VÍDEO: Ex-amigo de Lula diz que entregou fita com pistas sobre Celso Daniel; fazendeiro deve ser ouvido pelo MP

Sâmara foi amigo de Lula por mais de duas décadas, entre os anos 1980 e 2000. Foto: Reprodução/Record TV

O Ministério Público de São Paulo deverá ouvir nos próximos dias o fazendeiro Valter Sâmara, ex-amigo de Lula que afirma ter entregue ao ex-presidente uma gravação com pistas sobre o assassinato de Celso Daniel, prefeito de Santo André e coordenador do então candidato à presidência da República nas eleições de 2002.

Os áudios revelariam detalhes de um suposto esquema de corrupção na prefeitura da cidade da Grande São Paulo e os promotores paulistas acreditam que as revelações podem abrir novas linhas de investigação. Por isso, correm contra o tempo, pois o crime, ocorrido em janeiro de 2002, está prestes a prescrever.

As gravações conteriam uma conversa entre o ex-ministro Gilberto Carvalho e Miriam Belchior, que foi casada com Celso Daniel, com orientações sobre como ela deveria se comportar no período de luto e supostos repasses de propina, chamados de “pacotinhos”. Ambos eram secretários da administração petista em Santo André na época do sequestro e assassinato de Celso Daniel.

O fazendeiro Valter Sâmara, que foi amigo pessoal de Lula por cerca de 25 anos, entre as décadas de 1980 e 2000, disse que levou o material — recebido por ele meses depois da morte de Celso Daniel — para Lula, mas o ex-presidente teria classificado a gravação como uma montagem.

“Nessa fita, o Gilberto Carvalho falava com a Miriam. Eu escutei a fita. Fui falar com o Lula. Ele disse que isso aí é montagem. Eu discordei dele, mas não quis questionar. [Disse a Lula] Estou mostrando para te prevenir”.

Sâmara teria se oferecido como colaborador da Lava Jato. À revista Crusóe, diz que entrou em contato com os procuradores por meio de seu advogado e que iria contar fatos ocorridos em duas décadas. Entre eles, o assassinato. Porém, um mês após o contato, homens armados invadiram a loja de roupas da família e a residência da irmã do fazendeiro.

“Queriam um documento, a fita do PT. Foram lá com esse objetivo. Foram em cinco pessoas para bater nele. Mas, eu não tinha mais essa fita. Eu deixei com o Lula. A conversa era dando conselhos para ela [Miriam], como deveria se comportar, andar. E sobre os pacotinhos que tinham lá. Para ele ir buscar”.

O fazendeiro disse que não fez cópias da gravação e também não sabe o motivo da tentativa criminosa de recuperar a fita somente em 2018. “Eu gostaria de saber o por quê. Porque não vieram falar comigo? E eu não tenho essa fita”, reafirmou Sâmara.

Outro lado

O ex-ministro Gilberto Carvalho diz que desafia o fazendeiro Valter Sâmara a submeter a fita a uma perícia e que os chamados pacotinhos, como seria definida a propina, são uma invenção do fazendeiro.

A assessoria do ex-presidente Lula informou que ele não vai comentar o que qualificou de fofoca. Miriam Belchior diz que a referida conversa com o ex-ministro nunca existiu.

R7

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. AILTON CARLOS PEREIRA DE SOUZA disse:

    justiça não está nem aí com Celso Daniel coisa alguma, se o perseguido não fosse o Lula eles teria arquivado tudo isso, assim como o caso wlisis Guimarães e pc Farias, isso aí é mais uma farsa, só agora quase dezoito anos esse velho fala isso?

  2. Ojuara disse:

    Omi fique calado, vc sabe que o nove dedos é maior criminoso do nosso país, e não se incomoda de eliminar qualquer prova contra os crimes que ele e seu grupo cometeu, e se essa prova for gente denunciando, ai é que o fela é perigoso mesmo. O LULADRAO é perigoso preso, imagina solto.

  3. Greg disse:

    Eu li a matéria achando que ele tinha esta fita…mas ele "disse"que entregou a Lula……haaa meus amigos….e mesmo assim, se está com esta material…pq veio entregar agora? Ninguém fez esta pergunta?

  4. Dilma disse:

    Já eliminaram 11 testemunhas desse crime horrendo, e esse agora, vai ser o próximo eliminado. Esses petralhas são os bandidos mais perigosos do país. Dos onze que mataram, a maioria eram comparsas

  5. joão carlos disse:

    eita, se esse chegar vivo no MP finalmente vai ficar comprovado que lula mandou matar celso daniel!

  6. Luciana Morais Gama disse:

    Valter Samala precisa ter cuidado que isso é uma quadrilha de altíssima periculosidade.

    • Bento disse:

      É verdade
      Essa cambada é capaz de tudo.
      Obedecem cegamente ao seu líder
      Se o cachaça disser vão fazer um 69 num jumento eles nem discutem vão correndo executar a ordem dada.

Idema vai levantar os galhos do Cajueiro de Pirangi em 2,5 metros. Carros pequenos e motos vão trafegar na 2º faixa

Pouco mais de dez mil reais. Este é o valor orçado pelo Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema) para uma solução provisória no trânsito do entorno do Cajueiro de Pirangi. A planta é considerada a maior do mundo em sua espécie, e não para de crescer por causa de uma anomalia genética. Os galhos já se aproximam da área residencial. Em até 20 dias, o órgão pretende colocar estacas e escoras para elevar a copa da árvore, que por causa de seu crescimento provoca engarrafamentos constantes durante o veraneio, época em que milhares de turistas lotam as praias e se esbaldam nas águas mornas de Pirangi do Norte, em Parnamirim.

A elevação da copa em 2,5 metros e a colocação de escoras e estacas no Cajueiro de Pirangi permitirá o tráfego de carros pequenos e motos numa das faixas de rodovia tomada pela planta. “É uma experiência, um teste. Se começar a haver fraturas na planta reveremos o processo”, avisa Jamir Fernandes, diretor técnico do Idema, que defendeu o projeto ontem à tarde, numa reunião com órgãos de trânsito, Polícia Militar e Associação de Moradores de Pirangi do Norte (Amopin). O projeto será executado na Avenida Márcio Marinho, deixando de fora outras vias como a São Sebastião, José Fiúza e a lateral onde ficam algumas lojas e quiosques.

Caramanchão

A medida já foi utilizada dentro do parque ecológico, para permitir a entrada e saída de turistas. Contudo, a suspensão dos galhos do lado de fora deve ser analisada com precaução. “O intuito de levantar esses galhos é resolver o problema do trânsito. Acreditamos que não resolverá porque nada garante que carros maiores queiram passar, à noite por exemplo. Seria preciso aumentar a fiscalização. A melhor solução é esperar o verão passar, sentarmos todos juntos, fazer um estudo aprofundado, inclusive com plano de manejo e elaborar a obra do caramanchão”, defende o presidente Amopin, Francisco Cardoso.

O caramanchão também é solução apontada pelo Idema. Trata-se de um projeto semelhante àcolocação de estacas, só que de forma permanente e com avaliação prévia de possíveis danos ambientais. Este procedimento também seria feito pelo Governo do Estado, “possivelmente através de licitação, por ser mais caro” frisa Jamir Fernandes, do Idema. A bordadura da copa, nome técnico da ação que será executada neste verão, será feita por meio de contrato emergencial. “Vamos acompanhar tudo”, garante o diretor.

Trânsito

A Secretaria de Trânsito e Transporte de Parnamirim (Setra) executará este ano o mesmo plano do ano passado. Basicamente consiste em desviar o fluxo de carros pequenos e motos antes do acesso ao cajueiro, sentido Búzios. “O Cajueiro é intocável. Estamos trabalhando, diante dessas condições, para repetir a mesma ação do ano passado, além de aumentar o efetivo com 50% a mais no número de agentes”, explicou Antônio Batista Barros, titular da Setra.

O trabalho será executado em conjunto com o Comando de Policiamento Rodoviário Estadual (CPRE). Os agentes ficarão na região desde o início da manhãaté às 22h. No Carnaval, o trabalho será executado durante 24 horas. Também no Carnaval, a Setra fará mais mudanças no trânsito. A Rua São Sebastião passará a ter sentido único após às 15h, quando a avenida Márcio Marinho será interditada.

Fonte: Diário de Natal

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Eduardo disse:

    Como já comentei anteriormente, a ladainha se confirma : "A melhor solução é esperar o verão passar, ………”, defende o presidente Amopin, Francisco Cardoso. Todos esse responsáveis por resolver o problema nos fazem de tolos…. Pena de que vai precisar utilizar aquela via agora no verão.