Vítimas de tragédia entre trem e ônibus em Natal são ouvidas na DEAV

Os envolvidos no acidente entre um trem e um ônibus da empresa Reunidas, que matou o estudante Davi Teixeira, de 15 anos, e deixou 22 feridos, na última quarta-feira(10), na Avenida Bernardo Vieira, iniciaram seus esclarecimentos nesta segunda-feira(15), na Especializada em Acidentes de Veículos(DEAV).

Eles estão sendo ouvidos pelo titular da DEAV, o delegado Sérgio Leocádio. Os depoentes são todas as vítimas, além dos dois maquinistas e o operador de cancela.

Anteriormente haviam sido ouvidos o motorista do ônibus e o cobrador. O condutor da linha 10-25(Campus – Nova Descoberta) alega que a cancela estava aberta e nenhum som de alerta teria sido emitido.

Após os esclarecimentos iniciados nesta segunda, o delegado Sérgio Leocádio deverá voltar a ouvir o condutor do ônibus, liberado após os primeiros esclarecimentos.