assinados até 30 de junho de 2020.

O prazo para quitação das parcelas é de 12 meses para informais e de 24 meses para os profissionais formalizados. A taxa de juros varia de 1,5% a 1,7% ao mês a depender da natureza do financiamento. O cliente que efetuar o pagamento em dia terá um bônus de adimplência, ou seja, os juros serão subsidiados pela própria Agência e não serão cobrados.

Para mais detalhes sobre as condições de financiamento, o interessado deve entrar em contato pelo telefone 84 3232-6106 ou enviar mensagem por Whatsapp para 84 99607-1360. É possível também obter informações através do email micro@agnrn.com.br ou no site www.agnrn.com.br.

Fungetur

Além das duas novas estratégias, já está disponível para contratação por micro, pequenas e médias empresas, a linha Pró-Turismo. A nova linha dispõe de crédito competitivo como forma de gerar renda, aumentar e preservar a oferta de empregos. Para ter acesso aos recursos, as empresas precisam estar legalmente constituídas e estabelecidas no setor turístico, além de possuírem registro no Cadastur. O novo instrumento é operado com recursos do Fundo Geral do Turismo (Fungetur), ligado ao Ministério do Turismo.

“Temos uma forte parceira na execução destas iniciativas que é a Secretaria de Turismo do RN e a secretária Ana Maria Costa. Nós estamos num diálogo permanente entre as instituições e o setor produtivo, inclusive com a participação da governadora Fátima Bezerra, para encontrar soluções e alternativas para colaborar e reduzir o impacto desta crise mundial no setor e na vida dos potiguares”, concluiu Márcia Maia.

Antes, a AGN já havia anunciado, a ampliação da margem de financiamento para microempreendedores individuais (MEIs), a possibilidade de pausa na cobrança de financiamentos ativos e adimplentes, ampliação da carência para novos financiamentos, novas linhas de crédito, novos canais de atendimento, dentre outras medidas.

Confira canais de atendimento:

Microcrédito formal e informal

84 3232-6106/99607-1360
micro@agnrn.com.br

Agricultura familiar, CredMei, Pró-Cultura e ProTurismo (Fungetur)

84 99136-1897/99640-0700
gerop@agnrn.com.br

Boletos e prorrogação de prazo

84 99914-7837/99426-0579
boleto@agnrn.com.br

Ouvidoria

0800-281-4204
ouvidoria@agnrn.com.br

AGN amplia limite de financiamento para R$ 12 mil a microempreendedores

FOTO: ALAN VASCONCELOS/AGN

Em meio à crise econômica provocada pela pandemia do novo coronavírus (COVID-19), a Agência de Fomento do Rio Grande do Norte (AGN) decidiu ampliar a margem de financiamento para microempreendedores individuais (MEIs) com negócios ativos no Estado. O valor que antes era de até R$ 6 mil poderá chegar até R$ 12 mil, a depender da capacidade de pagamento do contratante.

O novo limite estará disponível por 90 dias a partir desta segunda-feira (13) e valerá para financiamentos contratados até o dia 13 de julho de 2020. Os juros variam entre 1,5% e 1,7% ao mês. O diferencial nas contratações junto a AGN é que, caso o contratante mantenha o pagamento das parcelas em dia, os juros são subsidiados, ou seja, as mensalidades do financiamento passam a não ter juros. Além da carência de 90 dias, o prazo para quitação é de 24 meses.

Para contratar o financiamento, o interessado passa por um processo de análise de crédito e, se aprovado, recebe os recursos contratados por meio de operação financeira de crédito para investir de forma sustentável em seu empreendimento. O comércio é o setor com o maior número de contratações de crédito, sendo o ramo de alimentos, comércio varejista e prestadores de serviços entre os principais.

A decisão de ampliar o limite e as demais medidas de contingência em apoio aos empreendedores e à economia partiram da diretoria executiva da AGN-RN após identificar as necessidades do setor produtivo através do diálogo permanente

Para Márcia Maia, diretora-presidente da Agência, a ampliação do limite para os microempreendedores formalizados será de extrema importância para a manutenção de seus respectivos negócios e até mesmo de empregos durante a pandemia, especialmente com garantia de capital de giro oferecido pela instituição diante da redução da atividade econômica no estado.

“A Agência de Fomento tem uma função importante no apoio à economia do Rio Grande do Norte e, mais do que isso, ao empreendedor potiguar. Por isso, sob recomendação da governadora Fátima Bezerra, temos buscado alternativas para tentar diminuir os impactos desta pandemia sobre os empreendedores do estado”, afirma a diretora-presidente.

Para obter informações sobre o programa Microcrédito, o empreendedor pode entrar em contato de segunda à sexta, das 8h às 16h, através do telefone 3232-6106 ou por mensagem no Whatsapp através do número 84 99607-1360. O interessado também pode encaminhar email para o endereço micro@agnrn.com.br.

Em função do decreto governamental que disciplina o atendimento na administração direta e indireta do estado, o atendimento presencial para casos excepcionais ou assinatura do contrato de financiamento se dará exclusivamente por agendamento realizado pelos agentes de crédito.

Confira canais de atendimento:

Microcrédito formal e informal:
84 3232-6106 ou 84 99607-1360 (Whatsapp)
E-mail: micro@agnrn.com.br
Site: www.agnrn.com.br

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Antônio disse:

    fora bando de baba ovo do PINTO PEQUENO DO BOSTANARO….O CARA LEVOU TANTO CHIFRE QUE FICOU MAIS DOIDO AINDA….AH PRESIDENTE BOSTINHA…..

  2. Higino disse:

    Empréstimos do governo comunista popular do pt com juros de 1,7 ao mês, o que termina em 25% ao ano, já o do facistas bostonaro e outros adjetivos rasteiros é de apenas 3,7% ao ano. Conclusão: qual tipo de governo ajuda a população e as micro empresas?