Lava Jato do Rio leiloa carros blindados de acusados por corrupção

A Justiça fará nesta quinta-feira, 17, a partir de 13h, o primeiro leilão de bens apreendidos pela Lava Jato no Rio, braço da operação que investiga o esquema de corrupção do ex-governador do Rio Sérgio Cabral (PMDB). Serão leiloados quatro carros, dois deles blindados, avaliados num total de R$ 507 mil.

Os veículos com blindagem estão em nome de Hudson Braga, ex-secretário de obras de Cabral, e da sua empresa H. Braga Consultoria Empresarial. Os outros dois são do ex-funcionário Wagner Jordão Garcia, apontado como operador financeiro do esquema.

As investigações apontam que Braga cobrava das empreiteiras a chamada “taxa de oxigênio”. Correspondia a 1% dos valores dos contratos com o Estado como propina. Jordão era um dos operadores responsáveis por arrecadar os valores.

Do ex-secretário de Obras, serão leiloados uma Pajero 2014/2015 blindada “em bom estado de uso e conservação”, avaliada em R$ 159 mil, e um jipe Toyota 2015/2016, também blindado, estimado em R$ 104,9 mil, “em excelente estado de uso e conservação”.

No caso de Jordão, serão colocados à venda um Audi Q3 2015/2015 (em perfeito estado de conservação, tanto no interior, quanto no exterior, informa o site do leiloeiro Renato Guedes Rocha), e um Volvo XC 2015 (em ótimo estado geral de conservação, tanto na parte interna, quanto na externa). Os veículos são avaliados respectivamente em R$ 120 mil e R$ 123 mil.

O leilão terá como lance inicial o preço igual ou superior ao valor de avaliação. Se não houver comprador, uma nova etapa será marcada para o dia 28. Nesse caso o lance inicial será menor, podendo ficar em 80% do valor de avaliação dos carros.

Os leilões dos bens de Cabral e Adriana Ancelmo ainda não têm data definida. Está prevista a venda de uma casa de veraneio de Cabral, localizada em Mangaratiba, no litoral sul do Rio.

O pregão presencial será no auditório do Fórum Federal, na Avenida Venezuela, nº 134, no bairro Saúde, zona central do Rio. Haverá simultaneamente o leilão eletrônico no site da Rio Leilões.

PM prende suspeito de roubos e recupera veículo na zona Sul de Natal

61796ad1-935f-44a4-815c-115056097a4aPoliciais do 5º Batalhão de Polícia Militar (5º BPM) prenderam no inicio da tarde desta quarta-feira (24) um homem identificado como Marcos Mariel Castro de Freitas, 25 anos, após tentar roubar populares, no Conjunto dos Professores, na zona Sul de Natal.

A PM estava realizando patrulhamento quando visualizou Marcos Mariel em atitude suspeita e quando ele percebeu a viatura tentou se evadir pulando muros, mas logo foi detido. Ele que já foi preso e está em liberdade condicional foi reconhecido por moradores do Conjunto por outros roubos.

Durante a tarde, o 5º BPM recuperou um veículo modelo Palio e placas KHS 8041 com registro de roubo no bairro de Lagoa Nova. Durante patrulhamento os militares se depararam com o veículo conduzido por dois suspeitos que abandonaram o veículo e se evadiram.

Polícia Civil prende suspeitos de roubo de carros e apreende menores

Policiais da delegacia Especializada em Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas – DEPROV prenderam no final da tarde de ontem (12/01), no distrito de Maçaranduba em São Gonçalo do Amarante, Erick Ferreira da Silva, 21 anos, Luana Flávia do Nascimento, 23 anos e apreenderam um casal de adolescentes, ambos com 17 anos, suspeitos de roubar veículos em Natal e Região Metropolitana.

A polícia chegou até os suspeitos depois que recebeu uma informação que dois casais estavam no distrito de Maçaranduba, de posse de um Ford/Ka de cor branca, roubado no útimo sábado (09/01) na Avenida Romualdo Galvão no Bairro de Lagoa Seca.

Durante a abordagem os policiais foram recebidos a tiros e na ação uma adolescente foi alvejada, socorrida, medicada e liberada.

O delegado Marcio Delgado informou que a polícia já estava investigando os suspeitos há aproximadamente dois meses e que o modus operendi deles é roubar carros para usar em assaltos a estabelecimentos comerciais e depois abandonar.

Os suspeitos foram atuados em flagrante por roubo qualificado e os adolescentes por ato infracional análogo a roubo.

Prefeitura de Parnamirim quer gastar R$ 6,5 milhões com aluguel de carros em apenas um ano

O blog recebeu a informação de que a Prefeitura Municipal de Parnamirim iria gastar R$ 6,5 milhões com aluguéis de carros no ano de 2016 e decidiu conferir. Após uma apuração, o blog encontrou uma cópia da Lei Orçamentária Anual (LOA) apresentada na Câmara Municipal de Parnamirim há alguns dias. Com base nessess documentos que o blog teve acesso, o valor é realmente de R$ 6,5 milhões. O valor está descrito na função 04 – administração e subfunção 122, administração geral, programa 031 – locação e utilização de bens móveis e imóveis

Do total, R$ 5 milhões serão destinados a empresas contratadas e R$ 1,5 milhão será destinado a despesas referentes a exercícios anteriores, ou seja, já foi gasto. A quantia é alta e, caso fosse investido na compra e não aluguel de carros, o Executivo poderia adquirir mais de 100 veículos.

Além disso, os valores diferentes que constam na LOA e no Plano Plurianual (PPA) referente ao período de 2014 a 2017. No PPA aprovada na Câmara de Parnamirim, consta na ação 1.016, que trata da aquisição de veículos, a compra de 150 veículos a um custo estimado de R$ 5 milhões. Porém, na LOA, esse valor sobe para os R$ 6,5 milhões apenas para o aluguel de veículos.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Francisco de Assis Xavier disse:

    Porque será que o Ministério Publico de não investiga denuncias contra a Prefeitura de Parnamirim, existe algo de errado, um dia a bomba estoura demora mais vai.

  2. fabio disse:

    sugestão ao ministério publico, analisar estes contratos.

  3. Junho Dantas - SP disse:

    Se fosse economizar era uma coisa mas eles querem gastar? até quando isso?

  4. Luciana Morais Gama disse:

    E há 12 anos que é a mesma locadora. Alô Ministério Público!!!

VÍDEO: Veículos sobem ladeira de ré e em "ponto morto" entre os municípios de Jucurutu e Florânia

Após vídeos de um episódio semelhante em Exu-PE, motoristas que cruzam a BR-226, entre os municípios de Jucurutu e Florânia, estão, definitivamente, intrigados. A “força estranha” consegue fazer até um caminhão subir um aclive com o motor desligado. O fato foi registrado pela Sidy’s TV a Cabo. Veja vídeo abaixo:

Untitled-4ASSISTA AQUI

Com informações do Blog do Wallace

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Marta Maria disse:

    Que bobagem! Isto nada mais é que ilusão de ótica, como acontece na famosa Rua do Amendoim em Belo Horizonte. Caro Aldo, você tem razão!

  2. Danilo disse:

    Pra quem não sabe, essa "força estranha" se chama gravidade.

  3. José de Anchieta disse:

    Bruno ligue para "PAULO SABE TURO" ele com certeza vai esclarecer. Por favor bruno.

  4. Júlio Dalcin disse:

    Tem Extraterrestre na área. Paul Hellyer, ex ministro da Defesa do Canadá tem falado sobre isso.

  5. aldo disse:

    Ilusão de ótica, somente.

CONFIRA(FOTOS): Leilão da Receita Federal tem Golf por R$ 3.000 e outras pechinchas

9m4r1ggcf0_6ib4c5rj60_fileA Receita Federal do município de Presidente Prudente, no interior de São Paulo, vai leiloar diversos lotes de veículos na próxima sexta-feira (11). As propostas, abertas desde o último dia 2, podem ser enviadas até o dia 10, tanto por consumidores (pessoas físicas) como por empresas (jurídicas).

Entre os destaques desta edição do leilão estão o Volkswagen Golf ofertado por R$ 3.000 e um Xsara Picasso por R$ 5.400.

VLUU L100, M100  / Samsung L100, M100 VLUU L100, M100  / Samsung L100, M100
Pintado na cor azul, um Chevrolel Monza compõe o lote de número 2 do leilão para ser arrematado por, no mínimo, R$ 800. O veículo, fabricado no ano de 1993, está com o capô e o teto queimados, além do painel bastante danificado.

Já para os que preferem um veículo robusto para carregar uma carga extra, a Ford Courier CLX, 1997/1998, está disponível para lances a partir de R$ 3.000. A lataria do carro apresenta sinais de queimaduras ocasionadas pela exposição ao sol.

O Volkswagen Logus GL, por sua vez, aparece no leilão com o interior visivelmente em boas condições. Para ter o veículo verde, de ano e modelo 1994, o interessado deverá depositar ao menos R$ 1.000 na conta da Receita.

Com propostas de arremate a partir de R$ 4.500, o Volkswagen Gol 1.0, fabricado em 2007 e pintado na cor vermelha, também encontra-se disponível no leilão. Visualmente, o veículo está com pintura em ótimo estado e com boas condições em seu interior.

Prefere um carro maior? O leilão também disponibiliza um Volkswagen Santana, modelo 2004, ano 2005, na cor prata. Para levar para casa, o interessado deverá desembolsar, no mínimo, R$ 5.000.

Aparentemente novo, tanto na parte interna quanto na externa, o Pálio ELX Flex 2006/2007 aparece no leilão da Receita Federal para receber lances pelo valor mínimo de R$ 5.400.
VLUU L100, M100  / Samsung L100, M100
Também na cor branca, o leilão apresenta um Volkswagen Gol MI, ano 1997, com lances a partir de R$ 2.000. O veículo aparece com o lado exterior em bom estado, porém, o mesmo não pode ser dito quanto ao interior do automóvel.

Seminovo, o Volkswagen Gol 1.0, fabricado 2009 já com modelo 2010, aparece disponível para arremate no site da Receita pelo lance mínimo de R$ 5.000. As condições do automóvel são aparentemente boas, apenas com alguns riscos e manchas na lataria.

Também recebe propostas até o próximo dia 10 a Montana Conquest, fabricada em 2005. A pick-up de cor vermelha, que está em bom estado de conservação, recebe lances a partir de R$ 5.700.

9sc2krkt9d_8artj54vyd_file

Ano 2003 e modelo 2004, o Citroem Xsara Picasso na cor prata está disponível para ser arrematado por, pelo menos, R$ 5.400. O veículo está, aparentemente, em bom estado e com o interior bem conservado.

Com informações do R7

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. thiago bomba disse:

    Trabalho com leilao a mas de cinco anos .
    Leilao de seguradora e financeras , numca consegui compra um fusca da receita federal mesmo pq se fosse aberto ao publico os q tem menos poder aquisitivo nao consseguiriam comprar uma bala deles

  2. andrey disse:

    tudo armado, ninguem consegue ´participar, ninguem sabe as datas

  3. manoel Cesar disse:

    Como se diz , é um leilao. Leilao de ferrari 2014 a 1 real , a questao é por quanto vai sair , dole 1 dole 2 , leilao é furada para iniciantes , acaba-se que fica cego e paga muito mais do que vale , e a compra é no escuro , um GOLF faltando uma centralina morre em mais 3 mil reais. Tô fora!!!!! Boa Sorte que fica…

  4. EDI GURGEL disse:

    MOSTRA OS CARROS MAS NÃO DIZ COMO FAZER PARA PARTICIPAR DO LEILÃO.
    ESSA É BOA…

  5. mirian disse:

    quero dar lance

    • Thyago disse:

      Quero saber em quanto esta os valores acima citados nos lances atuais.

  6. mirian disse:

    onde entro pra dar lance

  7. Claudio Cesar disse:

    Como faço para dar lance na Montana

  8. tatiana disse:

    Quero saber qual site pra lance???

  9. Alexandre disse:

    Qual o site p lance?

Efeito IPI: Venda de carros na 1ª quinzena de janeiro é a maior da história; veja ranking

A primeira quinzena de janeiro fechou com vendas diárias de 15.032 unidades, um volume menor do que o registrado na primeira semana (veja matéria), mas o melhor de todos os meses de janeiro da história.

Foram vendidos até esta quinta-feira (17) 165.355 carros e comerciais leves, o que sinaliza um mês de mais de 330 mil unidades, o que seria também um novo recorde mensal para o primeiro mês do ano. O recorde atual é de 296,8 mil carros em janeiro do ano passado.

O que está levando o consumidor às compras é a possibilidade de comprar o carro com preço menor, fabricado no ano passado, uma vez que o veículo fabricado este ano paga IPI maior. O imposto no carro com motor de 1000 cc subiu de 2% para 3% e o nos carros até 2000 cc subiu de 8% para 10% (gasolina) e 7% para 9% (flex). Os veículos comerciais, que recolhiam 2% no ano passado, passaram a pagar 3%.

Como ainda tem muito carro faturado em 2013 no mercado, a tendência é de que a procura continue alta na segunda quinzena.

As vendas do Gol indicam que ele deve repetir em 2014 o desempenho que tem tido nos últimos 27 anos, isto é: ser mais uma vez o carro mais vendido. Ele começou o ano vendendo o dobro do segundo colocado: na primeira quinzena o Gol vendeu 13.180 unidades, enquanto o Fiesta vendeu 7.950. A surpresa é o carro da Ford, que passou o Uno (3º) e Pálio (4º) e pode fechar janeiro pela primeira vez na vice-liderança.

Fox, Siena e Strada seguem nas posições seguintes; HB20, Ônix e Sandero completam a lista dos dez mais vendidos na primeira quinzena (veja ranking). Vale destacar que a Kombi, que deixou de ser fabricada, vendeu um volume maior do que a média do ano passado: em apenas onze dias úteis, a velha perua conquistou a preferência de 1.562 consumidores.

No ranking por marcas, destaque para a Citroën, que passou a Nissan e ocupa provisoriamente a nona posição, com 2,2% de participação. A marca francesa encerrou 2013 em décimo lugar, atrás da japonesa. As demais posições permanecem inalteradas.

Ranking por marca

1º quinzena de jan/14

Class.    Marca    Unidades    Part. %
1º    FIAT    33.808    20,5
2º    VW    32.465    19,6
3º    GM    30.086    18,2
4º    FORD    16.356    9,9
5º    RENAULT    11.156    6,8
6º    HYUNDAI    9.779    5,9
7º    TOYOTA    7.666    4,6
8º    HONDA    5.988    3,6
9º    CITROËN    3.621    2,2
10º    NISSAN    3.461    2,1

Veja o ranking das 40 marcas que mais venderam na 1º quinzena de janeiro/2014

Ranking por modelo

1º quinzena de jan/14

Class.    Marca / Modelo    Unidades    Part.%
1º     VW/GOL    13.182    8,0
2º     FORD/FIESTA HATCH    7.942    4,8
3º     FIAT/UNO    7.073    4,3
4º     FIAT/PALIO    7.065    4,3
5º     VW/FOX    6.525    3,9
6º     FIAT/SIENA    6.473    3,9
7º     FIAT/STRADA    6.229    3,8
8º     HYUNDAI/HB20    5.313    3,2
9º     GM/ONIX    5.090    3,1
10º     RENAULT/SANDERO    4.681    2,8

O Mundo em Movimento – UOL

IPI maior: Carro popular deve ficar até 9,6% mais caro a partir de janeiro

 A adoção obrigatória de itens de segurança em todos os carros de passeio e comerciais leves produzidos no Brasil deve trazer aumentos de até 9,6% no preço dos carros populares a partir de janeiro.

A conta leva em consideração o novo IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados), mais alto, e a instalação obrigatória de airbags e de freio ABS, que ainda não são de série nos carros mais baratos.

A Peugeot é uma das que decidiram não esperar a virada do ano para equipar o seu modelo mais acessível com os itens de segurança.

Com isso, o preço sugerido do hatch 207 Active (1.4) sofreu um reajuste de R$ 3.000 (9,6%). Já modelos completos da marca não apresentaram mudanças na tabela.

Considerando todos os modelos feitos no país, o preço dos carros poderá subir, em média, até 5,6%, prevê Luís Moan, presidente da Anfavea (associação das montadoras).

VENDAS EM QUEDA

A ameaça de aumento de preço não deixa de ser uma tática das montadoras para que haja uma corrida às lojas ainda em dezembro, numa tentativa de reverter o cenário de queda nas vendas.

De janeiro a novembro, o segmento registrou uma retração de 1,8% ante o mesmo período do ano passado.

Caso o plano falhe, esta será a primeira queda nas vendas em dez anos.

O governo, no entanto, ainda não divulgou de quanto será o aumento do imposto.

Especialistas em mercado ouvidos pela Folha acreditam que o repasse será, no máximo, parcial. Em tese, a alíquota do tributo para os modelos populares (1.0) passaria dos atuais 2% para 7% logo no início de 2014. Outros segmentos de automóveis teriam reajustes similares.

Segundo projeções da Anfavea, a cada ponto percentual de aumento do IPI, o veículo encarecerá 1,1%.

Folha

Carros ficarão mais caros a partir de 2014

 A retomada do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) e a introdução obrigatória de itens de segurança deixarão os carros mais caros a partir de 2014.

A Anfavea estima que o efeito da tributação pode ter impacto de até 5,6% nos preços. “O governo ainda está discutindo qual será o percentual de repasse parcial do tributo. Dependo do salto, o carro pode ficar de 1,1% a 5,6% mais caro”, afirmou o presidente da entidade, Luiz Moan.

O imposto foi reduzido a zero para os carros populares, em abril do ano passado. Neste ano, foi gradualmente recomposto e está em 2%. Em 2014, voltaria à alíquota original, de 7%, mas o governo já sinalizou que a retomada vai ser parcial.

Também pesará no preço dos carros a inclusão do ABS e do airbag, que passarão ser obrigatórios. O custo adicional é estimado em R$ 1.000 por veículo.

O anúncio da elevação de preços tem como objetivo instigar o consumidor a ir às lojas em dezembro, o que poderia salvar o ano do setor, que fechou novembro com um volume de vendas acumulado 1,4% inferior ao do mesmo período de 2012. Os dados consideram apenas veículos de passeio e comerciais leves.

Para chegar na meta prevista pela entidade, de crescimento de 1% do setor no ano, as montadoras teriam de vender 430 mil unidades em dezembro. O recorde de vendas, de 420 mil unidades, foi alcançado em agosto do ano passado, quando o mercado também vivia a expectativa de aumento do IPI, que acabou cancelado por decisão do governo.

Caso o plano falhe, esta será a primeira retração nas vendas desde 2003. No acumulado do ano, as vendas somam 3,2 milhões de unidades.

Folha

Carros usados por bandidos durante "invasão" em Guamaré são encontrados pela PM

A Polícia Militar encontrou na manhã desta terça-feira (29), bananas dinamite e dois veículos usados na ação ao município de Guamaré, onde o Banco de Brasil foi explodido e a Base da Guarda Municipal atingida por vários disparos de fuzis.

Segundo a Polícia Militar, as dinamites foram encontradas dentro da Doblo  em uma fazenda próximo a cidade de Jandaíra. Este carro, inclusive, havia sido tomado de assalto, onde o motorista foi feito de refém por alguns minutos e depois liberado. O segundo veículo, um Gol, foi encontrado destruído por incêndio proposital, na comunidade Lagoa Seca, situado a seis quilômetros de Guamaré.

Mechafilia: Homem de 62 anos diz ter feito sexo com mais de 1.000 carros

 

 361Edward Smith, 62 anos, morador de Washington, EUA, se sente sexualmente atraído por máquinas. Suas conquistas incomuns incluem Mustangs, um Jaguar de luxo e até um helicóptero usado pela força área.

“Alguns caras olham peitos e bundas de mulheres bonitas e eu olho para a traseira de carros bonitos”, comentou.

Edward tornou atraído por carros e máquinas no começo de sua adolescência. Ele comenta que no auge de sua vida ativa, chegou a ter relacionamento amoroso semanalmente.

Mas, apesar da “farra”, ele diz que se comprometeu com apenas um carro de segunda mão, uma Volkswagen Beetle, chamada Vanilla, que ele comprou há mais de 30 anos.

Ele afirma que se trata de uma relação aberta, já que também faz amor com seu Opala 1973 GT, chamado carinhosamente de Cinnamon. Além disso, mantém contato íntimo com um Ford Ranger chamado Splash.

“Quando seguro a Vanilla em meus braços, há uma poderosa energia que vem dela. Eu diria que é extremamente gratificante, mas às vezes um pouco triste, porque eu sei que ela não pode falar comigo, mas eu sei que ela sente o que eu sinto”, disse. “Se alguma coisa acontecer com ela, eu ficaria mais do que apenas com o coração partido”, comentou.

Edward comentou ao britânico Mirror que nem sempre foi assim sua vida. Ele lutou muitos anos para admitir e permitir aflorar seus sentimentos. Ele se lembra a primeira vez que abraçou e beijou um modelo parecido com o usado por James Bond.

“Eu sei que algumas pessoas vão ver isso como estranho, mas há um monte de coisas estranhas neste mundo. Eu não estou machucando ninguém e não tenho a intenção de ferir ninguém”, desabafou.

362Ele admitiu que teve, em toda a sua vida, apenas um encontro íntimo com uma mulher em San Francisco, o que durou só uma noite.

“Eu não vou negar. Eu olho carros em programas de TV e shows e ainda sinto impulsos e desejos, mas agora eu quero sossegar com a Vanilla. Eu nunca tenho vergonha ou acho estranho o que tem no meu coração. Eu nunca me questiono. Eu adoro ela”, afirma.

 O que a ciência diz?

Trata-se de um problema psicológico chamado Mechanofilia. Em casos extremos, a pessoa abandona completamente sua convivência em sociedade para se refugiar exclusivamente com máquinas que lhe oferecem “proteção” e atração sexual.

O problema é pouco estudado e existem poucos relatos documentados.

Jornal Ciência

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Maurício Giovani disse:

    Caro Bruno! O título do post saiu errado, onde no corpo da notícia você apresenta como "Mechanofilia". Era bom que esse sujeito tentasse essa proeza com um porta aviões, e de quebra, sair agarrado com ele, engatado atrás, para fazer uma viagem dos sonhos com seu mais novo e maior amor, ao redor do mundo.

  2. Carlos Henrique disse:

    Nos temos um caso desse muito mais perto em Mossoró. Com certeza ele ja pegou muito mais do que esse cara ai, agora ele so e fiel aos fuscas. Kkkkkkkkk.

Organização lista os carros mais inseguros do Brasil; veja quais são

O Latin NCAP, organização que avalia a segurança dos carros novos da América Latina, divulgou mais um resultado de suas análises de veículos produzidos ou vendidos no Brasil. Dos 26 carros avaliados desde 2010, 11 obtiveram pontuação baixa (uma ou duas estrelas) – em uma escala de uma a cinco estrelas – e foram considerados inseguros.

O alento para os consumidores é que os testes têm apontado que aos poucos os carros brasileiros estão melhorando a segurança, embora ainda estejam longe dos vendidos ou fabricados nos EUA e na Europa.

Fiat Palio ELX 1.4 é um dos mais inseguros do Brasil

70114

Veja a lista dos carros mais inseguros:

1) Fiat Palio ELX 1.4 (1 estrela)
2) Fiat Novo Uno (1 estrela)
3) VW Gol Trend 1.6 (1 estrela)
4) Peugeot 207 1.4 (1 estrela)
5) GM Classic (1 estrela)
6) GM Celta: (1 estrela)
7) Ford Ka Flay (1 estrela)
8) JAC J3 (1 estrela)
9) Renault Sandero (1 estrela)
10) Peugeot 207 1.4 com airbag (2 estrelas)
11) Nissan March (2 estrelas)

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. André Costa disse:

    O "buraco" é bem mais embaixo. O LatinNCAP apesar do nome semelhante não usa os mesmos parâmetros do seu irmão mais velho, o EuroNCAP ou simplesmente NCAP.
    Na Europa o teste foi ampliado a um par de anos ( realmente não sei a quanto tempo) e incluiu o teste de colisão lateral, basicamente um pêndulo enorme com um bloco de ações preso em duas das suas extremidades é solto para "pegar" a vítima de lado (simulando uma batida daquelas de "cinema").
    Portanto, se tem carro brasileiro tirando 1 estrela (para o consumidor europeu duas estrelas já é "reprovação") num teste "café com leite" não é nem preciso dizer como se sairia no "pra valer".

  2. disse:

    Quando eu afirmo q o Brasil é o país da "desordem e regresso" Amigo quem não lembra das Palavra do ex-presidente Collor, o Brasil não tem carros, São carroças Motorizada.

Land Rover, Audi e Mercedes-Benz querem produzir carros no Brasil.

O crescimento do mercado brasileiro de automóveis aliado à crise financeira na Europa está contribuindo para que marcas que já produziram veículos aqui, mas abandonaram a fabricação local por falta de competitividade ou números de vendas limitados, considerem retomar a condição de fabricantes. No grupo das empresas que estão realizando avaliações com este fim há Audi, Mercedes-Benz e Land Rover.

Outra europeia, a alemã BMW já confirmou que terá, pela primeira vez, fábrica no Brasil. Além da crise no Velho Continente, essas empresas são incentivadas pelo Inovar-Auto, regime implementado no ano passado para dar benefícios às marcas que optem por ser fabricantes. Além disso, essas regras dificultam as importações.

Assim, até não-europeias já têm fábricas confirmadas no País. É o caso das chinesas JAC Motors e Chery.

Estadão

New York Times denuncia que carros fabricados no Brasil são mortais; entenda

O jornal americano The New York Times publicou em seu site ampla reportagem da agência Associated Press intitulada “Carros feitos no Brasil são mortais”.

A reportagem afirma que os veículos produzidos no País são feitos com soldas mais fracas, poucos itens de segurança e materiais de qualidade bem inferior aos dos fabricados nos Estados Unidos e na Europa

“O que acontece quando esses veículos vão para as ruas está se transformando numa tragédia nacional”, afirma a reportagem. A Associated Press é uma das agências de notícias mais antigas do mundo, fundada em 1846. Ela fornece noticiário para mais de 1,7 mil jornais e cinco mil emissoras de rádio e TV.

A alta taxa de mortalidade no trânsito no Brasil seria quatro vezes superior à americana, resultado da fragilidade dos modelos brasileiros. O artigo aponta que de cada cinco carros analisados no País, quatro não passariam em testes de colisão feitos por empresas independentes.

Em resposta ao polêmico artigo, as montadoras declararam que os automóveis brasileiros respeitam normas de segurança vigentes no Brasil. O número de mortes de motoristas e passageiros é atribuído por elas à má conservação de ruas e estradas.

Enquanto nos Estados Unidos a margem de lucro para as montadoras automotivas é de meros 3%, no Brasil seria de 10%, segundo o artigo. A diferença viria da economia com a qualidade dos produtos.

Outro número levantado chama à atenção: da última década para esta, subiu em 72% o volume de mortes no trânsito do Brasil. O artigo relaciona esse dado ao boom da classe média brasileira.

Em dez anos, 40 milhões de pessoas ascenderam das classes D e E à classe C. Nessas condições, a quantidade de gente comprando o primeiro automóvel aumentou. Assim, com mais motoristas de carros inseguros nas ruas, as mortes tendem a ser cada vez mais frequentes.

A reportagem da Associated Press ouviu Alexandre Cordeiro, representante do governo brasileiro, que admitiu a falta de equipamento de testes de impacto (crash-test) no governo federal e a necessidade de aperfeiçoamento da legislação relativa à segurança veicular.

Estadão

Vencimentos do IPVA estão programados para este mês

O Calendário para pagamento das Taxas de Licenciamento de veículos automotores tem vencimentos programados para os próximos dias 14 e 15. Neste caso, são os carros com placas de final 7 e 8, o que equivale a 184.507 veículos no Estado, cerca de 21% do total. Especificamente em Natal e Mossoró esses números equivalem a 65.308 e 23.025, respectivamente. Ao todo, a frota no Estado é de 913.581 veículos.

Os usuários que não receberam os carnês podem imprimir a segunda via diretamente na página eletrônica www.detran.rn.gov.br, link “consultar veículo”. A mesma regra vale para os contribuintes que estão em viagem e não estão portando o documento.

O imposto é o único cuja arrecadação é de responsabilidade do Detran/RN e neste ano não teve reajuste algum, permanecendo no valor de R$ 60, independente do ano ou categoria do enquadramento do transporte automotor.

IPVA– Já os veículos com finais de placa 5 e 6 terão o IPVA e o Seguro Obrigatório vencendo nos dias 16 e 17. No site do Detran há também o calendário anual com as demais datas de vencimento, tanto das taxas de licenciamento como do IPVA e do Seguro Obrigatório.

Somente após a comprovação da quitação dos três impostos é que o proprietário recebe o Certificado de Registro de Licenciamento de Veículos (CRLV), que é enviado ao endereço do contribuinte.

Confira lista dos carros mais difíceis e caros de consertar

Todo mês, o Centro de Experimentação e Segurança Viária divulga a lista dos carros mais caros e difíceis de consertar. Abaixo, você pode conferir o ranking referente a março deste ano.

Com um custo de compra mais baixo, os carros compactos costumam atrair a maioria dos consumidores. Entretanto, se por um lado eles possuem preços que não pesam tanto no bolso, por outro, alguns modelos deixam a desejar quando o assunto é conserto.

Isso porque eles apresentam um alto custo de manutenção se comparados com outros veículos da mesma categoria. Esta discrepância está registrada no Índice Car Group, divulgado mensalmente pelo Centro de Experimentação e Segurança Viária. Todo mês, a entidade faz um levantamento sobre a rapidez e o custo de reparo de cada modelo após uma batida.

Quanto maior é o índice, mais caro e complicado é o conserto, o que também agrega um custo maior ao preço do seguro. Esse índice é calculado com base em comparações de automóveis de uma mesma categoria em testes de impacto de baixa velocidade. Depois da batida, o veículo é levado a uma oficina modelo, onde as consequênciias do acidente são analisadas.

Abaixo, separamos a lista dos carros mais caros de consertar para você ficar por dentro do assunto. Confira!

Na categoria hatch compacto, os modelos que apresentaram os melhores resultados foram: novo Citroën C3 hatch, Toyota Etios hatch, Volkswagen Fox e Chevrolet Onix. Na parte de baixo da lista dos carros mais difíceis de consertar, estão:

• Fiat Novo Palio – Índice Car Group: 46
• Fiat Palio Fire – Índice Car Group: 43
• Fiat novo Uno – Índice Car Group: 38
• Peugeot 207 hatch – Índice Car Group: 37
• Fiat Mille – Índice Car Group: 35
• Nissan March – Índice Car Group: 33
• Jac J3 – Índice Car Group: 27

Na categoria sedan compacto, os modelos que menos apresentam problemas de reparos com relação ao índice do CESV referente ao mês de março são: Toyota Etios Sedan, Volkswagen Polo Sedan e novo Chevrolet Prisma. Abaixo, estão os carros com os piores rendimentos nesta categoria:

• Peugeot 207 Passion – Índice Car Group: 51
• Renault Symbol – Índice Car Group: 44
• Fiat Grand Siena – Índice Car Group: 37
• Novo Ford Fiesta Sedan – Índice Car Group: 36
• Chevrolet Cobalt – Índice Car Group: 36
• Renault Logan – Índice Car Group: 32
• Nissan Versa – Índice Car Group: 29

(FONTE: R7)