Webber passa Alonso no fim e vence o GP da Inglaterra; Massa é quarto

 Mark Webber venceu sua segunda corrida na temporada de F1. O piloto australiano, que havia largado em segundo, ultrapassou Fernando Alonso faltando quatro voltas para o fim e triunfou no Grande Prêmio da Inglaterra. Seu companheiro de Red Bull, o alemão Sebastian Vettel, completou o pódio.

Felipe Massa chegou em quarto, seu melhor resultado em 2012. Bruno Senna conseguiu uma ultrapassagem sobre Nico Hulkenberg no fim da prova e cruzou a linha de chegada em nono

A corrida

Na largada, Alonso apostou em uma mudança de trajetória e manteve a ponta, seguido por Mark Webber e Michael Schumacher. Massa começou bem a prova e, nos primeiros metros, conseguiu tomar a quarta colocação de Sebastian Vettel.

Senna também conseguiu uma boa largada. O piloto brasileiro da Williams partiu em 13º e chegou a estar em oitavo ao fim da primeira volta.

Após largar bem, Massa passou a tentar atacar Schumacher. Na primeira tentativa, o brasileiro errou e acabou pressionado por Vettel. No entanto, o piloto da Ferrari conseguiu defender-se da investida do atual campeão mundial e, no 12º giro, passou o alemão da Mercedes.

Na volta seguinte, Sergio Perez e Pastor Maldonado se chocaram em uma tentativa de ultrapassagem do mexicano sobre o venezuelano. O acidente beneficiou Senna, que saltou para a sétima colocação.

Com o início da primeira rodada de pit stops, Massa passou a usar os pneus duros. Dos pilotos do pelotão da frente, Lewis Hamilton foi o último a parar – antes disso, o britânico ainda conseguiu segurar Fernando Alonso por alguns metros na briga pela liderança, mesmo com pneus mais desgastados.

Em relação às posições originais, o principal beneficiado pelas paradas foi Vettel, que acabou tomando a terceira colocação de Massa.

Após retardar ao máximo sua primeira parada, Hamilton foi o primeiro a ir pela segunda vez aos boxes. Alonso foi o último a trocar os pneus, e voltou para a pista poucos segundos à frente do vice-líder Webber.

No entanto, a estratégia fez a diferença a favor do australiano. O piloto da Red Bull fez seu último trecho com pneus duros, enquanto o espanhol deixou os macios para o fim. O desgaste dos pneus da Ferrari fez diferença e, no giro 48 – quando faltavam apenas quatro para o fim –, Webber passou Alonso para não perder mais a ponta.

No fim, Senna, que havia terminado a segunda rodada de pit stops em décimo, ainda conseguiu uma ultrapassagem sobre Nico Hulkenberg para terminar a corrida em nono. Massa, por sua vez, ainda precisou defender-se de ataque de Kimi Raikkonen para garantir o quarto lugar.

Fonte: Uol