Economia

R$ 1,5 BILHÃO: Governo Federal concede ao RN a maior verba na região Nordeste no 1º semestre para execução de obras de infraestrutura

O total de recursos concedidos para projetos de infraestrutura por meio do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) superou em 15% a projeção para o primeiro semestre deste ano. Os valores são administrados pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) e concedidos por meio do Banco do Nordeste (BNB).

O maior captador nos primeiros meses de 2019 foi o Rio Grande do Norte. O estado alcançou a marca de R$ 1,5 bilhão, valor 2,5 vezes superior ao projetado para o período. Isso representa ainda 27,1% do total captado na área de atuação da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), que abrange os nove estados nordestinos, mais as regiões norte do Espírito Santo e de Minas Gerais.

Em Sergipe, o volume de recursos para infraestrutura ficou 138% acima do previsto, alcançando a marca de R$ 89,6 milhões. Minas Gerais também apresentou números expressivos, ao bater a projeção do início do ano em 135%, com um montante de R$ 889,8 milhões.

Com R$ 316,7 milhões contratados, a Paraíba superou a expectativa em 101%. Por sua vez, o Espírito Santo ficou com R$ 252 milhões, número 45% acima do projetado para a concessão de financiamentos. Já a Bahia bateu o total previsto para o primeiro semestre em 5%, ao alcançar a marca de R$ 1,3 bilhão.

“O FNE é um importante instrumento para aquecer a economia e impulsionar o crescimento do Nordeste. E investir em infraestrutura permite levar o desenvolvimento de forma mais rápida para todas as áreas, além de estimular a geração de emprego e renda na região”, afirma o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto.

Alguns estados, embora não tenham apresentado projetos em valor suficiente à projeção para os seis primeiros meses do ano, contrataram um grande volume de recursos para infraestrutura. O Ceará, por exemplo, teve acesso a R$ 842,5 milhões, o equivalente a 90% do previsto. Pernambuco, com R$ 401,6 milhões (51%), e Piauí, com R$ 86,9 milhões (30%), também ficaram abaixo da meta estabelecida para o período.

Já Maranhão e Alagoas não tiveram contratos fechados por meio do FNE para o setor de infraestrutura durante o primeiro semestre de 2019.

Por setor

A maior concentração de financiamentos se deu para projetos de geração de energia eólica. Foram cerca de R$ 3,8 bilhões, valor que representou 2/3 do total concedido. Os investimentos em transmissão e em usinas termelétricas ficaram em R$ 548,1 milhões e R$ 842,5 milhões, respectivamente. Também houve a efetivação de contratos para a fonte fotovoltaica, R$ 242,9 milhões; e para o ramo de distribuição, R$ 17,9 milhões.

Relevância

Desde o ano passado, ao menos 30% do montante distribuído pelo FNE é voltado ao financiamento de projetos na área de infraestrutura. Neste ano, o Fundo, como um todo, já disponibilizou R$ 13,4 bilhões. Dessa maneira, os R$ 5,7 bilhões para infraestrutura representam 42,9% desse total. Os recursos podem ser utilizados, por exemplo, em projetos de geração de energia elétrica por fontes renováveis ou na construção, ampliação e recuperação de estradas.

O FNE é um dos três fundos constitucionais criados para implementar a política de desenvolvimento regional e reduzir as desigualdades entre as diferentes áreas do País – os outros são o do Centro-Oeste (FCO) e do Norte (FNO). Apesar de oferecer condições atrativas também a grandes investidores, os recursos são voltados, prioritariamente, a atividades de pequeno e médio porte. Para o setor rural, inclusive, as taxas de juros são as mais baixas de mercado e contemplam agricultores familiares por meio do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf).

Com informações do Ministério do Desenvolvimento Regional

 

Opinião dos leitores

  1. E uma grana que deve ser acompanhada e fiscalizada, senão, vai parar nas mãos dos sindicatos para fins de campanhas eleitorais municipais.

  2. Sou de São Paulo, mas torço para o Governo Federal investir maciçamente no Nordeste. Se ao invés de investir nos países comunistas a esquerda tivesse investido no Nordeste, hoje eles seriam como o sul e o sudeste. Abraços aos Nordestinos

  3. Essa verba vem pro nosso RN pq foi enviado PROJETOS.
    Outros "GOVERNANTES", só enviavam o "PIRES "!

  4. Pensem num texto falacioso e tendencioso. Passa a ideia que o governo federal está repassando dinheiro público para o governo estadual investir em infraestrutura, porém isso não é verdade. Os recursos são do banco do Nordeste, emprestados a pessoas físicas, ou jurídicas, não publicas, que recebem empréstimos para desenvolver ações em áreas que possam desenvolver infraestrutura e a economia de uma região, estado município. Sugiro conhecer melhor o fundo constitucional de financiamento do Nordeste. Ah menos que esta matéria tenha sido encomendada para este fim. Criar a impressão que o governo federal está investindo no RN.

  5. Esse é o meu Presidente.Até aqui o único Presidente que olha para o Nordeste, parabéns Messias Bolsonaro por tão grande gesto.
    E agora contrários vocês vão falar o que.

    1. Acredito que vc não tenha entendido a matéria!!

      Antes de esbravejar, veja que não me refiro a este ou aquele partido político, mas apenas afirmo que vc teceu seu comentário, sem ter compreendido, corretamente, a matéria!

      rsrsrs…

  6. Só o BG mesmo pra pegar essa noticia, direto do MDR (Ministerio do Desenvolvimento Regional). Já notaram que não é da Folhapress, O Globo, Agencia Brasil, Estadão Conteúdo ou mesmo da nossa TN? Obrigado mais uma vez, BG!

    1. Manchete tendenciosa e mentirosa pra dá entender que o governo federal esteja passando dinheiro para o RN, o que não é verdade. Só besta pra cair nessas labias desses bolsonaristas MENTIROSOS.

  7. Pra ver, se essa anta que se diz Governadora tiver cabeça recupera a malha viária de todo estado e ainda sai no lucro, porque ela que vai aparecer, mais não sei se tem capacidade pra tanto.
    Parabéns ao Presidente.

  8. Farra do boi ….contrato sem licitação …em 30 dias os PTralhas terminam esse dinheiro , os PTralhas se deixarem eles secam o mar

  9. É góipi!!! Isso não pode! Bolsonaro é contra os nordestinos… E o RN é rico, não precisa de ajuda federal e a governadora vai colocar a folha de pagamento em dia e sem reforma da previdência !!!

    1. O dinheiro NÃO É de Bolsonaro não, é do povo brasileiro, arrecadado através dos tributos. Cabe agora cobrar, fiscalizar e monitorar onde serão investidas essas quantias.
      Chega de tanta torcida contra os governos federal e estadual ; vamos torcer que AMBOS sigam pelo melhor caminho.

    2. Verdade e por essa razão foram destinados BILHÕES dos recursos públicos nos governos anteriores entre os anos de 2005 a 2016 a países falidos e com DITADORES como Venezuela, Guiné Equatorial, Líbia, Gabão, Irã, Urbequistão e Cuba.
      Segundo você o dinheiro é do povo, então você deve ter autorizado, pois 85% do povo brasileiro, tenho certeza que não autorizou e iriam preferir destinar as regiões do nordeste e norte.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

FOTOS: Adolescentes infratores fazem motim em centro socioeducativo em Parnamirim

Fotos: cedidas

Adolescentes infratores realizaram um motim na tarde desta terça-feira (7), no Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Pitimbu, localizado em Parnamirim, na Grande Natal. Com barras de ferro, os internos promoveram um quebra-quebra na unidade, mas nenhum deles conseguiu fugir.

De acordo com os agentes educadores, os adolescentes estavam em duas salas de aula – cinco internos em cada. Eles pegaram as barras de ferro dos cobogós e das cadeiras, além de pedaços de madeira, e conseguiram arrombar as grades das salas e o portão principal da unidade.

Os agentes educadores pediram a ajuda aos policiais penais da Penitenciária Estadual de Parnamirim, e conseguiram conter o motim, que durou uma hora e meia, sendo controlado às 17h30.

Além das salas de aula, a biblioteca e a sala dos instrumentos também foram depredadas – livros jogados ao chão e armários derrubados.

g1-RN

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tecnologia

Prefeitura lança programa “Mossoró Digital”

Os processos e serviços da Prefeitura de Mossoró estão mais modernos a partir do programa “Mossoró Digital”. A iniciativa, lançada nesta terça-feira (7), em solenidade no Teatro Municipal Dix-huit Rosado, informatiza os serviços disponibilizados à população e os processos internos da Prefeitura.

Durante a solenidade, a Prefeitura de Mossoró detalhou que, por meio de uma plataforma on-line, a população terá acesso a serviços diversos do Município, como a solicitação de alvará de funcionamento; impressão de boletos; requisição de licenciamento ambiental; envio de ofícios ao Município; e solicitação do Corte de Terra e da Carteira de Passe Livre para pessoas com deficiência. Já aos servidores da municipalidade, a plataforma permitirá acesso aos processos internos da Prefeitura.

Outro avanço oportunizado pelo “Mossoró Digital” será o acompanhamento em tempo real das solicitações efetivadas na plataforma. Ou seja, a população poderá aferir o andamento de suas demandas ao Município. Além disso, o sistema propiciará comodidade aos mossoroenses, que terão a possibilidade de oficializar as suas requisições sem precisar se deslocar aos setores competentes.

A economia de recursos públicos também está entre os benefícios possibilitados pelo “Mossoró Digital”. O Município estima uma economia anual superior a R$ 500 mil a partir da redução da compra de folhas de papel e do volume de impressões. Outro fator é avaliado positivamente pela Prefeitura de Mossoró. Trata-se da sustentabilidade, que será auferida por meio da diminuição do quantitativo de papéis utilizados em setores da estrutura municipal.

Prefeito Allyson Bezerra em fevereiro de 2021. Município estima uma economia anual superior a R$ 500 mil a partir da redução da compra de folhas de papel e do volume de impressões

Na solenidade, o prefeito Allyson Bezerra declarou que assumiu o Município com o objetivo de tornar a Prefeitura moderna. “Mossoró estava atrasada duas décadas no tocante ao uso da tecnologia em diferentes setores. Com 30 dias de governo, reuni-me com o secretariado e decidimos que a cidade precisava se digitalizar”, disse.

O chefe do Executivo municipal salientou que a tecnologia vai conferir mais agilidade ao serviço público e enalteceu a importância do programa “Mossoró Digital”. “O programa vai oferecer à sociedade a oportunidade de obter os serviços de forma virtual. Além disso, a população vai poder rastrear o atendimento de suas solicitações. São décadas de atraso que darão lugar à agilidade e à economia de recursos públicos”, concluiu.

Cláudio Azevedo, servidor municipal hoje cedido ao Legislativo mossoroense, tem 22 anos de trabalho na administração pública e avaliou de que forma o Mossoró Digital influenciará nos trabalhos da Prefeitura. “O ‘Mossoró Digital’ vai conferir mais celeridade e transparência ao serviço público”, ponderou.

Carolyne Oliveira Souza, secretária municipal de Governo, agradeceu aos servidores pelo suporte para a implantação do programa. “Com menos de um ano de governo, temos um sistema informatizado disponível. Agradeço aos servidores por terem ajudado a impulsionar o Município para a informatização, com uma plataforma que permite comunicação com diversas instituições”, enfatizou.

Kadson Eduardo, secretário municipal de Administração, destacou a importância do “Mossoró Digital” para a cidade. “Mossoró avança em tempo recorde. Hoje é um dia histórico. Nossa cidade mostra que é possível ter eficiência e compromisso com a população. Quando assumimos o Município, tudo era manual e moroso. Com o ‘Mossoró Digital’ essa realidade será mudada. Pelo sistema, os órgãos competentes serão notificados e vão adotar as providências necessárias, sem gastar papel e tonner para impressões. É mais transparência e eficiência para o serviço público. Agora, Mossoró viverá uma nova história e essa nova história é Digital”, finalizou.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tecnologia

Governo e empresários assinam termo de concessão do 5G; Tecnologia estará disponível em todas as capitais até julho de 2022

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro e o ministro das Comunicações, Fábio Faria, assinaram na tarde de hoje (7) o termo de concessão de frequências para implementação da quinta geração de internet móvel, o 5G.

Representantes das dez empresas que arremataram os direitos de uso da tecnologia durante o leilão – que arrecadou cerca de R$ 47 bilhões – assinaram o documento. Diversas autoridades do governo também participaram da cerimônia, que aconteceu no salão nobre do Palácio do Planalto.

Durante discurso, o ministro Fábio Faria reafirmou o sucesso do certame, que foi finalizado sem nenhuma ocorrência judicial, ao contrário do que aconteceu em países vizinhos. Faria disse que o leilão realizado no Brasil foi “o maior leilão de radiofrequências do mundo”, e prometeu que os investimentos previstos como contrapartida nos termos do leilão serão a ferramenta de democratização da internet no Brasil.

“Tínhamos 50 milhões de pessoas sem acesso à internet no Brasil quando o governo assumiu. O que celebramos aqui, hoje, é que os 39 milhões restantes – [pessoas] sem celular e sem internet, sem poder estudar à distância, isoladas do mundo, muitas no Norte e no Nordeste, em comunidades rurais e indígenas – terão acesso”, disse Fábio Faria.

“Um médico em Harvard, ou no Japão, poderá operar alguém em Pau dos Ferros (RN). O que celebramos hoje é que somos os primeiros da América Latina. Vamos buscar empresas para abrir fábricas no Brasil. Talvez de chips, semicondutores – que estao em falta no mundo -. Vamos criar oportunidades de negócio para o Brasil com o 5G”, explicou o ministro.

Para o presidente Jair Bolsonaro, o 5G é uma oportunidade de reforçar a credibilidade do país perante o mercado internacional e de mostrar viabilidade e abertura para investimentos internacionais. “É um salto para as comunicações, bem como em internet das coisas. Para o comércio, isso não tem preço. É o aumento da qualidade dos serviços. Cada vez mais o povo lá de fora acredita na gente”, frisou o presidente.

“É o Brasil recuperando sua credibilidade internacional. O Brasil tem em torno de R$ 700 bilhões em investimentos em infraestrutura, e fez renascer o modal ferroviário, apesar da pandemia”, explicou Bolsonaro em relação às obras capitaneadas pelo ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas.

Agência Brasil

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Segurança

Van do Mercado Livre com mais de 100 produtos é roubada durante entrega na Grande Natal

Foto: reprodução/Ilustrativa

Uma van do Mercado Livre com mais de 100 produtos que já estavam na rota de entrega foi roubada na manhã desta terça-feira (7) em Nova Parnamirim, na Grande Natal. O assalto ocorreu perto de uma comunidade conhecida como “Toca da Raposa”.

Dois colaboradores da empresa estavam no veículo fazendo uma entrega na região quando foram abordados por dois criminosos em um carro, que tomaram a van de assalto. Toda a carga foi junto. Havia cerca de 100 pacotes de entrega. Entre os produtos, havia smartphones, bolsas, tênis, equipamentos de informática, livros e outros itens. A carga estava avaliada em aproximadamente R$ 25 mil.

Durante a abordagem, os bandidos se aproximaram nas imediações da Rua Tenente Vitor Lourenço Bernardes e ordenaram que os funcionários seguissem com a van até uma região de mata, onde eles tomaram o veículo. Os dois funcionários e os dois bandidos ficaram no local por cerca de 15 minutos – logo depois os criminosos fugiram com o veículo.

Os colaboradores não foram agredidos nem tiveram itens pessoais roubados. Apenas a van do Mercado Livre com a carga dentro foram levados pelos bandidos. Até a publicação desta reportagem, não havia a confirmação de nenhuma prisão ou de que o veículo ou a carga foram recuperados.

Portal da 98 FM Natal

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Bolsonaro chama passaporte de vacina de “coleira que querem botar no povo brasileiro”

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Em evento realizado nesta terça-feira (7) no Palácio do Planalto, em Brasília, o presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar o chamado passaporte da vacina, documento que comprova a imunização contra a Covid-19, e avaliou a medida como uma “coleira que querem botar no povo brasileiro”.

“Nós vemos uma briga enorme aqui agora sobre passaporte vacinal. Quem é favorável, não se esqueça, amanhã alguém pode impor algo para você que você não seja favorável. Quem toma vacina pode contrair o vírus? Pode e contrai. Pode transmitir? Sim, transmite. Pode morrer? Sim, pode. Como tem morrido muita gente, infelizmente”, afirmou.

“E a gente pergunta: por que o passaporte vacinal? Por que essa coleira que querem botar no povo brasileiro? Eu prefiro morrer do que perder a minha liberdade”, complementou.

VEJA MAIS: Não vacinados farão quarentena para entrar no Brasil, diz Queiroga

Bolsonaro disse ainda não ser contra a vacina, uma vez que o governo “comprou mais de 600 milhões de doses” de imunizantes contra a Covid-19. “Vamos todos responder à liberdade individual. E outra que quem tomou vacina não precisa se preocupar com quem não tomou porque não será contaminado.”

R7

Opinião dos leitores

  1. MINT ROSO, é um imbecil. Todos os países do mundo está exigindo o passaporte da VACINA e porque o BRASIL fica de fora das orientações O.M.S.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

COVID: Brasil registra 274 óbitos e 10,2 mil casos nas últimas 24h

O Ministério da Saúde divulgou os dados mais recentes sobre o coronavírus no Brasil nesta terça-feira (7):

– O país registrou 274* óbitos nas últimas 24h, totalizando 616.018 mortes;

*Com 111 óbitos represados em São Paulo.

– Foram 10.250 novos casos de coronavírus registrados, no total 22.157.726.

A média móvel de óbitos nos últimos 7 dias é de 191, e a média móvel de novos casos é de 9.038.

O Ministério da Saúde calcula que 21,3 milhões de pessoas já se recuperaram da Covid.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Não vacinados farão quarentena para entrar no Brasil, diz Queiroga

Foto: reprodução/CNN Brasil

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou, nesta terça-feira (7), que viajantes que não estão vacinados precisarão cumprir quarentena de cinco dias para entrar no Brasil.

Após o término do período, será necessário passar por um teste de RT-PCR para a detecção da Covid-19. Caso seja negativo, será permitida a continuidade da viagem. A determinação ainda será publicada em uma portaria do governo federal.

A medida acontece após a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) reiterar em um comunicado, em 1º de dezembro, que solicitava há mais de um ao Comitê Interministerial a adoção de quarentena ou auto quarentena para a entrada de viajantes no Brasil.

Segundo a agência, o cumprimento das medidas ajudam na “contenção da disseminação da doença pela interrupção da cadeia de transmissão de variantes do vírus, já que visa evitar o contato do viajante com outras pessoas suscetíveis.”

A Anvisa havia pedido a restrição de voos de mais quatro países africanos: Angola, Malawi, Moçambique e Zâmbia, devido à variante Ômicron do coronavírus. Também foi solicitado o certificado de vacinação completa para ingresso no país, citando que ele é “ainda mais necessário diante da identificação da variante ômicron em território nacional e do consequente esforço para a sua contenção.”

Entretanto, segundo Queiroga, os países que identificaram a variante “não podem ser punidos com restrição aos seus cidadãos”. O ministro da Saúde ainda declarou “que não se pode discriminar as pessoas entre vacinadas e não vacinadas para impor restrições”.

CNN Brasil

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nacional

‘Meu sonho é ganhar uma carne para passar com a minha família’, escreve menino em carta ao Papai Noel

Foto: Arquivo pessoal

A cartinha de um menino de sete anos, morador de Arroio Grande, na Região Sul do Rio Grande do Sul, ao Papai Noel viralizou nas redes sociais. O pequeno Hector não pede os tradicionais brinquedos que uma criança de sua idade normalmente deseja. Ele pede carne.

“Papai Noel, meu sonho é ganhar uma carne para passar com a minha família”, escreveu o menino.

Hector mora com a mãe, o pai e três irmãos. Aluno da primeira série em uma escola da região, o menino aprendeu a escrever recentemente e foi estimulado pela professora a escrever uma cartinha no início de dezembro. “É de chorar, o coração não aguenta”, conta a mãe, Patrícia Froz de Braz, de 35 anos.

Emocionada com o texto escrito pelo filho, Patrícia publicou uma foto do pedido em suas redes sociais, o que gerou uma corrente de solidariedade de moradores da região. Segundo ela, o menino demostra desde pequeno ser solidário e preocupado com as pessoas ao seu redor.

A última vez que a família comeu carne vermelha foi no Natal do ano passado. Patrícia conta que Hector é “louco por churrasco”, mas a situação financeira dos últimos meses, aliada ao aumento do preço do produto, dificultou o consumo da família.

g1

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Pré-candidatura de Haroldo Azevedo ao Governo avança

Com um trabalho de formiguinha, conversando e com convites de vários partidos, vai se consolidando a pré-candidatura do engenheiro civil Haroldo Azevedo ao Governo do Estado do RN para as eleições de 2022.

Harroldo que é bastante pragmático e objetivo, é um nome que transita bem em todas as correntes políticas.  Tem percorrido quase todo o Estado, e ja deu entrevistas em quase uma centena de emissoras de rádios, tvs, blogs e jornais.

 

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Henrique Alves livre, leve e solto após anulação de condenação

A defesa do ex-deputado Henrique Alves, envia nota para informar que o TRF acatou argumento da defesa e anulou a condenação do ex-deputado de 8 anos de prisão por imcomentencia da Justiça Federal de julgar em relação a operação Sépsis.

NOTA À IMPRENSA

No dia de hoje, o Tribunal Regional Federal da 1a Região acatou argumento da defesa de HENRIQUE EDUARDO ALVES para reconhecer a incompetência da Justiça Federal para processar e julgar a ação penal referente à Operação Sépsis.

Com isso, torna-se nula a sentença do Juiz da 10a Vara Federal de Brasília que o havia absolvido do crime de corrupção passiva, mas o havia condenado por lavagem de dinheiro. O processo deverá ser, agora, remetido para a Justiça Eleitoral do Rio Grande do Norte.

Isso equivale a dizer que HENRIQUE EDUARDO ALVES é um homem sem condenação em qualquer esfera ou grau de jurisdição.

Todas as acusações lançadas contra HENRIQUE EDUARDO ALVES foram julgadas improcedentes, até o presente momento, e continuarão sendo em face de sua INOCÊNCIA.

A defesa acredita que é o povo do Rio Grande do Norte quem poderá melhor julgá-lo, caso ele decida ser candidato nas próximas eleições.

Brasília, 07 de dezembro de 2021.
Marcelo Leal de Lima Oliveira

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *