Trânsito

STTU muda sentido de fluxo na Rua Marise Bastier em Lagoa Nova; veja alternativas

Foto: Divulgação/STTU

A Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana está alterando a circulação de veículos na rua Marise Bastier, trecho entre a Nascimento de Castro e Almeida Barreto, em Lagoa Nova. A via operava nos dois sentidos e agora passa a operar em um único sentido, recebendo o fluxo de veículos somente oriundo da Nascimento de Castro. De acordo com o secretário da STTU, Paulo César Medeiros a medida visa melhorar as condições de segurança dos pedestres e a fluidez do trânsito local.

ALTERAÇÕES

Rua Marise Bastier, implantação de mão única de direção, no sentido Av. Nascimento de Castro e Almeida Barreto, em Lagoa Nova.

ALTERNATIVAS

Os condutores de veículos que trafegavam antes pela Marise Bastier em direção a Av. Nascimento de Castro agora deverão seguir pela Almeida Barreto e entrar a esquerda na rua Professor Antônio Campos.

A equipe de engenharia de Trânsito e agentes de mobilidade da STTU estão no local acompanhando as mudanças e orientando os motoristas e usuários sobre as mudanças, visando manter as condições de segurança e fluidez do tráfego. A orientação está sendo reforçada com a instalação de placas indicativas de sentido de fluxo na via.

Para informações de trânsito, ocorrências, reclamações, remoções e sugestões, ligue156.

Opinião dos leitores

  1. Ei SSTU, façam algo de bom e correto… botem um guarda ali na calçada do Edifício Elali, na Av. Nascimento de Castro, e vejam quantos motoqueiros usam a calçada como pista pra fugir do trânstio… E os motoristas de carros? Ficam bestas de ver tanta transgressão…

  2. Esses engenheiros de trânsito, formados em faculdade, mexem no trânsito de Lagoa Nova e deixam engessados os moradores e afins,,, já prejudicaram bastante os moradores da região com o trânsito virado…… vão mexer no trânsito da casa de vcs… lá na zona norte? sei não….pimenta no … dos outros é refresco…

  3. Quero saber a quem interessa essa ideia. Pq a nós motoristas não é mesmo. Ficamos foi mais prejudicados. Tanta coisa pra se fazer em Natal, e faz-se uma asneira dessa. Ficou péssimo.

    1. Realmente o trânsito ali é ruim mesmo e com a demanda da academia nadarte piora mais ainda. Vamos aguardar o resultado

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Clima

Beber 2 litros de água por dia, principalmente no calor infernal no RN neste período, faz mais sentido do que nunca

“Por que faz sentido para seu corpo beber 2 litros de água por dia”. Matéria é um dos destaques da Galileu nesta semana. Confira abaixo leitura importante para o potiguar, que vem sofrendo diariamente com o calor no período de fim de ano.

De acordo com o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (CPTEC-Inpe), o verão no país está sendo mais quente que o normal, com média de temperatura na marca dos 31,5 ºC entre 21 de dezembro e 20 de março, último dia da estação.

Neste período, a regra de consumir – ao menos – 2 litros de água por dia deve ser seguida à risca para evitar a desidratação e a consequente dificuldade do organismo realizar funções vitais que vão da boa digestão dos alimentos e o transporte de nutrientes até funcionamento dos rins. Isso porque no verão as pessoas transpiram mais e estão mais tempo sob o sol.

Como o corpo também perde água:
• Suor – 23%
• Urina – 58%
• Fezes – 4%
• Respiração – 15%

E a explicação para a boa hidratação é fisiológica. De acordo Andrea Pereira, nutrólogia do Hospital Israelita Albert Einstein, cerca de 60% do corpo humano é formado por água. O organismo produz, em média, 7 litros de liquido por dia – entre saliva, suco gástrico e bile – e o intestino absorve 9 litros. “Então, a conta não fecha. Por isso é preciso a ingestão de água”, explica a médica.

Caracterizada pela baixa concentração de água, sais minerais e líquidos orgânicos no corpo, a desidratação, de acordo com seu grau, pode matar. Por isso o corpo dá sinais que está precisando de água. O primeiro deles é a sede. “Sentir sede já significa que o organismo está com um grau leve, de 2% a 3% de desidratação”, explica a médica do Einstein.

Nas fases leve e moderada, os sinais de desidratação são sede, boca e pele secas, diminuição da sudorese, câimbras. Já na fase grave, os sintomas são dor de cabeça, tontura, confusão mental, fraqueza, cansaço e aumento da frequência cardíaca são alguns sintomas da desidratação grave.

Confira alguns outros sinais que seu corpo pede água

• Sensação de fadiga, confusão mental e câimbras
• Prisão de ventre
• Pele e cabelo sem elasticidade
• Falhas cognitivas, como perda de memória
• Urina escura e infecções urinaria (eliminamos, pela urina, as bactérias do trato urinário)
• Doenças respiratórias (a água umidifica o sistema bronco-pulmonar e facilita o transporte de oxigênio)

(Fonte: Agência Einstein)

Galileu

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *