EUA alertam até sobre risco de morte em novo desafio do TikTok

Foto: sarah Tee/ Shutterstock

Na quinta-feira (24), a Food and Drug Administration (FDA) dos Estados Unidos, órgão equivalente à nossa Anvisa, emitiu um alerta sobre os perigos do chamado “Desafio Benadryl”, que surgiu recentemente no TikTok, rede social de vídeos curtos.

O desafio consiste na ingestão de altas doses do medicamento Benadryl, um antialérgico bastante conhecido nos EUA. O objetivo dos que decidem tomar o remédio para as gravações é o de induzir alucinações.

“Estamos cientes de notícias de adolescentes que acabam em salas de emergência ou morrem após participarem do ‘Desafio Benadryl’, que os incentiva a ingerir altas doses do medicamento para gravar vídeos para o aplicativo TikTok”, diz o alerta.

No entanto, felizmente, não é uma das tendências que viralizaram no aplicativo – até porque a empresa desativou as hashtags “Benadryl” e “BenadrylChallenge” para evitar que a ideia se espalhe.

Mesmo assim, a FDA informa que entrou em contato com o TikTok e os encorajou “fortemente a remover os vídeos de sua plataforma e ficar atentos para remover conteúdos que possam surgir posteriormente”.

Riscos da automedicação

Tomar doses maiores do que as recomendadas de difenidramina, vendida como Benadryl, pode levar a problemas cardíacos graves, convulsões, coma e até a morte. Por isso, o FDA alerta que os pais devem manter o medicamento longe de crianças e adolescentes, isso para evitar intoxicações acidentais ou uso indevido.

Em um comunicado enviado à NBC News, a Johnson & Johnson, fabricante do medicamento, disse que, “assim que tomou conhecimento dessa tendência perigosa, entramos em contato com as plataformas de mídia social para que o conteúdo fosse removido”.

Proibição de anúncios de emagrecimento

Com o objetivo de contribuir com a positividade corporal, o TikTok anunciou mudanças em suas políticas de publicidade. Entre as novas regras, a rede social afirmou que vai passar a proibir anúncios de emagrecimento para menores de 18 anos e restringir veiculações que promovam uma imagem corporal negativa.

Segundo a plataforma, essas mudanças fazem parte de um esforço para criar um ambiente confortável, seguro e com empatia para os usuários.

“Estamos introduzindo novas políticas de anúncios para combater alegações problemáticas e exageradas em produtos de dieta e perda de peso e colocando restrições mais fortes às referências de imagem corporal”, comunicou o aplicativo.

A rede também disse que vai impor mais restrições aos anúncios com reivindicações implícitas a perda de peso e deve limitar veiculações irresponsáveis de produtos ou aplicativos que promovem o controle corporal.

“Esses tipos de anúncios não oferecem suporte à experiência positiva, inclusiva e segura que buscamos no TikTok”, reiterou em comunicado.

Olhar Digital via NBC News

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Marcos Benício disse:

    Bem coisa de gente idiota mesmo.

FOTOS: Novo ‘desafio’, caído no chão, vira moda no Instagram; entenda a brincadeira

O Instagram está sendo ocupado por uma nova mania: postar fotos como se tivesse acabado de cair. Chamada de “Falling Stars Challenge” (desafio da estrela cadente, em livre tradução), a brincadeira consiste em posar para fotos deitado, com o rosto no chão, e divulgar ao lado itens de valor que tenham saído de bolsas ou bolsos durante a falsa queda. O principal objetivo dessa febre seria exibir e ostentar na rede social pertences que garantem status de forma bem-humorada.

Até o fechamento desta matéria, ao pesquisar no Instagram, foi possível encontrar 58,8 mil posts com a hashtag #fallingstars, 36,4 mil com #fallingstarschallenge e 36,2 mil usando a tag #fallingstars2018.

Esta teria sido uma das primeiras fotos a viralizar no Instagram com o desafio Falling Stars — Foto: Reprodução/Instagram (ramos_catherine)

Segundo o site Know Your Meme, o desafio teve origem na Rússia e um dos primeiros posts a viralizar com o conteúdo foi feito em 8 de agosto pela usuária @ramos_catherine. Na imagem, a jovem aparenta ter caído ao descer do último degrau de um jatinho particular, e ganhou mais de 4 mil curtidas com a postagem.

A ideia, então, viralizou entre os russos, que passaram a usar a hashtag #FallingStars para aumentar a visibilidade dos posts desse tipo. Entre as fotos, é possível ver homens e mulheres adultos simulando quedas de carros esportivos, helicópteros, lanchas, muitas vezes portando artigos de luxo. De acordo com o site Rojak Daily, a moda também chegou à Malásia, mas em versões mais engraçadas e humildes: em vez de itens caríssimos, usam carros de criança, tratores ou cadeiras de escritórios com rodas para entrar na brincadeira.

Na Malásia, a brincadeira ganhou novo tom — Foto: Reprodução/Instagram (nasrulazmi)

Os chineses também teriam aderido ao desafio nas redes sociais, que ganhou o nome de “wealth-flaunting challenge” (desafio da ostentação de riquezas, em livre tradução). Segundo o site de tecnologia Abacus News, por lá também domina o tom de brincadeira, com adeptos derrubando itens ridículos e sem valor, como garrafas de bebida vazias ou itens para a limpeza da casa. O jogo já rendeu mais de 2 bilhões de visualizações na rede social Weibo, uma das mais populares do país.

Desafio mudou de nome na China e atingiu outras redes sociais — Foto: Reprodução/WeChat

Globo, via Techtudo, Abacus News, Know Your Meme e Rojak Daily

 

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. MARCELO AZEVEDO XAVIER disse:

    Eles fizeram assim após ler o plano de governo do Bolsonaro.

  2. Dilmanta disse:

    Esses que tombaram, será que tem cérebro ou titica na cabeça??… já não bastasse o povo tirando selfie em todo lugar e momento… os feios, os bonitos, os bons, os maus, os inteligentes (será?) ….

  3. jose luiz disse:

    Não seria mais interpretante, visitar os idosos nos Asilos. visitar os enfermos nos hospitais. Fica a dica..

  4. Aldemir disse:

    Acho que a humanidade está ficando anencéfala ou tá fumando muita maconha.
    Ninguém faz um desafio ajudando o próximo nem arrecadando fundos para uma instituição. Mas pra esses "desafios" idiotas todo mundo quer participar.