CONTO DE UMA FAZENDA ILUMINADA: Parte II

Qualquer notícia no meu espaço, quando não agrada, dizem que eu invento, crio ou que publico notícias que não procedem, atualmente chamadas de FAKE.

Quero que, nesses quase 9 anos que vamos completar, alguém aponte uma notícia inventada no BG. Já até erramos com português, já até nos excedemos, quem nunca? Mas o teor, o fato principal, nunca deixou de existir e sempre foi o foco das postagens.

Hoje eu contei no blog, coisa que normalmente não faço, um “CONTO” que expõe o limite do ser humano.

Nesse conto não citei nomes, sequer sabia ou sei o nome dos envolvidos no “CONTO”. Sequer sei detalhes e, de verdade, não me interessa.

Mas postei um “CONTO” que vem sendo comentado em grupos já há algum tempo, com o título “CONTO DE UMA FAZENDA ILUMINADA”, justamente para mostrar como nessa fazenda iluminada, chamada NATAL, coisas ou situações que deveriam pertencer a uma pessoa, ou a um casal, ou a um núcleo, ganha a rua por ser exposta por uma das próprias pessoas que faz parte deste núcleo.

A que ponto chega o ser humano para expor sua intimidade NUA E CRUA? Aí depois acham ruim ou tentam descreditar apenas quem colocou na rua para mostrar que sempre todo cuidado é pouco.

Sobre a vida pessoal de cada um, se você quer trocar com outros casais, quer fazer ménage, swing, quer ter fetiches, isso é um direito seu e NÃO É CRIME. Se você tem prazer em expor sua companheira, ou seu companheiro, ou se expor, também NÃO É CRIME. FIQUE A VONTADE.

Só tenha cuidado com quem vai fazer ou como lidar com isso quando der errado.

E TEM DUAS PREMISSAS QUE NUNCA SÃO DEMAIS: INTIMIDADE DEMAIS NÃO DÁ CERTO E MULHER DOS OUTROS É PARA SER RESPEITADA.

Tenho dito.
AI PAPAI.
*BG*

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Gerência do Cabaré disse:

    Pega fogo cabaré!…
    Estou recebendo currículo.
    Casais, os programas são um cachê dobrado.
    Ass. Maria Bonita.

  2. Duda disse:

    tanto estardalhaço. Entendo que os encontros e surubad dos empresários gays, muito mais indecoroso

  3. Cigano Lulu disse:

    A que ponto chegamos em Natal, não se pode fazer mais nem uma suruba em paz. Tudo culpa do Bolsonaro.

  4. Gilson disse:

    Deixa o povo dar o "caneco"

  5. Marcos disse:

    Falou toda a verdade…

  6. Tarcísio Rebouças C. Cerqueira disse:

    Cada um faz de sua vida o que bem quer.
    Uns se cuidam, outros se arriscam, outros usam drogas, outros vivem intensamente, outros vivem com prudência, muitos lutam, outros reclamam, uns são engenheiros, advogados, médicos, nerds, porteiro, vigia, motorista, go go boy, prostituta, etc, etc, etc.
    Uns são homossexuais, outros heterossexuais, alguns são fiéis, outros infiéis, sexo é bom, alguns fazem por amor, outros por prazer.
    O primeiro erro em qualquer situação é fotografar e o segundo erro, a exposição.
    Tirar foto não tem problema, só que quando resolve repassar a foto, está expondo a imagem. Quebrou sua intimidade, saiu das 4 paredes e frequentar o mundo virtual, as redes sociais, as mídias sociais, enfim, sair do seu quadrado e se lançar ao mundo é assumir o risco e ele pode ser alto.
    Não teve o devido cuidado, não se deu ao respeito, não cuidou de sua imagem, resolveu lançar se lançar ao mundo, vai ter que ser capaz de arcar com as consequências.
    Depois de cometer o erro, vai se vitimar? Percorrendo o caminho da hipocrisia e do “politicamente correto” numa viagem insana de justificar o injustificado, é, no mínimo, demonstração mal caráter e falha de personalidade.
    Resolveu fazer swing, partiu para uma relação aberta, foi experimentar novas experiências, sejam adulto, tenha maturidade o suficiente para encarar as consequências, principalmente quando comete a infantilidade de registrar a situação com divulgação das imagens.
    Fez, errou, assuma!
    Se você não foi capaz de se resguardar, não teve o cuidado e o respeito próprio de não publicar suas imagens, então arque com as consequências, o resto é vitimismo infantil injustificado.

  7. Marcelo disse:

    …. é exatamente por ae…….

VÍDEO: Minuto na Câmara Municipal de Natal – data 29-10-2019 (parte II)

INFORME PUBLICITÁRIO

Minuto da Câmara no ar trazendo os assuntos mais importantes debatidos na semana que passou, na Câmara Municipal de Natal, disponibilizado nesta terça-feira(29).

O fechamento do Hospital Estadual Dr. Ruy Pereira voltou a ser debatido na Câmara. Os parlamentares da Comissão de Saúde cobraram soluções efetivas que não prejudiquem a demanda de pacientes atendidos pela unidade. A vereadora Carla Dickson (PROS), comentou sobre o assunto.

VÍDEO: Minuto na Câmara Municipal de Natal – data 28-10-2019 (parte II)

INFORME PUBLICITÁRIO

Minuto da Câmara no ar trazendo os assuntos mais importantes debatidos na semana que passou, na Câmara Municipal de Natal, disponibilizado nesta segunda-feira(28).

A Câmara Municipal de Natal se vestiu de rosa para conscientizar a população sobre o diagnóstico precoce quanto ao câncer de mama. Em parceria com o grupo reviver foram realizadas mais de 200 mamografias e serviços de beleza gratuitos para as mulheres, além de uma palestra sobre os direitos assegurados aos pacientes oncológicos.

VÍDEO: Minuto na Câmara Municipal de Natal, data 16-09-2019, parte II

INFORME PUBLICITÁRIO

Minuto da Câmara no ar trazendo os assuntos mais importantes debatidos na semana que passou, na Câmara Municipal de Natal, disponibilizado nesta segunda-feira(16).

RESUMO: A Câmara conta agora com a Frente Parlamentar em Defesa das Pessoas em Situação de Rua. A iniciativa do vereador Maurício Gurgel (PSOL) foi aprovada em Sessão Ordinária.