Corpo encontrado em área de mata em Tibau do Sul pode ser de adolescente de 16 anos desaparecida

Fotos: Cedidas

O portal G1-RN noticia nesta segunda-feira(30) que um corpo encontrado na manhã desse domingo (29) no distrito de Sibaúma, em Tibau do Sul, pode ser da jovem Andreza Alves do Nascimento, de 16 anos, desaparecida desde o dia 21 deste mês. De acordo com a família de Andreza, o corpo é da jovem. Mas, de acordo com o Itep, será necessário realizar um exame de DNA para confirmação oficial.

Segundo a Polícia Civil, o corpo foi encontrado em uma área de mata, em avançado estado de decomposição. No local, havia pertences da vítima. Mais detalhes AQUI.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Elio Cesario disse:

    Muito triste, imagino a dor da família. Oh Deus misericordioso, confortai essa família!!!

  2. Calígula disse:

    Lamentável.

Funcionário de funerária é demitido por tirar foto com o corpo de Maradona

Funcionário preparava o corpo de Maradona antes do velório, que acontece nesta quinta-feira (26), em Buenos Aires — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Um funcionário da funerária que preparou o corpo de Diego Maradona, velado nesta quinta-feira (26) em Buenos Aires, foi demitido após a divulgação de uma foto em que ele aparece ao lado do caixão aberto, tocando o rosto do astro do futebol argentino.

Maradona morreu aos 60 anos na quarta-feira (25) após sofrer uma parada cardiorrespiratória em casa, na cidade de Tigre.

O dono da funerária argentina pediu desculpas à família de Maradona e disse, em entrevista ao site da emissora Todo Noticias, do grupo Clarín, que o funcionário foi “despedido imediatamente”.

A imagem do agente funerário fazendo sinal de positivo, com o caixão aberto, enquanto tocava o rosto de Maradona começou a viralizar no final da manhã de quinta em diversos perfis no Twitter e em grupos do WhatsApp.

O advogado e amigo de Maradona, Matias Morla, mostrou sua perplexidade com o caso e disse, em uma rede social, que o funcionário é “um canalha”, e que não descansará “enquanto ele não responder por essa aberração”.

“Por conta da viralização da imagem de Diego em seu leito de morte, eu vou pessoalmente encontrar quem foi o canalha que tirou essa foto”, disse o advogado. “Todos os responsáveis por essa covardia vão ter que pagar.”

G1

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Marcos Benício disse:

    Cada maluco com sua maluquice! 😕

  2. Elio Cesario disse:

    Quanta falta de respeito pelo próximo… nannnnnnnn

  3. Elba disse:

    Se fosse um filho teu, vc ia gostar bovino?

  4. Antonio Turci disse:

    Mi-mi-mi.

Corpo do menino José Carlos é sepultado em Natal e mãe pede justiça

 Foto: Paulo Martin/Inter TV Cabugi

O corpo do menino José Carlos da Silva, de 8 anos, que passou mais de 20 dias desaparecido e foi encontrado morto, foi sepultado no final da manhã desta quinta-feira (19) no Cemitério Municipal de Igapó, na zona Norte de Natal. Familiares e amigos fizeram as últimas homenagens ao garoto. As investigações sobre a morte da criança seguem em sigilo.

Inconformada a mãe de José Carlos, Ozenilda das Dores da Silva, cobrou respostas dos investigadores. “Eu quero justiça. A polícia não pode nem dormir, tem que procurar [o culpado], por que se fosse o filho deles? Eles já tinham prendido”, diz a mãe do garoto.

O sepultamento ocorreu uma semana após o corpo da criança ter sido encontrado enterrado em uma área de mata próximo à casa da família. Ele só foi liberado para a família após o Instituto Técnico Científico de Perícia confirmar a identidade e concluir os exames periciais na ossada.

O corpo foi encontrado na quinta-feira dia 12 de novembro, mais de 20 dias após a criança ter desaparecido. A confirmação da identidade, feita por exame de DNA, foi divulgada na última terça-feira (17).

 

Com informações do G1-RN

 

Corpo de criança encontrado enterrado na Zona Norte de Natal é do menino José Carlos da Silva, de 8 anos

O BG recebeu informações que o Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), em coletiva na tarde desta terça-feira(17), no Laboratório de DNA da instituição, no Complexo da Degepol, confirma o resultado do laudo realizado no corpo encontrado enterrado na manhã da última quinta-feira (12), em um terreno descampado no bairro Pajuçara, Zona Norte de Natal. Trata-se do menino José Carlos da Silva, de 8 anos, que estava desaparecido há 22 dias.

A perda da trágica da criança agora vira um quebra-cabeças para a polícia. Quem matou José Carlos da Silva? A Polícia Civil. através da DHPP, avança nas investigações e não dá detalhes.

Itep fará exames para saber se corpo encontrado é de garoto desaparecido em Natal

Um corpo encontrado na manhã desta quinta-feira(12) em um terreno privado no bairro de Pajuçara, na zona Norte de Natal, foi enviado ao Instituto Técnico Científico de Perícia do Rio Grande do Norte (Itep-RN) para confirmar a identidade da vítima. Um exame de DNA, inclusive, poderá ser realizado.

As características do corpo são de uma criança e as autoridades trabalham com a hipótese de pertencer ao garoto José Carlos, 8 anos, desaparecido desde o dia 21 de outubro.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Brasil disse:

    Até os comentários são pequenos. Viva os fofoqueiros, viva os que so gostam das notícias da mídia, bando de ser sem noção

FOTO: Corpo encontrado enterrado na Zona Norte de Natal pode ser de menino de 8 anos desaparecido há 22 dias

Foto: Reprodução/Via Certa Natal

O portal G1-RN destaca nesta quinta-feira(12) que um corpo que pode ser do menino José Carlos da Silva, de 8 anos, desaparecido há 22 dias, foi encontrado enterrado embaixo de uma árvore, no fim da manhã, em um terreno na Zona Norte de Natal. Segundo a reportagem, moradores da região faziam buscas pelo garoto, quando perceberam uma área de terra que estava mais funda, “fofa” e sob palhas.

Ainda segundo vizinhos, a camiseta no corpo é a mesma com a qual o menino foi visto pela última vez antes de desaparecer no dia 21 de outubro. O corpo está em uma área de matagal entre as comunidades da África, na Redinha, e Pajuçara, próxima à casa onde o menino morava. Policias militares, policiais civis, bombeiros e peritos do Instituto Técnico-Científico de Perícia foram enviados ao local.

Matéria completa AQUI.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Marta disse:

    Crueldade desse ser humano sem celebro que fez isso,que para mim nao e gente.vai sofrer aquí e no inferno

  2. José da Serra disse:

    Eu fico imaginando como o ser humano é capaz de fazer uma atrocidade como essa…
    É o fim da raça humana.

Homem morre eletrocutado e corpo fica pendurado em poste em Mossoró na manhã desta sexta

O portal G1-RN noticia que um homem morreu eletrocutado e ficou preso em um poste na manhã sexta-feira (16) em Mossoró, região Oeste do estado, por volta das 10h. De acordo com a matéria, a Polícia acredita que ele estava tentando furtar cobre do transformador quando aconteceu o incidente.

Segundo o portal G1-RN, o poste onde o homem foi eletrocutado fica na Avenida Diocesana, no bairro Santo Antônio, dentro de um terreno que pertence à Petrobras, onde funciona uma estação coletora.

O local foi isolado pela Polícia Militar e na área foram encontradas algumas ferramentas, parafusos caídos no chão e uma lona, que a polícia acredita que ia ser usada para enrolar o material que seria furtado. Itep e Polícia Civil foram acionados para a remover o corpo.

Com acréscimo de informações do G1-RN

Polícia confirma que corpo encontrado com marcas de tortura enterrado ao lado de piscina no litoral PB é de advogado do RN

O advogado do Rio Grande do Norte que estava desaparecido após sair para tentar vender um carro em João Pessoa foi encontrado morto. O corpo foi encontrado na terça-feira da semana passada (6 de outubro), mas a confirmação de que se tratava do advogado só foi divulgada nessa quarta-feira (14) pela Superintendência da Polícia Civil em João Pessoa, pelo delegado Luciano Soares.

O corpo foi localizado enterrado em uma casa no distrito de Jacumã, que fica no município de Conde, Litoral Sul da Paraíba. Os restos mortais estavam enterrados ao lado de uma piscina.

Segundo a perícia, o advogado foi morto com requintes de crueldade. No corpo havia marcas de disparos de arma de fogo. Ele estava amarrado com um objeto conhecido como “enforca gatos” nas mãos, pés e pescoço. Há indícios de que ele tenha sido torturado.

Alexandre Guedes Hortêncio de Lima saiu no último dia 25 de setembro com destino à capital paraibana para negociar um veículo. Desde então ele não foi visto. No dia 2 de outubro, o veículo foi encontrado incendiado no bairro de Mangabeira, que fica na zona sul de João Pessoa. Agora a polícia vai investigar o caso.

Com informações do portal T5

https://www.portalt5.com.br/noticias/policia/2020/10/380830-corpo-de-advogado-do-rn-e-encontrado-com-marcas-de-tortura-no-litoral-sul-da-pb

 

Ser sexy e feliz na cama não tem a ver com seu tipo de corpo, diz pesquisas

Foto: iStock

Do que você precisa para ter satisfação sexual? E o que faz você se sentir atraído por alguém? Ter um corpo dentro dos padrões de beleza convencionais não aparece entre as principais respostas da maioria das pessoas para nenhuma das perguntas, de acordo com Ana Canosa, apresentadora do podcast Sexoterapia. Segundo a sexóloga, os estudos mostram que, para a primeira questão, sobre satisfação sexual, as principais características pessoais citadas são: autonomia, autoestima e empatia. Para a segunda, sobre atração, em primeiro lugar estão a personalidade e o carisma (60%), em segundo o psiquismo (30%), e por último vem a aparência (10%). Veja a discussão completa no vídeo abaixo:

Por que, então, nos preocupamos tanto em ter um corpo considerado padrão, em nos “encaixar”? A resposta, segundo Ana, tem relação com a nossa autoestima, que é uma avaliação subjetiva que vamos construindo de nós mesmos a partir da infância. Ela explica que essa autoavaliação é criada a partir das características que nos são atribuídas, sejam comportamentais (inteligente, divertida, simpática), sejam físicas (baixinho, gordo, magrelo). “Estas últimas vão tornando as pessoas prisioneiras de um estigma corporal.”

Bonita de corpo

Foi assim com a influenciadora digital Bia Gremion, 23. Ela foi uma criança gorda e nunca teve um corpo padrão, e por isso sofreu todo tipo de bullying vindo de colegas, familiares e desconhecidos. Bia conta que cresceu com a sensação de não pertencimento, achava que tinha alguma coisa errada com seu corpo, que ele precisava ser consertado.

Após percorrer um árduo caminho de desconstrução, a hoje modelo plus size conseguiu fazer as pazes com seu corpo, com seus relacionamentos e com sua sexualidade, em uma espécie de ciclo virtuoso pouco explorado pelas pesquisas. “Os estudos que investigam a relação entre autoestima e sexualidade sempre vão para a influência negativa de uma sobre a outra. Ninguém fala sobre a autoestima como resultado de experiências sexuais satisfatórias”, afirma. “O sexo de forma positiva e saudável realmente mudou a minha vida. Me fez entender que não tem nada de errado no meu corpo, que sou gostosa, sou bonita, que vou ser desejada e não preciso ficar refém de um relacionamento ruim.”

Universa – UOL

FOTOS: Preso é flagrado com 8 celulares, carregadores, cabos e chips dentro no corpo em MT

Fotos: Sesp/MT

Um preso foi flagrado com oito mini aparelhos de celular com bateria, quatro plugs de cabo USB, sete chips e um fio de carregador dentro do corpo ao ser revistado na Penitenciária Osvaldo Florentino Leite Ferreira (Ferrugem), em Sinop, a 503 km de Cuiabá.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (Sesp), ele foi descoberto durante procedimento de entrada na penitenciária. O caso aconteceu na última sexta-feira (18).

Os policiais penais identificaram “comportamento suspeito” no homem, que estava em um grupo de recém-chegados ao local. Após busca pessoal, ele foi submetido à inspeção eletrônica, e o scanner corporal revelou a presença de alguns objetos.

Objetos seriam entregues a outros presos

O homem então confessou que transportava materiais que seriam entregues a presos da unidade.

Sozinho, ele expeliu oito mini aparelhos de celular com bateria, quatro plugs de cabo USB, sete chips de celulares e um fio de carregador de celular. O preso não necessitou de atendimento médico.

O material estava protegido por bexigas e fitas isolante. Aos policiais penais, ele relatou que receberia uma quantia em dinheiro caso conseguisse fazer a entrega.

O homem foi encaminhado para a ala destinada ao isolamento, como medida de prevenção ao novo coronavírus (Covid-19).

A direção da penitenciária afirma que investiga quem encomendou os objetos e a participação do preso nesse caso.

G1

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Antônio Soares disse:

    Já pensou esses bichos tudo tocando dentro do fiofó do camarada. Kkkkk

  2. Edison Cunha disse:

    Vocês já imaginaram uma cagada informatizada de um cabra desse!
    E um peido!
    Armaria!
    Dou figa.

  3. Jk disse:

    Só faltou engolir a torre de transmissão

Corpo é encontrado em matagal na Grande Natal; vítima com marcas de tiros na cabeça e mãos amarradas

O portal G1-RN noticia que um homem de 33 anos foi encontrado morto na tarde desta sexta-feira (18) em uma área de matagal do município de Parnamirim, na região metropolitana de Natal. Segundo a Polícia Militar, o corpo tinha marcas de vários disparos na cabeça e estava com as mãos amarradas.

O G1 ainda destaca que o corpo do rapaz foi encontrado nas proximidades da BR-304 no trecho entre Parnamirim e Macaíba. Mais detalhes da ocorrência aqui em texto na íntegra.

Corpo de homem desaparecido desde domingo é encontrado preso em pedra no açude Gargalheiras

O corpo de Jácio Mamede Galvão foi encontrado nesta terça-feira(14) no açude Gargalheiras, em Acari.

Jácio estava desaparecido desde domingo(12) quando estava em uma embarcação a motor e se dirigia para uma comunidade às margens do açude.

O corpo foi encontrada preso em uma pedra durante buscas do Corpo de Bombeiros com auxílio da Marinha.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Bosco disse:

    Lamentável! As minhas mais sinceras condolências a família. Tive o prazer de dividir o conselho fiscal do nosso condomínio com ele. Homem íntegro ,com quem tive a oportunidade de debater muitos assuntos. Que Deus o receba em sua morada eterna.

Polícia encontra corpo no lago em que Naya Rivera sumiu; corpo é da atriz, diz site

Foto: Reprodução / Instagram

A polícia de Ventura, na Califórnia, encontrou um corpo no lago em que a atriz Naya Rivera desapareceu. A informação foi divulgada pela corporação nesta segunda-feira (13).

A atriz está desaparecida desde a última quarta-feira (8) após passeio de barco com o filho. A polícia deve dar mais informações ainda nesta segunda. Segundo o site TMZ, o corpo encontrado é de Naya.

Sonares, câmeras e mergulhadores foram utilizados no Lago Piru, onde ela foi vista pela última vez. Um vídeo mostrou como a visibilidade, de uma câmera controlada remotamente, é baixa a 30 pés de profundidade — cerca de 9,1 metros.

Naya Rivera, de 33 anos, participou de seis temporadas da série “Glee”. O filho da atriz, de 4 anos, está bem e, segundo a revista People, está na companhia do pai, Ryan Dorsey.

Segundo autoridades, há muitas árvores e detritos no fundo do lago, fazendo com que nadadores e mergulhadores se enroscassem com facilidade.

Histórico do desaparecimento de Naya

Naya alugou um barco por volta das 13h do dia 8 de julho, e saiu para navegar com o filho de 4 anos. Joey foi encontrado pela polícia dormindo na embarcação e informou para as autoridades que mãe não retornou ao barco após mergulho.

Na quinta (9), a polícia do condado de Ventura afirmou que acredita que a cantora e atriz tenha morrido em um “trágico acidente”.

As autoridades também divulgaram vídeo com imagens da atriz deixando o carro na companhia do filho e entrando na embarcação horas antes de sumir durante mergulho.

G1

Corpo do ex-PM Adriano da Nóbrega é liberado para sepultamento após segundo exame

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

O corpo do ex-policial militar Adriano da Nóbrega foi liberado, nesta sexta-feira (21), pela Polícia Civil, para sepultamento. A liberação só foi possível após a segunda perícia, realizada na noite de quinta-feira (20), no Instituto Médico Legal do Rio de Janeiro (IML-RJ), por ordem da Justiça da Bahia.

O novo exame não apontou sinais evidentes de tortura, segundo o médico legista Talvane de Moraes, que acompanhou a necrópsia como convidado dos legistas contratados pela família de Adriano, Francisco Moraes Silva e Ari Fontana, que vieram do Paraná.

Novos exames laboratoriais serão feitos para complementar o laudo, que deverá ser apresentado à Justiça baiana em 15 dias.

Além dos peritos do IML do Rio, estiveram presentes duas advogadas da família, uma irmã de Adriano e um representante do Ministério Público da Bahia. O procedimento começou às 16h30 e se estendeu até as 21h.

O novo exame foi determinado pelo juiz da comarca de Esplanada (BA), Augusto Yuzo Jouti, que atendeu pedidos do MP da Bahia e de familiares do ex-policial, morto no último dia 9 de fevereiro, em confronto com policiais baianos.

Agência Brasil

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Rafael disse:

    Bandido bom é bandido….
    Completa aí Bolsonaro!!!!

Corpo de José Mojica Marins, o Zé do Caixão, é enterrado em SP

Foto 1: Divulgação/ foto 2: Foto: Priscila Cardoso/Arquivo Pessoal

O corpo do ator, diretor e roteirista José Mojica Marins, conhecido pelo personagem Zé do Caixão, foi enterrado no Cemitério São Paulo, por volta das 13h20 desta sexta-feira (21).

Conhecido como o mestre do terror brasileiro, o artista teve ser corpo velado nesta quinta-feira (20) no Museu da Imagem e do Som, nos Jardins, área nobre de São Paulo.

Durante o velório, familiares, fãs e amigos prestaram as últimas homenagens ao cineasta, que era um dos maiores ícones do cinema brasileiro. O caixão ficou aberto, com um véu branco por cima, em cima de um palco no auditório do MIS.

A cerimônia teve apresentação de um grupo de mariachi, Alberto Apache Y su Mariachi.

A morte dele foi confirmada pela filha, a atriz Liz Marins, na quarta-feira (19). Ele morreu às 15h46, no hospital Sancta Maggiore, em São Paulo.

O cineasta estava internado desde o dia 28 de janeiro para tratar de uma broncopneumonia e deixa sete filhos.

Homenagens no velório

“O Mojica e o Zé do Caixão, tanto criador quanto criatura, são imortais”, disse Liz Marins, filha de Zé do Caixão ao chegar na cerimônia.

Rubens Mello, ator de “Encarnação do demônio”, disse: “O legado do Mojica é indiscutível. Vamos ter sempre eternizadas essa obras que ele deixa. E a gente vê hoje esse novos realizadores que vão se aproveitando dessa brecha que o Mojica deixa.”

O ator Bernardo Mendes também foi ao velório para homenagear o cineasta. “O maior legado que ele deixa é o amor à família, à arte, ao lúdico nesse lugar sombrio. Porque a morte é sobre amor e amor é sobre morte”, afirmou.

Dennison Ramalho, diretor, disse sobre Mojica: “O maior inventor do cinema brasileiro. O grande mestre do surrealismo brasileiro. O homem que trouxe delírio ao cinema.”

“Ninguém nunca fez isso como ele. Espero que o futuro nos traga alguém como ele. Mas vai ser muito difícil. Eu me fiz cineasta na barra da capa dele. Hoje tenho 20 anos de carreira, mas quando comecei tava lá pendurado na capa dele, pedindo pra ele me ensinar”, completou Dennison, que escreveu com Mojica “Encarnação do demônio”.

Mestre do terror brasileiro

Filho dos artistas circenses Antonio André e Carmen Marins, José Mojica Marins nasceu no dia 13 de março de 1936, em São Paulo.

Mojica dirigiu 40 produções e atuou em mais de 50 filmes. Seu interesse pelo cinema de terror escatológico começou nos anos 1950, mas foi em 1964, com o filme “À meia-noite levarei sua alma”, que ganhou o apelido de Zé do Caixão.

Seu personagem mais famoso, o agente funerário sádico com roupas pretas, cartola, capa e unhas longas, ainda aparece em “Esta noite encarnarei no teu cadáver” (1967), “O estranho mundo de Zé do Caixão” (1968) e “Encarnação do demônio” (2008).

Com G1

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cigano Lulu disse:

    Até no nascimento Mojica teve um componente premonitório: 13 de março de 1936 foi uma Sexta-feira 13.

Defesa de ex-PM Adriano da Nóbrega pede perícia independente em corpo

A defesa de Adriano da Nóbrega pediu autorização à Justiça para realizar uma perícia independente no corpo do ex-policial militar, com o objetivo de esclarecer as circunstâncias de sua morte, ocorrida em 9 de fevereiro no município de Esplanada, na Bahia.

Em entrevista nesta terça-feira (18), o advogado Paulo Emílio Catta Preta confirmou a jornalistas que a família suspeita da primeira versão dada pela Polícia Militar da Bahia, de que ele foi morto ao reagir e trocar tiros durante uma operação policial que visava prendê-lo.

Questionado se a defesa trabalha com a hipótese de execução, o advogado afirmou que “tem ganhado robustez essa suspeita”. “Há marcas no corpo que, em princípio, podem trabalhar contra essa versão de uma troca de tiros, há notícia de quebra de costelas, sete costelas que teriam sido quebradas, isso tem que ser esclarecido”, acrescentou.

Ele afirmou que não deseja fazer nenhuma “perícia clandestina”, mas que é o desejo da família que haja um exame independente no corpo, feito com a presença de oficiais do Estado, cujo laudo permita confirmar ou não uma perícia oficial.

O advogado também voltou a relatar uma ligação que recebeu do próprio Adriano da Nóbrega em 4 de fevereiro, poucos dias antes de morrer, na qual o ex-PM relatou seu medo de ser assassinado pela polícia. “Ele estava muito convicto realmente de que seria morto”, disse Catta Preta, acrescentando que assumiu o caso quando seu cliente já estava foragido e que essa teria sido a única vez em que se falaram diretamente.

Catta Preta disse confiar nas autoridades estaduais e que por isso não considera, no momento, pedir a federalização das investigações em torno da morte de Adriano da Nóbrega. “Eu volto a dizer que o meu desejo é que isso seja resolvido nas instâncias ordinárias, comuns, estaduais. Eu acredito nas autoridades judiciárias”, disse ele.

O defensor acrescentou ainda considerar comentários feitos por políticos a respeito do caso como “contraproducentes” para a defesa. A respeito de perícia independente em telefones de Adriano da Nóbrega, o advogado afirmou ser cedo para seguir essa linha.

Nesta quinta-feira, o presidente Jair Bolsonaro comentou o caso, e também disse ser necessária uma perícia independente no corpo de Adriano, que se encontra no Rio de Janeiro. Na semana passada, a Justiça fluminense proibiu que o corpo fosse cremado.

Logo em seguida à decisão proibindo a cremação, o pedido da defesa da família para realizar sua própria perícia no corpo foi encaminhado à Justiça do Rio. Mas, no momento, é preciso aguardar uma definição sobre se quem deve decidir o assunto é a Justiça da Bahia, informou Catta Preta.

Ex-capitão do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) da Polícia Militar do Rio de Janeiro, Adriano da Nóbrega era investigado por diversos crimes, sob a suspeita de envolvimento com milícias e assassinatos por encomenda. Ele era procurado pela Polícia Civil do Rio de Janeiro.

Ele também era procurado por suspeitas de envolvimento nas mortes da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, em março de 2018.

Agência Brasil

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Renato Bruno disse:

    Parece q já tem video rolando do corpo do homem!!