Bancada de oposição protocola pedido de impeachment de Micarla

A bancada da oposição da prefeita Micarla de Sousa na Câmara Municipal de Natal acaba de protocolar o pedido de impeachment contra a gestora.

De acordo com a bancada, a prefeitura não tem repassado para educação verbas com amparo constitucional. Outro argumento da bancada da oposição são os contratos dirigidos para empresas que desencadearam a Operação Assepsia. Também consta no documento que pede afastamento da prefeita, a questão dos contratos de locação, que gerou ação por ato de improbidade administrativa contra a prefeita.

Assinaram o pedido de impeachment de Micarla os vereadores Júlio Protásio, Júlia Arruda, Frankoin Capistrano, Professor Luís Carlos, Fernando Lucena, Sargento Regina, Raniere Barbosa e Adão Eridan.

O pedido foi protocolado por Júlio Protásio. Raniere Barbosa propôs a formação de uma Comissão Especial de Inquérito para o processo de impeachment.

Mas o pedido de impeachment foi apenas um dos aperitivos da sessão plenária desta quinta-feira. Uma verdadeira confusão foi instalada e a sessão foi suspensa até a próxima terça depois dos carinhosos elogios de “golpista” de um lado e “partido spray de pimenta do outro. O bate-boca foi grande e mais cenas ainda estão por vir nessa vonela da vida real.