STF nega ação que ajudaria Aliança pelo Brasil a sair do papel

Brasil possui 33 partidos registrados atualmente; segundo a ministra Cármen Lúcia, outros 76 aguardam aprovação do TSE

O Supremo decidiu em sessão ordinária nesta quarta, 4, negar um pedido do Pros que poderia beneficiar a coleta de assinaturas para o Aliança pelo Brasil, cuja criação é encampada pelo presidente Jair Bolsonaro e seus aliados.

A legenda pediu a inconstitucionalidade da exigência de que apenas pessoas não filiadas a partidos poderiam prestar seu apoio à criação de novas siglas e o limite temporal mínimo de cinco anos de registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Leia a matéria completa aqui no Justiça Potiguar.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Juizo louco nao tem disse:

    ESSE LADRÃO DO BOLSONARO QUER DAR O GOLPE ENGOLINDO A DINHEIRAMA PARTIDÁRIA

    ..SEUS DEFENDORES DESVAIRADOS QUEBRARAM A CARA…QUERIAM UMA CASQUINHA $$$$$$$$ AH LADRAO

‘Só recomendo filiar a qualquer partido se quiser ser candidato’, diz Bolsonaro

Foto: Ueslei Marcelino / Reuters

O presidente Jair Bolsonaro disse, nesta quarta-feira, que só recomenda filiação ao novo partido, Aliança pelo Brasil , se houver interesse em ser candidato futuramente. Bolsonaro fez um comentário na entrada do Palácio do Alvorada, após cumprimentar os simpatizantes que o esperavam.

– Só recomendo filiar a qualquer partido se quiser ser candidato a alguma coisa no futuro, se não, não se filia não – disse Bolsonaro, ao responder um apoiador que declarou interesse em se filiar ao novo partido que o presidente pretende criar.

Bolsonaro disse ter passado a noite ‘polindo’ o estatuto do novo partido. Nesta terça-feira, o presidente assinou a ficha de desfiliação do PSL . Mais informações sobre o partido como o estatuto, os membros da executiva nacional e a presidência serão anunciadas durante convenção nesta quinta-feira. Bolsonaro sinalizou que poderia assumir a presidência do partido, mas o cargo também pode ficar com o senador Flávio Bolsonaro.

Um dos advogados que está trabalhando na criação do partido, Admar Gonzaga, disse na terça-feira, após reunião com o presidente, que há tempo hábil para a criação da legenda antes das eleições municipais de 2020. Os advogados defendem que já há argumentos para que parlamentares do PSL possam sair do partido sem perder o mandato.

O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Anti-Político de Estimação disse:

    Dois negócios excelentes para se criar no Brasil : Partido Político, que é financiado pelos contribuintes brasileiros via fundo partidário , e igrejas, financiadas pelos desesperados e incautos.

    • Piroquinha disse:

      ONGs e Institutos também são un negoção, recebem verba pública com pouca ou nenhuma burocracia, não são sujeitos a fiscalização e/ou auditorias dos tribunais de contas, não pagam impostos e nem precisam fazer licitação e concurso público para contratação.

    • Humberto disse:

      E IGREJAS EVANGÉLICAS TAMBÉM.
      KKKKKKKKKKK kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Alacaa disse:

      Fundação, ONGs, partidos, igrejas, coaches e mmn; embusteiros de marca maior.