Em nota sobre greve, SMS em Natal diz que se comprometeu em pagar gratificações e espera decisão de categorias

A Prefeitura do Natal, em nota divulgada em seu site nesta quarta-feira(18), informa que o prefeito Álvaro Dias recebeu nessa terça-feira (17) uma comissão da área de Saúde para negociar o encerramento da greve deflagrada por algumas categorias do setor.

Na reunião, a Prefeitura diz que se comprometeu em pagar as gratificações dos servidores recentemente concursados, referentes ao Edital 001/2018; e que serão integrados ao Plano da Saúde, conforme a Lei Municipal Nº 120/2010, a partir da folha do mês de fevereiro de 2020.

“Agora, a proposta segue para apresentação e votação nas assembleias das devidas categorias. Por ter aceitado atender à pauta apresentada, a Secretaria manifesta sua confiança pelo encerramento imediato da paralisação”, encerrou a nota.

Secretaria de Saúde de Natal – SMS

Juiz aponta ilegalidade, suspende contrato emergencial de R$ 7 milhões na SMS e determina retorno de empresa dispensada

O juiz Luiz Alberto Dantas Filho, da 5ª Vara de Fazenda Pública de Natal, determinou em decisão liminar a suspensão de todos os atos que resultaram na contratação emergencial, por R$ 7 milhões, da empresa PJ Refeições pela Secretaria Municipal de Saúde.

O magistrado também determinou que o contrato anterior, com a Refine, seja restabelecido, com a empresa retornando à condição de fornecedora de alimentação das unidades de saúde de Natal.

O contrato e seus desdobramentos foram antecipados com exclusividade pelo Blog do BG. O magistrado apontou o risco de estar em curso uma ilicitude.

“vislumbro a possibilidade de ao final, no julgamento da ação, ficar caracterizado algum tipo de ilicitude, tanto na rescisão unilateral do contrato perpetrado pelo Município, como na contratação emergencial, com dispensa de licitação, da nova empresa a fim de continuar executando os mesmos serviços da empresa dispensada”, anotou Dantas Filho.

O magistrado questionou em sua decisão as circunstâncias e valores envolvidos. Além de constatar a quebra abrupta do contrato com a Refine, de R$ 3,3 milhões e que termina em março de 2020, o juiz observou que, por outro lado, a PJ foi contratada de maneira emergencial, sem licitação, por R$ 7 milhões.

Para ele, os valores discrepantes podem levar à administração pública a ter prejuízo.

“O mais adequado, neste instante, seria a gestão Municipal concluir os três meses restantes do contrato de prestação de serviços relativos ao fornecimento de refeições e lanches para atender às unidades da Secretaria de Saúde de Natal, e o interregno diligenciar providenciando a correspondente licitação pública, assegurando plena igualdade de condições a todos os concorrentes interessados no tipo específico do serviço de fornecimento de alimentação”, escreveu o magistrado em sua decisão.

Dantas Filho ainda determinou que a Procuradoria Geral do Município e a Secretaria de Saúde sejam imediatamente notificados para dar cumprimento à decisão no prazo de cinco dias.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Gregorio disse:

    Parabéns ao MP, sempre atento aos direitos da população.

Prefeitura publica polêmico contrato de R$ 7 milhões de alimentação da SMS no Diário Oficial desta terça, mas com data de 29 de outubro

Fotos: Reprodução/Diário Oficial do Município (página 5)

O polêmico contrato emergencial da Secretaria Municipal de Saúde de Natal para o fornecimento de alimentação no valor de R$ 7 milhões com a PJ Refeições foi publicado no Diário Oficial do Município desta terça-feira, 3, porém com data de 29 de outubro de 2019, o que mostra que teria sido feito às pressas, após o caso ter levantado suspeitas.

O erro de data foi mais um que a Prefeitura de Natal cometeu na realização da contratação, segundo matérias divulgadas no Blog do BG.

O caso inclusive motiva apuração do Tribunal de Contas do Estado que investiga suposto favorecimento a empresa vencedora da contratação emergencial que terá validade de 180 dias. O que se sabe é que a polêmica ainda está longe de acabar.

Contrato emergencial de R$ 7 milhões: SMS atestou que empresa com a qual rompeu contrato tinha melhor preço do mercado

A Secretaria Municipal de Saúde de Natal constatou nos últimos quatro anos que a empresa com quem manteve contrato para abastecer com refeições as unidades de saúde da capital, a Refine Refeições, oferecia os melhores preços do mercado.

A despeito disso, a SMS rompeu o contrato com a Refine e assinou emergencialmente com a PJ Refeições na semana passada, por R$ 7 milhões. A pasta alega que seguiu recomendações do Tribunal de Contas da União.

O TCU recomendou em 1º de Julho de 2019 que a Refine Refeições, que tinha preços com Natal estabelecidos em licitação de 2014, praticasse preços de licitação lançada em 2016. Ao perceber que o preço de 2016, no entanto, era maior que os de 2014, a atualização não foi feita.

No mês passado, no entanto, a SMS prosseguiu com a orientação e rompeu o contrato informando que os valores firmados com a PJ são mais vantajosos.

Pesquisa mercadológica feita pela própria SMS em 2015, 2016, 2017 e 2018, no entanto, indicam o oposto.

As pesquisas foram feitas sempre para saber se valeria a pena renovar o primeiro contrato, de 2014, ou firmar novo instrumento com quem tivesse valores mais vantajosos para a administração pública.

A própria PJ, aliás, teve preços consultados em anos anteriores, mas a SMS constava que era a Refine que detinha os valores mais vantajosos, conforme os resultados abaixo:

Atestamento 2015

Atestamento 2016Atestamento 2017

Atestamento 2018

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. M.s disse:

    E agora SMS qual vai ser sua defesa
    Acho que tem que entrar até ministério público federal conselho de nutrição TCE ministério público e Sérgio Mouro

SMS em Natal realiza sábado Dia D de Vacinação contra Sarampo para adultos

A Secretaria Municipal de Saúde realiza neste sábado (30/11), o Dia “D” de Vacinação contra o Sarampo para adultos de 20 a 29 anos de idade. Estarão funcionando 63 Unidades Básicas de Saúde das 7h às 13h,encerrando a campanha que iniciou para esse público na segunda-feira (18/11). Os interessados devem levar o cartão de vacinas e o CPF.

Segundo a chefe do Núcleo de Agravos Imunopreveníveis (NAI) Vaneska Gadelha, a ideia da campanha visa vacinar contra o sarampo e atualizar o cartão vacinal do adulto.

A ideia do Ministério da Saúde é proteger 13,6 milhões de adultos contra a doença. o Ministério da Saúde informou que há 5.404 casos confirmados de sarampo em território nacional. Mais de 95% estão concentrados em São Paulo, mas 18 estados já registraram infecções pelo vírus.

Este é o segundo momento da campanha que iniciou dia 7 de outubro tendo como público-alvo as crianças com idade entre seis meses e quatro anos e 29 dias

Controle de Zoonoses em Natal inicia Campanha Antirrábica com pontos fixos e porta a porta

Foto: Divulgação

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS), por meio do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), iniciou, nessa segunda-feira (19), e segue até 18 de outubro, com Dia D em 28 de setembro, a Campanha Nacional Antirrábica 2019 para cães e gatos a partir de três meses de idade.

A estratégia da Campanha é disponibilizar postos volantes, que serão mudados semanalmente com vacinação porta a porta e pontos fixos. A vacinação porta a porta será nos bairros de Felipe Camarão, Mãe Luiza, Passo da Pátria, África, Caina, Sítio Pajuçara, Loteamento Aliança e Planalto.

Esta semana, os pontos fixos ficarão de 19 a 23 de agosto no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) situado à Antônio Mor, 92, Ponta Negra, e no Conselho Administrativo do Conjunto Residencial Neópolis, na Rua Alameda dos Flamboyants, 638 A, Neópolis, e na Unidade Básica de Nova Descoberta, na Avenida Xavier da Silveira, em Nova Descoberta.

O objetivo da iniciativa é controlar a circulação do vírus da raiva canina e felina e, assim, evitar casos de raiva nesses animais e a sua transmissão para humanos.

De acordo com o CCZ, Natal dispõe de 114 mil animais, sendo 79.975 cães e 34.025 a serem vacinados. A meta é imunizar 80% desse total.

UTILIDADE PÚBLICA: SMS oferece agendamento eletrônico para vacinação antirrábica em Natal

Como forma de ampliar a cobertura vacinal antirrábica em Natal, a Secretaria Municipal de Saúde, por meio do Centro de Controle de Zoonoses, está disponibilizando o agendamento eletrônico para atendimento a condomínios e pessoas que criem mais de cinco animais. O contato pode ser feito pelo link http://bit.ly/2MlUwM7.

Até o momento, o Centro de Controle de Zoonoses já imunizou 35.660 animais durante a Campanha de Vacinação Antirrábica 2018 em Natal. Desse total, 23.697 são cachorros e 11.963 gatos. O Distrito Sanitário Norte I (DS Norte II) foi o que aplicou a maior quantidade de doses (9.157), seguido por: DS Norte I (9.030); DS Oeste (7.091); DS Sul (6.589); e DS Leste (3.793).

A vacinação segue sendo feita porta a porta por agentes de combate às endemias nas áreas de risco, com agendamentos de condomínios e pessoas que criem a partir de cinco animais. Os agendamentos também podem ser feitos pelos Distritos Sanitários, ligando para os números, Norte I (3232-8181); Norte II (3232-3871); Sul (3232-8007); Oeste (3232-8304); e, Leste (3232-8235). Através desses contatos, a população também pode buscar informações de postos itinerantes que estão sendo montados todas as semanas em pontos estratégicos da cidade.

O Dia D da Campanha de Vacinação Antirrábica acontece em 29 de setembro. A expectativa é que 130.838 animais (91.168 cães e 39.670 gatos) sejam vacinados durante toda a campanha, que segue até 05 de outubro.

 

SMS distribui preservativos femininos nas unidades de saúde em Natal

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Natal reforça a importância do uso do preservativo feminino, que sofre uma baixa adesão por parte da população devido ao preconceito gerado pela falta de conhecimento sobre o assunto.

O preservativo está disponível em todas as Unidades Básicas de Saúde de Natal e para aqueles que têm interesse em conhecer, a equipe de enfermagem presta orientação educativa sobre o manuseio e instruções de uso, que também estão ilustradas na parte de trás da embalagem da camisinha.

Fabricada do mesmo material que o preservativo masculino, o látex, a camisinha feminina possui dois anéis em suas extremidades, gerando uma cobertura maior da parte externa da vagina, reduzindo a chance de contrair verrugas e herpes genitais. O uso do preservativo feminino não deve ser feito em conjunto com o preservativo masculino, pois o contato de ambos pode gerar atrito e danificá-los.

É muito importante que as mulheres tenham conhecimento sobre o seu próprio corpo para poder se prevenir e identificar eventuais problemas na sua saúde íntima. A camisinha feminina é uma forma de empoderamento, com a qual a mulher consegue se prevenir independente do parceiro e de ereção, já que o preservativo é o único meio de prevenção às infecções sexualmente transmissíveis.

A SMS Natal realiza também um trabalho de conscientização e orientação sobre o uso do preservativo feminino juntamente da Associação dos e das Profissionais do Sexo e Congêneres, ASPRORN, que promove a segurança da saúde da mulher e o conhecimento sobre a camisinha feminina para que as mulheres façam o uso e formem sua própria opinião, desmistificando qualquer mito popular que possam ter ouvido.

Secretaria Municipal de Saúde de Natal promove mutirão de atendimentos odontológicos

A Secretaria Municipal de Saúde de Natal vai realizar, nos dias 25, 26 e 27 de março, atendimento odontológico às pessoas com deficiência, no Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) Morton Mariz.

A atividade será realizada por alunos do curso de Capacitação em Atenção e Cuidado da Pessoa com Deficiência, durante a prática do módulo presencial, e os procedimentos serão realizados em usuários do município de Natal.

A marcação dos pacientes foi realizada na Clínica Pedagógica Professor Heitor Carrilho, na Associação de Deficientes Visuais do RN (ADEVIRN) e na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE). Durante o mutirão, o CEO Morton Mariz ficará fechado aos atendimentos agendados e funcionará apenas o atendimento de urgência.

O mutirão é uma parceria da Secretaria Municipal de Natal, que cedeu os insumos e o local, e a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), que disponibilizará os alunos em aula prática do curso de Capacitação em Atenção e Cuidado da Pessoa com Deficiência.

Carnaval: Fórum LGBT Potiguar reclama de descaso do Município na ação de prevenção e combate às DSTs/Aids e Hepatites

O Fórum LGBT Potiguar vem a público denunciar o descaso da SMS (secretaria Municipal de Saúde), na pessoa do seu secretário, Cipriano Maia, bem como à Prefeitura do Natal, na pessoa do Prefeito Carlos Eduardo que, gastam mais de 2.500.00:00 R$ no carnaval 2014, mas nos carnavais 2013/2014 nenhuma ação de prevenção e combate às DSTs/Aids e Hepatites virais foram desenvolvidas, nem mesmo apoiadas.

Segundo os denunciantes, um descaso total com a saúde do natalense.

[http://forumlgbtpotiguar.blogspot.com.br/2014/02/denuncia-carnaval-2014-sem-prevencao.html]

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. João Lucas disse:

    Permitir que a população LGBT brinque o carnaval com o dinheiro público alegando serviços de prevenção, definitivamente não é o que um gestor preocupado com o erário público deve fazer. Parabéns Cipriano, isso demonstra sua preocupação com a saúde dos natalenses!

  2. caio fábio disse:

    É "Phoda"

SMS esclarece atraso do repasse para o Hospital Varela Santiago

Confira na íntegra:

O Hospital Infantil Varela Santiago encerrou o exercício de 2013 tendo a receber, pelos relevantes serviços prestados à população natalense, R$ 1.194.517,97 (Um milhão, cento e noventa e quatro mil, quinhentos e dezessete reais e noventa e sete centavos) da Secretaria Municipal de Saúde.

Dentro do rito processual de pagamento foi identificada a falta da Certidão Negativa de Débitos junto ao INSS. O problema foi comunicado à administração do hospital com tempo hábil para ser sanado e, para que não houvesse prejuízos de prazo, o processo foi encaminhado, mesmo com pendências, para a Controladoria Geral do Município.

A Certidão chegou à Secretária somente ontem (07.01.2014), quando foi anexada ao processo.

A Secretaria Municipal de Saúde esclarece que, assim como fez em relação ao Hospital Infantil Varela Santiago, tomou todas as providências possíveis para que seus fornecedores encerrassem o exercício de 2013 com as contas em dia. E que encaminhou todos os processos que se encontravam finalizados para pagamentos à apreciação da Controladoria Geral do Município, cumprindo o rito processual da administração pública.

A Secretaria Municipal de Saúde ressalta, ainda, que o Hospital Infantil Varela Santiago é um grande e importante parceiro na composição da rede de atendimento à saúde da população de Natal.

Natal, 08 de janeiro de 2014.

Secretaria Municipal de Saúde
Assessoria de Comunicação

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Paulo Roberto disse:

    O H.I.V.S. sobrevive (prestando um bom serviço)as custas da ridícula tabela do SUS.É previsível que as Secretarias de Saude atrasando o pagamento fica complicado para a
    instituição ficar em dia (se é que o motivo é êste) com suas obrigações tributárias.Óbvio!

Sesap pede à SMS de Natal que defina prazo de reestruturação do Hospital dos Pescadores

O Secretário de Estado da Saúde Pública, Luiz Roberto Fonseca, encaminhou ofício, nesta quarta-feira (23), ao Secretário Municipal de Saúde de Natal, Cipriano Maia de Vasconcelos, solicitando que a Secretaria Municipal de Saúde de Natal indique um prazo para uma efetiva reestruturação do Hospital Municipal dos Pescadores, possibilitando assim uma maior resolutividade àquela unidade de saúde. A intenção da Sesap é de que, nesse prazo, a SMS possa trabalhar para que a unidade dê respostas aos pacientes que necessitam dos serviços, atendendo de forma eficaz as demandas de sua competência.

O motivo da preocupação do secretário Luiz Roberto é que, há um longo período, o Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, pertencente à rede estadual, vem dando suporte às demandas de urgência clínica e outra infinidade de procedimentos e atendimentos que seriam de competência do Hospital Municipal dos Pescadores.

O problema, segundo esclarece o secretário, é que nos últimos meses esta situação está se tornando insustentável, chegando a comprometer a capacidade de atendimento/assistência aos pacientes que fazem parte do verdadeiro perfil dessa unidade estadual, ou seja, de hospital terciário para o atendimento de alta complexidade em traumato-ortopedia, cardiologia e neurologia.

A responsabilização efetiva, por parte de todos os entes (município, estado e federação), de modo que cada um cumpra com aquilo que é o seu papel, ou seja, ao município o atendimento à baixa e média complexidade, ao Estado a alta complexidade e o Ministério da Saúde o financiamento junto aos dois entes, permitirá o alcance de um patamar de dignidade à assistência à nossa população.

Plano de ação da SMS para o estado de calamidade pública prevê aplicação de R$ 8 milhões

O Plano de Ação elaborado pelo pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), como parte integrante do Decreto nº 10.032, de 30 de Julho de 2013, que decretou Estado de Calamidade Pública na Rede Municipal de Assistência à Saúde de Natal, prevê um investimento de R$ 8 milhões, sendo R$ 5 milhões do Orçamento Geral do Município (excedente do Fundo de Participação dos Municípios) e os outros R$ 3 milhões do Ministério da Saúde.

Na última quarta-feira, foi publicada no Diário Oficial da União a portaria liberando os R$ 3 milhões do Ministério da Saúde, recursos que deverão ser aplicados na média e na alta complexidade. Até o momento, nenhum recurso aportou à SMS dentro do Plano de Ação da Calamidade Pública. A expectativa é de que no decorrer da próxima semana o MS libere os recursos autorizados.

No Plano, a SMS elegeu os seguintes eixos de atuação: Infraestrutura Física e Manutenção; Assistência Farmacêutica, Equipamentos e Material Permanente; Acesso aos Serviços de Saúde; Recursos Humanos.

Infraestrutura Física e Manutenção
Recuperar Unidades de Saúde de Atenção Básica e Especializada, atingidas pelas chuvas.

Assistência Farmacêutica
Adquirir medicamentos e insumos para suprir as necessidades emergenciais das unidades de saúde e manutenção da rede, que comprometem o seu funcionamento.

Equipamentos e Material Permanente
Adquirir equipamentos médico-hospitalares para suprir as necessidades urgentes nas unidades que prestam atendimentos de urgência/emergência da Rede Municipal e contratar serviços de manutenção de equipamentos médico-hospitalares.

Acesso aos serviços de saúde
Reorganizar/redefinir fluxos de regulação do acesso, com vistas à redução do tempo de espera para marcação de consulta e exames de média e alta complexidade; além de contratar 10 leitos de UTI Adulto para retaguarda da Rede de Urgência e Emergência (RUE); e de viabilizar a habilitação e assegurar o funcionamento de 09 leitos de UTI Adulto no Hospital Universitário Onofre Lopes.

Recursos Humanos
Contratar profissionais para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) e demais unidades de saúde que realizem atendimento de urgência ou assistência direta à população. Solicitação de servidores de outras Secretarias para apoio às necessidades emergenciais; Remanejar servidores de outros setores da SMS para suprir demandas necessárias.

UNIDADES A RECUPERAR NA ATENÇÃO BÁSICA E ESTIMATIVA DE CUSTO

Clinica Popular Novo Horizonte                                    R$ 150.000,00
Unidade de Saúde Pompéia                                         R$ 150.000,00
Unidade de Saúde Soledade I- Circo                            R$ 50.000,00
Unidade de Saúde Igapó                                              R$ 150.000,00
UBS Guarapes                                                               R$ 250.000,00
Unidade de Saúde Lagoa Seca                                     R$ 150.000,00
Unidade de Saúde Felipe Camarão II                           R$ 50.000,00
Unidade de Saúde Monte Líbano                                  R$ 150.000,00
UBS Pajuçara                                                                R$ 300.000,00
UBS Pirangi                                                                   R$ 250.000,00
Unidade de Saúde Nova Descoberta                            R$ 149.919,19
USF Parque dos Coqueiros                                           R$ 150.000,00
Unidade de Saúde Nova Natal                                      R$ 150.000,00
Unidade de Saúde Km 6                                                R$ 133.149,29
Unidade de Saúde Potengi                                            R$ 150.000,00

UNIDADES A RECUPERAR NA ATENÇÃO ESPECIALIZADA E ESTIMATIVA DE CUSTO

Unidade Mista da Cidade da Esperança                 R$ 500.000,00
Centro Clínico Dr. Carlos Passos                             R$ 500.000,00
Unidade Mista Cidade Satélite                                R$ 800.000,00
CAPS III Leste – DNOCS                                          R$ 200.000,00
Policlínica Asa Norte                                                R$ 300.000,00
Centro Clínico Odontológico Morton Mariz               R$ 200.000,00

SMS de Natal verá condicionalidades de saúde do Bolsa Família junto com campanha de vacinação

Concomitantemente à realização da Campanha Nacional de Vacinação contra a Paralisia Infantil 2013 – que começa no próximo sábado 8, com o Dia “D” – o Departamento de Atenção Básica da Secretaria Municipal de Saúde (DAB/SMS) de Natal vai intensificar o acompanhamento das condicionalidades de saúde junto às famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família.

Os beneficiários deverão comparecer aos locais de vacinação portando o cartão do programa Bolsa Família, cartão de vacina e, se gestante, o cartão pré-natal. São beneficiárias, crianças menores de 07 anos de idade e mulheres na faixa etária de 14 a 44 anos.

Segundo a diretora do DAB, Mariza Sandra, além do controle de vacinas feito mediante a apresentação do cartão, as equipes de saúde verificarão peso e altura das crianças beneficiárias do Bolsa Família. A ação conta com o trabalho voluntário dos alunos do curso de Nutrição da UFRN e da UNP e manterá equipe em regime de plantão durante todo sábado, na sede da SMS, tirando dúvidas pelo fone 3232.8824.

O dia “D” da 1ª etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Paralisia Infantil 2013 acontece no próximo sábado 8 de junho, das 8h às 17h, em todas as unidades de saúde dos cinco Distritos Sanitários de Natal. A campanha em Natal será aberta pelo secretário Municipal de Saúde, médico Cipriano Maia, na Estratégia da Saúde da Família – ESF de Felipe Camarão II.

Destinada a crianças de seis meses a menores de cinco anos de idade, a campanha se estende até 21 de junho e tem disponibilizado 60 mil doses da vacina contra a poliomielite, além de contar com um contingente de 1500 profissionais. Este é o 34º ano de Campanhas Nacionais de Vacinação contra a Poliomielite e o 24º ano sem a doença no país.

A ação de acompanhamento das condicionalidades de saúde junto às famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família ocorrerá nas seguintes Unidades de Saúde:

Distrito Sanitário Norte 1

Unidade de Saúde da Família Nova Natal
Unidade de Saúde da Família Nordelândia
Unidade de Saúde da Família Vista Verde
Centro de Saúde Pajuçara

Distrito Sanitário Norte 2

Unidade de Saúde da Família Vale Dourado
Unidade de Saúde da Família Soledade II
Unidade de Saúde da Família Igapó
Unidade de Saúde da Família Panatís
Unidade de Saúde da Família Potengi
Unidade de Saúde da Família Santarém
Unidade de Saúde da Família Santa Catarina
Unidade de Saúde da Família Soledade I
Unidade de Saúde da Família Planície das Mangueiras
Unidade de Saúde da Família Parque dos Coqueiros
Centro de Saúde Bela Vista

Distrito Sanitário Sul

Unidade de Saúde da Família Planalto
Centro de Saúde Ponta Negra
Centro de Saúde Cidade Satélite
Centro de Saúde Nova Descoberta

Distrito Sanitário Leste

Unidade de Saúde da Família Rocas
Unidade Mista Mãe Luiza
Unidade de Saúde da Família Aparecida
Unidade Básica de Saúde Alecrim
Unidade Básica de Saúde Lagoa Seca

Distrito Sanitário Oeste

Unidade de Saúde da Família Felipe Camarão II
Unidade de Saúde da Família Felipe Camarão III
Unidade Mista Felipe Camarão
Unidade de Saúde da Família Nova Cidade
Clínica Popular Novo Horizonte
Unidade de Saúde da Família Bom Pastor
Unidade de Saúde da Família Nazaré
Unidade de Saúde da Família Monte Líbano
Unidade de Saúde da Família Km 6
Unidade de Saúde da Família Cidade Nova
Unidade de Saúde da Família Guarapes

SMS faz caminhada contra a dengue em bairro da Zona Sul de Natal

Com o slogan “Mãos em ação unidas contra a Dengue”, os agentes de endemias da região sul, os profissionais do Distrito Sanitário Sul e a comunidade do bairro Nova Descoberta vão realizar, na próxima sexta feira (24), às 8h, uma caminhada educativa de prevenção e combate a dengue, saindo da Rua Djalma Maranhão, em frente ao 7º Batalhão do Exército, e encerrando na Raimundo Brasil, na Escola Ulisses de Góis. O objetivo do evento é fortalecer o combate ao mosquito transmissor da dengue.

Os moradores do bairro percorrerão algumas ruas, especialmente as que se localizam no entorno das lagoas do Jacaré e Preá, alertando a população sobre os cuidados necessários para evitar a proliferação ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, fazendo ainda a coleta de lixo reciclável, como plásticos e latas, que se transformam em criadouros para os mosquitos, sobretudo nesse momento de chuvas.

Estudantes de cinco escolas envolvidas na ação exibirão faixas e cartazes de alerta sobre os perigos da doença e farão a distribuição de material educativo e de sacos plásticos para que a população descarte o lixo, que será coletado pela Urbana, enquanto o Exército fará a limpeza dos terrenos baldios.

Segundo a diretora do Distrito Sanitário Sul, Lúcia Rêgo, essa ação educativa de controle e combate a Dengue que começa em Nova Descoberta é apenas o início do trabalho que o Distrito desenvolverá em toda a região, juntamente com os agentes de endemias e as Unidades.

Para Lúcia Rêgo a parceria e o apoio das escolas, do comércio e do Exército é um exemplo a ser seguido em todos os bairros, pois sem o envolvimento dos diversos segmentos a luta contra a dengue fica menos fortalecida.

“Tanto os agentes de endemias como as direções das unidades de saúde da região têm total liberdade para promover iniciativas dessa natureza e contará, incondicionalmente, com o total apoio da Secretaria Municipal de Saúde, através do nosso Distrito.” finalizou a diretora.

A atividade tem o apoio da Unidade de Saúde de Nova Descoberta, das escolas, do Exército, da Urbana e de comerciantes do bairro.

SMS emite comunicado informando mudanças no funcionamento da saúde em Natal

A Secretaria Municipal de Saúde emitiu, no fim da tarde desta sexta-feira (14), um comunicado à população sobre o funcionamento das unidades de saúde de Natal .

Por meio do comunicado, a prefeitura afirma que o atendimento de pronto-socorro de clínica médica será concentrado no Hospital dos Pescadores. O Pronto-socorro Sandra Celeste vai concentrar os atendimentos pediátricos e os partos acontecem nas maternidades Leide Morais e das Quintas. Enquanto isso, o Corpo de Bombeiros e o Samu Metropolitano vão atender no lugar do Samu Natal.

O SAMU Metropolitano e o Corpo de Bombeiros darão um suporte às chamadas de emergência. Ainda no comunicado, a Secretaria de Saúde ainda fala sobre as negociações com a Coopmed.

 

Confira a nota na íntegra:

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL
SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE
COMUNICADO À POPULAÇÃO

Considerando que a Cooperativa Médica (COOPMED) e a Cooperativa de Anestesiologistas (COOPANEST) suspenderam os plantões prestados nas Unidades de Pronto Atendimento e Maternidades do Município do Natal e SAMU Natal; e a inexistência de recursos humanos suficientes para complementar todas as escalas de plantão nas Unidades de Saúde municipais;

Considerando que não podemos deixar de oferecer serviços essenciais à população;

Comunicamos que a Secretaria Municipal de Saúde, após reunião com diretores de todas as unidades de saúde da capital, adotou as medidas que serão tomadas, em caráter emergencial e provisório, no intuito de amenizar os transtornos causados à população de Natal, e, por extensão, do Rio Grande do Norte.

• Pronto Socorro de Clínica Médica: Atualmente funcionando UPA Pajuçara, Cidade Satélite, Mãe Luiza e Hospital dos Pescadores.

O atendimento será concentrado no Hospital dos Pescadores com o remanejamento provisório dos profissionais médicos e de enfermagem das demais unidades e também na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Pajuçara.

• Pronto Socorro de Pediatria: Atualmente funcionando no Pronto Socorro Sandra Celeste.

O atendimento será de acolhimento e encaminhamento para outras unidades ambulatoriais, quando for o caso, e nas urgências para o Hospital Maria Alice Fernandes e Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel;

• Assistência Materno-infantil: Atualmente funcionando na Maternidade Leide Morais, Maternidade das Quintas e Maternidade de Felipe Camarão;

O parto normal será realizado nas Maternidades das Quintas e Leide Morais;

O parto cirúrgico (cesárea) será concentrado na Maternidade das Quintas;

A curetagem e a drenagem de abscessos serão realizados na Maternidade Leide Morais.

• SAMU Natal:

Readequação da escala com um número reduzido de profissionais

O SAMU Metropolitano e o Corpo de Bombeiros darão um suporte às chamadas de emergência.

Informamos ainda à população que a Prefeitura do Natal apresentou proposta à Coopmed que prevê, para a próxima segunda-feira, 17, pagamentos no valor total de R$ 1.037.534,20 oriundos do Orçamento Geral do Estado, referentes aos meses de junho e julho. Também serão pagos R$ 621.161,16 referentes à parcela de julho do SUS.

Para a próxima sexta-feira, dia 21, a proposta prevê o pagamento de R$ 1.448.285,01 referentes aos serviços prestados em junho e oriundos do Orçamento Geral do Município. A proposta apresentada pela PMN/SMS prever pagamento, em 10 de outubro, de R$ 1.614.598,45, referentes aos serviços prestados em julho e oriundos do Orçamento Geral do Município.

Apesar de prever o pagamento, até 21 de setembro, de 80 por cento dos débitos com a Coopmed, infelizmente a proposta foi rejeitada em Assembleia dos médicos que decidiu manter a paralisação dos serviços de atendimento à população.

Diante disso, a Prefeitura decidiu pelo realinhamento dos serviços prestados à população e retomou contatos com o Governo do Estado, que tem se mostrado disposto a colaborar com a solução do problema uma vez que atinge não somente a população de Natal, mas a dos demais municípios do Rio Grande do Norte, que se utiliza da rede de serviços existente na capital.

A colaboração do governo estadual será na forma de antecipação de parcela referente a débitos do Estado para com o Município de Natal, da ordem de R$ 23,3 milhões relativos ao setor de Saúde.

A Prefeitura do Natal reafirma o seu compromisso com a população e garante que todos os esforços estão sendo feitos para abreviar o máximo possível os transtornos causados por esta situação temporária.

 

Natal, 14 de setembro de 2012