Policiais são afastados após tirarem fotos com Vaca

Os quatro policiais militares de Santa Catarina flagrados tirando fotos com uma escultura da Cow Parade, no centro de Florianópolis, foram identificados e afastados de suas funções, segundo informações da Polícia Militar (PM). O flagrante aconteceu em novembro do ano passado, junto à escultura instalada em frente ao Mercado Público de Florianópolis, segundo a PM, e foi divulgado ontem na internet.

A PM está tomando providências para que todos os envolvidos, inclusive o fotógrafo, sejam ouvidos, para depois aplicar a punição necessária. Os PMs responderão a processo administrativo. A mostra Cow Parade, que reúne vacas esculpidas em fibra de vidro espalhadas em diversos pontos da cidade, começou em novembro de 2011 em Santa Catarina e terminou em janeiro de 2012. As esculturas são expostas em espaços públicos com visitação gratuita.

Estadão

Homem usa osso de vaca como arma durante briga em bar

Gregory Haas, de 45 anos, foi preso após ferir quatro homens durante uma briga em bar de Kailua-Kona (Havaí, EUA).

No confronto, Gregory usou como arma o fêmur de uma vaca.

Um dos feridos – atingido na cabeça – está eu corre risco de morte no hospital de Honolulu.

De acordo com o “Star Advertiser”, um homem de 65 anos também esteve envolvido na briga. Ele teve escoriações em um dos braços.

“É incomum alguém usar isso como arma. É a primeira vez que vivencio um ataque com osso de animal”, disse o tenente da polícia Gerald Wike.

Não ficou esclarecido o motivo da briga.

E a Vaca subiu no telhado…

Esta aconteceu em Araras, interior de Sâo Paulo. Uma vaca foi encontrada no telhado de uma empresa. Ela estava presa com as patas penduradas. Os funcionários ligaram às 23h para avisar ao dono.

Segundo o jornal local Opinião, a “vaca alpinista” pastava com outros animais no terreno que fica atrás da empresa, o qual possui um desnível. O animal, então, destruiu um muro e subiu no telhado, enroscando-se no madeiramento.