Governo Federal autoriza liberação de R$ 543 milhões ao Minha Casa Minha Vida e garante que não faltarão recursos ao programa

FOTO: DIDA SAMPAIO/ESTADÃO CONTEÚDO

O governo Bolsonaro liberou recursos do programa Minha Casa Minha Vida para continuar obras em andamento e garante que não faltarão recursos para o programa, para obras já contratadas, até o final do ano. O ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, disse ao R7 Planalto que em setembro serão liberados, apenas para o programa, R$ 543 milhões, sendo R$ 443 já liberados desde segunda-feira (2) e R$ 100 milhões que serão liberados na semana que vem.

— Foram R$ 600 milhões para o ministério logo no início da semana, desses R$ 443 destinados à habitação, ao Minha Casa Minha Vida, ou seja, quase 75%. O restante usado para outras políticas aqui do ministério. Desses R$ 443 trazem para a população a garantia de que as 233 mil unidades que estão em construção continuem em construção e as pessoas continuem trabalhando. A expectativa é que na semana que vem a gente faça repasse adicional de R$ 100 milhões para habitação totalizando R$ 543 milhões, mais de meio bilhão de reais investidos em setembro na habitação popular pelo governo de Jair Bolsonaro.

O ministro explicou que a faixa 1 do programa, para brasileiros com renda de até R$ 1.800, está sendo privilegiada.

— A faixa 1 está sendo mais beneficiada por esses recursos. Famílias que recebem até R$ 1.800 e também áreas rurais e entidades. Temos três modalidades da faixa 1 atendidas por esses recursos. Nossa intenção é tirar pessoas que estejam em situação de moradia precária. Ou em ambientes insalubres. A preocupação é tirar dessa situação e colocar em situação de moradia digna ou pessoas que vivem em áreas de risco.

Ele garantiu que haverá recursos para entregar as unidades em construção também nos meses de outubro, novembro e dezembro.

— O governo é um só e estamos entre dois mundos, equilibrar as contas e guardar a vida das pessoas para que o Estado precisa. Nossa situação futura ainda tem alguns problemas mas há todo um compromisso da Economia, do Desenvolvimento Regional, da Casa Civil e do próprio presidente para garantir recursos. Teremos condições de manter o programa em outubro, novembro e dezembro e finalizar o ano com bons números tendo finalizado o ano com boa parte tendo entregue parte considerável das 233 mil unidades. Já entregamos mais de 230 mil unidades, número expressivo e queremos que isso continue e novas unidades sejam entregues até o final do ano.

R7

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Marcelo disse:

    Precisamos de esclarecimentos sobre programa MCMV faixas 1,5, 2 e 3. Texto só fala faixa 1.

Estado economiza mais de meio milhão de reais em combustível

FOTO: SESED/ASSECOM

Visando otimizar os gastos de recursos públicos, o Governo do Estado conseguiu, em menos de dois meses, economizar mais de meio milhão de reais em combustíveis através de um controle feito pela Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) e Secretaria da Administração e dos Recursos Humanos (Searh).

E economia se deu após um levantamento feito que identificou 824 veículos oficiais considerados inoperantes, o que fez a frota de carros passar de 3.945 para 3,121 na atual gestão do Estado. Além disso, as viaturas e os postos cadastrados contam com chips que possibilitam o controle por parte do gestor, que pode disponibilizar cotas para cada tipo de carro.

Com todas essas iniciativas, em menos de dois meses o Estado consumiu 133 mil litros de combustíveis a menos, o que significou uma economia superior a R$ 530 mil aos cofres públicos.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Rafael disse:

    Essa conta certamente baixará muito mais qdo as viaturas policiais deixarem de percorrer gdes distâncias para abastecer… Os viaturas do interior têm q ser deslocar diariamente pra abastecer em outras cidades… Essa situação se repete há vários anos sem q nenhum governo se debruce sobre essa causa q tanto onera os cofres do estado…

  2. Luiz ricardo disse:

    Já trabalhou mais que Robson em 4 anos , que continue assim quem torce contra é imbecil.

  3. Edson Ferrari disse:

    Reduziu pq não tem polícia na rua. Ser oposição é fácil, quero ver ser situação

  4. Nom Intendo disse:

    1 – Se os veículos estavam INOPERANTES, logo, não podiam consumir combustível. Certo?

    2 – Os carros do Estado são chipados há vários anos, pelo que me lembro, desde o Governo Rosalba(não sei se já eram no Gov Vilma/Iberê). E todos têm uma cota semabal de litros/combustível definida pela Secretaria de Administração.

    Se diminuiu as 500 pilas, bem! Mas a estória não tá bem contada não! Release mal feito.

  5. Levi disse:

    Parabéns governadora já sabia que faria diferente. Ensina é povo a administrar o RN. Agora sim temos um governo com responsabilidade. Fátima mulher de luta.

  6. #LULANACADEIA disse:

    Só maquiagem….pelo outro lado tem assessor ganhando R$ 60.000,00 em diárias para passear na Europa, não trazem uma cigarreira para o RN …muie do GOPI, vá na Paraíba Aprender como se trás indústria…investidores 👍

    • Jão disse:

      Calma cara, Lula tá preso, Bolsonaro presidente e Fátima governadora… aprenda a ver os acertos dos adversários.