Trump diz que quer acordo comercial com o Brasil; presidente dos EUA cita bom relacionamento com o país e elogia Bolsonaro

Presidente dos EUA, Donald Trump, fala a jornalistas na Casa Branca no dia 15 de julho — Foto: Kevin Lamarque/Reuters

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta terça-feira (30) que quer seguir em frente com um acordo comercial com o Brasil, abrindo portas para questões comerciais entre os dois países.

Trump, falando a repórteres na Casa Branca, citou o que diz ser um bom relacionamento com Brasil e elogiou o presidente Jair Bolsonaro.

Questionado pela correspondente da GloboNews em Washington, Raquel Kranenburg, se ele queria um acordo de livre comércio com o Brasil, ele afirmou que tem um ótinmo relacionamento com Bolsonaro.

“Eu tenho um ótimo relacionamento com o Brasil. Eu tenho um relacionamento fantástico com o seu presidente. Ele é um grande cavalheiro. Eles dizem que ele é o Trump do Brasil. Eu gosto disso, é um elogio. Eu acho que ele está fazendo um ótimo trabalho. É um trabalho duro, mas acho que seu presidente está fazendo um trabalho fantástico. Ele é um homem maravilhoso com uma família maravilhosa.

Trump disse ainda que que é Brasil é um grande parceiro comercial. “Vamos trabalhar em um acordo de livre comércio com o Brasil. O Brasil é um grande parceiro comercial, eles nos cobram muitas tarifas, mas nós amamos essa relação”.

Brasil presidirá Mercosul

O Brasil assumiu o comando rotativo do Mercosul pelos próximos seis meses. Bolsonaro prometeu avançar em negociações por outros acordos comerciais e deu como exemplo vínculos com Canadá, Singapura, Coreia do Sul e Associação Europeia de Livre Comércio.

Além disso, destacou que o Mercosul deve dedicar especial atenção às negociações externas, na revisão da tarefa externa comum e na reforma institucional do bloco sul-americano.

Em junho, a União Europeia e o Mercosul anunciaram o fechamento do acordo comercial que começou a ser negociado em 1999.

Em discussão há duas décadas, o acordo está em fase de revisão técnica e jurídica e, para entrar em vigor, precisará ser aprovado pelos parlamentos dos países envolvidos.

G1, com Reuters

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Lucianobrito disse:

    A madeira que o PT deixo entra no Brasil foi estilo espiã de peixes,tá deficil de sai.

  2. Claudio disse:

    acordo bom para o Brasil foram os que PT fizeram emprestando dinheiro para obras em países comunistas, esses sim foram bons para o Brasil e o povo brasileiro

  3. Soares disse:

    Se esse elogio viesse de maduro, dos castros de cuba, da Bolívia, Nicarágua ou até dos ditadores africanos, até do ditador da coreia do norte e do Irã, eu achava que o Brasil ia pra frente. Se os EUA tão dando apoio ao Brasil, é porquê querem nos escravizar com muito trabalho, não vai ter tempo nem de fazer greve. Absurdo.

  4. Bento disse:

    Os Mitos se entendem.

  5. Cidadão disse:

    Os admiradores do MOLUSCO CONDENADO ficam loucas!

  6. Papo_Reto disse:

    Lascou agora Bolsonaro tem um orgasmo.

  7. Chico disse:

    É isso aí MITO, tem que pensar grande.
    O mundo é globalizado, chega de países tipo Venezuela e Cuba.
    PT ladrão nunca mais.

  8. Potiguar disse:

    Tipo do acordo: o Brasil fica de quatro, e o EUA entra com a madeira.

    • Manoel disse:

      Né isso! Antes era tão melhor né? O PT dava a juros baixíssimos o nosso dinheiro pra financiar obras inacabadas a países com grande risco de inadimplência, tais como CUBA, VENEZUELA, ANGOLA… Bons tempos em que éramos potência exportadora de esquemas corruptos!!!

COMENTE AQUI